Convocação Geral

Os Presidentes das Associações Militares do Estado de Alagoas, por consequência da insensibilidade do governo em apresentar uma proposta salarial que atenda aos anseios da tropa,
CONVOCA:
Todos os militares do Estado de Alagoas, associados ou não, bem como seus familiares, para participarem de uma ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, a ser realizada no dia 05 de fevereiro de 2013, na ASSMAL, localizada na rua do Colégio Tiradentes, ao lado da Academia da PMAL, às 14:00h, para tratar da aprovação ou não das seguintes pautas:
1 – Esclarecimentos sobre o andamento das negociações com o Governo do Estado;
2 – Aceitação, ou não, da contraproposta salarial ofertada pelo Governo do Estado;
3 – Aceitação, ou não, da nova proposta apresentada pelas associações na última reunião (foto ao lado);
4 – Paralisação imediata das atividades por tempo indeterminado ou somente – durante o carnaval (em caso de não aceitação da contraproposta do Governo;
5 – Outros temas que possam ser levantados durante a assembleia.
Maceió – Alagoas, 28 de janeiro de 2013.

28 comentários :

Anônimo disse...

Esses presidentes de associação não têm moral para convocar ninguém! Não Têm credibilidade. Vão quatro gatos pingados. Eu não vou!!!!

Anônimo disse...

GENTE, PELO AMOR DE DEUS , VAMOS COMPARECER A ESSA ASSEMBLEIA DO DIA 05/02/13, E SE NADA FOR RESOLVIDO NA REUNIAO DE 04/02/13,VAMOS SAIR EM PASSETA DO CLUBE ATE´O QUARTEL GERAL E DE LA´ATE´O PALACIO DO GOVERNO, PARA MOSTRA´-LO QUE NAO ESTAMOS DE BRINCADEIRA. LEMBRE-SE, ALAGOAS É O ESTADO MAIS VIOLENTO DO BRASIL, E ESSA NEGOCIAÇAO JÁ SE ARRASTA POR MAIS DE ANO E NÓS ESTAMOS SENDO TRATADOS COMO TROUXAS.

Anônimo disse...

QUAL APROPOSTA DO GOVERNO, MOSTRE.

Sargento PM disse...

No meu ponto de vista, devemos fazer como as outras PMs que paralizaram suas atividades até receberem o que reivindicam.
Todos devem comparecer a esta reunião, tudo depende do apoio da tropa em geral.

Cb Hailton disse...

estarei lá

Anônimo disse...

SÓ NO MES DE JANEIRO DE 2013
MORTES POR ARMA DE FOGO - 167
OBJETOS PERFURO CORTANTES FACA ENTRE OUTROS - 47
OBJETOS CONTUDENTES, PEDRA, MAO, MADEIRA - 58

Anônimo disse...

Bem... a intenção é parar. Não só durante o carnaval mas por tempo indeterminado, pra ver se esse governo toma vergonha na cara e reconhece o valor que tem o policial MILITAR.

Anônimo disse...

acs so quer saber de cabos e sargentos.
nao se preocupa com o soldado, cade que busca promover os soldados 2006 pois no qo tem 100 vagas de cabos sobrando.
o aumento do soldado vai ser 80 reais pela tabela, e do cabo mais de 600 reais.

ai quer fazer assembleia, os soldados nao tem vantagem nenhuma nao vao, os cabo a maioria antigao sao frouxo nao tem coragem de bater de frete com os oficiais, dai o movimento vai por agua abaixo.

Anônimo disse...

nessa tabela nao tem vantagem pro soldado, dai ele nao liga pra a assembleia, os cabos a maioria antigao, sao medrosos nao tem coragem de aquartela. sargento nen se fala.

essas associaçoes tao fazendo graça conosco

Anônimo disse...

Nesse Blog o que mais aparece é gente pra criticar, mas pra aparecer na Assembleia nada. Hoje não deu a quantidade esperada de pessoas. Vamos nos unir e comparecer amanhã dia 06/02 na frente da SEGESP as 14 hs, para decidir sobre o Aquartelamento, conto com todos!

Anônimo disse...

Nesse Blog o que mais aparece é gente pra criticar, mas pra aparecer na Assembleia nada. Hoje não deu a quantidade esperada de pessoas. Vamos nos unir e comparecer amanhã dia 06/02 na frente da SEGESP as 14 hs, para decidir sobre o Aquartelamento, conto com todos!

Anônimo disse...

Infelizmente eu não acredito que a tropa vá paralisar , até porque eu não confio nestes líderes militares, pois todos sem exceção, estão comendo na mão do governo e simplesmente vão aceitar as migalhas que o governo vai oferecer dividido em milhares de parcelas e vai enfraquecer o movimento!!

Anônimo disse...

Nós que não atestamos esses líderes Cb Simas, Sargento Teobaldo, etc. pedimos que não compareça a esse evento, pois o que eles querem é usar nossos companheiros para permanecerem no cargo por muito tempo.

Anônimo disse...

Devemos formar um grupo para ir ao cfap no periodo de formação dos proximos soldados e convencer a todos a não se associarem a essas associações de faxada existente em nosso estado...UMA UNICA ASSOCIAÇÃO PARA REPRESENTAR TODA A CATEGORIA...ESSA É A SOLUÇÃO, POIS NÃO TERÃO TANTOS ENRROLADORES...E OS QUE ASSUMIREM TERÃO QUE MOSTRAR SERVIÇO, POIS CANDIDATO AO CARGO NÃO VÃO FALTAR!!!!

Anônimo disse...

desisto de ler este site, não publica mais comentários, caiu de qualidade mesmo.....

Anônimo disse...

MAIS UMA VEZ O GOVERNO CONSEGUE QUE ESSA ASSEMBLEIA SEJA UM FRACASSO, OU TOMAMOS UMA MEDIDA DASTRICA OU DEIXA COMO ESTAR, AQUARTELAMENTO JÁ.

Anônimo disse...

Aos reclamantes pela demora da divulgação dos comentários

Se quizer se o moderador do blog, escreva para o e-mail do blog solicitando esse credenciamento, pois só assim você entederá que todo mundo tá sobrecarregado de atribuições, ainda mais nesse período momesco.

Ontem mesmo teve reunião na APMSAM, e muitos tiveram de tirar serviço à noite. Fora isso, ainda tem as questões pessoais.

Se o nosso nível de cultura e edução fosse outro, certamente não haveria porque haver moderação nos comentários. Além do que, se fosse condicionado a escrever usando as próprias contas de e-mail de cada um, certamente um gato pingado o outro é que escreveria.

Portanto, vamos compreender o momento, e ser mais paciente. Do contrário, apresentem seus currículos...

Anônimo disse...

sou soldado e não vou paralisar, e ainda se os antigos paralisarem vou me oferecer pra pegar a viatura e ir pra rua! não existe eu brigar para que os outros tenham aumento e eu deixe de ganhar o meu! tomara que o governo não aceite nada mesmo, só assim meu salário ao invés de 2280 vai pra quase 2500

Agenário Velames disse...

Existem pessoas que estão há anos sonhando com essa coisa de "ser deputado", mas não conseguiram. Por que então justamente eu, quem nem sequer tenho identidade ou pretensão política, assim como o devido apoio conseguiria? Inobstante a isso, como militar, tenho por convicção a seguinte conclusão: não temos maturidade suficiente para elegermos um deputado oriundo da tropa, e como temos várias pessoas que ambicionam isso, nenhum deputado será simpático aos nossos anseios, justamente para não fortalecer "essas pessoas ambiciosas". Por isso, a meu ver, quem for presidente de associação e de fato estiver pensando na tropa, jamais vai deve candidatar a cargo político; deve se juntar com algum deputado (de preferência os da base do governo) para viabilizar a aprovação dos projetos que possam ser de interesse da tropa. Ou faz isso, ou continuaremos marchando pra trás. E os últimos anos tem mostrado isso.

Quanto aos colegas que acreditam em mim, na minha liderança e no meu espírito de luta (obrigado pela consideração e pela lembrança), o que eu proponho, inicialmente é que divulguem a quantos puderem que o meu grupo continua unido, e acompanhando de perto tudo o que está acontecendo. Razão pela qual em novembro nós nos lançaremos novamente à presidência da ACS, ocasião em que vocês irão decidir se querem o passado, o presente ou futuro. E NÓS SOMOS O FUTURO.

Hoje, dia 06 de fevereiro de 2013, logo mais, às 14 horas, mais uma vez vamos nos fazer presentes na porta da SEGESP, atendendo a uma solicitação dos nossos representantes. Não quero ser pessimista, mas acredito que isso não vá dar em nada, como aconteceu nos últimos anos. Porém, mantenho a fé e a esperança, assim como mantenho o sentimento de um dia estamos (refiro-me ao grupo que pertenço), na presidência da ACS bem representando a nossa classe.

OBS: quando eu digo “na presidência”, gostaria de registrar que se fosse para ser um mero diretor de outras gestões, sem poder de decisão ou participação, eu já seria há muito tempo.

Com isso, encerro com a seguinte afirmação: “em novembro nós nos lançaremos novamente à presidência da ACS, ocasião em que vocês irão decidir se querem o passado, o presente ou futuro. E NÓS SOMOS O FUTURO”.

Anônimo disse...

Anônimo disse...

nessa tabela nao tem vantagem pro soldado, dai ele nao liga pra a assembleia, os cabos a maioria antigao, sao medrosos nao tem coragem de aquartela. sargento nen se fala.

essas associaçoes tao fazendo graça conosco
perfeito essa declaraçao

Anônimo disse...

Militares sem moral kkkkkkkkkkkkkk
não queria dizer isso, mas vc estão se tornando uma polícia sem moral, os militares de antigamente tinham muito mais moral.

Anônimo disse...

hj um cabo disse que soldado não precisava de aumento, que o governo já tinha dado. Ou seja, como mudar desse jeito, com uns caras que acreditam no governo, em cada mentira dita por eles? Ser PM é pra se lascar mesmo...classe desunida e sem informação.

Anônimo disse...

Duvido do aquartelamento! A PM é feita de "cãozinhos" bem adestrados. Que podem até a latir e rosnar, mas quando seu dono (com estrelas algemas no ombro)bater o pé: cala a boca e coloca o rabo entre as pernas.

Anônimo disse...

atenção, sentiiiido: carnaval quero tds vcs fazendo um policiamento eficiente, pois o governo tem q ficar com o nome elevado, o nosso governador vai se candidatar a senador e não quero q fique com nome sujo. entendido?

só pra descontrair viu puliças kkkk

Anônimo disse...

então, nos resta por fim, nos unir-mos, para colocar a frentes de nossos interesses, e ser nosso candidato, o sargento brás do ciods, ele mesmo,já conhece a furia de todos os oficiais superiores. portanto, sgt brás,deputado estadual.... SD PM J LUIZ

Anônimo disse...

Devemos buscar novos nomes para representação dos subtenentes e sargentos nome que realmente brigue pelos direitos da classe, chega de falácia e enganação não devemos dar credito ao Teobaldo esse não se importa com o rejuste salarial só com a sua eleição para deputado vc votaria nele?

Sócio da ASSOMAL disse...

Militares fazem buzinaço e marcam nova assembléia na SEGESP

Os policiais e bombeiros alagoanos cansados da ‘enrolação’ do Governo de Alagoas começaram a engrossar as mobilizações pelo realinhamento da tabela de subsídio da categoria. Na tarde desta terça-feira, 05, centenas de militares participaram de um buzinaço pelas ruas de Maceió.

Em protesto, a categoria saiu da sede da ASSMAL, no Trapiche com destino ao Palácio República dos Palmares, no Centro de Maceió. Durante o buzinaço, os militares mostravam à sociedade alagoana a revolta com o Governo de Alagoas.

A manifestação foi deliberada, nesta tarde, durante a Assembleia Geral realizada no Clube dos Sargentos. No encontro, os líderes militares - sargento Teobaldo de Almeida(ASSMAL), cabo José Soares (ACS/AL), sargento André Ramalho (ABMAL), Major Wellington Fragoso (ASSOMAL), coronel José Campos (ASSORPOBOM), sargento José Guimarães(ARPMAL) e cabo Wagner Simas (ASPRA) – passaram para a tropa o resultado das últimas reuniões com o Governo.

Não satisfeitos, os militares afirmam que estão dispostos a esquentar as mobilizações. Neste primeiro encontro, em decisão unânime eles resolveram realizar uma nova Assembleia Geral nesta quarta-feira (06). Na ocasião, os militares irão deliberar se acatam ou não o aquartelamento.

Para maiores informações, clique aqui.

Sócio da ASSOMAL disse...

Governo diz que quer negociar mas não apresenta contra-proposta

Em reunião realizada nesta segunda-feira (04) entre as associações militares, representantes das corporações militares PMAL e CBMAL e representante do governo através da SEGESP, ainda não houve consenso, pois por mais que as associações se esforcem para apresentar uma tabela viável, sempre esbarra nas palavras duras da equipe que representa o governo, alegando que a SEFAZ não acena positivamente, achando o impacto alto, mas ao mesmo tempo não apresenta contra proposta.

A secretária adjunta da SEGESP Ricarda Calheiros, reconhece a necessidade de finalizar o realinhamento contemplando as corporações militares , como já foi acordado no vencimento dos soldados, mas fica impossibilitada de oferecer uma contra-proposta para a categoria, porque encontra no secretário da Fazenda Maurício Toledo uma barreira intransponível, que sempre vem com a mesma música de que o Estado não possui recursos e que está no limite da LRF.

Novamente foram apresentadas outras alternativas pelas associações, na tentativa de se chegar a um denominador comum, que serão mais uma vez submetidas a análise pela SEGESP, na pessoa da Secretária Adjunta Ricarda Calheiros, que também tenta ser recebida pelo governador do Estado para apresentar os números encontrados.

Enquanto isso , continua prevista para esta terça-feira (05) a Assembléia Geral Unificada, Oficiais e Praças, na sede da ASSMAL, a partir da 14:00 horas, onde os resultados das negociações serão apresentados para a categoria dos militares, que possuem o poder de decidir qual o caminho a ser adotado.

Para o presidente da ASSOMAL, Maj PM Wellington Fragoso, os resultados destas reuniões estão cada vez mais desestimulando os militares, que esperam por esta solução há muito tempo e estão ficando impacientes com a falta de objetividade por parte do governo. “È lamentável que o governo não tenha apresentado nenhuma proposta para a categoria, não sabemos nem se fizeram esta previsão no orçamento do Estado para 2013, é um descaso e falta de respeito para com homens e mulheres que servem nas corporações, com dedicação exclusiva e colocando suas vidas em risco para defender a sociedade”, finalizou Fragoso.

Para maiores informações, clique aqui.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver