OPM é invadida em Arapiraca

Não, os leitores não leram erroneamente o título da matéria. Nos já havíamos "cantado esta pedra" em reportagens anteriores, quanto à vulnerabilidade de batalhões.
Processo de Desmoralização da Tropa e da Segurança Pública como um todo atinge seu ápice, e o que era previsível, aconteceu: ontem, uma de nossas OPMs foi invadida! O Militar foi rendido, armas foram levadas e se não fosse a imprensa, este fato teria sido sumariamente "abafado".
Aconteceu no CPA II, em Arapiraca. Segundo os informantes do BEF, dois homens armados invadiram sem nenhum escrúpulo ou temor a sede administrativa do órgão, renderam o único praça que estava de serviço e tomaram-lhe a arma, além de levarem alguns objetos.
Alguns podem pensar que à noite fica difícil de manter a segurança... Pois bem, nobres leitores: o ocorrido foi em plena luz do dia, às 11 da manhã do domingo.
Enquanto isso, na SEDS, seu supremo líder não pode ser encontrado. Isso porque Dário, o César, está novamente viajando – desta vez com destino ao RJ – para participar de mais uma inútil reunião visando gastar dinheiro público em vão e conhecer outras cidades.
Resta claro que o Governo do Estado precisa reconhecer que a ineficiência e a "picaretagem política" em forma de pirotecnia patrocinada pelo Secretário Neófito está levando a Policia Militar para o fundo do poço ("está levando", pois ainda pode ficar pior). Porque desacreditada e desmoralizada, ela já esta a muito, mas muito tempo.
Quanto tempo mais deverá durar o reinado do Imperador Dário, o César, e do Ditador Coronel Luciano Malvadeza?
Se até Muarmar Gadaffi está caindo, o que nos falta é coragem para derrubar estes arbitrários líderes e impedir que eles reduzam a nossa caserna a escombros.
Se a POLÍCIA está para a criminalidade assim como a aspirina esta para a dor de cabeça, só nos resta esse remédio:
Policiais cansados, com escala de trabalho desumana e agora com quartéis sendo invadidos por bandidos, vamos nos unir e derrubar os ditadores!

19 comentários :

Soldado Inconformado! disse...

Vamos nos unir e formar um grupo rebelde também, e expulsar esse coronelzinho ditador, ora se Maormar Gadafi o ditador de verdade está caindo porque Dário o César não pode cair também, vamos a guerra pessoal!

Anônimo disse...

Parabéns mais uma vez BEF e aqui no Batalhão de penedo não existe guarda não, está esperando uma ação dessas. Estamos juntos.

Anônimo disse...

Vcs do BEF, estão certos, isso já era previsto hà tempo. Já reduziram o número de ppmm na burocracia, e estão querendo que um pm trabalhe por 2 ou 3, e assim, os mesmo ficam sobrecarregado de serviço. Não é diferente com as guardas dos quarteis afora, além do mais, o cmt geral junto com sua corja de oficiais babões ficam colocando, ainda, os praças de extra no fim de semana, pra suprir a falta de policiais militares que estão faltando, como: falta de contigente.
Sabemos que o efetivo da PMAL está escasso, embora eles queiram mostrar a nossa sociedade que o efetivo supre as necessidades de alagoas, querendo incutir em nossas cabaças que o efetivo está suficiente.

Parabéns pela matéria!!!!

Anônimo disse...

Vamos nos unir sim! para te pegar seu corno! Sai um vem mil! Ta querendo agora motim e´viado? estão chegando perto de te pegar! e ai! n vai ter xixi minha nega corno!

CBMAL disse...

Banda de Música do CBMAL participa de Curso de Atualização Musical

Curso promovido pela UFAL é exclusivo para bandas de música

Thássia Santos

Os bombeiros da Banda de Música do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) estão vivendo uma grande oportunidade para se especializarem, participando do Curso de Atualização Musical para Bandas de Música, promovido pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). O curso aumentará o conhecimento teórico do grupo musical militar, que há 11 anos abrilhanta a imagem do CBMAL por onde toca.

O projeto de extensão foi uma iniciativa do 2º Tenente BM Ailson Melo e do Cabo BM Jonathas Raposo. Segundo eles, desde que a Banda de Música foi criada, em 17 de julho de 2000, seus componentes não passam por uma especialização desta importância, contando com aulas ministradas por professores da UFAL e monitores da própria Banda, que conta com um militar graduado e mais quatro estudantes do curso de música.

Segundo o Cabo BM Raposo, acadêmico do Curso de Licenciatura de Música pela UFAL, o curso é um importante incentivo para os bombeiros da Banda, que precisam de motivação e especialização para prosseguir firme na atividade. “Todo profissional necessita de incentivo, e com esta capacitação o grupo irá melhorar consideravelmente, pois a partir do momento que se tem um embasamento teórico, a prática se conquista”, afirmou o Cabo músico.

As aulas tiveram início no dia 17 de agosto, e tem conclusão prevista para dezembro deste ano, totalizando cerca de quatro meses de instruções, entre teoria musical, harmonia, percepção rítmica, história da música, tecnologia musical, a qual abordará conhecimentos sobre os avanços tecnológicos na música; e ainda, a disciplina de regência, com o Regente da Orquestra da UFAL, Maestro Alípio Martins.

Um dos músicos que está na Banda desde sua fundação, o 1º Sargento BM Lúcio Melo lembra que, no início, todos os 13 integrantes eram combatentes, pois ainda não havia sido criado o quadro específico para músico. Todos tiravam serviço operacional, e, durante as folgas, ensaiavam com seus instrumentos. Em 2001, veio o primeiro concurso interno para 3º sargentos e cabos músicos, e em 2006 o primeiro concurso externo, fato que colaborou para um crescimento significativo do grupo.

Para o professor da UFAL Marcos Moreira, as bandas militares foram a referência para todas as bandas civis, demonstrando sua imensa importância. Ainda segundo o professor, o curso vem promovendo a aproximação entre as duas instituições, bem como a revitalização da Banda dentro de uma instituição de ensino, com todas as ações que o ensino proporciona. “A expectativa é que o curso venha como uma oportunidade para a abertura de um novo canal de apoio à Banda. Dentro do CBMAL cada um tem sua importância, além de salvar vidas é preciso salvar a cultura militar no sentido musical”, ressaltou Moreira, enfatizando a honra em ter a Banda de Música do CBMAL como tema de seu grupo de pesquisa denominado “Metodologia e Concepção Social do Ensino Coletivo Instrumental”.

Motociclista da Briosa disse...

Vamos nos unir companheiros!!! É o que realmente tá faltando na Briosa a união das praças realmente não existe!!!

Anônimo disse...

Blog totalmente sem nexo . So tem briga de praça contra Oficial. Observe os outros do blog do Brasil. Vamos fazer coisas construtivas em prol da PMAL.

Anônimo disse...

Pessoal mais informação e menos enfeite no site, nem todo mundo usa banda larga, tirem esse papel de parede do fundo pelo amor de Deus...

Anônimo disse...

O nome do cara é Muammar Kadafi!!!

Anônimo disse...

Os malas acharam muito fácil... Com certeza vai ter mais e poderá ser pior se os "inteligentes" da segurança pública não fizerem nada.

Anônimo disse...

Parabens mais uma vez ao BEF. BEF, vcs sao o terror desse comando nefasto.

Anônimo disse...

Não entendi a parte que que diz q havia apenas um policial...
Até em Brogogó tem mais segurança com os dois soldadinhos de chumbo do delegado Batoré. KKKKKKKKKK

mister ''m'' disse...

ei...kkkkkkkkkk...tem alguém putinho olha!kkkkkk,ei,quem é que é corno?tô voando kkkkkkk,se for numerar os cornos da pm iria faltar número!
o blog tá massa mas o papel de parede tá foda mesmo,fica demorando pra aparecer a tela branca que dá pra se ler!
e ao cara que falou em coisa construtiva;meu amigo,se o cmt geral é um nazista,se o secretario não quer ovo,por isso colocou o cmt nazista(controle de tropa[ou pelo menos ele acha],e tá todo mundo comprado pelo sistema,incluindo toda espécie de babão estrelado,que são quem poderia dar jeito e não dão visando ascensão e interesse próprio(escrevi mentira?)por isso não batem de frente e fazem acontecer,para decepção da tropa que acredita inocentemente neles,dê aí uma idéia de ''coisa construtiva''!comece pelo sua unidade,com seus subordinados,aí a coisa pode ser construtiva,e não criticando,engolindo corda e indo na onda de quem deve!

Brigada dos mártires de al aqsa disse...

Motim? E POR QUE não? Alguma consideração? Alguma coisa contra?

Podemos fazer um motim sim, e nao vai dar em nada, porque no congresso nacional esta em tramite a anistia a partir de 1997 ate a data da publicacao pra quem fizer movimentos similares, vejam os bombeiros que invadiram o quartel do RJ e nao deu nada.

Vamos invadir o quartel geral e tirar luciano e depois por tabela vamos invadir a secretaria e tirar o dario, eles nao podem conosco

MOTIM JA!

Hezbollah disse...

Irmãos, a Fatah esta próxima. Vamos nos unir e fazer uma entifada contra esses ditadores Dario Gadaffi e Luciano Mubarak e derrubalos. Ja temos apoio para a nossa entifada vamos entoar nosso grito de guerra, vamos mostrar que somos como o povo palestino.

Anônimo disse...

Site inútil!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

BEF, vamos também falar e cobrar dos Senhores: Deputados, Federais, Estaduais, Senadores, vereadores, Prefeitos e a Sociedade em Geral, a Provação da PEC, para o bem de todos, e dos Profissionais da Segurança Pública Brasileira. O Brasil, é Rico e consequentemente têm recursos para Equipará os salários dos Profissionais da Seg. Pub. Bras.

Vamos, a luta gente, vai ser aprovado sim, ou Brasil para.

Militar.

Jenésio, o Pecador disse...

Essas coisas, normalmente, não acontecem com o Povo de Deus, pois "quando a cidadela não é protegida por Ele, em vão vigia a sentinela".

Anônimo disse...

7 de setembro é uma boa data para as tropas darem respostas aos governos estaduais. já pensaram se os pm boicotassem o desfile, com que cara ficariam os ditadores, ops governadores.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver