"A satisfação de servir à sociedade"

Inicialmente, gostaria de pedir desculpas pelos erros de português que irei cometer aqui, já que "para desempenhar a atividade de polícia, quanto mais burro melhor".
Sou fã de vocês, e por onde passo tenho feito a propaganda do blog. Bem, mas não é sobre isso que eu quero tratar nessa carta. Sendo assim, vamos ao assunto que interessa.
Há poucos dias atrás houve um evento na cidade de Piranhas, denominado "Forrogaço", terra do Desembargador Washington Luiz. Foram três dias de festa com atrações de renome nacional. Por isso aí os senhores já podem imaginar como o evento foi badalado, o que fez com que a quase extinta folga dos colegas praticamente não existisse, pois inventaram escala extra até dar uma dor.
Poucos dias antes desta festa, houve um assalto ao único caixa eletrônico da cidade, ocasião em que os bandidos não encontraram resistência alguma para realizar o roubo com êxito, e só aí, pasmem os senhores, o nosso desembargador descobriu que a segurança da região, melhor dizer da sua terra, estava fragilizada.
Como não poderia deixar de ser, o fato foi publicado em vários jornais do Estado, tanto de grande mídia, como o Cada Minuto, Tudo na Hora e outras, como as de menor importância, momento em que cogitou-se até em levar policiais de Canindé do São Francisco – SE, cidade que faz divisa com Alagoas, opção esta logo descartada pelo Lulú (sendo que no fim isto acabou acontecendo, inclusive foi criada uma escala com os PMs sergipanos voluntários, que trabalharam todos os dias).
Aconteceu que o desembargador, grande liderança politica da região, juntamente com sua filha, prefeita daquela cidade, assim como o deputado estadual e irmão do desembargador (tio da prefeita) e mais algumas lideranças locais marcaram uma reunião com o Comandante do 9º BPM, Major Reginaldo Rolim, e o então CMT da 1ª Cia, que é localizada em piranhas – Capitão Raimundo Lessa (um "adepto" de diversos "e$quema$").
Pois bem, feito esta introdução, eis que chequei aonde queria...
Nessa reunião o Desembargador e os outros políticos indagaram ao Major Rolim "se a segurança por parte da PM [local] estaria garantida", e o major "muito desenrolado" disse que iria fazer o possível e o impossível para escalar o máximo de PMs que pudesse. Então, diante dessa afirmação, as lideranças ofereceram uma quantia de R$ 12.600,00 para ser pago aos PMs que trabalhassem na festa, como forma de incentivo, pois os mesmos estariam abdicando de suas folgas "em nome da segurança da população".
Diante de$$a situação, o Major Reginaldo e o Capitão Raimundo Lessa mudaram radicalmente o discurso e o impressionante é que os seus olhos começaram a brilhar com uma alegria incontrolável. Disso, é de se perguntar: "qual dos PMs a que se destinava estes recursos viram a cor desse Dinheiro?"
Acontece que o praça, um nato articulador de situações, é antes de tudo um "mestre em malandragem"; mas o major e o capitão, coitados, parecem ter esquecido disto. No primeiro dia da festa quando todos estavam em forma para partirem para o serviço, o Major Reginaldo Rolim foi perguntado por um praça "se havia diária, pois todos já estavam sabendo que eles [o major e o capitão] tinham recebido o dinheiro" (os R$ 12.600,00); o que, conforme se cogitava pela quantia e pelo efetivo empregado, dava para ser pago R$ 100,00 a cada PM por noite de serviço. Então, o major muito "desenrolado" disse uma coisa que surpreendeu até mesmo a mim, que pensei que já tivesse visto de tudo nessa polícia. No caso, foi dito o seguinte: "contentem-se em ter a satisfação de servir à sociedade". E isso foi dito com estas palavras; juro pela minha mãe, que ele teve a coragem de dizer isso.
Os praças, é logico, na baixa, de imediato procuraram o desembargador e o mesmo confirmou – e disse que confirma – "tudo que foi pago ao major". Sabendo do que estava se passando, de imediato o desembargador determinou que o major fosse chamado a comparecer na sua casa, para "prestar explicações sobre o ocorrido".
O Major Reginaldo Rolim disse ao desembargador, esquecendo que esta autoridade é uma das mais inteligentes do Estado, que "esse dinheiro seria usado em beneficio do Batalhão", já que, segundo ele, "a polícia só não prendeu os assaltantes do banco [no assalto em Piranhas] porque 'os pneus das VTR' estavam em péssimo estado". E o desembargador disse que não concordava, pois "quem deveria ajeitar o BPM era o Estado", além do mais, "não tinha sido aquilo que havia sido acertado"...
Após isso, o major até retrucou, mas depois uns dois ou três apertos, o que prevaleceu foi a palavra da autoridade judiciária. De volta à presença da tropa, o major – que perante todos estava como ladrão – ameaçou todos no BPM com a seguinte "advertência": "se ele ficasse sabendo que alguém estava tecendo comentários sobre a sua reputação, esse alguém iria ser punido por ele".
Agora vem uma parte da história que até o presente momento era de conhecimento apenas de uns poucos: mal o major saiu da presença do desembargador, foi indagado por uma das autoridades que estavam com o magistrado: "peraí, se as viaturas da PM são locadas, então todo e qualquer conserto deve ser realizado pela empresa locadora, não é mesmo, doutor? Mas que majorzinho ***".
Senhores, tudo isso é verídico, e por consequência da relevância é de conhecimento público. Além do mais, tudo que foi citado aqui pode ser confirmado pelas autoridades locais nas adjacências de Piranhas, assim como pelo Desembargador Washington Luiz.
Peço que confirmem a informação e logo após publiquem. Desde já eu agradeço a atenção!
Diante do exposto, este blog pergunta: a quem o major pensa que ludibria com essa história de "compra de pneu"? Se esse major realmente tivesse interesse em fazer algo pelas condições de serviço do efetivo da sua unidade, até hoje as VTRs da sua OPM não continuariam em péssimo estado de conservação. Outrossim, levando-se em consideração o número de viaturas da unidade, R$ 12.600,00 de pneu é muito PNEU não é? Atenção Corregedoria: "APURE ESTA SITUAÇÃO"!
OBS:
Quem é o Major Reginaldo Rolim?
Resposta: é o mesmo que andou perseguindo o efetivo do 3º BPM, e como resultado sua casa foi alvo de vários disparos por indivíduos armados e desconhecidos.
Quem é o Capitão Raimundo Lessa?
Resposta: é o mesmo que foi preso e acusado de participação em vários assaltos de caminhões, cujo modus operandi era o famoso "rasga lona".

32 comentários :

Sócio da ASSOMAL disse...

Eu fico envergonhado em ver meus pares envolvidos em situações como estas. Infelizmente, tenho de dar os parabéns pela postagem.

Uma Policial disse...

Se fosse um praça que tivesse envolvido no foco dessas acusações, tenho certeza que a corregedoria até mandaria prender preventivamente durante 72 horas. Agora como o fato envolve apenas oficiais, "abafa o caso".

Cabo Êta disse...

Esse Capitão, o Raimundo Lessa, quando era tenente pelo 1º BPM, recebia o combustível que os praças retiravam das viaturas para poder liberar do serviço sempre que ele era o supervisor. O combustível era retirado em local ermo, ou então no fundo da Salgema, e deixado em PMs/BOX, a exemplo dos extintos PMs/BOX do Santo Eduardo, Bolão, Virgem dos Pobres. E era tanto combustível que dava vários galões, o que enchia a mala da supervisão, e era comum ele até levar para a casa da sua esposa, que era prefeita de uma cidade do interior, em Cajueiro. Normalmente ele gostava de tirar o serviço à noite, quando ele gostava de fazer o esquema.

Seu Madruga disse...

Perto do Raimundo Lessa, o Tenente QOA Nascimento, hoje reformado, que costumava "liberar" os praças do 1º BPM do serviço, por uma caixa de cerveja em lata, ou então por R$ 5 (cinco) reais, era um verdadeiro santo. Que saudade daqueles tempos!

Anônimo disse...

ESSE MAJ E O CAP DA PRA ANDAR NO TIME DO BONFA

Sargento Santos disse...

Polícia Militar reforça policiamento na região de Piranhas

Com o objetivo de garantir paz e segurança à população, o Comando da Polícia Militar autorizou o reforço no policiamento no município sertanejo de Piranhas, antes mesmo da realização do “Forrogaço”, evento musical que acontece anualmente na cidade. Desde o final de semana, a PM reforçou o policiamento com o envio de equipes do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) do 9ª Batalhão.

Segundo o comandante-geral da PM, coronel Luciano Silva, com o envio de um efetivo do Pelopes estão sendo realizadas operações policiais em toda a região, com a finalidade de garantir uma melhor segurança à população. “Após uma reunião entre o comandante do 9º BPM, major Reginaldo Rolim, representantes da prefeitura e o desembargador Washington Luis, autorizamos o reforço no policiamento local”, disse.

Durante o “Forrogaço”, a PM também vai aumentar o policiamento, enviando para Piranhas equipes do Bope e de batalhões pertencentes ao Comando de Policiamento do Interior. De acordo com o coronel Luciano, o número de homens que irá atuar na segurança no próximo fim de semana será suficiente para garantir a tranquilidade do evento.

“A PM está garantindo a segurança antes, durante e depois da festa promovida pela prefeitura de Piranhas, a fim de proporcionar paz e tranquilidade à população local e aos visitantes que irão curtir o evento”, afirmou o comandante.

Thiago disse...

Sabonete do Soldado!

Dois soldados foram tomar banho, mas esqueceram o sabonete.

Um dos soldados falou:

– Vou buscar dois sabonetes no meu armário, que fica no alojamento no fim do corredor do quartel.

Como eles estavam com pressa para irem para o serviço no estádio de futebol, ele foi buscar os sabonetes pelado mesmo.

Na volta, com os sabonetes um em cada mão, ele deu de cara com o Comandante Geral, que estava em companhia do Corregedor da Corporação, bem como de um capitão de nome Sergio que estavam indo para o serviço no referido estádio.

Sem ter o que fazer, o soldado se fingiu de estátua.

Os oficiais olharam e comentaram entre si:

– Nossa que estátua linda, perfeita – foi quando um deles ao olhar o bimbo do soldado, resolveu dar um puxão.

Ao sentir a dor, um sabonete escorregou da sua mão. Os oficiais espantados falaram:

– Não é estátua, mas sim uma máquina de sabonete.

O capitão, dizendo que era a sua vez, deu um novo puxão e outro sabonete escorregou.

– Nossa, que maravilha! – exclamaram com felicidade.

O Comandante Geral, não querendo ficar para trás, puxou o bimbo do soldado, e nada; puxou, e nada; e puxou, e nada; e puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou e disse:

– Nossa, tem até shampoo!

Anônimo disse...

kkkkkkkkk

Briosa em Foco disse...

Refletindo "A satisfação de servir à sociedade"

por Major Monteiro

Como policial, sinto-me imensamente revoltado pela omissão generalizada e pela falta de inciativa em fazer algo em prol da instituição, conforme vemos por parte de quem tem o dever funcional de agir. Não distante disso, fico envergonhado quando me deparo com situações como as dessa postagem, algo que nas cidades ribeirinhas e adjacências tem sido bastante comentadas pela população local, pois naquelas bandas as informações se propagam com a mesma eficiência que nos meios midiáticos, ou seja, os rumores boca-a-boca são grandemente difundidos e comentados. Apesar disso, na P2 da corporação ou na Corregedoria "ninguém sabe, ninguém ouviu".

É triste ter de admitir que somos gerenciados por pessoas que agem por interesses mesquinhos, bem dizer pessoais, ou então por incompetentes (para não chamar de analfabetos funcionais) que fingem que pensam, que acham que sabem dar conta dos atributos do cargo ou da função, mas que seriam reprovados em qualquer concurso para soldado. Contudo, para dar "desdobro" em situações que trazem reflexos para si mesmos, quando o objetivo deveria ser "reflexos para o bem comum", aí estas pessoas são verdadeiras fontes de sapiência.

E a sociedade, verdadeira dona da instituição castrense, razão da existência da corporação, e para quem os gestores deveriam ser eficazes, padece em meio a esta situação. Triste situação. Cada vez que me deparo com situações assim, percebo o quanto a nossa corporação está empodrecida. Tenho medo de estar na rua e ser confundido ou rotulado como as mazelas do nosso meio.

Sinto-me envergonhado por um oficialato, que em quase toda a sua maioria, julga-se superior – sem a mínima sensibilidade funcional ou social – aos demais pares que vestem a mesma farda, achando-se superiores até mesmo em relação aos pares, muitas vezes deturpando os preceitos da moral ou até mesmo das leis.

Se por um lado podemos dizer que a culpa é das leis, que quase sempre são falhas, por outro, e aí não podemos esquecer que algumas vezes as mesmas são bem eficientes, a culpa é nossa. Isso quando nos calamos e consentimos que nada mude.

No serviço público existe uma situação que é básica: "quando o gestor público está no exercício de uma função, o mesmo tem de agir de acordo com os preceitos da lei e com os atributos do cargo". Diante disso, quando nos deparamos com situações como as que foram expostas na postagem acima, por exemplo, é direito do cidadão denunciar e cobrar respostas quanto a apuração (no caso, denunciar à corregedoria, que deve[ria] agir de ofício, que tem que apurar e dar a resposta cabível) e sobretudo, para nós, é nossa obrigação funcional. Em todo caso, não devemos esquecer do MPE, o nosso maior fiscal.

Por fim, devemos ter em mente que toda e qualquer ação não deve se restringir e morrer nas letras frias de um texto legal, ou nas limitações oriundas da incompetência funcional, assim como nos "acochavos". O direito de cada cidadão em ter uma instituição eficiente, vai além... Ultrapassa as fronteiras frias da lei ou da incompetência. Se um oficial, e aqui eu abranjo para toda a classe, melhor dizer se um policial está destituído dessa "sensibilidade" de agir dentro dos limites funcionais que lhe são atribuídos, melhor deixar a nobre profissão de ser polícia e se candidatar a um cargo politico, pois para ser político até analfabeto ou corrupto é. Quem sabe assim, as "nulidades" deixam de prosperar nessa corporação, mormente na Corregedoria.

BONFA O (...) disse...

VAMOS FISCALIZAR A BOMBA DE GASOLINA DA PMAL QUE NÃO CUMPRIU COM A MUDANÇA DOS TANQUE
Por não atenderem a normas do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), postos de combustíveis em Maceió e no interior foram lacrados. A operação do Instituto do Meio Ambiente (IMA) começou na última sexta-feira (01) e teve continuidade nesta segunda-feira (04). A quantidade de estabelecimento que estão impossibilitados de funcionar ainda não foi divulgada.

“Estamos com três equipes na capital e outras cidades. Elas saíram com uma relação de uns 15 postos, mas não sabemos ainda o resultado”, afirmou Adriano Augusto, presidente do IMA.

Augusto explicou que para que os postos voltem a funcionar, precisam atender ao que prevê a legislação ambiental. Em relação à aplicação de multas aos empresários, o presidente do IMA afirmou que isso varia de acordo com a situação de cada estabelecimento. “Vão ficar lacrados até atenderem à lei. Os postos tiveram dois anos e meio para se adequar e não fizeram isso”, disse.

TAC

Há dois anos foi firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público de Alagoas (MPE/AL), o IMA e o Sindicato dos Proprietários de Postos de Combustíveis (Sindicombustíveis), para que os estabelecimentos se adequassem às normas do Conama.

Durante entrevista coletiva, no dia 21 de junho, foi informado que os empresários tinham até o dia 01 de julho para atender o que determina a lei, sob pena de terem os postos lacrados. “No primeiro momento foram dois anos para que eles se adequassem e, no final de dezembro de 2010, prorrogamos por mais 180 dias. Nos últimos meses se observava por toda cidade que os postos estavam em reforma”, afirmou, na ocasião, o promotor Alberto Fonseca

Anônimo disse...

É pessoal, sou de outra cidade, estive de extra nessa unidade e tive o desprazer de ouvir essas palavras!!! "contentem-se em ter a satisfação de servir à sociedade". Vixxx!! Só deu vontade de tacar-lhe um pequenino tijolo no meio de sua testa!!! :S

Arapiraquense disse...

Estou perplexo com essa denúncia...contra esses oficiais, que até tinha certa admiração...

PMAL disse...

Esperamos que o douto Promotor de Justiça Militar, o Dr. Carlos Alberto, mantenha seu perfil independente e ofereça, sim, a denúncia-crime contra o Comandante do 9º BPM, da mesma forma que denunciou e ajudou a condenar, com justiça, diversos praças da corporação pelo mesmo crime, qual seja o de cometer a prática de Corrupção Passiva ou então de Apropriação Indébita.

Quanto ao capitão, que a Justiça julgue o caso dele o mais rápido possível, pois essa pessoa enoja a Corporação e por decorrente o efetivo.

Anônimo disse...

Espero que a corregedoria tome providencia.porém acho dificil.lamentavel.

Anônimo disse...

Para que este blog continue obtendo exito em sua jornada nada mais nescessario que não se cometa injustiça.
"A injustiça, senhores, desanima o trabalho, a honestidade, o bem; cresta em flor os espíritos dos moços, semeia no coração das gerações que vêm nascendo a semente da podridão, habitua os homens a não acreditar senão na estrela, na fortuna, no acaso, na loteria da sorte, promove a desonestidade, promove a venalidade [...] promove a relaxação, insufla a cortesania, a baixeza, sob todas as suas formas." (Rui Barbosa)

Então vamos aos fatos não ouve o comentario do major a respeito de "contentem-se em ter a satisfação de servir à sociedade" eu sou praça e estava presente, porem ficou comentarios a respeito do destino dessas diarias sendo que pessoas ligadas ao proprio Desembargador disseram que este ano não seria pago essas diarias por conta da repercussão dos cometarios do mesmo "desembargador" a respeito da ineficiencia da PM eo comandante geral não permitiria que ninguem recebesse valor nenhum para trabalhar nessa festa, vamos ser honestos e atacar a quem não pode se defender é ir contra o objetivo desse blog que é defender aqueles que são injustiçados.

CABO "X", DO 9º BPM disse...

POIS EU, CABO "X" ESTAVA LÁ,E DIGO QUE A MATÉRIA ESTÁ CORREA QUANTO AO QUE O MAJOR DISSE PARA TROPA. EU NÃO POSSO CONFIRMAR O QUE ACONTECEU NA CASA DO DESEMBARGADOR, MAS SOU TESTEMUNHA DO QUE ACONTECEU NO AMBITO DA UNIDADE COM A TROPA.

militar sério disse...

eu tambem estava lá no serviço, o capitão é um homem de bem, toda tropa gosta dele ele foi inocentado das acusaçoes que lhe fizeram no passado, era tudo mentirasobre o que comentaram no passado , já ao major realmente nao vale nada, mas, a tropa sabe o homem de bem que é o capitao Raimundo Lessa !

agradecido disse...

o capitão que vcs se referem na verdade é muito querido perante a tropa, não posso deixar um oficial exemplar ser massacrado por quem nao conhece ou por quem tem inveja dele, ele é um oficial amigo da tropa , só quem sabe é quem precisou dele !

Reconhecedor de Valores disse...

Sempre acompanho as noticias da briosa em foco, nunca postei nenhum comentario, mas hoje estou postando pelo motivo da injustiça que estao fazendo com o capitão, o major tudo bem é peça ruim, mas o capitao raimundo lessa é um homem de bem e quem já precisou dele sabe como ele é um homem amigo, nao adianta falar o que nao sabe, falam do capitao sem conhece-lo, vcs que fazem a briosa em foco nao devia engulir corda, divulguem a verdade se nao vcs pedem nossa confiança, eu estava de serviço no forrogaço e quem participou da reunião com o desembargador foi só o major, o capitão foi vítima igual a nós, se ele divesse ido para a reunião ele teria dado as diárias para a gente, nunca vou perder a admiração pelo o capitão e nem vcs vão fazer que eu perca, vcs deveriam conhecer melhor o homem de bem que é o capitão lessa !

Cabo Êta disse...

Meu peixe, é melhor ficar a tua, pois eu conheço essa peça rara desde os tempos do 1º BPM, caso contrário, eu posso "ressuscitar" muito mais coisas além do que falei no comentário acima.

PM de Arapiraca disse...

Pense num caba de bem que é esse capitão, só fala mal dele quem é invejoso !mas o major nao fale nada !!!!!!!!!!

Antigão do 1ºBPM disse...

Quem foi do 1ºbpm na época do capitão sabe que ele nunca fez nada que denegrisse a imagem dele, se ser amigo dos praça é ser errado então ele foi, agora teve muito praça que fizeram errado e ele profisionalmente agiu como manda o regulamento, e esses são os mesmo que ficam acusando o capitão de ter feito algo errado, vamos ser democrático mas não maloqueiro, se vc errou asuma mas acusar um oficial amigo só por pirraça, isso não é justo, vamos ter consiencia das coisas !

Cb que fala a verdade disse...

justiça seja feita, o maj reginaldo é peça ruim, aquí em Arapiraca ele não é bem cristo, mas o capitão é um homem operacional e bastante conhecido no Estado, toda tropa antigona tem o maior respeito por ele, tem uns que tem inveja dele prque o capitao se destaca onde trabalha e nao abaixa a cabeça pra ninguem principalmente quando ele ajuda um praça, ele tem pulso e o que ele diz ele cumpre, estou apenas falando a verdade e não é justo alguns traíras falar a mentira sobre ele !

Sd nova geração disse...

Conheço por nome o capitão e até agora todos falam de bem dele, soube que ele já ajudou muitos injustiçados, quero conhece-lo pessoalmente !

SUB DA RESERVA disse...

SEMPRE LEIO ESSA BRIOSA EM FOCO, NÃO GOSTO DE DIGITAR ENTÃO PEDI AO MEU FILHO QUE DIGITASSE POR MIM, PELO MOTIVO DE NÃO GOSTAR O QUE TÁ ACONTECENTO, TOU FAZENDO A MINHA PARTE DE DIZER AVERDADE E ESPERO QUE OUTROS FAÇAM, ISSO QUE ESTÃO FAZENDO É UMA INJUSTIÇA, SEJAM MAIS CUIDADOSOS COM O QUE FALAM, FALARAM MAL DE UM HOMEM DE BEM QUE SÓ AJUDA A TROPA E SÓ SABE FAZER AMIGOS, O CAPITÃO É UM HOMEM DE BEM O QUE ACONTECE É QUE TEM UNS MOLEGUES QUE NÃO CONHECE ELE E APROVEITA NOSSO ESPAÇO PARA MENTIR E FALAR COISAS SEM SENTIDO,PAREM DE COMETER INJUSTIÇA CONTRA ELE, QUE QUEM CONHECE SABE QUE ESSES MOLEGUES ESTÃO MENTINDO E A GENTE PERDE A CREDIBILIDADE, UTILIZE ESSE ESPAÇO SÓ PARA FALAR A VERDADE E FALAR MAL DE QUEM NÃO PRESTA.

sgt amigão disse...

Conheço a peça que é esse capitão, é gente boa, mas é muito pirracento, calado e vingativo, faz de tudo pra ajudar seja lá quem for, ajuda soldado, cabo, sargento, sub tenente e até mesmo oficiais,quem quiser que pise nos calos dele, parabens capitão você provou que tem muitos amigos e que esses amigos reconheceram o que o senhor fez por eles, e os que mentiram que sirva de exemplo e façam amizade e deixem de falar besteira kkkkkkkkkkkk.

Sd sertanejo disse...

Aquí em Delmiro Gouveia só tem oficiais bagaço, o Ten Farias é um menino bagaço,o cap wiston nunca vai tirar expediente na cia de mata grande e só vai arrecadar dinheiro para dividir com o major, o Ten Macedo é um baixinho furão e perserguidor,e os outros tudo medroso e balança, aquí tinha um coronel corrupto o tal de Hamilton que era um verme, todos tinha medo dele menos o capitão lessa que alem de enfrenta-lo, ainda protegia os praças que era visivelmente perseguuido pelo coronel, ele é um oficial muito bem cristo em todo sertão que trabalhou por todos os praças. até os oficiais tem inveja dele por ele ser tão respeitado e querido por todos .

SD UNIVERSAL disse...

CONPAMHEIROS ESSE CAPITÃO SO TEM AMIGOS , NAO TEM MUITO FUTURO INVENTAR ALGO SOBRE ELE NAO QUE SO VAO ARRANJAR INIMIZADE CONOSCO KKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

Essas mensagens que falam do Cap. Lessa estão na cara que foi a mesma pessoa q fez ,ou seja , ELE. Quem já trabalhou com esse cidadão sabe q ele não vale nada ,é corrupto ,ladão e desmoralisado.
Falem do caminhão carregado de material de construção que ele FUROU aqui em Piranhas . Ou vão dizer que ele comprou?

Anônimo disse...

TRABALHO NO 9° BPM HÁ MAIS DE 5 ANOS E DISCORDO EM PARTES DO SD SERTANEJO AQUI NO 9° BPM TEM SIM OFICIAIS DE BEM,O TEN FARIAS É UM OFICIAL OPERACIONAL E CORRETO E O TEN MACEDO É OUTRO OFICIAL RESPONSÁVEL QUE NÃO DAR MOLEZA A PRAÇAS PREGUIÇOSOS QUE TIRAM SERVIÇO DE 12 HORAS E AINDA QUEREM DORMIR NO QUARTEL,ESSES DOIS TENs SÃO OFICIAIS DE BEM, ASSIM COMO SÃO ALGUNS OS OFICIAIS QUE PASSARAM POR AQUI COMO O CEL CALAÇA,CEL MACEDO,CAP VILLAR,CAP BRITO E O TEN PINHEIRO;AGORA PARA QUEM É PREGUIÇOSO E SÓ QUER DAR MACETE, ELES REALMENTE NÃO PRESTAM.AGORA ESSE MAJOR COMANDANTE E ESSE CAP RASGA LONA SÃO DOS CORRUPTOS.DESEMBAGADOR MANDE O MAJOR ME DAR MINHAS DIÁRIAS DO FORROGAÇO...

Anônimo disse...

esse anônimo que trabalha no 9ºBPM, é um tremendo babão, deve ser do pelopes,eu trabalho no 9ºBPM, desde 2003, conheço bem todos os que trabalham aqui,os oficiais que trabalham aqui na medida do possivel são bons,tem algunas mazelas como por ex: o ten macedo que quer cobrar demais dos praças, em quanto ele não dar o exemplo,o cap lessa todos sabemos que é altamente corrupito,mas em nosso pais e em nosso estado isso é comum,mas pelomenos ele não prejudica os praças e é sempre amigo de todos.E em relação ao comandante é como os outros que passaram por aqui só pensam em dinheiro e vender seguransa publica, pra isso usa mão de obra dos policiais, o maj Reginaldo arrecada tudo só pro proprio bolso,ate uma gratificação que o banco do brasil dar aos policiais, para fazer uma escolta de dinheiro, que abastece os caixas eletronicos da cidade,ele obrigou os praças apos receber do banco o valor, entrgar pra ele,com a alegação de ser usado para a necessidades do bpm.

Anônimo disse...

esquecerão do contrato com empreitera queroz galvão, que esse major fez, e esta usando policias,carro e gasolina do estado em beneficio proprio, embousando mais de 20.000,00 por mes. esse major e um grande gabirú.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver