Deu no New York Times

Alagoas é citada em matéria que traz a explosão da violência no nordeste
Uma reportagem publicada nesta terça-feira pelo diário americano The New York Times relaciona o boom econômico brasileiro a um aumento na violência relacionada às drogas no nordeste do país.
O jornal comenta que "a geografia da violência no Brasil virou de ponta cabeça nos últimos anos", com uma queda de 47% nos homicídios no Rio de Janeiro e em São Paulo entre 1999 e 2009, enquanto no nordeste do país os índices de assassinatos quase dobraram na última década.
A reportagem observa que o nordeste é "uma região pobre que mais se beneficiou dos programas de transferência de renda que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva promoveu durante seus oito anos no cargo".
"O nordeste há muito tempo é atormentado pela criminalidade, mas o aumento mostra como o boom econômico brasileiro está levando a violência relacionada às drogas - a principal causa para o flagelo dos homicídios - a migrar para outras partes do país conforme os traficantes buscam novos mercados, sobrecarregando as forças policiais", diz.
Mercado mais forte
Para o jornal, "a mesma onda econômica que colocou mais dinheiro nos bolsos de milhões de brasileiros pobres, especialmente no norte do país, também estimulou mais tráfico de drogas e os crimes fatais associados a ele".
"Os traficantes de drogas, percebendo o potencial de um mercado mais forte, se concentraram mais fortemente no nordeste, gerando guerras do tráfico e violência fomentada pela dependência", comenta o jornal.
A reportagem observa que os Estados da Bahia e de Alagoas foram especialmente afetados pela explosão da violência, citando dados que mostram um aumento de 430% nos homicídios na Bahia em dez anos.
O jornal relata que no ano passado o índice de homicídios na Bahia foi de 34,2 por 100 mil habitantes, mais alto que os 29,8 por 100 mil habitantes verificados no Rio de Janeiro. "As autoridades da Bahia dizem que após um desnivelamento em 2010, os homicídios caíram 13% em 2011 até julho comparado com os primeiros sete meses de 2010", observa a reportagem.
Segundo o jornal, as agências de viagem estão preocupadas com o aumento da criminalidade violenta nas favelas baianas e com pequenos assaltos ligados à droga na região do Pelourinho, no centro histórico de Salvador.

8 comentários :

Cristina disse...

Observação importante:

"Segundo o jornal, as agências de viagem estão preocupadas com o aumento da criminalidade violenta nas favelas baianas e com pequenos assaltos ligados à droga na região do Pelourinho, no centro histórico de Salvador."

As agências de viagem só não estão preocupadas com a criminalidade em Alagoas porque AQUI NUNCA FOI CENTRO TURÍSTICO

sem pátria. disse...

cristina,alagoas é o segundo destino mais procurado do nordeste por turistas,é que aqui só serve pra encher ainda mais o bolso desses políticos safados que há décadas permanecem no poder,seja por eles mesmos ou pelos filhos e parentes.
o problema é que o brasil(minúsculo mesmo,maiúsculo por quê?) em sí é um pais de ladrão e de gente safada,deviam acabar logo e tornar-se de novo uma colônia de algum pais europeu ou americano.eu explico;nas ruas e até mesmo dentro dos batalhões algumas autoridades roubam e não são punidas(do oficial ao praça),outras,trabalham pra caramba e por quê estão sem cobertura são punidos.alguns são presos por tráfico e retornam à polícia por ordem de uma juíza(ou seja,o traficante agora é polícia por ordem de uma juíza!!!),o governo dá bolsas escola,formação,vale gás como paliativo mas não resolve o problema em sua base por quê não é interessante um povo culto,o interessante é um povo ignorante que venda seu voto por 20 reais.
num pais que na beira de uma lagoa um MENINO de 11 anos usa saia,se pinta e faz programa por 5 reais pra alimentar o vício em crack,enquanto novos programas sociais são criados todos os dias pra nossos ladrões comerem verbas federais,um pais onde se você matar uma pessoa e se apresentar você fica solto e se você matar um TATÚ você fica preso,num país onde só se consegue chegar a algum lugar se tiver QI(quem indique)não por sua competência.
agora me diga,oque se espera de um país desse?um lugar que a mulher de um governador dava nele de toalha molhada e que colocou na polícia toda sorte de lástimas que hoje perseguem pessoas que realmente estudaram e se esforçaram,que são regidos por um regulamento criado numa época que até hoje é motivo de vergonha e tem gente que defende com unhas e dentes.e o que me deixa mais irado é que a culpa é nossa,ninguém além de nós é culpado seja pela nossa índole que é assim mesmo seja por relaxamento mesmo ou seja pela certeza que lutaríamos sozinho e que seríamos abafados como tudo que tenta ser certo nessa terra sem lei.
sinceramente,eu me orgulhava e até me emocionava na hora do hasteamento da bandeira na formatura,mas hoje,tudo isso acabou.aquela bandeira não passa de um pedaço de pano,não tenho mais o mínimo orgulho de ser brasileiro nem tampouco faço questão de nada mais.tenho orgulho sim do meu trabalho,que é defender quem precisa,mas o brasil?eu quero mais é que esta terra de corruptos e ignorantes se exploda.orgulho de quê?
e sabe oque vai acontecer?ainda vai ter gente que vai me criticar e mandar eu ir pra outro país(como se eu não pudesse não iria!claro que iria!)e a culpa dessa ignorância não é dele,foi colocado em sua cabeça desde pequeno aquele lance de amor a pátria,de orgulho,coisas que só servem pra alimentar as engrenagens do sistema do pais do pão e circo,onde o povo tá ferrado mas tá jogando bola e sambando,que beleza(mal sabem que o brasil lá fora é visto como polo de prostituição e as mulatas são as principais propagandas)e apesar de tudo riem e se acham fortes por que enfrentam esses problemas na base da maloqueiragem,é,bacana...pobres coitados de mentes pequenas...

MEFIBOSETE disse...

COMPANHEIRO SEM PATRIA EU CONCORDO PLENAMENTE COM VOCE, EU QUE VIM DAS VERDADEIRAS FILEIRAS MILITARES SEI COMO É EMBUTIDO NA MENTE DO POVO O SENTIMENTO DE PATRIOTISMO: VOCE DEVE TUDO À PATRIA E ELA NÃO DEVE NADA A VOCE.
INFELIZMENTE NOSSO PAIS NAO TEM UM GRUPO TERRORISTA CONTRA A TIRANIA DOS PODEROSOS. EU IRIA ME ALISTAR E SERIA UM GUERRILHEIRO, POIS É O QUE ESTOU ACOSTUMADO A SER NAS RUAS DE MACEIÓ. ALÉM DE LUTAR CONTRA A CRIMINALIDADE TEMOS QUE LUTAR CONTRA OS COMANDANTES E GOVERNANTES. RAÇA DE VIBORAS! LIDERES MALÍGNOS, ENGANADORES, MAS DESCANSEM, ELES HERDARÃO AS RUÍNAS DA BABILÔNIA, ENQUANTO O POVO DE DEUS ENTRARÁ NA JERUSALÉM CELESTIAL.

Anônimo disse...

Amigos do BEF, vamos fazer uma campanha para que os nossos companheiros demonstrem TODA A INSATISFAÇÃO E DESMOTIVAÇÃO com essa cúpula da SEDS! Vamos fazer uma campanha para que todos os militares desfilem andando! Temos que aproveitar este momento, toda a ocasião é importante para que a população civil veja o nosso desorgulho criado por eles! Por favor!

Anônimo disse...

Nós moramos num verdadeiro Estado de Sítio. O impressionante é que o comando da segurança pública, brinca de polícia, nada nesse Estado é levado a sério, nada. Era preciso uma intervenção federal nesta república CHAMADA DE ALAGOAS.

Briosa em Foco disse...

PARABÉNS, DÁRIO CÉSAR E LUCIANO SILVA:

IML registra 21 homicídios em Alagoas

O caso de maior repercussão foi o assassinato do vereador de Anadia Luiz Ferreira de Souza, ocorrido na tarde desse sábado

Gazetaweb - com Jobison Barros

A criminalidade já se tornou uma constante na capital e no interior do Estado, principalmente quando o assunto em questão é o número de assassinatos. Quem atesta a informação são os Institutos Médico Legal (IML) de Maceió e Arapiraca - por meio de seus livros de ocorrência - juntamente com o Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods), que contabilizaram 21 casos neste final de semana.

O crime de maior repercussão foi o assassinato do vereador do município de Anadia, Luiz Ferreira de Souza, 61 anos, ocorrido nesse sábado (03). O parlamentar, que pertencia ao Partido Popular Socialista (PPS), foi morto com vários disparos quando retornava de uma rádio comunitária, em Maribondo. Segundo informações da Polícia Militar (PM), Luiz Ferreira havia anunciado no programa de rádio que seria candidato à prefeitura daquela cidade, nas próximas eleições, além de ter criticado a política local, fato que teria motivado o homicídio.

Luiz Ferreira, atingido dentro de seu próprio veículo, por tiros de pistola 9 milímetros, exercia a função de cirurgião e professor universitário. A polícia chegou a realizar rondas pela região, mas não conseguiu localizar os acusados.

O segundo crime vitimou o servente de pedreiro Cícero Ferreira de Siqueira, 37, na Rua Santa Rosa, no Tabuleiro do Pinto. A vítima tentou fugir, mas não conseguiu escapar dos 11 disparos deflagrados, enquanto caminhava em direção à sua casa. Cícero era natural de Pernambuco (PE).

Domingo

Reginaldo Santos Silva, 31, foi outro alvo de criminosos na Avenida Durval de Góes Monteiro, nas proximidades do “Forró do Louro”, no Tabuleiro do Martins. A vítima morava na Rua Sombra dos Eucaliptos, no Tabuleiro do Pinto, e estava em Alagoas há poucos dias.

Por volta das 03h, militares do 5º Batalhão registraram o assassinato de um rapaz identificado apenas como Felipe, atingido por nove tiros na feirinha do Benedito Bentes. Após cometerem o crime, os acusados empreenderam fuga da localidade.

Também na feirinha do Benedito Bentes, o agricultor José Bezerra de Lima, foi vitimado por arma de fogo. O trabalhador morava no conjunto Frei Damião, situado no mesmo bairro.

O outro crime tirou a vida de Rodrigo da Silva Ferreira, 33, na Rua Luís Clemente Vasconcelos, no Clima Bom. Nenhum morador quis relatar o ocorrido.

A polícia constatou um homicídio no Clima Bom I, onde Rogério da Silva Ferreira, 31, autônomo, foi atingido por tiros. Os acusados empreenderam fuga do local, tomando destino ignorado.


Continua...

Briosa em Foco disse...

Continuação

O ajudante de serralheiro José Cícero Marques de Souza - natural do Estado de Pernambuco e que morava no conjunto Otacílio Holanda, na Cidade Universitária, Tabuleiro do Martins, - foi atingido por vários disparos na localidade. A guarnição acionada ao local não soube informar os motivos que levaram à execução.

O Vale do Reginaldo também registrou dois assassinatos. Cosme Luciano Nascimento Santos, pedreiro, foi atingido por vários tiros e veio a falecer no local. Ele morava no conjunto Parque das Américas, no Benedito Bentes II. A outra vítima não foi identificada.

A Barra de São Miguel também não ficou isenta da violência que assola o Estado. A vítima, morta por arma de fogo, não foi identificada. Os autores do homicídio fugiram após o crime.

Interior

Chegando ao interior de Alagoas, a PM constata a morte de Denival Selestino, 28 anos, no Sítio Funil, situado na zona rural de Lagoa da Canoa. Segundo a polícia, o jovem foi encontrado morto no interior de um veículo Gol, de cor preta e placa MUX-3353/AL, que foi levado à Central de Polícia, no Prado. O corpo apresentava várias perfurações.

Na zona rural de Arapiraca, mais precisamente no Sítio Porção, Flávio Henrique Silva Brito não conseguiu escapar de um disparo de espingarda calibre 12. Segundo informações da polícia, o acusado chegou à casa da vítima, em uma moto, invadiu o local e efetuou os disparos, fugindo em seguida.

O primeiro crime ocasionado por arma branca aconteceu no bairro Baixão, em Arapiraca. A polícia informou que Edilson José dos Santos Silva, 38, teria sido atingido por golpes de faca, após ser assaltado. Ele foi socorrido à Unidade de Emergência do Agreste Doutor Daniel Houly de Almeida, onde não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. O acusado foi detido e encaminhado à Central de Polícia de Arapiraca.

Também em Arapiraca, no bairro Bom Sucesso, Gilmar Martins dos Santos, 21, foi vitimado por arma de fogo. Nenhum popular quis comentar acerca do crime.

A outra vítima, José Renato dos Santos, 17 anos, foi morta com vários disparos, na cidade de Teotônio Vilela. Dois homens em uma bicicleta teriam praticado o assassinato, conforme informou a polícia. O caso será investigado pela delegacia do município.

De acordo com informações de funcionários do IML de Arapiraca, mais cinco homicídios foram registrados.

Anônimo disse...

Alagoas tá que nem uma scania desgovernada, com a carroceria cheia de TNT, descendo uma ladeira e sem freio.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver