Missão dada, missão cumprida!

O CRB consagrou-se bicampeão alagoano sobre o maior rival, mas nem assim passou a ser o maior campeão estadual de Alagoas. Mesmo sendo praticamente o jogo de uma única torcida, o efetivo policial foi surpreendente. O Subcomandante Mário Menino botou pra empenar sacrificando mais uma vez a tropa e não poupou nem a burocracia. Dito isto, pergunta-se: O que justifica tamanho empenho em prover policiamento num evento privado, em detrimento do restante do Estado?

A julgar pela pompa que o Governo do Estado e a imprensa estão fazendo sobre a competição, pode-se afirmar com convicção que não se via uma festa tão grande assim desde que a Presidente Dilma esteve por aqui (para fingir que inaugurou o Canal do Sertão) e desde que o Téo Vilela foi reeleito governador. Por falar em Dilma, dizem que sempre que ela vem a Alagoas ela traz o seu fuzil de estimação (aquele que ela roubou do Exército, quando era terrorista) para se proteger da criminalidade local, pois não acredita nos dados apresentados pelo governador (que diz que a violência no Estado está diminuindo), ainda mais por ele ser do PSDB – partido que pleiteia a sucessão presidencial.

Ainda no Estádio Rei Pelé, em meio à empolgação dos regatianos após o jogo, que invadiram o campo para comemorar o título junto aos seus ídolos, uma figura passou a ser destaque perante a torcida, sendo, por certo momento, tão festejada quanto os protagonistas da conquista do Galo Praiano, o Tenente-coronel Do Valle; que mandava soltar os torcedores que eram capturados após a invasão do campo. Segundo um colega meu, que acompanhou de perto toda essa situação ao lado de uma Pfem (cuja função era carregar uma prancheta e nada mais), o Comandante do Valle, feliz da vida, ao avistar o BOPE “chegando” junto em quem invadia o campo dizia: “Guerreiro, solte o torcedor. Tá querendo arrumar serviço, é?”

Diante dessa situação, a cada invasor que o BOPE prendia após grande perseguição vexatória, o que era motivo de vaias da torcida e gritos de “Olé!”, o Comandante Do Valle chegava junto e mandava soltar, no que era ovacionado: “É batatinha! É batatinha! É batatinha!” Foi preciso que o Comandante Lucena, outro que também invadiu o campo, chegasse junto ao Comandante Do Valle e lhe desse uma sugestão ao pé do ouvido para que o espetáculo ficasse somente entre a torcida e os jogadores.

O Presidente do CRB, aproveitando a euforia, ainda tirou o seguinte sarro com o cunhado azulino: “E o campeão quem é? É o Clube de Regatas, Batinga. É o Clube de Regatas, Batinga!” Mas Batinga estava longe desse evento. Aliás, o Batinga anda distante de tudo quanto é evento social ou que envolva a segurança pública. Dizem até as más línguas que ele mal sai de casa. Talvez esteja arquitetando algum tipo de “retorno”.

E a torcida do Galo até agora está em estase, comemorando. E provavelmente ficará assim por muito tempo, ainda mais quando sabe que pode contar com o apoio da Briosa Polícia Militar. “Realmente, a Polícia Militar está de parabéns. É esse o comportamento que a gente espera da nossa polícia”, disse um torcedor regatiano.

Empolgado com os elogios que a Tropa Miliciana está recebendo da imprensa, o Comandante Geral, o Coronel Dimas, resolveu transformar isso em elogio através da seguinte “pérola”:

“A Polícia Militar foi bem representada pela sua Tropa, presente no Estádio Rei Pelé, quando da final do Campeonato Alagoano de Futebol, razão pela qual, em reconhecimento ao empenho, desprendimento, capacidade de iniciativa, aptidão intelectual, solicitude e profissionalismo no cumprimento de suas obrigações funcionais, demonstrando, sobretudo, admirável comprometimento para com os serviços que lhe são atribuídos, refletindo-se nas atividades confiadas, na habilidade de trato com o público, bem como na sistematização, elaboração de técnicas que a cada dia somente otimizam o bom andamento do serviço, cuja metodologia empregada garante celeridade e eficácia no atendimento das ocorrências aos cidadãos requisitantes, ressaltando-se, nesse aspecto, a atenção e a agilidade no atendimento ao público em geral, oferecendo a orientação mais correta e direcionada ao fluxo perfeito dos atos policiais no âmbito interno e externo, em reconhecimento aos elogios que a caserna conquistou, e por tudo que disso pode resultar, concedo ao Tenente-coronel Do Valle, Policial Militar detentor das qualidades acima citadas, considerado um modelo de caráter profissional e, por tal motivo, louvo, e torno pública esta justa e corretamente citação, a qual, no uso das atribuições que me são conferidas pelo artigo 11, inciso I, artigo 99, inciso I, e artigo 100, do RDPMAL (aprovado pelo Decreto nº 37.042, de 06 de novembro de 1996), transformo em elogio individual!”

Pena que nada disso possa ser convertido em QSJ ao agraciado, para que de fato pudesse valer alguma coisa, porque mesmo diante de tantas palavras bonitas, nada ameniza as coisas mordazes que são ditas sobre o Comandante do Valle e sua querida “Fa-mília” em certas salas do Comando Geral, onde o que menos importa é a criminalidade.

Bem, voltando ao nosso jogo da vida...

Em uma coisa temos que concordar: Alagoas está, sim, vermelha! Mas é do vermelho do sangue das vítimas de tanta violência e tantos assassinatos! E nesse jogo, onde todos nós somos perdedores todos os dias, só quem está comemorando alguma coisa é o hipócrita do Governador!

Precisamos eleger um Deputado Estadual para nos representar...

14 comentários :

Joilson Gouveia disse...

Meros factóides essas "operações"; ou não?
Aliás, desde que se começou a "operar", o que foi anunciado como RESULTADO ou SALDO POSITIVO, dessas "cirurgias"?
Onde estão os "estudos estratégicos e estatísticos sobre os LCVCPH levantados"?
As "operações" deveriam fazer suas "cirurgias" nesses locais, ou seja, nos locais de maiores incidências criminais, e não onde passam o cidadão contribuinte, o trabalhador e os profissionais, que se submetem aos arbítrios e abusos das "forças operadoras" nacionais e ilegais.
Ademais, quando anuncio vendo!
Abr
JG

N. Srª de Fátima disse...

A verdade é que deram um saco de limão azedo ao Do Valle e ele transformou numa jarra de uma doce e refrescante limonada. Há muitos anos esse é um momento raro na PM: ser elogiada pela população e um oficial que não faz parte da "panelinha" ser agraciado por um otimo trabalho. O Batinga deve ta depressivo e irritado com isso.

Anônimo disse...

Mas o governador falou que é tudo uma farsa a reportagem do jornal folha de São Paulo e que o Estado não está violento, e que a Polícia Militar de Alagoas tem uma das melhores proporção em relação ao centração de policial por habitante.

Anônimo disse...

Ten Stive,vossas postagens, são de níveis excelentes, e sempre entro aqui, para falar algum comentário, a respeito do sgt braz do copom, que soube por colegas do copom, que ele quase morre, manifesto aqui, meu apoio ao nobre companheiro sargento bráz, se ele realmente é candidato, pois quero levantar a bandeira para um homem de bem, pergunto ao nobre ten stive, se conhece alguém, que possa nos dar informações sobre a possível candidatura dele, e tb saber como vai sua saude, é porisso e outas coisas, que voto com o sargento bráz, para acabar com todo esse apertoem escala. onde os praçs morrem de trabalhar, e esses oficiais nada fazem, quero que o sargento brás seja candidato e eleito para tomar das mãos do cel mario minino, aquele estacionamento defrente do QCG, que so serve para encher o rabo dele de dinheiro, e da luxuria para sua bela esposa. . att. cb costa

Praça X disse...

O que mais intriga nisso tudo, minha gente, é que:
1. A PM está dando segurança a um evento privado com fins lucrativos. O dinheiro economizado com segurança privada - feita pelo aparato público - tá indo pro bolso de "alguém".
2. Os coronéis da PM têm verdadeiros orgasmos institucionais quando percebem que a mentira e a enrolação do policiamento ostensivo, figurado e decepado pela estrutura triste do sistema, é engolida tão bem pela população, ao menos pela que estava no estádio, boa parte cheia de cana e torcendo por um times sem expressão nacional nenhuma. Time de usina.
3. Quando é que nossos companheiros, principalmente do BOPE e RP, vão deixar cair a ficha e notar que estão dando sangue em vão. Quando vcs forem pra reserva, vão ver do que tô falando. É viver um resto de vida com um soldo que não dá pra pagar um plano de saúde na velhice. Enquanto isso, os coronéis caça-níqueis e os políticos e empresários do futebol estarão bonitinhos de bolso, luxando, enquanto o praça se arrepende de não ter lutado mais por seus direitos. Continuem assim, o sangue é de vocês mesmo. PARABÉNS,PARABÉNS, "grandes guerreiros", pobres homens explorados.

Anônimo disse...

QUEM É ESTA SUBVERSIVA DA FOTO, NO COMEÇO DA POSTAGEM ACHO QUE HA CONHEÇO.

Anônimo disse...

Diga-se de passagem que o Ten Cel do Valle é regatiano topado,disso todo regatiano sabe.Segundo: Vc tem a situacao contornada depois que aquele efetivo teve inicio do servico por volta das 12:00 se prolongando até as 21:00,so esses BABACAS do Bope que nao quer ver a realidade da situacao.

josehilton andrade disse...

Ainda bem que não faço mais parte dessa porcaria de polícia, outro dia sonhei que tinha voltado e quase tive um treco,vixe... sai pra lá coisa ruim!

cb.2002 rp na veia. disse...

tá ótimo assim,em alagoas só morre vagabundo ou quem bota gaia e dá manchete.por mim morre 50 por dia.

cb.2002 rp na veia. disse...

tá ótimo assim,em alagoas só morre vagabundo ou quem bota gaia e dá manchete.por mim morre 50 por dia.

Resposta dos Policiais Militares "azulinos" disse...

Presidente da torcida organizada do CRB é preso com drogas

O presidente da torcida organizada do CRB, Comando Alvirrubro, João Correia da Gama Neto, o "João Gordo", foi preso na noite desta segunda-feira (20) acusado de porte ilegal de drogas. A prisão ocorreu durante uma abordagem do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) a um táxi no bairro de Cruz das Almas. Levado para a Central de Polícia, João Gordo foi liberado para responder pelo crime em liberdade.

Segundo o comandante do Bope, tenente-coronel Túlio Roberto, a detenção de João Gordo ocorreu durante uma abordagem de rotina. "Os policiais suspeitaram dos ocupantes de um táxi e fizeram uma revista em todos e no carro. Foram encontradas no veículo drogas e uma pistola calibre 380. Como ninguém assumia ser o dono do material, todos foram levados para a Central de Polícia", explicou.
Túlio Roberto explicou que, durante o interrogatório, um dos suspeitos, Marcelo José Morais Vieira, assumiu ser o dono da pistola e foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. "João Gordo e outros dois integrantes da Comando Alvirrubro assinaram um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) por porte de entorpecente e foram liberados para responder processo no Juizado Especial Criminal", ressaltou o comandante do Bope.

As primeiras informações são de que o grupo de integrantes da torcida organizada estavam se dirigindo para o aeroporto onde embarcariam para o Rio de Janeiro para acompanhar a partida do CRB contra a equipe do Botafogo pela Copa do Brasil.

Esta foi a segunda vez que o chefe da maior torcida organizada do CRB foi detido por posse de entorpecente. Em 2009, João Gordo foi detido depois que policiais civis encontraram drogas na sede da Comando Alvirrubro.

Sd PM Fofucho (quem conhece sabe) disse...

Enquanto formos desunidos, agindo contra nós mesmos, não chegaremos a lugar nenhum.

Cerca de 4 mil homens da PM e Bombeiros fazem greve em regime de aquartelamento em MS

Salário inicial de um policial militar no Estado é de menos de R$ 2 mil

Durante a greve dos policiais civis em Mato Grosso do Sul, a Polícia Militar (PM) também cruza os braços em um movimento denominado como aquartelamento.

O presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul (ACSPMCB/MS), Edmar Soares da Silva, informou ao MS Record.com.br que vai conversar com o deputado estadual, Jerson Domingos durante sessão na casa de leis. “Esperamos que ele tenta ajudar a resolvermos as coisas”, explicou.

O efetivo dos cabos e soldados da PM e do Corpo de Bombeiros é de quase 4 mil homens em todo Estado. O salário inicial de um policial militar no Estado é de menos de R$ 2 mil. Com a oferta de aumento do Governo do Estado o valor vai aumentar apenas R$ 150, segundo Edmar.

Que vão ficar de “braços cruzados” a partir de hoje e só vão retornar ao trabalho se o governador André Puccinelli aceitar a proposta.
“Nós queremos agora um aumento de 17,5% e em 2014 outros 17,5%. Mas o governador que dar apenas 7% e deixar os 15% para o próximo governo em 2015” explicou.

A associação informou ainda que os militares que sofrerem possíveis represálias por conta do movimento devem procurar a entidade que serão atendidos, através do departamento jurídico.


Essa materia é de 21 de maio de 2013, e serve para reforçar a seguinte tese: Estamos muito acomodados com essas migalhas que o governo nos oferta, mas A CULPA MAIOR RESIDE NA OMISSÃO DOS NOSSOS REPRESENTANTES NAS ASSOCIAÇÕES DE CLASSE!

Anônimo disse...

Esse Josehilton Andrade fala tanto que dá graças a Deus por ter saído da PM, mas só vive postando besteira aqui.

Anônimo disse...

Esse comando da SEDS nao vale nada... São todos uns merdas... O Cel. Gilmar Batinga deve estar chupando o dedo nessas horas...

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver