Cinema é o maior barato

A Polícia Militar de Alagoas, hoje em dia pode ser chamada de tudo, menos de uma instituição séria.
É, decerto pesaroso fazer tal afirmação, mas chegamos a um ponto na nossa atividade diária que quaisquer atitudes tomadas pelos nossos pseudo-gestores não nos parece ser entendida como mais do que uma simples piada, de muito mau gosto por sinal.
E como o assunto é "piada oficial", vamos entreter o nosso leitor: Vocês sabem a última do Dimas "César"?  Aquele mesmo que foi a um estádio de futebol em porto alegre com dinheiro de diárias da PMAL enquanto deveria estar num congresso de Polícia Comunitária? (clique aqui) Pois ai vai a mais recente anedota do comando:
Não entendeu? Explicamos:
A seguinte publicação, constante no BGO do último dia 9 de Novembro, de sua ignorância o Sr. Subcomandante Geral da PM, determina que os comandantes das unidades elencadas na Nota de Publicação, por ordem cronológica, apresentem 10 policiais diariamente para irem "assistir filme" no Cine Sesi Pajuçara.
Aos fatos: 10 policiais militares pagos com o dinheiro público, numa Corporação carente de efetivo, cujo total é de 7.865 membros, em uma escala de 1 por 3, e excetuando-se os que estão doentes, os que estejam em folga, os que realizam atividades burocráticas e os cedidos a outros órgãos, ou seja, 10 policiais de uma Corporação que não tem sequer 800 policiais por dia para cobrir os 102 municípios do Estado estarão "representando a PMAL" em um evento particular, e pior – para assistir filme num cinema!
Podemos chamar esta instituição de séria?
COM A PALAVRA, CONSEG, OAB/AL, MPE E PGE.

12 comentários :

Anônimo disse...

Sinopse do filmes que serão exibidos:

CAMPONESES DO ARAGUAIA - Conta a historia de Policiais Militares que de tanto ficarem sem receber aumentos salariais, acabam deixando a PM para virarem camponeses na região do Araguaia, pois lá eles serão menos miseraveis.

COPA VIDIGAL - É um filme onde o Subcomandante da PM do estado mais violento do Brasil vai ao Vidigal assistir a um campeonato de futebol entre traficantes para tentar fazer a mesma coisa nas Alagoas.

CONFISSÕES - Historia de um secretario de Insegurança Publica onde ele confessa ser um incompetente e que só sabe babar politico para se dar bem.

CORTINA DE FUMAÇA - Filme documentário onde revela a verdadeira farsa de um governo corrupto para tentar encobrir os altos niveis de violencia do Estado, fazendo uma verdadeira cortina de fumaça sobre a realidade nefasta da crimanlidade.

SOBRE UMA LEI - Pelicula sobre o RDPMAL que é muito mais importante e superior a CF de 1988.

A CERCA DA CANA, O SILENCIO 63 E A TERRA SE FAZ VERBO - Curtas metragens com abordagens da tematica gay, em especial sobre a Mafia Cor de Rosa que tomou de Assalto a PMAL, estrelando o Capitão Bonfa e com a participação especial de KID BENGALA. Atores convidados: Dadá, Lulu e Gilmar Batinga.

Não percam esses filmes por nada!!!!

Anônimo disse...

Se os militares apenas trabalham, reclamam...
Quando o comando manda se divertir no trabalho, reclamam...
O que a tropa quer?

Anônimo disse...

Escala de 1 por 3 não...Aqui na Rp é 1 por 2, ou seja, trabalhamos 80 horas além da carga horária... Mas está bom, quem manda sermos os diferenciados que ganha + ou - R$ 100,00 por função especial perigosa enquanto os da ALE ganham o dobro do salário por carregar mala de deputado e servir de flanelinhas dos caros dos mesmos.

Anônimo disse...

Quem falou que a escala na PMAL é 1x3? Logo vcs do BEF... dando uma informação equivocada desse nível.... estou descepcionado com vsc. A escala é 1x2.... escala injusta.

Anônimo disse...

Pera ai companheiro, quem falou em divertir-se no trablho?
Quem quer sair na sua folga pra assitir esses filmes sebosos. Tah doido ´praca?
A tropaquer o secretario e o comandante no olho da rua.

Anônimo disse...

Meu amigo! É mais uma escala EXTRA, para ferrar com a TROPA!!!

Anônimo disse...

Gostei da sinopse dos fimes... Não vou perder por nada!!! kkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

é a politica do pão e circo, onde os praças são os palhaços da vez.

Anônimo disse...

Lei do Governo que cria comissionados na Polícia Militar burla Constituição

Militares da reserva voltarão ao serviço para cumprir funções administrativas, mas aprovados em concurso não serão convocados

Da Redação

O projeto de lei do governo estadual que convoca 800 policiais militares da reserva para assumir funções comissionadas é irregular. A proposta já foi aprovada na Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), mas vai contra a Carta Magna brasileira. Para procurador, solução seria convocar candidatos aprovados no último concurso público.

A ideia do governo é trazer de volta à ativa 800 policiais que estão afastados do serviço. Eles iriam substituir PMs que estão nas funções burocráticas e de guarda de patrimônio público. Para voltar ao trabalho, cada reconvocado ganhará R$ 700 em comissão. Com a medida, o objetivo do governo é colocar até 800 militares para cumprir com a atividade fim da corporação. Isso reduziria a carência de policiais nas ruas dos municípios alagoanos. Aprovado na CCJ, o projeto deve ser votado pelos deputados neste mês.
Da Redação
Procurador Luciano Chagas diz que solução é convocar aprovados em concurso da PM feito em 2006
A proposta até parece ser positiva, mas é irregular. Em um de seus dispositivos, o artigo 37 da Constituição estabelece que tipos de funções podem ser cumpridas por servidores
comissionados. “As funções de confiança [...] e os cargos em comissão [...] destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento”, diz a lei máxima brasileira. O problema é que o tipo de serviço que será desenvolvido pelos militares reconvocados não se encaixa com o que determina a legislação. “É difícil de imaginar que existem 800 funções de direção na Polícia Militar”, declara o procurador Luciano Chagas.

Para o procurador, o governo tem que convocar os candidatos aprovados no concurso público realizado em 2006 para suprir a ausência de militares nas ruas. “Tem que nomear quem foi aprovado. O Supremo Tribunal Federal (STF) já decidiu que, havendo vagas disponíveis, os aprovados têm que ser convocados”, afirma. A decisão do STF foi em 11 de agosto deste ano. Chagas ainda ressalta que o projeto de lei tenta burlar a legislação. “De acordo com a lei, o policial militar que completa 30 anos de serviço é obrigado a ir para reserva”, pontua.

CLAROS – O jornal Extra já mostrou em reportagem publicada em agosto deste ano que o efetivo da Polícia Militar de Alagoas (PMAL) tem carência de mais de oito mil membros. A informação é da própria corporação, que rotineiramente avalia seu quadro de praças. De acordo com relatório divulgado em janeiro deste ano, o estado precisa de 10.068 soldados, mas só tem 1.856. A situação é ainda pior quando analisado o quadro militar completo.

Somando todas as patentes de praças alagoanos - soldados, cabos, sargentos e subtenentes –, seriam necessários 15.202 militares, mas o estado só conta com 6.766. O claro é de 8.436 agentes de segurança pública. O número equivale a mais de 55% de déficit humano na corporação. “Com essa quantidade de claros, 800 policiais não dá conta nem em Maceió”, considera o procurador Chagas.

Dados da PMAL registrados em 2000 revelam o descaso com o efetivo da corporação. Há mais de dez anos, Alagoas contava com 4.113 soldados, o que significa 2.257 militares a mais do que nos dias de hoje. “Não dá para entender como um estado cresce, mas seu efetivo diminui. Não faz sentido”, comenta o procurador. Mesmo com um quadro humano maior que o atual, à época já havia carência de militares no estado. “O problema é sério. Se continuar assim vai acabar com a polícia. Pode fechar a corporação”, ressalta Chagas.

Anônimo disse...

em qual batalhao existe esta escala de 1 por 3 a nao ser no pelopes ou bopese for na pmal isso e mentira e das grandes

Meia Bola. disse...

Radopatrulha esta com 1 x 2 e 1 x 4 (12 X 24 e 12 x 48) ea maioria dos bpms de area estao com 12 x 36. é a escala aplicadana policia comapanheiro.

Agora no interior porque os caras sao ignorantes e nao tem estudo e aguentam tudo calado eles botam pra gibrar e vcs nao diz nada. NAO EXSTE escala de 1 x 2 e se vcs cumprem sao muitoé OTARIOS

Anônimo disse...

os praças que,como eu, foram DETERMINADOS a comparecerem dia 24 às 14 horas no cinema da pajuçara (acho), não estão perdendo por assistirem esses filmes,estão sim, sendo desrespeitados no direto a folga, já que estarei saindo nesse dia do serviço noturno e moro muito longe desse cinema...abusos como esse que nenhuma associação faz nada.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver