Guarnição é presa após abordagem a veículo

Uma guarnição do BPTran foi presa nas dependências do próprio batalhão por ter, acreditem se puder, feito o procedimento policial de rotina, ou seja, uma abordagem a um veículo suspeito, conforme há de se verificar no vídeo abaixo.
Segundo a nossa fonte, a determinação para o recolhimento partiu do Gilmar Batinga (comandante do CPC), sob o argumento de que "a guarnição estaria fazendo blitz sem que o CIODS tivesse autorizado", contrariando assim a sua determinação, conforme a denuncia de um suposto oficial da reserva. Não faz muito tempo, esse mesmo Gilmar – tão eficaz para prender os subordinados – foi o responsável pelo livramento ("não prisão") de um delegado que ofendeu e ameaçou de morte os componentes de uma guarnição do BPE que abordou um elemento que estava com um celular furtado. Ainda sobre essa situação, Gilmar Batinga ainda determinou que não fosse feito o TCO de ameaça. É, Gilmar, para torturar pessoas inocentes (lembra daquele inquérito do 10º DP?), e prender subordinado vossa senhoria é de uma eficácia maior do mundo, mas para fazer a coisa certa, como, por exemplo, cumprir as leis, você é totalmente diferente.
 

7 comentários :

Cabo Êta disse...

No episódio que ocorreu na área do 10º DP, situado no Eustáquio Gomes, o Batinga ainda foi ameaçar o cara quando as investigações estavam em curso. Mas o cara estava disposto a ferrá-lo, mesmo que depois se desse mal. Foi o pedido dos praças envolvidos, reforçado pelo próprio delegado (pai de uma soldado que o Batinga puniu depois), que fez com o que cara mudasse de ideia. No final das contas ficou assim: o cara queria tirar uma habilitação para poder trabalhar em São Paulo. O Batinga até que arranjou esse dinheiro, sabe como? Ele pediu para os militares envolvidos fazer uma "continha", onde ele mesmo não deu nada, pois o resto ele arranjou com o efetivo da unidade (RP), sob a "advertência" de dar banguela da unidade.

Ei, Batinga, lembra daquele pessoal que fazia gravações no alojamento e te levava como forma de fuxico? Pois, é, aquelas gravações inspiraram muita gente. Sendo assim, existe uma gravação com o depoimento do mala onde ele revela tudo o que aconteceu, desde o dia da ocorrência até o dia da "persuasão" que teve para mudar de ideia, e o porquê de estar indo morar em Sampa e a sua família no interior de Alagoas. É, seu Gilmar, tortura é crime imprescritível; além do mais, "fatos novos" são capazes de reabrir qualquer processo não prescrito.

O problema é que se a gravação vier à tona, muita gente boa e inocente vai ser envolvida junto contigo nessa situação. Só te falo uma coisa: continua perseguindo quem tem está com a gravação, que uma hora ela aparece!

Rafaela de Almeida disse...

Quando eu conheci o Capitão Gilmar Batinga, fiquei muito impressionada com as suas atuações à frente da Rádio Patrulha. Hoje em dia, vejo o quão eu estava enganada. Gilmar, se é que toda vida não foi assim, tornou-se uma pessoa abominável.

Jenésio, o Pecador disse...

Gilmar é mais uma dessas pessoas que persegue e aterroriza o Povo de Deus. Gilmar, o Senhor tem olhado para você. O índio não é sua sombra!

Assessoria BEF disse...

Reajuste para Forças Armadas será em três parcelas a contar de Julho.

A Presidenta Dilma Rousseff anunciará reajuste para praças e oficiais das Forças Armadas. Os índices de aumento estão sendo preparados para o anúncio vir logo depois do pagamento da 1ª metade do Adicional Natalino a ser pago com o pagamento de junho. "Dilma examinou documentos e comparações dos salários pagos a PMDF e da PF e chegou a conclusão que o reajuste a ser anunciado será um feito contra as injustiças que vem sofrendo a classe dos miliares das Forças Armadas", informou o Porta voz da Presidência.

Com a estratégia do aumento em parcelas, a partir de julho o governo economiza no pagamento da 1ª metade do 13º Salário e evitará o desgaste político que poderão aconteçer com os protestos de mulheres de militares que, com panelaços e apitaços, já no governo Lula conseguiram chamar a atenção da sociedade para os valores dos soldos dos quartéis, bem abaixo dos salários pagos, por exemplo, aos policiais federais.

Também será dado uma decisão final sobre o pagamento da diferença dos 28,86%, devida a praças e oficiais até major.

Dilma acha que esse reajuste até poderia ser chamado de reposição salarial, já que é uma divida que vem se avolumando com os militares desde o governo FHC.
A ideia do reajuste escalonado é fazer com que um Almirante, Generais de Exército e Brigadeiros do Ar (topo da Carreira) ganhe próximo a R$ 21.699,82 o mesmo que recebem delegados e peritos no topo da carreira na Polícia Federal. Porem pelo contingenciamento do orçamento essa aproximação se fará de maneira gradual até o fim do mandato da Presidente.

A Presidenta quer desvincular de uma vez por todas a sua imagem de ex-opositora ao Regime Militar e acredita que os tempos agora são outros e a realidade é totalmente diferente dos anos de chumbo.
Fonte: Da sucursal Brasilia-DF

Tabela dos novos soldos.

Posto ou Graduação Soldo (R$)

(a partir de 1o de julho de 2011)

1. OFICIAIS-GENERAIS
Almirante-de-Esquadra, General-de-Exército e Tenente-Brigadeiro 13.156,00
Vice-Almirante, General-de-Divisão e Major-Brigadeiro 11.868,00
Contra-Almirante, General-de-Brigada e Brigadeiro 10.610,00

2. OFICIAIS SUPERIORES
Capitão-de-Mar-e-Guerra e Coronel 9.118,00
Capitão-de-Fragata e Tenente-Coronel 8.911,00
Capitão-de-Corveta e Major 8.695,00

3. OFICIAIS INTERMEDIÁRIOS
Capitão-Tenente e Capitão 6.693,00

4. OFICIAIS SUBALTERNOS
Primeiro-Tenente 6.447,00
Segundo-Tenente 6.075,00

5. PRAÇAS ESPECIAIS
Guarda-Marinha e Aspirante-a-Oficial 5.871,00
Aspirante, Cadete (último ano) e Aluno do Instituto Militar de Engenharia (último ano) 1.558,00
Aspirante e Cadete (demais anos), Alunos do Centro de Formação de Oficiais da Aeronáutica, Aluno de Órgão de Formação de Oficiais da Reserva 1.453,00
Aluno do Colégio Naval, Aluno da Escola Preparatória de Cadetes (último ano) e Aluno da Escola de Formação de Sargentos 1.411,00
Aluno do Colégio Naval, Aluno da Escola Preparatória de Cadetes (demais anos) e Grumete 1.402,00
Aprendiz-Marinheiro 1.318,00

6. PRAÇAS GRADUADAS
Suboficial e Subtenente 5.583,00
Primeiro-Sargento 5.253,00
Segundo-Sargento 4.923,00
Terceiro-Sargento 4.560,00
Cabo (engajado) e Taifeiro-Mor 4.489,00
Cabo (não engajado) 2.449,00

7. DEMAIS PRAÇAS
Taifeiro de 1a Classe 1.426,00
Taifeiro de 2a Classe 1.245,00
Marinheiro, Soldado Fuzileiro Naval e Soldado de 1a Classe (especializados, cursados e engajados), Soldado-Clarim ou Corneteiro de 1a Classe e Soldado Pára-Quedista (engajado) 1.041,00
Marinheiro, Soldado Fuzileiro Naval, Soldado de 1a Classe (não especializado) e Soldado-Clarim ou Corneteiro de 2a Classe, Soldado do Exército e Soldado de 2a Classe (engajado) 918,00
Marinheiro-Recruta, Recruta, Soldado, Soldado-Recruta, Soldado de 2a Classe (não engajado) e Soldado-Clarim ou Corneteiro de 3a Classe 807,00

Radio Patrulha disse...

Talvez a greve dos BM-RJ tenha servido de aviso de que a "coisa" tá ficando preta.

romario disse...

o cara é safado de mais...gilmar vc ainda ta levando os seus filhos no caro da pm2 para o colegio?? isso que é vergonha!!

Assessoria BEF disse...

BOLETIM GERAL OSTENSIVO Nº 128 DE 11 DE JULHO DE 2011, página 24

NP nº 051/11 Portaria nº 029/11-BPTran – Designação de Oficial – Sindicância nº 002/11-BPTran:
O Comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito, no uso das atribuições que lhe são conferidas, de acordo com o artigo 14, § 1º, VI, § 2º, do RDPMAL, aprovado pelo Decreto nº 37,042, de 06.11.1996, RESOLVE designar o 1º Ten QOA PM Mat. Gabriel Marque da Costa Filho para através de SINDICÂNCIA, apurar os fatos constantes na parte nº 558/11-CIODS, datada de 23 de junho de 2011, subscrita pelo Ten Cel QOC PM Hermelindo João Pereira Filho, Coord. Op. ao CPC, e na parte s/nº-2011-Of./OP., datado de 23 de junho de 2011, subscrita pelo 1º Ten QOC PM Cícero Domingos dos Santos, oficial de operações ao BPTran, que versam sobre o não cumprimento de determinação do Comandante do BPTran, seguindo diretriz do Comandante do CPC, no tocante a realização de BLITZ sem informar ao adjunto ao coordenador do CIODS, fato este ocorrido no dia 23 de junho de 2011, aproximadamente às 11h30, entre a Av. Paulina Maria de Mendonça, nas proximidades da pousada Pontal da Barra, com a Travessa Mário Palmeira Júnior.

Em conseqüência, o sindicante compareça na sala onde funciona à Secretaria do BPTran, para recebimento da Portaria e demais documentos, ficando desde já orientado que o sindicado deve estar acompanhado do respectivo defensor, em conformidade com a Portaria nº 001/2000-ASS-CG, de 04 de janeiro de 2000.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver