Alagoas: Terra Bruta e Sem Lei‏

O Governador divulga através de Nota Oficial, que "os policiais são vândalos e que os protestos são obras de uma minoria e que não tem o apoio da população"...
Contudo, o que ele não divulga é que os policiais cobram, além dos reajustes salariais (há 5 anos que ele não repassa os reajustes anuais), são condições de trabalho.
Já que o serviço público é destinado aos cidadãos alagoanos, e como o próprio Sec. de Defesa Social afirmou, "quem paga os nossos salários são os contribuintes. Portanto os nossos patrões", seria interessante que todos os alagoanos tivessem interesse em verificar de perto como anda o gerenciamento da sua "empresa". E avaliar, como os "gerentes e diretores" (Secretários, Chefe da Polícia Civil, Comandante Geral da PM e o próprio Governador), anda administrando a "empresa" de todos os alagoanos.
São hospitais onde os enfermos têm que mendigar um atendimento. São dezenas de alagoanos que são assassinados diariamente. Sem falar nas centenas ou, quiçá, milhares que todos os dias sofre um assalto, furto ou qualquer outro tipo de violência.
Se avaliarmos as palavras dos Sr. Sec. de Defesa Social, Cel. Dário César, são os patrões da "empresa" chamada Alagoas que estão sofrendo todos os dias.
E pensando um pouco melhor; será que o funcionalismo público não faz parte da mesma sociedade? Os policiais militares também não pagam seus impostos? Os policiais civis também não são sócios desta "empresa"?
E o Governador ainda afirma em Nota Oficial que quem tá reivindicando é uma minoria, que "não tem o apoio da sociedade".
Tenho parentes no sul do país. E Semanalmente recebo ligações e e-mails deles e de amigos de outros Estados, me perguntando como consigo viver em um Estado como este. E me indicam algumas oportunidades pra poder me mudar pra outro Estado. Imaginem só: quem diria que alguém que mora no Rio de Janeiro ou São Paulo, me questionaria sobre a impossibilidade de viver num Estado como o meu, por conta da violência.
Mas após ver este vídeo, passo a entender. E percebo que essas notícias não devem chegar aos meios de comunicação do Palácio República dos Palmares. Pois, como afirma o Sr. Governador, os que cobram melhores salários (porque só estão à 5 anos sem reajuste) ou os que cobram melhores condições de trabalho, são, na sua opinião, vândalos! E determina que sejam punidos. Pois que se puna todos os alagoanos que estão sofrendo com esta administração.
Quem sabe se todos os militares (polícia e bombeiro), e também os policiais civis fossem, por conta própria, ao presídio militar, situado no BPGd, no bairro do trapiche e se apresentassem voluntariamente para permanecerem presos por 72 horas (como preconiza o Regulamento Disciplinar p/Mal, tão usado e admirado pelo Comandante Geral da P-MAL e pelo Sec. de Defesa "Pessoal"), quem sabe assim os contribuintes ("nosso patrões") não estariam melhores. Ou quem sabe dessa forma o Governador poderia perceber que não é uma minoria e que a sociedade apoia o policial motivado e bem remunerado.
Caso isso aconteça (boa remuneração), ainda corremos o risco de termos um companheiro ilustre nas frentes de combate da briosa Polícia Militar. Pois segundo o nosso Vice-Governador, no dia que um policial for bem remunerado, este largará a vice governadoria e adentrará às fileiras da Polícia Militar (lembrando que para tanto o mesmo deve ser aprovado em concurso público, como todos os PMs, pois a "Era Denilma", acabou faz tempo. Quem entrou, entrou...).
E começo à perceber que o reajuste da Assembleia Legislativa é realmente justo. Pois dessa forma os nossos deputados poderão, com seus novos salários de mais de R$ 20 mil, assinar uma Tv à cabo, assinar alguns jornais, e aderir à um plano de internet, e começar a ver como anda o conceito e a popularidade de Alagoas no Brasil inteiro.
Assisam o vídeo a seguir e reflitam sobre o teor dessa postagem!!!

6 comentários :

Anônimo disse...

Major Monteiro, concordo com suas palavras, alagoas é bruta e sem lei. Trabalho no quartel geral, e veja, a pior coisa la dentro eh encontrar uma impressora que funcione, pois todas estao quebradas e as que funcionam, tem uma confusao entre o que é publico e o privado, pois se os servidores nao trouxerem seus equipamentos, nao trabalhariam. Bem assim sao os pen drives que trabalhamos, que sao proprios, enfim, é um caos.
Enquanto isso, vemos a arrogancia do comandante, coronel luciano, com suas reunioes para reunir. A rrogancia dos que os cercam a balancar a cabeca e consequencia disso, os ovos do comandante.
Fora os furtos de coisas publicas praticados la dentro.
é lamentavel. Precisamos parar de uma vez.

Conte conosco!

Highlander disse...

http://briosaemfoco.blogspot.com/2011/05/alagoas-terra-bruta-e-sem-lei.html

Highlander disse...

E outra, ontem assiti uma entrevista do Exclº. senhor desembargador James Magalhães, na qual, quando da oportunidade de visita as intalações do CPFor, o mesmo disse q estaria "de mãos dadas junto com o governador - teonóquio- e com o sec de defesa social - rainha dada - para solucionar os problemas relacionados a seg pública do estado..."
Eh companheiros, depois de um desembargador declarar q está de mãos dadas com estas pessoas dessa corja eu não me espanto mais com nada...

Highlander disse...

Vamos a luta companheiros, e lembrem-se:
Se pensarem em desistir lembrem-se q acima da categoria, vcs estão brigando pelo bem estar de suas famílias e seus filhos!!!
Vamos ao campo de batalha e só aceitaremos a vitória!!!

Agora ou o prego entra ou a tábua racha de x saporra !!!!

Anônimo disse...

TEO MENTIROSO

Jenésio, o Pecador disse...

E agora, Téo, vai falar o quê?

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver