"Incompetência Oficial"‏

Quando a PMAL enviou Batinga a diversos Estados, pagou fortunas em diárias, tudo com o intuito de qualificá-lo com as melhores doutrinas de radio-policiamento, o fez esperando que ele levasse um serviço operacional de qualidade ao tão sofrido povo do Estado de Alagoas. Triste decepção. Nos enganamos, e continuaremos com essa conclusão por muito tempo! Gilmar, além de virar-nos as costas, apertando a bel prazer a já combalida tropa, resolveu agir como um louco xingando os rodoviários (cobradores e motoristas) que protestavam pela morte de um companheiro de serviço, bem dizer vítima das "políticas de policiamento" adotadas pelo Comando (para não ficarmos apenas no nome do Gilmar Batinga). "O Gilmar tem feito um bom trabalho", defendem as pessoas que ignoram que é justamente esse "bom trabalho" que tem refletido os números da violência. Desde a sua "colocação" no comando do CPC os índices da violência não param de crescer, e paralelo a isso a tropa não para de apresentar dispensas médicas por motivos de doenças, oriundas das escalas "justa e técnica" adotas pelo Comando da Polícia Militar. As ações do Batinga à frete do Comando do Policiamento da Capital tem trazido à tona verdadeiros fiascos. Como toda tropa da corporação conhece bem essa autoridade, para nós – que já denunciamos a sua forma de proceder em outro texto – não foi nenhuma surpresa quando o mesmo, descontroladamente, xingou, empurrou trocou tapas e mandou prender os sindicalistas representantes dos rodoviários que publicamente afirmavam "somos vitimas da incompetência das políticas de policiamento adotas pela Polícia Militar". Diante do exposto, ainda mais diante da repercussão negativa que expos o nome da PMAL, em nome dos trabalhadores agredidos física e moralmente, exigimos que seja instaurado o devido procedimento apuratório contra o Comandante do Policiamento da Capital, Gilmar José Batinga da Silva.

15 comentários :

SD do BOPE disse...

O Coronel Gilmar Batinga discutiu com os manifestantes e até conosco, os próprios policiais militares."

Ele realmente estava descontrolado, ainda bem que a imprensa filmou tudo.

E AGORA GILMAR, FALAR O QUÊ?

Anônimo disse...

Gilmar, pede pra cagar e sai!

Seu Madruga disse...

Defenda-se, Batinga!

Anônimo disse...

Olha como a gente aqui em Alagoas deveria fazer:

Acesseo o link:
http://www.youtube.com/watch?v=5ldRSGHzQZ0

Se não abrir, vai no YouTube e coloca: GREVE DA PM TO

Anônimo disse...

Batinga é um descontrolado!

Descontrolado e louco.

Anônimo disse...

o Gilmar é 10 pessoal, vamos ter calma e compreender...
- 10 moralizado;
- 10 qualificado;
- 10 preparado; etc,,,

Força pessoal, isso aqui não é uma ditadura, continuem...

Anônimo disse...

Quarta Parte no Batinga, pois:

"Art 8º - A honra, o sentimento do dever, o pundonor policial militar e o decoro da classe impõem-se, a cada um dos integrantes da Polícia Militar, conduta moral e profissional irrepreensíveis, com a observância dos seguintes preceitos: (...)"

Anônimo disse...

Ele deve ter feito o curso de gerenciamento de crises com o cap BONFA soltando as frangas

Anônimo disse...

PMs são acusados de invadir festa com bombas e tiros de borracha

O autônomo Tarcísio Alex Araújo Mendes, 36, denunciou, na manhã desta terça-feira (10), ter sido vítima de uma ação truculenta de policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Segundo ele, o fato ocorreu no domingo (8) em uma casa de festas no bairro do Clima Bom 2, onde acontecia uma festa de aniversário.

Tarcísio Araújo prestou depoimento na Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Alagoas, onde relatou detalhes da ação policial. "Havia no aniversário cerca de 30 a 40 pessoas, inclusive, idosos, crianças e gestantes, quando chegaram duas guarnições do Bope. Eles jogaram bomba de gás e deram tiros de bala de borracha, um deles atingiu minha perna", contou o ambulante.

Segundo Tarcísio, os militares alegaram que estavam investigando uma denúncia de que havia armas e drogas em uma caixa de som. "Revistaram tudo e não tinha nada. A festa era de um amigo e também estávamos comemorando o Dia das Mães. Eles ignoraram a presença de crianças, que ficaram em pânico com as bombas e os tiros de borracha. Terminei sendo preso junto com um tio meu que é sargento da PM e também estava na festa. Ele ainda se identificou, mas também foi recolhido e levado para a Central de Polícia", afirmou.

Após colher o depoimento do autônomo, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB, advogado Gilberto Irineu, afirmou que vai encaminhar o caso para o Conselho Estadual de Segurança e pedir providências ao Comando da Polícia Militar. "Não se pode mais aceitar ações truculentas por parte de policiais. O caso precisa ser investigado com rigor", disse Irineu.

Por telefone, a assessoria da Polícia Militar informou que o caso já está sendo investigado pela Corregedoria da Polícia Militar, onde Tarcísio Araújo já foi ouvido por uma comissão. O nome dos integrantes da guarnição acusada de truculência não foram divulgados, já que o caso ainda está sendo apurado.

Anônimo disse...

Ô Lulú, acabei de receber uma noticia tão triste... A animadíssima Lacraia faleceu hoje às 5 da manhã. Que Deus a tenha! Não sei a causa, ela estava dodói. Aproveita a ocasião, Lulú, e morre também!! Garanto que não vai fazer nenhuma falta, ao contrario da Lacraia que até as crianças gostavam

Capitão Tony disse...

Simplesmente deplorável:
http://1.bp.blogspot.com/-gEGJBSRUgWs/TclpXu5Z_YI/AAAAAAAAAIc/LfdHFJo2gd4/s1600/o+deploravel+batinga.jpg

Anônimo disse...

ESTA É A ESCALA MAIS "JUSTA" QUE JA VI NA POLCIA. TÃO JUSTA QUE NÃO SOBRA TEMPO PARA DESCANSO DO POLICIAL. PARABÉNS BATINGA!!!!!

Ex-Patrulheiro da Supervisão do 5º BPM disse...

A que ponto nós chegamos: um oficial que vivia torturando os malas, inclusive enfiando ferro na bunda dos torturados (quando da sua passagem pelo 5º BPM), é citado em uma matéria do site da PM como se fosse um belo exemplo a ser seguido; e mais, ainda é lotado na Corregedoria da Briosa, onde foi escolhido para se "especializar em áreas como processo militar, com ênfase em processos e procedimentos administrativos, inquéritos e investigações".

PQP, J***, tu mudaste mesmo ou foi lá para Sampa apenas para ganhar diária?

Link da informação: http://www.pm.al.gov.br/intra/modules/news/article.php?storyid=2895

Anônimo disse...

A vida é assim: "vivendo e aprendendo ou se fudendo"

Anônimo disse...

bem empregado para estes cães de preto por protegerem ele,era para ter deixado os manifestantes linxa-lo, e ele não é metido a deus, ai queria ver ele sair voando

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver