A César, o que é de César: vamos denunciá-lo!

Após o primeiro dia de desaquartelamento, as lideranças militares se reuniram na noite de quarta-feira, 11, com os advogados das entidades para discutir possíveis perseguições aos policiais e bombeiros por parte dos Comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Durante o encontro, os advogados orientaram a categoria a procurar a comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL), Ministério Público e Assembleia Legislativa de Alagoas para denunciar qualquer abuso que o militar venha sofrer devido à paralisação.

A principal queixa foi com relação aos militares que saíram do plantão de 24 horas e foram obrigados pelo Comando a permanecer nos quartéis para suprir a ausência dos faltosos.
De acordo com os advogados, os PMs e bombeiros não são obrigados a permanecerem nos quartéis depois de cumprir a escala. Os comandos usaram de arbitrariedade ao forçar os militares a dobrar os plantões.

Com isso, toda perseguição sofrida pela categoria será encaminhada aos órgãos competentes. Nesta quinta-feira, 12, as mobilizações continuaram e os líderes militares estiveram reunidos a partir das 8h30 no Clube dos Sargentos, no Trapiche para traçar os rumos das mobilizações que ocorreram sexta-feira, 13, assim como as de sábado, 14.

"Não estamos pedindo reajuste salarial. Tudo que estamos pedindo está em lei e nunca foi cumprido. Queremos o pagamento dos 7% pendente do acordo anterior e as correções das datas bases", disse o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Militares de Alagoas (ASSMAL), sargento Teobaldo de Almeida.

Para a assembleia geral de sexta-feira, que foi realizada às 15h na Praça Marechal Deodoro, no Centro, a categoria recebeu o reforço dos representantes da Associação Nacional dos Praças (Anaspra) de Minas Gerais e da Bahia além do deputado estadual de Sergipe, capitão Samuel.

Para fechar a semana com chave de ouro, resta agora o desfecho do que vai acontecer no dia de hoje, sábado, 14, ocasião do jogo da Seleção Feminina de Futebol.

8 comentários :

Anônimo disse...

ESSES COMANDANTES TEM DE SER DENUNCIADOS DA MESMA FORMA QUE ELES USAM O RDPMAL PARA NOS PUNIR.

sd saulo disse...

devenos perder o medo de processar tudinho, só assim eles vão passar a respeitar os subordinados.

Anônimo disse...

PQP, marcaram mais uma assembléia...

Acorda, presidentes das associações, pois se não a tropa vai passar a ter raiva é de vocês!!!

Chico, da Ponta da Terra disse...

Fomos tratados com desprezo e perseguidos pelos coronéis Dário César e Luciano Silva. Isso não vai ficar assim. Eles estão pensado que SÃO INTOCÁVEIS. Eu lhes digo que nesse mundo nem cristo foi poupado.
"Coronel Adalto", "Cabo Goçalves", esses são apenas alguns personagens da nossa história que bem pode nos ajudar a prever o futuro.
Quem tem olhos, que procure ver; quem tem ouvido, que procure escutar; quem tem sabedoria, lembre-se que a humildade é o princípio; quem é vivo, é mortal!

Anônimo disse...

E quem tem o Dadá na SEDS e o Lulu no Comando da PMAL, tá fudido e mal-pago...

Sargento Armínio disse...

É preciso mais união, força e coragem por parte dos colegas Militares, independente de suas Graduações.
Portanto, quem está de FOLGA, dê as caras nas próximas mobilizações. Vamo fazer uma grande manifestação. Quem é do interior, façam caravanas quando houverem as convocações.
Não vamos deixar só a direção com a corda no pescoço.

Anônimo disse...

O dia de chamarmos a atenção para o nosso movimento era sabado no jogo, mas ninguem compareceu, até as lideranças apareceram como se estivessem indo a praia de shorts e sandalia, numa demonstração clara de q não tinham a intenção de agir, e ficaram conversando potocas até dispersar os poucos que por lá apareceram. Eu vou fazer minha parte, a partir de hoje não passa um motoqueiro com a viseira levantada que eu não pare e solicite uma GU do BPTRan, se for clara a superlotação em coletivos pode ter certeza que lá estarei e farei descer os excedentes, todos tem q andar dentro da lei, e não adianta oficial vir pedir pra liberar que eu darei voz de prisão ao mesmo e o enquadrarei dentro do que for cabível!!!

1º Sgt. Matos de Aracaju/Se disse...

Olá irmãos, sou 1º Sargento da PMSE e estou com voces, é isso ai lutem por seus direitos como nós aki em Sergipe lutamos e estamos lutando, agora já comessamos a nos mobilizar e o bicho vai pegar aki se o governador não atender nossas reinvindicações, estamos de olho. Parabnés pra todos que fazem a PMAL e os que estaão liderando essa luta, tenho fé e não esmoreçam.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver