REBELE-SE

Nos últimos anos vimos a luta das bases das nossas coirmãs com muita disposição e resultado, onde as associações unidas conseguiram protagonizar importantes lutas e mobilizações nas suas corporações, desmascarando o abandono que vivia a Segurança Pública em seus Estados, e por consequência obtendo várias vitórias para a tropa (e "por tabela" para a sociedade), tanto em nível de melhores condições de trabalho, flexibilização das escalas, melhoria nos equipamentos individuais de serviço, tais quais pistolas e coletes novos (incluindo viaturas), cursos de capacitação, assim como, até mesmo, dobrar o salário; fora a gratificação por serviços extraordinários e a gratificação de adicionais noturnos ou periculosidade.
Possuímos mais de cinco associações militares em Alagoas, e o que conseguimos com elas? Após os últimos acontecimentos o que elas tem feito? Quais movimentos elas estão protagonizando? Estamos, como estivemos a maior parte das vezes ao longo da história, sem lideranças. E é nesse sentimento que lamentamos tudo o que tem nos acontecido. Temos uma história de lutas, mas isso é coisa do passado.
Falta-nos um líder. Falta-nos até mesmo organização nos movimentos que são criados. Resta-nos o desespero. Resta-nos, em tese, nos REBELARMOS.
Este canal de informação, mantido por policiais que por motivos óbvieis tem de ser manter no anonimato, tem dado a sua parcela de contribuição através do relato constante de muitas situações erradas do nosso cotidiano. Mas tudo isso é pouco se cada um não se empenar em apresentar a sua parcela de contribuição, buscando melhorar (um pouquinho que seja) todas as coisas que fazem parte do nosso mundo, tanto no que se refere às condições de serviço quanto ao que recebemos pelas nossas funções.
Dialogar com os nossos superiores e com o governo sobre o que nos aflige é preciso, e eu diria até que é fundamental, mas o diálogo só existe quando ambos os lados estão dispostos a dialogar ouvindo o que o outro tem a dizer, o que atualmente não é o que acontece por parte dos nossos superiores.
Este canal surgiu da necessidade de orientar a nossa classe sobre as distorções existentes no nosso meio, bem como pra dar suporte na luta por dias melhores a cada militar do Estado de Alagoas – que muito mais sucumbe perante o comando e os governos, que nas mãos dos bandidos. A nossa tarefa é árdua, e se desenha a partir de anseios em bandeiras históricas e concretas do nosso dia-a-dia. Por isso, enquanto pudermos levar adiante este trabalho iremos fazer adesão a todo o movimento legítimo reivindicatório, não apenas para dar combatividade, mas principalmente fortalecer a nossa classe e sua representatividade, que – repito – tem sido carente de verdadeiros líderes e poder de mobilização. E é nesse caminho, entendemos, que cada uma das entidades associativas dos militares do nosso Estado precisa caminhar, mostrando significativamente a sua participação, pois estamos diante de um importante momento onde: ou nós nos (re)afirmamos perante o comando e o governo, ou passaremos para a história como uma geração de líderes covardes.

15 comentários :

Coronel Rivotril disse...

HÁ BOATOS AQUI NOS BASTIDORES DA PM QUE OS OFICIAIS SUPERIORES ESTÃO RECEBENDO UM SALARIO POR FORA PARA SEGURAR A TROPA (ISSO É ANTIGO)O GOVERNO DE ALAGOAS NÃO ESTÁ PREUCUPADO COM PRAÇAS ELE QUER VER O CIRCO PEGAR FOGO GOVERNADOR VC É O CARA. NOS AGUARDE. A GREVE ESTÁ AÍ.

Sargento Luiz Carlos (9117-3700) disse...

C O N V O C A Ç Ã O

O Secretário Dário Cesar, juntamente com os Comandantes da PM e BM, afirmam para o Governador que a tropa está satisfeita e, que a questão de AUMENTO é enxame das ASSOCIAÇÕES.
- Não vamos ficar calados, nem aceitar a imposição dessa aberração de 5.91% de aumento.

O Governo nos deve:
7% restante de uma negociação feita no início de 2007, + as Datas Bases referente aos anos de 2006, 2007, 2008, 2009, 2010 + AA Correção dos qüinqüênios até fevereiro de 2012.

Nossa proposta: É que tudo esse atraso seja transformado em um piso salarial no valor de R$ 2.800 até Dezembro de 2011, para o Soldado com zero ano.

Junte-se a nós:
- No próximo dia 12 de Abril vamos levar o maior numero de Policiais a paisana, para uma concentração praça Deodoro, às 16:00. De lá marcharemos rumo a Secretaria de Gestão Pública, para só sair de lá com uma resposta positiva.

LUTAMOS JUNTOS E UNIDOS OU PERDEREMOS A BATALHA.

Elayne Kelly Cordeiro da Rocha disse...

Se a galera se juntou para derrubar um ditador no Egito usando a internet e PRINCIPALMENTE a mobilização pública, por que não conseguiríamos aumento, condições de trabalho?

EU FIZ minha parte, e você, vai ficar parado?

Atenção SERVIDOR PÚBLICO ALAGOANO!!!!!

Não dá mais para esperar, estamos a mais de 4 anos sem aumento salarial ou pelo menos a reposição da inflação.

Tudo tem aumentando escola, faculdade, água 8%, luz 3% (que é a tarifa mais cara do nordeste), aluguel (quase 60% em 4 anos) e o combustível a quatro anos atrás o álcool era R$ 1,30 e a gasolina R$ 1,90, a passagem de ônibus nem se fala (é 5% de aumento aqui 10% ali).

Nós servidores estamos a mais de 4 anos sendo desrespeitados, estamos desmotivados para irmos ao trabalho

(qual o médico que atende bem se não tem seu trabalho reconhecido e remunerado de forma adequada),

(qual policial militar que vai correr atrás de bandido se no final do mês ele sabe que vai receber menos de 3 salários mínimos, e todos os dias vai voltar para a comunidade onde mora muitas vezes cercados por marginais),

(qual bombeiro vai sair satisfeito para arriscar sua vida em um salvamento se sua família está em dificuldades financeiras em casa),

(qual professor tem inspiração para dar aula se tem que ir de ônibus de uma escola para outra para poder dar uma vida digna aos seus filhos e colocá-los em uma escola particular por que na pública não tem qualidade), e todos os outros funcionários públicos de Alagoas estão passando por uma situação de calamidade publica. Então se você não é funcionário comissionado, político de carreira, assessor, ladrão ou traficante em Alagoas você deve estar indignado com esse GOVERNADOR MENTIROSO.

VAMOS PARAR O ESTADO, VAMOS COLOCAR ALAGOAS NA MÍDIA NACIONAL TEMOS QUE FAZER ALGUMA COISA PARA TERMOS UMA VIDA DIGNA... DIA 02 DE MAIO DE 2011

Estou cansado de esperar e de ver as associações e sindicatos receberem dinheiro para não nos apoiar e não fazer barulho...

Gente, são 4 anos dando um voto de confiança a esse governador, temos que começar a agir temos que deixar de sermos burros.

VAMOS PARAR ALAGOAS EM TODOS OS MUNICÍPIOS E NA CAPITAL MACEIÓ DIA 02 DE MAIO DE 2011 (GREVE GERAL) PARA TODAS AS CATEGORIAS (POLICIA, EDUCAÇÃO, BOMBEIROS, SAÚDE E ADMINISTRAÇÃO EM GERAL).

REPASSE A TODOS SEUS AMIGOS FUNCIONARIOS PÚBLICOS.

Cabo Montana disse...

Agradecemos o empenho de todos e vamos para o embate

Edmilson Soares disse...

Senhores provedores do Blog Briosa em Foco,

Este texto foi feito há algum tempo, mas julgo ser bastante pertinente; peço a gentileza de divulga-lo.

"Aos Exmº Srs. Representantes do Tribunal de Justiça, da Assembleia Legislativa, do Ministério Público Federal, do Ministério Público Estadual, da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Gabinete do Governador, da Polícia Federal, da Secretaria de Defesa Social, do Conselho Estadual de Segurança Pública e dos Órgãos de Imprensa.

Venho por intermédio do presente, mesmo contra os meus princípios, mas por me sentir na obrigação moral, relatar graves fatos sobre um oficial da polícia militar de Alagoas que conseguiu ludibriar ao longo dos anos diversas autoridades, políticos e empresários, com o objetivo de se locupletar com recursos públicos. O que agora apresento são fatos concretos, fáceis de serem comprovados pela RECEITA FEDERAL, POLÍCIA FEDERAL, MINISTÉRIO PÚBLICO, POLÍCIA CIVIL E POLÍCIA MILITAR, esse grito de alerta tem como maior argumento o que vem acontecendo na bela Cidade de Maceió, nunca na história de Alagoas se exterminou tanto, isso é um verdadeiro genocídio, e tudo com a conivência macabra de um coronel chamado DÁRIO CÉSAR, por ação ou omissão, conseguiu o triste "record" de mais de mil mortos em 05 meses, durante sua desastrosa passagem no Comando do Policiamento da Capital. Dentro dos quartéis os grupos de extermínio se proliferam e tem horários e escalas combinados, e justificam suas ações com o discurso do seu comandante maior: "temos que limpar a cidade dos bandidos", e os bandidos são os viciados em droga pobres, homossexuais e acompanhantes. O pérfido coronel conhece intimamente todos os policiais envolvidos com o submundo do crime e nada faz para evitar esse extermínio generalizado, procurem a delegada Maria Aparecida de Araújo, ela tem em mãos um inquérito envolvendo o coronel Dário. Essa denúncia é muito grave e os fatos falam por si, vejamos:

Edmilson Soares disse...

1 - O Coronel Dário César Barros Cavalcante, à época Capitão da PM, ficou à disposição de Collor de forma ilegal, no período de 1989 a 1992, quando Presidente da República, onde recebia o salário de capitão da polícia alagoana sem sequer responder pela função, e o que é mais grave, após o impeachment de Collor, o coronel golpista permaneceu em Brasília, sem compromisso com o pobre Estado de Alagoas, desfrutando de um recurso recebido de forma fraudulenta, por ter prestado um grande favor a um "amigo seu empresário" (Adivinhem quem? Começa com J), pois detinha informações "privilegiadas" antes do Plano Collor, um favorzinho que garantiria uma gorda aposentadoria, apenas R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais), inclusive é fácil de constatar, é só checar a movimentação bancária desse cidadão na época que não tinha outro meio de vida a não ser o salário de polícia;

Edmilson Soares disse...

2 - Dário César, o pseudo-paladino da justiça, foi indiciado pela própria Polícia Federal em 1994, por falsificação ideológica, declaração fraudulenta a órgão federal, que por ser servidor público ainda poderá ser condenado por mais de 06 anos de cadeia, mas ainda temos esperanças, apostamos na Polícia Federal independente e sem ingerência política, algum Delegado da PF, mande desenterrar o inquérito das gavetas do Departamento de Polícia Federal de Brasília e terão uma grande surpresa, o inquérito foi instaurado no dia 13 de junho de 1994;

3 - Com dinheiro do erário alagoano, o substituto eventual de PC Farias, com a maior cara de pau, cursou a Faculdade de Direito no Centro Universitário de Brasília, no período de 1989 a 1995, e como Dário não poderia estar em dois lugares ao mesmo tempo, quem trabalhava por ele em Alagoas para justificar o seu salário de oficial? Com a palavra o Comandante Geral da Polícia Militar. Tudo isso é fato, e portanto fácil de constatar. Senhores, o que o coronel Dário César fez na vida de 1992 a 1998? Deu um grande golpe de mais de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais) aos cofres públicos alagoano, para se ter uma idéia da ousadia do nefasto oficial, apenas com a declaração do salário de capitão à época registrado no imposto de renda, comprou uma loja de "grife", a M-Office, no Shopping Iguatemi, em meados de 1992, não se sabe o valor, mas só o condomínio mensal era coisa de R$ 10.000,00 (dez mil reais), é incrível a facilidade desse cidadão em burlar a lei, pois nada consta em seu nome, para não ser injusto apenas três carros tipo Honda Civic e Ecosport, e dois ou três imóveis de padrão médio, comprados inclusive guando ficou agregado à Prefeitura de Rio Largo (checar Diário Oficial de junho de 2004), óbvio sem trabalhar, e mais uma vez à disposição da asquerosa e repugnável política da província de Alagoas, coisa que ele adora fazer: ganhar dinheiro sem trabalhar, ah se na época já fosse o atual Superintendente da Polícia Federal, Dr.Luna, certamente esse cidadão já estaria na cadeia. A propósito, tudo isso após ser expulso da Gazeta de Alagoas em 2004, onde detinha um cargo de Diretor, e motivo da exclusão... Mais uma vez adivinhem?

Edmilson Soares disse...

4 - O malandro após 06 meses, parasitando pela prefeitura de Rio Largo, graças à prefeita Vânia Paiva, foi expurgado sem aviso prévio, Deus sabe o motivo, mas perguntem a prefeita sobre o salário do farsante, pois não consta na declaração do seu imposto de renda. Indignado o policial voltou então a receber o salário da PM sem trabalhar, agora como coronel, passou assim uns 04 (quatro) meses, só vindo a se apresentar no quartel da PM para fazer o curso que o habilita à promoção de coronel.

Autoridades do Estado de Alagoas, tudo isso é fato e deve ser comprovado, o que relato é por protesto e revolta, pois o patife consegue ludibriar a todos, "é um lobo com pele de cordeiro", coronel Dário César é capaz de vender até a própria mãe pela maldita ambição de poder e dinheiro. Pelo bem do Estado de Alagoas e da Instituição Policial Militar, apurem os fatos, pois encontrarão muito mais do que está exposto. É cabível ao Comandante Geral da Polícia Militar, até em demonstração de total isenção e respeito a sociedade alagoana, a obrigação no mínimo de investigar sumariamente a denúncia, sob pena de responder também penalmente, por conivência e omissão, pelos crimes praticados pelo coronel vigarista Dário César.

Maceió, 10 de abril de 2011.

Edmilson Soares

Sargento Jotinha do Quinto disse...

Agora quer butar os golinha pra trabalhar repara que maloqueiro esse dadá!!!

Dario seu pombo sujo!!!

Sócio da ASSOMAL disse...

Enquanto isso...

Depois de diversas reuniões com o vice-governador, José Thomaz Nonô e com o secretário de Estado da Gestão Pública, Alexandre Lajes e a gestora de Folha de Pagamento, Ricarda Calheiros, representantes das associações militares se reuniram mais uma vez nesta terça-feira (12), às 16h00 na Segesp para obter um posicionamento acerca da tabela de reajuste salarial para os militares.

Enquanto dezenas de militares aguardavam na porta da secretaria o resultado das negociações para o aumento dos seus salários, que estava previsto para 2.800,00, os representantes das associações militares conversavam com Alexandre Lages a respeito do aumento, da correção do quinquênio e da data base.


Traduzindo: REPOZIÇÃO ZERO (e as associações continuam conversando)

Cb Soares disse...

“Estamos negociando com o governo. Mas se não forem aceitas nossas reivindicações, convocaremos assembleia, com proposta de aquartelamento”

Cb Soares disse...

“Espero que o governo cumpra o que vem sendo negociado com os policiais militares. Do contrário, a confusão está feita”

JURAMENTO MILITAR disse...

Por favor, TÉO. Se você der pelos menos 50% (cinquenta por cento) a nós militares, nós JURAMOS POR TUDO que nenhum servidor de outras categorias vai poder fazer greve. Vamos dar PAULADA e jogar BOMBA de gás lacrimogênio. Governador, ajeite a PM e vc não vai ter que ouvir reclamação dos outros. Bjo.

Jenésio, o Pecador disse...

Senhor, todas as coisas te são possíveis; afasta de mim este "Cale-se!".

Anônimo disse...

Sugestão: Em toda reunião com o governo seja escolhido aleatoriamente dentre os presentes na assembleia um socio de cada entidade de classe para participar, de forma a dar maior transparecia as negociações de nossos represemtantes com o governo!!!!!!!

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver