Se não houve surpresa, houve prevaricação!

No momento em que somos vistos como o Estado mais violento do Brasil, que as nossas condições de serviço estão a quem do ideal, que a tropa se encontra desmotivada, que somos a Polícia Militar com o 3º pior piso salarial, que os nossos comandantes todos os dias são criticados, que somos classificados como a 5ª polícia mais corrupta do Nordeste e a 12ª do Brasil, eis que o nosso Comandante Geral – Dimas Cavalcante – vem a público soltar a seguinte “pérola”:

Não fiquei surpreso, fiquei triste. Esse é um problema que afeta o serviço público em geral, no País inteiro, e na Polícia Militar não é diferente porque estamos lidando com um público que comete infrações, que prefere corromper o militar a tentar resolver o problema”.

O Comandante também destacou que:

Não temos como acabar com a corrupção porque trata-se de uma questão de ética, de moral, mas podemos trabalhar para tentar evitá-la ao máximo. Todas as denúncias que chegam à corregedoria estão sendo apuradas”.

Quanto aos salários, disse o Coronel Dimas:

“Cabe ao policial conduzir a questão de maneira honesta. A nossa atividade nos deixa em cima de uma linha tênue entre o bem e o mal e o policial tem que saber que não pode ir para o mal. Nossos salários não são tão ruins e não é o dinheiro que deve fazer a pessoa ser corrupta ou não”.

Hipocrisia

Companheiros, temos procurado ao máximo evitar fazer postagens contra o Coronel Dimas, e a razão é bem simples: queremos, de todo coração, que a Polícia Militar reencontre o seu caminho, independente de quem seja o Comandante Geral, bem servindo à sociedade, mas acima disso com respeito ao seu público interno, que é a sua tropa.

Porém, infelizmente, enquanto estivermos sendo administrados por pessoas que fingem se preocupar com a causa pública, sendo que na verdade preocupam-se mais com postos, cargos, locupletações, estaremos fadados a toda contrariedade de sorte.

Ainda em relação às palavras do Coronel Dimas, as quais simbolizam mais um momento de infelicidade de sua administração, vamos tentar aproveitá-las de alguma forma, nem que seja para complementar o sentimento expresso nos seguintes casos:
Frase do Dimas: “Todas as denúncias que chegam (...) estão sendo apuradas”
Nossa postagem: “Ato de Improbidade Administrativa na PMAL” (clique aqui)
Frase do Dimas: “Trata-se de uma questão de ética, de moral”
Nossa postagem: “Teoria das Janelas Quebradas” (clique aqui)
Frase do Dimas: “Não fiquei surpreso, fiquei triste”
Nossa postagem: “Dois pesos e duas medidas” (clique aqui)
Frase do Dimas: “Nossos salários não são tão ruins”
Nossa postagem: “PMAL: 3º pior salário dentre as demais PPMM” (clique aqui)
Frase do Dimas: “Na Polícia Militar não é diferente”
Nossa postagem: “Processem Dimas (...) por Dano Existencial” (clique aqui)
E como nós não temos uma autoridade, muito menos uma entidade classista atuante, com para nos representar, sustentamos a seguinte proposta:

Precisamos eleger um Deputado Estadual para representar os nossos interesses!

19 comentários :

Anônimo disse...

Parabéns pela reflexão.

Anônimo disse...

QUE PORRA DE DESMOTIVAÇÃO É ESSA QUE SÓ VEJO PM DANDO ENTREVISTAS AOS PROGRAMAS POLICIAIS,FAZENDO GRANDES APREENSÕES DE ARMAS,DROGAS A PMAL NÃO PRECISA DE AUMENTO,MESMO GANHANDO UMA MERRECA,OS BABACAS DÃO A VIDA POR ELA ENTÃO DE LASQUEM E CONTINUEM MOSTRANDO TRABALHO,PORQUE PRA MIN A PMAL É EMPREGO.

Ítalo Bastos disse...

O coronel, diz que a corrupção não tem a ver com salário, porque ele recebe o teto constitucional, ou seja quase 30 mil reais por mês, se ele ganhasse 2.200 reais por mês, para sobreviver queria ver se ele manteria esse discurso hipocrita, sem falar que mesmo ganhando bem esse comandante da PMAL, ainda se corropem. Esse discurso moralista só serve para engana quem não tem senso critico, pois o que o estado que, é arrecadação para manter as mordomias do governado, depultados e comissionados.
uma pessoal que é pega diringindo bebada, tem que ser presa e multada. Já um pai de familia que não pode pagar o IPVA do seu veiculo, porque não tinha dinheiro, não merece ser multado, pois não cometeu crime algum, simplismente deixou de recolher ao estado mais uma verba extorsiva, que jamais voltara para sociedade.

Anônimo disse...

A CORRUPÇÃO ESTÁ EM TODO SEGMENTO DA SOCIEDADE, SEJA SECULAR OU RELIGIOSA, O CORONEL DIMAS VALOR COM SABEDORIA, NÃO É O DINHEIRO, QUE FAZ QUE O HOMEM SEJA CORRUPTO OU NÃO, É UMA QUESTÃO DE CARÁTER, QUANDO NOS CONTETAMOS COM QUE GANHAMOS, ESTAMOS CUMPRINDO A LEI, CONTETAI-VOS COM O VOSSO SOLDO, NÃO PESSAIS MAS DO QUE ESTÁ ORDENADO.

E AS FURADAS DOS CORONEIS? disse...

E a corrupção da cúpula,o que a dizer o comandante? E sobre o dinheiro sujo que entra pela porta dos fundo das unidades da PM em todo estado. E sobre as furadas e o peculato com o dinheiro de bancos, shoppings e outras empresas que compra o policiamento. Tá cada dia mais escancarado e ninguém faz nada. vej o patrimonio dos coroneis da ativa e da reserva que enricaram na briosa. a furada vem de cima, espelho meu especlho meu

Anônimo disse...

Gostaria de saber da sindicância feita pelo Cel. LIma Junior que apurou o uso de pistolas por parte de agentes penetenciários.
Sabemos o que se apurou revela improbidade administrativa por parte do SRº Dário Cesar(quando intendente), Coronel.Marcos sérgio, Cel Luciano(Comandante geral) e outros oficiais. Com a palavra o MP e a Briosa para apurar a omissão.

TNH 1 disse...

Quadrilha explode caixa e leva dinheiro de agência bancária

Uma quadrilha composta por pelo menos cinco homens realizou mais um assalto a banco no interior de Alagoas, na madrugada desta quinta-feira (11). Os bandidos usaram dinamites para explodir um caixa eletrônico da agência do Bradesco, no município de Coité do Nóia, no Agreste alagoano.

Os primeiros levantamentos do 3º Batalhão da Polícia Militar são de que os assaltantes chegaram até a cidade em um automóvel Ecosport, de cor prata, por volta das duas horas da madrugada.

Os cinco homens encapuzados agiram de forma rápida. Eles arrombaram a porta da agência e, usando um pé-de-cabra, fizeram um buraco na frente do caixa eletrônico. Em seguida instalaram as dinamites, detonaram o equipamento e recolheram o dinheiro.

Quando a polícia chegou à agência não havia mais pista dos criminosos apenas a informação sobre o carro usado na ação, o que não foi suficiente para a prisão em flagrante da quadrilha.

Esse foi o segundo assalto com uso de explosivos apenas essa semana no interior de Alagoas. Na madrugada de terça-feira, ladrões detonaram um caixa eletrônico em outra agência do Bradesco na cidade de Senador Rui Palmeira, no Sertão de Alagoas.

Anônimo disse...

é por issocompanheiros - que bato na mesma tecla aqui ........... é por isso e outros motivos, que voto com o sgt brás, para quer possamos melhorar nossas policias, e unirmos cada vez, não existi bope, rp, rpmon, todos somos iguais, todos dão o mesmo sangue, e pra que, uns terem vantagens (dinheiro) e outros não, sgt brás para deputado estadual, vai mudar essa concepção medilcre, ninguém falou que o sargento brás ta doente , alguém ouviu isso ?
atenciosamente cb costa

Anônimo disse...

é por issocompanheiros - que bato na mesma tecla aqui ........... é por isso e outros motivos, que voto com o sgt brás, para quer possamos melhorar nossas policias, e unirmos cada vez, não existi bope, rp, rpmon, todos somos iguais, todos dão o mesmo sangue, e pra que, uns terem vantagens (dinheiro) e outros não, sgt brás para deputado estadual, vai mudar essa concepção medilcre,esse oficiais bagaços, e tudo mais.
atenciosamente cb costa

Anônimo disse...

A POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE ALAGOAS, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA DE ESTADO DA
GESTÃO PÚBLICA DO ESTADO DE ALAGOAS torna pública, em cumprimento à decisão judicial proferida no
Processo nº 0703949-06.2013.02.001, a convocação do candidato RAPHAEL LIMA OLIVEIRA SILVA,
INCRIÇÃO Nº 1000.7242, para a avaliação médica das condições de saúde e psicológica para o cargo de
Oficial Combatente, referente ao concurso público para preenchimento de 40 vagas para o Curso de
Formação de Oficiais Combatentes e formação de cadastro reserva; e para preenchimento de 1.000 vagas
para o cargo de Soldado Combatente e formação de cadastro reserva, dos quadros da Polícia Militar do
Estado de Alagoas (PMAL), conforme a seguir especificado.

Anônimo disse...

Coronel e também Medico da Policia Militar será julgado na Justiça estadual

Ex-militar acusado de improbidade será julgado na Justiça estadual


Eduardo Botelho já foi condenado pela Justiça comum por abusar da enteada

A desembargadora Elisabeth Carvalho do Nascimento, integrante da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), indeferiu o pedido de Eduardo José Botelho Trigueiro, ex-tenente coronel e médico da Polícia Militar de Alagoas, que requeria a declaração de incompetência da 17ª Vara Cível da Capital para julgar a ação por improbidade administrativa, alegando que a competência seria da Justiça Militar.

A ação de improbidade administrativa foi iniciada após pedido do Ministério Público Estadual (MPE) para que a instituição competente (Comando da Polícia Militar) tomasse as medidas necessárias, levando em consideração sua condenação, em 2003, por atentado ao pudor contra sua enteada, instituição e que marca, também, a ação por improbidade administrativa.

No pedido de suspensão, o réu alegou que o referente juízo não tem competência para processar e julgar a causa, por possuir cargo e função para responder perante o Tribunal Militar. Alegou ainda o perigo da demora e a prescrição do direito de ação.

De acordo com o Supremo Tribunal Federal (STF), a perda do posto, da patente ou da graduação dos militares pode ser aplicada na Justiça Estadual comum, nos processos sob sua jurisdição, sem afronta ao que dispõe o art. 125, parágrafo 4, da CF/88. Quanto ao perigo da demora, a relatora afirma que a ação de improbidade recebida pelo 1º grau encontra-se no início da tramitação, inexistindo qualquer dano ao recorrente.

“O posicionamento do magistrado é suficiente, inicialmente, para o recebimento da ação, sendo certo que no decorrer da ação será averiguada com mais profundidade a questão”, desenvolve a desembargadora relatora, Elisabeth Carvalho, em resposta à alegação por prescrição do direito a ação dada pela defesa.

Fonte: Tribuna Hoje

GREVE BRANCA disse...

Violência em Maceió deixa quatro jovens mortos em 12 horas

A noite de quinta-feira (11) foi marcada pela violência em Maceió: em menos de 12 horas, a polícia registrou quatro assassinatos na periferia da capital alagoana. Entre as vítimas está um adolescente de apenas 13 anos que foi morto quando conversava com amigos no bairro do Tabuleiro do Martins. O aumento no número de homicídios nos meses de março e abril preocupa a cúpula da Segurança Pública em Alagoas.

Dois dos crimes aconteceram ainda no período da tarde. Alex Francisco Verçosa, 19 anos, foi atingido por nove tiros de pistola, quando estava em frente a um açougue na Avenida Monte Castelo, a principal do bairro Vergel do Lago.

Horas depois a polícia registrou um outro crime no bairro da Ponta Grossa. Jonathan Alan da Conceição, de 27 anos, estava próximo a uma loja de peças automotivas na Rua Cabo Reis quando foi morto com vários tiros na cabeça. Os disparos foram deflagrados por dois homens que fugiram em uma moto.

No fim da noite, o jovem Marcos dos Santos Silva, de 21 anos, foi morto a tiros em um trecho da Travessa Nova Brasília, próximo a uma igreja evangélica, no Tabuleiro do Martins. No mesmo bairro, minutos depois, foi assassinado o adolescente Marcos Daniel Nunes dos Santos, de 13 anos, que conversava com amigos em frente a um campo de futebol.

A contabilidade homicídios nos últimos dois meses preocupa os órgãos do governo do Estado e do próprio Ministério da Justiça, já que Alagoas é piloto do programa Brasil Mais Seguro, criado em junho do ano passado justamente para conter o número de homicídios no Estado. Depois de oito meses de queda livre nas estatísticas, em março os números voltaram a subir e em abril os assassinatos acontecem diariamente na periferia da capital.

Para conter a onda de crimes, a Polícia Militar ocupou em abril os bairros do Jacintinho, Benedito Bentes e Cidade Universitária, que registraram um grande número de homicídios em março. Mas a violência parece ter migrado para outros bairros, como o Vergel do Lago e o Tabuleiro do Martins.

No último sábado, o próprio governador Teotonio Vilela Filho e a secretária Nacional de Segurança Pública se reuniram com a cúpula da Defesa Social, Ministério Público e Poder Judiciário para traçar novas investidas para a redução dos assassinatos em Alagoas.

Sócio da ASSOMAL disse...

Atenção futuros combatentes, Oficiais e Praças

O Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade Federal de Brasília (Cesp/Unb) divulgou na noite desta quinta-feira (11), o resultado final do teste físico do concurso da Polícia Militar de Alagoas para o cargo de Soldado Combatente.

Para maiores informações clique aqui.

Anônimo disse...

Esse rafael que a justiça esta tentando colocar é o estuprador e acusado de varios homicidios?????????/

Anônimo disse...

Fiquei sabendo que na porta do banco do coite tinham três assaltantes na porta do gpm, se eu estivesse lá eu ia era dormir e quando levantasse eu ia olhar, pois tinham mais de 8 homens e essa pmal desmoralizada, não me paga pra ser heroi, quem quiser que meta a cara, pra levar tiro de fuzil, eu num tenho vida de video-gane não, comandante. agora voces me digam esses coroneis merecem ganhar tanto dinheiro, eles não dão um prego em nada, e quando falam sai merda, isso é oque dá sermos uma tropa desunida e sem ninguem que pense no bem estar dos praças que são quem movem essa PMAL

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
: Correio de Alagoas disse...

Não crucifiquemos a polícia!

A pesquisa publicada no Instituto Datafolha nesta terça-feira (09) criou um grande tumulto. E, como em todas as ocasiões, de forma generalizada, não somente quando falamos em segurança pública, mas em qualquer outra área, toda a Polícia Militar de Alagoas foi rotulada como corrupta. Era uma gotinha d’água que faltava, um palitinho de fósforo para que o fogo fosse ateado.

É preocupante ler um resultado com uma 5ª colocação em corrupção no Nordeste, claro que sim. Aqui não está uma defesa dos que cometem as ilicitudes. Porém, é injusto macular toda a corporação e fazer questão de divulgar esse conceito sem lembrar os nobres homens e mulheres que sempre saem de suas casas, deixam para trás suas famílias para o cumprimento, de fato, do dever, que é garantir a segurança da sociedade.

As polêmicas criadas em torno do resultado da pesquisa só não tiveram efeito maior que os posicionamentos do pastor Feliciano. Mas, promoveu a formação de grupos para falar mal da instituição sem o cuidado para preservar as pessoas do bem que nela continuam a servir. Lógico que todos temos a convicção de que na PM de Alagoas, e também nas demais, não querendo arrancar nossa culpa em cima das imoralidades alheias, é perceptível os dois lados. Vimos claramente quem é o joio e quem é o trigo, e as ‘cores’ diferem. Nesse caso, o caráter é visto pelas simples ações. Nos pequenos detalhes, nas propostas feitas aos colegas, na forma de se comportar no batalhão ou na Companhia onde é lotado etc.

A polícia como um todo não pode e não deve ser apontada como ‘criminosa’. Não deixemos morrer a lembrança de que foi a primeira a ganhar o Prêmio de Direitos Humanos no Brasil. E sem apontar que isso é passado, porque se pensamos dessa forma para nossos times de adoração quando amargam suas derrotas e nos fazem sofrer, então não custa nada usar o mesmo método com a instituição. Porque mesmo que haja derrota, as vitórias jamais podem ser esquecidas.

Veja o resto a seguir

: Correio de Alagoas disse...

Diariamente temos notícias de policiais nobres (homens e mulheres) que combatem a criminalidade e têm compromisso com a população. E eles até se emocionam quando livram o cidadão de bem dos bandidos, quando salvam vidas. A corrupção é algo doentio e que se tornou habitual, entre alguns, por conta das facilidades encontradas, não podemos deixar de admitir. Se, desde o início, fossem denunciados, os primeiros seriam também os últimos. Mas, isso nunca aconteceu. E se houvesse mais severidade na lei? Se quando uma ação de corrupção fosse confirmada, o contribuinte, a pessoa que ofertou o dinheiro também fosse punida? No mínimo teria receio ao pensar em reincidir.

Mas, de qualquer forma, a população quer o benefício, o jeitinho brasileiro de se safar do que anda fazendo longe das normas. O agente de segurança, ou policial, tem a obrigação de ser exemplo, de ir às ruas cumprir com sua missão. Isso é óbvio. Mas, o não permitido é toda a base ser crucificada por conta de quem esqueceu pela metade do caminho todos os princípios discutidos e orientados pelos pais. E não é a polícia que forma personalidades, já recebe todas prontas. Ela tenta moldar algumas, às vezes, e até consegue, mas as pessoas que prestam concurso são bastante adultas e conhecedoras dos seus direitos, deveres, punições etc. Não adianta polemizar e ficar tentando entender qual a forma utilizada para se chegar a consensos, mas tentar mudar o momento. Se bem que não acho que milagres ocorram. Ou seja, que os militares descompromissados e rebeldes consigam se livrar de tanta imoralidade em pouco tempo.

Em contrapartida, o cidadão civil deveria ser o primeiro a rejeitar propostas feitas por militares para que sejam beneficiados. É o mesmo que comprar balas, chocolates a crianças que costumam adentrar os coletivos. Quando damos ousadia pela primeira vez deixamos uma brechinha da porta aberta para que a segunda aconteça. Os policiais que assim agem ficam tão dependentes quanto o usuário do crack. Pode até ter jeito, mas o tratamento é longo, o resultado temporário e com todos em alerta porque pode haver uma recaída.

Mas, tiremos o chapéu para os que ignoram o lado podre.

Anônimo disse...

Estou batendo sempre na mesma tecla para resolver é melhorá o salario e colocar todos os aprovados nesse concurso de uma so vez, coloca todos os oficiais na academia senador arnon de melo, e sai espalhando os soldados por toda Alagoas quero ver se o indice de violência não cai, não queremos força nacional, queremos nossos conterraneos trabalhando que eles sabem a onde ta o problema e vão entrar todos motivados ganhando dignamente e honrando suas fardas formando uma tropa com pessoas com idade compatível para estar na linha de combate.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver