Assassinatos durante o Carnaval 2013

Antes de tecer as minhas considerações sobre os homicídios ocorridos no carnaval de 2013, vejamos um vídeo que foi feito pelo site Emergência 190, há exatamente um ano atrás:

De acordo com os dados apresentados no vídeo, “24 pessoas foram vítimas de tiros”, “04 pessoas foram vítimas de faca” e “02 pessoas foram vítimas de espancamento”, o que totaliza 30 “CVLI” registrados somente no IML da capital. O que, na visão do repórter, “se comparado com o carnaval de 2011, foi um dos carnavais mais tranquilos”.
Feito essa divulgação, vamos os dados apresentados pela SEDS em relação ao Carnaval 2013:
Perícia Oficial registra 30 crimes de homicídios durante o Carnaval
Flávia Duarte
Trinta crimes de homicídios foram registrados durante o período carnavalesco em Alagoas – das 7h do sábado de Zé Pereira (9) até as 7h da quarta-feira de Cinzas (13) – pela Perícia Oficial de Alagoas (Poal). No último dia de carnaval, nesta terça-feira, seis corpos deram entrada nos Institutos Médico Legal de Maceió e Arapiraca.
Entre os crimes, está o assassinato do comerciante Amauri dos Santos, 45 anos. A vítima foi morta a tiros na madrugada de segunda-feira, dia 11, logo após fechar o bar de sua propriedade na cidade de Santana do Ipanema.
Os levantamentos policiais apontam que o crime teria sido praticado por dois homens ainda não identificados que fugiram a pé.
A polícia ainda não tem informações sobre as motivações do crime, mas segundo testemunhas, a vítima teria muitos desafetos na cidade, alguns deles após discussões dentro de seu estabelecimento comercial.
Deram entrada nas últimas 24 horas no IMLs os corpos de: José Ivanildo Santos de França, 42 anos, morto por arma de fogo na tarde desta terça (12), no Povoado Ipiranga, em Igreja Nova; Josenildo Gomes Lima, 47, vítima de tiros na noite de ontem em Inhapi; José Fernandes Américo da Silva morto a tiros na madrugada desta quarta (13) na cidade de Cacimbinhas; Antônio Barros, 64, assassinado a tiros na Fazenda Palmeira Ria, em Messias; Pedro Antônio de Azevedo Mendes, 18, morto por arma de fogo no bairro da Levada; e de um homem não identificado encontrado morto com perfurações de arma de fogo em Rio Largo.
Outros dois corpos deram entrada como morte a esclarecer. José Benedito, 48, faleceu numa unidade de saúde de Paripueira e um homem não identificado foi encontrado morto em Canapi. As causas da morte serão determinadas após necropsia.
Já no período de 7h de segunda (11) às 7h de terça-feira (12), a Poal registrou a entrada de oito vítimas de homicídio nos IMLs. Além do corpo do comerciante Amauri dos Santos, foram vítimas de violência: Adenildo Pedro da Silva, 53, vítima de tiros na cidade de Porto Calvo; Cícero do Espírito Santo morto por golpes de arma branca na cidade de Branquinha; José Heleno da Silva, 23, vítima de arma de fogo na zona rural de Coruripe; Evaldo Pimentel da Silva, 24, morto a tiros na zona rural de União dos Palmares; um homem não identificado encontrado morto por arma de fogo na manhã de segunda (11) em Rio Largo; José Inácio Cardoso, 55, morto por arma branca no Sítio Cajueiro, em Limoeiro de Anadia; e Charles de Bezerra Nunes, 20, morto por espancamento em via pública do bairro Catitus, em Arapiraca.
O corpo de José Bernardino Santana, 71, deu entrada no IML de Arapiraca como morte a esclarecer. A vítima foi encontrada morta na manhã de sábado em Igreja Nova.
Fonte: Alagoas24Horas (clique aqui)
Balanço parcial aponta queda nos homicídios, mas número ainda é alto
Polícia registrou redução no número de homicídios no carnaval
Um balanço das ocorrências durante o Carnaval divulgado pela Secretaria de Defesa Social aponta uma redução no número de homicídios em 2013. Os dados que tem como fonte o Instituto Médico Legal de Maceió e de Arapiraca apontam que de sexta-feira (8) até a manhã desta Quarta de Cinzas (13) foram registrados 31 homicídios em todo Estado. Durante o mesmo período no ano passado ocorreram 44 assassinatos.
Ainda segundo os dados do Instituto Médico Legal, a média foi de seis assassinatos por dia. A sexta-feira foi o dia mais violento com oito mortes. No sábado, foram sete casos e nesta terça-feira, seis homicídios. O domingo e a segunda tiveram cinco casos por dia.
Com relação a outros crimes, foi divulgado apenas um balanço parcial de sexta até a segunda-feira. Foram 40 casos de lesão corporal, 48 de roubo, 25 de furto e 22 de porte ilegal de arma, além do registro de dez casos de violação de domicílio e oito de disparo de arma de fogo.
Para o secretário de Defesa Social, Dário Cesar, a redução no número de homicídios durante o Carnaval está diretamente relacionada ao planejamento e as ações das polícias Civil e Militar durante o feriadão. “Este ano tivemos um reforço importante que foi o helicóptero que ajudou, inclusive, no período noturno nos locais de maior movimentação de pessoas”, ressaltou.
Dário Cesar destacou ainda que nenhum dos homicídios teve relação direta com o carnaval ou ocorreu em áreas onde estava havendo festejos. “A redução no número de crimes violentos letais intencionais é um processo que está sendo construído diariamente. Os dados são monitorados e avaliados para que o combate seja feito de forma eficaz”, disse o secretário.
Ainda nesta terça-feira, a Defesa Social deve divulgar o balanço completo com relação a todas as ocorrências do Carnaval 2013.
Fonte: TNH1 (clique aqui)
IML de Maceió recebe 8 vítimas de homicídio
Oito vítimas de homicídio deram entrada no Instituto Médico Legal (IML) de Maceió entre a manhã da Quarta-feira de Cinzas e a manhã de hoje. Duas foram mortas a facadas e as demais a tiros.
Os mortos por arma branca são Leonildo Gomes da Silva, que foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde faleceu; e um homem ainda não identificado, assassinado no Centro de Atalaia.
Foram mortos a tiros Edson Lopes da Silva, em Maceió; Anderson Antônio da Silva, 23, no Tabuleiro do Martins; Antônio Victor dos Santos, 45, Centro de Joaquim Gomes; José Vicente da Silva, 53, na zona rural de Joaquim Gomes; Wilson Barbosa de Lima e Jadson Alexandrino da Silva, ambos morreram no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, para onde foram socorridos após serem baleados.
Os dados da entrada de corpos no IML de Arapiraca não foram divulgados de forma integral. Segundo o relatório parcial, o IML do Agreste recebeu três corpos: de Valter Marcolino do Nascimento, 33, morto a tiros no Sítio Massapé, zona rural de Feira Grande; Fernando Ferreira Lima, 72, que se afogou no Rio São Francisco, no Centro de Traipu; e um homem não identificado que morreu também no Centro de Traipu, mas cuja causa mortis ainda é indeterminada.
Fonte: Mais.AL (clique aqui)
Carnaval 2013: Balanço parcial da Seds aponta redução do índice de crimes violentos
De sexta até segunda-feira (11) foram registrados 25 homicídios, contra 37 no ano passado
Ascom SEDS
A Defesa Social vem divulgando diariamente o balanço com as estatísticas do Carnaval 2013, que registra até agora uma redução dos crimes violentos letais intencionais (CVLIs). Segundo dados parciais referentes ao período compreendido entre as 18h da sexta-feira (7) até a segunda-feira (11) foram registrados 25 homicídios dolosos, contra 37 ocorridos no ano passado.
Em 2012 ocorreram no período de festa momesca 51 crimes violentos, incluindo a quarta-feira de cinzas, com uma média de 8,5 mortes por dia. No Carnaval deste ano a média é de 6,2 mortes, computando o balanço parcial até o dia 11.
No comparativo, foram registrados de sexta a segunda-feira de 2012, respectivamente 6, 8, 12 e 11 mortes violentas contra 8, 7, 5 e 5 crimes este ano. Até ontem, ocorreram 40 casos de lesão corporal, 48 de roubo, 25 de furto e 22 de porte ilegal de arma, além do registro de dez casos de violação de domicílio e oito de disparo de arma de fogo.
 Os dados com as ocorrências policiais são divulgados diariamente na página da Defesa Social (ascom.sds@hotmail.com), bastando acessar os links de notícias e/ou estatísticas.
Fonte: Secretaria de Estado da Defesa Social – SEDS (clique aqui)
Perceberam como as informações não são precisas? Perceberam como além de não fornecer dados precisos o Secretário Dário César ainda tem o cinismo de dizer que “nenhum dos homicídios teve relação direta com o carnaval ou ocorreu em áreas onde estava havendo festejos”? Perceberam que apesar de toda a propaganda enganosa do governo os assassinatos sempre acabam vindo à tona, abarrotando os IMLs?
Senhores, eu mesmo participei de uma ocorrência no final de semana em que um indivíduo baleado foi socorrido, ainda com vida, mas morreu no hospital. O detalhe é que essa pessoa estava participando do carnaval, foi perseguido por uns três indivíduos que o alvejaram, e o seu nome não consta nos dados da SEDS.
Talvez a frieza dos números, sejam os apresentados ou os reais, quaisquer que sejam, não cause nenhum espanto à sociedade... Mas eu tenho certeza que se a sociedade tivesse acesso ao ossuário dos cemitérios públicos de Alagoas, o sentimento seria – no mínimo – de indignação.
Moral da história: Dário César é um mentiroso, incompetente, e os números das ocorrências policiais no período do Carnaval 2013 não são verdadeiros. E tudo isso só não foi pior por conta de um simples detalhe: mais da metade das prefeituras de Alagoas não realizaram carnaval porque estão quebradas; se não fosse isso, teríamos passado dos 100 CVLI.
Mudando de assunto, dia 21 o nosso tormento salarial continua... E a Greve Branca também!
Precisamos eleger um Deputado Estadual para representar os nossos interesses!

23 comentários :

Anônimo disse...

MEU AMIGO ESTOU COM VOCÊ, QUANDO ACONTECE ISSO, O INDIVIDUO SER SOCORRIDO PELA SAMU, E MORTE CLINICA, A MASCARA TÁ AI. ENCONTRADO NA LAGOA E AFOGAMENTO, PODE TER 200 TIROS É AFOGAMENTO, TEM AQUELA VELHA FRASE, EU POSSO EU QUERO.

Anônimo disse...

esse governo é COMPLETAMENTE MENTIROSO, ENGANADOR E CORRUPTO e quanto ao aumento, não teremos pelo simples fato de nao merecermos POIS NÃO LUTAMOS PARA ISTO, E O GOVERNADOR SABE QUE SOMOS FRACOS. Por isso que somos motivos de piada pela polícia civil e até pelos guardas municipais, ganhamos como vigias.

Anônimo disse...

É Alagoas, aqui tudo pode, segundo fontes já são 455 mortes em todo o estado de 01.01.2013 ate 13.02.2013, em busca do primeira lugar. Alias já estamos na liderança. Greve branca, ainda mais. frase da semana, quando uma viatura da RP foi parada para uma ocorrência,
O homem - MEU FILHO ESTA APANHANDO NO BLOCO
RP - DE QUEM
O homem - DE UM BANDO DE MALOQUEIRO
RP - O SENHOR É POLICIA
O homem - NÃO
RP - MEU SENHOR TEM QUE TELEFONAR PARA O 190
O homem - EU JÁ ESTOU TENTANDO A MAIS DE 30 MINUTOS
RP - TENTE MAIS 30 QUE O SENHOR CONSEEEEEEE, TCHAU
MORAL DA HISTORIA, EU FAÇO O MESMO. KKKKKKKKKKKKKKKKKK,
CONVIDO A VOCES A FAZER O MESMO.

Anônimo disse...

KKKKKKKKK, ESSE GOVERNO, TEOPALHAÇO VILELA.

Anônimo disse...

OXENTE BICHINHO E 30 OU 47, ESSE GOVERNO TÁ ESCONDENDO ALGO.
TEM ALGO DE PODRE NESSE REINO DA TEONAMARCA VILELA.

Anônimo disse...

KKKKKKKKK, só em Alagoas.
COISAS BOAS

Anônimo disse...

caro companheiro do briosa, vc está mais que certo, os dados estão aí, só não enxerga, quem não quer.... não somente o secretária deve sair, como o alto escalão da policia militar, eita ando de safado, e se eu te falar que o cel Gilmar vulgo sebinho,( ele passava a mão no pênis e cheirava)quer ficar mais um pouco no cpc, porque sonha, isso mesmo ele sonha, com a promessa do bandido deputado Marcos Barbosa, o promover para ser o próximo cmt da polícia militar, caso não consiga, ele vai dar uma rasteira no chefe da segurança da casa de tavares bastos, (ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA)ENQUANTO ISSO NÃO TEMOS REPRESENTANTES, SERÁ QUE NOSSOS COTADOS FUTUROS CANDIDATOS ESTÃO ARREGANDO, ATÉ AQUI, NÃO VÍ O SARGENTO BRÁS SE PRONUNCIAR, SD LUÍS ALVES, OU MORTINHO DO VELAMS, GENTE SAÍAM DO ARMÁRIO, POIS JÁ VÍ AQUI DIVERSAS INDICAÇÕES DE VCS, PEÇO A COMPREENSÃO DO BRIOSA, PARA MANTER CONTATO COM ESSES CIDADÃOS, PARA VER SE QUEREM SAIR CANDIDATOS, PARA QUE POSSAMOS NOS UNIR, E PARTIR PARA CAMPANHA EM 2014.... NO 5 BATALHÃO, FALAM MUITO NO NOME DO SGT BRÁS,NO QCG JÁ ESTÃO ARTICULANDO TAMBÉM.... PORTANDO BRIOSA, CAIAM EM CAMPO, PARA TERMOS A CERTEZA SE REALMENTE ELE JÁ ACEITOU SAIR CANDIDATO A DEPUTADO OU NÃO, PELO QUE VEJO, CUIDADO PRESIDENTE DA ASSMAL , FUTURO ST, SGT BRÁS TAMBÉM, TA SENDO INDICADO PELO 5 BPM PARA SER PRESIDENTE DA ASSMAL, E AÍ GENTE, VAMOS NOS MANIFESTAR, NO MOMENTO SÓ TEMOS ESSES 3 NOMES DE CORAGEM E LÍNGUA GRANDE. ATENCIOSAMENTE, NÃO POSSO FALAR, QUE O CEL SEBINHO VAI VER, FOMOS DA MESMA TURMA DE PRAÇA...KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, OU CEL SEBINHO, DA PRÓXIMA VEZ, ALÉM DE PASSAR A MÃO E CHEIRAR, LAMBE TAMBÉM SEBOSO

Anônimo disse...

NÃO É POSSIVEL QUE ESSAS ASSOCIAÇÕES DE FAZ DE CONTA, VAÕ PERMITIR QUE A SEGESP ADIE MAIS UMA VEZ A DEFINIÇAO DESSE AUMENTO NO DIA 21. AGORA A SEGESP ESTÁ COM A FACA E O QUEIJO NA MAO, POIS O CARNAVAL JA PASSOU.

Anônimo disse...

dia 21 seremos enganados novamente! rsrsrsr

Em relação ao texto: perfeito!

Anônimo disse...

EM TERRA DE CEGO QUEM TEM UM OLHO É REI. ESTA SEDS SÓ ENGANA TROUXAS.

SARGENTO DEPUTADO DOS PPMM disse...

VAMOS ACABAR COM ESSE NEGOCIO DE GREVE BRANCA E FAZER O QUE É DE DIREITO, DEVEMOS PARAR COM ESSA LADAINHA DE DIA 24, Ñ DIA 06, Ñ DIA 21. VAMOS PARAR E PRONTO, OU ACEITAMOS O Q ESSE DESGOVERNADOR QUER DAR DE ESMOLA OU FAZEMOS COMO HOMENS DE CORAGEM, PARAMOS A PMAL NO DIA 21 OU VAMOS TODOS SE F...... . VAMOS AS ESTATISTICAS DE PREÇOS, A GASOLINA AUMETOU E CUSTA R$ 2,96 (DOIS REAIS E NOVENTA E SEIS CENTAVOS), FALTAM APENAS 0,04 (QUATRO CENTAVOS) PARA TRES REAIS, CARNE, FRANGO, PEIXE, FEIJÃO, ARROZ, MACARRÃO, ETC... PENSEM, LOGO, LOGO, Ñ PODEREMOS COMPRAR NEM SEQUER UMA CESTA BASICA E ISSO SEM FALAR NAS VESTES, SUA, ESPOSA E FILHOS, A ENERGIA~, NAO PAGAMOS MENOS DE 120,00 REAIS/MES, ÁGUA, TELEFONE FIXO, MOVEL, CARTÕES DE CRÉDITOS, JÁ NÃO PODEMOS NEM MESMO PAGAR A PARCELA DO CARRO. E TUDO ISSO PORQUE UM DESGOVENADOR E SEU VICE CARA-DE-PAU DIZ QUE GANHAMOS BEM. "SE UM SOLDADO GANHAR, DISSE ELE, TRES MIL/MES, DEIXO DE SER VICE-GOVERNADOR E VOU SER SOLDADO DE P O L Í C I A M I L I T A R D E A L A G O A S, ONDE QUE MANDA É A PALAVRA DE UM DESGOVERNADOR E NÃO DE MAIS DE 5.000 (CINCO MIL) HOMENS QUE SE DIZEM POLICIAIS CANATANDO O HINO DA BRIOSA EM TODAS AS 1ª SEGUNDAS FEIRAS DE CADA MES SÓ PRA ESSES PALHAÇOS DE COLARINHO BRANCO ASSISTIREM E ZOMBAREM DA TROPA.
VAMOS PARAR ESSA POLICIA HOMENS,
DIGA NÃO A PROPOSTA DO DESGOVERNADOR,
AQUELES QUE ESTIVEREM COM ESSE DESGOVERNO QUE VÃO A PQP,
DIA 21 É TUDO OU NADA,
DIGA NÃO AS DESASSOCIAÇÕES DE MERDA,
SE NÃO FOR O SECRETÁRIO ALEXANDRE LAGES, NÃO ACEITAREMOS CONVERSA,
E PONTO FINAL.
EU SEREI SEU DEPUTADO ESTADUAL.
DIA 21 ESTAREI LÁ, SE DEUS PERMITIR.

Anônimo disse...

Sinceramente dá pena de você, pobres coitados que vivem choramingando até a tropa esqueceu de vocês, foi o tempo em que esse site despertava algum poucos interesses

Anônimo disse...

Bibi(Bpesc) Companheiros temos que ir a luta contra essa cupula "SEBOSA E MENTIROSA", precisamos que pessoas competentes que tenham coragem e vigor como Velames, Adbe e Ramos. E o presidente da ACS? Onde fica esse "fantoche" que nao faz nada...

Anônimo disse...

ESSE DESMORALIZADO,DESSE VICE GOVERNADOR,E NADA É A MESMA COISA DELE SÓ PRESTA A MULHER NOVINHA QUE DÁ GOSTO.

Sócio da ASSOMAL disse...

Assomal repudia transferência de capitães da PM para presídio

O presidente da Associação dos Oficiais da Polícia Militar de Alagoas (Assomal), Major Wellington Fragoso contestou veementemente a reclusão dos capitães Benjamin André Souza Moraes e Savile Silva de Souza, para o presídio Baldomeoro Cavalcanti. A prisão foi decretada pelo juiz da Vara de Execuções Penais, José Braga Neto.

O Major descreveu a prisão como sendo uma atitude “incoerente” e questionou o fato de que a decisão do magistrado que disse que a Academia de Polícia Militar não tem condições de custodiar oficiais da PM. “Mas por sua vez ela pode custodiar políticos ou outras autoridades, quando em caso de prisão?”, rebateu Fragoso.

Legislação

De acordo com a Lei 5.346/92, no artigo 30 diz que “o policial militar tem direito a prisão especial, em quartel da Corporação,estando assim à disposição da autoridade judiciária competente, quando sujeito à prisão antes da condenação irrecorrível. O documento reforça ainda que o cumprimento de pena privativa de liberdade em unidade da própria corporação ou presídio militar, nos casos de condenação que não lhe implique na perda do posto ou da graduação, cujo comandante, chefe ou diretor tenha precedência hierárquica sobre o preso ou detido”.

“É um absurdo que tenha acontecido a prisão antes do julgamento. É a primeira vez que acontece isto em Alagoas. Se a coisa continuar assim vai virar uma guerra”, declarou o Major Fragoso.

Para maiores informações, clique aqui.

O Moita disse...

Ao comentarista que disse: “... foi o tempo em que esse site despertava algum poucos interesses”...

Se o site não presta, você tem mal gosto, pois além de vir aqui ainda se dá ao trabalho de deixar um comentário.

É cada palhaço...

Anônimo disse...

Nós deveriamos entrar na justiça individualmente p melhorar as escalas como foi feito em sergipe, e lutar para se fazer uma única associaçao pois teria mais força pq o que adianta tantas associações e trabalharmos numa escala de 24x48 e outras 12x24 e 12x 48 ,nós merecemos mais respeito sendo que temos que lutar por isso

Anônimo disse...

Esses dados estão maquiados. Vejamos por exemplo Coruripe, omnde no sábado foram mortas duas pessoas e não constam nas estatisticas.

A primeira vítima foi o jovem de 20 anos, Marcos Davi dos Santos, conhecido como ‘Xiole’. Ele foi alvejado por vários disparos de arma de fogo. A vítima não resistiu e faleceu no local do crime, por volta das 06hrs.
A outra vítima era o ex-reeducando, Valdevan dos Santos, de 31 anos. O crime também aconteceu no povoado Barreiras, por volta das 06h45min. ‘Val’ como era conhecido foi executada com vários disparos de arma de fogo. Ele faleceu no local do crime. A vítima que saiu recentemente do presídio, estava sendo monitorado por uma tornozeleira eletrônica. Santos também é acusado de tentar a matar a própria cunhada.
Onde estão os nomes desses dois homens que não constam nos dados da SEDS e nem do IML? Será que conseguiram ser reanimados e hoje estão gozando de plena saúde e vida?

Anônimo disse...

Ô major côrno da peste,a lei é clara não é só oficial que tem direito a prisão especial,mas sim qualquer policial militar,independente de posto ou graduação.já que nimguem cumpre ordem no estado de alagoas,que se lasquem os capitães la no baldomero,o beija tu e o noia ville.

Anônimo disse...

BEIJA TU QUEM VAI TOMAR CONTA DO TEU BAR GLBT.NOIA VILLE COMO É QUE TU VAI FUMAR O CACHIMBO DA PAZ DENTRO DO BALDOMERO,MAS SE LÁ ENTRA CELULAR,QUE DERA NOIA AI É MAIS FACIL.

Enaldo Júnior disse...

Ode à barbárie caeté

A tensão viva em Alagoas nos últimos dois anos é análoga a uma tela que se põe a separar as pessoas. Em tempos como este – de guerra – não há olhos distraídos. Cada rosto e olhar significam algo a ser decifrado.

O medo nas ruas insufla as barrigas paupérrimas como um almoço indigesto – ou uma noitada com péssima bebida – aos poderosos de Alagoas. Ao passo que o medo – o nosso medo – não explode nos outdoors nem em manchetes de jornal. Não vivemos decerto uma invasão por terra ou temos nossos céus tomados por aviões; mas a nossa guerra sente-se por dentro.

E, ante a nossa fobia e relativo ao nosso medo, os principais responsáveis pela nossa segurança insistem em escondê-lo, dissuadi-lo. Tentam justificar o injustificável com a pecha de “alarme exagerado” ou superestimativa de “maus alagoanos”.

Idiossincrasia ou não, a verdade é que o discurso oficial – cuja bandeira o Governo tucano busca a todo custo solidificar – nos chega das formas mais disparatadas.

Dizem que a “guerra” é entre bandos que se matam em busca do crack (ou em função deste). Entretanto, ninguém sabe ao certo onde “eles” terminam ou começam.

A realidade é a de que as bases comunitárias, o videomonitoramento, as viaturas policiais e o espalhafatoso helicóptero que sobrevoa a cidade a todo momento não tranquiliza os alagoanos.

Ao contrário: eles subtraem espaços e não transmitem a mínima segurança. Apenas circunscrevem e tornam o espaço mortal da luta ainda mais sufocante.

É inegável a falência do aparato policial como um todo no Estado. Em apenas uma semana experimenta-se assaltos sendo praticados às portas da maior delegacia da capital e assassinatos praticados defronte a um dos maiores quartéis de polícia.

E a resposta estatal ante a tal barbárie caeté traduz-se na “comemoração” grotesca e fora de esquadro entre o governador do Estado – Teotonio Vilela Filho – e seu secretário de Defesa Social – Dário César – satisfeitos e vibrantes ante às mais de 30 pessoas que sucumbiram ante a violência extremada de um período momesco – 20 destas apenas no intervalo de 72 horas – em análise comparativa estatística com o mesmo período ao ano anterior.

Vale lembrar que a todo o estado de São Paulo, no mesmo período, apresentou dados estatísticos resultantes da violência consoantes em 27 homicídios – e com uma população na capital superior a de Maceió em mais de 12 milhões de habitantes – e tal resultado não fora motivo de alegria, e sim de consternação.

A morte de um alagoano, qualquer que fosse, não nos parece servir como motivação para se comemorar, ou salvo melhor juízo, satisfazer-se. É uma espécie de “humor fúnebre” que o bom alagoano deveria dispensar. Uma piada de mau gosto, um desrespeito com as famílias enlutadas.

E ao alagoano – seja ele bom ou mal – resta a sensação de se estar cada dia mais encurralado.

Anônimo disse...

abdi vem ai e com ele a chançe de esperança cresce,vamos acrescentar o sgt brás para deputado para podermos sonhar com dias melhores.

GRUPO DE PESQUISA EM SEGURANÇA PÚBLICA - GPSEG disse...

Assistam nessa segunda-feira, às 19:30h, na TV FAROL, canal 16 ou pela Net, canais 8 ou 9, entrevista com o INSPETOR DA PRF SILVIO COSTA, responsável pela Fiscalização e Planejamento dessa instituição em Alagoas. Vejam as estratégias da PRF para Alagoas nos próximos meses.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver