Rocha Lima ainda vai comandar a PMAL

As postagens da BEF causam verdadeira repulsa no secretário da SEDS e no Comandante Geral, afinal estamos expondo uma faceta que nunca poderia ser revelada, onde tratamos de assuntos sigilosos e que para a alta cúpula não poderiam ser revelados nem em 50 anos. Mas o mesmo cuidado que o Secretário de Segurança bem como o Comandante da PMAL tem de não revelar seu passado particular e funcional não se vê quando a intenção é prejudicar alguém que não faça parte do grupo que hoje se encontra no poder.
Não faz muito tempo, a SEDS com anuência do Comando da Briosa, divulgou toda a Ficha Funcional do capitão Rocha Lima, com TODAS as suas alterações durante sua vida na instituição (sem contar a divulgação na imprensa de varias punições a oficiais e praças da corporação), e ainda alardeando que por tudo exposto na ficha, o capitão deveria ser excluído da PMAL.
Imagine os senhores toda a privação, humilhação e demais danos morais que este capitão PM e sua família passaram decorrentes da falta de ética por parte do comando em divulgar sua ficha funcional na imprensa. Sentenciaram o capitão, antes mesmo de julgá-lo, jogando-o aos leões e sem o amparo da instituição.
Pois bem, passados alguns meses, eis que os juízes da câmara criminal absolvem o capitão dos crimes que lhe eram imputados e desconstituindo o ato de expulsão do oficial.
E agora senhores Dário e Luciano? Como é que os senhores irão compensar o seu subordinado por todas as humilhações por ele enfrentadas? Como dimensionar o dano causado à família do policial militar? Acredito que agora os senhores devem estar sem palavras...
Não estamos aqui defendendo o capitão, pois relatos dos próprios familiares nos dão conta que o referido militar sofre de problemas com álcool, sendo este um dos motivos pela grande quantidade de alterações em que ele se meteu. Se o Rocha Lima tem problemas, então a instituição PMAL deve primeiro tentar a reabilitação, afinal, alcoolismo é uma doença já reconhecida pela ONU, diga-se OMS. Mas ainda assim, a exposição de um integrante de nossa instituição é inaceitável, sobre todos os modos, injustificável.
Não vimos o tenente-coronel Maxuel ir até os meios midiáticos expor a ficha funcional do capitão Bomfim quando o mesmo foi flagrado dirigindo embriagado na BR, ocasião em que alterou com os membros da PRF, o que resultou em sua prisão, e se não fossem alguns poucos abnegados, a alteração desse oficial que envergonha as fileiras da instituição (não pela sua opção sexual, mas pela forma nojenta como que ele age) continuaria no sigilo. Ainda esperamos uma nota de repúdio do comando, ou uma simples publicação na imprensa para falar em que pé anda a investigação sobre esse CRIME DE TRÂNSITO praticado pelo Bomfa. Mas talvez, por ser peixe do "homi" (como ele bem "arrotou" ao ser preso pela PRF), mais essa alteração do Bomfa fique sem punição, apesar de erroneamente não passar de um simples PDO.
Quanto ao Rocha Lima, agora só cabe ao próprio tocar sua vida dentro da instituição, continuar combatendo a criminalidade, e se sentir necessidade (o que entendemos ser necessário), procurar ajuda para se reabilitar; e, claro, sem esquecer de acionar a justiça (comum e criminal) e processar o Dário, o César, por danos morais, calúnia e difamação, tirando dele um pouquinho da paz que ele tanto tira dos outros, e da mesma forma um pouquinho do dinheiro que ele vem ganhando desse governo corrupto e omisso. Talvez assim, o Dário aprenda a respeitar os homens e mulheres que fazem parte dessa instituição, policiais que realmente trabalham em prol da sociedade alagoana e que não fizeram igual a ele, que passou quase a vida toda longe da PMAL "balançando ovo de político".

11 comentários :

Amanda disse...

Eu também não defendo o Capitão Rocha Lima, mas por tudo que já ouvi falar dele e pelo que já vi várias vezes na televisão, ele já fez muito mais pela PMAL que Dário (o César) e Luciano (o Malvadeza) juntos. Por isso, de todas as pessoas citadas na postagem, e pelo que sabemos que está acontecendo com o capitão, sou fã de carteirinha do Rocha Lima desde que entrei na PM.

Sócio da ASSOMAL disse...

ALCOOLISMO: um drama antigo

Em, 26 de junho, transcorre[u] o dia mundial de combate às drogas. O consumo abusivo de álcool em alagoas é gritante e há pouco comprometimento dos poderes público estadual e municipal no sentido de uma campanha mais incisiva e na construção de locais adequados para o tratamento destes usuários. No Estado todo, só há um centro de atenção psicossocial de álcool e outras drogas habilitado pelo Ministério da Saúde – CAPS ad na cidade de Palmeira dos Índios. Tecnicamente, os CAPS 1 e 2, poderão receber esta demanda, mas não terão estratégias específicas para este cuidado que é particular.

O alcoolismo, síndrome da abstinência do álcool, é uma doença incurável. O AA é um importante parceiro nesta luta, assim como outros segmentos, dentre eles a Fazenda da Esperança e, sobretudo o Ministério da Saúde, através do SUS, e com campanhas informativas. Maceió possui um CAPS ad, e nas dependências do Hospital Portugal Ramalho há uma equipe especializada no tratamento do alcoolismo, através do CEEAD-Centro de estudos à atenção ao alcoolismo e outras dependências, vinculado à UNCISAL(Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas).

O álcool é a droga (lícita) mais consumida no Brasil (70% dos adultos), em segundo vem o tabaco, o uso combinado – segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer) – “aumenta ainda mais o risco de câncer na faringe e na laringe, e é agente causal de cirrose hepática. O abuso causa doenças neurais, mentais, musculares, hepáticas, gástricas, e pancreáticas”. Isto sem falar nas questões sociais: acidentes de trânsito, homicídios, suicídios, absenteísmo no trabalho e atos de violência, notadamente a violência contra a mulher. Por ter efeito prazeroso, induz à repetição e, assim, à dependência. Não há uma explicação sobre a etiologia do alcoolismo, na prática contata-se a hereditariedade. Todos têm possibilidade de se tornar dependentes. A maior ou menor probabilidade dependerá da interação entre os diferentes fatores (biológicos, psicológicos ou sociais).

O tratamento compreende a intervenção farmacológica, psicoterapia individual, de grupo e familiar, de ajuda mútua, motivacional, prevenção de recaída e apoio psicossocial à família do dependente. É preciso a participação comunitária por intermédio dos PSFs, NASFs e dos demais segmentos, considerando que adependência é uma questão de saúde pública.

*Autora: Suzy Mauricio
*Editado Jornal Gazeta de Alagoas – Opinião – 27/06/2008
*Atualmente há 2 CAPS Ad no Estado: Palmeira dos Índios e em Maceó, Capital.

Soldado Inconformado! disse...

Muito boa matéria, mais uma vez estão de parabéns!!!

Jenésio, o Pecador disse...

O Capitão Rocha Lima, apesar de fazer coisas que aterrorizam o Povo de Deus, tem feito boas ações para a sociedade (do QSJ).

Sócio da ASSOMAL disse...

Assomal parabeniza decisão em favor de capitão da PM

Por unanimidade, Câmara Criminal absolveu Rocha Lima de processo de expulsão da Polícia Militar; Associação cobra cumprimento de acordo com Governo

O presidente da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas (Assomal), major PM Wellington Fragoso, vem a público parabenizar a decisão da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), que, no último dia 22 de junho, decidiu, por unanimidade, confirmar a decisão do Conselho de Justificação da Polícia Militar de Alagoas, desconstituindo o ato de expulsão lavrado pelo então comandante da Polícia Militar, o coronel PM Dário César, em virtude de crimes que estavam sendo imputados ao capitão.

Votaram favoravelmente à decisão do capitão os desembargadores Orlando Manso, Otávio Praxedes, Edvaldo Bandeira Rios e José Carlos Malta Marques.

PARA MAIORES INFORMAÇÕES, CLIQUE AQUI

Uma Policial disse...

"Dos melhores ele é o pior, e dos piores ele é o melhor."

Depois destes últimos comandos, até que seria uma boa opção. Pena que é ainda é capitão. Mas será que chega a coronel?

Anônimo disse...

não é Luciano mal vadeza e sim lulu mar de rosa esse é o nome artistico dele no conj. José da Silva Peixoto, pelo sua armónia e jentileza, sem dizer que por traz dessa fera tem uma gatona.

flavio disse...

Quero saber onde estar o MP, que não investiga a SEDS e a PMAL, pois é público e notório o que estes poderes estão fazendo é um absurdo principalmente seu cel Gilmar que fez um acordo com o CDL, para que mais policiais vá trabalhar no centro. pois bem o dinheiro do CDL vai para SEDS e PMAL.

Anônimo disse...

Caros colegas da briosa. Eu soube que o BPA está entregue as ruinas, pois sabia que não tem cmt. pois é, o cmt de lá só sabe viajar para tomar conta dos seus enteresses proprio. Quem não sabe do problema que foi causado por segurança deste oficial na carajás construção. Hoje persegue oficiais e praças que trabalham honestamente na briosa. Sem falar que quem trabalha pra ele. No bpa é liberado do serviço diário, pois é colegas e tem mais na proxima. Hã ia esquecendo tem por lá um cap que se acha o 007 Alagoano!!!!!

Anônimo disse...

Após corrida Tiradentes PM não recebe premiação.

Anônimo disse...

Após corrida Tiradentes PM não recebe premiação.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver