O PM PADRÃO

Em recente publicação contida no BGO nº 139 de 26 de julho de 2013, o Comando da Polícia Militar publicou uma Portaria cuja finalidade é “reconhecimento ao esmero do profissional militar no desempenho das atividades operacional e administrativa da Corporação”. Vejamos:

Portaria n° 045/2013 – GCG/ASS

DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO DIPLOMA PM PADRÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS

O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE ALAGOAS, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 75, incisos I e V, da Lei n. 6.399, de 15 de agosto de 2003, c/c art. 105, da Lei nº 5.346, de 26 de maio de 1992 e, considerando a necessidade de criar mecanismos que permitam valorizar o policial militar, aumentando a autoestima e premiando o esmero e dedicação do profissional na execução de sua missão diária, quer operacional ou administrativa.

RESOLVE:

Art. 1º. Criar o Diploma “Policial Militar Padrão”, mensal e anual, em reconhecimento ao esmero do profissional militar no desempenho das atividades operacional e administrativa da Corporação.

Art. 2º. Definir que o Diploma nominado no art. 1º desta Portaria, destinado a policial militar, oficial ou praça, será concedido:

I – mensalmente, na formatura geral da PMAL; e

II – anualmente, na solenidade alusiva ao aniversário da PMAL.

Art. 3º. Instituir na PMAL em órgãos de direção e assessoramento superior, apoio administrativo e execução, até o nível de subunidade independente, um Conselho de Mérito incumbido de:

I – deliberar sobre os nomes selecionados pelo próprio Conselho ou indicados por comandante, diretor ou chefe de fração da OPM, de policiais militares que no efetivo exercício de atividade operacional ou administrativa no âmbito da PMAL satisfaçam aos seguintes requisitos:

a) tenham se destacado entre os demais policiais militares em virtude da prática de ato operacional ou administrativo considerado relevante;

b) tenham contribuído, notadamente, para engrandecer a imagem da PMAL perante o público interno e externo;

c) não estejam à disposição de órgão estranho à Polícia Militar, adidos, agregados, frequentando cursos ou estágios, ou ainda, afastados de suas atividades em virtude de gozo de férias, dispensa ou licença de qualquer natureza;

d) não tenham sido punidos em decorrência de transgressão disciplinar de intensidade grave, em período inferior aos doze meses anteriores à propositura de seu nome; e

e) em sendo praças, estejam classificados, no mínimo, no comportamento BOM.

II – propor ao Comandante Geral da PMAL, mensalmente, até o vigésimo dia, o nome do policial militar que concorrerá ao prêmio de “Policial Militar Padrão”; e

III – confeccionar relatório de proposição do nome escolhido.

§ 1º. O Conselho de Mérito de que trata o caput deste artigo terá a seguinte composição:

I – Presidente, que será o comandante, diretor ou chefe de OPM;

II – Vice-Presidente, que será o subcomandante, subdiretor ou subchefe da OPM; e

III – Conselho deliberativo, que será formado por três oficiais, sendo o mais moderno responsável pelos trabalhos de secretaria.

§ 2º. Nos órgãos de que trata o caput deste artigo cujo efetivo seja inferior a trinta policiais militares, incluindo oficiais e praças, ficará a cargo do comando, diretor ou chefe imediatamente superior, a composição do Conselho de Mérito.

Art. 4º. Estabelecer que o relatório de que trata o inciso III do art. 3º desta Portaria consistirá num documento simples, no formato de ofício, onde deverá constar além dos dados relacionados aos policiais militares escolhidos, as razões pelas quais levaram o conselho de mérito a escolher o nome pretendido, devendo fundamentar os critérios adotados e o feito de destaque desempenhado pelo profissional.

§ 1º. Poderão ser anexados ao documento informações complementares, tais como impressos em periódicos, sites de notícias, informativos, gravação em CD de áudio ou vídeo de reportagem afeta ao ato destacado cometido pelo policial militar, bem como memorandos, ofícios ou quaisquer outros documentos que por ventura corroborem o ato do policial militar.

§ 2º. O relatório com o nome escolhido pelo Conselho de Mérito da OPM deverá ser enviado à Assessoria do Comando Geral da PMAL, que fará o devido encaminhamento ao Alto Comando da Corporação, a fim de ser deliberado na ocasião da reunião mensal.

§ 3º. A ficha disciplinar do policial militar indicado deverá ser anexada ao relatório.

Art. 5º. Determinar que o mérito para a indicação dos policiais militares, a fim de que haja um parâmetro de concessão da honraria, deverá obedecer ao contido no quadro infra:

§ 1º. A escala de pontuação estabelecida no quadro acima compreende: (veja a foto logo a baixo)


I – 5 pontos, equivalente a excepcional;

II – 4 pontos, equivalente a ótimo;

III – 3 pontos, equivalente a bom;

IV – 2 pontos, equivalente a regular;

V – 1 ponto, equivalente a aceitável; e

VI – 0 ponto, equivalente a não observado.

§ 2º. Em caso de igualdade de pontuação atribuída a dois ou mais policiais militares será utilizado como critério de desempate entre estes a maior pontuação obtida nos fatores de competência isolada e sucessivamente considerados, observada a ordem em que aparecem no quadro a que se refere o caput deste artigo, até que ocorra o pretendido desempate.

§ 3º. Permanecendo a igualdade a que se refere o § 2º deste artigo, dar-se-á o desempate em razão do grau hierárquico do policial militar e, em havendo igualdade quanto ao grau hierárquico dos avaliados, observar-se-á a ordem de antiguidade na forma estabelecida no art. 13 da Lei nº 5.346, de 26 de maio de 1992.

Art. 6º. Estabelecer que ao Alto Comando, por ocasião da reunião mensal, incumbirá escolher para fins de concessão do Diploma “Policial Militar Padrão”:

I – mensalmente um policial militar dentre os que no mês antecedente tenham sido indicados pelos Conselhos de Mérito dos diversos órgãos da Polícia Militar; e

II – anualmente, no mês de janeiro, um policial militar dentre aqueles que no ano antecedente tenham sido escolhidos na forma do inciso I deste artigo.

§ 1º. Quando da escolha do policial militar para os fins previstos nos incisos I e II deste artigo, o Alto Comando da PMAL, além dos relacionados no art. 5º, desta Portaria, observará:

I – atuação operacional ou administrativa que tenham repercussão positiva, demonstrando coragem, determinação e sabedoria; e

II – inovações na PMAL nos casos de natureza administrativa.

§ 2º. Caberá à 5ª Seção do Estado Maior Geral:

I – confeccionar portaria a ser assinada pelo Comandante Geral, com vistas a concessão do Diploma “Policial Militar Padrão”, publicando-a oportunamente em Boletim Geral Ostensivo da PMAL;

II – confeccionar matéria referente ao fato, a fim de ser publicada no web site da PMAL, constando os motivos pelos quais os policiais militares foram agraciados; e

III – adotar providências necessárias à materialização do prêmio, que consistirá na entrega de:

a) um diploma impresso em papel especial, assinado pelo Comandante-Geral;

b) uma placa comemorativa;

c) uma pasta com fotocópia do Boletim Geral de indicação do laureado; e

d) possíveis manifestações escritas da imprensa.

Art. 7º. Definir que a premiação do “Policial Militar Padrão da PMAL”, não acarretará em prejuízo para a concessão de medalhas e condecorações já previstas em legislação própria vigente, a qual ocorrerá normalmente e de forma autônoma à presente propositura.

Art. 8º. Determinar que sejam mantidas e estimuladas providências normais para reconhecimento público de boas ações praticadas por policiais militares no exercício da função, independente de premiação ou não.

Art. 9º. Permitir que os policiais militares indicados, agraciados ou não, quando outro for o ato destacado que possa motivar a proposição de seu nome, concorram normalmente à premiação nos meses subsequentes.

Art. 10. Estabelecer que esta portaria entre em vigor na data de sua publicação.

Resta esperar que os critérios sejam realmente técnicos, e não meramente políticos ou para satisfazer certos interesses, conforme temos visto nos últimos tempos.

Ainda assim, defendemos a tese:

Precisamos eleger um Deputado Estadual para representar os nossos interesses!

15 comentários :

Anônimo disse...

O PM PADRÃO

O PM padrão é aquele que não permite que o oficial humilhe ele, é aquele que não vive babando praças e entregando o companheiro. O PM padrão é aquele que não aceita o ASSÉDIO MORAL NO AMBIENTE DE TRABALHO, que denuncia os oficias inescrupulosos, é aquele que reivindica seus direitos e os direitos dos colegas, é aquele que questiona a carga horária de trabalho excessiva e ilegal, é aquele que não critica os companheiros nem por trás (o que a grande maioria faz) e nem pela frente. O PM Padrão é aquele que quer o melhor para a tropa, que luta por direitos iguais e humanos, é aquele que respeita o próximo e acima de tudo, mantém sua honra e sua dignidade. O PM padrão não aceita carguinhos se vendendo para oficiais e não fica babando oficiais para ter uma gratificação. O PM Padrão é aquele que pratica a urbanidade entre os colegas, que não faz fofocas de companheiros, que não alimenta disse-me-disse de companheiros, o PM padrão é aquele que estende a mão para o colega, é aquele que DENTRO DO AMPARO LEGAL bate de frente com os oficiais e se faz respeitar por eles. SEJA UM PM PADRÃO, DIGA NÃO A FOFOCA, DIGA NÃO AO ASSÉDIO MORAL, DIGA NÃO QUANDO ALGUEM VIER FALAR MAL DE UM COMPANHEIRO DE FARDA. DIGA NÃO A TODA E QUALQUER ARBITRARIEDADE COMETIDA POR OFICIAIS CONTRA PRAÇAS, DIGA NÃO AO ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO.

Anônimo disse...

O PM PADRÃO

O PM padrão é aquele que não permite que o oficial humilhe ele, é aquele que não vive babando praças e entregando o companheiro. O PM padrão é aquele que não aceita o ASSÉDIO MORAL NO AMBIENTE DE TRABALHO, que denuncia os oficias inescrupulosos, é aquele que reivindica seus direitos e os direitos dos colegas, é aquele que questiona a carga horária de trabalho excessiva e ilegal, é aquele que não critica os companheiros nem por trás (o que a grande maioria faz) e nem pela frente. O PM Padrão é aquele que quer o melhor para a tropa, que luta por direitos iguais e humanos, é aquele que respeita o próximo e acima de tudo, mantém sua honra e sua dignidade. O PM padrão não aceita carguinhos se vendendo para oficiais e não fica babando oficiais para ter uma gratificação. O PM Padrão é aquele que pratica a urbanidade entre os colegas, que não faz fofocas de companheiros, que não alimenta disse-me-disse de companheiros, o PM padrão é aquele que estende a mão para o colega, é aquele que DENTRO DO AMPARO LEGAL bate de frente com os oficiais e se faz respeitar por eles. SEJA UM PM PADRÃO, DIGA NÃO A FOFOCA, DIGA NÃO AO ASSÉDIO MORAL, DIGA NÃO QUANDO ALGUEM VIER FALAR MAL DE UM COMPANHEIRO DE FARDA. DIGA NÃO A TODA E QUALQUER ARBITRARIEDADE COMETIDA POR OFICIAIS CONTRA PRAÇAS, DIGA NÃO AO ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO.

Anônimo disse...

O PM PADRÃO

O PM padrão é aquele que não permite que o oficial humilhe ele, é aquele que não vive babando praças e entregando o companheiro. O PM padrão é aquele que não aceita o ASSÉDIO MORAL NO AMBIENTE DE TRABALHO, que denuncia os oficias inescrupulosos, é aquele que reivindica seus direitos e os direitos dos colegas, é aquele que questiona a carga horária de trabalho excessiva e ilegal, é aquele que não critica os companheiros nem por trás (o que a grande maioria faz) e nem pela frente. O PM Padrão é aquele que quer o melhor para a tropa, que luta por direitos iguais e humanos, é aquele que respeita o próximo e acima de tudo, mantém sua honra e sua dignidade. O PM padrão não aceita carguinhos se vendendo para oficiais e não fica babando oficiais para ter uma gratificação. O PM Padrão é aquele que pratica a urbanidade entre os colegas, que não faz fofocas de companheiros, que não alimenta disse-me-disse de companheiros, o PM padrão é aquele que estende a mão para o colega, é aquele que DENTRO DO AMPARO LEGAL bate de frente com os oficiais e se faz respeitar por eles. SEJA UM PM PADRÃO, DIGA NÃO A FOFOCA, DIGA NÃO AO ASSÉDIO MORAL, DIGA NÃO QUANDO ALGUEM VIER FALAR MAL DE UM COMPANHEIRO DE FARDA. DIGA NÃO A TODA E QUALQUER ARBITRARIEDADE COMETIDA POR OFICIAIS CONTRA PRAÇAS, DIGA NÃO AO ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO.

Anônimo disse...

Governo não apresenta proposta, Sindpol marca assembleia com indicativo de greve .

SIMPOL ESTÁ USANDO A VITÓRIA OBTIDA PELSO AGENTES PENITENCIÁRIOS PARA OBTER APROVAÇÃO DO SEU PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS (AUMENTO, LÓGICO).

QUANDO NÓS PMS VAMOS DEIXAR DE NOS ACOVARDAR E PARTIR TAMBÉM PARA A PARALIZAÇÃO?

Anônimo disse...

Governo não apresenta proposta, Sindpol marca assembleia com indicativo de greve .

SIMPOL ESTÁ USANDO A VITÓRIA OBTIDA PELSO AGENTES PENITENCIÁRIOS PARA OBTER APROVAÇÃO DO SEU PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS (AUMENTO, LÓGICO).

QUANDO NÓS PMS VAMOS DEIXAR DE NOS ACOVARDAR E PARTIR TAMBÉM PARA A PARALIZAÇÃO?

Anônimo disse...

sgt bráz, parabéns meu chefe pela sua promoção o senhor merece mais.

Anônimo disse...

sgt depuatdo bráz, parabens por vossa promoção, que deus te ajude irmão, cfcc 1993

Anônimo disse...

que DEUS te ilumine sgt brás, seja feliz, fico aqui torcendo por vc colega, e agora, sai a candidatura ou não pra deputado.? parabéns de verdade, Jesus te AMA meu amigo,. atenciosamente sub ten ......

Anônimo disse...

Prêmio: "PUXA SACO DO MÊS"; UM OFERECIMENTO DA QUADRILHA BARROS CAVALCANTE - aquela que te persegue!!!!!

Continuarei a bater na mesma tecla: Tivemos um caso de exclusão porque o militar saiu na mídia de maneira negativa, mesmo tendo as queixas retiradas contra ele, mas, o comando diz que ele atentou contra a honra e o pudonor militar por sair na mídia.
Então façam uma matéria mostrando que o ex comandante geral cel. Luciano atentou contra o mesmo princípio qd teve prisão decretada e até hoje não foi aberto procedimento, mostrem quantas matérias negativas o cel. dário figurou e não foi aberto procedimento. Mostrem o que é pudonor, e como é interpretado na PMAL.
PM Esclarecido

Anônimo disse...

Forte candidato a PM PADRÃO do 3º BATALHÃO DE ARAPIRACA é o Soldado Taciano, macetoso, folgado, vive chegando atrasado para todo e qualquer serviço independente do horário; especialista em conseguir atestados médicos, muitos deles da lavra da Capitâ Rosemary. O Soldado Taciano é forte candidato a PM PADRÃO por ser "muy amigo" do Coronel Bittencourt, amizade que já lhe rendeu um elogio individual publicado no BGO 126 de 09/07/2013. A
tropa ficou indignada porque sabe que o soldado taciano nunca foi nem é exemplo de disciplina ou operacionalidade. Todos do 3ºBPM estão tentando saber qual foi a façanha Taciano. O que ele fez que eu não fiz ,dizem alguns. O que ele tem que eu não tenho, comentam outros. O Taciano é muito educado, gentil, cabra corajoso mesmo, a maioria desconfia que o encômio tenha sido fruto de um ato de bravura relacionado a sua sensibilidade.
Depois desse episódio ninguém que ser elogiado para não ser alvo de algum comentário estranho.

BOLETIM GERAL OSTENSIVO Nº 126 DE 09 DE JULHO DE 2013

II – Disciplina - Sem Novidades
III - Recompensa
a) NP nº 185/2013 – 3º BPM - ELOGIO DE PRAÇA: O Comandante do 3º BPM louva ao Sd PM Mat. 140357 TACIANO SANTOS DA SILVA, pela dedicação ao trabalho e disciplina, quando em serviço, demonstrando uma ótima compreensão dos seus deveres. Profissional disciplinado, compromissado com o serviço policial militar. Sendo, portanto merecedor do presente encômio em caráter individual.


Dimas Barros Cavalcante - Cel QOC PM
Comandante Geral – RGPM nº 05.288/987



Confere com o Original

Mário Jorge Souza da Hora - Cel QOC PM
Subcmt Geral – RGPM nº 03538/985

Anônimo disse...

18 DIAS SEM PUBLICAR COMENTÁRIOS É MUITO DESRESPEITO AOS LEITORES, NÓS É QUE SOMOS BURROS DE AINDA LER ESTE FACTOIDE

Anônimo disse...

18 DIAS SEM PUBLICAR COMENTÁRIOS É MUITO DESRESPEITO AOS LEITORES, NÓS É QUE SOMOS BURROS DE AINDA LER ESTE FACTOIDE

Anônimo disse...

Demorar 20 dias para postar uma outra matéria e publicar comentários, com certeza VOCES NÃO SÃO UM CANAL DE NOTÍCIAS PADRÃO, NÃO SABEM O QUE É TER RESPEITO PELOS LEITORES

Anônimo disse...

Sabe, no começo era legal ver aqui as matérias que vocês produziam, ver os comentários dos outros e os nossos, os debates entre os comentários, mais vocês perderam o interesse e o respeito por nos leitores, demoram de 15 a 20 dias para publicar uma matéria e não se importam mais com os leitores, pois não publicam mais seus comentários, por isso uma página que tinha milhares de acesso está cada dia mais definhando. Eu mesmo postei com este meu ultimo comentário. Sei que isso não significa muito para vocês, pois vocês são soberbos e altivos, e muitas vezes respondem os comentários que são contra vocês com arrogância e falta de educação, falta de ética e falta de compostura. Fui um dos defensores desta página mais ativo dentro da Policia, hoje vi o quanto fui burro e idiota brigar por uma causa que sequer respeita os leitores. Mais enfim, tudo um dia se acaba e vocês já estão acabados.

CABO LOSO. disse...

JÁ ESTÁ ESCOLHIDO OU ESCOLHIDOS PARA SER MAIS EXATO;SÃO TODOS OS MEUS AMIGOS DA RÁDIO PATRULHA QUE TRABALHAM COMIGO E COMBATEM O CRIME DE FRENTE APESAR DOS PESARES!!!!!PARABÉNS AOS VALENTES PIT BULLS!!!OFICIAIS E PRAÇAS QUE FAZEM A DIFERENÇA!!

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
Não se omita, deixe a sua participação.

Se quiser fazer contato por e-mail, escreva para contatobriosaemfoco@gmail.com

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver