Nós falamos alguma novidade?

Tudo que estamos falando aqui por acaso seria alguma novidade? A novidade seria se tudo fosse colocado em pratos limpos. O que eu acho muito difícil, por várias "razões"... Vou completar mais um ano nessa Briosa instituição, e se por ventura resolver contar o tempo que eu tive como militar do Exército, assim como o tempo das férias e das licenças que ainda não averbei, vou praticamente para a reserva, ou seja, estou dizendo que tenho quase os 30 anos de PM e até hoje eu não vi nenhuma tentativa interna de moralizar as inúmeras denúncias que são de conhecimento de todos.
Quando eu estava em um dos BPMs de área da Capital, passei uma fase terrível. Explico: eu era o comandante da P2 e o Comando da Unidade tinha acabado de mudar. Havia chegado um Major que queria "revolucionar" o serviço da Unidade. Começou com uma historia de blitz para apreender carros de "estouro", e a determinação que eu recebi foi que eu parasse todas as investigações em andamento e focalizasse apenas em nas questões determinadas, principalmente se envolvesse militares, ainda mais no âmbito da Unidade. Traduzindo: o popular "entregar os colegas". E não apenas isso, durante os serviços como supervisor a determinação foi de que deveríamos fazer blitz para pegar esses carros, que o dono do carro ao ser abordado deveria apresentar o carnê pago do financiamento! Fui contestar a ordem, pois era ilegal, além do que ninguém teria a obrigação de andar com o boleto pago dentro do veículo... A resposta que eu ouvi da referida autoridade foi: "Todos os outros oficiais fazem. Só você não quer fazer porque se acha melhor!". Não demorou muito e eu me vi perseguido e movimentado de Unidade, tudo porque eu não queria me sujar por causa de 10 ou 20% de comissão dado pela financeira como "recompensa" pelos carros recuperados. É, recruta, quando o Comando da Unidade foca nesse tipo de serviço é porque ele tá levando algum da financeira ou do atravessador.
Um dia eu disse para um parente meu que é praça: se eu fosse elencar todas as "bombas" que eu já presenciei nesta PM, somente nos últimos 10 anos, dava para fazer um filme muito pior (no sentido de mostrar a realidade nua e crua) do que o Tropa de Elite. Ou será que a tropa já se esqueceu dos seguintes casos:
- do coronel dos tênis Mizuno;
- do coronel taradão;
- do coronel que quebrou a Caixa beneficente;
- do coronel que teria 20 mil reais de diária para receber;
- do coronel (junto com um ex-major) que ganhou dinheiro na inauguração do Extra;
- do caso dos oficiais que "importaram" diamantes negros (não me confundam com o outro);
- e etc. e etc...
Todos estes fatos foram devidamente noticiados nos meio de comunicação e incrivelmente no fim não levaram às mudanças das antigas práticas em nossa corporação. O pior é que tem gente que acha normal essas práticas. E quando alguém não faz, até a tropa estranha.
Comandei uma Unidade da capital durante as férias do seu comandante, e fiquei surpreso com o arrego vindo de dois bancos e de uma loteria, que no fim não ficou na Unidade, pois a nossa autoridade fez questão de vir receber o valor integral das minhas mãos e ainda conferiu. O mais revoltante nesse episódio é que quando essa referida autoridade foi transferida, deixou para trás uma dívida para o BPM de mais de 2.000 reais em peças de carro que jamais foram destinadas às viaturas. Em meio às nossas dificuldades, fico imaginando como é que "não fechamos as portas?" Digo isso porque o material de limpeza, o que era destinado para Unidade, não passava nem 10 dias. Alimentação, então, se não "regrasse" não chegava aos 20 dias, conta de água e luz, nunca tinham sido pagas, e por aí vai...
Deus ouviu as nossas preces, e o comando mudou! Com o novo comandante as coisas mudaram, e ele não apenas pagou a "herança maldita", bem como até consegui reformar alguns PM BOX, dar uma pintura na OPM, consertar viaturas, banheiros, mudar ar-condicionado e resolver outros pormenores. O que fez a tropa questionar "de onde estava vindo dinheiro pra fazer tudo isso", pois nos antigos comandos não se comprava nada, não se fazia nada. Eu só fazia dizer que era com a verba que "entrava" na Unidade e que se esse pouco dinheiro fosse colocado no bolso não ia fazer diferença nenhuma para o comando, pois era muito pouco e, mesmo que não fosse pouco, não valia a pena se sujar por isso. Contudo, empregado devidamente, como estava sendo feito, o resultado era aquele. Assim: diante de um bom comando as faltas de serviço reduziram, os índices de homicídios no âmbito da OPM caíram, ocasião em que a nossa Unidade chegou a ser uma das que mais viaturas tinha em atividade, embora não tivesse a maior frota.
Dizem que em time que está ganhando não se meche, mas a PM(AL) não é um time. Um a um os bons oficiais da Unidade foram transferidos e eu fui no meio. Dessa forma, aquela ótima administração foi se desmantelando como uma torre de babel. Porém, antes de ser transferido eu fiquei sabendo o porquê das movimentações: "alguém" achou que o nosso batalhão era uma mina, e resolveu colocar os seus... Bem, para ser sincero, a mudança ocorreu porque o nosso comandante (um homem íntegro) não compactuou em repassar para o "baixo clero" parte do que era arrecadado pela Unidade, dinheiro este que eu nunca vi nos poucos mais de (...) meses do novo comando, e que não sei nem ao certo de quanto se tratava.
É claro que depois dessa experiência eu passei por outras "aventuras", e por este motivo não irei me abalar com a divulgação de quaisquer denúncias inerentes à nossa corporação. O que iria me surpreender é se realmente alguém fosse punido. E a minha parte, de uma forma ou de outra, eu venho tentando fazer, pois se não posso mudar toda a PM, pelo menos da Seção em que eu trabalho e nas coisas que eu posso ter influência, procuro manter a postura ética e honesta na condução do que é publico, e sobretudo sendo o que me propus a ser quando passei a integrar esta instituição, ou seja, SER POLICIAL.
Sempre digo que na PM precisamos respirar injustiças, mas na hora de expirar, devemos expirar justiça, se é que me entendem. E o que ainda me deixa um pouco motivado é saber que boa parte da tropa por onde eu passei, principalmente os bons policiais, sempre perguntam se algum dia eu poderei comandar aquela Unidade.
Meus caros, embora exista de quando em quando a gestão dos maus, da mesma forma também existe a gestão dos bons. E quando isso acontece, os comandantes verdadeiramente compromissados com a corporação, isto é, os honestos, sempre valorizam o bom trabalho e fazem convites, motivo pelo qual sempre digo: "se por hora não dá para voltar, mas quem sabe um dia não voltaremos a trabalhar juntos de novo, pois a PM é grande".
Muita esperança foi depositada no atual Comandante Geral. Eu tenho minhas ressalvas e sou sincero em dizer que não tenho esperanças de que o mesmo venha a lutar por melhorias na PMAL, tipo salário, efetivo, escala de serviço realmente justa, viaturas, equipamentos, bem como não tenho esperanças que o mesmo combata as mazelas que todo mundo sabe quem são. Espero estar enganado, mas a história de vida ajuda a definir a pessoa, e por isso penso que o melhor seria termos um coronel do Exército para comandar (por várias razões) a Nossa Instituição. Sei que essa é uma postura do passado, entretanto, de que forma poderíamos – por exemplo – coibir possíveis "desvios de conduta" que são acobertados por causa de amizades interna corporis? Em relação aos "desvios de conduta" existentes na corporação, assim como a estas "amizades", hoje o que mais vemos são as seguintes situações: "o cara roubou, mas é oficial superior igual a mim, não posso puni-lo, pois assim posso estar abrindo caminho para que no futuro isso também aconteça comigo".
E desse modo, vou fazendo o meu trabalho de formiguinha; e desse modo, vamos levando a vida...

14 comentários :

PM de rua disse...

quase todos os comandantes fazem isso

CAP BONFA disse...

É OS PODES APARECENDO AI

Anônimo disse...

cel. lulú ainda tá comendo uma charque GORDA ?

Jenésio, o Pecador disse...

Eu ainda tenho muito o que aprender nessa PM. Opa!, retificando: "eu ainda tenho muito o que SABER Dessa PM".

PM Alerta disse...

Esse texto é a brilhante descrição da Corporação. A PMAL do desvio do combustível(não falo do leitinho, não!), lembra do coronel Ronaldo? Falo do puxa saco que desviou dinheiro das organizações Arnon de Mello e foi enxotado pelo Collor e foi agraciado com o Comando Geral pelo adversário político e hoje tá na SDS. Falo do mesmo coronel Ronaldo que era tão implacável com a tropa, mas queria perseguir os policiais que cumpriram a lei prendendo o filho do Antônio Albuquerque por porte ilegal de arma e ele e o Robervel Davino, em conchavo, fizeram procedimento por posse. Falo do capitão envolvido em sequestro, roubo de carga, formação de quadrilha, associassão ao tráfico de drogas, homicídio qualificado, mas o cara como é ágil como um NINJA já pulou no pescoço protetor do Dep. DUDU HOLANDA, sem falar no cap Israel que tem crimes de calibre proporcional e foi para Assembléia Legislativa. Se falar no Cel. Marco A. "Mizuno" de Brito e Gilmar "Curuca" Batinga e o escândalo do Extra que cada PM empregado receberia R$ 50,00 em 2005 e foi colocado com excala extra, lembram praças do 1º BPM e BPRp? Se o Comando for apurar descobre, é só falar com a antiga gerência... sem falar nas extras em porta de shows remuneradas aos comandantes... Ainda tem a prisão do Quinzinho que um certo comandante do CPC queria embaçar o tenete Verçosa, é so quebrar o sigilo telefônico, mas o MP tá preocupado com o duodécimo junto com o TJ, as escalas abusivas são notícias e cadê o MP? Tá achando bonito ver a falsa sensação de segurança materializada nos 8000 pm's fictícios do Cel. Luciano Silva, fazem eles de conta não saber que esses números não só é mentira, tanto quanto é a escravização do PM. Mas, "tudo de ruim e de mal só acontece na terra do Marechal".

Sd de Castigo disse...

Senhores, há quase um ano atrás, um sargento do 1BPM, na função de mecânico, foi até a bomba de abastecimento localizada no QCG da PMAL, ao realizar o abastecimento de sua viatura visualizou uma SGT e uma CB do mesmo batalhão, ofereceu uma carona as suas companheiras, a SGT estava fardada e a CB estava de trajes civis, só que ambas estavam de serviço, a CB estava vestida daquela forma pois a mesma estava com restrição de uso de coturno; porém, sua excelência o CMT GERAL LULU, ao avistar tamanha "irresponsabilidade" do SGT, que estava dando carona na viatura da PMAL uma PM usando trajes civis, tratou de instaurar um processo. Companheiros, se o nosso CMT no uso de suas atribuições como SUB CMT já fazia o que não era importante para a corporação e a população alagoana, muito mais tem feito agora... Companheiros quem nunca viu ABUSOS? Eu mesmo já vi diversos, muitos... Mas absurdos por parte de alguns oficiais, isso no uso de viaturas, de celular entre outras coisas pertencentes ao Estado, isso e muito mais coisas piores eu já vi demais. Esse tipo de coisas não feitas por Praças, pois os mesmo não detém o controle nem do material que é utilizado para fins particulares. Por isso, venho pedir atenção dos senhores para que se observem alguma movimentação diferente de viaturas, ou dos carros locados com o dinheiro do Estado e denunciem, pois este material é para uso do serviço público. Quem tiver oportunidade de flagrar alguma situação dessas, favor tirar fotos, anotar dia e hora para que a gente possa passar colocar aqui nessa página. A gente tem que mudar esses pensamentos de certos pensadores. Afinal de contas, "O PAÚ DE DÁ EM ZÉ, TEM QUE DÁ EM MANÉ!"

Sgt PM, Amigo do Comandante Monteiro disse...

Major, meu chefe, eu tô ligado em quem é o senhor. Me liguei logo porque quem perguntou "de onde estava vindo dinheiro pra fazer" as mudanças no BPM fui eu... Meu amado amigo, é muito bom ver que o senhor manteve a chama da esperança acesa. Esperança que eu também tenho de ver essa PM mudada, se não para mim, pois já passei dos 30, então para os meus filhos que estão agora no curso de formação de soldados. É com muita alegria que reencontro o amado fazendo um trabalho como esse, a altura da sua personalidade.
Que Deus o proteja nessa nova caminhada, comandante. Infelizmente não vamos poder trabalhar juntos, porque ainda este ano eu estou indo para a reserva. A Paz, amado!

Sgt PM, Amigo do Comandante Monteiro disse...

Senhores, se houver a possibilidade, por gentileza, removam o meu comentário anterior. Desde já eu agradeço a atenção a este fiel leito.

Sgt PM, Amigo do Comandante Monteiro disse...

Senhores, depois de receber uma ligação do meu amigo Monteiro, dou QTA no pedido de apagar o comentário, e peço que o mantenha. Desde já agradeço a atenção.

O MotorisTa disse...

Novidade: não sei se é fofoca ou não, soube que o Cel. Luna está para cair da intendência penitenciária, por trama do Major Marcos Sérgio. Ele, o Marcos Sérgio, está aprontando uma tremenda rasteira...
Vamos ver estes dias se isso se concretiza.
OBS: o “bizu” foi repassado de uma pessoa muito próxima às autoridades políticas do nosso Estado.

Sd PM 2010 disse...

Continuem firmes na divulgação das informações! Todos os agentes da segurança pública estão acompanhando esta página e merecem saber quem são as mazelas de cada insituição e os seus podres.

SD PM de luto disse...

O trabalho de vocês é louvável, mas infelizmente temos de ver os nossos próprios amigos sucumbirem para que nos toquemos do quanto precisa ser feito pela nossa instituição. Vai com Deus, Macário. Os seus verdadeiros amigos não o esquecerão.

Sargento Oliveira disse...

O Sr. Cmt Geral da PM, Cel. Luciano, no uso da sua insensibilidade, não autorizou que o Cap PM Macário, morto por assaltantes, no dia 18.03.2011, fosse sepultado no jazido no cemitério parque das flores, onde a PM tem 4 jazidos que foram doados para os PMs que morrerem no cumprimento do dever ou na defesa da sociedade. A PM, melhor dizer, o Cel. Luciano, nem se quer ofereceu ajuda para a família do Cap Macário. Essa é a corporação a qual fazemos parte, que exige dos seus policiais mas não dá a devida reciprocidade.

Major Monteiro disse...

Na ciência existe uma teoria que diz: "o cientista tenta enxergar a diante o que muitas vezes está estampado à sua frente".
Moral da história: nós estamos tão perto, mas "estão" olhando para longe...
Ainda bem por isso!

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver