A vingança do gatilho

A pressão foi muita! Por conta disso, podemos dizer que o resultado apresentado por causa da morte do Cabo Adriano foi satisfatório (um morto e dois presos). Mas mesmo assim, a nosso ver, a Cúpula da SEDS tem a sua parcela de responsabilidade não apenas nos índices da violência como também na exposição a que somos submetidos.
Se recebêssemos um salário digno, que nos permitisse termos uma boa moradia em um bairro seguro, que nos permitisse momentos de lazer em família, automóvel, certamente a maior parte das mortes dos agentes de segurança não ocorreriam. Quando foi a última vez que vimos um Comandante da Polícia Militar lutar pelo aumento salarial da tropa sob seu comando? Fora isso, pare e pense: das mortes de policiais em solo alagoano nos últimos anos, quantas ocorreram no momento do serviço? As respostas a estas perguntas ajudam a compreender o grau de comprometimento dos nossos gestores para conosco.
Sabemos que as investidas criminosas estão cada vez mais audazes, mas bandido não é burro; bandido sabe que “bater de frente é vala”. Infelizmente foi preciso morrer outro colega de profissão para que nós – agentes da Segurança Pública de Alagoas – mostrássemos para a sociedade que sabemos fazer o nosso serviço. A elucidação da morte do Cabo Adriano não foi um fato isolado, pois os episódios anteriores confirmam que: quando um policial é a vítima da violência, as coisas são diferentes.
Mas então por que a polícia não age assim com toda a sociedade? Precisa responder?
O que a sociedade não entende ou não enxerga é que o Governo do Estado não investe devidamente em segurança, bem como desrespeita os seus servidores, razão pela qual a desmotivação no âmbito da Segurança Pública é grande – o que nos faz agirmos “por motivo de conveniência ou oportunidade”. Outro dia um grupo de coronéis, “liderados” pelo Coronel Ivon, esperneou nesse sentido. Eles fizeram diversas reuniões o que resultou em uma nota de solidariedade contra a violência (clique aqui). É claro que a verdade por trás da movimentação dos Coronéis Full, contra Dadá e Lulu, resultou de outros fatores, ou seja, os coronéis perceberam que nenhum deles está a salvo da fúria da SEDS.
A imprensa, por sua vez, atenta com a Segurança Pública em nosso Estado, a exemplo do jornalista Célio Gomes, bateu pesado no que estava acontecendo (no governo e na SEDS). Situações desconfortantes para o Governo do Estado, SEDS e Comando da PMAL foram reveladas, mas nenhuma medida efetiva foi tomada.
Quanto a esse “Plano Nacional de Segurança Pública”, ele ainda não mostrou a que veio. Os resultados apresentados são pífios. Vejamos isso no relatório de armas apreendidas pela Força Nacional, responsável por menos de 3% das armas aprendidas (apenas no âmbito do CPC):
Se tudo isso é resultado, em parte, da desmotivação da tropa, por outro lado é resultado da incompetência dos nossos gestores públicos e do seu amadorismo. Algo que a marginalidade já percebeu há muito tempo. Veja-se, como exemplo, os sucessivos ataques a estabelecimentos bancários no interior do Estado.
Ainda sobre o episódio da ação dos meliantes contra o Cabo Adriano, de acordo com testemunhas, quando os bandidos invadiram a residência e pediram para todos saírem com as mãos para cima, eles deram um recado, ou seja, disseram o porquê de estarem ali, e logo em seguida deram um tiro na nuca do Cabo; que mesmo depois de prostrado ao chão ainda recebeu outros disparos de arma de fogo. Vejamos o que restou de um dos assassinos do Cabo Adriano:

Segundo o que foi dito pela imprensa, “o crime revela um enredo truncado da violência no interior de Alagoas”, algo que os nossos gestores fingem não saber. Conforme foi dito no início desse texto, sabemos fazer o nosso serviço”, apenas estamos desmotivados com o comando e a falta de recursos para trabalharmos em prol da sociedade. Dos pistoleiros que assassinaram o Cabo Adriano José, um já está morto (porque bateu de frente “resistiu à prisão”) e outros dois foram presos, mas ainda faltam outros – e isso é só questão de tempo: a vingança do gatilho ainda não está consumada!



17 comentários :

Anônimo disse...

A verdade que o governo quer esconder: a bandidagem tomou conta do interior do estado. Os criminosos perceberam a vulnerabilidade do aparato da segurança publica no interior e estão migrando e formando "bases" de atuação nas cidades do interior. Hoje só tem policiamento na grande Maceió e em Arapiraca, o restante do estado a segurança publica faliu e o crime se organizou. Alguem acha que a criminalidade diminuiu por causa desse plano Brasil mais seguro? Não diminuiu e ainda por cima migrou para outros municipios alagoanos. Varios PMs estão sendo ameaçados pelo crime organizado e o comando tem conhecimento e nada faz. A carencia de efetivo é tão grande que a eleição deste ano quebrará o record de solicitação de tropas federais simplesmente por que em quase todos o municipios alagoanos falta efetivo para trabalhar na segurança das eleições. Está tudo abandonado e o governo, seds e comando tem conhecimento, mas devido a incompetencia, lavaram as mãos.

LAMPIANO disse...

EU AINDA VOU VER DÁRIO CÉSAR, LUCIANO SILVA, GILMAR BATINGA, DENTRE OUTROS, SEREM MORTOS DA MESMA FORMA QUE ESSE CABO. QUANDO ESSE DIA CHEGAR, EU VOU DIZER "TOMA, FDP. A VINGANÇA DO GATILHO TARDA, MAS NÃO FALHA."

Anônimo disse...

essa cúpula é tão nojenta, que quando os repórteres do rio de janeiro e são paulo vieram fazer a matéria do profissão repórter eles tratara logo de maquiar os números da violência, afirmando que a presença da força nacional reduziu em 30% os índices de violência. é, amigos, acrescentando um "zero" aos 3%, até eu sou bom. toma vergonha, corja nojenta. pede pra sair, pede para sair.

Ah, só mais uma coisa: aquele tal maurício breda que se acha um juiz tão certinho, tão legalista, queria que os meliantes fizessem a perícia no nosso hospital, o chpm. ainda bem que os nossos preguiçosos médicos mostraram para ele que tem lei os amparando, impossibilitando que as pretensões do juiz fossem a diante.

moral da história: a pm está tão desmoralizada, que tantos os marginais quantos as autoridades se acham no direito de fazerem com os policiais o que bem entendem.

Anônimo disse...

Sou a favor de que para cada Policial de bem perecer nas mãos de bandidos, 10 vagabundos devem ser mandados para o inferno. Afinal, nem 10% dos homicídios em Alagoas são elucidados, logo podemos matar esses vagabundos a fole!!!!

Colecionador de Ossos disse...

Amigos, ainda hoje (20/09) três malas estarão mortos entre as imediações da Vila Brejal, Bom Parto, Vergel e Joaquim Leão. Daqui pra domingo serão mais de 10, só no trecho que citei.

Anônimo disse...

BOTA PRA ARROMBAR COLECIONADOR DE OSSOS,SE MALA TIVER FAZENDO MERDA NO VELHO JAÇA,VAI PRA PISTOLA SEM PENA VAMOS VOLTAR AOS VELHOS TEMPOS MEXEU COM POLICIA TEM QUE MORRER;SE CUIDA DIDI TUA HORA TA CHEGANDO TRAFICANTE BOM É TRAFICANTE MORTO.

Anônimo disse...

ACREDITO QUE O CORPO DESSE VÍDEO NÃO SEJA DO CB ADRIANO, POIS FUI AO VELÓRIO E O SEU ROSTO NÃO FICOU TÃO DEFORMADO NA PROPORÇÃO QUE MOSTRA O VÍDEO

Anônimo disse...

esse corpo foi o do mala!!!! espero que o didi tenha fim igual!!! Atualizando a materia dos 2 malas presos um ja foi solto! o delegado nao viu ligação do meliante com o crime...( o cara fica 3 dias escondido no meio do mato e o delegado não ve ligação com o crime... e brincadeira) segundo informes lá em porto calvo tem mais tres praças jurados de morte pelos traficantes!! e ai, como fica!???

Anônimo disse...

derrubem esses miseráveis que estão ameaçando os praças, faca na caveira!

Anônimo disse...

o que todos os praças do 6° BPM sabe é que quando mataram o Sd Ademir, irmão do Cb Adriano, o então comandante da época, TC Neyvaldo não teve atitude, jurou até punir os PMs que fizessem alguma coisa com os traficantes, e o que aconteceu já que nada foi feito? Outro PM assassinado, e mais outros jurados, parabéns ao atual Comandante Lima Júnior, por todo o apoio dada a família ilutada e os esforços para pegar esses bandidos.

GRUPO DE PESQUISA EM SEGURANÇA PÚBLICA - GPSEG disse...

COMISSÃO DE COMBATE A CORRUPÇÃO ELEITORAL

D E N U N C I E : As denúncias podem ser feitas pelo telefone 2121-3207, no site da OAB/AL (www.oab-al.org.br) ou diretamente na sede da entidade, no Centro, ou nas subsecções da OAB em Penedo, Palmeira dos Índios, São Miguel dos Campos, União dos Palmares e Arapiraca.

Anônimo disse...

Coronel que recebe propina de traficante é bandido pior que o traficante!

SAMURAI disse...

Sou a favor de uma atitude mais enérgica por parte de todos nós que estamos na rua todo dia contra todo e qualquer bandido, seja mala zé ruela, seja bandido de verdade, seja PM bandido (oficial ou praça), seja político financiador do tráfico, nós não temos que dá nosso lugar a ninguém, político ou juiz é agente público assim como nós, se se meterem a besta tem mais é que provar nossa força. Já disse aqui em outra postagem e volto a repetir, se bater de frente comigo, eu posso até tombar, mas juro por Deus Pai Todo Poderoso que faço a passagem com os dentes cravados na orelha de um, e mesmo que não consiga promover o encontro dele com o capeta num vai ter legista da casa da gôta que consiga me fazer soltá-lo.

Estamos hoje em desvantagem numérica. Quem defendia que não poderia haver policiamento com dois homens numa viatura hoje tem como sendo este o policiamento perfeito. E estamos aí indo pra rua como policiais americanos numa realidade de terceiro mundo. Quem conhece o bairro Iraque em Marechal Deodoro (só pra dá um exemplo) sabe que não é lugar pra se patrulhar em dupla, contudo, existe um vtr com uma dupla de policiais cobrindo aquele quadrante seja dia ou noite. "Proporcionalidade é fator preponderante para a segurança dos agentes em uma abordagem policial", assim nos ensinava o na época Cap. Gilmar, sub comte do BPRp, nas aulas de radiopatrulhamento, essa doutrina foi defendida por ele durante longo tempo, mas agora os tempos são outros...

Eu só digo uma coisa, policial que trabalha desta forma(dois homens numa vtr) em área de risco, trabalha temendo pela própria vida e nesse contexto ele atira primeiro e pergunta depois. Vamos sentar o aço cambada!!!

língua maldita. disse...

como assim vamos sentar o aço samurai se você não está na rua?dar corda para os outros se enforcarem é bacana né?

SAMURAI disse...

Lingua maldita mesmo, eu me lascando numa escala...ei jogando verde é, tá querendo me pegar? Bobinho quer que eu fale pra filtrar né?

SAMURAI

Anônimo disse...

Mataram só um bandido, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK vai lá no 6 BPM para saber, foram 04 malas derrubados, para mostrar que se matar um morre cinco, a faltando apenas o didi, mais este já está sendo caçado. Obrigado Comandante Lima Junior , O senhor sim é um homem de bem e como se diz BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO e aqui no 6 BPM somos unidos, derrubou um morre no mínimo 5. Lembram do companheiro praxedes? Só sobrou o menor, que depois foi encontrado morto, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

Infelizmente companheiros, temos que viver com essa situação. enquanto nós suamos a camisa, algumas estrelas só querem brilhar mais.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver