Aqui, quem manda sou eu!

A mulher de meia-idade, com uma faixa de gaze no topo da cabeça, agredida, chega próximo à porta do CPC. Alguns metros à frente, caminha indiferente a ela um TC. Ela, apressando o passo, toma-lhe pelo braço e em ato contínuo lhe diz: "Coronel, preciso falar com o senhor...". A resposta da autoridade vem bem ao estilo descontrolado e crasso que lhe é peculiar: "Você marcou hora para falar comigo? Você está pensando que o MEU quartel é casa da Mãe Joana? Pois volte, e marque hora para falar comigo..." (na verdade, os termos foram outros, foram depreciativos, razão pela qual optamos por termos mais civilizados). Voltando-se ao seu sempre fiel segurança, dispara: "Mas esse povo tem cada uma..." A velha senhora, ainda agredida e agora humilhada, dá meia volta e atravessa a Praça do Montepio, indo ao gabinete do Coordenador de Direitos Humanos da OAB, Gilberto Irineu. Este episódio, uma semana antes do carnaval, mostrou o que todos nós antigões da Polícia Militar já sabíamos: que o controle emocional e a educação doméstica de uma das autoridades mais visadas no Estado nunca foram o seu forte. Quem é este? Ora! Gilmar Batinga, meus caros leitores!
Houve uma espécie de expectativa quando da assunção do Batinga ao comando da Capital, em lugar do teórico Coronel Mário "Menino" da Hora, por ser um homem de rua, alguém que a PMAL enviou a diversos Estados, pagou fortunas em diárias, tudo com o intuito de qualificá-lo com as melhores doutrinas de radio-policiamento. Triste decepção. Nos enganamos! Gilmar virou-nos as costas e começou a apertar a já combalida tropa como louco! "Coisas do cargo", defendem alguns. Mas não é de graça não, leitor. Aquele comando é na verdade uma mina de ouro. E conhecendo bem o histórico e a índole do nosso comandante da capital, e sabendo de quem o mesmo é parente, presumimos que a "indicação" do seu cunhado, o Deputado Estadual Marcos Barbosa, deve ter pesado na hora da escolha. E ainda querem que acreditemos que não há ingerência na PM.
Se a população não vê diariamente as viaturas rondando nas ruas, boa parte do crédito por isto deve ser creditado ao Sr. Gilmar. Sua ultrapassada forma de orientar o policiamento, com PBs (Pontos Base) fixos a cada 45 minutos, somado a cartões programa que engessam as guarnições de rua em rotas pré-programadas (a maioria passando longe de onde ocorrem as ações delituosas), as suas constantes invasões e interferências à sede do CIODS, as pirotécnicas operações matinais e noturnas sempre em pontos de fluxo de grandes comerciantes e faculdades influentes da nossa cidade (todas com o intuito de mostrar que o mesmo está "trabalhando")... Ações estas que se mostram em contraste com o que ele aprendera nos cursos que fez Brasil a fora, refletem no número assustador de mortes mensais: mais de 60 a cada mês, "somente na área de sua influência", conforme disse o próprio governador do Estado, Don Teotônius II. Isso tudo, para ficar num termo mais brando, é alarmante!
A imprensa – que sempre cobra providências e respostas ao Gilmar, devido aos alarmantes índices de violência e ao cargo que ele ocupa – também já foi, e ainda é, alvo das ácidas palavras do TC; que não raras vezes refere-se ao repórter policial da TV Pajuçara, Gernan Lopes, como "aquele filho da p..., canalha". No episódio dos moradores de rua, ocorrido em novembro passado, o mesmo disse a dois repórteres da GAZETA, a quem chamou de "CALHORDAS e COVARDES", que estava de "saco cheio" daquele assunto. E já avisou: "entrevistas, 'meus caros repórteres': só com hora marcada, afinal de contas, até a Mãe Joana deve ser poupada", referindo-se à caserna.

23 comentários :

Aspirante Anônimo disse...

Muitos não sabem, mas um dos grandes responsáveis pela manutenção nas fileiras da corporação do ex-Sd Pm Bruno Salustiano (e excluido ano passado, preso pela polícia federal e acusado entre outros de ter assassinado dois colegas de farda, o Cb Valdir e o Cb Marcolino - este ultimo seu parceiro no tráfico de drogas e outros crimes) foi, dizem alguns colegas que conhem mais a fundo, o então Major Gilmar que, segundo dizem, segurou a barra das investigações sociais e engavetou as partes que versavam sobre sua ausência quase que completa ao curso de formação, afinal de contas o Major tinha relações de estreita amizade com a mãe do ex-Soldado.

ASPIRA disse...

OI BATINGA O ASPIRA BOTANDO PRA EMPENAR EM TU QUE MEMORIA

PM de rua disse...

Controle emocional ZERO!!!!

Cb Pinheiro disse...

KD O MINISTÉRO PUBLICO, CLARO ELE FUNCIONA QUANDO NÃO SÃO ELES QUE ESTÃO ADMINISTRANDO , IGUALZINHO AO PT NA EDUCAÇÃO. ESPERO QUE COLOQUE ESSE COMENTARIO.

Uma Policial disse...

É um oficial altamente despreparado emocionalmente, e isso vem mais uma vez prova que o senhor governador está mal assessorado; o senhor batinga está se achado o todo poderoso, parece ou que o cargo subiu na cabeça... Se um ser humano que é tido como civilizado usa esses termos com a imprensa imagine com um cidadão comum, pense como ele deve tratar os seus subordinados, deve – no mínimo – pisar.

PM PENSADOR disse...

HOMI! SE UM CORONEL QUE Ñ ESTÁ NAS RUAS 24 HORAS COMO OS POLICIAS,DIZ QUE ESTÁ DE SACO CHEIO QUE Ñ GANHA TÃO MAU, IMAGINE SÓ O CASO DOS PM, QUE GANHA UMA MISÉRIA, QUIQUÊNIO DE 3%, DATA BASE ATRAZADA, UM DOS PIORES SALARIO DA SEGURANÇA PÚBLICA DO BRASIL, QUE GOVERNO É ESSE.

Jenésio, o Pecador disse...

E AGORA, GILMAR, PARA ONDE?

Anônimo disse...

"Quem refresca CU de pato é lagoa"
Esse frase eu aprendi com o Batinga.
Toma ela de volta, CUmandante.

Anônimo disse...

ISSO E MAIS UMA MALOQUEIRAGEM DESSE TAL DE CAP ROCHA LIMA QUE E PROTEGIDINHO DESSE DEPUTADOZINHO DUUD H.NÃO ADIANTA ROCHA LIMA IRA PAGAR PELO TODO MAL FEITO PARA OS ALAGOANO!

Anônimo disse...

Parabéns aos criadores do blog, é preciso lutarmos para pôr fim ao militarismo repressor e arcaico dentro da polícia pois não há mais motivos para essa instituição ser militar,isso é resquício da ditadura que tantas vidas ceifou no Brasil. E indigno é ser subserviente ao governador, como faz o comando.

CB DO 1º BATALHAO disse...

GILMAR, PODE ESPERAR: A SUA HORA VAI CHEGAR...
DEVOLVA O DINHEIRO DO EXTRA!!!

SD 2006 disse...

eu só querover aonde isso tudo vai parar kkkkkkkkkkk

SUPERMECADO EXTRA disse...

EXTRA NO DIA DA INAGURACAO FOI UMA DOU DE CABECA PRA O BATINGO OS PM QUERENDO O REAL SE NAO FOSSE A SECURIT O PESSOAL DA PM EA SABER DO REAL

sd duro disse...

alguém sabe dizer alguma coisa sobre as datas-bases?

MAE DINA disse...

É MAIS FACIU ACHAR AS PESSOAS RESPOSNSAVEL POR ESSA PAGINA KKKKKKKKKKKK

UM SARGENTO QUE O BATINGA TIROU DA RP disse...

DIGA ALGUMA COISA, CORONEL, SE DEFENDA, POIS QUEM CALA CONSENTE!
PENSO MELHOR, COMO VC MESMO DIZIA NA RP (QUANDO ERA CAPITÃO), "QUEM TÁ ERRADO TEM MAIS É QUE OUVIR CALADO".
POR FIM, COMANDANTE, OUTRA FRASE SUA QUE É BEM CLASSICA: "QUEM REFRESCA CU DE PATO É LAGOA"
HOJE O PATO É VC, "TOMA DE VOLTA O TROCO"

um servo do senhro que trabalho com o comandante gilmar disse: disse...

quem ti viu e quem ti ve, batinga. tu tomava caxassa cumigo quando era praça e vivie mi pindinu para abandonar o posto de servico e agora vivi é dando aperto nus colegas.. batinga, deus está olhando para os seus atos e sabe tudo qe você esta fanzendo. convertace ao senhor antes da sua queda, pois só Ele pode te salvar. Obrigado senhro JESUS por ter salvo a minha vida. gilmar batinga, seu segredo está guardado comigo e deus JESUS.

Anônimo disse...

Alagoas, êta terrinha tinhosa que não muda nunca. Deus fez tudo o que pôde para que Alagoas fosse um Estado rico e sua capital poderia ser uma das mais belas do Brasil (vide suas belezas naturais). Mas o problema são os próprios alagoanos que estragam tudo o que tocam.

PM Revoltado disse...

Origado pela extra deste último final de semana, Gilmar Catinga.

Anônimo disse...

Na inauguração do Extra ele o Cel Brito ganharam R$ 50,00 por PM empregado... até a RP comando foi obrigada a ficar lá no estacionamento...

Anônimo disse...

é incrivel que esses coronéis repressores tem adjetivos certos quando um praça é acusado de extorção, porém infelizmente a sociedade alagoana não sabe que os maiores "furões"são os coronéis, eles colocam as guarnições para ficarem de vigias particulares, fazendo pbs na frente das empresas como unicompra, extra, empresas de ônibus, que dão dinheiro aos coroneis, e o mais engraçado é que eles recebem essas quantias todos os meses e dizem que são "ajudas" para melhorias dos batalhões, porém eu pergunto alguém já viu alguma melhoria significativa no conforto, na alimentação ou nos equipamentos dos batalões? fora que nós somos vigias particulares de estadio de futebol, pq nós trabalhamos num evento particular como jogos de futebol sem ganhar nenhum extra, alguém sabe pq? fora os itens como ervilha, milho e leite da lista do rancho que ninguém nunca nunca viu nas refeições, que ficam para os coronéis e eles ainda chamam os praças de "furões"!.

PM DE RUA disse...

ESSE NEGOCIO DE EXTRA DA UM LUCRO DO KRLHO. ELES SEMPRE NEGANDO E NOS FINGINDO QUE ACREDITAMOS. BANDO DE FURÃO DO CÃO. DINHEIRO MALDITO, SEM FUTURO, SO ELE QUE NÃO ENCHERGAM.

Anônimo disse...

Mitologia grega em Alagoas
nossa briosa PM tem o verdadeiro reflexo da mitologia grega pois absorveu muito da mesma. Nossos Cels se consideram verdadeiros Deuses do Olimpos, os Mjs Caps são semi-deuses, os aspiras e ten são os heros seres humanos que fazem prodígios na terra enquanto nós os praças somos os simples mortais sujeitos as hironias e a vontade suprema dos deuses.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver