Sargento C. Soares (outra estatística para a SEDS)

Enquanto eu procurava uma forma de abordar os assassinatos dos Agentes da Segurança Pública de Alagoas nos últimos tempos, com destaque para o Sargento reformado José Carlos Pereira Rodrigues (morto em 14/02), o Soldado Walter de Sá Carvalho (morto em 15/03), eis que me deparo com a morte do Sargento Cícero Soares de Melo, ou C. Soares, ocorrido ontem à noite (28/03), por volta das 19 horas.
Em curtas linhas, este é o segundo policial militar da ativa assassinado em menos de duas semanas. E tal qual o assassinato anterior, o militar estava em sua folga tentando prover a segurança da sociedade.
O Sargento C. Soares, outro cidadão trabalhador assassinado, policial militar, chefe de família, era lotado no BPEsc há cerca de 10 anos, onde era querido por muitos. Como a maioria dos policiais militares, Soares estava fazendo “bico” para complementar a sua renda salarial, pois o que recebe como Sargento da Polícia Militar não dá para sustentar a sua família. Ele foi alvejado por, aproximadamente, 30 disparos de pistola. Segundo testemunhas, o carro utilizado na ação foi um modelo Renaut Clio, de cor branca, placa NLV 1294/AL.
Se pudéssemos sintetizar a atual situação em que nos encontramos a nível de Segurança Pública em Alagoas, claro, e se pudéssemos apenas usar cinco palavras para tanto, usaríamos a comovente afirmação: “outra estatística para a SEDS”. Imaginem as tristes histórias por trás dessas cinco palavras. Imagine quantas histórias de vida podemos encontrar por trás de cada um dessas “estatísticas”.
Há muito tempo está evidente que a vida humana parece não ter muita importância por estas bandas, ainda mais diante de tanto descaso governamental (seja a nível municipal, federal e, principalmente, estadual), que tem como aliados a incompetência de analfabetos funcionais – “comandantes” e “secretários” – e a desmotivação da tropa.
Estamos vivendo um momento ímpar em nossa história. Temos vivido numa terra de ninguém, e estamos anestesiados em meio a tanta violência. Diante de mais este assassinato, e por não vermos na prática o que os nossos comandantes têm feito para minimizar essa situação, os quais só aparecem para posar para as fotografias quando algo positivo acontece, deixamos no ar a seguinte pergunta: QUEM (realmente) MATOU O SARGENTO C. SOARES?

30 comentários :

Anônimo disse...

Se pagassem os nossos direitos como PERICULOSIDADE (nosso serviço é altamente perigoso) , ADICIONAL NOTURNO ( viramos noites sem dormir), HORAS EXTRAS (sempre, repito, SEMPRE passamos da hora de largar) não precisaríamos estar fazendo bico. Queremos além de respeito, dignidade salarial.

saliente. disse...

isso foi vingança,mais de 30 tiros!

Anônimo disse...

QUEM MATOU O C. SOARES FOI O SISTEMA.
QUEM MATOU O C. SOARES FOI O DESCASO DO GOVERNO.
QUEM MATOU O C. SOARES FOI O DESCASO DA SUA PRÓPRIA POLÍCIA.
QUEM MATOU O C. SOARES FOI O BAIXO SALÁRIO QUE ELE RECEBIA.
POR FIM, QUEM MATOU O C. SOARES FOI O BANDIDO QUE SABE QUE AQUI EM ALAGOAS NINGUÉM LEVA A SEGURANÇA PÚBLICA A SÉRIO, E MUITO MENOS AS LEIS.

Anônimo disse...

COMPANHEIROS, DEEM UMA OLHADA NA MATÉRIA DESSE LINK:

http://www.briosaemfoco.blogspot.com.br/2011/03/consequencias-do-descaso_19.html

MAIS DE UM ANO SE PASSOU E NADA MUDOU. ISSO ATÉ CEGO ENXERGA, MAS O GOVERNO NÃO.

Anônimo disse...

TA NA HORA DE RADICALIZAR,SÓ CONVERSA NÃO ADIANTA DESDE QUANDO ENTREI PARA PM HA 21 ANOS ATRÁS JÁ SE FALAVA EM ADICIONAL NOTURNO,PERICULOSIDADE E ENTRA GOVERNO SAI GOVERNO E NADA PACIÊNCIA TÊM LIMITE,ENQUANTO ISSO TOME PM´S A MORREREM,POIS SE QUISEREM DAR UMA CONDIÇÃO DE VIDA MELHOR TÊM QUE FAZER BICO,E POR FALAR EM BICO QUE DEUS MIN PROTEJA POIS JÁ ESTOU INDO PARA O MEU.

Anônimo disse...

E o governo ainda manda um código de "vergonha" para tirar a arma do policial em folga, até quando vamos engolir isso sem nenhuma reação, querem nos escravizar, que vergonha é lastimável essa situação, como é que um cmt de pm se comporta de tal forma, tão inoperante, tão medroso, tão omisso. será que esse cara consegue dormir em paz?

Anônimo disse...

E para agravar ainda maias esta sintuação os ditos intelectuais, os cabeças pensantes, tentam impurar o novo código de ética da nossa "Briosa", proibindo o policial de folga em porta arma de fogo, provavelmente este eleboradores desse código de ética não tem noção do que é ser policial...só mesmo na nossa alagoas sofrida...

Anônimo disse...

Secretário Dário Cesar e os números de homicídios em AL
29mar/2012 – gazeta web
Na edição de ontem, quarta-feira, 28, a Gazeta publicou, na coluna Fatos e Notícias, um comentário a respeito de declarações do secretário de Defesa Social, Dário Cesar: ele disse que alguns estados não tratam com transparência os índices de homicídios – razão pela qual Alagoas figura como o lugar mais violento do país. O secretário enviou a este editor uma resposta, com seus esclarecimentos sobre o polêmico tema. Na edição desta quinta, a Gazeta publica, na mesma coluna, o texto de Dário Cesar. Para quem não acompanhou no papel, reproduzo abaixo (em azul) o comentário da Fatos e a reação do comandante da segurança pública. Vejam aí:
Quem manipula dados oficiais?
O secretário de Defesa Social, Dário Cesar Barros, fez ontem [terça, 27] um discurso controverso diante do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, no Palácio República dos Palmares, sede do governo de Alagoas.
Depois de pedir licença para dispensar o texto escrito, e pegar o perigoso atalho do improviso, fez afirmações duvidosas – que precisam de dados objetivos para serem consideradas verdadeiras.
Disse o coronel da PM: Alagoas é o Estado mais violento do País porque os demais governos “não têm transparência” nos dados sobre homicídios.
Dário Cesar disse que tem perdido o sono com a preocupação de reduzir os índices de violência que tanto atormentam os alagoanos.
Ele não informou quais os estados (e capitais) que estão maquiando os números sobre mortes violentas. Deveria, pois essa é uma acusação séria, feita por um secretário de governo que atinge governadores no país afora.
Caso não aponte quem anda manipulando dados oficiais no Brasil, o secretário alagoano ficará sob a suspeita de produzir ilações e inverdades. Certamente não foi essa sua intenção.
Secretário responde à coluna [na Gazeta desta quinta, 29]
“Caro Célio Gomes,
Fui informado sobre o relato na coluna Fatos e Notícias desta quarta-feira, 28, sobre as dúvidas que foram expostas em relação ao discurso proferido por mim durante solenidade acontecida na terça-feira, 27, no Palácio do Governo.
Agradeço a você a preocupação com a segurança pública do nosso Estado e comigo especialmente. Aproveito o ensejo para lhe manter informado e assim sanar as suas dúvidas.
Durante a minha fala citei a falta de transparência de alguns estados com relação aos números da Segurança Pública, não me referindo em nenhum momento a qualquer governador de estado, autoridade a quem não compete tais divulgações.
A afirmação foi feita com base na publicação do Ministério da Justiça nominada ‘Anuário Brasileiro de Segurança Pública’, em suas páginas 8 e 9; assim como também foi fundada na pesquisa do Ipea, publicada recentemente sobre ‘Mortes Violentas Não Esclarecidas e Impunidade no Rio de Janeiro’. Para facilitar a sua compreensão, envio os links e anexo para que você acesse e comprove tais informações.
Minha fala sobre essa questão foi corroborada logo após na exposição do senhor Ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, testemunhada por todos os presentes, inclusive a imprensa.
Disponibilizo também os números de telefones para que, assim, a qualquer dúvida que venha a surgir, você possa tirar entrando em contato assim que precisar.
Até uma próxima oportunidade,
Dário Cesar Barros Cavalcante, secretário de Estado da Defesa Social de Alagoas”

Anônimo disse...

Associações criticam projeto que reintegra militares da reserva
Discursos que não se afinam. Enquanto a cúpula da Secretaria de Defesa Social (Seds) comemora a reintegração de 32 militares da reserva – no projeto do Governo do Estado que visa incorporá-los em funções administrativas e de guarda patrimonial – representantes da Associação dos Subtenentes e Sargentos e da Associação dos Oficiais declararam que a estratégia do governo de aumentar o efetivo nas ruas “nasceu fracassado”.

A primeira turma de agentes especiais de militares da reserva, que conta com apenas 32 integrantes, recebeu treinamento e assumirá as funções em órgãos administrativos na próxima segunda-feira (2). Eles substituirão os militares que deixam a área burocrática para atuar no trabalho ostensivo, nas ruas da capital e de cidades do interior.

“A previsão do governo é que 800 militares da reserva sejam reintegrados, substituindo nos departamentos burocráticos os militares que deveriam estar nas ruas. Entretanto, das 300 primeiras vagas abertas apenas 32 foram preenchidas. Menos de 11% do quantitativo almejado. Algo que comprova que este projeto já nasceu fracassado em Alagoas”, diz o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos, Teobaldo Almeida.

O fracasso, ao contrário do alarde da cúpula da Seds, que comemora a chegada dos primeiros 32 agentes especiais dos 800 previstos, é atribuído por Almeida à falta de valorização.

“A ideia no papel é interessante e já foi implantada em outros estados – Rio Grande do Norte e Pernambuco – com sucesso. Entretanto, em Alagoas o projeto falha na aplicabilidade. Sem priorizar a valorização profissional, quem deixar a reserva receberá apenas R$ 700 a mais no salário. Além disso, nos outros estados a abrangência dos setores é bem maior, o militar sai da reserva para trabalhar de forma estratégica em escolas e departamentos mais próximos da população” completa Teobaldo Almeida.

Quem também questiona a aplicação da reintegração de militares da reserva é o presidente da Associação dos Oficiais, o major Wellington Fragoso. Segundo ele a ideia nem atraiu, nem vai atrair quem estava na reserva. “O governo adota políticas confusas. Forçou a aposentadoria de militares que tinham apenas 48 anos de idade e que ainda poderiam oferecer muito a corporação. Depois, faz essa convocação atrapalhada que não motiva. O resultado: a falta de adesão e confiança”, expõe Fragoso.

O major evidência que os problemas no efetivo da Polícia Militar de Alagoas se resolvem com concurso público e incentivos para quem estar trabalhando. “Sem incremento na base não há muito o que fazer”, revela o sargento que desconfia do sucesso do projeto em Alagoas.

REGIME – Conforme a proposta de reintegração dos militares da reserva, os agentes especiais trabalharão das 7h às 13h, na área administrativa, os que atuarão na guarda patrimonial seguirão regime de escala. O contrato de trabalho tem validade de um ano podendo ser renovado por mais um.
Já os militares que estavam nestas funções serão encaminhados para os batalhões operacionais de combate ao crime, com atuações nas ruas mais perto da população.

Anônimo disse...

mas um sofredor:
SENHORES CMTS QUANDO E QUE SENHORS VAO SAIR DO BIRO PARA VIVER A RALIDADE DA VIDA DE UM POLICIAL NAS RUA,PORQUE AS BALAS SO ACERTA OS PRACAS OPERACIONAIS E VOCES ESCONDIDOS NOS MESMOS SO ASSISTINDO E NAO TEM CORAGEM DE ASSUMIR ESTA RESPONSABILIDAS,A CULPA SAO DE VOCES QU NAO LUTAM POR MLHORIAS PARA TODOS,COM OUTRAS PALAVRAS VOCES SAO UNS COVADES QUE SOUBEM NAS COSTAS DO PRAÇAS,VOCES TEM AS MORDOMIAS DOS CMTS OS PRAÇAS A MORTE ANUCIADO NAS LUTANDO PARA DAR CONDIÇEOS DE SOBREVIVENCIA A NOSSOS FAMILIARES

Major Monteiro disse...

Como os amigos podem ver, nós informamos que o veículo utilizado para dar fuga aos assassinos do Sargento C. Soares era um Renaut Clio, de cor branca, placa NLV 1294/AL. Mais uma vez a população tomou conhecimento da informação ajudou a "inteligência" da SEDS a localizar o veículo (clique aqui).

OBS: faço questão de por inteligência entre aspas porque é muito fácil dizer que "estava trabalhando" na moita, onde ninguém via, e depois aparecer para tirar fotos e dar entrevistas como se fosse o responsável pelo sucesso da missão. Além do mais, vocês acham que a SEDS (Batinga e Cia Ltda.) vão dar o braço a torcer e dizer que pegaram os assassinos do soldado Walter ou localizaram o carro utilizado na morte do sargento C. Soares por causa de um blog de resistência, oposição e apócrifo, como bem informou o Batinga? É mais conveniente dizer que "foi serviço de inteligência que estava 'trabalhando' e que conseguiu chegar aos acusados".

Anônimo disse...

QUERO SABER QUEM PORRA VAI TOMAR MINHA ARMA QUANDO EU ESTIVER DE FOLGA PORTANDO A MESMA,SE ESSA PORRA DESTA LEI FOR APROVADA.

Anônimo disse...

Pense num homem de bem, esse militar, não tinha intriga com nínguem, ninguém mesmo. Ele foi morto por ser polícia, porque esse marginais safados, quando sabem quem é polícia matam, e se eles podessem matava toda polícia. Temos que botar pra lascar nestes bandidos temm que dá um basta.

Anônimo disse...

amigos, vejam esse link:

http://www.briosaemfoco.blogspot.com.br/2011/03/consequencias-do-descaso_19.html

depois vejam esse:

http://plantaopolicialmg.blogspot.se/2012/03/entrevista-com-rapaz-que-tomou-tiro-ao.html

pqp... enquanto os malas resistem a tiros a queima roupa, os chefes de família não tem a mesma sorte.

Soldado Rockeiro disse...

Foi mal, foi mal, foi mal aí, véi!
Se o BEF fala um monte de coisa que "você" não gosta
Com a página eletrônica e um monte de informações eles tem a faca e o queijo
Olho o jornal, eu ouço rádio, eu só ouço bosta
E na TV eu não gosto de nada que eu vejo

Uma camisa de força tamanho mirim
Vai tem que me explicar tintim por tintim
Por que a lei só se aplica a mim
Perigo pra sociedade é o que me dizem
E penso comigo mesmo:
"Por que não eu pra cuspir o pensar e tacharem de crime?"

É inverno no inferno e nevam brasas
Por favor, escondam-se todos em suas casas
Pois o anjo caído voa com novas asas
Briosa em Foco e todos mais que se opõem ao sistema
Quebrando a espinha de filhos-da-p*
Como num mergulho de águas rasas

LIBERDADE DE EXPRESSÃO!
DEIXA EU FALAR, DADÁ E GILMAR, FILHA-DA-**-**!
EXPRESSÃO!

A livre expressão é o que constrói uma nação
Independentemente da moeda e sua cotação
DEIXA EU FALAR, DADÁ E GILMAR, FILHA-DA-**-**!
EXPRESSÃO!

Preste atenção no que eu vou dizer
Consciência e rebeldia é o que é preciso ter
Pois minha mente pede, num hardcore ou reggae
A mensagem vem da ruas, não dá pra esconder
Eu tenho um segredo, já não tenho medo
Viver não vale nada se eu não me expressar
Seja certo ou errado, de cara ou chapado
Quem é calango do cerrado nunca vai mudar

LIBERDADE DE EXPRESSÃO!
DEIXA EU FALAR, DADÁ E GILMAR, FILHA-DA-**-**!
EXPRESSÃO!

DEIXA EU FALAR, DADÁ E GILMAR, FILHA-DA-**-**!
EXPRESSÃO!

LIBERDADE DE EXPRESSÃO!
DEIXA EU FALAR, DADÁ E GILMAR, FILHA-DA-**-**!
EXPRESSÃO!

A livre expressão é o que constrói uma nação
Independentemente da moeda e sua cotação
DEIXA EU FALAR, DADÁ E GILMAR, FILHA-DA-**-**!
EXPRESSÃO!

De junho a junho eu nasço
Eu morro de março a março
Presencio cenas impossiveis de traduzir para o cinema
Não perco atuações e atos
Mesmo quando abaixo pra amarrar os cadarços
Espaço, espaço, preciso de espaço
Para mostrar para esses covardes seu crepúsculo de aço
Imperial, como Carlos, eu passo
Conexão nordestina até Niterói
Morte e Vida Severina
Passando por Brasília, Reis

(CARALHO, VÉI!!!)

Anônimo disse...

infelismente fica dificio fazer um comentario,diante de tal situação,pois amanhan ,todos irão cruzar os brasos,e mais um conpanheiro sera esquesido.(afinal onde esta a nossa força,vamos levantar a cabesa enquanto há tenpo)

Anônimo disse...

ao amigo "Soldado Rockeiro": eu só não vou emendar com "Eu Quero Ver o Oco", porque muita gente da máfia rosa vai levar por outro lado e vai gostar kkkkk

Anônimo disse...

VCs QUEM FAZEM O BEF SÃO OS CARAS !!!!
BRIOSA EM FOCO NÃO PODE PARAR !!!!
BRIOSA EM FOCO NUN CA VAI ACABAR !!!!
BRIOSA EM FOCO ETERNAMENTE NA VEIA!!!!

Anônimo disse...

investguem as ultimas pri´sões feitas com elementos da grota do cigano,o renaul clio,estava na grota a tarde em um bar que tem uma sinuca.

Anônimo disse...

companheiros eu acho que a morte do nosso irmao sargento, pode ser represalia das mortes dos dois assaltante da casa loterica,nos temos que ir a forra,o conselho de segurança so pença em tirar nossas armas,o presidente do conselho de segurança quer ser conselheiro do tribunal de contas,o resto que se foda,conselho de segurança de merda.

Anônimo disse...

investiguem a alteração do major amorim, dono de uma empresa de segurança de eventos que disparou sua pistola contra um carro em um show de forró realizado na vox room e nada foi feito, fizeram um arrumadinho na central de policia. aguardamos mais informações sobre este fato.
Confiamos em vcs BEF!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

QUANTOS PRECISAM MORRER PRA SE TOMAR UM ATITUDE ENERGICA

Anônimo disse...

Cadê a cúpula da PM, só serve pra prejudicar os Praças, que se sacrificam e trabalha de verdade com esse salário de esmola " é uma vergonha ", temos que fazer bicos para sobrevivermos, enquanto esses comandantes atras de birô ganhando bem sem fazer nada!

Anônimo disse...

PMs são acusados de plantar provas para ter bonificação

O governo começou a pagar esta semana uma bonificação para policiais civis e militares que apreenderam armas e drogas. Mas não demorou muito para começar a chegar as primeiras denúncias de que os responsáveis pela Segurança Pública estão agindo ilegalmente para conseguir receber o benefício pago pelo Estado.

Somente nesta quinta-feira (29), a Comissão de Direitos Humanos recebeu duas denúncias de que militares plantaram drogas criando um falso flagrante. Segundo o presidente da comissão, advogado Gilberto Irineu, essas não foram as primeiras denúncias de que policiais estão plantando drogas e armas durante prisões em flagrante. Só que antes a medida era tomada para legalizar uma invasão a residência sem mandado judicial. Agora, o falso flagrante ainda pode render dinheiro, já que o Estado premia os policiais que conseguem tirar drogas de circulação.

Um dos casos relatados à comissão da OAB, ressalta Irineu, teve como vítimas adolescentes e jovens que participam de um grupo folclórico que estava reunido na Praça da Faculdade, no último domingo (25). "Conforme o relatado na denúncia, três policiais chegaram ao local em motocicletas e chegou a espancar integrantes do grupo. Um dos PMs retirou uma sacola com várias pedras de crack do colete do outro militar e perguntou, de quem é essa droga, cena típica de quem quer plantar prova. Neste caso, eles ainda praticaram crime de racismo, porque chamaram as pessoas de negrinhas", relatou.

Gilberto Irineu afirmou que está preocupado com o aumento no número de denúncias de implantação de drogas por policiais. "É preciso que o governo discipline bem as regras para que não pague bonificação a policiais que estão agindo à margem da lei. Isso pode levar a maus policiais a praticar crimes para ganhar dinheiro a qualquer custo", alertou o presidente da comissão.

Cópias das denúncias já foram encaminhadas para o Comando e para a Corregedoria da Polícia Militar e para a promotora Karla Padilha, do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial do Ministério Público.

SAMURAI disse...

Estamos vivendo dias negros e infelizmente sem esperança de melhora. Uq fazer? Pra onde correr? Como lutar contra todo um sistema corrompido, corrupto e corruptor? Coragem é uq nos falta, kd nossa valentia? Kd nossa bravura? Enfrentamos bandidos violentos, trocamos tiros e tudo o mais que nossa profissão exige, mas nos acovardamos na hora de brigar por algo q já deveria ser nosso, o direito.

Anônimo disse...

salvando-se os bons,têm muito companheiro fazendo merda na rua,porra aprendam a trabalhar,desse jeito essa sociedade hipócrita que já não gosta de policia vai nos ódiar cada vez mais.

Capitão América disse...

Quem conhece esse crápula do CEL LUCIANO, sabe que ele é um verme, um nefasto, indígno, desumano, agocêntrico, um ébrio mental, psicopata, que tem que passar por uma análise, feita por especialistas em psicopatologia. Procurem saber quem era esse LUCIANO no EXÉRCITO (EB)aí vcs irão vê que ele não presta para a sociedade,e sim, Presta, só para ele mesmo. Como é que um comandante passa pela tropa e não dá um bom dia, não dá valor a ninguém, nem vai ao velório dos seus subordinados, nem visita os batalhões, nem aperta na mão de suborninado, só quando está em solenidade, para dá medalha ou prémio.
Um Oficial que passou sua vida militar com a perna contudida, aí quando é comandante fica bom!, Deu macete a vida inteira dentro da PMAL, até em quantos não tenha cargo que levasse ele ao ápce, à realização profissional, vejam bem passou a vida inteira de muleta, mancando duma perna, mas quando é chamado para ser comandante geral o cara melhora, né dose?.
Luciano, vc não tem moral pra tropa, vc é um pau mandado, vc é subserviente, vc só pensa em galgar altos salários passando por cima dos subordinados, vc para mim é a escória, vc é indesejável, o pior cmt geral que já tive, faço questão de nem lhe vê, porque só de lhe vê me causa náusea (Náusea é a sensação de desconforto no estômago com uma vontade urgente de vomitar). Minha nota a vc Comandante geral é: -0.
Deixo aqui registrado o meu repúdio como Militar e como pessoa da sociedade, obrigado BEF, pelo o espaço a me reservado.

sd.2002 lado negro da força. disse...

sd.roqueiro,vc e o samurai são muito é andróides!(pesquise aí com os da antiga).

Anônimo disse...

MANDA O CEL BATINGA ABRAÇA OS ASSASSINOS DE POLICIAIS , COMO ELE FEZ COM O DO CAP MACARIO, DO SGT RODRIGUES DO SGT C. SOARES DO SD WALTER SÁ , AGORA A POUCO MATARAM OUTRO POLICIAL O TEN DA RESERVA MANOEL CAVALCANTE ,PROVAVELMENTE ELE TAMBEM IRA ABRAÇAR ESSES ASSASSINOS , ESSE CARA DE PAU

Anônimo disse...

VALEU O COMENTÁRIO DO CAPITÃO AMERICA. PARABÉNS!!
FALOU A PURA VERDADE! CONTRA O CMT GERAL CORONELA LÚ.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver