"Quem sabe faz a hora, não espera acontecer!"

A fotografia ao lado dá-nos uma lição sobre como deveríamos agir com(tra) o Governo do Estado. Trata-se de uma informação publicada no site Alagoas em Tempo Real sobre uma sentença em que o Sindicato dos Jornalistas (da Imprensa Graciliano Ramos – antiga Sergasa) sagrou-se vitorioso contra o Governo Téo Vilela.
Detalhes dessa informação dão conta que os jornalistas saíram vitoriosos em quatro dissídios, correspondentes aos anos de 2007 a 2010. É bem verdade que os militares, bem dizer do soldado ao capitão, também moveram uma ação contra esse mesmo governo há alguns anos, tendo como causa de pedir basicamente o mesmo pedido feito pelos jornalistas, ou seja, a reposição salarial decorrente das perdas, sendo que no caso dos milicianos o diferencial foi o índice de correção aplicado no reajuste dos oficiais superiores (mais de 100%, na época).
Na ocasião, a contemplação da tropa militar foi superior a 80%, contudo isso nunca foi cumprido nos moldes em que foi estabelecido pela sentença, e isso (até a presente data) nunca foi cobrado novamente ao Poder Judiciário. Isso porque "algumas pessoas" visando a proximidade do momento político que poderia lhes ser favorável e os recursos judiciais que seriam movidos pelo Estado, temendo que "a coisa" fosse levada para mais adiante, "atrapalhando" as suas pretensões políticas, resolveram "negociar" com o governo em "suaves" prestações o que era para ser aplicado imediatamente e com efeitos retroativos.
O resultado disso foi a criação de uma lei (Lei 6.824, de 13 de Julho de 2007) confirmando esse acordo, que deveria ser concluído quando da aplicação dos 7% em conjunto com as datas-bases dos anos anteriores, tendo por referência para as datas-bases os índices inflacionários oficiais.
Apenas para nos situarmos, vale destacar que a lei em comento em seu artigo 3º assim estabelece:
"Art. 3º – O resíduo equivalente a 7% não incluso nos Anexos I a XI da presente Lei e as previsões gerais dos anos de 2006, 2007, e 2008 serão revistos pelo Poder Executivo no mês de abril de 2008, devendo para tal ser composta uma mesa de discussão entre o Governo do Estado e as Associações representativas dos servidores militares do Estado de Alagoas."
Nada disso aconteceu. E a situação ficou mais gravosa quando alguns militares se deram conta que na hora da negociação e da aplicação dos valores de cada posto e graduação, que contou com a presença assídua de oficiais superiores, um deles tido como expert em ciência contábeis, perceberam que havia sido ignorando os percentuais referentes ao quinquênio. "Trocando por miúdos", podemos dizer que até nisso os militares contemplados foram "ludibriados", para ficarmos em termos mais brandos.
Hoje, á menos de 4 anos da criação da Lei 6.824/07, que determinava que "os 7% residuais e as previsões gerais [as famosas datas-bases] de 2006, 2007 e 2008", e inclua-se a estes, os anos de 2009 e 2010 (totalizando 5 datas-bases), que deveria ter ocorrido em 2008, depois de tantas negociações furadas que não levaram a nada, estamos mais uma vez a contemplar as lideranças militares das associações fazendo as suas mobilizações com a mesma veemência dos seus anseios salariais. E a julgar pelo ritmo que os mesmos tem dedicado a esta situação (que caminha "com passos de preguiça e sem vontade" – parafraseando Lulu Santos), julgamos que a classe militar irá passar mais algum tempo na mesma situação, isto é, marcando uma reunião para hoje (véspera do 1º de junho), outra para "amanhã" (dia especulada "grande mobilização"), agendando reuniões com o político "A", "B", "C"...
Estamos á menos de um ano das prévias partidárias, e eu começo a pensar que se este ano fosse ano de eleições (para vereador, a grande "menina dos olhos") certamente as ações dos representantes militares seriam mais "contundentes", como bem nos mostra a história. Seja como for, independente de ser militar ou apenas um paisano, só nos resta esperar, pois todos nós temos interesse nos resultado do que possa acontecer. Afinal, todos nós estamos passivos de ser vítimas da violência, ainda mais nesses tempos onde cada vez mais o policial e o bombeiro se veem desmotivados.

15 comentários :

Anônimo disse...

Amanha estarei la para azedar aquele caldo do governo! e vamos a luta!

OBSERVADOR disse...

Fim do prazo e megaprotesto

O governo diz que espera até amanhã, quarta-feira, por uma resposta dos servidores sobre a proposta de reajuste salarial. É aquelha velha história dos 7% – depois do primeiro índice oferecido, o de 5,91%. Não existe nenhum sinal – nunca houve – de que as categorias venham a dizer sim aos 7%.

Na contramão de um eventual acordo, os sindicatos e a CUT anunciam um grande protesto justamente para esta quarta. No encontro que acertou detalhes da mobilização, as lideranças até chutaram um número: pretendem levar ao menos 10 mil pessoas às ruas de Maceió na manifestação contra o governo do Estado.

Ao mesmo tempo, ao longo do dia de hoje, alguns líderes sindicais e representantes de categorias trocam ideias com graduados do governo. Seria uma tentativa de superar o que parece insuperável, até agora, e suspender o megaprotesto. É o sonho do governo.

De todo modo, vale ressaltar que o clima não é exatamente de conciliação. Portanto, será uma surpresa se houver mesmo um grande entendimento na véspera do que promete ser um gigantesco ato dos servidores públicos.

Uma Policial disse...

Parabéns pela colocações, Dr. Sem mais comentários, pelos menos da minha parte!

Anônimo disse...

Realmente, suas palavras estão corretas. Eu vi esse texto hoje pela manhã, e à tarde na Pça Deodoro foi marcada mais uma reunião para "amanhã"...

SARGENTO AMIGO disse...

DEPOIS QUE O SIMAS LEVOU UMAS DUAS CIPOADA ELE TRATOU DE COLOCAR A MULHER DELE PARA FAZER AS MOBILIZAÇÕES

Anônimo disse...

Recruta Zero

Facam uma reportagem sobre a farsa da base comunitaria do selma bandeira, 170 mil reais em 40m2? Aonde esta o dinheiro????

R LESS MARKETING disse...

Política X Polícia, quem sai perdendo? Esses presidentes de associações sempre acham que empatando saem no lucro, mas como enterraram a PEC 300, assim fazem com a reivindicação quanto aos nossos reais direitos. Política é um jogo de interesse e para os PRAÇAS por não ter o que oferecer saem PERDENDO. Já a classe ESTRELADA (os que são "inteligentes", é claro) apenas assistem ao espetaculo tendo que pagar pouco (5,91%) para se omitirem e os da ESTRELADA (OS QUE ACHAM QUE SÃO INTELIGENTES) estes esqueçem que o mundo político é um entra e sai de interessados que no próximo governo haverá com certeza novos interesses e AQUELES QUE SE OMITIRAM E NÃO MANCHARAM SUA IMAGEM COM A TROPA NEM COM A SOCIEDADE OS SUBSTITUIRÃO e assim começa tudo de novo - MAS QUEM TEM ESTRELA ALTERNA ENTRE UM JOGO CLÁSSICO DO PERDE A GANHA, onde lucrar é liquido e certo - MAS POBRES PRAÇAS * APENAS PERDEM * COMO DÁ A UM DERROTADO, POR EXCELÊNCIA, UMA OPORTUNIDADE DE SONHAR ? Apenas diz a ele que amanhã será um dia melhor e que PEC 300 VAI SER APROVADA AINDA ESSE ANO OU DIZ QUE A LEI 6.824/07 VAI SER APLICADA OU FAZEM COMO OS PRESIDENTES DESSAS ASSOCIAÇÕES QUE ANDAM PRA LA E PRA CÁ COM UMA TABELA DE UM PISO SALARIAL DE 2.800 R$ PARA PODER EVITAR O DESLIGAMENTO EM MASSA QUE OS ESPERAM CASO FUJAM E NOS ABANDONEM. " EU SEI QUE VOU SONHAR, POR TODA MINHA VIDA EU SEI QUE VOU SONHAR", o tema musical deveria ser esse.

Anônimo disse...

Comecaram as propagandas mentirosas do governo querendo jogar o povo contra a pm! dizendo que temos vtrs, que temos salario digno... e essesrecrutas que se passam a mostrar a cara na tv? pilantras!

R LESS MARKETING disse...

Só mais um detalhe - não se iludam com esses movimentos, pois o movimento de verdade foi o PRIMEIRO quando vários ônibus do interior estiveram aqui e ali realmente mostramos nossa força e unidos mostramos que somos fortes - MAS ESTRANHAMENTE DEPOIS DA CHEGADA DO BIU DE LYRA para negociar com as associações estiveram em reunião com ele e até o DIA "D" foi BOICOTADO - E$TRANHO - MUITO E$TRANHO. Eu queria entender, mas sinto que amanhã será um dia tão fraquinho...mas não sei pq acho E$$$$$$TRANHOOOO.

Indouto disse...

Realmente Dr.Júlio, estão usando esse movimento para se promoverem... Por que não usaram uma atitude mais enérgica até agora? Mas digo enérgica não no sentido de baderna e sim de atitudes que incomodem o governo, tal como uma paralisação geral com tempo indeterminado? Como houve em outros Estados... Estão enfraquecendo o movimento com essa protelação toda, ninguém está disponivel a todod momento para ouvir falácias de líderes que se fazem, ou fazem parecer preoculpados com seus associados.

Seu NONÔ disse...

a SEGESP divulgou em um jonalecozinho que as categorias policiais militares, civis e saúde receberam correções salariais de 2007 até 2011, e aínda publicou uma foto da tabela do reajuste de 2008,e disse aínda que um SD 2ª classe logo após formado recebe entre 2.077,00 a 2.150,00. Nem eu recebo isso!!! É muita palhaçada!!!

cabo.loso disse...

Pessoal venho pedir que quando for fazer manifestações, não soltem bombas nem façam muito barulho perto da Secretaria de Defesa Social nem na residência de “Dário O César” pois sua cachorrinha, uma York Shire chamada carinhosamente por seu dono de “Lulu”, fica muito estressada, pois ela é muito sensível. E quando isso acontece, é terrível, pois a coitadinha deixa de comer sua papinha predileta de peito de frango e ervas finas acompanhada de água mineral com gás,que seu dono dá “tudo na boquinha”.
Bem, como já deu pra perceber, “Dário O César” é muito apegado a “Lulu”, e se ela não estiver bem, seu dono acaba caindo em depressão e assim não vai ter disposição para organizar suas viagens para as datas das manifestações.
Para terminar gostaria de fazer outro apelo: Quem puder ajudar doando fraldas descartáveis e protetores de unhas entregar na Secretaria de Defesa Social ou na própria residência de “Dário O César”, é que agora “Lulu” tá fazendo muito xixi na cama e roendo as unhas sem parar, deve ser ansiedade, coitada! O problema é que “seu Dono” não faz mais nada, passa o dia só trocando suas fraldas e já tá perdendo os cabelos de tanto que gasta em manicure e fraldas.
obs.: as fraldas devem ser Johnson, é que as outras causam assaduras no bumbum de “Lulu”, ah! Os protetores de unhas podem ser em qualquer tom de rosa, é que é a cor favorita de seu dono.

R LESS MARKETING disse...

Se não ele não aceitar não vamos baixar a guarda - PARALISAÇÃO TODA SEMANA - CADÊ OS ÔNIBUS FRETADOS DO PESSOAL DO INTERIOR QUE VOCÊS NÃO PROVIDENCIARAM NOBRES PRESIDENTES DAS ASSOCIAÇÕES MILITARES, QUERO APOIAR VCS, MAS DESSE JEITO FICA DIFÍCIL - PAGAMOS NOSSAS MENSAL IDADES E QUEREMOS PROVIDENCIA.

Sócio da ASSOMAL disse...

E para confirmar as palavras do nobre Dr Júlio:

Sindicatos prometem megaprotesto para esta quarta-feira

Servidores seguem insatisfeitos com proposta de reajuste salarial ofertada pelo Governo do Estado; promessa é de 10 mil pessoas nas ruas do Centro

A tarde desta quarta-feira (1º) deve ser marcada por mais um grande protesto por parte dos servidores públicos estaduais pelas ruas da capital. Isso porque o funcionalismo público voltará a se reunir em assembleia, a partir das 15 horas, na Praça Deodoro, na região central de Maceió, a fim de debater a proposta de reajuste salarial em 7%. Os sindicatos que têm liderado as recentes manifestações afirmam que o percentual está aquém do esperado pelos servidores, apesar de o Executivo já ter dado um ultimato.

Para maiores informações, clique:
http://www.assomal.com.br/noticia.php?id=00000000419

Andressa Carvalho disse...

As nossas associações são muito fracas, por isso eu não sou sócia!

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver