Soldado Wlademir: uma vítima do sistema

De amigos que estão completamente revoltados com a atual situação do Grande Amigo e Guerreiro Soldado PM Wlademir...
Antes do nosso relato, quero apenas informar que trabalhei quatro anos com este BRAVO POLICIAL que participou de grandes operações e prisões na PMAL, a exemplo da invasão ao cativeiro da menina MALU (sequestrada por mais de 6 meses), ocasião em que, com agilidade e destreza, prendeu três sequestradores que pularam o muro por trás da casa e a criança foi resgatada ILESA; em outra ocasião, participou da OPERAÇÃO FERNANDINHO BEIRA MAR, onde, junto com o serviço P2, conseguiu prender pessoas ligadas ao PCC quando Fernandinho Beira Mar estava em Alagoas; depois disso prendeu, sozinho, na orla da Pajuçara dois traficantes, bem como um foragido de Minas Gerais, tempos depois, acusado de latrocínio dentro do ônibus da Real Alagoas. O último fato, que foi público, ocorreu quando, sozinho, efetuou a prisão de um meliante que estava assaltando um ônibus da Real Alagoas, no Centro de Maceió.
A você, bravo companheiro e amigo, que de tão perseguido está irreconhecível, pelo seu estado depressivo, ofereço esta matéria, para que todos saibam a verdade sobre o que lhe aconteceu e ainda acontece com você.
DENÚNCIA GRAVE DE PERSEGUIÇÃO, TORTURA PSICOLÓGICA E FÍSICA
Em 2005, o Sd PM 9286.02 Wlademir Galdino Alexandre da Silva foi perseguido pelo então Coronel PM Joca Pimentel, Comandante do CPC e pelo então Capitão PM Davi Monteiro (hoje Major) auxiliar do referido comandante, onde sofrera inúmeras humilhações que culminou na sua expulsão da Polícia Militar do Estado de Alagoas. O Soldado PM Wlademir, na época, estava afastado, estando de LTS (Licença de Tratamento de Saúde), por estar se tratando de um derrame parcial (facial) de que fora acometido após ter sido humilhado publicamente pelo Coronel Pimentel e quando estava em busca de seus direitos na ACS (Associação de Cabos e Soldados) desmaiou e foi socorrido pelo SAMU, onde foi removido para o Posto de Saúde do Jacintinho e lá foi constatado que sua pressão muito alta e que ele havia sido acometido de derrame facial.
Estava se tratando em sua cidade natal (e de moradia), Paulista/PE, estando de LTS pela Junta Médica da Polícia Militar de Alagoas, quando recebeu uma  ligação do Comandante do CPC, que na época era o  Coronel PM Joca Pimentel, ordenando que o mesmo retornasse imediatamente ao trabalho ou seria expulso da Polícia Militar de Alagoas (esta ligação foi gravada e aceita como prova processual pelo Auditor Militar, na época MM Juiz James Magalhães), o que realmente foi realizado. O Sd PM Wlademir foi expulso sumariamente, sem nenhuma defesa, pelo Coronel e comandante do CPC Joca Pimentel, acusado de Deserção, mesmo estando de LTS pela Junta Médica.
Após este fato, ao terminar o tratamento médico e após passar por fonoaudióloga, psicóloga e médico psiquiatra, se dirigiu a Auditoria Militar e lá foi encaminhado preso ao PRESÍDIO MILITAR, respondendo pelo crime militar de DESERÇÃO (001.05.003555-0) onde permaneceu preso por 51 dias, compartilhando cela comum com presos de justiça (presos que respondiam por crimes de homicídio – HEDIONDOS).
Após ser absolvido por unanimidade, e na época ter se tornado o primeiro Soldado da Polícia Militar da história de Alagoas absolvido por crime de Deserção (segundo informou durante audiência o MM Juiz James Magalhães), conforme reprodução da sentença prolatada abaixo (e constando sua integra no BGO 081 de 03 de Maio de 2006):
Infere-se das provas carreadas para o processo, que o lapso temporal em que o denunciado foi  dado como desertor, ou seja: 26 de dezembro de 2004 a 04 de janeiro de 2005, o mesmo encontrava-se de licença médica conforme atestam os documentos de fls. 249, 371/verso, 372.
Além do que, tal fato era do conhecimento de seus superiores: Cel. PM Antônio Joca Lima Pimentel e Major PM Davi José Monteiro, segundo consta do conjunto probatório, inclusive, com a confirmação direta e indireta dos mesmos, sem nenhum respeito à pessoa humana da praça, tida como desertor, além de macular leis e regulamentos sobre a espécie.
Atente-se, afinal, que diante do que consta apurado neste processo,  os oficiais acima referidos, com suas condutas reprováveis, praticaram possíveis crimes contra a administração militar, pelo que devem responder.
Por fim, é de se concluir que os argumentos expostos pela defesa, estão consentâneos com a robustez da prova, no sentido da não tipificação do crime de deserção. Diante dos expostos fundamentos e considerando as diretrizes do art. 339, letra “b”, do Código de Processo Penal Militar, DECIDE o CONSELHO PERMANENTE DE JUSTIÇA, por unanimidade, ABSOLVER a WLADEMIR GALDINO ALEXANDRE DA SILVA - Sd PM Nº 9286.02, da prática do crime de deserção que lhe fora imposta pelo Ministério Público Militar.
...o Soldado PM Wlademir, por causa deste processo e da sentença que comprovou sua inocência e a perseguição do Coronel Joca Pimentel e do Major Monteiro,  começou a enfrentar uma série de perseguições e humilhações que vem se desencadeando até os dias atuais, de forma violenta e completamente desumana.
Durante o processo, foi posto em liberdade temporária pelo MM Juiz James Magalhães e tanto ele como sua Advogada, na época a Dra. Mary Ane, sofreram ameaças de morte. Por conta disso o Soldado PM Wlademir teve que ficar sob proteção do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais) por determinação do referido Juiz Auditor Militar para que sua integridade física fosse respeitada e preservada, (Ofício Gab n° 009/06 – Auditoria Militar e reproduzido no BGO 027 de 07/02/2006) e durante o processo e também após sua absolvição foi determinado por esta autoridade judiciária que fosse transferido imediatamente para o 6º BPM em Maragogi (unidade mais próxima de sua residência – Paulista/PE) o que se deu apenas após o Comando da PM desrespeitar a ordem judicial da transferência e ter o Juiz Auditor Militar, intimado e mandado o Comandante Geral cumprir a ordem sob pena de prisão por desrespeito à ordem judicial emanada.
Desde desta época então, sempre foi posto em serviço de guarda (que é uma espécie de punição interna). Mesmo com determinação judicial, foi transferido alguns meses depois para o 2º BPM (União dos Palmares – BGO 049 de 14/03/2007) e que conseguiu reverter esta transferência ilegal e desmotivada através de denúncia de perseguição à Corregedoria da PMAL (ofício de recebimento datado de 16/03/07) e a OAB/AL (ofício datado de 16/03/2007). Logo em seguida foi transferido para a cidade de Novo Lino (bem dizer, para a 2ª Cia/I), onde tirava serviço de guarda, novamente, e logo depois transferido definitivamente para o Batalhão de Guardas em Maceió (BPGD).
Para tentar reverter sua situação vexatória e humilhante, começou a realizar dezenas de cursos pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) e fez mais de 60 cursos pela SENASP e outros 60 em diversas áreas (informática, etc.), se especializando em quatro áreas:
Gestão Pública Cursos realizados pela SENASP (Gestão Pública Baseada em Indicadores, Crimes Contra a Administração Pública) e pela Secretaria de Gestão Pública do Estado de Alagoas (Capacitação do Servidor em Gestão do Negócio Serviço Público- Único militar entre mais de 60 alunos)  e curso superior em Gestão Pública (FATEC).
Direitos Humanos  Cursos realizados pela SENASP (Filosofia dos Direitos Humanos Aplicados à Atuação Policial - Filosofia dos Direitos Humanos Aplicados à Atuação Policial  e Integração das Normas Internacionais de Direitos Humanos na Área de Segurança Pública), pela Polícia Militar do Estado de Alagoas (CDH – Curso de Direitos Humanos – 525 horas) e pela Secretaria de Direitos Humanos da presidência da República (Curso de Direitos Humanos e Mediação de Conflitos).
Combate ao uso de Drogas – Cursos realizados pela SENASP, em convênio pela Universidade Federal de São Paulo (Extensão Universitária em Prevenção ao Uso de Drogas em Instituições Religiosas e Movimentos Afins)  e pela Universidade Federal de Santa Catarina (Extensão Universitária em  Prevenção ao Uso Indevido de Drogas – Capacitação para Conselheiros Municipais).
Cursos Operacionais – Cursos realizados pela SENASP: Mediação de Conflitos 1 e 2, Investigação Criminal 1 e 2, Análise Criminal Tráfico de Seres Humanos, Crimes Ambientais, Busca e Apreensão, Segurança Pública sem Homofobia, etc.
Todos estes cursos foram publicados em Boletim Interno do Batalhão (BI) e em BGO (Boletim Geral “Ordinário”) para ciência de toda a Corporação, após envio de cópia e autorização de publicação pelo  Departamento Pessoal (DP). Desta forma é fácil verificar que o Soldado PM Wlademir é especialista em diversas áreas, com pleno conhecimento do serviço público e do serviço policial, além do serviço da Polícia Militar de Alagoas e mesmo assim, estando altamente treinado, preparado e especializado, por motivos de perseguição, sempre foi posto em serviço de guarda, o que causou graves prejuízos a sua saúde (depressão e hérnia de disco).
Desde 2008 apresenta problemas sérios de coluna (Protrusão Discal – fase inicial de Hérnia de Disco – comprovada por tomografia) pois o serviço de guarda são várias horas em pé, com colete e armamento pesado (fuzil), e mesmo diante de atestados e laudos médicos de especialistas em ortopedia e traumatologia, comprovando seus problemas de saúde, sempre foi posto em serviço de guarda. E mesmo após ter denunciado e solicitado mudança de tipo de escala/serviço na Corregedoria da Polícia Militar do Estado de Alagoas, onde 16 médicos e duas juntas médicas (PMPE e PMAL) atestaram seus problemas de coluna, (protocolo de recebimento 1892 de 23/04/2008) nada foi feito para minimizar seus problemas de saúde e de perseguição, continuando a ser torturado psicologicamente e fisicamente, pela imposição do serviço de guarda que causou-lhe diversas enfermidades.
Em 2009 foi transferido para a Guarda do Presídio Militar, onde teve uma forte e  crise, ocasião em que caiu durante o serviço com a coluna paralisada e foi levado ao Hospital da Polícia Militar de Alagoas, onde ficou mais de 24h com fortes dores e internado,  sendo medicado por médicos que não eram especialistas na área, aplicando apenas soros e anti-inflamatórios. Não realizaram e nem solicitaram nenhum tipo de exame minucioso.
Ao solicitar, em Janeiro de 2010, ao seu comandante,  Coronel Barbosa, Comandante do BPGd,  transferência para o 6º BPM (Maragogi), para se tratar em Recife, diante dos fatos e laudos médicos, este oficial concedeu sua transferência e encaminhou ao CPC (ao Major Elvandro) que também aceitou a transferência para o 6ºBPM, restando apenas o aceite do Comandante Geral Luciano Silva, que sem nenhuma justificativa, para surpresa de todos, transferiu o Soldado PM Wlademir para a guarda do Quartel Geral, ignorando totalmente os laudos médicos apresentados.
Anteriormente também fora comunicado ao Comandante Geral anterior, Coronel Dalmo Sena (protocolo geral 1703, de 12/03/2010) e também a Auditoria Militar (em 13/04/2010), onde esperou providências e nada foi realizado, continuando o referido soldado no serviço de guarda, mesmo com graves crises.
Nas semanas seguintes foram feitas cinco solicitações formais de transferência, todas completamente ignoradas, sem nenhuma resposta pelo novo Comandante  Geral Coronel Luciano Silva, foi posto novamente em serviço de guarda no Comando Geral, onde novamente teve uma forte crise de hérnia de disco durante o serviço e novamente caiu, com a coluna paralisada de dor, com colete e armamento (fuzil), e foi removido pelos seus colegas novamente ao Hospital da Polícia Militar, onde ficou quase dois dias internado. Neste período o Soldado PM Wlademir começou a desenvolver grave depressão e transtornos mentais que foram se agravando com as sucessivas humilhações sofridas (ao longo dos anos) ao ponto de, em um momento de desespero, descontrole e revolta, ter posto fogo em sua farda, no seu colete e em todos seus documentos em cima de seu veículo, o que ocasionou a destruição quase total do seu veículo, que incendiou.
Também estes fatos foram denunciados à Secretaria Especial de Direitos Humanos, da Presidência da República, sob ofício 1035/2010 – OUV/SEDH/PR, em que, resumindo, o Ouvidor Nacional de Direitos Humanos Fermini Fechio Filho responde à Denuncia de assédio moral, perseguição e tortura psicológica, onde solicita a Secretaria de Defesa Social do Estado de Alagoas e a Procuradoria de Justiça Militar que tomem providências relacionadas à demanda, o que NUNCA FOI FEITO.
Após estas sucessões de fatos perseguidores, de torturas psicológicas e físicas, foi  diagnosticado com transtornos paranoides por 03 (três) médicos psiquiatras, sendo um deles médico psiquiatra militar (Tenente Abel, Psiquiatra Militar do Serviço Social da CBMAL), que em seus laudos informaram que o Soldado PM Wlademir não tem condições de permanecer no serviço ativo da PMAL e vincularam os seus problemas emocionais psicológicos com DIRETA CAUSA E EFEITO com a ATIVIDADE LABORAL. Resultado: O Soldado PM Wlademir foi afastado por INVALIDEZ TOTAL E PERMANENTEMENTE PARA TODO E QUALQUER SERVIÇO.
RESUMO DOS FATOS
O Soldado PM Wlademir foi sumariamente expulso da PMAL por perseguição, passou 51 dias preso, humilhado e em cela no meio de presos já condenados, foi absolvido unanimemente; e desde então passou a ser perseguido e humilhado e mesmo tendo se dedicado e estudado para conseguir vencer a perseguição através de seus esforços, mesmo com vários cursos e especializações e, também, constando somente elogios em sua Ficha Disciplinar, só conseguiu ser humilhado durante todo este tempo.
Neste interim desenvolveu duas doenças graves incapacitantes:
HERNIA DE DISCO –  Devido a passar mais de seis anos somente em serviço de guarda (em pé),  fazendo uso de coletes e armamento pesado (fuzil) e tendo laudos médicos e restrições de Ortopedistas e Fisioterapeutas, completamente ignoradas pelos seus comandantes e até pela própria Junta Médica da Polícia Militar do Estado de Alagoas conforme comprovamos abaixo ano a ano em sua ficha médica (SAME) da PMAL, número 9925:
ANO DE 2007
Em 2007, o Sd PM Wlademir começou a ter problemas na coluna, onde realizou vários exames no Hospital da Polícia Militar do Estado de Pernambuco, autorizado por médico  da PMAL e pelo Centro de Assistência Social (CAS) e pela Assistência Social da PMAL, onde além de escoliose e lombociatalgia, o mesmo estava com um caroço no musculo trombóide (1) que lhe causava fortes dores nas costas e mesmo realizando todos os procedimentos solicitados e conseguindo o aval de realizar a cirurgia no Hospital da Polícia Militar de Pernambuco (procedimento que o Centro Médico da Polícia Militar de Alagoas não realiza) e necessitando apenas da autorização de realização de cirurgia (solicitada pela Diretoria do Hospital da Polícia Militar de Pernambuco), a Diretoria de Saúde da Polícia Militar de Alagoas se negou a fornecer tal autorização, tendo sido realizada cirurgia meses depois no Hospital da Polícia Militar de Pernambuco quando o Soldado PM Wlademir estava passando mal (febre e dor intensa) pois a região do tumor estava infeccionada.
Neste período, em dezembro, após uma crise de coluna estando de serviço, o Sd PM Wlademir foi levado pela viatura ao Posto Médico de Maragogi e foi detectado pelo médico de plantão a CID 10=M51.9 (Transtorno de Disco Intervertebral).
TIPO DE SERVIÇO LABORAL= Serviço de Guarda.
ANO DE 2008
Em 2008, teve diversas crises na  coluna, já com hipótese diagnóstica (hd) de Hérnia Discal, e com CID 10=M54.5 (Dor Lombar, Lombalgia).
TIPO DE SERVIÇO LABORAL= Serviço de Guarda.
ANO DE 2009
Em 2009, teve diversas crises na  coluna, já com hipótese diagnóstica (hd) de Hérnia Discal, e com CID 10=M54.5 (Dor Lombar, Lombalgia).
TIPO DE SERVIÇO LABORAL= Serviço de Guarda.
ANO DE 2010
Em 2010 as crises se tornaram  intensas, devido ao serviço de guarda e devido as viagens Maceió-Recife (4h 30min de duração) que tinha que se submeter pela perseguição sofrida em não lhe transferirem para o 6º BPM  Maragogi (2h de duração).
Foi solicitado uma tomografia, que ele realizou em hospital Público em Paulista/PE e após grave crise em serviço foi encaminhado ao ortopedista da PMAL que confirmou início de hérnia de disco e solicitou realização de RPG e também encaminhou para neurocirurgião.
Foi comunicado seu problema de saúde através de diversos ofícios e NADA FOI FEITO para solucionar o problema do Soldado PM Wlademir, pelo contrário, foi posto em serviço de guarda cada vez mais rígido (Guarda do presídio militar) com coletes e armamento pesado (fuzil).  Serviços onde caiu diversas vezes com fortes dores (pondo e risco a integridade física dele e de terceiros) e foi internado diversas vezes no Centro Médico da PMAL. Neste período realizou mais de 40 sessões de fisioterapia e para piorar seu estado, foi transferido para a Guarda do Quartel Geral da PMAL.
TIPO DE SERVIÇO LABORAL= Serviço de Guarda.
ANO DE 2011
Em 2011 as crises se tornaram intensas, seno diagnosticado Lombociatalgia e a CID 10=54.4 (dor Lumbago com Ciática), o que causa paralisia momentânea das pernas e faz com que o Soldado PM Wlademir caia com muita dor em qualquer lugar. Novamente passou por vários médicos e foi recomendado sessões de fisioterapia. Segundo os especialistas médicos, a doença pode ser controlada através de fisioterapia (manual,  RPG e acupuntura) realizando semanalmente três sessões.
TIPO DE SERVIÇO LABORAL= Serviço de Guarda.
ANO DE 2012
As crises estão intensas e a dor quase que diárias e novamente os profissionais médicos indicam URGENTEMENTE TRATAMENTO FISIOTERAPEUTICO  (fisioterapia manual,  RPG e acupuntura), só que o tratamento é caro e o Soldado PM Wlademir não tem condições financeiras de arcar com o tratamento, necessitando do recebimento do Auxílio Invalidez para pagar o referido tratamento.
TRANSTORNOS PARANÓIDES – Devido às humilhações, maus tratos, tortura psicológica e desrespeito aos Direitos Humanos sofridos, que desencadeou a CID F20.8 o incapacitando e INVALIDANDO TOTAL E PERMANENTEMENTE PARA TODO E QUALQUER SERVIÇO.
Vale salientar que o Soldado PM Wlademir tem mais de 100 cursos publicados em BGO e que estas publicações só são realizadas após aceite e conferência do Departamento Pessoal, ou seja, a Polícia Militar do Estado de Alagoas tinha total ciência da capacidade do Soldado Wlademir em atuar em diversas áreas, tais como: Centro de Direitos Humanos da PMAL, em programas sociais da PMAL como o PROERD (combate e prevenção ao uso de drogas), no serviço burocrático (Gestão Pública) e até no serviço de rua (patrulheiro), onde COMPROVADAMENTE o Soldado PM Wlademir é conhecedor, possui cursos específicos (e inclusive superior), bem como possui diversos elogios comprovando seu comportamento pessoal, caráter e profissionalismo digno de um servidor castrense.
Esta perseguição sofrida acabou com todos os sonhos e com a carreira do Soldado PM Wlademir, além de ter causado graves males a sua saúde física e mental, o que demonstra que a relação da Policia Militar do Estado de Alagoas com o referido policial foi completamente destruidora, tendo esta representada por alguns comandantes inescrupulosos que tiveram total intenção de prejudica-lo em todos os aspectos profissionais e pessoais (com transferências para destinos longe de sua residência e familiares), com intuito deliberado de demonstrar poder (abuso de poder) e demonstrar que um soldado nada pode fazer contra a Alta Cúpula dos Oficiais, que se sentiram e se sentem afrontados no processo em que um Soldado, o Soldado Wlademir, fora absolvido e neste mesmo processo a relação processual se inverteu: o Coronel PM Joca Pimentel e o Capitão PM (hoje Major) Davi Monteiro foram responsabilizados pelo Crime de Denunciação Caluniosa, onde ainda estão respondendo criminalmente.
Saliento que o Soldado PM  Wlademir ao ingressar na Briosa Polícia Militar do Estado de Alagoas, após aprovação em concurso público, apresentou Atestado de Sanidade Mental (realizado por psiquiatra), Exame (Raio X)  da Coluna Cervical e também além de outros exames exigidos na época, fora submetido a teste Psicotécnico (eliminatório) onde se constatou em todos eles que gozava de PLENA E TOTAL SAÚDE tanto física quanto mental e que seus problemas atuais de saúde física e mental TEM TOTAL CAUSA E EFEITO com a sua ATIVIDADE LABORAL, conforme atestam inclusive os MÉDICOS PSIQUIATRAS.
Além do mais, também tem duas testemunhas que trabalharam com o Soldado PM Wlademir, no caso, um soldado do BPRp e um soldado do 6º BPM, os quais tem conhecimento que  o Wlademir entrou gozando de plena saúde física e emocional e que  começou a apresentar problemas de saúde física e mental na Polícia Militar de Alagoas.
Salientamos ainda que o Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Alagoas recebeu diversos ofícios com cópias dos atestados e laudos médicos sendo comunicado dos fatos e continuou ignorando todos os ofícios recebidos, demonstrando DESCASO e PERSEGUIÇÃO ao Soldado PM Wlademir, continuando sua classificação no  quadro do serviço ativo como Guarda do Comando Geral, lotado na CCSv, sem nenhum respeito a pessoa humana do soldado. A Diretoria da Junta Médica da Polícia Militar do Estado de Alagoas também recebeu ofícios e também tem, além de documentos originais probatórios, total e plena ciência dos fatos aqui elencados.
A FICHA DISCIPLINAR DO SOLDADO PM WLADEMIR GALDINO ALEXANDRE DA SILVA
Conforme Ficha Disciplinar anexa, o Soldado PM Wlademir NUNCA teve nenhum tipo de PUNIÇÃO, constando apenas elogios desde a época de quando era  aluno do curso de formação de praças.
É verificado em sua Ficha Disciplinar que sempre dedicou várias horas de trabalho fora de seu expediente, se dedicando exclusivamente a POLÍCIA MILITAR DE ALAGOAS.
Também se verifica que é um Policial que dedicava sua vida à atividade policial e que já pôs sua vida em risco, estando de folga e até mesmo de licença prêmio, em prol da segurança da sociedade, ao dominar e prender sozinho um assaltante de ônibus armado, o que lhe rendeu elogio e até indicação a Promoção por Ato de Bravura, que por motivos de clara perseguição não foi deferido, apesar da repercussão positiva em todo o Estado e inclusive em âmbito nacional.
E em seu último elogio, em 03/07/2009, mesmo sofrendo perseguições e já acometido de suas doenças, foi elogiado novamente por se dedicar várias horas de folga ao serviço policial militar e segundo o seu elogio  “tendo caráter digno de um servidor público castrense, e tornando-se figura exemplar a ser seguido por seus pares e uma referência no seio da corporação”.
Portanto, NOS UTILIZAMOS DESTE MEIO para solicitamos das autoridades competentes, agora de forma pública, porque já se tentou, por vários anos, através de dezenas de ofícios aos diversos órgãos da Polícia Militar de Alagoas e demais órgãos do Estado de Alagoas e até o presente momento, o que foi recebido foi COMPLETO E TOTAL DESCASO, e agravamento do estado de saúde do Soldado PM Wlademir, para que este soldado tenha TRATAMENTO DIGNO E HUMANO, como solicitou na época o Auditor Militar e hoje DESEMBARGADOR, O DR. JAMES MAGALHÃES, pois atualmente o Soldado PM Wlademir NÃO FOI REFORMADO NA GRADUAÇÃO DE CABO, NÃO ESTÁ RECEBENDO O AUXÍLIO INVALIDEZ E TAMBÉM NÃO RECEBEU A INDENIZAÇÃO – CONFORME PREVÊ EM LEI.
Atualmente o Soldado PM Wlademir não possui condições financeiras de arcar financeiramente com os tratamentos médicos psiquiátricos, psicológicos, ortopedistas, fisioterapêuticos e exames clínicos exigidos, tais como Ressonância Magnética, e já foram realizados vários empréstimos consignados para que ele pudesse continuar com seus tratamentos que até hoje estão sendo COMPLETAMENTE IGNORADOS pela Polícia Militar de Alagoas, sendo que agora está sem condições financeiras de realizar qualquer tipo de tratamento e NECESSITANDO URGENTE DOS TRATAMENTOS AQUI CITADOS.
Salientamos que o Soldado PM Wlademir mora atualmente em Pernambuco, mudando constantemente de residência, com total pavor da Polícia Militar de Alagoas e de alguma provável retaliação por parte das pessoas que denunciou. Inclusive, ano passado, pôs fogo em seu colete, identificações militares, carteira, coturno, etc., dentro do carro, o que fez que seu veículo saveiro se incendiasse (fato comunicado ao Comando e comprovado por fotos).
Ultimamente Wlademir Galdino está sob efeito de remédios controlados, dentre os quais: RISS, Neozine, Carbamezepina.
Convido aos colegas briosianos para encherem a caixa de e-mail da OAB/AL, da Secretaria de Defesa Social e do Ministério Público com esta matéria, pois a JUSTIÇA FEITA A UM COLEGA DE FARDA, SERVE DE ESPELHO PARA TODOS NÓS.
Matéria escrita por amigos 2002 e 2006 do BPGd e do 6º BPM.



155 comentários :

UM OFICIAL AMIGO disse...

EU SOU AMIGO DO WLADEMIR GAUDINO E BEM SEI QUE ESSE RELATO É VERÍDICO. E QUALQUER UM PODE VERIFICAR. PARA MAIORES CONFIRMAÇÕES ACESSEM:

http://www.conselhodeseguranca.al.gov.br/consultas/acordaos/acordaos-2010/Acordao%20nb0%20001-2010%20%28RP%20029-2009%29.pdf

Anônimo disse...

Que sirva de lição a todos que pretendem fazer concurso para entrar nessa Poliça sebosa do LULU.

Anônimo disse...

Convido aos colegas briosianos para encherem a caixa de e-mail da OAB/AL, da Secretaria de Defesa Social e do Ministério Público com esta matéria

quais sao os imail?

Anônimo disse...

essa é uma das ações do WG, cofira no link: http://lb.tudonahora.com.br/noticia/policia/2009/02/04/44379/policial-consegue-abortar-tentativa-de-assalto-a-onibus-em-maceio/imprimir

Anônimo disse...

AMIGOS BRIOSIANOS, A VITORIA DE UM É A VITORIA DE TODOS! VAMOS AJUDAR DENUNCIANDO, ECNHENDO AS CAIXAS DE EMAILS!

Aqui estão Os emails para denuncia, são:

OUVIDORIA NACIONAL Diretos Humanos- ouvidoria@sdh.gov.br)

OUVIDORIA OAB AL- ouvidoria@oab-al.org.br

oabal@oab-al.org.br

http://www.mp.al.gov.br/pgj/servicos/denunciasOnLine/

Jornal Cadaminuto - cadaminuto@cadaminuto.com.br)

faleconosco@pajucara.com

VAMOS USAR A FORÇA DOS LEITORES BRIOSIANOS E MOSTRAR QUE A BRIOSA EM FOCO JUNTOS COM VOCES TEM FORÇA.

Anônimo disse...

A polícia de alagoas é isso aí, deixa o cara doente fisicamente com os extras excessivos e jornada de mais de 72h semanais (recebemos apenas por 40h) e depois acaba com nosso psicológico com as humilhações que sofremos desta DITADURA CESÁRIANA que é imposta por um comandante sem moral, sem caráter e sem escrúpulos, que já foi comparado pelo Juiz a um MARGINAL. Vevemos pegar um exemplo deste e mostar as autoridades competentes como m policial sem nenhuma alteração na ficha disciplinar e cheio de curso fica doente, acabado e jogado a própria sorte. Vamos nos cuidar para que nao aconteça conosco.

Anônimo disse...

Embora o preço que ele está pagando está sendo muito caro, quando ele estava aqui no 6 BPM ele usava a LEI, vinha até com advogado e NÃO TIRAVA SERVIÇO EXTRA E quando faltava os EXTRAS OS OFICIAIS ficavam com O RABO ENTRE AS PERNAS, pois sabia que se abrisse PDO A CANETA DO HOMEM DE PRETO IA VADIAR, inclusive eu presenciei que o TENENTE LEONARDO FILOMENO (FILHO DA P.)abriu uma sindicancia e o Vlademir veio com o Advogado e o major, SUBCOMANDANTE na época rasgou o PDO na cara do Tenente Leonardo, que ficou puto e desmoralizado. Este sim teve coragem de enfrentar os PEIXES GRAUDOS, embora se lascou, deu o exemplo e mostrou o caminho.

Anônimo disse...

WLADEMIR, NOVO LINO SENTE SUA FALTA CABA DE PEIA.

Aqui ta faltando tu cara, para botar ordem nesses oficiais safados que tem aqui, que pensam que somos escravos. Foram abertos uns 10 PDO´s e todos ARQUIVADOS. Ninguem teve coragem de levar a frente, depois da decisão de James Magalhães. Desejamos melhoras, que Deus te ajude e restaure tua saúde.

AMigos da 2ª Cia

Sócio da ASSOMAL disse...

Parabéns aos oficiais que fazem aniversário no mês de maio

A diretoria da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas (Assomal), parabeniza os oficiais da Polícia Militar, como também os do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas pelo aniversário de cada um neste mês de maio.

Para maiores informações clique aqui.

Anônimo disse...

FOI ABAFADO!

vlademir caiu em serviço no BPGd (presidio militar) com a coluna paralisada de dor, na queda o fuzil disparou na guarita. Por terem colocado ele de guarda mesmo com laudo médico contra indicando serviço de guarda, o caso foi ABAFADO para que não prejudicasse os oficiais responsáveis na época.

Anônimo disse...

Eu fico indignado lendo essas porra, sabe porque? Porque é claro e evidente que essas "autoridades" leem todas essas denuncias realizadas aqui e NÃO FAZEM NADA!!! Mais tenho a esperança disso mudar um dia, não vamos esmorrecer, agua que tanto bate fura e um dia a briosa vai conseguir furar a indignade que assola este Estado miserável.

Anônimo disse...

Trabalhei com ele, gente boa, fez a defesa de dois PDO´s meu e consegui o arquivamento, desenrolado. Era de dizer as coiss na cara fosse soldado, fosse sargento, fosse capitão. Todo mundo dizia que ele era doido porque enfrentava mesmo, pena que agora ficou doido mesmo, com certeza foi de tanta raiva e decepção.

Anônimo disse...

Vlademir, velames, italo,batista, isídio, é tudo farinha do mesmo saco, um bando de alma sebosa que quer ganhar dinheiro facil da PMAL.

Anônimo disse...

Parabens soldado, voce colocu o Coronel pimentinha no lugar dele, pela primeira vez vi um coronel e um major(monteiro) serem humilhados durante a audiencia. Eles que tanto gritam com os praças levaram vários gritos de James Magalhães e ficaram caladinhos, mais muchos que ovo com frio, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Anônimo disse...

Maj Monteiro, todos sabem, foi expulso de uma missão de paz da ONU, porque estava ROUBANDO e TRAFICANDO pedras preciosas.
No segundo Batalhão, se apropriou de um toca-fitas apreendido em uma blitz. O proprietário apresentou nota fiscal e ele, na calada da noite, recolocou o aparelho em um armário da P-2, a fim de não ser punido, mas foi desmascarado pelo Sgt Zuza.
Como é que um sujeito desses tem o descaramento de perseguir um soldado de bem?
Maj Monteiro, cuida do teu rabo que é de palha e está prestes a pegar fogo.

Anônimo disse...

Acho que vcs estão falando de outra pessoa. Pq o Wlademir q conheço é ladrão - roubou livro no Cfap e colocou a culpa no ST Paiva, roubou peças de computador no 6º BPM e até dinheiro dos colegas do Curso de Direitos Humanos no CFAP - que aguardam até hoje a placa de formando que era de responsabilidade desse Soldado desenroladooooooo.

Anônimo disse...

TUDO NA HORA – 07.05.2012
Edital do concurso da PM ainda não tem data para sair
A publicação do edital do concurso da Polícia Militar, anunciada para o mês passado pelo secretário de Defesa Social, Dário César, ainda não tem previsão de acontecer. A informação foi dada ao Tudo Na Hora, nesta segunda-feira (7), pelo secretário de Gestão Pública do Estado, Alexandre Lages. O entrave é a autorização da Procuradoria Geral do Estado (PGE) para a contratação da empresa que realizará o certame.
O governo quer que o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) da Universidade de Brasília (UnB) realize o concurso, mas o nome da empresa foi contestado pela PGE, que defende que a organização do certame seja de responsabilidade da alagoana Copeve (Comissão Permanente do Vestibular da Ufal).
Segundo Alexandre Lages, um documento contendo informações detalhadas sobre o concurso e a empresa escolhida pelo governo deve ser entregue à PGE até o final desta semana. A Procuradoria, por sua vez, não tem prazo para o fim da análise.
Segundo o governo, a PGE afirma que o valor cobrado pelo Cespe para a organização do concurso é mais alto que o estipulado pela Copeve. No entanto, o governo afirma que o lucro da empresa virá somente do valor das inscrições dos candidatos.
O secretário afirma que um concurso dessa importância precisa ser feito por uma empresa experiente: "Este concurso é muito importante e, por isso, estamos nos esforçando ao máximo para que não aconteçam erros ou fraudes em sua execução. Daí a necessidade de uma empresa de credibilidade, acostumada a organizar concursos desse porte e relevância”, disse o secretário.
O processo que dará início à seleção para mil vagas de soldado e 40 para oficial é aguardado por milhares de candidatos que estão lotando os cursinhos preparatórios. O governo espera contar com os novos policiais já no início do próximo ano, para reforçar o efetivo da Polícia Militar em todo o estado

Anônimo disse...

Trabalhei com Vlademir no sexto e isso de roubar peças é pura inveja do sargento marcos, que é a alma sebosa do sexto e fez de tudo para ele sair de lá. Sargento Marcos deixa de ser invejoso e seja homem, tua lenha ta queimando e só estamos esperando tu ir para reserva para voce receber o seu. Estamos de olho.....e aguardando.......

Anônimo disse...

Eita, depois dessa tem muito oficial com o C.. na mão, pois se isso tudo for para justiça vai ter meio mundo de oficial respondendo processo por tortura.... e vai ter meio mundo falando mal dele aqui para denegrir a imagem dele, mais quem trabalhou com ele conhece e todos os perseguidos aqui expostos neste blog tem sempre gente falando mal, porque será hein? Será porque os oficiais ficam P de vida e por vingancinha ficam falando mal? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Na briosa os perseguidos tem vez e aqui nós leitores estamos vendo a muito tempo a realidade nua e crua da banda podre da polícia. Parabéns briosa por estas e outras materias brilhantes que voces fazem, recheadas de detalhes que só voces sabem fuçar.

Anônimo disse...

MILITARISMO é isso: nojeira, podridão, ditadura, enganação, mentira, escravidão, decepção, prostituição, humilhação...

Anônimo disse...

Toda vez botam o nome de velames no meio, é foda né, a galera só quer meter o pau, e não perde uma chance. Enfim é a PMAL.

Anônimo disse...

Pense num cabra safado o cel pimentel, por ser baixinho gago e fanho humilhava tudo que era praça, do nada, sempre se sentindo inferior e um marginal que ja devia estar preso é o major monteiro, ladrão de pedras preciosas, ladrão de diárias da 4ª Cia (roubou as diárias que o prefeito deu para o efetivo de extra) roubou até um cd pionner, roubou dinheiro da intendencia do presídio, este sim é o maior ladrão solto que já vi na minha vida, os presos do baldomero é fichinha para ele.

Anônimo disse...

Tão achando ruim, peçam baixa. É daí pra pior.

Anônimo disse...

Vixi vão entrar mais mil sofredores......

Anônimo disse...

Eita se o concurso for pela CESPE não passa nem 500, se for a COPEVE só vai passar família de oficial, coitada da população, se correr o bixo pega, se ficar o bixo come.

Anônimo disse...

E ai Wlad meu parceiro.... relaxa e deixa a vida levar, curte a reserva e nem vem aqui de visita, a policia não merece nem lembrança parceiro, o que levaremos de voce é a lembrança de colega bom de serviço, caceteiro, bom caráter, sem medo de nada. Gostavamos do serviço com voce, era tiro até umas horas nera parceiro, melhoras cara.

Anônimo disse...

Poxa que triste ler isso, um cara disposto, raparigueiro, desenrolado, colocava os ofiça no bolso e agora estar passando por isso, brincadeira viu.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

se gritar pega ladrão ñ fik um meu ir,ão, militarismo d bosta escudo incompetent e sangue suga kkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

sinceramente a cupula PODRE da policia militar esta demais.. é claro q algum oficial SAFADO que tem culpa no que este soldado esta passando ler essas materias... nao sei o q eles pensam quando leem algo desse tipo, nao sei como fica a consciencia deles. Pobre soldado, hj entregue a propria sorte abandonado e humilhado.... vamso pessoal nos unir apra denunciar essas barbaridades sofrida por nossos companheiros

Anônimo disse...

Tudo isso é culpa do lulu e do dário.

Anônimo disse...

Meu irmão é foda veio

Anônimo disse...

Cade o aumento, ninguem fala de aumento.....................

Anônimo disse...

doido doido doido eu também to fcando doido doido doido com essa poliça cheio de oficial safado, vo meter bala por ai.....

Anônimo disse...

CADAMINUTO HOJE :
Alagoas é o segundo lugar do mundo em homicídios de mulheres

Mortes superam a de países na Africa e América Central


O que esperar de uma policia assim, Wlademir é apenas um dos milhares de casos, omissões, falta de respeito, falta de cidadania, o Estado está apodrecido e nós da população é que sempre pagamos o preço do caos, da desordem e da roubalheira que assola esta provincia.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Por falar em perseguidos,façam uma materia sobre o comando da base do selma bandeira (sgt eliziario)que ciumento vive perseguido quem se envolve com a sua pupila a M......le.

Anônimo disse...

Quem mora em PERNAMBUCO sabe que a irmã dele é delegada e das boa, daquelas que vacilou o dedo vadeia. É chamada de faxineira, pois é chamada para "fazer a limpeza" onde atua, passa o cerol mesmo. Ele teve a quem puxar.

Anônimo disse...

Amigos:
Todos nós estamos sendo vítima do sistema com esta imposição de escalas 1x2, onde mal podemos ter contato com nossas esposas e filhos, estamos chegando em casa cansados, estressados, trabalhando como burros de carga, além dos limities físicos, além dos limites legais , além dos limites éticos, temos que reagir, pois em poucos anos seremos vítimas também, pois o corpo e a mente não aguenta tanta humilhação e tanta escravidão, o nosso serviço já é rotineiramente estressante e agora esta muito mais com um comandante facista e louco no poder, não adianta dizer que estamos insatisfeitos, temos que mostrar que estamos insatisfeitos. Mais de 90% que fizeram concurso para serem PM em 2002, 2006 é porque gostam do que fazem, tem orgulho no que fazem e hoje nos encontramos abatidos, apáticos, entristecidos, vendo companheiros adoecerem e más linguas dizerem que é macete. Nnguem gosta de ficar parado, peguem exemplo em casa, de pai, de mãe, de avôs, de tios, ninguem quer ficar parado, isso é estória. O ser humano gosta de estar em contato com outros seres humanos, trabalhando, discutindo, etc. e ainda mais o trabalho policial que oferece uma ótima droga, a adrenalina que cada serviço propõe, o fator surpresa a cada serviço. Portanto vamos lutar para qe casos como este não fiquem apenas nas estatísticas. Tenho certexa como o gaudino e outros afastados queriam estar fazendo o CFCP, se promovendo a cabo, a sargento, etc até porque 2002 vai sair sargento muito rápido. Não vamos nos deixar escravizar e no futuro estarmos sofrendo de pressão alta, hipertensão, problemas coronários, depressão, esquizofrenias, vamos reagir já, NOSSA SAUDE EM PRIMEIRO LUGAR, diariamente vamos denununciar, encher as caixas de email, uma hora vai ter que funcionar, mais só vai funcionar se diariamente cada um fazer sua parte, denunciando sempre e todo dia, para que o sistema mude e mude para melhor, só depende de cada um de nós, perdemos 10min de nosso tempo e denunciar os maus tratos, as horas extras não remuneradas, as 40h que não são respeitadas, os colegas que estão passando por problemas por perseguição, temos que denunciar, pois só teremos a ganhar melhorias, não precisamos nos expor publicamente para isso, via internet se mudou até a política de um país, quiça Alagoas.

Anônimo disse...

pra aguentar esta policia tem que orar muuuuuuito, pedir muito a Deus paciência para não sair fazendo besteiras por ai.

Anônimo disse...

Rapaiz esse cara foi meu professor de informatica lá no CFAP e tá assim é? coitado

Anônimo disse...

Acho que ele ficou assim de tanto andar com o pareia dele, jácio doido, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Eita estoria da pega, se provar tudo vai ganhar uma bolada da PMAL. Danos morais neles.

Anônimo disse...

EU ACHO É TOME.

Anônimo disse...

UMA DICA PARA O GAUDINO E PARA TODOS OS OUTROS PM´S INVALIDOS:

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 70, DE 29 DE MARÇO DE 2012

Acrescenta art. 6º-A à Emenda Constitucional nº 41, de 2003, para estabelecer critérios para o cálculo e a correção dos proventos da aposentadoria por invalidez dos servidores públicos que ingressaram no serviço público até a data da publicação daquela Emenda Constitucional.


As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do § 3º do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte Emenda ao texto constitucional:

Art. 1º A Emenda Constitucional nº 41, de 19 de dezembro de 2003, passa a vigorar acrescida do seguinte art. 6º-A:

"Art. 6º-A. O servidor da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, incluídas suas autarquias e fundações, que tenha ingressado no serviço público até a data de publicação desta Emenda Constitucional e que tenha se aposentado ou venha a se aposentar por invalidez permanente, com fundamento no inciso I do § 1º do art. 40 da Constituição Federal, tem direito a proventos de aposentadoria calculados com base na remuneração do cargo efetivo em que se der a aposentadoria, na forma da lei, não sendo aplicáveis as disposições constantes dos §§ 3º, 8º e 17 do art. 40 da Constituição Federal.

Parágrafo único. Aplica-se ao valor dos proventos de aposentadorias concedidas com base no caput o disposto no art. 7º desta Emenda Constitucional, observando-se igual critério de revisão às pensões derivadas dos proventos desses servidores."

Art. 2º A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, assim como as respectivas autarquias e fundações, procederão, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias da entrada em vigor desta Emenda Constitucional, à revisão das aposentadorias, e das pensões delas decorrentes, concedidas a partir de 1º de janeiro de 2004, com base na redação dada ao § 1º do art. 40 da Constituição Federal pela Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro de 1998, com efeitos financeiros a partir da data de promulgação desta Emenda Constitucional.

Art. 3º Esta Emenda Constitucional entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 29 de março de 2012.


TOMA AI LULU, TU NÃO PODE MAIS MANDAR NINGUEM PARA REFORMA PROPORCIONAL, TEM QUE SER INTEGRAL, ORDEM DE DILMA, PASSA POR CIMA DELA AGORA, TU NÃO É O TAMPA DE CRUSH? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ATE O VELAMES VAI RECEBER INTEGRAL, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

Anônimo disse...

um guarda municipaI ganha 4400 reais,a gente que é fraquinho!

Anônimo disse...

FIQUEM ALERTAS:

Daqui a pouco passa de vítima para bandido, olhem o que aconteceu com o capitão benjamim, numa semana era vítima, na outra ARMARAM CONTRA ELE COMPROVADAMENTE e virou BANDIDO. Reportagem para denegrir sua moral teve um monte mais depois que ele PROVOU que foi um FLAGRANTE FORJADO E ARMADO PELO COMANDO DA PMAL ninguem publicou nada para LIMPAR SUA MORAL.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

ele não é o único praça de 2002 que é persequido.tem muitos outros,simplismente porque tiveram coragem de falar o que pensam.oficiais invejosos,bagaços que não são de nada e morrem de inveja.

Anônimo disse...

É isso prova mais uma vez que o nosso pior inimigo não esta na rua.... más no meio de nós....

Anônimo disse...

Aí dentro...

Anônimo disse...

NO SEU MEIO, Ô CRIATURA, NO SEU MEIO!

Anônimo disse...

Na reportagem de O Jornal de Domingo(06.5.12)ficou constatado que houve uma redução violenta das apreênsões de armas, comparando os periodos de JAN FEV e MAR dos anos de 2010(232 armas),2011(228 armas) e 2012(213 armas), pois no periodo de 2012 houve a menor quantidade mesmo com pagamento de Bônus, e agora seus incompetentes do Cel Gilmar Batinga, Luciano e Dário Cesar.........

Anônimo disse...

se vocês praças fossem unidos pedia o número da conta do companheiro e cada depositava R$20.00 iria ajudar muito esse guerreiro, juntos são fortes sozinhos são fracos. PMSE, age assim para ajudar seus companheiros. sejam cidadãos do bem, pelo menos dessa vez....

Anônimo disse...

É verdade pode ser que essa cúpula nojenta persiga o Wladi, mas Ele é um enrolão safado! quando fez o Curso de Direitos Humanos com a gente Ele pegou o Dinheiro da turma e Até hoje não entregou a Placa da Turma! Pilantra tá pagando por enrolar seus companheiros do CDH!! Diga Q é mentira !!!

Anônimo disse...

eita verdade essse bunitinho enrolou nossa turma mesmo!! traga a placa ou o dinheiro, soldado mulambo!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Sou Cabo e fiz o curso de CDH 2009 e posso dizer que o não existiu cobrança de valores para placa, o que foi dito a nós que seria uma doação de um político de Olinda e que seria as placas pequenas individuais e uma grande. O Motivo porque não foi feito eu não soube, mais a verdade tem que ser dita, o Vlademir não arrecadou dinheiro e nem cobrou nenhum dinheiro para placas. Colegas do CDH voces fizeram curso que ensina a ter respeito a dignidade humana, lembrem-se disso. mentir e acusar é indgno e um desrespeito a qualquer ser humano.

Anônimo disse...

Eu avisei nas primeiras postagens, quem luta contra este comando ordinário fica sendo alvo de mentiras que visam denegrir a imagem de quem acusa. Aconteceu com o Capitão Benjamim, com o Rocha Lima, Com o Cel Gouveia e com qualquer outro que for contra Lulu e sua gang. Estamos de olho....

Anônimo disse...

Amigo essas postagens são de pessoas que querem te tirar do serio, só porque tas em casa e ganhando a mesma coisa que eles, liga não pô! Faz feito o Velames, fica só curtindo a reforma, ganhando dinhero enquanto os que estão falando besteira tão trabbalhando 1x2 e ainda por cima fazendo extras, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, inclusive eu! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Fica na paz irmão.

Anônimo disse...

Sou PFem, fiz o curso CDH com wlad e não lembro de nenhuma cobrança de placa, ele so errou em izer muito tempo depois que não ia conseguir mais, nisso ele errou. Quanto a os problemas que ele tá passando espero em Deus que melhore.

Anônimo disse...

Continua lutando guerreiro! Bola para frente...

Anônimo disse...

Wlad ainda vai sair sargento dessa porra, bota pra lascar nesses cornos...

Anônimo disse...

Eu sempre achei que ele tinha problemas, era muito pertubardo, nervoso, esquentava muito rápido, infrentava todo mundo, mais é uma boa pessoa

Anônimo disse...

Carai, eses remedios é pra doido mesmo.....

Anônimo disse...

VIxi o 3º Pel 2002 só deu doido, o primeiro foi Paulo, que também é pernambuano, eita bando de pernambucano doido....

Anônimo disse...

É o sistema..... É o sistema.....É o sistema.....

Anônimo disse...

Isso é coisa de ofiça, com certeza..................................................

Anônimo disse...

O que eu vi no CDH foi o soldado wladimir ter enquadrado o major(hoje coronel) emerlindo na frente de toda a classe, deixando ele sem graça e pedindo arrego

Anônimo disse...

Nós do BPGd somos suas testemunhas, voce sabe que pode contar conosco que tiramos serviço de guarda com voce, inclusive é só tu pegar o efetivo que tava naquele dia que tu caiu na guarda do presidio militar e te levamos paralizado para o chpm. Bota pra gerar companheiro.

Anônimo disse...

VELAMES:

Caro amigo, presto a ti minha solidariedade. Sei dos teus problemas e sei que sairás vencedor. Pode contar comigo sempre. Um abraço.

Anônimo disse...

teu mal é ser pernambucano, de resto blz.

Anônimo disse...

Galera, deixa o cara pô, brinca com esse negocio de doido não, deus castiga. qualquer um pode ter problema na cabeça.

Anônimo disse...

sou puliceiro oooo, sou furão ooooo, sou da pmal, por isso que boto pra gerar, senão acabo assim, mais extra, mais eu furo e asim levo a vida sou puliceiro ooooo sou furão, sou da pmal.

Anônimo disse...

bota pra fuder wlad

Anônimo disse...

Gente vamos orar, deixem de usar palavrão, de acusação, entreguem suas vidas a Deus, aceitem jesus na vida de voces, parem de beber, de se prostituir, SÓ JESUS SALVA.

Briosa em Foco disse...

Para o @Anônimo que fez dois comentários "assinando como Wladmir":

Caro amigo, mesmo não concordando com a maioria dos comentários, nós procuramos publicar todos. Contudo, havendo termos indecorosos, tais quais: citação de partes do corpo humano, termos de calão (os mesmos que você utilizou), ou referências a familiares das pessoas citadas nos comentários... Então este tipo de comentário é publicado (para que o autor saiba que ele foi lido) e logo em seguida ele é excluído (para que todos saibam que nem todo comentário é postado). Espero que você tenha entendido a mensagem. Esperamos que você reescreva o seu comentário, dentro do que orientamos, para que possamos permitir a divulgação.

Agradecemos a sua participação

Anônimo disse...

Assédio moral e tortura! Ele deveria processar o Estado. Quando o Sinhozinho Téo tiver que tirar do erário para reparar o dano, nem se preocupem, ele vai encontrar e responsalizar os autores dessa absurda perseguição. Aí sim, o bicho vai pegar! Pimentinha, Monteirinho, preparem os bolsinhos...

Anônimo disse...

NINGUÉM PODE SE ESCONDER DE DEUS. DEUS VÊ TUDO, E ESTÁ VENDO A AFLIÇÃO DOS POVOS. AQUILO QUE O HOMEM SEMEAR ELE CEIFARÁ.

Anônimo disse...

TENHO UMA DENÚNCIA A FAZER OS PM QUE ESTÃO PRINCIPALMENTE DE ATESTADO POR MOTIVOS PSICOLÓGICOS ESTÃO SENDO PERSEGUIDOS POR ESSE COMANDO GERAL, A JUNTA MÉDICA ESTÁ OBRIGANDO ATÉ A QUEM O MÉDICO DECLAROU APTO OU APTO COM RESTRIÇÃO A COLOCAR DE LTS E ISSO ESTÁ MUITO ERRADO MUITOS QUEREM TRABALHAR, ISSO NUM CASO DE PACIENTE PSIQUIÁTRICO É DE GRANDE TRANSTORNO, POIS HÁ A NECESSIDADE DE VÁRIAS PESSOAS TRABALHAR PARA NÃO SE SENTIREM ANGUSTIADAS E INÚTEIS EM CASA, POR GENTILEZA ALGUÉM DO SITE OU ALGUM COMPANHEIRO NOSSO QUE ESTEJA NA MESMA SITUAÇÃO FAÇA UMA DENÚNCIA COM MAIS BASE POIS A SITUAÇÃO ESTÁ SÉRIA INCLUINDO OS APTOS COM RESTRIÇÃO QUE NÃO PODEM NO SERVIÇO DE RUA, MAIS PODEM TRABALHAR NA BUROCRACIA OU OUTROS SETORES POR EXEMPLO.

Anônimo disse...

E no mermo CDH, Ele inventou uma viagem pra Maragogi segundo Ele pra furar para a turma! chegou dizendo que tinha quebrado o carro e pegou 400 ou 500 reais da turma para pagar o "serviço" do carro! diga agora que é mentira sordado mulambo!! kkkkkkkkkkkk!!!

ESPERA NO SENHOR, QUE ELE TE AJUDARÁ. disse...

A VIDA HUMANA NA TERRA É COMO SERVIR NO EXÉRCITO, SIM, NÓS TRABALHAMOS SEM PAUSA EM NOSSOS DIAS COMO UM ASSALARIADO, COMO UM ESCRAVO DESEJOSO DE UMA SOMBRA, COMO UM TRABALHADOR PENSANDO APENAS EM SEU SALÁRIO. ASSIM SOU EU, COM MESES DE ILUSÃO; E NOITES DE TRIBULAÇÃO, EIS MINHA SORTE. QUANDO ME DEITO, PERGUNTO: QUANDO PODEREI ME LEVANTAR? MAIS A NOITE É LONGA E EU FICO INQUIETO REVOLVENDO-ME NA CAMA ATÉ O RAIAR DO DIA. JÓ 7: 1-4. SENHOR, VINDE EM FAVOR DOS QUE TE BUSCAM!

Anônimo disse...

É so o oficial usar um pouquinho a cabeça e manda investigar a vida desse senhor que se diz doente.....nada que dois bons detetives particular nao consiga descobrir.... Um em pe e outro em al.....
A loucura desse cara é so para o dinheiro,acreditem!!!!!!
Gente quem tem boca fala o que quer,ele deveria largar a polucia de mão e entrar na politica é mais lucrativo pra ele...... Kkkkkkkkk

Anônimo disse...

illuminatos -

A partir do mês de maio de 2012 - começo do Movimento ESTRELAS CAÍDAS.
Convocamos os Bombeiros, Policiais Civis e Policiais Militares para incorporarem-se em MULÇUMANOS e abraçarem a causa da justiça dos homens necessaria, ou seja, ESTAMOS CONVOCANDO OS GUERREIROS VERDADEIROS QUE NÃO TEM MEDO DE NADA. Não para morrerem pela causa. Por conseguinte deverão MATAR POR ELA(CAUSA).
Sim! Senhores! Matar.
Matar, Destruir a Cúpula nojenta de Segurança Pública de Alagoas.
Dario Cesar; Luciando da Silva e Gilmar Batinga.
Os voluntarios somente poderão iniciar a matança a partir do dia 1º de maio de 2012.
Pois estará aberta a caça aos Coronéis covardes e demais Oficiais.

Att. illuminates.

Anônimo disse...

isso é um arrogante, rato e conversador. todo mundo que vem dando alteração e depois é pego na malandragem, vão atrás dos médicos para pegar atestado médico de doido, a fim de não ser punido. só burro para acreditar no coitadinho.

Anônimo disse...

liga para esses invejosos não gaudino, ta todo mundo com inveja porque tas reebendo igual a todo mundo e em kasa. Vai se tratando, contra faatos não há argumentos, contra documentos falacias não valem. Tu sabe como a polícia é, os proprios companheiros são contra nós por pura inveja.

Anônimo disse...

Não é todo mundo que sai de heroi na PM, e voce saiu como herói wlad, tai o que a PMAL disse do Wlad:

O soldado Wlademir Galdino Alexandre da Silva, do Batalhão de Polícia de Guardas da PM, teve um dia de herói. Ontem (04), por volta das 12h20, quando passava fardado pela Rua Augusta, Centro de Maceió, o policial se deparou com uma tentativa de assalto à um ônibus da empresa Real Alagoas, que fazia a linha Ouro Preto / Centro, e deu voz de prisão ao suposto assaltante.
Com uma arma em punho, o assaltante, de nome Djair Silva dos Santos (23), correu e foi perseguido pelo soldado que conseguiu alcançá-lo. Na tentativa de algemar o criminoso, que ainda tentou reagir, Wlademir chegou a efetuar um tiro entre as pernas de Djair, que só conseguiu ser detido com a ajuda de um outro militar da reserva e de populares.
“Fiz o que devia ser feito. Como policial militar tive que intervir naquele momento e impedir o assalto”, disse o corajoso policial. Nos cursos de formação, o policial militar aprende que numa abordagem, a quantidade de policiais deve sempre ser maior do que o número de pessoas abordadas.


FOnte : Reportagem da PMAL

Anônimo disse...

É por essas e outras que somos humilhados pelo governo e pelo comandante Luciano, pois ao invés de nos unirmos ficamos falando mal de um e de outro colega, por isso estamos ganhando essa miséria, quando é para irmos em massa nas manifestações e reuniões não aparecem nem 50 colegas de farda, daó os faladores de plantão começam a meter o pau no SOARES E NO SIMAS e eles lá esperando que a massa compareça e quando olham ficam completamente desanimados e desmotivados com as meia duzias de gato pingados. Por isso Teo pinta e borda com a PM.

Anônimo disse...

As asociações deveriam pegar todas as denncias da BRIOSA e levar protocoladas para o Ministério Público, só assim veriamos se estas denuncias feitas aqui procedem e também se o Ministerio ´Público está presente ou ausente diante de fatos.

Anônimo disse...

Wlad, tu é o cara, bota pra empenar.

Anônimo disse...

Galdino a lei e os documentos estão a teu favor, além das inumeras testemunhas que voce tem aqui, eu sou uma delas e voce sabe quem sou, pois por testemunhar um fato para voce fui perseguido e transferido e continuo a ser tua testemunha, pois quem trabalhou com voce sabe teu caráter e tua disposição. Vai a luta companheiro, te cuida.

Anônimo disse...

Wlad no momento que mais precisei a alugns anos atrás voce me deu o apoio que eu tanto precisava e me mostrou o caminho necessário na busca de meus direitos, nunca vou me esquecer, agradeço a voce e a Deus tudo que acontceu na minha vida após seus conselhos, hoje estou bem e feliz, obrigada.Voce sairá vencedor pois é guerreiro, não é covarde e luta com justiça. Sd L.

Anônimo disse...

Alguém sabe pq o Sd Galdino era tão perseguido? O que ele fez p desagradar tanto esses comandantes?

ASCOM da PMAL disse...

EXMO. SR. COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE ALAGOAS – AL

EDVALDO CONCEIÇÃO DOS SANTOS, brasileiro, casado, advogado inscrito nos quadros da OAB/AL sob o nº 9.365A, com endereço profissional na Rua Guido Duarte, nº 46, centro, Maceió – AL Tel 3221-7126 e 8812-9782; vem respeitosamente à presença de V. Exª em nome próprio

REPRESENTAR EM RAZÃO DO COMETIMENTO DE TRANSGRESSÃO DISCIPLINAR DE NATUREZA GRAVE

em face do militar Sd PM – 9286-02 – WLADEMIR GALDINO ALEXANDRE DA SILVA, pelas razões de fato e de direito que adiante aduz:

DAS RAZÕES DA REPRESENTAÇÃO

O Representante presta serviços de advocacia para a ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Alagoas).

No dia 30 de novembro de 2010, atendeu ao Representado, que é associado daquela entidade (cópias em anexo).

Como se subsume pelo que consta da ficha de atendimento o Representado deseja que o corpo jurídico da ACS ingresse com um mandado de segurança em seu favor para obrigar as Juntas Policias de Saúde da Polícia Militar a receberem laudos médicos oriundos do Sistema Único de Saúde e da rede particular.

A medida judicial adequada e a viabilidade jurídica do pedido passaram a ser analisadas pelo Representante. Todavia, no dia 08 de dezembro, apenas oito dias depois, o Representado compareceu a sede da entidade cobrando a distribuição do referido mandado.

Por telefone, o subscritor da presente informou que o caso se encontrava em análise, já que através da pesquisa, verificou-se não ser exequível a distribuição de um mandado de segurança, face à inexistência de lei estadual, ou federal, especifica, que obrigasse as Juntas Policias de Saúde da Polícia Militar a receberem laudos médicos oriundos do Sistema Único de Saúde, muito menos da rede particular.

Mas que a medida judicial adequada estava sendo analisada e existindo direito a reclamar, seriam reclamados.

No entanto no dia, 12 de dezembro de 2.010, o representante foi surpreendido com um email da lavra do representado, desferindo ofensas pessoais aos membros do corpo jurídico da associação, além de inúmeras insinuações de conluio entre a direção da entidade, o seu corpo jurídico e o Comando da Polícia Militar para lhe prejudicar.

Como disse, a palavra dele não é de lei e me desculpe acho que a associação tem uma posição tendenciosa e digo isso porque quando fui expulso acusado de deserção e estava preso um advogado imbecil da associação me fez uma proposta junto ao comando de passar 6 meses preso; caso não queira o caso me comunique, assim saio dela mais uma vez. Gosto de pessoas de coragem e de ombridade,_que sejam compromissados com a causa e com o associado e não que falem mil desculpas que toda vez só vejo dando apoio ao comando.

O representado alega ser vítima de assédio moral, perseguição e tortura psicológica por parte do comando da Polícia Militar (comprovante em anexo), e acusa o corpo jurídico da associação, encarregado da sua defesa, além dos diretores da entidade de conluio com o Comando da Polícia Militar na prática de tais crimes.

Acusações de natureza gravíssima, mas sem qualquer respaldo probatório.

(parte 01)

ASCOM da PMAL disse...

(parte 02)

O email foi respondido com explicações técnicas sobre o caso e demais informações (cópias em anexo). No entanto, não foi possível deixar de externar ao Representado de que intimidação e acusações levianas não ficariam sem a resposta adequada.

O Representado, de forma injustificada, depois de assacar contra honra subjetiva e objetiva dos membros do corpo jurídico da ACS, de seus diretores e do comando da Polícia Militar, alega ter sido ameaçado através dos emails que lhe foram enviados como resposta (cópias em anexo).

Sendo assim, enviou o conteúdo da correspondência por ele recebida, para o site, por ele denominado, velames, com a clara intenção de promover uma campanha difamatória na internet, caluniando e injuriando o corpo jurídico da associação, em especial o subscritor da presente, a diretoria da entidade e o comando da Polícia Militar.

Há 3 meses que solicito da associação um mandado de segurança contra o diretor do Hospital da PMAL e ao cobrar que meu DINHEIRO da associação seja empregado, ou seja PAGO para ter assessoria JURÍDICA recebo AMEAÇAS conforme segue abaixo na INTEGRA, velames pode publicar em todos os meios que quiser, está autorizado. Da minha parte já enviei a OAB/AL.

Consigne-se que o Representado, já se acostumou a enviar relatos unilaterais e injuriosos as mais variadas instituições públicas e privadas, sites e jornais on line, sempre com alegações genéricas ou inverídicas, além de desprovidas de lastro probante.

Em fevereiro de 2.009 efetuou a prisão de um indivíduo de nome Djair Silva dos Santos, e levou a registro um boletim de ocorrência imputando ao mesmo uma tentativa de roubo a mão armada (comprovantes em anexo).

Ocorre que, no processo criminal a versão do representado não foi comprovada, com testemunhas ouvidas declarando que incorreu a tentativa de roubo noticiada pelo Representado. Por conseqüência, o Ministério Público teve de aditar a denúncia apenas para porte de arma.

Tal fato não inibiu o Representado, que alimentou inúmeros sites de notícias locais com o suposto ato de bravura (comprovantes em anexo), fornecendo fotos e sua versão da história.

Algum tempo depois, apoiado apenas nas notícias plantadas por ele mesmo na mídia, requereu uma promoção pelo suposto ato, comprovadamente inexistente. Como era de se esperar a promoção foi indeferida.

Como se vê o Representado age de forma ardilosa, mentirosa, difamatória. Injuriando, caluniando, distorcendo e criando fatos, sempre em seu benefício próprio e em desfavor de terceiros. Seja na tentativa de se tornar herói, seja na tentativa de tornar vítima. Sem se preocupar, em nenhum momento, a quem está atingindo.

DA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL DA PRESENTE REPRESENTAÇÃO

O REGULAMENTO DISCIPLINAR DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE ALAGOAS aprovado pelo Decreto Estadual n.º 37.042 de 06 de novembro de 1996 no capítulo em que trata da ÉTICA POLICIAL MILITAR em seu art. 8º (oitavo) caput e incisos XII; XIII e XIX assim se pronuncia:

Art. 8.º - A honra, o sentimento do dever, o pundonor policial militar e o decoro da classe impõem-se, a cada um dos integrantes da Polícia Militar, conduta moral e profissional irrepreensíveis, com a observância dos seguintes preceitos:

(...)

IX - ser discreto em suas atitudes, maneiras e em sua linguagem escrita e falada;

(...)

XIII - proceder de maneira ilibada na vida pública ou particular;

XIV - observar as normas da boa educação;

(...)

XIX - zelar pelo bom nome da Polícia Militar e de cada um de seus integrantes, obedecendo e fazendo obedecer aos preceitos da ética policial militar;

ASCOM da PMAL disse...

(parte 03)

Por outro lado, o art. 32 (trinta e dois) incisos IX e XXII do mesmo diploma legal assim se refere à conduta do Representado:

Art. 32 - São transgressões disciplinares graves:

(...)

VI - censurar ato de superior ou procurar desconsiderá-lo;

VII - dar conhecimentos de fatos, documentos ou assuntos policiais-militares a quem deles não deva ter conhecimento e não tenha atribuições para neles intervir;

(...)

XVI - discutir ou provocar discussões, por qualquer veículo de comunicação, sobre assuntos políticos, militares, ou policiais-militares, excetuando-se os de natureza exclusivamente técnica, quando devidamente autorizados;

(...)

IX - XXII - espalhar boatos ou notícias tendenciosas;

(...)

XXVIII - faltar à verdade;

(...)

XL - ofender a moral por atos, gestos ou palavras;

XLI - ofender, provocar ou desafiar superior, seu igual ou subordinado;

(...)

XLIII - procurar desacreditar seu igual ou subordinado;

(...)

XLV - promover escândalo ou nele envolver-se, comprometendo o prestígio e a imagem da corporação;

XLVI - provocar ou fazer-se causa, voluntariamente, de origem de alarme injustificável;

XLVII - publicar ou contribuir para que sejam publicados fatos, documentos ou assuntos policiais-militares que possam concorrer para o desprestígio da Corporação ou firam a disciplina ou a segurança;


Consigne-se que não é do conhecimento do Representante que tenha ocorrido qualquer das hipóteses previstas no art. 35 (trinta e cinco) DAS CAUSAS DE JUSTIFICAÇÃO; ou art. 38 (trinta e oito) DA ISENÇÃO DE PUNIÇÃO; do RDPMAL.

Ante a todo o exposto requer a V. Exª que se instaure o procedimento para apuração dos fatos noticiados, e, configurando-se a conduta do Representado em desconformidade com o RDPMAL, que lhe seja aplicada a punição cabível. Consigne-se que identificada a prática de delitos previstos no códice penal, sejam os autos enviados ao Ministério Público Estadual para as providências necessárias. Requer por oportuno desde já, ao final, o fornecimento de cópias da íntegra do procedimento para o ajuizamento de ação penal privada, haja visto, existirem indícios evidentes de calúnia, difamação e injúria praticada contra o Representante.

E. deferimento

Maceió 13 de dezembro de 2.010

EDVALDO CONCEIÇÃO DOS SANTOS
OAB/AL 9.365A

Anônimo disse...

SE NÃO FOSSE A BRIOSA NÃO SABERIAMOS DISSO: VEJAM SÓ COMO AGE OS ADVOGADOS DA ASSOCIAÇÃO.

Pelo que entendi o gaudino porcurou a associação, com documentos, após a vVELHA DEMORA que a associação trata seus associados, este reclamou e o "ADVOGADO" se sentindo ofendido agiu com PATROCÍNIO INFIEL e inclusive se apoderando de DOCUMENTOS que eram do gaudino PARA LHE PREJUDICAR no Comando da Polícia MIlitar de ALagoas. Daí tiramos as seguintes conclusões:

1 - AS ASSOCIAÇÕES SÃO REALMENTE COMPRADAS E ESTÃO A SERVIÇO DO COMANDANTE GERAL DA PM , datavenha NUNCA LUTAM POR REAJUSTES SALARIOS E ESCALAS.

2- A Associação foi CONTRA UM ASSOCIADO E SE UTILIZOU DE DOCUMENTOS DO PRÓPRIO ASSOCIADO, o que configura crime de Patrocínio infiél DO ADVOGADO, ALÉM de ser uma grave e grande FALTA DE ÉTICA.

3 - A associação de cabos e soldados- ACS , representada por este ADVOGADO edvaldo, DEMONSTRA O QUANTO NÃO TEM INTERESSE de defender um associado NCLUSIVE SE VOLTANDO CONTRA ELE por simplesmente discordar da demora e das argumentações do ADVOGADO EDVALDO e a própria prova foi a representação feita por ele e publicada aqui para TODOS VEREM DO QUE A ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS É CAPAZ DE FAZER COM SEUS ASSOCIADOS.

A proópria prova da tirania da associação de cabos e soldados está aqui exposta, quando um SOLDADO DENUNCIA O COMANDANTE através da ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS a ASSOCIAÇÃO SE VOLTA CONTRA SEU ASSOCIADO e PEDE SUA PUNIÇÃO DEMONSTRANDO DESTA FORMA QUE ESTÁ COMPLETAMENTE ALINHANDA E SOB O COMANDO DO COMANDO GERAL DA PM. O soldado passou de VÍTIMA A RÉU, e tudo isso provocado pela ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS.

É muito triste e desolador vermos que nós CABOS E SOLDADOS estamos entregue a própria sorte aqui em Alagoas, nunca em meus vinte anos de Polícia ví ou soube de uma ASSOCIAÇÃO DE CLASSE BATER DE FRENTE COM UM ASSOCIADO como o que foi visto e demonstrando aqui NESTA REPRESENTAÇÃO DO ADVOGADO EDVALDO DA ACS. É lamentável fatos como este ocorrerem em uma Associação que tem funçÃO precípua DEFENDER OS ASSOCIADOS e manter sigilo de seus documentos, O QUE NÃO FEZ O REFERIDO ADVOGADO EDVALDO que AGINDO DA FORMA QUE AGIU DEMONSTROU ESTAR A FAVOR DO COMANDANTE GERAL (SEU AMIGO PARA QUEM NAO SABE), DEMONSTROU ESTAR CONTRA OS ASSOCIADOS QUE BUSCAM SEUS DIREITOS E DEMONSTROU COMPLETA FALTA DE ÉTICA, PRINCÍPIOS E ATÉ DE EDUCAÇÃO E UMA COMPLETA FALTA DE RESPEITO A UM ASSOCIADO E A UM SER HUMANO QUE PASSA POR GRAVES PROBLEMAS DE SAUDE DIAGNSTICADO POR MAIS DE UMA DEZENA DE MÉDICOS, A MAIOIRIA DE ORGÃOS DE SAÚDE PÚBLICOS E DO ESTADO DE ALAGOAS.

EU SAI DA ASSOCIAÇÃO NO ANO PASSADO e aqui no interior quase 80% dos PRAÇAS não estão mais ASSOCIADOS e em materias como esta é que verificamos o quanto ESTOU CERTO E MEUS COMPANHEIROS ESTÃO CERTOS EM NÃO PERTENCER A ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS, pois se não fosse esta postagem DO ADVOGADO EDVALDO nós leitores NÃO IRIAMOS SABER Desta baixaria realizada pela associação de cabos e soldados representanda pelo seu advvogado EDVALDO contra um associado.

Além de lutarmos contra um regime tirano que está alojado na PMAL, temos que LUTAR AGORA CONTRA NOSSA PROPRIA ASSOCIAÇÃO que tem o DEVER MORAL E ÉTICO DE NOS PROTEGER E DEFENDER E O QUE FICOU DEMONSTRANDO É QUE ESTÁ LUTANDO CONTRA NÓS E CONTRA NOSSOS INTERESSES, utilizando nosso dinheiro para GERIR CAUSA CONTRA NÓS MESMOS, ISTO SIM É UMA GRANDE VERGONHA E UMA GRANDE INDIGNIDADE.

LEITORES, ASSOCIADOS, DIANTE DESTES FATOS LEIAM E TOMEM SUA DECISÃO. VALE A PENA ESTAR NUMA ASSOCIAÇÃO QUE VAI DE ENCONTRO AO ASSOCIADO QUERENDO PREJUDICÁ-LO COVARDEMENTE?

Anônimo disse...

Era só o que faltava, um advogado da associação representando contra um associado, caraca, só em alagoas....

Anônimo disse...

Pelo que entendi o advogado da acs representou contra um associado e isso pode? vamos recorrer a quem então? eu hein, vou sair logo anntes que eu precise e depois seja punido por ter precisado.

Anônimo disse...

Gaudino tás com uma sorte da porra visse? andasse em rastro de c... foi? Perseguido até pela associação kkkkkkkkk, ja saí dela desde 2006, otário é quem paga. Num resolve nada, só come bola do Lulu e do Alexandre Lajes.

Anônimo disse...

Com o Simas isso nunca ia de acontecer, ASSOCIAÇÃO CONTRA ASSOCIADO? Só na administração do Cb Soares que isso pode acontecer mermo.

Anônimo disse...

MEMBROS DA ASSOCIAÇAO PERNAMBUCANA DE CABOS E SOLDADOS.

Pertencemos ao quadro adminsitrativo da associação de cabos e soldados aqui em Pernambuco e ficamos realmente estarrecidos com o fato aqui elencado neste Blog que inclusive, somos fãs.

Nunca um advogado de uma classe asociativa pode ir contra o interesse de seus associados, é contra todos os princípios associativos e jurídicos, além de gerar um mal estar entre os associados. O nosso bem maior É O ASSOCIADO e representá-lo diante do COMANDANDTE GERAL é um assinte que deve ser combatido, inclusive LEGALMENTE.

Não estamos aqui tomando partido de ninguem, apenas ficamos consternados com a forma que o ADVOGADO da ACS-AL agiu contra o soldado, fazendo uma representação ao comandante geral exigindo sua punição, o que não foi um meio inteligente nem adequado.

Uma associação é criada para defender os intereses de seus associados e não para puní-los, se o associado comete alguma infração, este é expulso do quadro associativo e daí dependendo do que houve se toma uma atitude legal, mais o que foi entendido é que enquanto estava associado o SOLDADO foi denunciado através de representação pelo ADVOGADO DA ASSOCIAÇÃO, o que é éticamente inconcebível.

Temos certeza que o companheiro SOARES não estava a par dos acontecimentos e que nunca IRIA PERMITIR UM ASSINTE destes.

Anônimo disse...

Companheiros, só é presidente da associação quem o Comando Geral quer, vejam o Velames, foi perseguido, transferido, porque é contra o Comando. O Luis Alves foi perseguido e transferido porque é contra o Comando. o Simas perseguido até hoje, transferido, tirando escala em guarda, por ser contra o comando geral, agora vê se o Soares já fez ou disse algo contra o Coamando, vê essa caso aí da Associação denunciar um associado para vê ele ser punido, isso existe? A associação não tá nem aí para nossos interesses, os cabos e soldados que ganham alguma coisa na justição são todos de advogados particulares, pois a associação não ganha nada, pelo contrário se puder prejudicar, ela prejudica, tá o caso ai desse advogado Edvaldo, com interesse de prejudicar o galdino só proque o galdino move várias ações contra o comando. Asociação é ilusão.

Anônimo disse...

Rapaz, por essa eu não esperava, associação contra companheiro associado, é pra ficar noiado mermo

Anônimo disse...

Por isso nunca vamos conseguir aumento, o governo faz o que quer, esse realinhamento não vai sair esse ano, só no meio do ano de 2013, onde já se viu ASSOCIAÇÃO X ASSOCIADO, essa desunião só nos leva ao fracasso atual nas negociações, somos fracos e feitos de PALHAÇOS O TEMPO TODO POR ESTA CÚPULA ATUAL que compra as associações.

Anônimo disse...

Se o VELAMES FOSSE PRESIDENTE DA ACS tudo seria diferente, cara batalhador, estudado e inteligente, que tem amor em defender a CLASSE e os COMPANHEIROS, mais vamos nos unir para as proximas eleições, HOJE ESTAMOS VENDO QUE ATÉ AGORA NÃO GANHAMOS NADA COM O SOARES.

VELAMES PARA PRESIDENTE DA ACS JÁ!

Anônimo disse...

é pra ficar doido mesmo, que situção da pega, é coronel, é major, é associação, buscar pelos direitos na PMAL é pior que a via crucis de cristo...

Anônimo disse...

Enquanto os praças não se unirem e batalharem juntos, nunca irão conseguir nada e sempre serão desmoralizados pelo governo, pelo comando e pelas associações. O problema de um é de todos, a vitória de um é de todos, somos uma categoria única, praças, arriscamos a vida igualmente, um por todos e todos por um. Eu acredito nisso.

Anônimo disse...

Não vi nada demais nas parte 01, parte 02 e parte 03 que o ASCOM DA PMAL publicou, pelo que entendi o soldado estava já puto da vida com a demora que realmente é de praxe da ACS e cobrou resultados daí o edvaldo, advogado, não gostou das cobranças e quis usar as denuncias feitas pelo soldado contra ele próprio no comando geral. Que coisa feia Sr. Edvaldo, que falta de ética. Acho vergonhoso a ACS ter um advogado deste nível na ACS (o qual ainda faço parte) que usa de informações pessoais para prejudicar seu associado, isso sim é vergonhoso, mais serviu para avaliarmos o quanto a ACS é descomprometida com seus associados. Aonde já se viu pagar uma associação, reclamar por não estar sendo servido adequadamente e ainda ser punido pelo advogado que estava contratando, essa foi demais mesmo, ACS voces conseguiram se superar, depois dessa vou pedir baixa de voces, PQP.

Anônimo disse...

"Se o VELAMES FOSSE PRESIDENTE DA ACS...
...VELAMES PARA PRESIDENTE DA ACS JÁ!"

vc deve tá de brincadeira, deixa de resenha!
O DOIDO NÃO! POR FAVOR!

Anônimo disse...

Essas perseguições são típicas de pessoas que lutam pelos seus direitos e que dentro da própria corporação ficam mal vistas por conseguirrem que seus direots sejam respeitados através do uso da lei. Nossos colegas de farda ao invés de apoiarem quem dá a cara para bater ficam criticando. que Deus dê forças a tdos voces que tem coragem e ousadia para enfrentar essas pessoas nojentas.

Anônimo disse...

AMIGOS DA MATERIA.

Não sabiamos que a materia que enviamos para a briosa através de acesso a documentos que os advogados do wlad impetraram junto ao Comando fosse ter tanta repercussão, mais de 100 comenários. Esperamos que tenha servido de alerta para demonstrar o que um amigo de farda pode passar por lutar contra um comando ditador e injusto. Lutar pelos direitos é válido e será sempre, mais deve ser realizado com cautela para que o estresse, a raiva, a decepção não se volte contra nós e prejudique nossa saúde física e mental. Não vale a pena morrer pela polícia ou adoecer por causa dela, apesar de ser difícil temos que ter cabeça de gelo sempre. Conhecemos vários companheiros que tiveram AVC, Infarto, se suicidaram pela opressão e tirania do sistema. Muitos acham que é MACETE.... se suicidar é macete? ter um infarto é macete? tomar remédios controlados e frequentar psiquiatra é macete? Temos que parar e refletir antes de tecer críticas a colegas doentes. Temos que parar de ter o primeiro pensamento quando soubemos de um colega doente que ele é FRACO OU MACETOSO e sim ter na mente que ele está precisando de ajuda, de uma palavra amiga, de um gesto de conforto. Não é todo mundo que sabe lidar com pressão no trabalho e nosso trabalho também gera pressão dentro de casa, na família, pela pouca atenção que conseguimos dar aos nossos entes queridos por causa do trabalho excessivo e estressante do dia a dia. Temos que aprender a ouvir o colega, pois nesta nossa profissão de policial militar só quem gosta de nós somos nós mesmos e só nosso grupo que pode nos proteger, mais ninguém, quando estamos perto nos querem longe, só na extrema necessidade somos lembrados, não temos vida social, vivemos uma vida pressionada por todos os lados e na hora que um colega nosso cai ou tomba, ao invés de tentarmos levantar, criticamos. Vejo criticas aqui até de quem já morreu. Colegas de farda, companheiros, guerreiros, briosianos, dependemos um dos outros apenas, somos irmãos de farda e só temos a nós mesmos para nos proteger, vamos criticar menos e nos unir mais; aos colegas combalidos pela pressão e pelo autoritarismo, vamos procurar dar força, aos que já se foram, que vão na paz de Deus e que Deus conforte suas famílias, aos que estão passando problemas psiquiátricos, que Deus ilumine suas famílias dando paciência e que fiquem bons, e vamos dar GRAÇAS A DEUS POR ESTARMOS BENS DE SAÚDE FISICAMENTE E PSICOLOGICAMENTE E ORAR PARA QUE DEUS SEMPRE NOS DÊ FORÇAS PARA AGUETNAR ESTA VIDA DIFÍCIL QUE ESCOLHEMOS POR PROFISSÃO.

Anônimo disse...

Li a materia apenas hoje e fiquei espantado como o comando pode ser tão mal, tão arbitrário, tão imundo. Sabia da estoria do Wlademir mais não com tantos detalhes. Eu tiro serviço de guarda, e quem tira sae o quanto é ruim, pois nem na hora de nosso intervalo consegumimos dormir pelo movimento do alojamento, pelo liga e desliga televisão, pelos companheiros que chegam gritando, só consigo durmir quando chego em casa e deito ao lado de minha nega veia.

Anônimo disse...

Eu disse a ele que ele ia endoidar de tanto estudar, e que estudo e elogio nesta merda da PMAL não vale de nada, aqui só tem valor os babão e os peixe. se não for nenhum nem outro ta lascado.

Anônimo disse...

São materias como esta recheada de detalhes é que gostamos de ler aqui. Parabens a toda equipe da BRIOSA EM FOCO.

Anônimo disse...

SOu oficial e infelizmente não posso me identificar para não me prejudicar, mais o que posso dizer é que tentaram me forçar no processo de Deserção do Sd Wlademir a ser testemunha de acusação sem nem ao menos conhecer o sodado e queriam que eu assinasse documentos que não correspodiam a realidade daquele momento, na época o Cel Pimentel e o Major monteiro estavam movidos por ódio e queriam a todo custo expulsar o soldado, nas audiencias fui chamado junto com sete testemunhas de acusação e das sete apenas três falaram mal do soldado, duas foram os prórpios Pimentel e Monteiro e a terceria a mando deles foi o Capitão Gervãsio, as outras 4 em que eu estava incluido não informaram nada em juízo, pois nós na verdade nada tinhamos contra o soldado, sabiamos apenas que ele consertava computadores e que ajeitou muitos comutadores la no 1º BPM e era querido por lá e nos quatro eramos de lá na época e claro nos recusamos a mentir e a prejudicar sem ter nenhum respaldo para isso. Eu fui logo transferido após este fato, mais não conseguiram me prejudicar por muito tempo. O Pimentel e o monteiro ficaram desmoralizados e na época a grande maioira dos oficiais gostou da vitoria pois o pimentel e o monteiro são a arrogancia em pessoa.

Anônimo disse...

Excelente colocação do anonimo "AMIGOS DA MATERIA". e parabens ao oficial que não se curvou aos mandos e desmandos destes oficiais corruptos e sem moral.

Anônimo disse...

Só no BPGd entre 2008 até hoje foram três suicídios dentro do serviço de guarda fora os inúmeros alcoolatras que vão trabalhar completamente alcolizados revoltados com a PMAL.

Anônimo disse...

Estes oficiais qundo nao conseguem punir perseguem até o fim até o soldado pedir baixa, endoidar ou matar.

Anônimo disse...

o negocio é estudar e sair dessa porra, só fica aqui quem é acomodado e burro

Anônimo disse...

companheiros os sistema é bruto e se nao lutarmos contra ele todos vamos ter um final macabro, seja com ulcera, avc, derrame, alcolismo, doido, drogado, pois todo ser humano tem que ter um escape das uas tensões diarias e na pmal a tensão é dez vees mais que qualquer emprego ai fora.

Anônimo disse...

o que esperar de um major ladrão e de um anão de circo que ainda por cima é gago e fanho e pensa que é gente?

Anônimo disse...

Desde que entrei na PMAL vi ela perder pelo menos uns 50 bons policiais, uma boa parte passou em concursos publicos, uns pediram baixa mesmo por não aguentar humilhações e outros por problemas psicológicos, psiquiátricos e de alcolismo. Trabalhei com o Wlademir e era um cara muito bom de serviço, o pau cantava com ele, não dava mole pra ninguem. Mais a polícia só quer saber de policiais babões e fracos de serviço.

Anônimo disse...

DE UM OFICIAL DO 6ºBPM

Nunca fui com sua cara e com seu jeito arrogante, mais uma coisa é certa, o Wlademir é corajoso, sempre ia de frente a situação e ia pra resolver, alterava, dava porrada, tiro, mais sempre botava moral e a maloqueiragem nos eventos respeitava. Soldado bom de serviço esse, só era muito arrogante e vivia contestando ordens de superior, seu mal era esse.

Anônimo disse...

Corajoso esse soldado, pois o Major Monteiro não é flor que se cheire, é bandido todo e tem gente da propria policia que mata pra ele.

Anônimo disse...

Força amigo, voce vai melhorar e ainda vai ri muito dessa situação.

Anônimo disse...

Estive no dia da invasão do cativeiro do caso malu, ia sair elogio para todo mundo pela repercussão da prisão bem sucedida, mais só não saiu porque o Cel Pimentel era Comandante do CPI e vetou o elogio porque o Wlademir fazia parte da guarnição, e o DOJA (Cel Dgival) teve que obedecer.

Anônimo disse...

Voce esta na boa, nós é que estamos doido de ficar numa puliça de merda dessa, desmoralizada, desrespeitada. Vinte anos nesta merda e não vi nada melhorar, pelo contrário, só piora a cada ano...

Anônimo disse...

Wlad tu é o cara, somos seus fãs, não é todo mundo que desmoralizou tanto oficial. So conheço tu e velames com esta coragem, por isso voces são tão mal falados, mais ninguem tem a coragem de enfrentar feito voces enfrentam. Botem pra F. mesmo quem tiver achando ruim pegue o C.. e rasgue.

Anônimo disse...

E ae puliça, to caindo fora também, também tô ficando doido nesta porra.

Anônimo disse...

Podem falar o que quiser do cara, mais trabalhei com ele na P2 do CPC na operação Fernandinho Beira Mar comandada pelo Cel Coutinho e o cara tem coragem, se infiltrou comigo e conseguimos a prisão de vários integrantes que estavam no Jaraguá. Né pra qualquer um não.

Anônimo disse...

SEU MELHOR AMIGO:

Ninguem aqui contestou os fatos, nem das prisões efetuadas e ditas aqui, sabe proque porque o Wlademir é um excelente policial tanto na área administrativa quanto na operacional, nunca deixou um companheiro para trás, nunca passou a perna em um companheiro, nunca traíu a confiança de um colega de farda. Conheço ele antes de entrar na Polícia e sempre foi arrojado e determinado. Logo no primeiro ano de polícia foi chamado a atenção por estar aparecendo demais na mídia, pela quantidade de prisões que realizava, dentro e fora de serviço, é um policial 24h. Muita genta tinha e ainda tem inveja dele. Uma pena estar acontecendo isso com ele, pois precisamos de companheiros em quem podemos confiar e de companheiros que enfrentem os oficiais demonstrando que os oficiais não são deuses ou semideuses como eles se acham.

Anônimo disse...

Loucura essa historia, parece filme com enredo ensaiado. Nao acredito na loucura dele, acho sim que foi inteligente e armou um circo em volta de si mesmo. E uma pena que o mesmo nao enxergue que esse circo so vai prejudicar a ele mesmo. Afinal a oportunidade dada aos "loucos' e limitada, muita vezes, a sentimentos de repudio e pena. Que Deus o ajude!

Anônimo disse...

voce vai superar essa compnheiro

Anônimo disse...

Verifiquei os bgos citado e a estoria procede, pense numa PMAL F.D.P.

Anônimo disse...

Pra mim companheiro que ta contra os oficiais sebosos certo ou errado pra mim vai estar sempre certo.

Anônimo disse...

Nenhum oficial presta , nenhum e estes praças não aprenderam ainda, o galdino era amigo de vários oficiais e cadê eles agora?

Anônimo disse...

Mais um que va cair nas estatisticas e no esquecimento.

Anônimo disse...

ADVOGADO.

Pelo que entendi e verifiquei das documentações apreentadas aqi no blog voce tem direito a Danos Morais, Perdas e Danos, calculados até a idade de ir para reserva, pois teve a carreira interrompida por culpa da Polícia Militar e problemas graves de saúde causados pela corporação, diante destes fatos, voce está podendo alçar promoção na Justiça de, no mínimo 1º Sargento. É uma briga demorada, mais de causa ganha. Danos morais e perdas e danos, dainte a robustez das provas e até constando os dnos morais em sentença já prolatada, dá para pedir no mínimo, 500 mil reais. Demora mais saí. Bom Juridicamente é isso aí, Boa Sorte.

Coluna do Militar - Blog disse...

Tendo tomado conhecimento destes fatos, informo-lhes que o blog do site Coluna do Militar publicará, em breve, um post sobre o assunto deste companheiro.

O autor e webmaster do site Coluna do Militar é ex-policial da PMBA e Sgt Refm do Exército Brasileiro, por complicações na coluna vertebral associado ao serviço, conforme apurado em Inquérito Sanitário de Origem. Estamos à disposição para receber quaisquer denúncias e e assuntos relativos às condições de trabalho a como está a coluna vertebral da tropa.

Oportunamente, solicito que divulguem entre os demais companheiros e seus familiares e amigos a existência do site Coluna do Militar e os convidem a seguir o nosso blog: http://colunadomilitar.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

vc já lutou tanto Wlad contra esse sistema... deixa barato ñ.... danos morais neles...
Boa sorte Amigo

Anônimo disse...

QUE DÓ DE VOCêS TRABALHADORES E DEFENSORES DA POPULAÇÃO DE ALAGOAS. NÃO SOU DESTE ESTADO, MAS DEDIQUEI ALGUNS MINUTOS PARA LER ESTA TRISTE REALIDADE DESTE GUERREIRO DE FARDA WLADEMIR. PÔXA! PESSOAL DA ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO! O QUE VCS FAZEM AÍ QUE NÃO ESTÃO PERCEBENDO TODO ESSE SOFRIMENTO. ATÉ EU QUE NÃO TENHO NADA HAVER COM O ESTADO ME REVOLTEI! CADÊ A JUSTIÇA AÍ???
DEIXO MEUS PARABÉNS A TODOS OS PRAÇAS DO ESTADO DE ALAGOAS E AOS OFICIAIS DO TIPO LEVANTADO NO EMAIL ( NAO CONHEÇO AMBAS AS PARTES) QUE PENA! DEMONSTRAM SER MEDÍOCRES E SEM MORAL ALGUMA.
ATT: LEITORA

Anônimo disse...

Coronel Reformado Ex Comandante de Sd Wlademir

Um policial no local ERRADO, O Wlademir tem inteligencia acima da média e isso EM ALAGOAS é prejudicial. Também sou de fora do Estado e tive muitas dificuldades, claro que menores, pois já comecei como OFICIAL. Wlademir foi m dos melhores policiais que já comandei, arrojado, valente e corajoso, muito respeitador e amigo, agora só não gostava de ser tratado mal, daí seu sangue subia e ele reagia sem se importar com a patente. Sabe muito de Lei e Regulamentos, tem tudo na ponta da língua, por isso respondeu a dezenas de PDO e IPM e nunca foi punido. Infelizmente a CÙPULA de oficiais é unida e deixo ele sempre no serviço DE GUARDA, o serviço PUNITIVO da PMAL. Quem perdeu foi a própria PMAL, pois ele é altamente qualificado, foi quem deu início ao QUADRO DE ESTATÍSTICA DE CRIMINALIDADES NO CPC, que antes era fictício e ele para demonstrar capacidade e inteligencia ainda fez gráficos por bairros, por ilicitudes e por operações - OPO, o que deu reconhecimento ao Comandante do CPC n época pelo Secretário de Defesa Social. Um soldado brilhante, que estava na POLÍCIA ERRADA E NA FUNÇÃO ERRADA, devia ter estudado mais, pois tem inteligencia e principalmente COMPETENCIA para ser OFICIAL.

Anônimo disse...

AMIGO DO CPC - 2002 - 2004

Este dias estava comentando com um oficial amigo nosso e lembramos daquele dia que o Cel Coutinho chamou voce para acompanhar ele na operação da Prisão dos Assaltantes de Banco e voce estava sem uniforme e ele disse: Coloca a camisa preta do BOPE, daí para tu ficar mais alterado, te dei a balaclava, dai tu ficou de calça Jeans, tenis, camisa preta do bope, bala clava e com o TA na cintura e com a Pistola do Coronel nas costas, KKKKKKKKK pense numa alteração quando chegamos lá na delegacia, tinha quatro viaturas do BOPE e o comandante do BOPE ficou o tempo todo olhando pra tu e nao podia fazer nada, pois tu tava na segurança minha e do Coronel Coutinho, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk . Melhoras amigo e coloca essa Policia na Justiça, ela não gosta de policiais desenrolados e de boa índole.

Anônimo disse...

Amgigo do CDH (CURSO DE DIREITOS HUMANOS 2009)

Que saudades de vc wlad, nossa turma 2002 ficou muito triste com seu afastamento. Ví apenas hoje as calúnias, mais voce sabe de quem foi,o Barros, pois ele sempre teve inveja de voce, principalmente na nossa viagem a Natal, quando tu caladinho na tua desenrolasse duas gatas na praia (uma pra tu e outra pro doido) e deixsse a turma babando e ele com inveja de voces, pois foi só alegria no quarto, kkkk. Tu, o doido e o sargento tirou onda em Natal com as boyzinhas de lá. Força aí guerreiro, você vai ganhar mais essa como sempre ganhou as outras. Liga pro Barros não, é um invejoso, liso, desomoralizado, que se escora na família. Não tenho seu telefone nem email mais, mais desejo tudo de bom cara.

Anônimo disse...

Soube pelo Douglas que agora és evangélico, graças a Deus, mais um amigo salvo no senhor. Ele vai te ajudar a superar todos os problemas, estarei orando por ti.

Anônimo disse...

E ai Wlad, já tá na reserva? Já colocou a PMAL no pau? Faz três anos que não te vemos. Aqui no BPGd sentimos sua falta companheiro. Boa Sorte e aparece para falar com os amigos.

Anônimo disse...

Grande companheiro de labuta, gostava de ajudar a todos, uma pena esta situação, mais é isso aí, o lance agora é tocar a vida, curtir a reserva e criar os filhos para nunca entrar nem na porta de um quartel. Estou educando os meus para estudarem e serem coisa melhor. Não que militarismo é ruim, mais a maioria das pessoas que estão dentro do militarismo é que fazem ele não prestar. É um ambiente que tem muita humilhação interna, que nos destrói aos poucos. Tudo de bom Galdino. Você é e sempre foi o cara.

Anônimo disse...

O galdino foi um grande companheiro, desenrolado, bom de serviço, rápido no dedo. Está fazendo falta nas operações!

Anônimo disse...

Li os comentários e verifiquei que muitos comentários maldosos claramente foram feitos por oficiais (principalmente o monteiro) que tu botou pra F. kkkkkkkkkkkkkkkk Ficavam com o C. na mão quando o galdino aparecia com advogado, kkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Conheço um Sub-Tenente do Paraná que enfrenta situação similar. Ele tem um site e todos poderão entrar em contato com ele e verificar a veracidade e de que forma esta reagindo.
Sd PMPR Moises

Anônimo disse...

Soube que o vlademir ingressou ação no Ministério Publico de Alagoas, agora o bicho vai pegar......

Anônimo disse...

DENUNCIA DE PERSEGUIÇÃO AO SOLDADO WLADEMIR GALDINO ALEXANDRE DA SILVA - PROCESSO 1141/2013 NO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL.

Anônimo disse...

é isso aí Galdino, em breve tu vai sair sargento e todo mundo ficará com mais inveja ainda porque não é qualquer um que sai com vários elogios em ficha, com ato de bravura, e ainda por cima recebendo como sargento e na Reserva, recebendo salário Integral. Você é um exemplo para todos nós.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver