O povo morre enquanto o coronel sepulta o capitão

Durante o período de final de ano – momento em que muitas pessoas usam o 13º para fazer compras e pagar dívidas nas agências bancárias – as ruas do centro de Maceió ficam lotadas, caracterizando assim um certo formigueiro humano.
Como não poderia deixar de ser, boa parte do efetivo policial das unidades da capital é destina ao reforço do policiamento no centro da cidade, tudo com vistas a garantir a tranquilidade do movimento comercial, o que para os lojistas já está intenso.
Sendo assim, como sempre ocorre, visando coibir assaltos e furtos nessa localidade e imediações (cujas penas são inferiores às penas inerentes ao tráfico de drogas e assassinatos, por exemplo, crimes estes que são muito mais graves e até tem o patamar de hediondo), o Comando do Policiamento da Capital – e todos nós sabemos que há motivação financeira para tanto – descobre as demais áreas, onde a criminalidade apresenta altos índices, em detrimento do comércio sazonal.
Apenas para que os amigos briosianos tenham uma noção da gravidade dessa situação, que é o descobrimento de áreas, basta lembrar que há pouco mais de um mês, mesmo com o reforço do policiamento no Conjunto Carminha, os traficantes locais "mandaram um recado para a Base Comunitária" deixando claro quais seriam as suas ações, assim como estabeleceram o "toque de recolher". Ainda sobre o que anda acontecendo no Carminha, é de nosso conhecimento que crianças de 12 anos de idade andam acompanhando os movimentos das guarnições e relatando aos bandidos todos os seus passos na região. Ainda assim, nossas autoridades negam o fato e andam dizendo que "tudo não passa de fofoca".
Ontem, dia 25, duas das áreas descobertas já deram uma prévia do que está por vir, quando dois homens foram assassinados a tiros, um com 04 e outro com 13 (clique aqui). Isso, claro, sem esquecer que em uma semana os moradores da Ponta da Terra passaram a viver um clima de terror (clique aqui).
Apesar disso, não é só a sociedade que vai sofrer com as medidas de policiamento do CPC. Se por um lado o restante da capital vai perder policiamento para o centro da cidade, por outro a "nova" ideia do Coronel Gilmar (que através de seus atos demonstra que acabou com o resto de senso, se é que ele ainda tinha algum), muito divergente das ideias que ele tinha quando era capitão, vai não apenas engessar o policiamento, como também exterminá-lo, como já denunciamos em outra ocasião (clique aqui). Isso posto, afirmo: "O Coronel Gilmar de hoje em dia está sepultando o Capitão Gilmar de outrora".
Há algumas horas aconteceu uma reunião no CPC e ele, o Gilmar, determinou que fosse feita uma escala de serviço de 12 por 36, aplicando o que estabelece uma Portaria Ministerial do Ministério da Justiça – que se aplica apenas para as cidades que vão sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014, o que não é o nosso caso... Até aí tudo bem, só que o horário desse serviço será das 19:00h às 07:00h, "noite sim / noite não", isso quer dizer que o militar irá tirar 15 serviços noturnos por mês, onde a lei diz que quem tira um serviço noturno de 12 horas deverá ter, no mínimo, 48 horas ininterruptas de folga (art. 121 do EPMAL c/c RISG). E como sempre, o batalhão escolhido por ele para servir de "laboratório" foi o BPRp; e os militares daquela unidade já estão achando que o Batinga deva ter alguma coisa contra eles, pois o descaso para com os mesmos, tanto no que se refere às acomodações (clique aqui) até as condições de serviço, tem sido gritante.
É, meus caros, pelo que apuramos, os companheiros da Casa do Pitbull estão todos revoltados ao ponto de enlouquecer, principalmente por um detalhe: essa escala, que resta provado ser desumana, será cumprida apenas por soldados, pois os oficiais continuarão tirando 01 ou 02 serviços na semana, enquanto que os sargentos continuam com turnos de 12x24 / 12x48. Com isso, em pouco tampo vai acontecer o que o Capitão Emery observou em sua monografia, no ano de 2009, ou seja, que boa parte do efetivo do BPRp vai acabar de LTS.
Desse jeito, meus caros, só quem perde é a população, pois ninguém suporta essa escala de serviço, que já se encontra no mural e começa a partir de hoje à noite, dia 26 de novembro.
Para finalizar, trago à lembrança um fato que ocorreu em 2002, quando o efetivo da corporação era melhor empregado, ocasião em que no mês de março daquele ano 30 policiais entre oficiais e praças foram empregados no combate à dengue por semanas no bairro do Tabuleiro do Martins, em parceria com a prefeitura, algo que na visão do Coronel Ronaldo, então Comandante Geral, servia para mostrar que a preocupação da Corporação "não está apenas com a segurança da população, mas também com o seu bem-estar", algo que não se vê com as doutrinas de policiamento que estão sendo adotadas ultimamente pelo Comando de Policiamento da Capital, onde a vida humana é menos importante que as compras de natal.

30 comentários :

Anônimo disse...

esse coronel é louco

Anônimo disse...

COM CERTEZA O ''CAPITÃO GILMAR'' FOI SEPULTADO.QUEM DIRIA QUE ESSE OFICIAL-QUE SE ENQUADRA ENTRE OS MINIMOS DOS MINIMOS OFICIAIS OPERACIONAIS TOMA UMA DECISÃO DE MAIS UM BUROCRATA.
SIMPLESMENTE FODE O BATALHÃO MAIS EFICIENTE DE ALAGOAS.
15 SERVIÇOS NOTURNO NA RP É PARA DESTRUIR O POLICIAL.
SENHOR PERDOAI QUEM TOMA UMA DECISÃO DESSA!!!

Anônimo disse...

Neste clip ai ao lado que tem a foto do Coronel Luciano, com a música de Roberto Carlos "Lhe encontrar", quer dizer o que????? não entendi! Ele ta se referindo a que???????????

Anônimo disse...

Pode ser "encontrar ou 'reencontrar' o Dadá", kkkk

Anônimo disse...

Anonimo, quer dizer que ele esta perdido, meu amigo.

Anônimo disse...

Está cotado para ser Comandante Geral ou Sub-comandante, e aí?

Anônimo disse...

Esse tanbém deveria ir preso

Anônimo disse...

Gostaria de informar aos caros leitores que por meses fiquei sabendo de uma informação advinda da secretaria nacional de direitos humanos que pedia a apuração de possivel abuso de autoridade e crime de tortura que aconteceu em uma unidade policial do nosso estado, a denuncia foi feita pelo disque 100 e teve seus efeitos acatados afim de esclarecer o fato, pergunto não seria tambem a hora de acionarmos este mecanismo através do dique 100 da secretaria nacional de direitos humanos para denunciarmos os dismandos deste coronéis que rasgão diáriamente todos tratados acinados pelo Brasil, acredito que só temos a ganhar e não custa nada tentar.

Tudo na Hora disse...

Cinco homicídios no sábado e madrugada de domingo na Grande Maceió

09:30 - 27/11/2011
Redação, com assessoria

Cinco homicídios foram registrados na região metropolitana de Maceió na noite de sábado e madrugada de domingo. Nos quatro casos, a polícia não conseguiu prender os autores.

Na Rua da Floresta, no Tabuleiro, Fabiano dos Santos Nascimento, de 27 anos e sem residência fixa, foi morto a pedradas por um homem não identificado que fugiu do local.

Na Mata do Rolo, em Rio Largo, um homem não identificado matou com dois tiros o jovem Felipe Rodrigo Silva, de 18 anos, que morava no Loteamento Vila Rica, naquela localidade.

No Jacintinho, outro jovem, Anderson Mendes Barbosa, de 21 anos, foi assassinado por pistoleiros com seis tiros de pistola 380, sendo dois na cabeça e dois no peito. A v ítima morava na Travessa São Jorge, no mesmo bairro.

No terminal de ônibus do conjunto Frei Damião, no Jacintinho, outro rapaz, Joel Gregório dos Santos, de 20 anos, morador do conjunto Geraldo Bulhões, no Benedito Bentes 2, foi morto com vários tiros por homens não identificados, que fugiram em seguida. O fato ocorreu por voota das 2 horas da madrugada deste domingo.

E em pleno centro de Rio Largo, também durante a madrugada do domingo, Jean Carlos Batista da Silva, de 22 anos, foi morto com dois tiros na cabeça, na Rua Antônio Elias Calheiros, em Lourenço de Albuquerque, próximo ao terminal ferroviário, onde morava.

Fonte: Tudo na Hora

Tudo na Hora disse...

Quadrilha rouba carro, prende dono no porta-malas e faz arrastão em ônibus

15:09 - 26/11/2011 Da redação

Uma quadrilha formada por quatro homens fez um verdadeiro arrastão na madrugada deste sábado (26), no município de Messias. Primeiro, eles roubaram um veículo Corsa e prenderam o proprietário dentro do porta-malas do veículo. Depois, assaltaram os passageiros de um ônibus interestadual da empresa Progresso, por volta das 3h45 da manhã.

De acordo com a Polícia Militar, os assaltantes estavam no automóvel roubado quando pararam o ônibus. Eles apontaram armas para a cabeça do motorista e ameaçaram os passageiros. O bando levou os pertences de todos que estavam no coletivo.

Enquanto isso, o dono do carro seguia preso no porta-malas. Após o arrastão, o bando fugiu e, somente algumas horas depois, abandonou o veículo junto com o proprietário.

Todos os passageiros do ônibus foram conduzidos para a delegacia da cidade. Policiais ainda fizeram buscas, mas não conseguiram prender nenhum dos quatro integrantes do grupo. O caso fica sob investigação da Polícia Civil.

Fonte: Tudo na Hora

Real Deodorense disse...

Veículo colide após perseguição e tiroteio com PM

Seis pessoas foram presas e encaminhadas à Central de Polícia.

Dois casos registrados na noite deste sábado, 26, no Centro de Maceió mobilizaram a Polícia Militar. O primeiro aconteceu nas proximidades da Praça Dom Pedro II. A polícia foi acionada para prender um homem que estava atirando para o alto, em frente à Assembléia Legislativa. Equipes da Radiopatrulha, BOPE e ROCAM foram acionadas, mas o acusado jogou a arma e não foi preso em flagrante.

Em seguida, a polícia foi informada que indivíduos que estavam em um Citroen de cor prata e placa NMI-5521, teriam atirado contra um traseunte na Rua Augusta (Rua das Árvores), também no Centro.

A Polícia saiu em perseguição ao veículo e foi recebida a bala pelos ocupantes do Citroen. Na fuga, o veículo dos atiradores acabou colidindo contra uma parede, no cruzamento entre as ruas Melo Morais e Barão de Alagoas.

Havia seis indivíduos no veiculo: um menor de 16 anos, Micheline do Nascimento da Silva, 26 anos; Jadson Moreira de Oliveira, 26 anos; Carlos Eduardo da Silva Nascimento, 24 anos; Lenilton Nascimento dos Santos, 25 anos e Natan do Nascimento Babino, de 20 anos.

Com o grupo os policiais encontraram um revólver calibre 38 com quatro munições deflagradas.

Os seis foram conduzidos à Central de Polícia, onde foram autuados por formação de quadrilha e porte ilegal de arma. O caso será encaminhado para o 1º Distrito Policial.

Fonte: Real Deodorense

Cada Minuto disse...

Integrantes de organizadas de CSA e CRB trocam tiros. Cinco acabam presos

Um grupo de sete supostos integrantes de uma torcida organizada do CSA em dois veículos, uma moto e um Citroen C4, placa NMI-5521, cercaram e atiraram contra um grupo de torcedores do CRB quando estes passavam próximos a um mirante, no Bairro do Farol após a partida do Galo com o Joinville.

Após deflagrar os tiros, cinco integrantes do grupo acabaram se envolvendo em um acidente na Rua Melo Morais, Centro, quando o motorista do Citroen perdeu o controle do veículo e bateu em um muro.

Todos os jovens que estavam no veículo foram encaminhados para o HGE com escoriações leves e depois levados para a Central de Polícia, onde três deles foram presos, Carlos Eduardo da Silva Nascimento, 24 anos, Lenildo do Nascimento dos Santos, 25 anos, Jadson Moreira Oliveira, 25 anos.

Outros dois integrantes do grupo são menores de idade e foram encaminhados para as delegacias especializadas. No carro a polícia encontrou o revolver de calibre.38 usado durante o confronto de torcidas.

Fonte: Cada Minuto

Alagoas em Tempo disse...

Coletivo é assalto no bairro do Farol

27 de Novembro de 2011 08:05
Elisana Morais

Um coletivo que fazia a linha José Tenório/Centro, da empresa Real Alagoas, foi assalto na noite deste sábado (26) por três homens, no bairro do Farol, em Maceió.

Segundo informações, os criminosos subiram no coletivo e anunciaram o assalto. Na ação foram levados o dinheiro da empresa e o celular de um dos passageiros. Os assaltantes conseguiram fugir.

Uma guarnição foi acionada para tentar capturar os assaltantes, sem êxito.

Fonte: Alagoas em Tempo

Alagoas em Tempo disse...

Jovem é executado com vários tiros no Jacintinho

27 de Novembro de 2011 07:50
Elisana Morais

Um jovem identificado como Anderson Mendes Barbosa, de 20 anos, foi executado na noite deste sábado (26) com vários tiros, em sua residência, localizada na Rua São João, Grota Cigano, no bairro do Jacintinho.

De acordo com informações policiais, a vítima estava bebendo com amigos, quando foi surpreendida por um homem ainda não identificado que deflagrou vários disparos contra a vítima.

O caso será investigado pelos agentes do 9º Distrito Policial.

Fonte: Alagoas em Tempo

Alagoas em Tempo disse...

Policiais prendem jovens acusados de atirar contra torcedores do CRB

27 de Novembro de 2011 08:15
Elisana Morais com agências

Policiais da Rádio Patrulha e do 1º Batalhão da Polícia Militar, prenderam na noite deste sábado (26) cinco jovens, acusados de atirarem contra torcedores do Clube de Regatas Brasil (CRB), no Centro de Maceio.

Segundo informações dos militares, os agressores chegaram em um veículo Citroen, cor prata e placa NMI-5521 que colidiu contra uma parede. Com eles os policiais encontraram um revólver calibre “38” com várias munições deflagradas.

Os jovens sofreram escoriações e foram encaminhados para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde foram medicados e em seguida levados para a Central de Policia, no bairro do Prado.

Fonte: Alagoas em Tempo

Tribuna Hoje disse...

Adolescente é assassinado em Rio Largo com vários tiros na tarde deste sábado

Vítima era viciada em drogas e pode ter sido morta por dever aos traficantes da região

26/11/2011 16:24
Da redação

Mais uma vítima das drogas perdeu a vida antes mesmo de completar 18 anos de idade. O adolescente F. R. S. de 16 anos foi assassinado na tarde deste sábado (26) na Mata do Rolo, Rio Largo, mais precisamente no Loteamento Francisco Targino, localidade conhecida como Favela do Alemão.

De acordo com informações preliminares do Instituto de Criminalística (IC), os matadores do jovem deflagraram, pelo menos, cinco tiros que atingiram tórax, pernas e braços da vítima.

Segundo a mãe de F.R.S. a dona de casa, Valgeane Maria da Sliva, seu filho era viciado em drogas e não conseguia se livrar do vício, apesar dos conselhos dados por ela para que parasse. "Ele pode ter sido morto por dever aos traficantes da região que costumam não perdoar devedores", afirmou um dos vizinhos que preferiu não se identificar.

Além do IC, equiipes do Polícia Militar do 8º Batalhão, da Polícia Civil e Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local.

Fonte: Tribuna Hoje

newylton disse...

Como sabemos nssa policia esta passando por dificuldade, pen que nossos gestores não tem dignidadede admitir que passa por dificuldades, precisamos de gestores honestos e de coragem, pois os praças fariam um trabalho de melhor qualidade se os gestores o apoiasse, pois apoio a uma palavra dereciprocidade.

Anônimo disse...

RISG - REGULAMENTO INTERNO E DOS SERVIÇOS GERAIS:

ART. 185:


V - entre dois serviços de mesma natureza ou de natureza diferente, observar-se-á, para o mesmo indivíduo, no mínimo a folga de quarenta e oito horas, sempre que possível;

Emergência 190 disse...

Domingo, 27 de Novembro de 2011 as 19:48

Grupo desse grota e executa jovem a tiros

Por Redação

Pelo menos oito homens ainda não identificados mataram a tiros o jovem Joel Gregório dos Santos, 20, que residia na Quadra 6, do Conjunto Geraldo Bulhões, no complexo Benedito Bentes, parte alta de Maceió.

O crime foi registrado durante a madrugada do domingo (27), quando, segundo relatos de testemunhas, os desconhecidos teriam descido uma grota existente nas imediações do conjunto, onde após localizar a vítima, o executaram a tiros.

Com a chegada de policiais militares da Ronda Cidadã e do 5º Batalhão da Polícia Militar (PM), a área foi isolada, mas ninguém falou se testemunhou o assassinato.

A principio a Polícia acredita que o crime teve motivações pelo controle do tráfico de drogas na região.

Fonte: Emergência 190

Emergência 190 disse...

Domingo, 27 de Novembro de 2011 as 20:05

Jovem de 20 anos é morto a tiros em Rio Largo

Por Redação

Com dois tiros na cabeça foi morto durante o final da noite do sábado (26) o jovem Jean Carlos Batista da Silva, 22. O crime foi registrado em um dos trechos da Rua Antônio Elias Calheiros, próximo da estação ferroviária da cidade de Rio Largo.

O crime foi informado a policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar (PM) que deslocou uma equipe ao local, onde não conseguiu identificar nenhuma testemunha ou os motivos do assassinato, bem como a identidade do criminoso.

O assassinato de Jean Carlos será investigado pela delegacia da cidade.

Fonte: Emergência 190

Anônimo disse...

Eu já tô doente e por isso me colocaram na escala da guarda do BPRp... Vou me manter dodói pra não sair daqui nunca...

Gazetaweb disse...

IML de Maceió registra 17 homicídios neste final de semana

Apenas na capital, foram 11 assassinatos; maioria das vítimas é jovem

Mais um final de semana violento em Alagoas. Apenas na capital e Grande Maceió - que compreende municípios circunvizinhos, como Satuba e Coqueiro Seco, 17 homicídios foram registrados pelo Instituto Médico Legal (IML) entre a última sexta-feira (25) e este domingo (27). Dos 17, 11 ocorreram em Maceió.

Entre as vítimas está Agnaldo do Nascimento, de 30 anos, que foi atingido por quatro tiros na Rua Boa Vista, no bairro do Jacintinho, na noite da sexta-feira (25). No mesmo dia, ainda em Maceió, Cícero Cassiano da Silva, de 25 anos, foi alvejado por 13 disparos de arma de fogo, deflagrados por três homens não identificados, na Rua Belo Horizonte, em frente a um bar no bairro do Farol.

Na noite do sábado (26), a polícia também teve bastante trabalho. Uma das pessoas assassinadas foi Fabiano dos Santos Nascimento, de 27 anos, morto a pedradas na Rua da Floresta, no bairro do Tabuleiro do Martins, por um homem não identificado, que fugiu do local do crime sem deixar pistas. Também neste caso, a polícia não possui informações sobre a possível motivação do crime.

Outro jovem, Anderson Mendes Barbosa, de 21 anos, foi assassinado com seis tiros de pistola 380, sendo dois na cabeça e dois no peito. A vítima morava na Travessa São Jorge, no bairro do Jacintinho. O suspeito do crime fugiu sem ser identificado.

Já no interior, Jean Carlos Batista da Silva, de 22 anos, foi morto com dois tiros na cabeça, na madrugada desse domingo, no município de Rio Largo. O crime aconteceu na Rua Antônio Elias Calheiros, em Lourenço de Albuquerque, próximo ao terminal ferroviário, onde a vítima morava.

Também em Rio Largo, já na Mata do Rolo, um homem também não identificado executou, com dois tiros, o jovem Felipe Rodrigo Silva, de 18 anos, que morava no Loteamento Vila Rica. O corpo foi recolhido por uma equipe do IML, quando concluído o trabalho da perícia.

Fonte: Gazetaweb

Anônimo disse...

sem falar que o batinga quando era sargento, era muito macetoso. agora que quebrar com os praças. Já falei minha guarnição não prende, nem revista ninguém.

Cada Minuto disse...

Polícia trabalha com duas hipóteses sobre atentado a ônibus na Forene

por Paulo Chancey Junior

O atentado a um ônibus que foi incendiado no conjunto Margarida Procópio, no bairro da Forene, assustou muita gente e preocupa a polícia, uma vez, que foi cogitada a possibilidade da autoria ter sido do Primeiro Comando da Capital (PCC). No entanto, a própria polícia pede calma na apuração dos fatos e cogita outras hipóteses.

Segundo o Coronel Gilmar Batinga, do Comando de Policiamento da Capital (CPC), é preciso ter calma na apuração dos fatos. “O que a polícia sabe é o que o povo sabe. É preciso ter calma nesse processo de investigação, por que realmente isso não é normal acontecer, mas não adianta apontar o primeiro suspeito como culpado”, disse.

As primeiras informações dão conta de que 15 homens fortemente armados e encapuzados teriam esperado o coletivo chegar ao terminal e ser esvaziado, para que fosse incendiado e destruído totalmente.

Os criminosos teriam deixado faixas de protestos, cobrando melhorias no sistema prisional, onde vários integrantes do PCC se encontram detidos. Nas faixas e cartazes que foram deixadas no local, os incendiários diziam que se as melhorias não fossem cumpridas, vários incêndios desse tipo poderiam se repetir em vários pontos do Estado.

Por outro lado, a PM recebeu uma informação que vai de encontro a primeira versão dos fatos sobre o atentado. O grupo de homens poderia estar perseguindo o motorista do coletivo, para tentar executá-lo. O motivo para isto, ainda é desconhecido, assim como a identidade do funcionário.

A reportagem do CadaMinuto ainda questionou o Coronel Gilmar Batinga, se poderia haver ligação entre o atentado desta madrugada e ás ordens do tráfico de drogas no Village Campestre, que culminaram no fechamento de uma escola e dois postos de saúde no conjunto.

“Não adianta a gente tentar ligar uma coisa a outra, mas não podemos descartar também. Tudo isso é investigação. Mas, não podemos bater em cima dessa questão do tráfico, por que os criminosos não atraem atenção para os seus locais de atuação. Afasta os compradores de drogas e reduz as finanças”, afirmou.

Ainda nesta terça-feira, um documento descrevendo tudo o que aconteceu e materiais apreendidos no local do atentado, solicitados pelo CPC ao 8º Batalhão, que realizou a primeira diligência no local, serão entregues para sejam feitas as primeiras investigações.

Tudo na Hora disse...

Homem atira e mata motoqueiro após briga de trânsito

15:21 - 29/11/2011Josenildo Törres


Uma briga no trânsito terminou em tragédia, na tarde desta terça-feira (29), após dois condutores discutirem na Avenida Governador Lamenha Filho, no bairro Feitosa, próximo ao Terminal Rodoviário de Maceió. O garçom Genival Ferro dos Santos, de 24 anos, foi morto a tiros pelo motorista do Corsa Hatch de placas NMJ-2189 (Maceió/AL), cor verde, que fugiu sem deixar pistas.

Quando colidiram de frente, a motocicleta Shirenay - onde vinham Genival e sua esposa - trafegava no sentido Feitosa-Farol e o Corsa Hatch fazia o sentido contrário. Segundo a esposa da vítima, Lislaine Costa, após a batida o motorista do Corsa perguntou a Genival como ficaria o prejuízo no seu carro, ainda com os passageiros da moto caídos no chão.

Lislaine conta que seu esposo afirmou que pagaria os gastos assim que recebesse o seu salário. O motorista do veículo, então, deu um murro em Genival, entrou de volta no carro, fez o retorno, e deflagrou os tiros enquanto o motoqueiro e a esposa ainda se levantavam.

A vítima chegou a ser atendida por socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. Segundo sua esposa, o acusado é um homem branco e aparentava ter 25 anos.

O Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods) confirmou a versão de briga no trânsito. O caso será investigado pelo 9º Distrito Policial.

Tudo na Hora disse...

Mesmo após atentado a ônibus, PM descarta reforço na segurança

15:30 - 29/11/2011Sidney Tenório

Uma comunidade assustada. Essa é a melhor definição para a população do conjunto Margarida Procópio, no bairro da Forene, que foi palco de um atentado a um ônibus na noite desta segunda-feira (28). Mesmo após o episódio, o comandante de Policiamento da Capital, coronel Gilmar Batinga, afirma que por enquanto não deve haver reforço no policiamento na Forene. "Aquela região sempre foi tranquila, por isso ainda estamos investigando essa ação. Mas a resposta será rápida", disse o comandante.

Na manhã desta terça-feira (29), Batinga informou que policiais do serviço reservado estão investigando se a autoria do atentado foi da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), que atua em São Paulo.

A reportagem do Tudo na Hora esteve no local onde o coletivo foi incendiado por 15 homens fortemente armados e conversou com moradores sobre a violência na região e sobre uma possível ação do PCC. Nossa equipe circulou por várias ruas do conjunto e não viu nenhuma viatura da Polícia Militar no local.

No terminal do Margarida Procópio, o clima era de tensão entre passageiros e funcionários da empresa Tropical. O ônibus incendiado não estava mais no local, mas ainda era possível ver as marcas do fogo e da destruição. Afastando-se para não dar entrevista, um motorista disse apenas: "Estamos trabalhando normalmente. Os ônibus estão rodando", resumiu.

A comerciante Amália Maria de Azevedo, dona de uma pequena mercearia, disse que não presenciou o atentado, mas que ouviu os vários tiros deflagrados pelos criminosos. "Ainda estou assustada com tudo isso. Minha filha estava brincando na porta e correu para dentro de casa. Pensei que fossem fogos de artifício", relatou a moradora.

Um outro morador do conjunto, que preferiu não ter o nome revelado, afirmou que até a noite desta segunda-feira (28) o ambiente estava tranquilo no Margarida Procópio, mas hoje pela manhã o clima já é de insegurança. "Foram dados vários tiros e muitos diziam que aquilo era apenas uma amostra do que pode ser feito. A população está com medo", afirmou.

Sobre uma possível ação de traficantes, Batinga comentou que, desde a mudança de moradores para o conjunto Santa Maria, às margens da rodovia BR-104, houve um aumento de casos de tráfico na região do bairro Cidade Universitária e da Forene. "Ainda não descartamos nenhuma linha de investigação", acrescentou o coronel.

Anônimo disse...

o cap gouveia é o terrou na guarda municipal de marechal deodoro sendo o diretor de fato não de direiro até agora as autoridades não tomou as providencias.

Cada Minuto disse...

Defesa Social mantém operação para reduzir crimes em Batalha

por Agência Alagoas
Gilca Cinara - Arquivo


A cúpula da Secretaria de Defesa Social (Seds) se reuniu, na manhã desta quarta-feira (30), com o prefeito de Batalha, Paulo Dantas, e com o deputado estadual Luís Dantas. No encontro, foi destacado o trabalho que vem sendo realizado pela Operação Asfixia, da Polícia Civil, que vem reduzindo os índices de criminalidade na cidade que fica no Sertão do Estado.

Na semana passada , o deputado Luís Dantas havia solicitado apoio da Defesa Social para impedir a atuação de criminosos que vinham agindo em Batalha. Desta vez, uma comissão formada pelo parlamentar, prefeito, vereadores e comerciantes agradeceram o reforço no policiamento da região.

Como resposta, a Polícia Civil montou uma operação com 18 policiais para realizar abordagens e prisões na cidade sertaneja. Já a Policia Militar realizou trabalhos com o Batalhão de Trânsito, Pelotão de Operações Especiais. “As ações realizadas esta semana foram importantes para Batalha, com apreensões de motos, carros e drogas. De forma geral as pessoas estão satisfeitas e acham que a ação da polícia foi boa”, elogiou Luís Dantas.

Segundo o delegado regional de Batalha, Emanuel David, 90% dos assaltos eram praticados por uma dupla de ladrões. “Um dos bandidos foi preso em flagrante e as vítimas o reconheceram. O outro ainda não prendemos, mas já foi identificado e o pedido de prisão encaminhado à Justiça”, afirmou.

O comandante da Polícia Militar, coronel Luciano Silva, ressaltou que o serviço de inteligência da corporação também vem trabalhando para identificar e prender os criminosos que estão agindo em Batalha. “Paralelo às operações, nosso serviço de inteligência está trabalhando, especialmente para tirar de circulação pessoas ligadas ao tráfico de drogas”, garantiu.

O secretário da Defesa Social, Dário César, se comprometeu em manter as ações emergenciais e de inteligência contra os criminosos na região de Batalha. “Todos sabem das muitas limitações que temos, mas é preciso agir e não lamentar”, disse. Uma das ações será a transferência de oito presos que estão na delegacia regional, permitindo que os agentes possam investigar melhor os crimes.

Também participaram da reunião o secretário adjunto da Defesa Social, delegado José Edson de Freitas e o diretor do Departamento de Polícia Judiciária área 1, o delegado Kelmam Vieira.

Alagoas em Tempo Real disse...

Olavo Calheiros critica alto número de homicídios de AL em sessão da Assembleia

30 de Novembro de 2011 18:53

Amanda Farias

O deputado Olavo Calheiros (PMDB) usou a Tribuna da Casa de Tavares Bastos na tarde desta quarta-feira, 30, para comentar um artigo escrito pelo ex-governador Ronaldo Lessa (PDT), em que expõe o alto número de homicídios registrados em Alagoas, segundo dados do Ministério da Justiça.

De acordo com o deputado, Alagoas registra duas vezes mais assassinatos que os estados mais violentos do país. Ainda de acordo com o parlamentar, o governo do Estado não conseguiu reconhecer os índices de violência como alarmantes para que sejam tomadas as devidas iniciativas para mudar o quadro.

Logo após a explanação de Calheiros, quem ocupa a tribuna é o deputado João Henrique Caldas (PTN), que prometeu encaminhar requerimento à Mesa Diretora solicitando a relação de servidores da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), bem como aqueles que recebem a Gratificação de Dedicação Exclusiva.

Uma Policial disse...

Parabéns pelo texto, querida!

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver