Reforço no Efetivo

A gente já tinha preparado o texto, quando o telefone tocou. Do outro lado da linha um “a favor”, em curtas palavras, dava a confirmação: “O governador já se mobilizou (...). Segunda-feira sai a convocação para a próxima fase (...). Diante de tal afirmativa não tivemos outra opção: tivemos de dar QTA na publicação em favor da convocação dos aprovados no último concurso para Soldado da Polícia Militar.

E assim, eis que o Diário Oficial do Estado trouxe, finalmente, o resultado final da avaliação médica e a convocação para apresentação de documentos dos aprovados. Depois disso, assim que a notícia circulou, o que se viu foi uma imensa quantidade de aprovados, bem dizer, centenas, à frente do Instituto de Identificação, para retirada do “nada consta” criminal.

Devido à essa convocação, bem como ao curto tempo estipulado para a apresentação dos documentos solicitados, houve muita correria e tumulto no Instituto de Identificação, o que gerou um colapso momentâneo no atendimento, isto é, na emissão do “nada consta”, o que acabou aborreceu os candidatos – que ainda deverão acessar um link (clique aqui), obter uma senha, preencher o formulário de entrega de documentos e anexar cópias digitalizadas do material solicitado.

Atenção: os candidatos devem levar a documentação entre 8 e 12 de julho e também nos dias 15, 16 e 18 de julho, na Diretoria de Pessoal, localizada no Quartel Geral da PM, no Centro de Maceió, das 8h às 12h e das 13h às 17h. A listagem com os dias em que cada candidato deve comparecer ao quartel com a documentação está publicada entre as páginas 36 e 46 do Diário Oficial do Estado.

O resultado provisório da apresentação e comprovação documental será divulgado em data provável de 25 de julho, mas de antemão o Briosa em Foco deseja boas vindas a todos os novos policiais.

As razões da convocação

Segundo os relatórios internos da Polícia Militar, os quais já são de conhecimento do CONSEG, boa parte da tropa está em repartições. Contudo, não é a presença de policiais militares nas Assessorias Militares a principal razão das metas do Programa Brasil Mais Seguro não estarem sendo atingidas em Alagoas. A verdade, é que o efetivo da PM continua longe da relação ideal, aquela estipulada na Lei de Organização Básica da Polícia Militar.

Nesse liame, a convocação dos militares aprovados era uma das contrapartidas do governo estadual frente aos vultosos investimentos que o governo federal tem feito em equipamentos e infraestrutura, no âmbito do Brasil Mais Seguro.

E se essa convocação não fosse cumprida hoje, provavelmente o governo Téo teria um grande problema, pois as lideranças dos aprovados para o cargo de soldados estavam dispostos a chamarem a atenção da sociedade, endossando as fileiras de manifestações de protesto, fazendo ver que ainda somos o Estado mais violento do Brasil, mas o governo do estado, que poderia contar com estes novos soldados, não se preocupa com a segurança da sociedade.

Prova disso é que em abril de 2010, antes do ingresso de cerca de 600 militares da “reserva técnica” do concurso de 2006 da PM, o efetivo existente para o policiamento nas ruas do Estado de Alagoas era de 6.613 policias. Hoje, com os dados atualizados até junho deste ano, o site da DPWEB registra que temos quase mil policiais a menos nas ruas do Estado onde mais se mata no país.

Ah, e não adianta dizer que os mil novos soldados irão substituir os mil policiais que saíram do serviço ativo, pois até que estes novos policiais estejam formados, e até que eles desenvolvam o tino policial, centenas de outros policiais deixarão de compor os quadros do serviço ativo da Polícia Militar do Estado de Alagoas.

Esbanjando o que não tem

Apesar da carência de efetivo, conforme exposto acima, custa entender como é que o Governador Téo, através de Portaria publicada no Diário Oficial do Estado permitiu que 49 policiais militares alagoanos, em meio aos anseios da sociedade, possam atuar durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá no Rio de Janeiro entre os dias 23 e 28 de julho.

Com isso, além da falta que estes policiais fará para a sociedade alagoana (no período de 14 de julho a 1º de agosto), há que se levar em consideração que o dinheiro gasto com as suas diárias poderia ser destinado às melhores condições de serviço de algumas unidades, comprando alguns ar-condicionado para o alojamento dos praças, bem como alguns gel’água, por exemplo. Enquanto isso, o Coronel Gilmar Batinga está “articulando”...

Eis mais uma razão para defendermos a tese que:

Precisamos eleger um Deputado Estadual para representar os nossos interesses!

9 comentários :

Falem também do interior do Estado... disse...

Falem que:

Farmácia, padaria e posto de combustíveis viram alvos de bandidos

Em menos de 12 horas, estabelecimentos na capital e interior de Alagoas foram roubados

Interior

Já em Arapiraca, um posto de combustíveis situado em Lagoa da Canoa foi alvo de um homem armado com revólver, que se aproximou do frentista Jusiê Soares dos Santos, 26 anos, em uma moto Honda CG Fan 150 - de cor vinho e de placa não registrada - e anunciou o assalto. O acusado exigiu que a vítima entregasse o dinheiro e empreendeu fuga em seguida, tomando destino ignorado.

Uma farmácia também foi alvo de assaltantes. O fato aconteceu na Rua 30 de outubro, em Arapiraca, vitimando Luciana Batista dos Santos, 23 anos, e Tarcizio Barbosa dos Santos, 50 anos. Durante a investida criminosa, ambos foram obrigados a entregar uma quantia de R$ 200,00 a um homem em uma moto, que fugiu em seguida.

O outro caso de roubo ocorreu na Rua São Francisco, no centro de Arapiraca, onde Benedito Vieira, 27, foi abordado por um homem vestindo um blusão preto e portando um capacete. Armado, o acusado aproximou-se da vítima, que estava no caixa do estabelecimento, e anunciou o assalto, levando uma quantia em dinheiro. Após a ação, ele subiu em uma moto – cujo condutor o aguardava – e empreendeu fuga.

Também em Arapiraca, no bairro Senador Teotonio Vilela, um estabelecimento foi arrombado. Ao chegar ao local para trabalhar, uma associação de moradores, Zenilda Apolinário da Silva Tenório, de 51 anos, percebeu que três monitores haviam sido levados, além de uma quantia no valor de R$ 60,00.

Anônimo disse...

O pior é que esses 45 tambem não irão fazer falta...a maioria deles são burocratas dos batalhões, se fizer o levantamento terão a prova que uns 70% estavam no administrativo de suas unidades!!

Anônimo disse...

A data de entrega dos documentos para os candidatos que iniciam os seus nomes com a letra A, foi muito próxima onde se seguiu um final de semana onde todas as repartições publicas onde deveriam pegar os nada consta estava fechados desta forma os candidatos foram drasticamente penalizados porque somente no dia 05 de julho saiu o resultado dos exames médicos e a entrega dos documentos no dia 08 de julho, desta forma muitos candidatos deixaram de entrega-los, por favor divulguem esta falta de respeito com os jovens que estão lutando por uma oportunidade.

Anônimo disse...

a desorganização é grande onde na sexta feira era preciso ativar uma senha e o site não estava aceitando sendo preciso os candidatos se dirigirem até o quartel onde não foram recebidos na sexta feira, tendo acesso a senha somente na segunda dia 08 de julho data da entrega dos documentos os candidatos com a inicial A, isso é um absurdo levando em conta os outros candidatos com as iniciai mais adiante tiveram muito mais tempo para juntar a documentação.

Anônimo disse...

Na area do nono bpm em delmiro gouveia esta ocorrendo muitos servicos extra as guarnicoes do pelopes e rp quando estao saindo de servico pegam extra, ou seja alem das 24 hs ficticias, ainda vem os extras, e uma escravidao que as associacoes fingem nao ver os companheiros do sertao pedem socorro

Anônimo disse...

Alguém aí sabe quantos soldados da pra formar em AL?

Anônimo disse...

o comando precisa cobrar do terceiro batalhão, que tem oficiais trabalhando na smtt sem se afastar da pm ou seja acumulando emprego,que magica eles fazem pra trabalhar nos dois locais isso é ilegal,se fossem praças ja tinham mandado optar a smtt de arapiraca parece um quartel.

Anônimo disse...

o comando precisa cobrar do terceiro batalhão, que tem oficiais trabalhando na smtt sem se afastar da pm ou seja acumulando emprego,que magica eles fazem pra trabalhar nos dois locais isso é ilegal,se fossem praças ja tinham mandado optar a smtt de arapiraca parece um quartel.

Anônimo disse...

como reforçar o efetivo se no terceiro bpm tem oficiais que estão trabalhando na smtt acumulando cargo o que é inrregular e o comando não faz nada para que isso não aconteça, so sendo magico pra eles conseguirem prestar dois espedientes no mesmo dia no mesmo horario em locais diferentes(terceiro e smtt)se fosse praça não podia isso é uma vergonha.

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver