Cabo Paulo Sérgio (outra estatística para a SEDS)

Mais um militar foi morto. Desta feita, o Cabo da nossa Polícia Militar, Paulo Sérgio dos Santos Oliveira, foi assassinado a tiros. O crime, segundo testemunhas, foi praticado por dois homens, aconteceu em um posto de combustível localizado na Chã do Pilar, no município do Pilar, na Grande Maceió; onde o Cabo trabalhava nas horas de folga como segurança.
O Cabo Paulo Sérgio era lotado na 4° Companhia Independente, que fica em Atalaia, onde atuava como P2. Segundo declarou em prantos um familiar do nosso colega, “ele só tirava ‘bico’ para complementar a renda em casa” algo que não teria acontecido se a [base da] Polícia Militar de Alagoas fosse bem remunerada.
Policial abnegado, o Cabo Paulo Sérgio fazia investigações sobre as ações de traficantes de drogas na região do Pilar. E foram justamente as suas investigações o que levaram dois traficantes à prisão no último dia 26: Michel Ângelo da Silva, 31, e Paulo Ricardo Almeida Santos, 25; com quem foram apreendidos 808 gramas de cocaína três lâminas e diversos sacos para embalagem.
Paulo Sérgio é o terceiro policial militar alagoano executado este ano em nossas terras. O primeiro foi o Sargento Cícero Soares, que era lotado no BPEsc, e foi assassinado a tiros quando trabalhava como segurança em uma panificação.
No dia 20 de maio dois homens mataram a tiros o Cabo PM Geovânio Gomes de Aquino, 49, o “Jó”. Ele foi assassinado junto com o genro. Os dois estavam em um clube popular conhecido por “Piscina Demézio”, na cidade de Palmeira dos Índios.
Outros quatro ex-militares e um Cabo da PM de Sergipe também foram assassinados de janeiro até o momento, em Alagoas. Todos eles viraram estatísticas para a SEDS!

8 comentários :

JOSE DEODATO 2011. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Highlander disse...

UM HOMEM DE BEM...

PM PAI DE FAMÍLIA...

MAIS UM SER HUMANO DO BEM Q MORRE SEM TER DIREITOS HUMANOS...

UM EXCELENTE, ABNEGADO, E DESTEMIDO POLICIAL Q TINHA NAS VEIAS O SENTIMENTO DO DEVER...

UM GRANDE AMIGOOOOOOO....

MAIS UM PM ASSASSINADO COVARDEMENTE POR ESSES BANDIDINHOS DE MERDA Q SE PROLIFERAM EM ALAGOAS INCENTIVADOS POR UM GOVERNADOR ASSASSINO, UM SECRETÁRIO DE SEGURANÇA INERTE E INCOMPETENTE E UM CMDT GERAL IGUALMENTE INÚTIL E MAL-INTENCIONADO...

SE DEPENDER DE MIM, MINHAS LÁGRIMAS DERRAMADAS POR VC GRANDE AMIGO, N SERÃO EM VÃO...

VAI COM DEUS, CUMPRISTE TUA MISSÃO AKI NA TERRA, SENDO ASSIM, SEJA AGORA LÁ NO CÉU O MESMO GUERREIRO Q SEMPRE FOSTE AKI !!!

Briosa em Foco disse...

Recebemos alguns comentários solicitando uma postagem sobre o assassinato do Cabo da PM de Sergipe, onde os leitores pediam para que o colocássemos como "uma estatística para a SEDS"...

Ficamos em silêncio quanto a isso, e isso deve ter causado alguma estranheza. Na verdade, o nosso silêncio decorreu de um detalhe: nós sabíamos quem era a pessoa do Cabo Romildo e no que ele estava envolvido, razão pela qual acreditamos que ele simplesmente não foi vítima de um assassinato, como inicialmente foi divulgado. Hoje foi divulgado no Emergência 190 um desfecho surpreendente sobre a morte do militar da PM có-irmã.

Veja:

Cabo da PM, executado a tiros, negociava com “carros de estouro”, diz delegado

O delegado regional de Delmiro Gouveia, no Sertão de Alagoas, Rodrigo Cavalcante confirmou que já tem o suficiente para esclarecer o assassinato do cabo da Polícia Militar (PM) de Sergipe, Romildo Santos Alves, 43, encontrado morto na última sexta-feira (01°) ao lado de um amigo, identificado como sendo José Ailton de Souza Santana, 30, que foi ferido com tiros de pistola do peito.

O crime foi praticado durante uma luta corporal com Décio de Oliveira Sandes, o qual as duas vítimas haviam sequestrado com a intenção de executá-lo.

O militar e o amigo viajaram de Sergipe para Alagoas com a finalidade de matar Décio, após descobrirem que ele tinha conhecimento que o cabo da PM negociava com “carros de estouro” (que é comprado, porém não tem as prestações pagas).

A dupla seguiu com Décio, preso na mala do Corsa Sedan, dourado, placa NVN 7409/Aracaju e ao chegar em uma estrada vicinal, próximo ao assentamento Dois Irmãos, no município alagoano de Piranhas pararam com a intenção de praticarem o crime. Teria sido neste momento que a vítima que estava com uma faca escondida desferiu um golpe que atingiu o pescoço do militar, que caiu ferido.

Ainda algemado Décio iniciou uma luta com Romildo, que estava armado com uma pistola calibre .40, tomada pelo sequestrado que atirou contra o policial que morreu instantes após. Em meio à confusão, José Ailton, que também estava armado com revolver calibre 38, teria atirado contra Décio que reagiu alvejando o amigo do militar com três tiros no peito.

O que chama a atenção em toda a história, conforme o delegado é o fato de Décio não ter retirado as algemas. O acusado ainda tentou fugir do local dirigindo o carro usado horas antes para seu sequestro, mas não conseguiu, permanecendo no local aguardando ajuda.

Em depoimento a Polícia, Décio relatou que um homem de moto, que se apresentou como policial chegou ao local e recolheu as armas do crime se prontificando em informar o caso a Delegacia mais próxima, desaparecendo em seguida.

José Ailton e Décio continuam hospitalizados e ao receberem alta médica, deverão prestar um novo depoimento.


Fonte: Emergência 190

EU disse...

PORQUE VOCÊS NÃO POSTARAM NADA SOBRE A SITUAÇÃO DO SOLDADO QUE REAGIU NA VAN PARA N VIRAR OUTRA ESTATISTICA?

Sócio da ASSOMAL disse...

Ministro promete votação da PEC 300 em 'semana da segurança'

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, prometeu que as Propostas de Emenda Constitucional (PECs) 300 e 446, que instituem um piso nacional para policiais, bombeiros e demais agentes de Segurança Pública, e outros projetos de sua alçada devem ser votados na Câmara, na mesma semana antes do recesso parlamentar, em junho.

Para maiores informações clique aqui.

Anônimo disse...

ESECABO SE LASCOU POR QUE FOI OTÁRIO E QUERIA SER O BOM .UM ANTIGO COMO ELE INVESTIGAÇAÕ DE PRÓPIOS IRMÃOS DE FARDA E PODEROSOS,SÓ UM PM BABACA VAI NESSA ONDA,SE LASCOU POR QUE QUIS,ELE SA BIA QUE A PMAL NÃO DÁ CONDIÇÕES DE SERVIÇO Á NINGUÉM.ELE PENSOU QUE ESTIVESSE NA POLICIA AMERICANA.TERMINOU MORRENDO.

Anônimo disse...

esse anônimo é outro babaca como pode fazer comentários de um ser humano desse jeito concordo que depois que morre todo mundo vira santo mas fazer esse tipo de comentário com um ser qualquer é horrível.

Anônimo disse...

é depois que morre todo mundo vira santo eu hen.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver