Não precisamos de mais marginais na PM

Um companheiro lotado na P2, certa ocasião, informou-nos a respeito de uma situação "curiosa". Em seu relato, dizia ele, "descobrimos que um marginal que foi preso pelo BOPE, em uma operação que resultou numa das maiores apreensões de droga no Estado, passou no último concurso [da PM], e mesmo tendo sido 'contraindicado' pela pesquisa social, parece que ele vai entrar porque a sua família é influente, e o comando não quer ir de encontro à decisão judicial que lhe foi favorável".
De posse dessa informação, que foi uma das primeiras que recebemos dos nossos leitores desde que começamos com as nossas atividades, e sabendo quem era a "peça rara", aguardamos o desfecho dessa situação. O Coronel Dalmo Sena, então Comandante Geral, convocou 900 candidatos remanescentes do concurso ocorrido em 2006, dentre os quais não constava o nome do "marginal". Este, por sua vez, impetrou uma ação judicial para ser inserido na relação dos 900 convocados. E assim, após o consentimento judicial, e após passar nas fases que deveriam ser eliminatórias (dentre elas a investigação social), e agora já na "gestão" do Coronel Luciano Silva, houve a sua incorporação.
Contudo, quando pensávamos em divulgar o que estava acontecendo, fomos surpreendidos com a notícia (de um dos membros da nossa equipe) de que a exclusão do marginal era certa. Então esperamos.
Não demorou muito, no BGO nº 054 de 22 de março de 2011, confirmamos a notícia, mas não a publicamos por um simples detalhe: "não queríamos dar 'pompa' ao comando, ainda mais devido ao dissabor que estávamos sentido em decorrência do IPM que foi instaurado contra este blog no começo daquele mês". No mesmo dia em que foi excluído, o marginal impetrou Mandado de Segurança, sendo que em poucos dias logrou o êxito almejado, o que foi publicado no BGO nº 065 de 06 de abril e 2011.
No mês seguinte, um leitor enviou-nos um e-mail, o qual virou uma postagem, onde ao final destacava:
"Bem, talvez os senhores já tenham visto ou ouvido falar do que aconteceu no CFAP, onde um aluno bandido envolvido com tráfico de drogas e assaltos após saber que tinha sido expulso do Curso de Formação de Praças, rasgou a farda da Corporação perante os demais alunos e disse para os oficiais que iria voltar (ou seja, que iria ser reincluído), e voltou. Isso demonstra mais uma desmoralização a que a Briosa Polícia Militar de Alagoas está exposta – o que não pode ficar abafado."
Neste momento, começamos a enviar para a imprensa o material inerente ao assunto revelando o que estava acontecendo, bem como "a vida pública ocupacional" do marginal (agora sem aspas). Entre o material que enviamos, o qual era composto por cópias de várias portarias inerentes à situação exposta, assim como os respectivos BGOs, damos destaque às páginas do TJ, e para alguns links, onde foi publicado o seguinte:
De março até agora [21/10/2008] já foram insaturados 192 inquéritos policiais por tráfico de drogas na Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN) e em 60% dos casos a droga comercializada era o crack. Esse número de procedimentos já é superior aos registrados em 2006 e 2007, levando-se em consideração ainda que o ano não acabou. Em 2006, foram 136 casos e em 2007, 122.
O grande número de flagrantes de tráfico de crack se deve, segundo o delegado Ronilson Medeiros, titular da DRN, ao valor cobrado pela droga na venda, bem como a facilidade para armazenamento e transporte, diferente da maconha. O crack, além de dar mais lucro ao traficante, causa uma dependência nos usuários muito maior e mais rápida que a maconha.
"O crack é a menina dos olhos dos traficantes. Como o tráfico visa o lucro, é mais interessante vender crack que maconha. Para se ter uma ideia, com um grama de crack dá para se fazer umas cinco pedrinhas, cada uma delas é vendida entre R$ 5 e R$ 10. Já no caso da maconha, uma bombinha custa R$ 2. Além disso, para levar o crack é muito mais fácil que a maconha. Tudo isso faz com que essa droga seja a preferida dos traficantes", afirmou Medeiros.
Além dos flagrantes de tráfico de drogas, a DRN registrou, esse ano, 46 prisões de usuários de drogas. Nesses casos foram feitos Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) e as pessoas liberadas. O delegado explicou que o que caracteriza se a situação é tráfico ou consumo não é apenas a quantidade de droga encontrada.
"Claro que o volume achado de droga é importante para perceber se o crime é de tráfico ou não. Mas, observamos também se a droga está embalada, se a pessoa presa está com grande quantidade em dinheiro trocado, se há papel para embalagem. Tudo isso é levado em conta para podermos tipificar o crime", detalhou Medeiros.
Classe Média
Do total de 217 prisões efetuadas desde o mês de março, a maioria aconteceu na periferia. Segundo o delegado, nos bairros mais pobres estão os "peixes pequenos", que ele classifica como a "ponta do iceberg". De acordo com Medeiros, muitos jovens de classe média, que moram em bairros nobres de Maceió, estão envolvidos com o tráfico de entorpecentes.
A prisão do universitário Leonardo Gamito, no mês passado, na Ponta Verde, lembrou o delegado, exemplifica a entrada de jovens da classe média no mundo do tráfico. Gamito, filho de um médico, é acusado de comandar a venda de maconha e cocaína na orla de Maceió. Quando foi preso, Gamito, que estuda Direito, estava com 40 quilos de maconha.
"A maior apreensão de crack de toda a história de Maceió aconteceu em julho, na Ponta Verde. O Leonardo Gamito foi preso também lá. O tráfico chegou a esses lugares, engana-se quem pensa que isso só acontece com os mais pobres. Temos aqui prisões todos os dias, geralmente são essas pessoas da periferia que são detidas, mas queremos também chegar a quem comanda o tráfico", disse o delegado.
Organização familiar
O número de mulheres presas por tráfico tem aumentado muito em Maceió, conta ainda ele. O delegado afirma que muitas delas entram no ramo para auxiliar os maridos e quando eles são presos, elas assumem juntamente com os filhos o comando do tráfico na região onde os companheiros atuavam.
"São verdadeiras organizações familiares. Os homens são presos e as mulheres ficam do lado de fora comandando tudo. Muitas delas são presas tentando entrar no presídio com droga para levar para os seus companheiros. Temos muitos casos aqui, de famílias presas", observou Medeiros.
Com Alagoas em Tempo Real // Teresa Cristina
E com um pouco de persistência, finalmente vimos a imprensa se manifestar a respeito:
ACUSADO DE TRÁFICO DE DROGAS VOLTA AO CURSO DE SOLDADO DA POLICIA MILITAR DE ALAGOAS
Leonardo Gamito havia sido preso pela própria PM com 23 kg de maconha e também pela DRN, mas a Justiça teria autorizado sua participação no curso
Por decisão judicial, Leonardo Gamito Pereira retornou ao curso de formação de praças nesta terça-feira (29), mesmo após publicação de exclusão publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na semana passada. Ele foi preso em 2007 com 23,9 kg de maconha e em 2008 por determinação do desembargador José Fernandes de Hollanda Ferreira.
Gamito, à época, foi preso pela primeira vez em 25 de dezembro de 2007 pela Polícia Militar na Operação Estrela Radiosa, comandada pelo coronel Coutinho. Com ele a polícia encontrou a maconha que trazia de Pernambuco para Maceió. Nove meses após foi preso na Ponta Verde, considerada área nobre da capital alagoana, por agentes da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN) que tinha como chefe o delegado Ronilson Medeiros.
Pelas informações policiais, ele era o responsável pelo abastecimento de droga e também cocaína na região nobre. Apesar de todas as acusações, a própria Justiça tinha permitido que ele respondesse em liberdade e autorizou que entrasse em caráter precário no curso de soldados.
Gamito teria recebido a informação enquanto os alunos estavam em forma. Um oficial teria pedido para que saísse de forma e lido o que foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE). Antes dele, no início do curso, outro aluno – identificado como Anderson Paulino da Silva – foi colocado para fora. Este era acusado de cometer vários furtos em hipermercados de Maceió e em seu histórico havia passagens pelo sistema prisional.
Um caso, nesse mesmo sentido, que teve grande repercussão dentro da briosa, foi o do ex-soldado Bruno Salustiano, acusado de comandar o tráfico de drogas na região do Jacintinho e de matar colegas de farda, um deles o soldado Valdir, da Radiopatrulha, onde ambos trabalhavam.
Salustiano foi preso pela Polícia Federal, colocado para fora da PM e agora cumpre pena em um presídio de segurança máxima em outro estado.
A Gazetaweb tentou obter informações junto ao Alto Comando sobre o assunto, qual o posicionamento da polícia. O coronel Gilmar Batinga, comandante da Polícia Militar disse que somente o comandante-geral ou o subcomandante devem se pronunciar sobre o assunto.
O major PM Oliveira, chefe da 5ª Seção (assessoria) do Comando-Geral disse que nesta quarta-feira (30) sentará com o comandante para obter informações detalhadas sobre o caso.
Fonte: Gazetaweb
Porém, nossa felicidade durou apenas poucos minutos, bem dizer menos de 10 (a contar de quando vimos a matéria online), mas foi o suficiente para que pudéssemos fazer um "screen" da informação (foto anterior), logo após o nosso contato na OAM nos ligar avisando: "saiu, foi publicado". Mal terminarmos de fazer um comentário a respeito do assunto na página da Gazetaweb, e "misteriosamente" a Gazeta de Alagoas deletou a matéria. Acontece que os demais setores da  imprensa, sempre atentos, perceberam o ocorrido e com as devidas informações divulgaram:
Denúncia: Acusado de tráfico de drogas vira soldado PM em Alagoas e Gazetaweb deleta a notícia
Tem coisas vergonhosas que parecem só acontecer em Alagoas, por decisão da juíza da 16ª Vara Cívil da Capital, Maria Ester Fontan Cavalcante Manso, o ex-presidiário acusado de tráfico de drogas, Leonardo Gamito Ribeiro, vestirá a farda da PM e usará uma arma daqui a dois meses pelas ruas de Maceió.
Leonardo Gamito Ribeiro foi preso no dia 22 de dezembro de 2007, por policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), após uma denúncia anônima, com 20 quilos de maconha no centro de Maceió, segundo a PM, a droga encontrada com o futuro soldado era procedente de Pernambuco e seria distribuída nos bairros de Jatiúca, Ponta Verde e Pajuçara.
Leonardo que foi preso em flagrante, foi julgado, mas cumpriu pena no regime semiaberto, um ano antes de ser preso, Leonardo prestou concurso para Polícia Militar, mas foi reprovado no teste físico, segundo o Portal Gazetaweb, Leonardo Gamito Ribeiro é parente de pessoas influentes, ele recorreu a Justiça, que determinou que Leonardo pode e deve ser um Policial Militar.
Ainda segundo a matéria do Portal Gazetaweb, o clima entre os policiais não são dos melhores, após os companheiros de farda descobrirem que um acusado de tráfico de drogas, preso em flagrante, será policial em breve. Um militar que não quiz se identificar disse ao Portal Gazetaweb que o clima chega a ser constrangedor e revoltante, e ainda emenda... "É uma vergonha uma coisa dessa".
A assessoria de comunicação da PM informou que o Comando está cumprindo a decisão judicial, mas que com a descoberta de um processo (por tráfico de drogas) contra o soldado, a PM voltou a pedir a exclusão do ex-presidiário Leonardo Gamito Ribeiro, dos quadros da PM.
Mas um fato curioso chamou a atenção do blog Salve Alagoas, o Portal Gazetaweb divulgou essa matéria feita pela repórter Regina Carvalho, como manchete no Portal, e após algumas horas deletou a notícia.
Nossa equipe tentou contato com o Portal Gazetaweb por telefone, para saber os motivos que levaram o Portal a deletar a notícia, mas uma atendente identificada como Juliana, nos orientou a tentarmos o contato via e-mail, o que foi feito e aguardamos uma resposta. Será que isso tem alguma coisa a ver com os parentes influentes do soldado Leonardo Gamito Ribeiro?
A polêmica sobre "o marginal que compõe os quadros da PM" chegou com força nos setores da sociedade, assim como da justiça, que embora aparentemente divida por decorrência da "presunção de inocência" tem como pensamento predominante o seguinte posicionamento: "isso tem que ser revisto pelo Tribunal [de Justiça], essa aberração jurídica não pode continuar assim".
Assim, em meio a esta situação, concluímos: "Não precisamos de mais marginais na PM".

46 comentários :

Anônimo disse...

Mais um PM do BPTran cobrando pedágio em ruas escuras no fds.

Anônimo disse...

o aluno Gamito está respondendo a 6 PDOs, se o comando quisesse exclui-lo já tinha excluido, tem alguma coisa errada ai!

Vento Mau disse...

Esse com certeza, mesmo dentro da PM não vai durar muito!!!

Anônimo disse...

Oxe! se tem o velames na Pm, pq não esse pé de chinelo??????Assim é perseguição!!!!

O CUMPRIDOR DE AMEAÇAS disse...

Leonardo Gamito, pode esperar: A SUA HORA VAI CHEGAR.
Peça baixa, ou você vai lamentar no inferno por ter entrado na PMAL.

Anônimo disse...

ESSA IMPRENSA ALAGOANO?!!!!.E ESSA GAZETA SEM SE FALA , É A PIOR COM CERTEZA.

Sargento Gilberto disse...

Ao "Anônimo" que disse:

"Oxe! se tem o velames na Pm, pq não esse pé de chinelo??????Assim é perseguição!!!!"

Qual o crime que o Velames cometeu? Aponte um! O crime do Velames foi lutar por uma PM melhor até mesmo para você, seu covarde. Se um cara que foi pego com quilos e mais quilos de drogas é - para você - um pé de chinelo, então você deve ser: ou parente dele, ou então alguém que faz parte da equipe desse marginal.

Para mim, você deve ser um desses oficiais perseguidores que vive se escondendo atrás das estrelas ou da função.

Uma Policial disse...

Concordo com o Sargento Gilberto.

Anônimo disse...

Votei no Velames e votarei novamente se ele for candidato, pois dos que estão aí ele é o único que tem coragem e conhecimento para enfrentar esse comando. Parabéns, Velames. Você é um exemplo a ser seguido. Suas ações, as quais foram bem exemplificadas em uma sindicância sua que foi publicada no BGO há algumas semanas, revelam bem o profissional que você é: disciplinado, técnico e pautado na lei. Quanto às punições que você sofreu, às quais todo mundo sabe que são oriundas de perseguição, tenho certeza que você irá reverter, como reverteu uma minha, em certa ocasião lá pelo 1º BPM. Aquela ajuda que você m deu possibilitou-me ser promovido por merecimento, e eu devo isso a você, como já lhe falei diversas vezes meu amigo. Eu tenho certeza que ainda hei de ver a anulação das suas punições publicadas em BGO, para honra e glória do Senhor, e humilhação dos perseguidores. E quando isso acontecer, meu amigo, vou dizer na cara de todo mundo que torce o nariz quando ouve o seu nome, que você é o cara.

Anônimo disse...

Concordo com o "Anônimo" acima.

Motociclista da Briosa disse...

Sargento Gilberto concordo com você e com o anonimo!!! Essa investigação social da PMAL e nada é a mesma coisa, pq ela não existe, só existe no nome!!!

Anônimo disse...

Velames vc esta de parabens, sempre soube q qdo chegasse na corporação um soldado igual vc esses oficiais iriam se roer... Os praças precisavam de pelo menos 10 homens com a sua mentalidade. Parabens!!! Esse Cel biritinga so pensa em escala, e o cmdº, cade as nossas promoçao imediata pra 3ºão?

Anônimo disse...

esse gamito é a versao atualizada do bruno salustiano,


o bruno salustiano todos sabem foi protegido pelo batinga durante o cfp 2006, pois o batiga tinha um caso com a mae dele.e o bruno salustiano todos sabem o resultado.

agora que sera que ta pegando a mae do gamito?

Jenésio, o Pecador disse...

Com certeza não sou Eu, nem ninguém do Povo de Deus!

Cabo Êta disse...

Ai, se eu descubro quem é... Com certeza irei cabuetar!

MEFIBOSETE disse...

GENTE, VAMOS DAR UMA CHANCE AO GAMITO, POIS SE O PRÓPRIO JESUS PERDOOU QUEM O MATAVA, POIS ELES NÃO SABIAM O QUE FAZIAM. ESTE TEMPO DE TRÁFICO DO JOVEM JÁ PASSOU(PELO MENOS EU ACREDITO) ELE ESTÁ CONVERTIDO AOS PÉS DO SENHOR E É UMA NOVA CRIATURA. VAMOS DAR UMA NOVA CHANCE A ELE, MAS SE ELE NÃO ESTIVER REALMENTE CONVERTIDO, O PRÓPRIO DEUS O ENVIARÁ ÀS TREVAS QUE É O LUGAR DOS FALSOS
DISCIPULOS.

MENSAGEM À BEF:

QUANTO A TRAFICANTES NA POLICIA, AO INVÉS DE DIZER QUE NÃO QUEREM MAIS, DEVERIAM LUTAR PELA EXPULSÃO DAQUELES QUE JÁ ESTAO. CADÊ QUE NINGUEM FALA DO: SGT MOZART DO 1º, DO SGT FIRMINO DO 5º, DO CB ANDRADE, SD VENTURA DO 4º, ENTRE OUTRO QUE A POLICIA SABE E PASSA A MAO POR CIMA. ESSE SARGENTO FIRMINO JÁ ATÉ TRAMOU A MORTE DE UM PRAÇA POR PRENDER SUA FAMILIA DE TRAFICANTE. FAÇA-ME O FAVOR!

Anônimo disse...

Amigos do BEF, vamos fazer uma campanha para que os nossos companheiros demonstrem TODA A INSATISFAÇÃO E DESMOTIVAÇÃO com essa cúpula da SEDS! Vamos fazer uma campanha para que todos os militares desfilem andando! Temos que aproveitar este momento, toda a ocasião é importante para que a população civil veja o nosso desorgulho criado por eles! Por favor!

Anônimo disse...

TA FUDIDO GAMITO, EU VOU TE PEGAR, PEÇA PRA SAIR, PEÇA PRA SAIR, OU EU VOU TE ACHAR NEM QUE SEJA NO INFERNO!!!

Anônimo disse...

Vai ser muito difícil o comando expulsar o referido, pois o Velames vem aprontando há vários anos, responde diversas sindicâncias e até hoje ainda se encontra no quadro da corporação, imagine esse cidadão que entrou agora ainda mais por força judicial. Infelizmente o nome da nossa gloriosa corporação não é mais respeitada.

Anônimo disse...

CIDADÃO "MARGINAL", QUE FIQUE CLARO! MARGINAL, MARGINAL, MARGINAL!

Anônimo disse...

Esse gamito e facil de ser reconhecido,ele tem virtiligo no rosto e nos cotovelos

Anônimo disse...

Para todos nos que fazemos parte do CFP 2011 (Turma do referido aluno Gamito) sabemos que o aluno não merece nenhuma oportunidade, visto que o cara como aluno já é tido como mal companheiro, ninguém, eu disse ninguém que tirar serviço interno com ele devido a falta de compromisso e a maldade que ele tem no coração. O Gamito é conhecido do CFP pelos altos índices de baixas, prejudicando assim os outros companheiros. Por esses motivos e outros todos os alunos da mesma turma do Gamito, que mais que ele saia da PM.

Anônimo disse...

É mais uma vez o BRIOSAemFOCO está fazendo pela PMAL o que os oficiais covardes deveriam está fazendo e não fazem por medo de perder a farda... Não é a mesma PM de antigamente.

Anônimo disse...

deu seja louvado e faça prevalecer a injustiça dessas pessoas que estão falando do gamito isso que estão falando dele é tudo mentira ele é uma cara bom eu o conheço e isso é pura perssegição,mas todo mundo já sabe quem é a pessoa que está fazendo isso com ele esta pessoa vem persseguindo ele é de muito tempo mas todos já sabem quem é essa pessoa inclusive já foi mostrada esta pessoa para o ministério público e a verdade vai aparecer nada se esconde nessa vida

sgt elder disse...

a verdade vai prevalecer

sgt elder disse...

eu quero que provem o que estão falando do gamito

paulo disse...

o que estão fazendo com o aluno gamito é uma covardia tremenda voces deveriam verificar,porque todo mundo sabe que isso é perseguião,eu sou pai dele e gostaria que vcs retirassem essa matéria porque eu vou ao ministério público denunciar esse abuso que estão fazendo com ele

Anônimo disse...

Ao suposto "sgt elder":

Clica nos links ao longo da matéria que você vai ver tudo, inclusive a condenação dele.

SD PM 2006 disse...

PAI DO GAMITO, TUDO AQUI É DE CONHECIMENTO PÚBLICO. FICA NA TUA, POIS "MERDA, QUANTO MAIS A GENTE MECHE, MAIS FEDE"

Anônimo disse...

Pode ir ao MP, seu pai de maloqueiro destruidor de famílias, mas leva também a condenação dele e as matérias da imprensa. eu achei fantástico a divulgação dos antecendentes desse mala, que nem dados cadastrais na PM tem.

Anônimo disse...

Companheiros de farda, sou do CFP e sei quem é o Gamito. Ele é uma pessoa que não serve para usar a farda da PM! Ele é tudo o que o meu colega de CFP disse anteriormente. Outra coisa, no mês passado foi derrubado o Mandado de Segurança que mantinha o referido marginal no CFP, mas ainda não sei o motivo pelo qual ele ainda está lá! Olhem no site: www.tjal.jus.br nos processos de 2º grau, procurem pelo nome de Leonardo Gamito e vão ver que está lá: “Agravo Regimental em Suspensão de Execução de Liminar”. Não sei porque ele ainda está na PM. E tem mais, ELE VAI DESFILAR NO DIA 07/09. Para quem quiser saber quem ele é, basta olhar um cara branco, com vitiligo no rosto e nos braços. Ele é do 3º PEL.

mc aluno disse...

o gamito é moreno e é do 2 pel,mas é um cara de coração bom pode perguntar sobre ele no cfap todos os alunos gostão dele inclusive eu que sou do 2 pel vcs estão cometendo um erro.pelo amor de Deus vai cuidar da sua vida e deixa a dos outros.e fique com Deus porque vc deve estar precisando muito,Deus te abençoe

Anônimo disse...

Rapaz...acho muito interessante esse blog...leio muito ele...é uma das conquistas de nossa categoria manter um blog q relate nossas dificuldades.
Mas eu preciso reafirmar o q afirmei da primeira vez que saiu uma materia sobre o Gamito. QUEM RASGOU A CAMISA FOI UM OFICIAL! E NÃO O PROPRIO GAMITO. EU POSSO AFIRMAR PORQUE VI...ALÉM DE RASGAR O MESMO COLOCOU A CAMISA (FARDA) NO LIXO.
O NOME DO OFICIAL É ANIBAL.
Espero que a PMAL resolva esses questões referentes a esse Sd, mas é preciso dar a cezar o que é de cezar!

Abaixo o militarismo!! Quero ser policia!!!
Abraço a todos!

Anônimo disse...

Eu nao sei quem é o Leonardo Gamito, e nem se ele tem bom ou mau coracao, isso não me importa e nem me interessa e nem interessa propria pm. O que interessa realmente é que o tal Gamito é REEDUCANDO, ainda cumpre pena no regime aberto pela pratica de crime previsto no art. 33 da lei de drogas, a saber: trafico. Entao, pelas vias legais, é incompativel a funcao policial a pessoas como ele. Foi processado e condenado com sentenca tendo transitada em julgado e pena sendo executada, pera la, o que é que ha meu irmao? Ser cachaceiro é uma coisa, ser esculhambar é outra, mas ser traficante de entorpecentes condenado é demais.

Nonô disse...

Eu endosso o coro de que "Não precisamos de mais marginais na PM". Por isso estou usando todas as minhas influências para que essa anomalia seja expurgada da PM o quanto antes, e, se for viável, quero que seja devolvido cada centavo que o Estado gastou com essa pessoa. Já pedi aos meus colegas do MP, aos doutos procuradores da PGE, que vejam a viabilidade jurídica dessa possibilidade.

PROMOTOR E.G disse...

O GAMITO S´FOI CONDENADO UM DIA PORQUE REPONDEU O PROCESSO TODO NA CADEIA,DAI EMPETROU EM HABEAS CORPUS,DIREITO DE IR E VIR .NO FINAL DAS CONTAS SABE QUAL FOI APENA PARA O GAMITO PAGAR ERA EM VEZ DE PRIVATIVA DE LIBERDADE FOI CONVERTIDADA POR RESTRITIVA DE DIREITOS,OU SEJA, NUNCA ERA PARA O GAMITO TER FICADO PRESO NENHUM DIA EU SOU TESTEMUNHA E O GAMITO NUNCA FOI REINCINDENTE A OUTRA VEZ QUE FOI PRESO FOI PARA RESPONDER O POCESSO PRESO E ASSIM O FEZ,SÓ QUE QUEM PRENDEU ELE NASEGUNDA VEZ FOI O DELEGADO RONILSON QUE POR SINAL NÃO PROVOU NADA ATÉ HOJE EU NÃO SEI OQUE O DELEGADO RONILSON ANDA PERSEGUINDO O ALUNO GAMITO ELE ANDA COLOCANDO UM MONTE DE MATÉRIA SOBRE ELE,E EU SOUTESTEMUNHA.PORTANTO QUEM CONHE O GAMITO SABE QUE ELE NÃO É O QUE ESTÃO FALANDO,ISSO É PURA PIROTECNIA.ABSURDO!

analista judiciário da uniaõ disse...

espero que a verdade prevaleca sobre o gamito porque foi um equivico do delegado ronilson medereiro quandisse que o gamito era traficante porque o mesmo o predeu sem nada

analista judiciário da união disse...

foi um equivoco do delegado ronilson edidanto aquela matéria na internet porque quem foi que prendeu na época o gamito foi outro delegado.

promotor tf disse...

queria que vcs provassem o que vcs estão falando

analista judiciário da união disse...

o delegadado rnilson só participou na prisão para cumprir um mandado de prisão quetão processual mas nunca prendeu o gamito em flagrante delito todo mundo sabe

TC QOC PM Renato disse...

SENTENÇA LEONARDO GAMITO RIBEIRO, devidamente qualificado nos autos do processo em epígrafe, atualmente no regime semiaberto, foi condenado a 02 (dois) anos e 06 (seis) meses de reclusão e a 250 (duzentos e cinquenta) dias multa, em regime fechado, após decisão do Superior Tribunal de Justiça, em sede do HC nº 150.447-AL, pela prática do crime previsto no art. 33 da Lei 11.343/06. Com vista, o representante do Ministério Público opinou favoravelmente à extinção da pena privativa de liberdade, porém, ressaltou a necessidade de intimação do apenado ao pagamento da pena de multa, para que somente após o seu efetivo cumprimento haja a declaração da extinção da sua pena. Em resumo, é o relatório. Narram os autos que o reeducando foi inicialmente condenado pelo Juízo da 15ª Vara Criminal da Capital a pena de 05 anos de reclusão. Entretanto, após interposição de Recurso de Apelação, o Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas redimensionou a pena para 04 anos e 02 meses de reclusão. Não satisfeito com a pena reformulada, o reeducando impetrou Habeas Corpus ao STJ, conseguindo a sua redução para 02 anos e 06 meses de reclusão no dia 29/04/2010. Obtêm-se da análise dos autos, ainda, que o reeducando foi beneficiado com a progressão de regime ao semiaberto no dia 12/11/2009, após cumprir o total de 01 (um) ano, 08 (oito) meses e 07 (sete) dias da sua pena, conforme decisão de fls. 96/98. No atual regime, o reeducando cumpre regularmente as condições a ele impostas, principalmente quanto ao comparecimento mensal a este Juízo, tendo realizada a sua última apresentação no dia 10/09/2010. Com isto, a pena imposta ao reeducando encerrou-se em 03/09/2010. Nessas condições, DECLARO CUMPRIDA a pena privativa de liberdade imposta ao reeducando LEONARDO GAMITO RIBEIRO, o que faço com base nos arts. 90, do CP, e 146, da LEP e em relação à pena de multa determinada pelo STJ em 250 dias-multa, este juízo é incompetente, conforme previsto no art. 2º da Lei Estadual nº 6.877/07, razão pela qual determino a remessa dos autos à 11ª Vara Criminal da Capital. Encaminhe-se cópia desta decisão ao Conselho Penitenciário. Dê-se ciência da presente decisão ao Representante do Ministério Público, bem como ao Advogado do reeducando (Procuração em fls. 130). Transitada em julgado, oficie-se ao TRE/AL, bem como ao Instituto de Identificação deste Estado sobre o teor da presente decisão. Remetam-se os autos à 11ª Vara Criminal da Capital, competente para a cobrança da pena de multa, conforme o disposto no art. 2º, da Lei Estadual nº 6.877/07. P.R.I. Maceió,01 de outubro de 2010. George Leão de Omena Juiz de Direito

***

Portanto, o Leonardo "Larápio" Gamito só será réu primário depois de 5 anos a contar de 03/09/2010, e ainda assim se não for reincidente durante o período de produção de prova.

Logo, Leonardo Gamito é bandido de carteirinha, r jamais deveria ter vestido a farda da PM.

A propósito, ele só conseguiu a liminar para fazer o CFP porque o filho dessa juíza é outro "cidadão infrator" que a PM prendeu por PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO, e todo mundo sabe que ela anda com raivinha da PM, e sempre que pode apronta das suas contra o comando ou algum militar que cai na sua Vara.

TC QOC PM Renato disse...

Além do mais, se o Gamito é realmente "primário" e "inocente", conforme alguns comentários (que julgo ser do próprio) o fazem, deixo no ar a seguinte pergunta: POR QUE O GAMITO DEU ENTRADA EM UMA AÇÃO DE PROGRESSÃO DE REGIME (que foi deferida em 12/05/2011)?
Vejam:

Concedida Progressão de regime

DECISÃO Cuida-se de requerimento realizado pelo reeducando LEONARDO GAMITO RIBEIRO em que busca autorização para estender o horário em que deve retornar a sua residência para que possa freqüentar os cultos da religião em que professa. Com esse fim, juntou Declaração do Responsável pelo Ministério Batista Missionário Ruarh Adonay comprovando-se os horários dedicados aos cultos realizados. O Representante do Ministério Público, com vistas, foi favorável ao pleito, ressaltando que o reeducando deverá retornar a sua residência, nos dias de culto, até às 22:30 h. Observa-se que há cultos que ultrapassam o horário imposto nas condições inerentes ao regime semiaberto nos dias de quarta e sexta feira e nos domingos. Dessa forma, posto que a Constituição Federal Pátria protege a liberdade de crença, AUTORIZO, ao reeducando LEONARDO GAMITO RIBEIRO, atualmente em regime semiaberto, nos autos do proc. n.º 001.09.006687-2, a se recolher até às 22:30h apenas nos dias de quartas feiras, sextas feiras e domingos, permanecendo o limite de 20h para os demais dias. Maceió,12 de janeiro de 2010. George Leão de Omena Juiz de Direito.

Como já foi dito antes, "essa anomalia há de ser expurgada do nosso meio".

Anônimo disse...

Tem esse detalhe! Leonardo Gamito foi preso, condenado e cumpriu 1 ano e 7 meses de sua pena na cadeia.

Só no ano passado (2010) foi que extinguiu-se a pena do citado "cidadão". Ou seja, demoraria 5 anos para o "Gamito" voltar a ser 'réu primário' (o documento de antecedentes criminais, ser "limpo").

E para ser incluso na PM, pede-se um documento de nada-consta criminal, onde com certeza, por ter sido CONDENADO recentemente, constaria no documento. Pra ter passado em branco, acredito que deve ter forjado documento de antecendentes criminais...
Trafico de drogas, estelionato...
É um autêntico BANDIDO! Xô BANDIDO!!

flávio,pm disse...

todos sabem que o gamito é inocente tem gente com inveja,vam cuidar das suas vidas a polícia é do estado e não de vcs.

maicom disse...

o gamito não deve mais nda a justiça podem procurar saber ele não ´e bandido há a polícia é do estado ninguém é dono dela lembrem disso senhores.

Zé de Sá disse...

Excelente matéria BEF!!!!!!
Tem que botar pra arrombar mesmo nesse maloqueiro, ladrão, traficante...

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver