A culpa é de quem?

Temos alertado, através das nossas redes sociais, desde janeiro sobre os problemas que ocorrem na nossa corporação. De lá pra cá, muitas foram as vezes em que mostramos as ações desastrosas que estão sendo desencadeadas pela atual cúpula da Briosa. Em um de nossas postagens, cujo título "A cobra 'ia' fumar...", fizemos uma reflexão sobre uma "megaoperação" onde "116 policiais, entre civis e militares cumpriram 40 mandados de prisão na favela do galpão, no vergel do lago". Na ocasião, 3 pessoas foram presas, 2 cobras jiboia apreendidas (!?), bem como uma certa quantia em dinheiro (que não chegava a 100 reais), 10 pedras de crack, e 23 bombinhas de maconha.
À frete da operação referida estava o, à época, TC Gilmar Batinga, que diante dos resultados tratou de mobilizar a imprensa alagoana em peso para que ele e as demais "otoridades" pudessem posar para as fotos e prestar esclarecimentos sobre a forma como foi conseguido realizar aquele "grande resultado".
Passaram-se os meses, outras "grandes operações" vieram e os resultados não foram menos desastrosos. O exemplo disso, esta semana mais três fiascos foram cometidos em sequência, e todos presenciaram.
No primeiro momento, dois menores assassinaram um policial federal aposentado, e a "Ronda Cidadã", mesmo a poucos metros de distância de ocorrência não conseguiu evitar a ação delituosa. Além do mais, mesmo estando os três policiais fortemente armados e com armamento superior não conseguiram alvejar o meliante, que fugiu à pé, deixando para trás uma guarnição que estava motorizada com um caro zero, bem dizer com menos de uma semana de uso.
Em outra ação, dois dias após, o BOPE e o DEIC apresentou um cidadão, honesto, como sendo o integrante de uma quadrilha acusada de participar de dois assaltos recentes, sendo um à loja Suprimax, no centro de Maceió, e outro à CIRATRAN da cidade de Atalaia. Em relação ao cidadão João José dos Santos, um comerciante trabalhador, que vende celulares, relógios e equipamentos eletrônicos, numa pequena loja na região central de Maceió, o mesmo foi preso pelo BOPE, acusado inicialmente de receptação culposa e posteriormente acusado de integrar a quadrilha investigada. O que as nossas "otoridades", que deram diversas entrevistas difamando o cidadão não foram capazes de fazer, foi revelar a verdade apresentada e defendida pelo cidadão, conforme veio á tona no blog do Célio Gomes, cujo texto reproduzimos abaixo.
Um cidadão vítima do Estado
Na Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic), o comerciante ficou por cerca de cinco horas. Foi algemado e tratado como bandido pelos policiais. Depois de anunciarem a prisão de uma "quadrilha", as autoridades apresentaram os três "marginais". Os outros dois detidos não tiveram o que alegar. Estão presos até agora. João José, ao contrário, provou que trabalha dentro da lei. Não é bandido.
Vítima desse erro ridículo da polícia, ele foi solto na mesma tarde da quarta-feira. Continua com sua ficha limpa, como sempre. O que também não muda é a humilhação pela qual passou, segundo conta. Apesar de tudo, não pretende processar o Estado – não quer atrair mais confusão para sua família. Ele é casado e pai de quatro filhos.
Por exibir sua foto e reproduzir as informações erradas da polícia a seu respeito, a Gazeta pede desculpas a João José dos Santos. O governo deveria fazer o mesmo. Abaixo (em azul), as palavras da vítima do Estado:
1. "Foi o delegado, depois de conversar com minha esposa, que trouxe as notas de minhas mercadorias, que mandou tirar minhas algemas. Mas aí já tinha sido exposto como bandido. Os policiais não deram importância nem quando um dos acusados disse que eu não tinha nada a ver com o esquema".
2. "Como não devo nada, abri minha loja sem temer. Mas foi aí que começou a abordagem. Em momento algum ofereci resistência, porque trabalho certo".
3. "Só estou falando aqui porque preciso limpar meu nome. Até o rapaz de quem comprei um carro recentemente está me ligando, para eu passar logo o veículo para o meu nome, temendo alguma coisa".
4. "Só fiquei chateado porque, mesmo depois de deixar os policiais vasculharem meu estabelecimento, acabei sendo levado. Sou vítima da violência e jamais estaria ligado a ela, enquanto os bandidos estão por aí".
No episódio mais recente, ocorrido na última sexta-feira, tal qual no episódio que citei no começo deste texto, outra "megaoperação" foi realizada. Desta feita, segundo Gilmar Batinga, "100 policiais, entre militares da PMAL e da Força Nacional cumpriram 26 mandados de prisão na cidade de Rio Largo". Na ocasião, 4 pessoas foram presas (uma delas, por ser a esposa do procurado), bem como aproximadamente 1 kg de maconha, uma balança de precisão, três cartuchos de calibre 12, sementes de maconha, 100 munições de arma calibre 22 (que estavam abandonados num terreno baldio perto da casa onde foi cumprido um dos mandados, sendo que a maioria dessas munições estavam sem condições de uso), uma espingarda de pressão (para matar passarinho), uma pistola enferrujada (sem condições de uso), um revolver calibre 38 (que ninguém da imprensa viu), e nenhuma quantia em dinheiroDesta vez, nenhuma cobra foi apreendida. Acho que as mesmas ficaram espertas!
Pelo exposto, enquanto uma "meia dúzia" enche a boca para falar que estas ações foram "exitosas", que o resultado é "digno de parabéns", resta-nos apenas lamentar e perguntar: Diante de tantos fiascos, "a culpa é de quem?"

14 comentários :

Highlander disse...

Ora, tá na cara q a culpa é dos praças powwww !!!!

Jenésio, o Pecador disse...

Minha e do Povo de Deus é que não é!

Amanda disse...

VEJAM O LADO DO BOM DA COISA EM RELAÇÃO À APREENSÃO DA ESPINGARDA DE PRESSÃO: PELO MENOS MUITOS CRIMES AMBIENTAIS NÃO SERÃO PRATICADOS, O QUE POUPARÁ O TRABALHO DO BPA...

Uma Policial disse...

Por que é que a segurança da sociedade tem que ficar nas mãos dessas pessoas que há meses se mostram incompetentes? Será que o governador ainda não percebeu que essas ações ditas “exitosas” somente têm aumentado os índices de violência a cada mês? Infelizmente, a verdade é que estamos entregues à própria sorte!

Cabo Êta disse...

E a situação há de ficar pior, pois o Batinga – recentemente – almoçou duas vezes com o governador! O que me faz crer que vem rasteira pela frente, e é rasteira das grandes. A propósito, fora os almoços com o Téo, Batinga também foi visto de “conversinha” com alguns desembargadores...

CABO DA GUARDA disse...

VIXI, SERA QUE O LULÚ JÁ ESTAR SABENDO DESSA ARTICULAÇOES COM AS AUTORIDADES CITADAS! EU ACHO QUE O COMANDANTE NAÕ ESTAR SABENDO QUE ESTAR CRIANDO UMA COBRA QUE VAI LHI MORDER COM UM VENENO BEM FATAL. KKKKKKKK

Marcelo Souza disse...

Parabéns pelas observações, senhor major ou seja lá quem for. Essas avaliações ajudam a desmascarar as ações fajutas desencadeadas por estes gestores incompetentes!

Anônimo disse...

a imcopetência chegou na rp que era uma unidade de respeito e hoje é motivo de chacota.

CBMAL disse...

XI Corrida do Fogo é marcada por emoção dos competidores

Evento contou com a participação de 400 corredores

Por Thássia Santos

O dia começou cedo para os participantes da XI edição da Corrida do Fogo. A corrida, que já faz parte do calendário esportivo alagoano, foi realizada na manhã deste domingo, 24, com saída e largada do Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), localizado no Trapiche da Barra. O objetivo é divulgar a Instituição Bombeiro Militar no panorama esportivo e promover a integração com a sociedade.

O evento é organizado anualmente pelo 1º Grupamento de Bombeiros Militar, e nesta edição contou com a participação de 400 corredores, entre as categorias: geral, individual militar, faixas etárias e equipe bombeiros, além da destinada aos portadores de deficiência. A prova foi dividida em três percursos diferentes, 10 km, 05 km e 03 Km.

Era clara a emoção dos corredores que concluíam o percurso, que apesar do cansaço chegavam com uma expressão de dever cumprido ao pátio do Quartel. Para Daniel Henrique, pernambucano da cidade de Pesqueira, primeiro colocado geral de 10 Km, a sensação de ser o primeiro é única, e apesar de participar de muitas corridas, inclusive nas regiões norte e nordeste, ele sempre faz questão de vir para a Corrida do Fogo em Alagoas.

Um destaque desta competição foi a disputa entre equipes de bombeiros, formadas por três militares que representam um grupamento operacional. A equipe ganhadora foi a do Grupamento de Salvamento Aquático, formada pelos soldados BM Clarissa, Café e Herbert, que correram com um par de nadadeiras, usadas diariamente no serviço de Guarda-Vidas. Para eles, o que fez a diferença foram a união, o companheirismo e a vibração da equipe, que tem tudo a ver com a profissão bombeiro militar. Os bombeiros irão representar a Corporação na Corrida Internacional de São Silvestre, realizada no final do ano em São Paulo.

O Comandante Geral do CBMAL, Coronel BM Neitônio Freitas dos Santos, enfatizou o fato de a competição já estar consolidada no meio esportivo, inclusive com a participação de muitos atletas de outros estados. "Estou muito satisfeito, muito feliz com mais uma edição da Corrida do Fogo, que novamente contou com a disputa entre equipes da Corporação como um incentivo ao público interno", afirmou o Comandante, ressaltando a importância de estar próximo à sociedade neste momento de evolução operacional do CBMAL.

Segue abaixo a classificação da corrida:

CATEGORIA / ATLETA(S)

MILITAR FEMININO 10 Km:

1ª Albertina Elias
2ª Bruna Siqueira
3ª Maria Gabriela

MILITAR MASCULINO 10 Km:
1º Johnathan Ribeiro
2º Marconi Antônio
3º Cícero Carlos

CADEIRANTE 03 Km:
1º Graciano
2º Luciano
3º Nailton

MOBILIDADE REDUZIDA:
1º Reinaldo de Barros

GERAL MASCULINO 10 Km:
1º Daniel Henrique
2º Cristovão Balbino
3º Aldevan Nascimento

GERAL FEMININO 10 Km:
1º Vera Lúcia Leite
2º Solúzia Queiroz
3º Maria Silvânia

GERAL MASCULINO 05 Km:
1º José Cláudio
2º John Lenon
3º Diego Santos

GERAL FEMININO 05 Km:
1º Luciane Holanda
2º Poliana Dias
3º Denise da Silva

FAIXA ETÁRIA MASCULINO:
18 a 20 anos – Jadson Douglas
21 a 25 anos – Rafael Ferreira
26 a 30 anos – Marcos Antônio da Silva
31 a 35 anos – Clebson da Silva
36 a 40 anos – Jones Viana
41 a 45 anos – Cícero Ivo Ataíde
46 a 50 anos – Eduardo Pontes
51 a 55 anos – Jacinto Raimundo
56 a 60 anos – Heleno Antônio
61 a 65 anos – Edmilson Araújo
Maior de 66 anos – José Eraldo

FAIXA ETÁRIA FEMININO:
21 a 25 anos – Helga Dias
26 a 30 anos – Camila Paiva
31 a 35 anos – Ana Cláudia Gomes
41 a 45 anos – Aída Kátia Rocha
56 a 60 anos – Aldery Maria

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkk...Grande resultado? Qual?...kkkkkkkkkkk Essa PMAL é uma piada. kkkkkkkkk Grande resultado, kkkkkkkkkk, tô aqui rolando no chão de tanto rir, kkkkkkkkk

Sócio da ASSOMAL disse...

Cap da PM acusado de matar Johnny prestará serviços comunitários

Pena de 2 e 8 meses de prisão serão revertidos em serviços sociais; família irá recorrer da sentença


Depois de quase dez horas de julgamento o capitão Eduardo Alex da Silva, acusado de matar o universitário Johnny Wilter (21), em 2008, foi condenado a 2 anos e oitos meses de prisão, em regime aberto, mas que serão convertidos em serviços comunitários. Mas como o Ministério Publico decidiu pela apelação, a sentença está suspensa. Considerando a pena excessivamente branda, a família da vítima também já anunciou que irá recorrer da sentença.

A defesa do réu conseguiu convencer o júri da tese de crime culposo, quando não há intenção de matar. O juiz Maurício Brêda, que comandou o julgamento nesta quinta-feira (21), condenou o réu a pagar uma idenização de R$ 50 mil à família da vítima. O capitão, que continuará exercendo a função na PM, irá prestar serviços comunitários em uma clínica para tratamento de dependentes químicos, onde também assitirá a palestras sobre temas como combate às drogras e Direitos Humanos.
"Não foi crime doloso. O Ministério Público apelou da sentença, e agora vamos trabalhar para manter a decisão", disse o advogado de defesa do réu, Raimundo Palmeira.

PARA MAIORES INFORMAÇÕES, CLIQUE AQUI

SABE TUDO disse...

QUEM DEVIA SER PRESAO DE NOVO É O CAP. EUGENIO, PENSE NUM LADRÃO E TRAFICANTE, E VC CABO ÊTA É OUTRO CONHEÇO TUA VIDA E TU QUERENDO TÁ UMA DE SANTINHO, FICA MASCARADO INVENTANDO COISAS DOS OUTROS NÉ NEGÃO, BREVE IREI DIZER QUEM TU É, E VOU FALAR PRA UMA CERTA PESSOA QUE VAI GOSTAR MUITO DE SABER QUEM TU É, E DEPOIS TU AGUARDE O QUE ESSA PESSOA VAI FAZER COM VC !

Maria Isabel disse...

Uma coisa é certa: minha é que não é!

Grupo de Pesquisa em Segurança Pública disse...

A verdade é que o comando está perdido!

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver