A situação do BPRv

Olá a todos que fazem esse Blog libertador, onde denuncia as irregularidades e abusos da nossa instituição, além de nos dar liberdade, quando expressamos nossos sentimentos de repudio e insatisfação.
O Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv), com a instituição da lei delegada e usurpada pelo governador, está para ser extinto, assim como BPTran, BPGd e outras unidades, tornando-se companhias ou incorporando-se a outras unidades. No caso do BPRv e BPTran, que são unidades de policiamento de trânsito, serão (possivelmente) fundidas e tornar-se-ão apenas uma Companhia de Trânsito Urbano e Rodoviário, isso para dar conta de toda a malha rodoviária do Estado e ao trânsito da capital.
Apesar de todos estarem cientes da extinção da Unidade, as imagens que se seguem nesta mensagem mostram que o Batalhão há muito está se acabando, e se já não tinha estrutura para ser chamado de Batalhão, o descaso por parte da briosa para com a unidade e com seus integrantes é sufocante!
A Unidade conta com 2 convênios: DER-AL, que utiliza policiais para dar apoio aos agentes fiscalizadores do órgão em toda a malha viária do Estado; e com a ARSAL, que, com a mesma finalidade, utiliza os policiais para dar apoio nas abordagens aos veículos de transporte complementares e serviço de transporte intermunicipal de passageiros. Desses convênios, segundo informações que tive de companheiros do serviço burocrático, é repassado à PMAL mais de 200 mil reais, que seriam destinados à aquisição de equipamentos e suprimentos para a Unidade e do Serviço Rodoviário no Estado, como compra de viaturas, materiais de sinalização e fiscalização, além de pagamento de diárias de alimentação e pousada para os policiais que prestam serviço, que se deslocam para regiões fora da área do BPM e não recebem alimentação e pousada por parte da PM nem dos órgãos conveniados. Isso é o que está previsto nos contratos com os órgãos citados, mas na prática, nada disso acontece. Os policiais são escalados para atuarem nas rodovias, mas não lhes são repassadas as diárias como previsto, embora os órgãos conveniados repassem o "dindin" para a Briosa, assim como não é repassada assistência à unidade, que falta tudo!
Para muitos comandantes e muitos companheiros, nossa Unidade é chamada de "rica" por causa desses convênios, e nós, policiais lotados por aqui, beneficiários por causa das diárias; isso de fato já aconteceu até o começo da primeira gestão desse Téo, inclusive eu achei ótimo quando ainda recebi uma "raspinha" das diárias que eram pagas, quando cheguei na Unidade. Ninguém sabe o que se faz com essas diárias, que os órgãos repassam, mas nunca chega nos bolsos de que quem realmente deveria receber. Inclusive, teve umas diárias que recebi, na época que o Coronel Brito era Comandante do CPI, que após 6 meses que eu e outros companheiros esperamos receber, foram "tomadas" de volta no mês seguinte descontadas em nossos contracheques em 4 parcelas; isso por improbidade do comando, que tirou dinheiro de onde não devia para nos pagar e depois teve que ressarcir, mas que do dinheiro que realmente era para nos pagar, sabe Deus onde foi parar! Até hoje o processo administrativo está aberto na PGE e nada ainda foi deferido.
Falando da situação física em que se encontra esse Batalhão, que possivelmente será a Cia de Trânsito, vejam nas imagens e comprovem que não há condições humanas de instalação:
Esse é o alojamento dos praças: Soldados, Cabos e Sargentos. Isso mesmo! Este pequeno espaço é destinado como alojamento de todas as praças de serviço. Vejam esses colchões sobre a cama. Há apenas 4 camas, pra quem chegar primeiro, o resto amontoa-se colocando esses colchões pelo chão, que não dá nem pra transitar quando chega uma guarnição pra descansar de uma ronda pela madrugada. Não tem armários suficientes e esses pequenos (improvisados) que vocês veem, já foram os praças que levaram, como nesta imagem logo à baixo:
Vejam como é precária a acomodação e o espaço físico, que os materiais são "entulhados" em qualquer lugar. Nesta imagem mostra onde estão alocados computadores quebrados, perto da reserva de armamentos, que fica logo na entrada.
OBS: O local também serve como "Sala de Recepção" do BPM.
Estas fotos abaixo mostram mais ainda a precariedade das instalações, elas falam por si próprias:
Essa imagem abaixo mostra tijolos destinados à construção do novo alojamento de sargentos, subtenentes e para Cabos e Soldados, que seria no terreno mostrado abaixo, mas vejam a situação do local! Esses tijolos foram adquiridos não pela DAL, nem pelos convênios, mas através de "ofícios" destinados às empresas de materiais de construção e às usinas do Estado, por parte dos Comandantes que passam pela Unidade. O alojamento, que desde o ano passado era pra ter começado a construir já foi impossibilitado, não por falta de material nem de pessoas. Por quê então?? O Coronel PM, anterior ao atual Comandante, se aproveitou do material "doado" pelas empresas e desviou 45 sacos de cimento dos 100 que assim como os tijolos, foram "furados" através de ofícios – as chamadas furadas oficiais.
Aqui seria o novo alojamento de Soldados, Cabos e Sargentos:
Esse é o terreno atrás do Batalhão, onde fica o depósito de veículos apreendidos do DER:
Essas motos, aparentemente bem conservadas estão paradas por falta de manutenção, e isso por conta de pequenos problemas que seriam facilmente resolvidos. Mas ao invés disso, preferiram acabar com a escala de motociclistas a consertar as motos e pôr em operatividade novamente.
Caros parceiros, como vocês podem ver, o descaso ocorre também por aqui, há muito tempo. Podem divulgar no blog preservando, claro, minha identidade; não por medo, mas para não sofrer retaliações.
Todos nós seremos gratos, com vossa solidariedade.

9 comentários :

Anônimo disse...

ESTARRECEDOR!!!!!!

Sd PM que vai se desassociar da ACS disse...

Por falar em furada, vejam só o que estão circulando por aí: http://1.bp.blogspot.com/-ZATxoGR9dM8/Ter4FTJ9ClI/AAAAAAAAANM/beDyBiJVk_4/s1600/Bando+de+Bandido.jpg

R LESS MARKETING disse...

A ASSEMBLÉIA GERAL DESSA SEMANA SERÁ NOSSO GRANDE ATO CONTRA A DITADURA E A OPRESSÃO QUE SOFREMOS ATÉ MESMO QUANDO EVIDENCIAMOS A VERDADE. ESSA SEMANA VAMOS TODOS, COM NOSSOS FAMÍLIAS, AMIGOS ETC. NO RIO DE JANEIRO TODOS ESTAVAM UNIDOS E ESSA SEMANA É A NOSSA VEZ - VAMOS MOSTRAR AO BRASIL QUE OS BOMBEIROS DO RIO NÃO ESTÃO SOZINHOS - LEVEM SUAS FAIXAS DE SOLIDARIEDADE - ESSA SEMANA NA PRAÇA DEODORO SERÁ O NOSSO GRANDE DIA. OU VAI OU RACHA !!!!!!!!

Anônimo disse...

COM ESTE DENUNCIA O COMANDO VAI TENTAR ENCOBRIR,VÃO COLOCAR PESSOAS PARA TRABALHAR E DIZER QUE SÓ ESTAVA ESPERANDO OS RECURSOS CHEGAREM.ISTO É UMA VERGONHA.

Anônimo disse...

E AINDA CHAMAM DE FURÕES OS PM'S QUE TRABALHAM NOS POSTOS, ESTÃO ERRADOS SIM, COMETENDO CORRUPÇÃO ATIVA E PASSIVA, MAS NEM SE COMPARA COM AS FURADAS POR BAIXO DOS PANOS COMETIDAS PELA PRÓPRIA PM, A "MORALÍSSIMA" PMAL...

Sgt Primo, ex integrante do BPRv disse...

Tem um tal de Cap Girley, que agora tá no C.A.O., mas antes disso, tava aí no BPRv. Ele só vivia embreagado, não tirava serviço nos fins de semana e nem serviço noturno porque ia pra casa dormir e liberava os peixes das gurnições do tático rodoviário; as guarnições do pólo e asplana tinham seu efetivo reduzido em mais de 50% porque ele recebia dinheiro pra liberar os peixes dele pra se ausentar dos postos também.

O cara é tão bandido que não furava, tava cavando poços, um forte concorrente do Cap Anaximalandro quando tava de serviço em Arapiraca pelo BPRv. Os militares ao fazerem os procedimentos previstos em leis eram criticados por ele que até se chateava(igual menino amarelo) com os praças por não levarem os veículos até o posto rodoviário de Arapiraca para que ele pudesse, de alguma forma, conseguir vantagens($$$) indevidas dos condutores infratores. Os guincheiros ao remover os veiculos ao deposito do D.E.R. de Arapiraca gratificavam os policiais com 20% do valor do deslocamento, que nunca era repassado, pois o Cap Girley se encarregava de ficar com a gratificação dos praças do tático rodoviário, praças esses que saiam de maceió sem diária de alimentação e contava com essa quantia pra se alimentar, no fim tendo que comer no 3º BPM.

O tal Cap tinha sua própria equipe, que em troca de imunidade furava de tudo pra ele, de cachaça a carneiro. Chegou a levar, até, alguns colchões (maltrapilhos) pra casa, levava também algumas veses pães da guarnição de serviço pra casa da mãe dele. O cara é tão sem noção que de folga usava a viatura de serviço pra resolver situações particulares usando os PM's de serviço como motorista particular e segurança, e os Ten's da unidade não tinham muito o que fazer, podiam apenas levar a situação ao (des)comando da unidade que nada fez até hoje, e nada verdade, não faz é nada. Puro "DESLEIXO"!

Então companheiros, em toda unidade tem suas mazelas, não tem pra onde correr se não denunciar. Denunciem, não tenham medo!!

Anônimo disse...

CAP. GIRLEY SE RETRATANDO: DSLH&**¨%$%$DSFDSF@=§LJJJASDJFJ()JLDJFLJALJFL? dsFLKJL! FSADJFLAO...JLKSDJFLJFLGJJIO%. ENTENDEU?

NÃO ENTENDEU???! NINGUÉM INTENDE O QUE ELE FALA!!!KKKKKKKKKK

Anônimo disse...

Apesar de tudo o que acontece no BPRv, la existem PMs, Oficiais e praças, que sao abnegados ao serviço. O Grupamento Tático Rodoviário, equipe de ações táticas especiais e abordagem de alto risco nas rodovias alagoanas, vem mostrar isso com as apreensões nos ultimos tres meses de 10 armas de fogo so nas saidas de Maceio.

Qualquer coisa disse...

Esse ladrão deve ser irmão do Taz, o demônio da Tazmânia do Looney Tunes. E quando toma uns gorós, aí é que lasca tudo!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Falar direito pra os outros entenderem, ele não sabe. Mas roubar os outros, aí sim ele sabe, e como sabe!

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver