Com quem está a verdade?

Ao manifestar-se sobre a morte do Subtenente Roque, ocorrida na ESMAL no dia 15, o desembargador Sebastião Costa Filho declarou o seguinte: "o Governo do Estado informa que não é possível realizar concurso público agora, por estar no limite da Lei de Responsabilidade (LRF), mas é preciso tomar decisões mais enérgicas no sentido de oferecer mais segurança".
Contudo, é de conhecimento público e notório que o secretário de Defesa Social, Dário César, anunciou, em 11 de agosto, a realização de concurso público para preenchimento de vagas nas Polícias Civil e Militar, bem como na Perícia Oficial. Ainda segundo o secretário, "está confirmado que para a Polícia Militar a autorização do concurso já foi dada pelo próprio governador Teotônio Vilela", que acrescentou: "a expectativa é que as inscrições e as provas aconteçam até dezembro de 2011".
Em face dessas opostas declarações, nós perguntamos:
COM QUEM ESTÁ A VERDADE?

7 comentários :

Anônimo disse...

Acabou-se os machos de Alagoas...

cabra de pêia. disse...

acabou-se não colega,ainda tem uns dois,o secretário e o cmt geral,que faz oque quer e a tropa toda não faz nada.

JORGE disse...

Traficantes estão cobrando pedágio no conjunto Frei Damião

A falta de movimento em uma das ruas do conjunto Frei Damião na manhã desta quarta-feira (17) contrasta com a agitação do restante do complexo do Benedito Bentes. Segundo os moradores, as pessoas têm evitado circular pelo local devido à cobrança de pedágio por traficantes. Os criminosos, a maioria adolescentes, teriam privatizado a via que dá acesso a uma grota e já teriam, inclusive, esfaqueado uma mulher que se negou a pagar para chegar em casa.

Os relatos amedontrados dos moradores dão conta de que os traficantes "fazem a ronda" pelas ruas do conjunto de motonetas, bicicletas e até em um fusca azul e cobram pedágio de quem circula pela Avenida Mundaú.

“Vivemos sob constante ameaça. Não saímos de casa. Meus filhos não brincam mais nas ruas. Só saio de minha residência porque tenho que trabalhar”, disse um morador que fez contato com o Tudo na Hora.

A reportagem esteve no local para checar essas denúncias. Em carro descaracterizado, o Tudo na Hora conversou com alguns moradores que confirmaram o drama que estão vivendo e a cobrança do pedágio pelo tráfico.

Muita gente teve medo de falar, mas os moradores que aceitaram ser entrevistados confirmaram a situação, inclusive a morte da mulher que se negou a pagar o pedágio. Sílvia Maria de França, de 35 anos, foi esfaqueada na entrada do beco quando ia do supermercado para sua residência. “Dizem que ela foi atingida com uma facada porque se negou a dar dinheiro para um grupo de adolescentes”, revelou uma moradora do conjunto que não quis se identificar.

Quanto à falta de movimento nas ruas do conjunto na manhã de hoje, a resposta de uma mulher que estava sentada na porta de casa foi a seguinte: “É o dia inteiro assim. As pessoas evitam passar pelo beco, apesar de ele ser o acesso para muitas casas”, disse a dona de casa, que apenas sorriu ao ser perguntado se queria se identificar.

Um entregador de botijões de gás disse que dois amigos já tiveram as bicicletas roubadas no local. “Nunca tive problemas não, mas já ouvi várias histórias. É rezar né?”, enfatizou o entregador que se identificou apenas por Júnior.

O tenente coronel Dorgival, comandante do 5º Batalhão, responsável pelo policiamento na região, afirmou que desconhece as denúncias dos moradores. “Por enquanto, para mim, tudo isso é novidade, porque no Frei Damião temos policiamento 24 horas por dia”. Ele disse que o conjunto conta com uma viatura e três motos da Rádio Patrulha, além de uma viatura do 5º Batalhão.

Ainda de acordo com o tenente, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) faz ronda no conjunto habitacional. “Lá, temos um bom policiamento, mais até do que em outros bairros”. Dorgival falou, também, que não há possibilidade dos traficantes do Carminha terem migrado para o conjunto. “Todos os grandes traficantes que dominavam o Carminha já foram presos”, acrescentou.

CBMAL disse...

Ações do Corpo de Bombeiros ajudam a evitar acidentes

Diretoria de Serviços Técnicos trabalha diariamente com a prevenção e orientação de pessoas para seguir corretamente as normas de segurança

Por José Augusto

Muito se fala dos acidentes e incêndios em edificações, instalações e locais de risco. Porém, o que pouco se veicula são as ações que impedem que esse número aumente. A referência se faz aos serviços de vistoria que são realizados pela Diretoria de Serviços Técnicos (DST) do Corpo de Bombeiros de Alagoas. Através desse setor, muitos acidentes são evitados, já que as construções passam por análises detalhadas de suas reais necessidades para manter a segurança do local. Para isso, é necessário que o Corpo de Bombeiros seja consultado antes que se faça um projeto de edificação.

Para quem não conhece o trabalho dos bombeiros, vai muito além do salvamento em momentos de risco. A missão maior está em evitar que acidentes aconteçam, por isso, a prevenção está sendo o melhor caminho para salvar vidas. Várias são as ações que esses técnicos desempenham nas vistorias, como: verificar as condições de armazenamento dos fogos de artifícios que são usados em vários eventos; os locais apropriados de localização das saídas de emergências; se existem materiais inflamáveis no local, porque muitos estabelecimentos manuseiam alguns e nem sabem os riscos que sofrem; os sistemas de ventilação de ar, muito importantes em caso de incêndios, além de outros.

Algumas ações que parecem não surtir um grande efeito, mas que já ajudou a salvar muitas vidas, são as sinalizações bem feitas de localização dos extintores ou das saídas de emergências. Os pisos antiderrapantes e os corrimões também já evitaram muitos acidentes. Os profissionais responsáveis por fazer essa verificação, e cobrar, são os bombeiros. São eles que darão o aval para que o prédio ou demais estabelecimentos funcionem de forma correta e segura para seus utilizadores.

Suas principais atividades são: fazer análises de projetos contra incêndio e pânico, elaborar parecer técnico, averiguar todos e quaisquer locais que ofereçam riscos à população, fiscalizar a venda irregular de gás GLP e combustível, além de outras. As empresas que buscam a DST para estarem de acordo com as normas de segurança, minimizam consideravelmente os riscos de acidentes. Aquelas que não buscam esclarecimentos e andar nos trilhos acabam sofrendo sanções, como foi o caso do Mercado da Produção e do Pavilhão do Artesanato.

Cada tipo de estabelecimento se enquadra em uma exigência diferente, dependendo de alguns fatores. A partir de 750m², é exigido rede de hidrantes e extintores. No caso de hotel, já se pede que em suas acomodações existam “sprinklers”, um tipo de chuveiro automático para extinção do fogo, e sistema de detecção de incêndio, trazendo mais garantia no combate ao foco. Essa é uma forma eficaz e ágil que visa uma melhor cobertura de segurança aos hóspedes.

Continua...

CBMAL disse...

Continuação

As vistorias são feitas anualmente e apenas os estabelecimentos que estiverem funcionando dentro da regularidade é que receberão o certificado de segurança. Essa é uma forma legal de saber se a loja que o consumidor frequenta, ou outro tipo de ambiente comercial, oferece segurança à população. Verificar se há o certificado atualizado do Corpo de Bombeiros, também é um direito do cliente, que se sentirá mais seguro nesse ambiente.

Os estabelecimentos que possuem área inferior a 250m², não têm mais a exigência do Projeto Contra Incêndio e Pânico, em que, para este tipo de estabelecimento, agora é feito um Auto de Conformidade. Os benefícios que essa mudança trouxe aos pequenos empresários são inúmeros, afastando toda a burocracia que existia e que agora foi resolvida com esse novo método. “Antes, os pequenos empresários levavam até um mês para regularizar a sua situação. Agora, se ele pegar as informações no próprio site do Corpo de Bombeiros, depois vem aqui e em um dia ele resolve tudo isso, agindo de acordo com as normas de segurança”, destacou o Major Reinaldo.

Os gastos eram grandes, muitos dispendiosos para quem tinha uma empresa de pequeno porte, o que evitava que os donos procurassem a DST para normalizar a sua situação. Hoje, há um maior número de estabelecimentos seguros. A idéia partiu do Major Reinaldo e foi aprimorada pela sua equipe, que teve a incumbência de pôr o projeto em funcionamento. É comprovado que com todo esse aparato técnico durante a inspeção, a segurança nos ambientes aumenta e os riscos de acidentes simples, que sem a devida preocupação poderiam ser alarmantes, diminui.

As residências simples também podem oferecer bastantes riscos às pessoas, desde a sua construção em local impróprio como barreiras, até pequenos descuidos dentro dela. O que as pessoas não sabem é que o Corpo de Bombeiros disponibiliza sempre Seminários e Mini-Cursos que orientam a ter certos cuidados domésticos. As comunidades ou grupos que tenham interesse em saber mais sobre dicas de segurança ou ações que devem ser tomadas em momentos de risco, de forma a também fazer um trabalho preventivo, podem solicitar ao próprio Corpo de Bombeiros uma palestra, como já é feito por algumas escolas e empresas.

O importante para a Corporação é que toda a sociedade esteja protegida e saiba como evitar acidentes. O foco da Secretaria de Segurança Pública Nacional é esse, portanto, os bombeiros utilizam o seu conhecimento para mostrar às pessoas que a prevenção é a solução antecipada dos problemas. Com ela, os riscos são mínimos e a probabilidade de acidentes é reduzida, criando uma sociedade mais consciente e segura.

Jenésio, o Pecador disse...

A verdade está com o Senhor, de quem o povo é seu mensageiro. hem, hem, hem, hem, hem.

Sócio da ASSOMAL disse...

Governo Federal quer tirar PEC300 da pauta do Congresso para 2011

Proposta foi feita pelo líder do governo na Câmara, Cândido Vacarezza (PT-SP)


O Governo Federal quer retirar a votação da Proposta de Emenda Constitucional 300 (que equipara os salários de policiais militares e bombeiros militares de todo o país aos pagos no Distrito Federal) da pauta do Congresso Nacional para o segundo semestre de 2011. A proposta foi feita pelo líder do Governo na Câmara, deputado federal Cândido Vacarezza (PT-SP) aos líderes de bancada na última sexta-feira. O deputado federal Osmar Júnior, líder do PC do B, afirmou que nova reunião será feita para definir a pauta do semestre.

PARA MAIORES INFORMAÇÕES, CLIQUE AQUI.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver