Dário, o Serial Killer da Língua Portuguesa

"O honesto é pobre, o ocioso triunfa, o incompetente manda." (Gregório de Matos)
(O ASNO DE BURIDAN E SEUS FARDOS DE FENO)
Pensávamos nós, nessa nossa teimosia de acreditar sempre na melhora gradual das habilidades do ser humano, que Dário, o César, era um desastre apenas no uso da língua falada. Sim, pois não, se quando o ouço "discursar" tenho a sensação que de repente perdi a capacidade de entender português ou que ele está falando em um dialeto estranho à nossa língua nativa. E eu não sou o único com essa opinião. Ele simplesmente não se faz entender. Cada palavra de Dário é um crime de "lesa-cultura" ou "lesa-língua".
Mas, para espanto geral, o homem é um desastre ainda pior com a palavra escrita. Dói na espinha dorsal ler os ofícios redigidos e assinados por Dário, o César. Pois sim. Concluímos que foi ele que redigiu os ofícios mostrados abaixo porque ninguém a serviço do Governo do Estado nesta terra do mestre Graciliano Ramos, não esquecendo de Aurélio (o popular "pai dos burros"), seria capaz de tão ilustre terrorismo com a pobre Língua Portuguesa. Dário representa, literalmente, o túmulo da Flor do Lácio. Depois dessa, não há mais nenhuma dúvida de que o pomposo secretário de defesa gazeou todas as aulas de português durante a sua curta e medíocre vida escolar.
Vejam que primor de ofício publicado na página 69 do BGO 212 de 14 de novembro de 2011:
Comecemos com a falta de atenção na redação de um documento oficial. Destacamos os erros em negrito. Vamos analisar as palavras soltas e depois as "frases completas" desse "serial killer" da língua de Camões. O primeiro erro grosseiro aparece no endereçamento do ofício. Está escrito: "Comandante Gerai da Polícia Militar A agoas". Depois, segue uma saraivada de impropérios.
Vamos ao jogo não dos sete, mas, dos muitos erros: "base de dadbs"; "infc rm&tizado" (será que ele quis dizer "informatizado"?); SisGOU (com U no final); "É parte", entre vírgulas não se sabe de que...; SisGOL (com L no final) – talvez aqui ele tenha lembrado da ascensão do Galo no campeonato; "nessja"; "produçâo" (com acento circunflexo; calma, a reforma ortográfica não chegou a tanto secretário, esse acento é utilizado para indicar as vogais tônicas fechadas. É correto aqui é utilizar o ~); "qialidade""às soluções" (pra que essa crase?); "cosntrução"...
Vamos agora às Frases:
1) Frase original: "...onde o módulo infc rm&tizado operacional da Polícia Militar no SisGOU, é parte, através das ocorrências policiais militares e termos circunstanciados de ocorrências;"
Nossa sugestão: "...da qual o módulo informatizado operacional da Polícia Militar no SisGOU é parte, em decorrência das atividades policiais militares ostensivas e dos Termos Circunstanciados de Ocorrências;"
2) Frase original: "Assim sendo, solicitamos que V. Exa designe um servidor público militar que preencha os requisitos necessários [quais requisitos secretário?], para acompanhar esse trabalho acima descrito, e que o mesmo seja o elo entre a SEDS, através da Coordenadoria Setorial de Integração (CSl) e a equipe de TI, a fim de avançarmos nesse processo de cosntrução de nosso banco de dados."
Nossa sugestão: "Em face do exposto, solicitamos a V. Ex.ª designar um oficial da PM [não adianta disfarçar porque Praça não seria designado mesmo] qualificado para acompanhar o trabalho acima descrito, servindo de elo entre a SEDS, por meio da Coordenadoria Setorial de Integração (CSl), e a equipe de TI, a fim de que se dê impulso ao processo de construção do banco de dados desta Secretaria."
3) Frase original: "Observando a qialidade e as possíveis dificuldades existentes, para enfim se buscar às soluções."
Nossa sugestão: "Observando a qualidade e as dificuldades porventura existentes, visando encontrar as soluções adequadas."
Para comprovar que não foi um fiasco linguístico isolado, o mesmo BGO fez publicar outro ofício deprimente para quem sabe um pouco de Português:
Vamos garimpar erros?
"Ofício Circula" (ou seria circular?);
Vírgula inconveniente no meio da frase:
"[...] a fim de evitar o retorno de drogas apreendidas, às ruas..." 
A frase é direta, secretário, e deveria ficar assim:
"[...] a fim de evitar o retorno de drogas apreendidas às ruas..."
Não façam com a vírgula o que vocês fazem com o efetivo da PM. A vírgula deve ser utilizada na hora e no lugar adequado, e por quem sabe o que está fazendo.
Agora, afora dos erros crassos de Português, Dário, pomposo como sempre, manda o comandante proceder a uma "competente análise e estudos" no âmbito da PM. Quer coisa mais sonsa do que esse rapaz? Que ele é grosso em gramática isso já se sabe, agora, querer que a PM faça "competente análise e estudos", aí já é demais, principalmente porque o ofício da promotora é quase todo dirigido aos delegados e às delegacias de polícia.
Constatamos assim outro fato triste: o secretário Dário é péssimo em interpretação de texto, mesmo sendo claro e preciso como o que se vê no ofício da representante do Ministério Público. Ele não entendeu nada do que a promotora solicitou.
Como é então que ele quer que alguém entenda a "Torre de Babel" que ele coloca em todo ofício expedido pela SEDS? É isso aí, se você acha que é fácil entender Dário, então você consegue ler isto:
"Apresento o Ofício n° 221/2011, da Promotora de Justiça Coletiva da Infância e da Juventude da Capital – 1º Cargo, Alexandra Beurlen, por intermédio do qual, a fim de evitar o retorno de drogas apreendidas, às ruas, sugere a adoção das medidas que relaciona, para o que, recomendo, no âmbito desse Órgão e, se necessário, na medida do possível, manter entendimentos com a representante do Ministério Público, para dirimir dúvidas."
E o danado ainda manda o comandante "dirimir as dúvidas" da promotora. Se o caro leitor quiser conferir, verá que o ofício da promotora publicado na página 68 do BGO supra, é firme e claro, e não traz qualquer sinal de dúvida, ao contrário, carrega um manancial de colocações de quem tem extremo conhecimento de causa.
Esse Dário é mesmo um gênio da fanfarrice...
Mas, para ninguém falar que somos turrões, o BEF tem uma sugestão para o "secretáro": mande instalar um Office 2010, pode ser pirata mesmo já que o Estado não compra software, e antes de imprimir os ofícios, use o corretor ortográfico do Word, quem sabe assim, a SEDS evita tantos erros grosseiros. Caso contrário, use o LibreOffice, que é gratuito – e por isso é utilizado até pelo TJAL – e surte o mesmo efeito na hora de fazer as correções gramaticais.
Entretanto, quanto à lógica e coerência dos textos, nem o Word vai resolver. Nesse caso, é melhor requisitar da Secretaria de Educação uma professora de Língua Portuguesa.
Só lamentamos pela professora... Suportar o Dário César ditando textos não deve ser coisa fácil: "Iscreva aí professora: sinhô goveador, a puiça miitar de Alagoas precisa recutar... Peraí, feçora, precisa é com 's' ou com 'z' de zóio?"
Ai, ui, ai... – depois dessa, será que "cada povo tem o(s) governante(s) que merece"?

19 comentários :

Anônimo disse...

esses erros, deixaremos de lado colega, porém queremos soluções, enquanto isso a bandidagem cresce a cada dia em nossa cidade de maceió, e nossa linda e maravilha terra do SOL, ALAGOAS....

Uma Policial disse...

Se uma pessoa não tem zelo nem com a confecção dos ofícios do próprio setor, como acreditar e esperar que essa mesma pessoa tenha zelo e dedicação com os seus atributos? No mais, o que resta claro é: precisamos de pessoas altamente qualificadas para nos representar, e mais que isso, sobretudo, para nos proteger. Caso contrário, estaremos destinados a situações muito piores que as que estão acontecendo. Se Papai Noel existisse, o que eu iria lhe pedir de presente era, simplesmente, que essa cúpula – tanto da SEDS quanto do Comando da PMAL – caísse de uma vez por todas.

Castro Alves disse...

O Livro e a América

Talhado para as grandezas,
Pra crescer, criar, subir,
O Novo Mundo nos músculos
Sente a seiva do porvir.
— Estatuário de colossos —
Cansado doutros esboços
Disse um dia Jeová:
"Vai, Colombo, abre a cortina
"Da minha eterna oficina...
"Tira a América de lá".

Molhado inda do dilúvio,
Qual Tritão descomunal,
O continente desperta
No concerto universal.
Dos oceanos em tropa
Um — traz-lhe as artes da Europa,
Outro — as bagas de Ceilão...
E os Andes petrificados,
Como braços levantados,
Lhe apontam para a amplidão.

Olhando em torno então brada:
"Tudo marcha!... Ó grande Deus!
As cataratas — pra terra,
As estrelas — para os céus
Lá, do pólo sobre as plagas,
O seu rebanho de vagas
Vai o mar apascentar...
Eu quero marchar com os ventos,
Corn os mundos... co'os
firmamentos!!!"
E Deus responde — "Marchar!"
>
"Marchar! ... Mas como?... Da Grécia
Nos dóricos Partenons
A mil deuses levantando
Mil marmóreos Panteon?...
Marchar co'a espada de Roma
— Leoa de ruiva coma
De presa enorme no chão,
Saciando o ódio profundo. . .
— Com as garras nas mãos do mundo,

— Com os dentes no coração?...
"Marchar!... Mas como a Alemanha
Na tirania feudal,
Levantando uma montanha
Em cada uma catedral?...
Não!... Nem templos feitos de ossos,
Nem gládios a cavar fossos
São degraus do progredir...
Lá brada César morrendo:
"No pugilato tremendo
"Quem sempre vence é o porvir!"

Filhos do sec’lo das luzes!
Filhos da Grande nação!
Quando ante Deus vos mostrardes,
Tereis um livro na mão:
O livro — esse audaz guerreiro
Que conquista o mundo inteiro
Sem nunca ter Waterloo...
Eólo de pensamentos,
Que abrira a gruta dos ventos
Donde a Igualdade vooul...

Por uma fatalidade
Dessas que descem de além,
O sec'lo, que viu Colombo,
Viu Guttenberg também.
Quando no tosco estaleiro
Da Alemanha o velho obreiro
A ave da imprensa gerou...
O Genovês salta os mares...
Busca um ninho entre os palmares
E a pátria da imprensa achou...

Por isso na impaciência
Desta sede de saber,
Como as aves do deserto
As almas buscam beber...
Oh! Bendito o que semeia
Livros... livros à mão cheia...
E manda o povo pensar!
O livro caindo n'alma
É germe — que faz a palma,
É chuva — que faz o mar.

Vós, que o templo das idéias
Largo — abris às multidões,
Pra o batismo luminoso
Das grandes revoluções,
Agora que o trem de ferro
Acorda o tigre no cerro
E espanta os caboclos nus,
Fazei desse "rei dos ventos"
— Ginete dos pensamentos,
— Arauto da grande luz! ...

Bravo! a quem salva o futuro
Fecundando a multidão! ...
Num poema amortalhada
Nunca morre uma nação.
Como Goethe moribundo
Brada "Luz!" o Novo Mundo
Num brado de Briaréu...
Luz! pois, no vale e na serra...
Que, se a luz rola na terra,
Deus colhe gênios no céu!...

Anônimo disse...

Mandem "Livros... livros à mão cheia... E manda o Dário pensar!" kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Depois de "o astro", agora é a vez de "o asno"...

Anônimo disse...

Ridiculo hehehehehe ai ario cesares hehehe

Sargento Gilberto disse...

Companheiros, vocês pegaram leve:

Vejam aí o que observei:

1 - DESIGNARÃO no lugar de DESINAÇÃO;

2 - ...prosseguimento no processo... seria: ao processo;

3 - ...é extremamente necessário... seria: ncessária;

4 - .e os TCO...seria: TCOs;

5 - faltou a vírgula após (CSI);

6 - No final, o ofício grafa ATENCIOSAMENTE com S no lugar do C.

É de lascar o cano.

Anônimo disse...

SAI DESSA, SARGENTO. TÁ QUERENDO SARNA PRA SE COÇAR?

Sargento Gilberto disse...

Amigo, eu agradeço a sua preocupação. Mas embora eu seja sargento e atue nas ruas enfrentando bandido de todas as espécies, o que não quer dizer que eu tenha cultura, eu não sou covarde e muito menos ignorante. O que eu fiz nada mais foi que manifestar-me de forma simples sobre UM TEXTO, em face da violação da norma culta ortográfica. Se “alguém” vai ficar ofendido por que este sargento foi implacável com a observação de gritantes erros, então que procure não se expor ao r... Além do mais, a julgar pelas formações acadêmicas das pessoas por quem passou os ofícios xerofotocopiados (obs: "xerox" é marca) e por todo aparato disponibilizado em forma de "meios" e assessorias, por onde passou antes da publicização, é imperdoável que erros primários constante de documentos oficiais, ainda mais da forma como foram “produzidos”. Como disse anteriormente, sou sargento, e como ser humano tenho as minhas limitações, mas até as minhas limitações tem limites!

Anônimo disse...

Eu pergunto aos senhores: Como é q o Coronel Maxuel vai conseguir redigir um ofício gramaticalmente e ortograficamente correto se ele nao consegue tirar o par de "Testicullum Cesariânus" da boca? Assim fica difícil. Vcs todos do BEF são intolerantes demais. Ah se o gabinete do Dário Cesar falasse...

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk Dai a Cézar ou seria César ou então Céssar ou pode ser ainda Céçar? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o que é de César.

Anônimo disse...

como diz o tiririca: RIDICULO LULU!

Anônimo disse...

Nós tamos vendo essa questão da sigurança en alagoa...vocês sabe né...é difici combater a violencia...temo que dar apêrto..nos praça..tudo macetoso..fui em brasilha, vi cumo fuciona lá, fui en sum paulo vi também...temo q trazer coisa desses lugar...a roda cidada é boa...só rodano e rodano...

Anônimo disse...

Dava pra ele cantar aquela música: Eu vou beber pra esquecer meus problemas, bebe negão...

Anônimo disse...

Durma com esses números Alagoas
Fora DADA, FORA LULU, ACORDA TEO

Contador de Homicídios no estado de Alagoas
Dia Mês Ano
1 94 1440
Fonte alagoas24horas 23/11/2011

Anônimo disse...

Alagoas tem quase o dobro de homicídios do que em outros Estados brasileiros

Só falta agora o Dário, o Cesar, também culpar o Governo passado pelo caos, pois o aumento foi de 40% referente a 2009.

Eita mas o Teo já era governador, e agora Bin Laden tá morto, Kadafi também. Já sei o tiririca porque segundo ele nada é tão ruim que não possa ficar pior

Anônimo disse...

Eu acho é TOME...

Anônimo disse...

não é mentira, na pesquisa disse: alagoas tem o maior indice de analfabetismo do país, e o Dario está nessa pesquisa.kkkkkkkkkkkk ou não. volta para escola cabra safado

Anônimo disse...

Em seminários acadêmicos nas Universidades, após verem algumas declarações do Dário, o Cesar, foi unâmine em tachá-lo de APEDEUTA!!!

Segundo o dicionárista Aurélio

apedeuta
Significado de Apedeuta

s.m. e s.f. Pessoa sem instrução, ignorante.
Sinônimos: burro,anta,asno,estupido,ignorantes,analfabetos ignorante

Porque será???????

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver