Retrato Social

Em nossa última postagem do ano, gostaríamos de publicamente expor a todos os nossos desejos para o ano que começa dentro de poucas horas. Um ano, que gostaríamos (assim como as demais pessoas) que fosse melhor que este que se finda, com menos violência, com mais pessoas (da segurança pública, em especial) qualificadas e compromissadas com o bem estar social trabalhando em prol da sociedade. Em resumo, gostaríamos que fosse um ano melhor em todos os sentidos, razão pela qual sentiríamos orgulho em chegar aqui e falar o oposto de tudo o que dissemos antes, mas temos a certeza que não será assim.
Alagoas continuará repleta de injustiças, dor, sofrimento e a criminalidade permanecerá como estamos acostumados a ver nos últimos anos: em crescimento e cada vez mais aterrorizando a sociedade.
Apesar de tudo, e para desespero de muitos, a Briosa em Foco irá cumprir o seu dever de informar os problemas internos da Polícia Militar de Alagoas, assim como o que lhe diga respeito e, principalmente, as pessoas que por suas condutas se desviarem do seu mister policial militar e macularem a imagem da corporação.
Nesse sentido, como foi dito na postagem anterior, muitas vezes iremos errar na forma com cobrar, como reivindicar alguma coisa, ou alertar para algo”, mas o importante é que não nos furtemos na nossa obrigação, que é levar a informação e, por conseguinte, fazer as cobranças que se fizerem necessárias. A exemplo da cobrança por providências com o que aconteceu ontem, dia 30.12.2012, quando dois irmãos foram espancados por sete rapazes, sob as lentes das câmeras de vigilância da SEDS (que custaram mais de R$ 100 mil, cada – clique aqui). Vejamos o que uma das vítimas disse a respeito:
“Gostaria de deixar minha queixa para o Governo do Estado de Alagoas e Prefeitura de Maceió, pois hoje dia 30/12/2012 eu e meu irmão fomos agredidos de forma gratuita e covarde em via publica (Av. Álvaro Otacílio) por ‘filhinhos de papai’ que destroem nossa capital. Na cidade onde a impunidade domina, esses elementos nos agrediram em grupo de 7 pessoas contra 2 de forma covarde e sem motivos por pura e simples ‘sensação’, e claro com a certeza que a impunidade reina e corrompe nossa polícia e órgãos públicos, se acham no direito de agredir e humilhar a quem que quer seja por estarem em maior número e contarem com o apoio de pais influentes no meio político e social.
O que causa mais revolta e que após a consumação da agressão nós solicitamos o apoio da policia que demorou 1 hora e nem apareceu no local, depois de diversas ligações, e mesmo tendo uma delegacia nas proximidades e uma viatura a menos de 1 km do local que foi avistada quando fomos a Central de Policia para dar queixa do ocorrido, a policia se omitiu completamente do caso. Creio que por que falamos que os agressores estavam em um Hilux preta, então acho que dão tratamentos diferente em decorrência do carro do infrator não é mesmo?
Assim, após diversas ligações que nos informaram que deveríamos ir a central de policia abrir o Boletim de Ocorrência, para que dai quarta feira possamos fazer o corpo de delito e solicitar as imagens e as gravações e que dependeremos da boa vontade da Policia para que as mesmas sejam liberadas e haja justiça em nosso caso.
Todo o local onde houve a agressão hoje é monitorado por câmeras de segurança da SMTT e da Prefeitura, além das câmeras particulares do Hotel Brisa Tower, Mc Donald’s e do Posto Ipiranga o que possibilita a identificação dos elementos de forma rápida e precisa. Dependendo apenas da boa vontade dos que conduzem o caso.
O que mais indigna é o descaso da policia e imagino eu se fosse algo mais grave como uma perfuração profunda hoje nem eu nem meu irmão estaríamos vivos para contar essa história, creio que teríamos morrido sem o mínimo socorro ou dignidade.
Espero que espalhem essa mensagem para que nossa cidade não seja dominada por oligarquias e minorias que usam e abusam de sua influência para seu bel prazer. Afinal se deixamos passar um crime desse então estaremos nos corrompendo, eu tenho conhecimento, entretanto os pobres e sem teto que são e foram mortos por esses mesmo seres desprezíveis! Espero que isso sirva de lição e aviso a todos que nossa cidade não se renderá aos interesses de poucos e sim aos interesses do povo!”
O autor do texto é o assessor empresarial Cristóvão da Silva Rodrigues, 22 anos. Ele recorreu às redes sociais para relatar as agressões e exigir investigação da polícia.
“Eu e meu irmão tínhamos saído do QG e estávamos indo para o ponto de ônibus quando esses rapazes passaram xingando a gente. Depois deram volta na caminhonete, seguiram e desceram do carro”, lembrou.
O espancamento aconteceu na orla, onde muita gente circulava, mas ninguém impediu as agressões.
“Eles tinham no máximo 25 anos. Bateram de forma gratuita. Não havia nada que justificasse a agressão. Foi muito rápido, muita gente presenciou”, disse Cristóvão.
Após a surra, os irmãos ligaram várias vezes para a Polícia Militar, mas ninguém atendia as ligações e somente depois de muita insistência informaram que deveriam procurar a Central de Polícia, no Prado.
“Fizemos o Boletim de Ocorrência, mas o exame de corpo de delito e a denúncia somente poderão ser feitas na quarta-feira”, revelou Cristóvão, com certo ar de descontentamento.
Ainda de acordo com Cristóvão, os jovens não aparentavam estar bêbados. Quatro deles teriam agredido o seu irmão, enquanto os outros três o surravam com murros e pontapés, o que provocou marcas pelo corpo e deixaram os olhos roxos.
“Se fosse um caso ainda mais sério, a gente poderia ter morrido, porque a ajuda da polícia não chegou. Eu fiquei machucado, mas meu irmão muito mais, já que apanhou de quatro”, relatou.
Bem, diante de mais de dois mil assassinatos e de outros crimes mais graves ocorridos este ano aqui em Alagoas, o amigo leitor deve estar se perguntando por que é que estamos dando ênfase a esta agressão. A resposta é simples: nenhum crime deve(ria) passar em pune, independente da gravidade e de quem seja(m) a(s) vítima(s). Se dermos a devida atenção a todo qualquer crime, por menor que seja, tal qual preceitua a “teoria das janelas quebradas”, outros crimes mais graves terão a mesma atenção que os pequenos delitos.
“Em 1982, o cientista político James Q. Wilson e o psicólogo criminologista George Kelling, ambos americanos, publicaram na revista Atlantic Monthly um estudo em que, pela primeira vez, se estabelecia uma relação de causalidade entre desordem e criminalidade. Naquele estudo, cujo título era The Police and Neiborghood Safety (A Polícia e a Segurança da Comunidade), os autores usaram a imagem de janelas quebradas para explicar como a desordem e a criminalidade poderiam, aos poucos, infiltrar-se numa comunidade, causando a sua decadência e a consequente queda da qualidade de vida.
Kelling e Wilson sustentavam que se uma janela de uma fábrica ou de um escritório fosse quebrada e não fosse imediatamente consertada, as pessoas que por ali passassem concluiriam que ninguém se importava com isso e que, naquela localidade, não havia autoridade responsável pela manutenção da ordem. Em pouco tempo, algumas pessoas começariam a atirar pedras para quebrar as demais janelas ainda intactas. Logo, todas as janelas estariam quebradas. Agora, as pessoas que por ali passassem concluiriam que ninguém seria responsável por aquele prédio e tampouco pela rua em que se localizava o prédio. Iniciava-se, assim, a decadência da própria rua e daquela comunidade. A esta altura, apenas os desocupados, imprudentes, ou pessoas com tendências criminosas, sentir-se-iam à vontade para ter algum negócio ou mesmo morar na rua cuja decadência já era evidente. O passo seguinte seria o abandono daquela localidade pelas pessoas de bem, deixando o bairro à mercê dos desordeiros. Pequenas desordens levariam a grandes desordens e, mais tarde, ao crime”.
Por fim, resta fazer uma singela observação. A Polícia Militar, para a virada do ano, segundo o Comandante de Policiamento da Capital (CPC), Coronel Gilmar Batinga, terá em Maceió 653 policiais (457 militares a pé, e outros 142 divididos em 42 viaturas e 18 montados em cavalos), tudo isso para prover a segurança de mais de cem mil pessoas que participarão dos festejos da virada do ano; contudo, apesar de tamanho aparato pessoal e logístico, não foi capaz de dar assistência a dois cidadãos que foram espancados.
Precisamos eleger um Deputado Estadual para representar os nossos interesses!

16 comentários :

Anônimo disse...

Sou estudante da UFAL e acompanho, juntamente com alguns colegas e professores, as postagens e os comentários desse site. Muitas vezes nós debatemos em sala de aula sobre o que foi escrito aqui, tanto nos comentários como nas matérias. E, julgando pelo todo, dou os parabéns aos idealizadores/administradores do site, pela pertinência e coragem com que revelam as informações. Desejo a todos vocês sucesso em suas jornadas e que possamos tê-los, com suas matérias, ao longo do próximo ano. Infelizmente, devido às “políticas” do Estado em que vivemos, não vou assinar este comentário. Mas saibam que sou uma leitora assídua.

Filho da Promessa disse...

Nos dias de hoje, muitos podem sentir-se como se estivessem deixando uma trilha de lágrimas – lágrimas que passam despercebidas, e pesar não confortado. Mas, nosso Senhor vê nossas lágrimas e conforta nossos corações abatidos (2 Coríntios 1:3-5). Ele também declara a esperança de um tempo futuro não marcado pelas manchas de pecado ou de injustiça. Nesse dia e lugar, Deus “… lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram” (Apocalipse 21:4).

Luiz Alves disse...

AS CAMERAS MONITORAM O QUÊ?
POIS ONTEM(31-12-2012), ESTAVA DE SERVIÇO NA ROCON 02 DO 1°BPM, DAS 7H AS 19H, FOMOS ACIONADOS PELO COPOM, POIS INDIVIDUOS ESTAVAM NAQUELE MOMENTO TENTANDO DESTRUIR UMA DAS CAMERAS INSTALADAS NO CORREDOR VERA ARRUDA, CHEGANDO NO LOCAL NINGUEM MAIS SE ENCONTRAVA!
MAS ISTO ME PROVOU QUE REALMENTE O MONITORAMENTO É ON-LINE!
E SE É ON-LINE, PQ AS CAMERAS NÃO "OBSERVARAM" ESTA AGRESSÃO?

AS CAMERAS MONITORAM O QUÊ?

FELIZ 2013 A TODOS OS HOMENS E MULHERES DE BEM!

Anônimo disse...

esse ano vai ser pior! estudem não pra pegar o beco e fiquem pensando em contos de fadas!!!!

Anônimo disse...

Pq vcs do Briosa em Foco, que são tão bem informados e relacionados, não enviam as imagens do espancamento para os programas televisivos nacionais, e denunciam o descaso da segurança pública.

Anônimo disse...

Levantamento das Operações Financeiras realizadas nos últimos 05 (cinco) anos no âmbito da Polícia Militar do Estado de Alagoas. BGO do dia 28 de dezembro.

Anônimo disse...

Comando do Exército disciplina a aquisição de armas de uso restrito por policiais
Do portal da Secretaria-Geral do Exército

COMANDANTE DO EXÉRCITO

PORTARIA Nº 1.042 DE 10 DE DEZEMBRO DE 2012.

Autoriza a aquisição de armas de uso restrito, na
indústria nacional, para uso próprio e dá outras
providências.

O COMANDANTE DO EXÉRCITO, no uso da atribuição que lhe confere o art. 4º, da Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999, alterada pela Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010; e o inciso VI do art. 3º combinado com o inciso I do art. 20, da Estrutura Regimental do Comando do Exército, aprovado pelo Decreto n° 5.751, de 12 de abril de 2006, o art. 18 do Decreto nº 5.123, de 1º de julho de 2004; e de acordo com o que propõe o Comando Logístico, ouvido o Estado-Maior do Exército, resolve:

Art. 1º Autorizar a aquisição, na indústria nacional, de até 2 (duas) armas de uso restrito, para uso próprio, dentre os calibres .357 Magnum, .40 S&W ou .45 ACP, em qualquer modelo, por policial rodoviário federal, policial ferroviário federal, policial civil, policial e bombeiro militares dos estados e do Distrito Federal.

Art. 2º Determinar ao Comando Logístico que baixe as normas reguladoras da aquisição, registro, cadastro e transferência de propriedade das armas de uso restrito adquiridas pelos integrantes de órgãos policiais, indicados no artigo anterior, estabelecendo:
I – mecanismos que favoreçam o controle das armas;
II – destino das armas, após a morte do adquirente ou qualquer impedimento que contra indique a propriedade e posse de armas de fogo; e
III – destino das armas nos casos de demissão e licenciamento, voluntário ou de ofício, dos policiais e bombeiros.

Art. 3º Determinar que esta Portaria entre em vigor na data de sua publicação.

Art. 4º Revogar a Portaria do Comandante do Exército nº 812, de 7 de novembro de 2005.

Portaria publicada no Boletim do Exército nº 52/2012.
FONTE: BLOG DO DELEGADO

Anônimo disse...

É isso ai BEF, continuem nos informando e criticando essa mazelas que formam o nosso estado no tocante a política suja e a segurança pública que não nos protege em nada, só faz com que os caras que estão lá fiquem mais ricos com nossa miséria.

Anônimo disse...

Sd da PMAL, ENQUANTO ISSO 25% CIVIL 0% PM, e na virada, cade o delegado, alguém viu, o gato comeu, o gato comeu....

Anônimo disse...

CB PM, por isso eu digo, nada x nada ainda é muito. zero aumento, zero x zero de trabalho, não faço nenhuma apreensão já faz 2 anos e agora que falta só quatro anos, agora que não faço mesmo.

Anônimo disse...

a criminalidade diminui como:

Ideb 2012: pior estado(Alagoas) cerca de 13 mil alunos sem estudar.
Alagoas estado + violento para as mulheres em 2012, 135 estupros seguido de morte.
IGD - Instituto Geodireito: alagoas pior índice social do pais 2012.
Alagoas registra o pior IDH e a maior taxa de analfabetismo do país.
correio braziliense: Alagoas é o estado com maior número de homicídios no país.
Alagoas é o Pior Estado do Brasil na Destinação Final do Lixo.
etc.... pior, pior e pior...

Anônimo disse...

SALARIOS DOS PMS DO BRASIL

REGIÃO NORDESTE SOLDADO CABO SARGENTO CORONEL
BAHIA: 3.564,87 4.576,45 5.852,12 12.546,75
ALAGOAS 2.200,00 2.336,72 3.029,23 13.687,45

O AUMENTO TEM QUE SER PARA QUEM TRABALHA.

Anônimo disse...

As câmeras do videomonitoramento estão longe do local da agressão. Pelo que li o local é perto Inei. As câmeras estão na orla e vera arruda.

Anônimo disse...

Só para constar, as câmeras em questão são da prefeitura as quais ali estão para monitorar o trânsito...Não são de responsabilidade administrativa da SEDS.

Anônimo disse...

GOVERNADOR TÉO DIZ NO PROGRAMA FRANÇA MOURA QUE OS PPMM DE ALAGOAS RECEBEM OS MELHORES SALARIOS DO BRASIL. TO MOCO COM ESSA ESTORIA. (SEM H).

É questão de tempo disse...

SIGILO. Veículos usados por acusados seriam do Estado, mas identidade de proprietários é preservada


Polícia Civil já teria identificado agressores

Por: MARCOS RODRIGUES - REPÓRTER

A polícia acredita que é uma questão de tempo para chegar aos agressores dos irmãos Cristóvão Rodrigues da Silva, 22 anos, e Cristiano Rodrigues da Silva, 25 anos. Conforme informações repassadas às vítimas, que na madrugada do dia 30 de dezembro foram espancados por jovens de classe média, na orla de Jatiúca, já existem novas imagens que identificam os veículos usados pelos envolvidos.

Os dois já foram ouvidos pelo delegado Jobson Cabral, designado pela direção-geral da Polícia Civil para investigar o caso, e que garantiu chegar aos culpados.

“Já nos ligaram para dizer que têm novas imagens e que vão fazer o trabalho de levantamento. Não se está perto de chegarem até os culpados, mas eles nos passaram um confiança muito grande”, disse Cristóvão.

Conforme as primeiras imagens coletadas pelos dois jovens e entregues à polícia, a partir do circuito de TV de um prédio próximo ao local da agressão, é possível identificar que parte dos agressores chegaram numa Pajero Full de cor escura. Um outro carro, uma caminhonete Hilux de cor prata, também foi apontada pelas vítimas, o que leva a crer que os culpados são de classe média, os chamados “filhinhos de papai”.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver