Autoimolação pública

Há pouco mais de um ano, na Tunísia, o ato de imolação pública de um líder religioso, deu início ao que o mundo conheceu como "a primavera árabe", uma série de revoltas que muito embora tenham levado a morte milhares de revoltosos libertou as principais nações norte-africanas do jugo opressor de ditadores que permaneciam há décadas no poder.
Prova maior não há de que a tirania, por mais severa que seja deve ter – e terá – um fim.
E tudo começou com um auto martírio.
Se é verdadeiro que os pilares da instituição militar são a hierarquia e a disciplina, é necessário pensar que existam valores intrínsecos a estes – e nem por isso secundários – a serem levados em consideração por todos os que permanecem na nossa caserna. Não é de outro modo que o militar deva ter certo pudor no trato com o que é público e ainda mais com suas atitudes da vida privada.
A moral, portanto, é este tal valor agregado que dá significância aos dogmas basilares da nossa Polícia Militar.
Entretanto...
Quem de nós não ficaria severamente abatido com o fato de ter sido preso? Quem de nós (com o mínimo de vergonha e amor próprio) não teria dificuldade em olhar no semblante da própria família e fazer a "mea culpa" sobre o ocorrido?
Qualquer cidadão de moral e bom senso é levado a crer que esta partícula aditiva tão importante é condição sine qua non de uma verdadeira relação baseada em respeito, tanto próprio quanto mútuo.
Mas, assim como "não existem pecados do lado de baixo do equador" também não existem pudores quando se trata de poder próprio e nem limites democráticos na visão do Coronel Luciano Malvadeza, o nosso Luiz XXIV. O homem não tem um pingo de amor por si.
No que tange ao respeito próprio parece-nos que Luciano quer ver o quanto de estragos à sua imagem a sua forma de gerir o causou. Desta maneira, apresenta-se em público – e para o seu público – em um deprimente espetáculo de autoimolação, a impor a si mesmo o flagelo da desconsideração de seus próprios subordinados que recusam-lhe até mesmo a responder-lhe a um simples bom dia em suas formaturas matinais junto ao Quartel do Comando Geral. Uma deprimente prova de desprestígio nunca dantes vista nesta antiga corporação.
Alguns lamentam o fato, outros apenas observam a formação de um círculo de abutres a esperar que a carcaça que se tornou a sala do Comando Geral liberte-se de uma vez de sua alma, perdida e entregue a indubitável exoneração.
O exemplo é edificante aos demais e próximos sucessores, para que não trilhem pelo mesmo caminho do seu antecessor e procurem a coesão com a tropa, sob pena de perambular pelos corredores daquele quadrilátero cáqui com a cabeça baixa por tamanha vergonha.
Como dito por Edward A. Murphy: "Não há nada que seja tão ruim, que não possa piorar". Este adágio popular ocidental encontra guarita no comportamento recente de Luciano, que foi protagonista esta semana que precedeu aos atentados terroristas do "dezembro negro" de uma das mais cômicas, se não fosse trágica, colocações fora de propósito já existentes em toda a história da PMAL, merecendo destaque até no periódico de maior circulação do Estado; a Gazeta de Alagoas:
Na Coluna Fatos e Notícias, na Gazeta de domingo:
O CORONEL E O CENTRO DA CIDADE
Tropa reunida no pátio do quartel-geral da Polícia Militar de Alagoas, em Maceió. Atenção para as palavras do comandante, o coronel Luciano da Silva.
No meio do palavrório, sobre o trabalho e ações militares, o comandante falou sobre o problema da violência urbana. E surpreendeu.
Ao dizer que estamos na época de final de ano, com o 13º salário no bolso, o coronel fez a seguinte recomendação aos seus comandados: evitem as ruas do Centro de Maceió; se não tiver como seguir essa dica, então deixem a bolsa em casa, não levem dinheiro, porque a coisa não está de brincadeira.
Sim, foi isso mesmo: o chefe da PM pediu para que sua tropa tenha cuidado e evite o Centro da cidade, onde estão as lojas do nosso comércio.
E agora? É surreal e trágico, ao mesmo tempo. A recomendação, nos termos em que ocorreu, parece ser um tiro no pé.
Ao ouvir um troço desses, o que o policial deve pensar? Estará motivado e seguro para exercer seu grande desafio? E o comandante? É incompreensível sua atitude. A coluna não consegue achar uma explicação lógica para o discurso do coronel.
Convenhamos, para quem tem amor próprio isso é pior que a morte.

22 comentários :

Anônimo disse...

Aumento da violência em Alagoas mobiliza Renan.
Brasília – O senador Renan Calheiros (PMDB) recomendou “mais firmeza” no combate à criminalidade em Alagoas e advertiu: “O aumento da criminalidade tornou o Estado mais vulnerável e uma atração para os bandidos”.

- “É preciso dar um basta nesse pânico que está aterrorizando a população. Essa situação não pode continuar e eu estou à disposição do governador, das autoridades do Estado, para pedir ajuda à presidente Dilma e ao ministro da Justiça” – completou.

Renan lembrou que o único período em que a violência em Alagoas diminuiu foi no período em que foi ministro da Justiça.

- “Os números mostram isto. Entre 1998 e 99, quando fui ministro da Justiça, os índices de violência em Alagoas caíram. Depois de 2000 voltaram a subir e está nesse crescendo que preocupa a todos nós” – adiantou.

O senador Renan disse que não apenas ele, mas todos da bancada alagoana em Brasília, estão preocupados com a situação do Estado no que se refere à violência.

- “É uma situação inusitada esta que estamos vivendo em Alagoas. Eu senti isto na população; as pessoas estão nas ruas assustadas, há um clima de pânico generalizado e é preciso que o Estado retome as rédeas e exerça um controle efetivo. É preciso investir na inteligência e, sobretudo, na resposta rápida da polícia na apuração e na prisão dos criminosos. O que não pode continuar é a impunidade, porque ela (impunidade) estimula o crime e atrai os criminosos” – sustentou.

Renan observou que, enquanto nos demais estados as ações preventivas de combate à violência afugentam a criminalidade, em Alagoas a situação é o inverso:

- “O bandido acha: vamos para Alagoas porque lá a coisa está fácil e não é assim. Nós temos de mostrar que estamos preparados também para rechaçar essa investida do crime e, para isso, é necessário que tenhamos uma polícia preparada e, sobretudo, satisfeita” – concluiu Renan.

Senador a tropa ta com fome, sem dinheiro e perseguida, com escalas desumanas e carga horária em excesso. SOCORROOOOOOOOOOOOOOOOO

Omena disse...

Esse Luciano Malvadeza precisa de um tratamento urgente. Já se sabe q o nefasto é portador de esquizofrenia em ultimo grau, associada a uma psicopatia alucinante em conformidade com transtorno tripolar. Qdo criança fora violentado sexualmente por um vigilante. Da época do sinistro apenas lembra da farda que o seu varão vestia, daí o ódio que sente de homens de farda. FELIZ NATAL!!

Anônimo disse...

É um verdadeiro profeta. acho que já tinha a premonição que ocorreria arrastões. Só falta a GLOBO chamá-lo para a novela.

Anônimo disse...

PESSOAL NÃO SOU PM , MAS ADMIRO O TRABALHO DE VCS E A FORMA COMO SÃO DIRETOS NOS FATOS. POIS BEM, AQUI ONDE MORO TEM UM CABO PM CHAMADO "CHAVES DO 4° BATALHÃO", QUE ENVERGONHA AOS HOMENS DE BEM DA PM . ESSE MAL ELEMENTO ONTEM DIA 19/12/2011 ESTAVA ELE E SEU FILHO AQUI NO BAIRRO OURO PRETO ALTAMENTE EMBRIAGADOS CADA UM COM UMA PISTOLA E AMEAÇANDO QUEM IA E VINHA E AINDA COLOCARAM CAVALETES E CORRENTES PARA IMPEDIR A PASSAGEM DOS CARROS . CHEGOU UMA VIATURA E NEM SEQUER LEVOU O FILHO QUE NEM PM É . SERÁ QUE ELE TEM UM PEIXE TÃO GRANDE ASSIM ? PORQUE NUNCA DÁ NADA PRA ELE, POR FAVOR NOS AJUDEM E DENUNCIEM TAMBÉM , JA ENVIEI VARIAS MENSAGENS A CORREGEDORIA , GOSTARIA QUE HOUVESSE UM REFORÇO DA PARTE DE VCS . OBRIGADO

Anônimo disse...

As barbaridades e abusos não param por parte deste coronel. Imaginem que 90 novos pms formados no início de novembro ainda não foram promovidos. No entanto, estão servindo a sociedade alagoana com os salários de 800 e poucos reais.

Anônimo disse...

Esse é o primeiro comandante hilário da PMAL... devia ter vergonha de ser comandante e fazer igual ao Bobento: entregar o cargo, porque não é possível que faça mais coisa ruim do já fez.

ASCOM da PMAL disse...

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA PM

O comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel PM Luciano Silva, esclarece a inexistência do fato “O CORONEL E O CENTRO DA CIDADE” tratado na coluna Fatos & Notícias, da Gazeta, publicado no último dia 18 (domingo).

Na formatura matinal da última terça-feira (13), momento de encontro da tropa com o Comandante-Geral, houve, sim, a recomendação de comedimento e parcimônia, pelos policiais militares, no uso do 13º salário, sugerida pelo comandante-geral, que fosse priorizado o uso do dinheiro para pagamento de dívidas, impostos e compromissos de início de ano (IPVA, IPTU, matrícula em escola dos filhos etc), bem como os devidos cuidados de segurança com as compras em dinheiro realizadas pelo próprio policial militar, parentes e familiares, no período de fim de ano.

A atenção, de acordo com o comandante, deve-se a possíveis atuações de ladrões na região que, mesmo com o reforço no policiamento local, encontram formas de agir, neste período de aumento da circulação de dinheiro, devido às compras de fim de ano. Uma recomendação que serve, também, para toda a população. Portanto, totalmente distinto do que informou a coluna.

É salutar que, se tratando de um conceituado e respeitado periódico do Estado de Alagoas, haja uma averiguação sobre a veracidade de tal fato elencado, como reza o bom jornalismo, junto aos canais oficiais de comunicação social da Polícia Militar, para evitar a publicação da informação distorcida à sociedade alagoana, com as consequências danosas que possam advir.

Atenciosamente, Assessoria de Comunicação da PM-AL

Polícia Militar de Alagoas.

Uma Policial disse...

Eu fico imaginando como é que a esposa desse cidadão fica em meio a tudo que se comenta a respeito dele, e em especial à situação dele ter sido preso e o fato ter sido divulgado em cadeia nacional de televisão... Com certeza, na condição de esposa, eu não gostaria de passar por uma situação semelhante, e não tenham dúvidas de que (eu) "pediria" para sair do Estado em meio à tamanha vergonha...

Anônimo disse...

ESTA NA HORA DESTA BRILHANTE TROPA, FAZER ACONTECER PERANTE ESTE COMANDANTE, VMS FICAR INERTES, DESDE JÁ ACONSELHO E AFIRMO, INICIA-SE UM DESLIGAMENTO EM MASSA DESSAS ASSOCIAÇÕES SEJA ELA QUAL FOR, POR INERCIA E ABANDONO DA TROPA, SE QUEREM CONTRIBUIÇÃO (R$), LUTEM PELOS NOSSOS INTERESSES.... DESLIGAMENTO EM MASSA ..JÁ

Anônimo disse...

Barenco já pediu pra sair....já imaginava que ele não era tão burro...pra ficar aqui nesse estado! Daqui uns dia...quem ta indo embora sou eu!
rsrssrr

Desmilitarização da PM já!

Anônimo disse...

SE VCS POLICIAIS ESTÃO INSATISFEITOS COM A PROFISSÃO, SAIAM DA POLÍCIA. VCS RECLAMAM DEMAIS E AO MEU VER, SEJA QUEM FOR O COMANDANTE, VCS NUNCAM VÃO FICAR CONTENTES, SIMPLESMENTE PQ NÃO GOSTAM DO QUE FAZEM, VCS NÃO GOSTAM DE TRABALHAR E GANHAM MUITO BEM PELO POUCO QUE FAZEM. QUANTAS HORAS SEMANAIS VCS TRABALHAM? QUE TAL TROCARMOS DE LUGAR VCS PODERIAM SER COMERCIÁRIOS E ATURAR CLIENTES PEDANTES QUE FAZEM VC PEGAR TODA MERCADORIA DA LOJA E DEPOIS NÃO LEVAM NADA, CLIENTES MAL HUMORADOS, PATRÕES QUE PARECEM MAIS FEITORES DE ESCRAVOS, TRABALHAR TODOS OS DIAS DE DOMINGO A DOMINGO E SÓ UMA FOLGA SEMANAL. QUE TAL VCS FICAREM NO LUGAR DESSES TRABALHADORES?
PAREM DE RECLAMAR E FAÇAM MAIS PELA POPULAÇÃO QUE VCS JURARAM PROTEGER.

Anônimo disse...

Concordo plenamente, afinal elas existem para que? Não lutam pelos nossos interesses, são compradas, não lutam por nada e ainda dizem que a culpa é nossa, porque não nos mobilizamos. Elas que são incompetentes geridas por incompetentes que não sabem unir a nós praças, pois nós vemos nela simples coletoras de dinheiro. Quando precisamos de advogado é uma burocracia e só têm incompetentes, a única coisa que funciona é o dentista, o resto é uma porcaria. Somos enrolados há vários anos e nada dos 7% e nada dos quinquênios, e as associações apenas se reúnem, há mais de quatro anos só fazem se reunir com este governo hipócrita. Dai quando acaba a reunião, ficam rindo de nós palhaços que pagamos a associação na esperança de sermos atendidos em nossas reivindicações, é melhor não pagar nada DESLIGAMENTO EM MASSA DAS ASSOCIAÇÕES QUE SÓ TEM LADROES.

Anônimo disse...

NÃO ESTOU NA PM PORQUE GOSTO SEU ZÉ MANÉ, ESTOU PORQUE PRECISO, SE PUDESSE ESCOLHER SERIA DONO DE BANCO, MAS COMO NÃO POSSO, SIGO ESTUDANDO PRA VER SE ACHO COISA MELHOR PORQUE SINCERAMENTE ESSE MILITARISMO ME DÁ NOJO!
MILITARISMO É COISA DE MENINO BUXUDO!!!!!

Anônimo disse...

Essa eu tive que responder.
Querido Anônimo:
Sim, nos Policiais Militares estamos completamente insatisfeitos com a nossa profissão. O reflexo desta insatisfação é premente nas ruas. Não é verdade que ficariamos descontentes quem quer que seja o comandante, mas é verdadeiro que queremos e propomos uma verdadeira revolução na estrutura militar atual, da qual não suporta e nem mais comporta o atual modelo de policiais. Ah, tambem queremos que a democracia chegue a nossa instituição, afinal, ela é pública e nacional, nada mais justo do que as leis vigentes no pais as abracem e sejam aceitas dentro dela, e que possamos eleger o nosso legitimo representante. A motivação profissional é ferramenta de mais valia em todas as instituições, inclusive a sua.
Gostamos muito do que fazemos e por gostar do nosso trabalho, alguns de nós criaram este espaço. Justamente por não compactuar com a destruição do que mais amamos: a Polícia Militar de Alagoas.
Acreditamos que somos mal remunerados, pois mesmo que ganhassemos 4 mil reais, ainda seria pouco, pois em nenhum outro emprego, nem o dos magistrados, sai-se de casa para arriscar a vida por profissao. Arriscar a vida para defender os bens de primeira geracao de todos e ate mesmo objetos e propriedades particulares, como a sua bolsa, Anônimo, por exemplo.
Atualmente trabalhamos cerca de 56 horas semanais quando deveriamos trabalhar 36 horas. Lutaremos para diminir esta carga horaria cruel e orientamos que vc procure o seu sindicato, que fica na ladeira dos martirios e busque seus direitos trabalhistas.
Gostariamos de aceitar a proposta de trocar de emprego com vossa senhoria, mas acreditamos que seja um pouco dificil, pois somos militares concursados e apesar de poder se possuissemos horas livres exercer o vosso trabalho digno, infelizmente o inverso nao seria possivel, vez que para atuar na nossa profissão vossa senhoria deveria submeter-se a concurso público, ser aprovado, fazer um curso de formação e ai sim, poderiamos inverter a situação.
Tambem trabalhamos de domingo a domingo, e com uma folga semanal, alias, quinzenal. Lamentamos a sua condição laboral mas tambem orientamos a buscar uma melhor condição social atraves de uma qualificação profissional, pois é dificil lamentar por uma melhor condição profissional quando não se pode ocupar uma vaga melhor por nao encaixar-se em qualificacao exigida para tal.
Juramos proteger o povo, mesmo com o sacrificio de nossa propria vida, e o faremos se necessário for, em contrapartida este juramento nao nos coloca na condição de escravos governamentais e nem nos suprime o sagrado direito de pensar e omitir opnioes.
Espero que minhas palavras sejam valiosas e ajudem a tomar um rumo na sua vida...

...ou não!

Anônimo disse...

Esse Luciano só fala merda!!!

Anônimo disse...

Depois do manso ele ficou mansinho... Não tá nem assinando os BGOs, kkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

"Escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia em sua vida."

(Confúcio)

Anônimo disse...

quem foi esse côrno que disse que policial ganha bem e trabalha pouco manda a sua mulher entrar para pm

Anônimo disse...

O Problema da polícia tá no governo, enquanto o povo não deixar de se vender a segurança pública como outros setores do estado estarão a mercer de políticos linha-dura como o Sr Teotonio Vilela. não adianta jogar as pedras no Comandante da Polícia Sr cel Luciano, ele é apenas um pau-mandado do governador, assim como o secretário de Defesa Social, Sr Dário Cesar. Enquanto o povo não aprender a votar e a cobrar, a situação vai ser essa até o final do mandato do 01 'Teotonio Vilela'

Anônimo disse...

Cancordo com o colega, enquanto o 01 tiver no poder a situação não vai mudar se o Luciano sai, ele coloca outro caozinho obediente para fazer suas vontades, a população sofre pq quer, agora o ruim é que todos nós funcinários ou não pagamos o pato, enquanto o homem tiver com a máquina na mão 'Estado' ele vai ter dinheiro pra comprar quem ele quer pra realizar suas vontades, quando ele não pode mandar ele compra, oferece cargos etc.

Anônimo disse...

FUNK DO ARRASTÃO:

http://www.youtube.com/watch?v=6eeEHgEvAvE&feature=related

Anônimo disse...

funk do arrastão não é muito bom...mas é sugestivo!

Fui pro centro no domingo, e cair na tentação!
Fui pro centro no domingo, e encontrei o arrastão!
Arrastão, arrastão, arrastão, encontrei o arrastão!

No outro dia o coroné, acabou dizendo não,
disse que não tinha nada, que não tinha arrastão,
botou bope e rp atraz do arrastão,
depois disse na tv que ninguém saisse não,
disse pra tomar cuidado,
disse que não tava facil,
disse que o arrastão foi feito pros otarios!

arrastão, arrastão, arrastão, ninguém vá pro centro não,
arrastão, arrastão, arrastão, tenho medo do arrastão!

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver