Notícias do Corpo de Bombeiros Militar (Alagoas)

28 de novembro: Dia do Guarda-Vidas
Data é comemorada em todo o país em homenagem aos heróis do mar
Por Thássia Santos
Pela areia da praia, em seus postos de observação ou no mar salvando mais uma vida, lá estão eles, os Guarda-Vidas (GV). Heróis anônimos que fazem a diferença para quem freqüenta as praias e balneários de cada canto deste país. Homens capacitados, não para lutar contra o mar, mas para respeitá-lo, conhecendo a melhor forma de utilizá-lo a seu favor na busca de uma vítima. Em Alagoas, Estado com uma faixa litorânea de cerca de 230 Km, os GV do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) também são o braço de Deus nos momentos difíceis, e a mão amiga durante a prevenção de acidentes no cotidiano da praia, um lugar de lazer para tantos, mas para eles, local de trabalho cansativo, pela exposição solar e demais fatores climáticos, mas muito gratificante.
A cada manhã, quando sai de casa, o soldado BM Rodolfo Marcelo, GV há mais de 04 anos, se prepara para mais uma maratona em um dia de serviço. Ele, que trabalha no posto da Praia do Francês, uma das mais movimentadas do Estado, chega à praia e começa o trabalho, exercido diariamente com muita paixão. Alongamento, treino, protetor solar, nadadeira nas mãos, e claro, malha vermelha no corpo, a segunda pele de todo GV, que traz em si um grande orgulho, renovado a cada salvamento.
Após a colocação das placas preventivas, os heróis do mar fazem rondas a pé e com jet ski, sempre alertando a população sobre os riscos presentes na praia, e em seu posto observam toda a movimentação dos banhistas, sempre prontos para atuar. “É um sentimento indescritível. Ser GV é um estilo de vida, não trato como profissão, e sim como um grande prazer na minha vida. Somos uma ferramenta de Deus para fazermos a diferença entre a vida e a morte”, ressaltou ele, o “tubarão” 102, militar formado no Curso de Salvamento no Mar do CBMAL, um dos cursos mais conceituados na área aquática em todo o país.
A opinião é compartilhada por todos os outros GV do CBMAL, pois apesar das intempéries impostas pelo cotidiano do serviço, e das dificuldades enfrentadas por eles, que encaram o mar, com todo o seu poder e mistérios a cada salvamento, o orgulho é uma palavra que pode descrever bem o que é ser um Guarda-Vidas. E neste estilo de vida, a união é parceira inseparável, pois ninguém faz nada sozinho, todos precisam de companheirismo para enfrentar os desafios impostos a estes que são os heróis do mar, sempre retornando de cada salvamento renovados pelo orgulho de salvar, pelo orgulho de ser um instrumento de Deus, pelo orgulho de ser um GV.
PAULO ROBERTO MARQUES DE LIMA – TEN CEL BM
CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE ALAGOAS
Chefe da Assessoria de Comunicação
Gab. do Cmdo Geral – CBMAL
Cel/Fun: 0xx82 8833 8921
Tel/Fax:  0xx82 3315 2841
E-mail: ascom@bombeiros.al.gov.br
Estão abertas as inscrições para XXXII SEPROCIN do Corpo de Bombeiros de Alagoas
Seminário de Proteção Contra Incêndio acontece nos dias 30, 31 de julho e 1º de agosto
Por Thássia Santos
Estão abertas as inscrições do XXXII Seminário de Proteção Contra Incêndio (SEPROCIN) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), que ocorrerá mais uma vez em parceria com o IFAL, e será realizado nos dias 30, 31 de julho e 1º de agosto no Auditório do IFAL/Campus Maceió, das 14 às 17 horas. O evento, que oferece 300 vagas, tem como público-alvo os alunos do IFAL, bombeiros civis, profissionais de segurança do trabalho, bombeiros militares e público em geral.
O Seminário, que é gratuito, abordará, através de palestras e práticas, os temas: teoria de incêndio, noções de defesa civil, cuidados e manuseio de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), atividades preventivas, primeiros socorros, prática de extintores e acidentes no lar, todas ministradas por bombeiros militares.
As inscrições podem ser realizadas no IFAL/Campus Maceió (09h às 12h30/16h às 19h), na Assessoria de Comunicação do CBMAL (07h às 13h), localizada no Quartel do Comando Geral no Trapiche, e no 1º Grupamento de Bombeiros Militar no Tabuleiro (07h às 13h), vizinho ao DER.
Segundo o Tenente Ronaldo Lisboa, um dos coordenadores do evento, a meta da Corporação é promover a integração com a sociedade, contribuindo para a prevenção através de ensinamentos que podem salvar vidas.



Foi inaugurado posto de guarda-vidas do Francês
Por Thiago Omena
Foi inaugurado na manhã desta terça-feira, 03, na praia do francês, município de Marechal Deodoro, mais um posto de guarda vidas do Corpo de Bombeiros. A solenidade de inauguração contou com a participação do governador de Alagoas, Teotônio Vilela filho, do prefeito de Marechal Deodoro, Cristiano Matheus e do Comandante Geral do CBMAL, coronel Luiz Antônio Honorato.
O novo posto do Francês teve o início de sua construção na metade do mês de janeiro e foi através de reuniões com a Prefeitura de Marechal Deodoro que os Bombeiros do GSA (Grupamento de Salvamento Aquático) conseguiram mostrar aos gestores municipais a importância do trabalho desempenhado pelos Guarda-Vidas, que necessitavam de um local adequado para desenvolver um serviço cada vez mais eficiente para quem frequenta a praia. Assim, a Prefeitura resolveu custear a construção do novo posto de GV do Francês, e o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas participou efetivamente do planejamento da nova estrutura.
Na inauguração, o governador destacou a importância da nova sede dos guarda vidas na sua gestão. “É mais um passo para deixarmos a praia do francês como a primeira praia selo azul do Nordeste. Para isso os guarda-vidas do Corpo de Bombeiros tem papel fundamental para a segurança de nossos banhistas”.
Junto com o engenheiro disponibilizado pela Prefeitura, os militares puderam definir os itens necessários para uma melhor prestação de serviço à comunidade, bem como melhores condições de trabalho para os militares.
Atualmente, o posto conta com uma excelente estrutura física, com depósito de materiais, ampla varanda de observação, abrigo para observação protegido de chuva e vento, banheiro, rampa para descida de embarcações, local para recuperação de vítimas durante a chegada da Unidade de Resgate, e um local para refeições dos GV, não precisando que os mesmos se ausentem do local durante o almoço, já que é neste período que cresce em cerca de 50% o número de ocorrências de afogamentos. Outra novidade é a escada virada para o mar, contribuindo para a agilidade do socorro efetuado pelos militares.
Para o capitão Leopardi Comandante do 3º SGSA (Sub Grupamento de Salvamento Aquático), a nova sede do Francês trará muito mais agilidade nos salvamentos. “A nova estrutura do posto proporcionará para o guarda-vidas perceber com mais eficiência, as situações de risco e retirar a vítima antes que aconteça o afogamento, com uma expectativa de que as ocorrências de afogamentos possam diminuir, aumentando o trabalho de prevenção realizado pelos militares, além de trazer conforto e qualidade aos nossos militares”, afirmou.



Projeto Bombeiro Mirim é ampliado para o interior de Alagoas
Solenidade foi realizada nas cidades de Palmeira dos Índios e Arapiraca
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas realizou nesta segunda-feira, 02, a solenidade da aula inaugural do Projeto Bombeiro Mirim, no quartel do 7º Grupamento Bombeiro Militar, em Arapiraca e no quartel de 1º SGBM em Palmeira dos Índios. O evento também faz parte das comemorações do Dia Nacional do Bombeiro.
O Comandante Operacional de Bombeiros da região do Interior, coronel Josivaldo Feliciano, falou sobre o Projeto Bombeiro Mirim e parabenizou aos pais por confiarem no trabalho sério do Corpo de Bombeiros. “É com muita satisfação que agradeço aos pais a confiança depositada na nossa Corporação para exercer um trabalho social tão importante que é o nosso projeto”, disse.
Em seguida, o major Jammerson de Oliveira Lima, Comandante do 7º GBM, agradeceu seus comandados pelo trabalho sério e eficaz que vem sendo desenvolvido em Arapiraca. “Neste Dia Nacional dos Bombeiros eu só tenho a agradecer a esses militares abnegados que não medem esforços para exercer a profissão com muita honra”, declarou. Em seguida, o capitão Alielson fez a leitura de uma carta de homenagem a todos os bombeiros pelo dia 02 de julho, Dia Nacional dos Bombeiros. O evento ainda contou com uma apresentação dos bombeiros mirins comandados pelo cabo Ilson.
Em Palmeira dos Índios a solenidade contou com a participação do Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, coronel Luís Antônio Honorato da Silva que ressaltou o crescimento e organização do Projeto Bombeiro mirim. “É muito gratificante ver que este projeto está crescendo e que muitas crianças estão sendo contempladas com esta iniciativa engrandecedora”, disse.
O PROJETO
Uma das lutas antigas do CBMAL era a expansão de projetos sociais para o interior do Estado. Em Maceió, o Projeto Golfinho e o Bombeiro Mirim são referências nas escolas. A cidade de Palmeira dos Índios foi contemplada por ser um grande pólo de desenvolvimento no interior do Estado. E Arapiraca por ser um local estratégico e ser a cidade mais importante do interior, também foi escolhida para receber o Projeto Bombeiro Mirim. O apoio de empresários e da prefeitura municipal de Arapiraca e de Palmeira dos Índios, através da secretaria de educação foi fundamental para aquisição de materiais para as crianças.
Iniciado em 2009, o projeto agraciava 50 crianças de Maceió. Hoje são 350 na capital, 40 em Arapiraca e 30 em Palmeira dos Índios. O Corpo de Bombeiros, ciente dos problemas que afetam nossa população, buscou ações que pudessem minimizar as condições precárias que as pessoas mais carentes estão submetidas, tentando incluí-las socialmente e melhorando sua qualidade de vida, focando na educação das crianças.
Para participar do projeto, as crianças devem estar matriculadas na escola da rede pública e devem ter uma frequência escolar mínima de 80%. A família deve ter uma renda máxima de dois salários mínimos.
Para a tenente Graziele, Coordenadora do Bombeiro Mirim em Arapiraca, a interiorização do projeto é de grande importância porque vem num momento oportuno. “Buscamos diminuir os índices de criminalidade através de projetos como esse. A educação é um dos caminhos para melhorar nossa sociedade”, disse.
O projeto já está consolidado em Maceió. Atualmente, crianças do Pontal da Barra, Jacintinho, Vergel do Lago, Conjunto Carminha, Conjunto Selma Bandeira e Clima Bom já são beneficiadas pelo Bombeiro Mirim.



2 DE JULHO
Dia Nacional do Bombeiro é comemorado com festividade durante a semana
Eventos e entrega de viatura fizeram parte das comemorações que terminam no próximo dia 7
Há 156 anos o Brasil comemora o dia nacional do bombeiro. O Decreto foi assinado em 02 de julho de 1856 pelo Imperador Dom Pedro II, dando início à seção de extinção de incêndio, anteriormente executada pelos arsenais de Guerra e da Marinha do Brasil. Por isso, o imperador tornou-se o patrono de todos os Corpos de Bombeiros do Brasil. Hoje, as Corporações evoluíram e estão presentes em todos os Estados Brasileiros, acumulando, além da primeira função de combate a incêndio, funções como o resgate e a salvaguarda de vidas e bens, na terra, na água e no fogo fazendo cumprir á risca o lema do bombeiro: “Vidas alheias e riquezas salvar”.
Para comemorar esta data, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) organizou uma programação feita não só para a sociedade, mas também para os bombeiros. A visita das crianças do Projeto Bombeiro Mirim ao Ibama; a visita dos jovens reeducandos da Casa Dom Bosco no Quartel do Comando Geral; a solenidade de lançamento da expansão do Projeto Bombeiro Mirim para o interior, iniciando por Arapiraca; a primeira Copa de Futsal organizado pela Associação dos Bombeiros Militares de Alagoas; além XII Corrida do Fogo que acontece no próximo dia 7, são apenas algumas ações desenvolvidas pela Corporação para homenagear os heróis da vida real.
Para fechar com chave de ouro, a Assessoria de Comunicação preparou um dia festivo para os bombeiros no próximo dia 5, na Associação Atlética do Banco do Brasil. O dia contará com diversas atividades lúdicas, gincanas, música e um clima de confraternização entre os bombeiros.
NOVA VIATURA
Ainda em comemoração ao Dia Nacional do Bombeiro, O CBMAL adquiriu através de recursos do Governo Federal, uma nova viatura de salvamento. O Auto Busca e Salvamento contempla 2 mil litros de água para combate rápido a princípios de incêndio  e equipamentos de salvamentos especiais.
O subcomandante comandante geral do CBMAL, coronel Gláucio Alcântara, declarou que a nova aquisição será importante para o combate rápido na capital. “Com a nova viatura podemos atuar com mais velocidade e eficiência. Também será possível fazer um remanejamento. Deslocaremos um caminhão de combate a incêndio para o interior e aumentamos nossa área de atuação em combates a incêndios”, disse.
HERÓIS DE SEMPRE
A atividade-fim do Corpo de Bombeiros é executada com extrema técnica e segurança. Mas isso não impede que o bombeiro arrisque sua própria vida para salvar a do próximo. Foi o que aconteceu no dia 7 de janeiro de 2011, quando o sargento Fábio Costa resgatou uma vítima que tentava suicídio. O resgate foi de extremo risco para a vida do próprio bombeiro que saltou do prédio, literalmente, e agarrou a vítima. Amarrado na estrutura de rapel, o bombeiro só parou a poucos metros do chão, realizando um dos salvamentos mais lembrados de Alagoas.
Outra situação de salvamento marcante, foi a do cabo Leal, que durante suas férias, viu quatro pessoas se afogando no Posto 7, na Jatiúca, e não hesitou em entrar no mar e salvar os afogados. O espírito de bombeiro não tira férias. Na ocasião, o bombeiro realizou o salvamento sem nenhum item de segurança. Entrou no mar e foi resgatando as vítimas uma a uma. Tinha tudo pra ser só felicidade para o bombeiro, mas o ato heroico não conseguiu salvar uma das quatro vítimas. Uma ocorrência que vai ficar pra sempre na lembrança do militar.
Os dois exemplos são de bombeiros que foram promovidos por seus atos de bravura. É apenas uma pequena parte do que as centenas de bombeiros anônimos lutam, diariamente, para garantir a segurança do cidadão alagoano a qualquer custo.



Nota
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (CEDEC) informa que poucas ocorrências relacionadas às chuvas foram registradas no atendimento às emergências do Corpo de Bombeiros. As ocorrências foram de quedas de árvores e risco de desabamento de residência.
A CEDEC dispõe do Centro Estadual de Gerenciamento de Risco e Desastre em regime de plantão, que em conjunto com a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH) acompanha as previsões para informar qualquer possibilidade de alerta.
Segundo a SEMARH, a previsão é de tempo com nebulosidade variável principalmente no Litoral, Zona da Mata e Região Norte com possibilidades de chuva a qualquer momento do dia. A tendência é que o tempo melhore na parte da tarde.
Qualquer ocorrência relacionada às chuvas no Estado ligue 193 / 3315-2843, em caso de emergências relacionadas à Defesa Civil em Maceió ligue para Coordenadoria Municipal através do número 8884-6200.



Bombeiros ministram palestras para jovens reeducandos
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas recebeu, na quarta-feira, 20, jovens da Casa Dom Bosco, da Fundação João Paulo II, localizada no bairro da Santa Amélia. O objetivo foi realizar demonstrações de atividades militares do CBMAL para jovens reeducandos e ex-usuários de drogas.
A ação social foi realizada no Quartel do Comando Geral, no Trapiche da Barra, e contou com instruções e atividades físicas. A visita fez parte da comemoração do aniversário do Corpo de Bombeiros, que será no próximo dia 2 de julho.
O início das atividades foi marcado com uma palestra de abertura sobre a história do Corpo de Bombeiros. Em seguida uma atividade de educação física e disciplina militar. Logo após, os jovens receberam instruções de operacionalidade: conhecimentos básicos de combate a incêndio, de atendimento pré-hospitalar, salvamento aquático, salvamento em altura, terrestre e ambiental, viaturas de emergência, além de uma instrução de combate ao trote, um dos principais problemas que retarda e congestiona as linhas telefônicas disponibilizadas para emergência no 193. Assim, o Corpo de Bombeiros atua não só nos diversos tipos de salvamento, mas também na prevenção através de instruções proteção e educação.
Ao total, foram 45 jovens que tiveram um acompanhamento integral nas atividades realizadas pelos bombeiros.
A Irmã Nilda, responsável pelos jovens na casa Dom Bosco falou da importância de uma ação como essa. “Para os meninos da Casa Dom Bosco foi uma experiência inesquecível porque eles puderam aprender muita coisa que poderá ser usada diariamente por eles. Também servirá de exemplo para outros jovens que não puderam estar presentes hoje”.



Governador inaugura posto de guarda-vidas do Francês
Por Stephany Domingos
Com o objetivo de proporcionar aos Guarda-vidas do Grupamento de Salvamento Aquático que tiram seus serviços no posto de observação do Francês um local adequado e de melhor estrutura para os militares e para a observação das áreas de risco, iniciou-se na metade do mês de janeiro a reforma deste posto de guarda-vidas, que terá sua inauguração realizada na próxima quinta, 21 de junho, às 10h, no novo posto, com a presença do Governador do Estado de Alagoas.
Através de reuniões com a Prefeitura de Marechal Deodoro, os bombeiros do GSA conseguiram mostrar aos gestores municipais a importância do trabalho desempenhado pelos Guarda-Vidas, que necessitam de um local adequado para desenvolver um serviço cada vez mais eficiente para quem freqüenta a praia.
Assim, a Prefeitura resolveu custear a construção do novo posto de GV do Francês, e o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas participou efetivamente do planejamento da nova estrutura. Junto com um engenheiro disponibilizado pela Prefeitura, os militares puderam definir os itens necessários para uma melhor prestação de serviço à comunidade, bem como melhores condições de trabalho para os militares.
Atualmente, o posto conta com uma excelente estrutura física, com depósito de materiais, ampla varanda de observação, abrigo para observação protegido de chuva e vento, banheiro, rampa para descida de embarcações, local para recuperação de vítimas durante a chegada da Unidade de Resgate, e um local para refeições dos GV, não precisando que os mesmos se ausentem do local durante o almoço, já que é neste período que cresce em cerca de 50% o número de ocorrências de afogamentos. Outra novidade é a escada virada para o mar, contribuindo para a agilidade do socorro efetuado pelos militares.
A nova estrutura do posto proporcionará para o guarda-vidas perceber com mais eficiência, as situações de risco e retirar a vítima antes que aconteça o afogamento, com uma expectativa de que as ocorrências de afogamentos possam diminuir, aumentando o trabalho de prevenção realizado pelos militares.



Jornalistas do ITEC visitam Ascom do Corpo de Bombeiros
A ideia das jornalistas foi buscar informações sobre a revista eletrônica da Corporação
Por Stephany Domingos
Na manhã desta terça-feira, 19, as jornalistas Isabelle Carvalho e Adriana Madeiro, assistentes da Assessoria de Comunicação do Instituto de Tecnologia de Alagoas (ITEC), estiveram na Assessoria de Comunicação (Ascom) do CBMAL para buscar informações sobre o Informativo CBMAL, primeira revista multimídia de Alagoas.
Na ocasião, as jornalistas foram recepcionadas pelo Chefe da Ascom, Tenente Coronel BM Paulo Marques, que explicou os objetivos e conteúdo da revista. Em seguida a palavra foi passada para o Soldado BM Gabriel Muniz, que falou sobre as tecnologias e programas utilizados para confeccionar o informativo, tanto na parte de diagramação como nas edições de áudio e vídeo.
Isabelle e Adriana disseram que ficaram muito impressionadas quando viram a revista pela primeira vez, pois nunca tinham visto um informativo eletrônico com recursos de áudio e vídeo dentro do texto. “Nós acessamos o informativo pela fanpage do Corpo de Bombeiros no facebook e desde o primeiro olhar já achamos a revista muito interessante”, falou Isabelle. Adriana completou parabenizando a equipe da Ascom pela iniciativa e pelo trabalho realizado para produzir o informativo. “Essa é forma de trabalhar a comunicação da maneira mais completa, levando para o leitor formas diferentes acessar as informações da instituição”, elogiou.
Para o tenente coronel Paulo Marques, é extremamente gratificante ser referência para o Instituto de Tecnologia de Alagoas. “Somos uma assessoria pequena com profissionais muito competentes na área de comunicação e informática e quando lançamos a revista pela primeira vez, fizemos com poucos recursos, utilizando o que de mais precioso temos nesta Ascom que são os recursos humanos e a boa vontade. No início não tínhamos a ideia da proporção que a revista ia tomar e fico muito orgulhoso de saber que o nosso informativo está virando referência para órgãos no Estado e outras Corporações no Brasil”, citou o tenente coronel.
As jornalistas informaram que tentarão implantar um informativo no ITEC, incluindo os recursos de áudio e vídeo usados na revista do Corpo de Bombeiros. Elas disseram que há algum tempo o Instituto possuía um informativo impresso e a intenção será levar a proposta para o presidente do órgão para que o impresso se torne eletrônico, alcançando assim um maior número de leitores.



Site da Defesa Civil de Alagoas é fonte de pesquisa e informação
Legislação e formulários são disponibilizados no site
Por Luciana Leonardo
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil  de Alagoas (CEDEC) em parceria com o Centro de Tecnologia Informática e Informação do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas  colocou na rede o site institucional da Defesa Civil de Alagoas.
Além de divulgar notícias, o site possui toda legislação inerente a atividade de Defesa Civil local e Nacional. Nele também é possível baixar formulários de decretação de emergência, históricos, calendário de cursos, eventos, dicas de segurança e plano de emergência.
As Coordenadorias Municipais de Defesa Civil (COMDECs) é uma das mais beneficiadas com o site, com ele as equipes do município ficam atualizadas em sintonia com a Coordenadoria Estadual, estreitando e diminuindo distância em prol da comunidade em caso de normalidade e principalmente de anormalidade.
A cartilha que explica a utilização do cartão de pagamento é outro item encontrado no site. O Cartão de Pagamento da Defesa Civil (CPDC) é um meio específico criado pelo governo federal, para ações emergenciais, que proporciona agilidade, controle e transferência dos gastos da administração pública.
Além da fonte de pesquisa, através do site a CEDEC estará à disposição para esclarecer dúvidas dos públicos específicos e interessados. “Nossa equipe estará sempre à disposição para esclarecer e ajudar no que for necessário. O site é um elo entre os interessados em Defesa Civil e nossas Coordenadorias Municipais”, diz Tenente Coronel Gilson Romeiro, Secretário Executivo da Defesa Civil  de Alagoas.
O site pode ser acessado pelo endereço www.defesacivil.al.gov.br. Qualquer dúvida ligue 3315-2822.



Revista eletrônica do Corpo de Bombeiros já é sucesso em Alagoas e no Brasil
5º edição foi voltada totalmente para prevenção no período junino
Por Stephany Domingos
Acompanhando o avanço tecnológico e o crescimento das novas mídias, a Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) desenvolveu a primeira revista eletrônica multimídia do Estado, o “Informativo CBMAL”. Muito além da tinta e papel, a revista eletrônica é pioneira porque traz novidades como a presença de vídeos e podcasts inseridos nas notícias da Corporação, além de alcançar um público muito maior de forma mais rápida e eficaz.
Lançada desde o mês de fevereiro de 2012, a revista traz em seu conteúdo matérias de interesse social, abordando assuntos que acontecem diariamente na Corporação, ações de prevenção. Além disso, a revista tem espaços reservados para dicas de saúde e para o artigo do bombeiro, onde o militar, seja ele oficial ou praça, publica um texto sobre os mais diversos assuntos que envolvem os trabalhos desempenhados por cada um que faz esse Corpo.
Em sua 5ª edição, a revista já é um grande sucesso entre os veículos de comunicação estaduais, os bombeiros, a sociedade alagoana, diversas Corporações no Brasil e também revistas nacionais na área de bombeiro. E é através dela que muitas pessoas ficam informadas sobre o que está acontecendo dentro do Corpo de Bombeiros e das ações que são desenvolvidas pela Corporação, já que a revista é publica tanto na intranet da Corporação, quanto no portal, na fanpage do facebook e no twitter atingindo assim um grande público. Na edição do mês de junho, a revista destacou as atividades de prevenção que estão sendo realizadas pela Diretoria de Serviços Técnicos (DST) nas fiscalizações às barracas de fogos e nas orientações aos consumidores.
Trabalhar com prevenção é o grande objetivo do Corpo de Bombeiros e é por este motivo que a Assessoria de Comunicação da Corporação vem trabalhando incansavelmente junto com os veículos de comunicação para orientar a população aos cuidados na soltura desses fogos, proporcionando um período junino seguro para todos os alagoanos.
Além disso, o espaço saúde divulgou como proceder em caso de queimaduras, orientando a população sobre o que fazer e o que não fazer diante de uma pessoa queimada.
Para o Tenente Coronel Paulo Marques de Lima, é inadmissível que em pleno século XXI, crianças ainda sofram acidentes domésticos com fogos de artifício. “Com o trabalho de prevenção que o Corpo de Bombeiros vem realizando na divulgação dos cuidados com fogos de artifício, quando uma criança sofre um acidente doméstico desta natureza, sabemos que este foi causado por descuido e é de inteira responsabilidade dos pais e responsáveis, pois nos tempos de hoje, a grande maioria das pessoas sabe como orientar seus filhos na soltura dos fogos, graças ao trabalho do Corpo de Bombeiros”, falou.
A Assessoria de Comunicação está recebendo muitos correios eletrônicos com elogios e sugestões de pautas para revista. Assim, tanto a população quanto os jornalistas e bombeiros podem interagir com a revista mandando suas sugestões e perguntas para o e-mail revistaeletronica@bombeiros.al.gov.br e fazer com que o informativo fique ainda mais interessante e voltado para todos. Aqueles que desejem receber a revista mensalmente também podem mandar um correio eletrônico solicitando a inclusão de seu e-mail no mailing list da revista e contar com mais esta ferramenta de comunicação.
A publicação é divulgada através do mailing list da ASCOM, logo após de ser disponibilizada no site www.bombeiros.al.gov.br e também através das redes sociais no facebook, Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas e no twitter, bombeiros-al.



Corpo de Bombeiros faz estudo sobre descentralização da ordenação de despesas
Projeto visa aumentar a autonomia dos comandantes de unidades nas compras para os Grupamentos
Por Stephany Domingos
O Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) vem, no decorrer de sua gestão, realizando trabalhos em prol da Corporação que visam tornar os Grupamentos Operacionais da capital e do interior do Estado autossuficientes, para assim, tornar o serviço e a estadia da tropa mais agradável. Um exemplo é o projeto para descentralização da ordenação de despesas no CBMAL.
Atualmente o Corpo de Bombeiros conta com um ordenador geral de despesas, o comandante geral da Corporação, que tem a função de deferir ou indeferir todas as solicitações de compras de todos os setores administrativos e grupamentos operacionais da Corporação.
Sendo assim, quando uma unidade operacional precisa fazer uma compra de um condicionador de ar para determinado alojamento, por exemplo, o comandante deste grupamento faz uma solicitação por escrito para a Diretoria de Material e Patrimônio (DMP) que abrirá o processo incluindo três orçamentos de empresas fornecedoras desse produto. Quando o processo estiver aberto e completamente regularizado, o diretor de material e patrimônio se reúne com o subcomandante geral e com diretor de finanças, membros do conselho de política estratégica, para decidir pela compra ou não deste material. Após o deferimento, o processo vai para a Diretoria de Finanças (DF) que confecciona um despacho pedindo autorização para o comandante geral para realizar o empenho e pagamento do material. Após, o ordenador de despesas despacha a autorização para a DF, que empenha e remete a nota para a DMP entrar em contato com a empresa para fornecer o produto. Após a chegada do material, ou DMP ou o almoxarifado Central ou o gestor do processo (no caso de contratos) atestam o recebimento do produto na nota fiscal e a DF realiza o pagamento.
Para o subcomandante geral da Corporação, Coronel Gláucio Alcântara, a ideia principal da descentralização da ordenação de despesas é que todos os comandantes de unidades sejam os ordenadores de despesas de seus grupamentos. “Os comandantes dos grupamentos realizarão o gerenciamento dos recursos dentro de suas unidades para assim, dar mais agilidade às necessidades de cada grupamento”, explicou o subcomandante.
Acabar com a burocracia e dar uma maior autonomia para os grupamentos realizarem suas próprias compras são os principais objetivos desse projeto. A meta é poder implantar esse projeto até o final do ano e para isso será realizado um treinamento para preparar os auxiliares que trabalharão em cada unidade, tanto na extensão da DF como da DMP.
Segundo o Tenente Coronel Ivo Alvarez, diretor de finanças, desde a chegada da solicitação à DMP e a chegada do material no Quartel do Comando Geral o processo de compra dura de 30 a 60 dias dependendo das pendências que precisem ser resolvidas. “Ainda estamos em fase de estudos junto da Secretaria de Estado de Planejamento e da Fazenda para implantar esse projeto na Corporação, mas sabemos que quando implantado, tornará os processos de compra nas unidades da capital e principalmente do interior muito mais ágeis”, falou.
O Subcomandante concluiu dizendo que o Comando Geral já tem os valores iniciais que cada grupamento vai gerenciar, sendo estes provenientes das verbas de custeio e da Diretoria de Serviços Técnicos. O Coronel Gláucio também frisou que a longo prazo a Corporação quer alcançar o que nenhuma outra no Brasil alcançou, deixando a DMP e a DF como setores fiscalizadores responsáveis pelas compras gerais da Corporação, e dando a autonomia necessária para que cada unidade seja responsável por si própria, até nos casos de compras por licitações.



Obra inaugurada e fiscalização de venda de fogos são destaques
Nesta edição, destacamos a reforma do quartel localizado na orla da Pajuçara que já está em fase avançada.
Na parte operacional, o governador Teotônio Vilela Filho entregou equipamentos e viaturas que serão usados na capital e interior. As aquisições foram através de parceria entre o Governo Estadual e a Secretaria Nacional de Segurança Pública.
Já a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil entregou o planejamento de ações de combate à seca com estratégias emergenciais definidas.
Com o início dos festejos juninos se aproximando, a fiscalização das barracas de fogos de artifício também são prioridades para o Corpo de Bombeiros. Destacamos as ações de fiscalização da Coordenadoria Setorial de Atividades Técnicas e ensinamos algumas dicas que podem ser de extrema importância em casos de acidentes.
No final de maio, o destaque foi para a solenidade alusiva a autonomia administrativa, em 1993. O 26 de maio é comemorado com promoções de militares. Este ano, uma novidade: além das promoções, foi inaugurado o novo prédio da Coordenadoria Setorial de Atividades Técnicas que conta com equipamentos de última geração para melhor servir o cidadão alagoano. Clique na imagem acima para acessar a revista eletrônica de junho.



Bombeiro Militar de Alagoas é 1º colocado em Circuito de Corridas Caixa – etapa Belo Horizonte
Por Thiago Omena
O soldado do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, Fellipe Lira, foi o primeiro colocado, em sua categoria, do Circuito de Corridas Caixa – etapa Belo Horizonte, realizado no último dia 27 de maio. A participação no Circuito foi uma premiação referente à Corrida do Fogo em 2011, onde o Grupamento de Salvamento Aquático (GSA) sagrou-se campeão em equipe com a participação de três militares.
O militar Fellipe lira é recém formado no Curso de Formação de Praças (CFP) de 2010 do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas. Hoje pertencente ao GSA está apto a atuar como guarda vida entre os três postos espalhados em Maceió e nos quatro fixos localizados nas praias da Barra Nova, Francês, Barra de São Miguel e na praia do Gunga. No último CSMAR (Curso de Salvamento no Mar), Fellipe Lira foi o primeiro colocado e se tornou “tubarão”, apelido dado aos formados no curso.
Atualmente os GV’s, como são conhecidos os guarda vidas, tem sua sede no GSA, localizada na praia do Pontal da Barra, unidade esta que proporciona cursos de especialização como CSMAR (Curso de Salvamento no Mar) com duração aproximada de seis meses e o ESAQUA (Estágio de Salvamento Aquático), com duração de 45 dias.
Além de Fellipe Lira na corrida de 05 km, destaque também para o soldado João Lucas Café, terceiro colocado em sua categoria (até 30 anos). A soldado Clarissa Lima, que também participou da mesma categoria, não ficou entre os cinco primeiros, mas comemorou a oportunidade de representar o Corpo de Bombeiros e o estado de Alagoas em Belo Horizonte.
“Foi uma experiência única. Nunca tinha participado de uma competição de corrida de rua fora do meu Estado. Espero que participações como essa sirvam de estímulo para os outros militares”, ressaltou Clarissa.
O Major Ribeiro, presidente da delegação, também participou do Circuito Caixa na categoria 10 km.
A largada aconteceu às 8h do dia 27 de maio, no Marco Zero localizado na Lagoa da Pampulha – MG e contou com a participação de atletas brasileiros e quenianos.



Comando do CBMAL alcança voos através de cargos grande importância no Estado
Subcomandante traz benefícios para a Corporação através de cargo no Conselho de Segurança
Por Stephany Domingos
Desde o início do mês de setembro de 2011 o subcomandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), Coronel BM Gláucio Alcântara, assumiu o cargo de conselheiro no Conselho de Segurança do Estado com a missão de analisar processos e tratar de matérias de grande importância para toda a segurança pública estadual, mostrando a confiança que o governo tem no Comando da Corporação. Além do subcomandante, o comandante geral, Coronel BM Luiz Antônio Honorato, também integra a presidência do comitê de combate a seca, fazendo diversos estudos do período da seca em Alagoas e das ações de minimização de seu impacto para a população afetada.
Dentre os trabalhos realizados pelo subcomandante estão o auxílio e fiscalização dos diversos órgãos de segurança pública em Alagoas, entre eles o próprio Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, a Polícia Civil, a Superintendência Geral de Administração Penitenciária, entre outros.
Para o coronel Gláucio a sua participação no conselho de segurança vai além do seu papel como bombeiro, mas é de uma importância ímpar para ele como cidadão. “O Conselho trata de muitas questões essenciais para a segurança pública e participar de discussões com o objetivo de proporcionar mais segurança para a população é muito importante”, citou.
Para a Corporação, o subcomandante citou que sua participação no conselho trouxe vários benefícios. “Todas as matérias relacionadas a legislação e mudanças de lei dentro do Corpo de Bombeiros devem passar pelo Conselho de Segurança e é extremamente positivo que a Corporação esteja representada, para assim discutir as matérias de interesse institucional e trabalhar para que as leis sejam aprovadas e modificadas da melhor maneira possível”.
Exemplos do trabalho do Coronel Gláucio dentro do Conselho de Segurança e que trouxe benefícios para o CBMAL foram as discussões a respeito da extinção do quadro de saúde e do quadro de músico da Corporação que eram defendidos pelos conselheiros e que após as argumentações do subcomandante puderam permanecer na lei de organização básica.
O subcomandante falou também sobre o empenho do comando geral em aprovar a lei de fixação de efetivo, usando todos os esforços para levar aos membros da Corporação um quadro de organização mais aberto e que assegure as promoções para um número maior de militares, deixando-os mais motivados dentro do serviço. Segundo ele, a lei está em sua última fase de aprovação, no Gabinete Civil, aguardando a sansão do Governador do Estado para publicação no Diário Oficial.



Bombeiros fiscalizam comércio de fogos de artifício para garantir segurança à população
Estabelecimentos devem cumprir normas de segurança e consumidores devem estar atentos aos cuidados na compra e no manuseio de fogos
Por Thássia Santos e Stephany Domingos
Com a chegada dos festejos juninos a cidade ganha novas cores, e junto a elas velhos costumes ganham força. Um grande exemplo é a soltura de fogos de artifício, os quais encantam adultos e crianças nesta época do ano. Entretanto a comercialização destes produtos requer vários cuidados, e as normas de segurança estão sendo garantidas pelo trabalho de fiscalização constante do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), através dos militares da Diretoria de Serviços Técnicos (DST).
Os estabelecimentos comerciais de fogos têm que possuir projeto de segurança contra incêndio e pânico aprovado pelo CBMAL e cumprir certos requisitos para funcionar, tais como possuir um extintor de água com dez litros de capacidade, um extintor de pó com seis quilos de capacidade, dois baldes com água, instalação das luminárias de emergência, placas de sinalização e placas indicativas com os dizeres: PERIGO e PROIBIDO FUMAR.
Segundo o Tenente BM Douglas de Lima qualquer barraca de comercialização de fogos deve ter no máximo 32m², com instalações elétricas embutidas nas paredes ou lajes. “Para o comerciante de fogos regularizar sua barraca é necessário que ele possua o projeto de segurança contra incêndio e pânico assinado por engenheiro credenciado no Corpo de Bombeiros, cumprindo todas as exigências contidas no Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico, onde o papel do vistoriante é verificar se esta barraca cumpre todas as determinações, priorizando assim a segurança do barraqueiro e do consumidor”, explicou. O tenente completou dizendo que os cuidados devem começar desde a aquisição do material. “O consumidor deve observar a classificação do produto na hora da compra. Esta atitude já diminui vários riscos”, afirmou o oficial, lembrando ainda a importância de se observar um local seguro para a soltura dos fogos.
Alguns cuidados devem ser tomados tanto no momento da compra, quanto durante a utilização, como observar a classificação dos artefatos (Classe A - Infantil; Classe B - Juvenil; Classe C - Adulto; Classe D - Profissional), ler atentamente as instruções de manuseio na embalagem do produto, não soltar fogos em locais cobertos, abaixo de redes elétricas, próximos a depósitos de líquidos inflamáveis, nem em locais onde exista concentração de pessoas. Tais precauções são essenciais à população e garantem diversão com segurança durante as comemorações do mês de junho em Alagoas.
De acordo com o Artigo 206 do Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico (COSCIP) não é permitido o comércio de fogos a menos de 50m de distância de residências, hospitais, casas de saúde, escolas, quartéis, estádios, mercados, casas de diversão, postos de abastecimento de combustíveis, depósitos de inflamáveis ou explosivos, prédios tombados e outros locais julgados impróprios pelo CBMAL. Além disso, o estoque máximo permitido nos locais de venda de fogos deve ser de 500 kg, incluído neste o peso das embalagens, sendo terminantemente proibida a existência de qualquer quantidade de fogos de artifícios ou embalagem a céu aberto ou fora dos locais de venda.
Pontos clandestinos de venda e fabricação de fogos de artifício devem ser denunciados através do telefone (82) 3315-2819.
Cuidado! Os fogos podem ser verdadeiros vilões.
– As crianças só devem ter contato com fogos leves e acompanhadas de pessoas adultas;
– Mesmo as pessoas mais velhas precisam observar as recomendações, como: só soltar foguetes utilizando varas longas, não usar fogos em ambientes fechados e não apontá-los para pessoas ou janelas;
– Tenha muito cuidado também com as fogueiras e jamais realimente o fogo com álcool, pois a garrafa pode explodir;
– Não permita que seus filhos adquiram fogos de artifício;
– Saiba que acidentes graves podem acontecer com crianças ou adultos que transportam e utilizam fogos de artifícios de forma irregular;
– Nunca transporte estes artefatos nos bolsos, pois, se eles se inflamarem, você certamente será atingido;
– O perigo dos fogos de artifício é indiscutível. Se uma bombinha explodir nas mãos de uma criança ou próximo de seus olhos, poderá causar mutilação ou cegueira;
– Deixar caixas de fósforos e/ou isqueiros ao alcance de crianças é uma imprudência. A atração que o fogo exerce sobre as crianças pode ter consequências extremamente danosas;
– Denuncie os pontos de venda e fabricação ilegal de fogos e ajude o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas a prevenir acidentes.



Reforma no SGIA está na reta final
Por Thiago Omena
Após reforma, quartel dobrará capacidade de abrigar militares
A reforma que visa melhorias e conforto para os militares do quartel do Subgrupamento Independente Ambiental do Corpo de Bombeiros (SGIA), está em sua reta final. O prazo para entrega está previsto para a segunda quinzena do mês de junho.
A princípio, a reforma se deu para a adequação da cobertura do quartel que era de palha, hoje sendo reformado com telhas padronizadas pela prefeitura. Antes da reforma o SGIA tinha a capacidade de abrigar 10 militares, após a reforma, sua capacidade subirá para 25 militares.
Segundo o tenente BM Felipe Dória, chefe da seção de operações, as obras em andamento estão dentro do cronograma e no prazo legal. E acrescentou que muito mais está sendo feito para melhoria e segurança dos militares do Corpo de Bombeiros.
“Além da mudança da cobertura de palhas para telhas padronizadas, estamos mudando todo projeto elétrico incluindo sua fiação que irá atender até possíveis ampliações de nosso quartel, o mezanino (tipo de plataforma, que permite movimento de pessoas ou equipamentos) foi ampliado para 100%, além de outras mudanças que ainda estão em nível administrativo, mas que em breve estará beneficiando nossos militares”, afirmou o tenente.
A novidade está agora para adequar melhorias internas para o SGIA. Caso o recurso seja viabilizado o prazo para entrega será prorrogado para mais dois meses.
Os recursos da reforma do quartel do SGIA são do Fundo de Prevenção e Combate a Incêndio. O valor da reforma está alçado em R$ 155.331,13 e a construtora responsável é a Concreto Construções LTDA, que tem o prazo de 90 dias para a entrega.



Defesa Civil Estadual participa de sessão na Assembleia Legislativa de Alagoas
Comitê Integrado de Combate à Seca apresentou as ações que vêm sendo desenvolvidas
Por Thássia Santos
O Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), Coordenador Estadual de Defesa Civil e Presidente do Comitê Integrado de Combate à Seca (COICS), Coronel BM Luiz Antônio Honorato, participou na manhã desta segunda-feira, 28, de uma sessão na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), quando foram apresentadas as ações que vêm sendo desenvolvidas nos municípios atingidos pela seca.
Em seu pronunciamento, o Coronel Luiz Antônio apresentou as primeiras ações do COICS, como o Bolsa Estiagem, a construção de cisternas, manutenção de poços artesianos, distribuição de água pelos carros-pipa, entre outras, que estão sendo desenvolvidas através da importante parceria entre governo federal, estadual e os municípios.
O Coronel Luiz Antônio aproveitou a oportunidade para reforçar a relevância do fortalecimento das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil. “O fortalecimento das COMDECs é de extrema importância para o atendimento aos municípios, pois através delas as necessidades poderão ser repassadas à CEDEC, e conseqüentemente as ações poderão chegar com mais agilidade”, ressaltou o Presidente do Comitê.
A reunião foi convocada pela Presidência da ALE, e contou com a presença dos prefeitos, vereadores e secretários dos municípios afetados, além de deputados estaduais e secretários estaduais.



Homem morre soterrado no Porto de Maceió
Por Thiago Omena
O Corpo de Bombeiros foi acionado nesta sexta-feira (25), para a ocorrência de uma vítima de soterramento por fertilizantes no Porto de Maceió. Tratava-se de Fábio de Freitas Silva, 28 anos, que trabalhava como estivador e veio a falecer no local.
No momento do acidente, oito homens trabalhavam dentro do porão do navio internacional, Hanjin Marugame, do Panamá, com toneladas de fertilizantes que seriam comercializados para empresas de Alagoas e Estados vizinhos.
Estavam na ocorrência duas viaturas dos Bombeiros - Auto Salvamentos Especiais (ASESP) e Unidade de Resgate (UR), além da Unidade de Suporte Avançado (USA), do SAMU. Depois da constatação do óbito pelo SAMU, permaneceu no local apenas a viatura de Salvamentos Especiais, para o resgate do corpo.
Segundo registros do próprio Porto de Maceió, Fábio de Freitas, era funcionário há oito anos.
**********
Legenda das fotos:
ocorrenciaporto (5): Ocorrência no Porto teve a presença dos Salvamentos Especiais
ocorrenciaporto (9): Bombeiros chegaram no local do soterramento com tempo-resposta de 5 minutos
Crédito: Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros



NOTA – Situação de Emergência
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (CEDEC/AL) informa que foi publicado no Diário Oficial nº 101 do dia 25 de maio o reconhecimento pelo Governo Federal da Situação de Emergência por estiagem dos seguintes municípios:  Água Branca, Batalha, Belo Monte, Cacimbinhas, Canapí, Carneiros, Craíbas, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Girau do Ponciano, Inhapi, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Major Izidoro, Maravilha, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteiropolis, Olho D’agua das Flores, Olho D’agua do Casado, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Pão de Açúcar, Pariconha, Palestina, Piranhas, Poço das Trincheiras, Santana do Ipanema, São José da Tapera, Senador Rui Palmeira e Traipu.



NOTA – ALERTA
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas informa que segundo informações recebidas pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (CEMADEN) e pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), nas próximas horas do dia de hoje a previsão é de pancadas de chuva de moderada e forte na região do Baixo Francisco e Litoral. Na capital tempo continuará com nebulosidades e chuvas ocasionais.
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil continua com plantões no Centro Estadual de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CEGERD), acompanhando os alertas. Informações pelos números 8833-8556 e 3315- 2843.



Apesar das fortes chuvas, ocorrências são consideradas normais
O cidadão alagoano pode ficar mais tranqüilo. Apesar das fortes chuvas desta sexta-feira, até o momento não houve nenhuma ocorrência referente à chuva. A tendência para os próximos dias ainda é de chuva, porém, segundo a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) a previsão para amanhã, é que o volume de chuva diminua.
A boa notícia é para o sertão alagoano. Apesar de não suprir a necessidade hídrica da região, neste momento chove no local com pouca intensidade. A chuva também deve continuar na região nos próximos dias.
Em virtude da previsão de chuvas que deve permanecer nos próximos dias em Alagoas, o Corpo de Bombeiros Militar, atuante também na prevenção, orienta a população a respeito de como proceder antes, durante e depois das fortes chuvas. O cidadão deve tomar algumas precauções para sua própria segurança.
Siga algumas Dicas:
- Não transite em áreas alagadas. Pois podem ter buracos e bueiros abertos, assim como fiação elétrica exposta;
- Se o nível de água estiver subindo, vá com sua família para um lugar seguro;
- Evite cruzar pontes onde o nível de água subiu;
- Não se abrigue embaixo de árvores e se mantenha distante de postes;
- Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou em locais inundados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito;
- Evite contato com água de áreas alagadas, pois estará contaminada. É comum ocorrer contaminações como leptospirose e doenças de pele. Não deixe as crianças brincarem em áreas alagadas;
- Retire entulhos dos quintais áreas, becos e ruas;
- Não jogue lixo em bueiros, canais e outras áreas que possam prejudicar o escoamento da água;
- Em caso de chuvas fortes, evite sair de casa;
- Morando em áreas de risco, aos primeiros sinais de chuva forte procure um local seguro, como casa de parentes e amigos.



Corrida do fogo inicia inscrições em sua XII edição
Evento será realizado em 07 de julho dentro das programações do dia nacional do bombeiro
Por Stephany Domingos
Com o objetivo de divulgar a Instituição Bombeiro Militar no panorama esportivo e integrar a sociedade e a corporação em um cenário de intercâmbio social, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) promoverá a XII edição da corrida do fogo, organizada pela Assessoria de Comunicação e pelo 1º Grupamento de Bombeiro Militar (1º GBM) e com apoio de diversas instituições públicas e privadas.
O evento será realizado em 07 de julho, às 15h, no Quartel do Comando Geral da Corporação (QCG BM) e as inscrições começam nesta segunda-feira, 21 de maio, com término em 30 de junho, no período das 07h às 19h. Elas poderão ser realizadas no QCG BM, localizado na Avenida Siqueira Campos, Trapiche da Barra, no 1º Grupamento de Bombeiro Militar localizado na BR 316, Km 274, no Tabuleiro do Martins e no Grupamento de Socorros de Emergência, situado no Conjunto Rui Palmeira, Rua 01, S/N, Serraria.
A taxa de inscrição para pessoas civis será de R$ 25,00, devendo o corredor apresentar um documento de identificação no ato da inscrição. Para a corrida de participação com percurso de 05 km poderão ser inscritos atletas a partir de 16 anos mediante a autorização dos pais ou responsáveis para os menores de idade. Para os militares de outras instituições e Estados a taxa de inscrição será de R$ 15,00 e para os corredores com idade igual ou superior a 60 anos a taxa será no valor de R$ 10,00. Os 100 primeiros Bombeiros Militares de Alagoas que queiram participar da corrida serão isentos do pagamento da taxa.
A prova contará com as categorias: 10 km na categoria geral, 05 km para corrida de participação e 03 km para cadeirantes, todas divididas em masculino e feminino.  Será um total de 500 inscrições para a corrida do fogo, sendo distribuídas da seguinte forma: 200 vagas para civis, 100 vagas para militares de qualquer força ou estado da federação, 100 vagas para os bombeiros de alagoas e 100 cortesias para serem distribuídas entre os patrocinadores e empresas parceiras do evento.
Serão premiados com uma quantia em dinheiro os três primeiros colocados em todas as categorias e todos os participantes que conseguirem concluir o percurso receberão uma medalha de participação. Tanto os militares de qualquer força ou estado quanto os bombeiros militares de Alagoas receberão premiação especial caso fiquem em 1º, 2º ou 3º colocado na corrida, porém esta premiação especial não exclui a possibilidade do mesmo atleta receber a premiação principal da categoria.
Os kits contendo camiseta oficial da corrida, número de identificação e senhas serão entregues para os atletas no dia 06 de julho, das 8h às 17h, no QCG BM, devendo estar de posse do documento de identificação e da ficha de inscrição. Já os chips serão entregues no dia 07 de julho, às 15h, quando os participantes chegarem para a concentração no local de largada da prova. Os kits também poderão ser retirados por terceiros, contando que os mesmos estejam munidos de documento de identificação e ficha de inscrição do atleta e apresente seu próprio documento de identidade.
A não devolução ou extravio do chip acarretará multa de R$100,00 para o atleta.
Para maiores informações:
3315-2900 (das 7h às 13h) – 1º GBM
3315-2841 (das 7h às 13h – ASCOM



Defesa Civil Estadual entrega planejamento de combate à seca
Por Thiago Omena
36 municípios estão em situação de emergência
O Comandante Geral do Corpo de Bombeiros e Coordenador Estadual da Defesa Civil do Estado de Alagoas, Coronel Luiz Antônio Honorato, esteve ao lado do Governador Teotônio Vilela e de outras autoridades no Palácio da República, na manhã de hoje (14).
Na reunião foi entregue aos prefeitos e as repartições públicas federais, estaduais e municipais, o planejamento de ações sobre o Comitê Integrado de Combate a Seca.

A estratégia de ação conta com a priorização de três frentes emergenciais: distribuição de água, seguro safra e bolsa estiagem e crédito ração animal, e ainda contará, com a organização de oito grupos de trabalho: carro pipa, cisterna, poços artesianos e dessalinizadores, seguro garantia safra, bolsa estiagem, crédito rural e comercial, ração animal e sistemas de abastecimento. Chega a 36 o número de municípios em situação de emergência.



Corpo de Bombeiros de Alagoas é destaque na edição de abril da Revista Emergência
Corporação surge no cenário nacional com ações inovadoras através da tecnologia
Por Thássia Santos
Devido ao trabalho realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) ao longo dos últimos anos, a Corporação alagoana vem se destacando no cenário nacional, apresentando ações com alto grau de excelência. Um grande exemplo deste reconhecimento é a publicação na edição do mês de abril da Revista Emergência, a qual tem distribuição em todo o território nacional e apresenta-se como uma importante vitrine para outros Corpos de Bombeiros conhecerem o que vem sendo realizado Brasil afora.
A Revista Emergência abordou, em sua matéria especial, a introdução do Sistema de Acompanhamento de Projetos de Segurança (SAPS) em Alagoas, o qual foi criado pela Corporação alagoana, através dos bombeiros militares do Centro de Tecnologia em Informática e Informação, e vem conferindo agilidade e transparência à tramitação de projetos de incêndio no CBMAL. Com o sistema, Alagoas já é o Estado mais rápido em emissão de pequenos projetos, sendo pioneiro na implantação de um sistema como o SAPS.
Além da reportagem sobre o SAPS, o CBMAL também foi retratado na coluna “Tire suas dúvidas”, com o fornecimento de conceitos e características de um projeto de segurança contra incêndio e pânico pela Diretoria de Serviços Técnicos (DST); em matéria sobre mudanças no licenciamento empresarial junto aos Corpos de Bombeiros, através de regras mais simples para regulamentação, ato que já é adotado em Alagoas; e ainda sobre o Dia da Mulher, promovido pela Assessoria de Comunicação no dia 08 de março, relatando as atividades operacionais desempenhadas pelas bombeiras alagoanas na passagem de seu dia.
Conforme o Tenente Coronel Paulo Marques, Chefe da Assessoria de Comunicação do CBMAL, esta visibilidade da Corporação se deve a diversos fatores, como o trabalho do Comando, a dedicação dos bombeiros na implantação de melhorias na instituição, bem como a atuação da ASCOM junto aos veículos de comunicação. “A Assessoria vem realizando um trabalho forte de divulgação do CBMAL, tanto no cenário estadual, como nacional, através de produtos midiáticos que apresenta a toda a sociedade as atividades desenvolvidas pela Corporação e seus militares, aproximando-a da comunidade”, explicou o oficial, citando os spots de rádio com dicas de segurança e a revista eletrônica, que com conteúdo multimídia destaca-se junto à imprensa.



“Alagoas poderá enfrentar a maior seca dos últimos 50 anos”
Por Thiago Omena
Foi com essa afirmativa que o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros e Coordenador Estadual da Defesa Civil do Estado de Alagoas, Coronel Luiz Antônio Honorato, iniciou a reunião do Comitê Integrado de Combate a Seca no Palácio da República em Maceió.
Segundo o Comandante e presidente do comitê, Alagoas poderá passar por um dos maiores desastres naturais dos últimos 50 anos. As fontes foram reveladas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e da central de meteorologia estadual de Alagoas.
O fenômeno das secas no Brasil se dá por causas naturais, uma região que apresenta alta variabilidade climática, ocorrendo quando a chamada zona de convergência intertropical (ZCIT) não consegue se deslocar até a região Nordeste no período verão-outono no Hemisfério Sul (fonte SUDENE).
“A seca vai acontecer, não adianta lutar contra ela porque ela existe. Mas para que o impacto da seca seja diminuído e para que possamos organizadamente ajudar o sertanejo alagoano, um povo humilde e carente que tanto precisa de nossa ajuda, estamos organizando e institucionalizando o plano de trabalho e ações de combate a seca envolvendo órgãos públicos federais, estaduais e municipais”, relatou o Comandante.
A reunião ainda contou com a presença dos representantes da Defesa Civil Nacional e do Ministério da Integração, o senhor Oliveira Lima e do tenente coronel Fábio, pertencente ao Estado do Paraná.



Uma nova geração de bombeiros
TCC de Sargentos do Corpo de Bombeiros ganha destaque estadual
Sargentos do Corpo de Bombeiros são pioneiros em estudo que traçou perfil dos atendimentos realizados pela Corporação em 2009
Por Stephany Domingos
Formados em enfermagem pela Universidade Federal de Alagoas no ano de 2010, os Sargentos BM José Lins Almeida Neto e Robson da Silva Pereira já se destacaram desde o primeiro ano da faculdade quando se tornaram monitores em primeiros socorros da professora Dra Ruth França Cizino da Trindade, então futura orientadora dos bombeiros militares em seu trabalho de conclusão de curso (TCC).
No último ano da faculdade, os sargentos se tornaram pesquisadores do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), quando começaram o trabalho de pesquisa que serviu como base para a confecção do trabalho de conclusão de curso. Entregue no final do ano de 2010, o TCC dos enfermeiros e sargentos da Corporação já se destacou entre os acadêmicos, pesquisadores e professores da UFAL por se tratar de uma análise pioneira no estado de Alagoas. Eles levantaram o “Perfil epidemiológico da população assistida pelo serviço de atendimento pré-hospitalar do Corpo de Bombeiros em Maceió no ano de 2009” e agora no mês de maio o trabalho foi publicado como artigo para a revista epidemiológica de Saúde do SUS, que tem circulação nacional.
Segundo o Sargento Robson Silva, o interesse em publicar o trabalho como artigo foi uma iniciativa da orientadora do TCC e se deu devido o tema ser muito preocupante para o cenário maceioense. “A violência no trânsito, principalmente quando se trata de acidentes envolvendo motocicletas, vem atingindo índices alarmantes. No nosso trabalho, verificamos que quase 50% dos atendimentos realizados pelo Corpo de Bombeiros foram de acidentes envolvendo meios de transporte e desses, só de moto foram 20%”, citou o Sargento, completando que com o aumento desse tipo de transporte, a necessidade de intervenção é imediata.
 Com uma rotina diária de ultrapassar as barreiras do trânsito caótico de Maceió, os bombeiros estão nas ruas com o objetivo principal de salvar vidas e com a correria do dia a dia se torna difícil analisar os pontos críticos da cidade onde ocorrem o maior índice de ocorrências. Foi através do objetivo inicial de traçar um perfil tanto do acidentado quando do atendimento realizado pela Corporação que os sargentos Almeida Neto e Robson Silva analisaram 3.463 fichas de ocorrências através das variáveis sexo, faixa etária, tipo de ocorrência, dia da semana, horário da ocorrência, local da ocorrência e ponto de referência.
No trabalho foi verificado que o maior índice de acidentes, 28% dos atendimentos realizados, aconteceram com pessoas do sexo masculino, entre 20 e 29 anos, mostrando que os homens apresentam risco 2,5 vezes maior que as mulheres de gerar ocorrências de trânsito e risco aproximadamente cinco vezes maior de ocorrências por violência.  Também foi verificado que o final de semana (sábado e domingo) é responsável por 34,66% dos atendimentos.  O trabalho mostrou que das ocorrências da madrugada 44,70% ocorreram entre 00:00h e 01:59h, das ocorrências da manhã 21,28% ocorreram entre 11:00h e 12:59h e dos atendimentos da noite  40,60% ocorreram entre 19:00h e 20:59h.
Os pesquisadores também observaram que dos 50 bairros de Maceió, seis concentraram o maior número de atendimentos, sendo eles: Tabuleiro do Martins, Serraria, Barro Duro, Trapiche e Jacintinho, somando 43,52% das ocorrências. Os acidentes envolvendo motociclistas também se concentraram, em sua maior parte, nos seis bairros citados. Além disso, os sargentos verificaram que algumas localidades específicas são as mais críticas com relação aos acidentes de trânsito, como a avenida Fernandes Lima próximo ao Supermercado Hiper Farol, a avenida Menino Marcelo próximo ao Supermercado G. Barbosa, a avenida Juca Sampaio próximo ao Fórum Estadual e ao Shopping Miramar, a Ladeira do Óleo próximo a antiga lombada eletrônica, o Jacintinho próximo a Praça da Macaxeira e a avenida Durval de Góes Monteiro, próximo a Bomba do Gonzaga.
Após a análise das fichas e inserção no trabalho de conclusão de curso, os enfermeiros chegaram a algumas conclusões e propostas para reduzir os acidentes, como aumentar a fiscalização nos pontos críticos, preparar as vias de Maceió para crescerem na mesma proporção que o aumento de veículos, investir em ações preventivas e educativas, entre outras. Segundo o Sargento Almeida Neto, cada centavo investido em prevenção gera uma economia de seis centavos para os cofres públicas. “Seria muito mais viável e humano investir recursos em ações de prevenção e educação. A problemática dos acidentes de trânsito constitui um problema de saúde pública e deve ser tratado como tal. Temos que adotar medidas preventivas, como a implementação da política nacional de redução de acidentes, educação para o trânsito e o replanejamento estratégico das vias públicas”, enumerou o sargento.
Também foi verificado que o atendimento pré-hospitalar é um serviço que pode influir diretamente nas taxas de morbimortalidade por trauma e emergências clínicas, para tanto, torna-se necessário desenvolver estratégias que reduzam o quantitativo de atendimentos, formalizando uma agenda que vise a ampliação de uma discussão sobre segurança e prevenção de acidentes com participação de usuários, poder público, sociedade civil organizada, indústrias, ONGs, etc. Para os pesquisadores, esta poderia ser uma forma de enfrentar o problema existente e que tende a se agravar no decorrer dos anos.



REDEC/6º GBM promove curso de capacitação para os municípios da região
Informações contribuirão para ações mais eficazes em Defesa Civil
Por Ten Diogo Andrade
com ASCOM/CBMAL
O 6º Grupamento de Bombeiros Militar, localizado no município de Penedo, através de sua Regional de Defesa Civil (REDEC) com o apoio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (CEDEC/AL), está promovendo um curso de capacitação em Defesa Civil para os municípios da região, durante os dias 08 e 09 de maio.
O curso visa à atualização das prefeituras, através de suas COMDEC’s, no que se refere às ações de defesa civil, à formulação do plano de contingência e à integração entre os órgãos de defesa civil (COMDEC, REDEC e CEDEC).
O curso objetiva ainda apresentar as novas ações desempenhadas pela Defesa Civil Nacional, como por exemplo, o já implantado Cartão de Pagamento de Defesa Civil, lançado em agosto de 2011, o qual facilita as despesas com ações de socorro, assistência às vítimas e restabelecimento de serviços essenciais de municípios e estados. Além disso, o cartão auxilia municípios e estados em situações de emergência e estado de calamidade pública, reconhecidas pela Defesa Civil Nacional, sendo realizadas oficinas para formulação do plano de contingência de cada município.
Segundo o Tenente Diogo Andrade, o 6º GBM espera através de o curso orientar as COMDEC’s da regional do grupamento quantos às ações de defesa civil a serem desempenhadas tanto no socorro e recuperação de um eventual desastre. “Estas orientações serão muito importantes, principalmente, na prevenção e preparação, onde serão muito mais eficazes os esforços para minimização dos danos, como com a elaboração por cada município de seu plano de contingência”, explicou o oficial, enfatizando ainda a relevância de o grupamento estreitar os laços entre a regional, as COMDEC’s e a CEDEC”.



Governo do Estado entrega motos e equipamentos ao CBMAL
Materiais serão utilizados no serviço de combate a incêndio na capital e no interior
ASCOM/CBMAL
Na manhã desta terça-feira, 08, foi realizada a solenidade de entrega de motocicletas e equipamentos do Governo do Estado aos órgãos de segurança pública de Alagoas. Na ocasião, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) recebeu seis motocicletas XRE300 e oitenta conjuntos de proteção individual para serem utilizados no serviço de combate a incêndio na capital e no interior.
Os materiais foram adquiridos através da parceria entre o Governo Estadual e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP). Segundo o Governador do Estado, Teotônio Vilela Filho, o governo trabalha com metas para a segurança pública, as quais vêm sendo cumpridas, proporcionando um avanço no combate à violência, e no atendimento ao cidadão.
O Comandante Geral do CBMAL, Coronel BM Luiz Antônio Honorato, enfatizou que este foi o primeiro passo para cumprir as metas de valorização dos profissionais da Corporação. “Hoje todos os bombeiros, tanto da capital, como do interior, poderão ir para o combate a incêndio todo seguro, com seu equipamento de proteção individual completo”, ressaltou o Coronel, afirmando a importância de o Comando estar mais próximo aos bombeiros, pois se eles estiverem bem, a Corporação está bem, e assim a população receberá um serviço de qualidade.
A solenidade contou ainda com a presença do Secretário de Estado da Defesa Social, Coronel PM R/R Dário César, Subcomandante Geral do CBMAL, Coronel Gláucio Alcântara, Delegado-Geral da Polícia Civil, José Edson Freitas e Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Luciano Silva.



4º edição de Informativo CBMAL já pode ser acessada na intranet e no site da Corporação
No mês de abril, informativo destacou as atividades desenvolvidas no Projeto Bombeiro Mirim
Na edição n.º 4 do mês de abril de 2012, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas destacou o início da nova temporada do Projeto Bombeiro Mirim, que já consolidado como uma das principais atividades sociais desenvolvidas pela Corporação iniciou o ano letivo de 2012 com o aumento de seu campo de atuação para seis escolas da rede pública em Maceió.
Também foi desenvolvida uma ação social no Baldomero Cavalcanti, que contou com a ampla participação da Diretoria de Saúde e da Capelania Evangélica e Católica da Corporação. Já na 2ª edição do passeio ciclístico interquartéis, a Corporação contou com a participação de 150 pessoas que com fôlego e desenvoltura concluíram o percurso de 35 km com muita descontração.
Além disso, o CBMAL esteve presente nas atividades da Defesa Civil Estadual, através da realização das oficinas para o Plano de Ação para o período de Chuvas – Região Nordeste; na Formatura das novas oficiais médicas da Corporação que concluíram com êxito o Estágio de Adaptação de Oficiais e no encerramento do Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos, que estão aptos até a promoção de subtenente.
A nova edição já pode ser acessada através da intranet e do portal do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas através do site www.bombeiros.al.gov.br



Governo do Estado entrega motocicletas e equipamentos ao CBMAL nesta terça-feira, 08
Solenidade será realizada no estacionamento do Palácio República dos Palmares
ASCOM/CBMAL
Na manhã desta terça-feira, 08, o Governo do Estado realizará uma solenidade de entrega de materiais aos órgãos da Secretaria de Estado da Defesa Social (SEDS). A partir das 10 horas, no estacionamento do Palácio República dos Palmares, o Governador Teotônio Vilela Filho, e o Secretário da SEDS, Coronel PM Dário César Barros, entregarão motocicletas, armamentos e equipamentos de proteção individual.
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) receberá seis motocicletas de 300cc, que serão utilizadas no serviço de combate a incêndio, inaugurando um novo tipo de socorro em Alagoas, e 80 conjuntos de proteção individual, compostos por capa, calça e botas para combate a incêndio. Os equipamentos possibilitarão um salto na qualidade do serviço desempenhado pelo CBMAL, trazendo mais segurança para os seus militares e rapidez na prestação do socorro.



Simulado de Desastre muda rotina de Povoado de União dos Palmares
Defesa Civil Estadual participou da ação que envolveu mais de 250 pessoas
Por Luciana Leonardo
Parecia mais um dia rotineiro no pacato Povoado de Rocha Cavalcante, localizado a 12 km do de União dos Palmares. Por volta das 15hs, um aviso de chuva era acionado pela Coordenadoria Municipal de acordo com o alerta da Defesa Civil Nacional do Ministério da Integração Nacional. Cerca de 600 famílias recordaram os desastres de 2010 e 2011. Orientados pelos agentes da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC), os moradores, saíram de suas casas e se deslocaram para um local seguro, mas desta vez com mais tranquilidade.
Na verdade, tratava-se só de um Simulado de Preparação para Desastre – Região Nordeste realizado pela COMDEC de União dos Palmares, com a coordenação do Ministério da Integração Nacional e da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC).
O simulado fez parte do encerramento do Plano de Ação para o Período de Chuvas, que foi realizado pelo Ministério da Integração Nacional em parceria com as Coordenadorias Estaduais e Municipais de Defesa Civil. Foi colocado em prática o planejamento para o exercício de desocupação de área de risco, seguindo as diretrizes do plano de contingência do município.
A ação aconteceu simultaneamente em municípios escolhidos por cada Estado da Região Nordeste com o apoio das secretarias municipais de saúde, educação, assistência social, do Exercito Brasileiro, Liga dos Radioamadores, Corpo de Bombeiros e comunidade local.
 A participação superou as expectativas em relação ao número de participantes, além das pessoas cadastradas, outras pessoas também participaram do simulado. “Nós ficamos muito felizes. A participação foi além do que esperávamos. Estamos juntos com a Defesa Civil Nacional e Estadual em uma ação conjunta muito importante para comunidade de Rocha Cavalcante. A população ribeirinha compareceu em massa, fazendo o sucesso do evento que foi mandado por Deus para evitar o sofrimento do povo”, diz Lídia Campos, Coordenadora Municipal de Defesa Civil de União dos Palmares.
Infelizmente as lembranças das pessoas que residem em Rocha Cavalcante, não são boas. A região foi uma das mais atingidas pela chuva em 2010. “Eu gostei muito de ter participado do simulado. Na última cheia perdi minha casa. Depois de hoje, não vou mais ficar desorientada, sem saber para onde ir, se chover. Agora sei o que fazer”, declara Maria das Dores, dona de casa de 56 anos, moradora de área de risco.
No local destinado a abrigo, para onde os moradores foram levados, estiveram reunidos autoridades, a exemplo do prefeito, Areski Omena, conhecido como Kil, e do Deputado João Caldas, membro da Comissão das Cheias da Assembleia Legislativa, além dos representantes das COMDECs de Murici e Ibateguara. “Só tenho a agradecer a Defesa Civil Estadual, por ter escolhido União para realizar esse simulado. Muito bom para quem mora em área de risco. Agora, em um caso real, os moradores vão saber quais providências tomar e para onde se deslocar com segurança”, afirma o prefeito Kil.
A CEDEC/AL acompanhou todo o processo de realização do simulado junto com a COMDEC de União dos Palmares e comemora o resultado que conseguiu mobilizar mais de 250 moradores. “Já tínhamos a intenção de fazer outros simulados e agora então com o sucesso do evento, iremos reforçar a ideia de regionalizar a ação. Vamos fazer capacitações nos municípios do Vale do Rio Mundaú e Paraíba. Começaremos já na semana que vem em Penedo, nos dias 08 e 09 de maio. Com treinamentos e capacitações, poderemos diminuir perdas de vidas e bens”, assegura Capitão Marcos Paulo, agente da CEDEC/AL e responsável pelo simulado.



Corpo de Bombeiros realiza 2º Passeio Ciclístico Interquartéis
Evento integra Corporação e sociedade civil alagoana através do esporte
Por Rafael Calheiros
Sol, música e muita animação. Este foi o clima para a realização do 2º Passeio Ciclístico Interquartéis, realizado neste domingo, 29, pelo Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), em parceria com a Associação Alagoana de Ciclismo (AAC), e com o patrocínio da Faculdade Integrada Tiradentes (FITS).
Com o objetivo de promover a atividade física, cerca de 150 ciclistas iniciaram o percurso do Grupamento de Salvamento Aquático, no Pontal, até chegarem aos seus destinos: o 1º Grupamento de Bombeiro Militar, no Tabuleiro dos Martins: um total de 35 quilômetros. Sempre com bastante água para evitar a desidratação motivada pelo forte calor.
O passeio contou com o apoio da SMTT, e de quatro motossocorristas, que acompanharam todo o percurso. Além de caminhões de combate a incêndio e unidades de resgate que ficaram em pontos estratégicos, prontos para serem acionados em caso de alguma emergência.
Para Carlos Alberto, presidente da AAC, além da prática saudável, o passeio serve para mostrar aos motoristas que o ciclista precisa ser respeitado nas ruas. “Precisamos criar o hábito de respeito mútuo no trânsito para evitar este caos atual onde ninguém respeita ninguém”, declarou.
Durante o passeio na orla marítima, olhares curiosos de transeuntes observavam o “trem da alegria”. Puxado pelo alto astral da capitã Viviane Suzuki, o trem era um convite aos transeuntes substituírem seus olhares curiosos por sorrisos e disposição para acompanhar o passeio ciclístico. “Vamos lá pessoal, vamos deixar a preguiça de lado. Pegue a bicicleta e acompanhe nosso passeio!”, dizia a capitã em cima da Auto Operacional-06 equipada com sistema de som.
Para a jovem Kelly Palmeira, estudante que curtia o sol na Ponta Verde, “é muito interessante este tipo de ação porque busca uma melhor educação no trânsito de Maceió”, disse.
Ao final do percurso, foram disponibilizadas frutas e bastante água para recuperação de energia dos ciclistas.
Para o tenente coronel Paulo Marques, chefe da Assessoria de Comunicação do CBMAL que representou o Comando Geral no evento, a prática da pedalada é importante para quem pretende começar ou voltar a realizar alguma atividade física: “não precisa ser um atleta profissional para cuidar do corpo. A prática da pedalada é um ótimo início para as pessoas que querem cuidar da saúde”, declarou.
O tenente coronel ainda revelou boas notícias para quem é ciclista. A Corporação está com um projeto de ampliar o passeio ciclístico para ser realizado a cada dois meses, sendo um evento fixo no calendário da Corporação. Além de estudar a possibilidade de realizar dois passeios mais longos: um de Maceió a Maragogi e outro de Maceió a Penedo, ambos com aproximadamente 150 quilômetros.



Municípios sofrem com a seca em Alagoas
Treze municípios já decretaram situação de emergência
Por Luciana Leonardo
O tenente Cícero da Silva, técnico da Defesa Civil esteve novamente na manhã de hoje, 27, reunidos com os coordenadores municipais das cidades afetadas pela seca em alagoas, fazendo um trabalho de orientação no preenchimento dos formulários.
Com mais de 06 meses sem chuva, 33 municípios estão sofrendo com pela seca,  Batalha, Canapi, Carneiros, Estrela de Alagoas, Jacaré dos homens, Jaramataia, Monteirópolis, Olho D das flores, Olho D Água do Casado, Ouro Branco, Poço das Trincheiras, Senador Ruy Palmeira e São José da Tapera, já decretaram situação de emergência e água Branca, Belo Monte, Cacimbinhas, Craíbas, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Girau de Porciano, Inhapi, Major Isidoro, Maravilha, Minador do Negrão, Mata Grande, Olivença, Palmeira dos índios, Pão de Açúcar, Piranhas, Palestina, Pariconha, Santana do Ipanema e Traipú estão providenciando a documentação para decretação.
A falta de chuva acarreta vários problemas sociais como: abastecimento de água para consumo humano, criação de animais e plantação e manutenção do plantio.  Pariconha a 326 km de Maceió é um dos municípios que sofre com a falta de chuva. “O grande problema á a alimentação da população, não temos mais plantação, nem semente para plantar, o povo ta sofrendo muito com a seca”, diz Arator de Araújo, Coordenador Municipal de Pariconha.
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil estará recebendo na próxima segunda feira, 30, o Grupo de Apoio a Desastre GADE, com uma equipe do governo federal para apoiar ações do Estado nos municípios envolvidos pela seca.



Oficiais dos Bombeiros recebem instruções preventivas de combate a incêndio em edificações
Por Thiago Omena
Os oficiais que concorrem à escala de comandante de socorro do CBMAL da Região Metropolitana receberam na última terça-feira (24) no edifício Maison Blanche, na Ponta Verde, instruções preventivas de combate a incêndio em edificações.
As instruções visaram aperfeiçoar o conhecimento preventivo nas edificações multifamiliares, e de preparar seus comandantes para dispor viaturas no teatro de operações no combate ao sinistro, conforme o sistema pião e de fonte de água.
Sistemas como esses são utilizados em ocorrências de pequeno, médio e grande porte, a exemplo da ocorrência do último sábado (21) no depósito de material reciclável no bairro da Cambona, onde foram utilizados aproximadamente 150 mil litros de água e nove viaturas, sendo dois Auto Salvamentos Especiais, dois Auto Bomba Tanques, um Auto Tanque Bomba, dois Auto Tanque Bi Trem, um Auto Operacional e uma Unidade de Resgate.
A operação direta de combate a incêndio durou em torno de 6hs e o rescaldo cerca de 3hs, e contou com o apoio de uma retro escavadeira. Aproximadamente 30 homens estiveram diretamente na operação.
O instrutor tenente BM Fernando Holanda falou sobre a importância das informações passadas aos comandantes de socorro. “É importante ressaltar que em cada ocorrência haja uma unidade no conteúdo da comunicação entre os oficiais e seus comandados nas operações, e que nossos militares estejam atentados as novas tecnologias, podendo assim, ter o conhecimento necessário para o combate ao sinistro, mesmo sabendo de possíveis dificuldades na ocorrência o militar poderá saber utilizar os novos recursos”, disse o tenente.
Dentre os temas abordados se destacaram: preventivos fixos, disposição das viaturas no teatro da operação, preocupação com isolamento e acionamento da Assessoria de Comunicação dos Bombeiros na coordenação do acesso e informações para imprensa.



Procura por inscrições para o 2º Passeio ciclístico inter-quartéis continua intensa
Os preparativos para o 2º Passeio Ciclístico Inter-quartéis do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) continuam a todo vapor.
Para o presidente da Associação Alagoana de Ciclismo, senhor Antônio Carlos, a prática da pedalada é importante para quem pretende começar ou voltar a realizar alguma atividade física: “não precisa ser um atleta profissional para cuidar do corpo. A prática da pedalada é um ótimo início para as pessoas que querem cuidar da saúde”, declarou.
Para quem ainda tem receio de não conseguir completar o percurso (35 km), o Corpo de Bombeiros disponibilizará um veículo para realizar o transporte do ciclista e de sua bicicleta. Segundo o chefe da Assessoria de Comunicação do CBMAL, tenente coronel Paulo Marques, “o ciclista pode ficar tranquilo que não ficará desamparado”, declarou.
A pedalada será realizada no dia 29 de abril, domingo, e será aberta para a população com idade maior que 16 anos. As inscrições, 200 ao total, já estão abertas e podem ser feitas por contato telefônico com a Assessoria de Comunicação, através do telefone 3315-2841, até o dia 27 de abril durante o horário de expediente (7h às 13h).
DURANTE O EVENTO
A concentração será às 7h no Grupamento de Salvamento Aquático (GSA) do CBMAL. Em meio ao percurso estão incluídos os quartéis da capital, onde os quais serão pontos-chaves do trajeto, com partida prevista para as 8h saindo do GSA, passando pelo Quartel do Comando Geral (QCG), no Trapiche, seguindo pela orla marítima até a FITS, que será um o primeiro ponto de parada para hidratação. Em seguida, os ciclistas seguirão para o Ladeirão do Óleo em direção ao Grupamento de Socorros de Emergência, localizado na Serraria, onde haverá a segunda pausa para hidratação, seguindo rumo ao Grupamento de Incêndio do Tabuleiro do Martins, onde será encerrado o passeio ciclístico com a distribuição de água e frutas para os participantes. O percurso total terá aproximadamente 35 km.
O evento contará com a presença de representantes da Associação Alagoana de Ciclismo, Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito e da Faculdade Integrada Tiradentes (FITS), principal patrocinadora do evento.  Além da FITS, o passeio ciclístico também contou com o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer que disponibilizará banheiros químicos nos pontos de parada.



Secretário Executivo da Defesa Civil participa de reunião na AMA
Prefeitos são avisados de capacitações nas regionais de Alagoas
Por Luciana Leonardo
Secretário Executivo da Defesa Civil, Tenente Coronel Gilson Romeiro, participou na manhã da segunda-fera, 16 de abril, de uma reunião com os prefeitos na Associação dos Municípios de Alagoas (AMA). O secretário fez um apelo aos prefeitos orientando-os a participarem das capacitações que acontecerão em quatro regionais de Alagoas.
“É muito importante que estejamos preparados para atuar o período de chuva. A capacitação dará condições para que os municípios possam atuar e também buscar com maior agilidade apoios e recursos necessários para suprir as necessidades de seus municípios”, disse coronel Romeiro.
No início do mês de abril, integrantes do Ministério da Integração Nacional, realizaram aqui em Alagoas, oficinas de sobre Plano de Ação para o Período de Chuva – Região Nordeste.  Agora os agentes da Coordenadoria Estadual repassarão aos municípios que não participaram das oficinas conhecimentos necessários para atuar no apoio ao desastre.
Os trabalhos serão divididos em quatro regionais: Maceió, Matriz de Camaragibe, União dos Palmares e Atalaia. As regionais abrangerão os municípios vizinhos que também serão capacitados. A primeira capacitação acontecerá em Maceió, no período de 23 a 25 de abril, no auditório da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (CEDEC/AL), localizado na antiga Rua da Praia, com os municípios de Barra de Santo Antônio, Flexeiras, Marechal Deodoro, Messias, Pilar, Rio Largo, Santa Luzia do Norte e Satuba.
Plano de contingência, mapeamento de risco, sistema de monitoramento, decretação de situação de emergência, estado de calamidade e cartão de pagamento de Defesa Civil são temas que serão repassados nas capacitações.



Corpo de Bombeiros participa de ação social no Baldomero Cavalcanti
Diretoria de saúde e capelania da Corporação prestaram assistência aos reeducandos
Stephany Domingos
Nesta segunda-feira, 16, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) através da sua Diretoria de Saúde e de sua Capelania participaram durante todo o dia de uma ação social promovida pelo Conselho de Segurança Pública e pela direção da Superintendência Geral de Administração Penitenciária (SGAP) no Baldomero Cavalcanti. Médicos, odontólogos, enfermeiros e capelães evangélico e católico do CBMAL prestaram assistência aos reeducandos do sistema prisional.
Nesta ação foram disponibilizados serviços como: atendimento médico em diversas especialidades, psicólogos, assistentes sociais, serviço de odontologia, atendimento processual, acompanhamento espiritual, aferição de pressão e glicemia, alem de atendimento laboratorial.
Para a diretora de saúde do SGAP, Clarice Damasceno, é de fundamental importância a parceria com outros órgãos da Segurança Pública para promover uma ação como esta: “Mesmo disponibilizando de um médico, um enfermeiro, um assistente social e um psicólogo no Baldomero Cavalcanti é muito difícil atender a todos os reeducandos. Então quando podemos unir esforços com entidades e órgãos parceiros conseguimos atender  um maior número de pessoas”, falou a diretora. Clarice também completou dizendo que já que posto médico não tem como atender a todos, a logística de saída do presídio para levar os reeducandos para serem atendidos em clínicas ou consultórios fora dos muros poderia ser uma opção, mas esta se torna muito difícil pela escassez de agentes penitenciários que os acompanhe.
Além do Corpo de Bombeiros, também estiveram presentes no presídio a Polícia Militar (PM), a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), a Secretaria de Estado da Defesa Social (SEDS), o Conselho de Segurança Pública, a Pastoral Carcerária, o Conselho Penitenciário, a Perícia Oficial do Estado, além de professores do Centro Universitário Cesmac e da Faculdade Maurício de Nassau.
Do CBMAL, foram disponibilizados 12 oficiais de saúde e dois capelães, além de pessoal de apoio. Ao todo, existiam cerca de 70 profissionais trabalhando na ação, que se estendeu ao presídio Ciridião Durval e ao presídio feminino Santa Luzia com uma meta para atendimento de 400 reeducandos até o final do dia.
Segundo o Coronel BM Gláucio Alcântara, Subcomandante Geral da Corporação, realizar um trabalho deste nível é muito importante não só para o Corpo de Bombeiros como também para a comunidade: “Nós sabemos que os nossos presídios não têm um quadro médico capaz de atender a todos, então nesse dia o Corpo de Bombeiros está aqui presente para atender aos nossos irmãos para tentar dar a eles melhores condições de saúde, realizando um trabalho que tem tudo a ver com o Corpo de Bombeiros, que é salvar vidas”, citou.
O atendimento que ficou sob a responsabilidade do CBMAL foi clínica médica, cardiologia, psiquiatria, ginecologia e pediatria, além de atendimento odontológico, aferição de pressão e glicemia. O Diretor de Saúde da Corporação, Major BM Antônio Medeiros, se sente muito satisfeito de poder disponibilizar seus excelentes profissionais de saúde para atenderem aos que precisam: “A Diretoria de Saúde está voltada tanto para os militares quanto para o público em geral. Estamos aqui atender aos reeducandos do sistema prisional de Maceió de forma mais rápida, com mais atendimentos e um gasto muito menor”, falou.
Os capelães da Corporação, capitão Artur e capitão Judá, acompanharam a pastoral e conselho penitenciário com orações e assistência espiritual para os reeducandos do Baldomero Cavalcanti. Para o capelão Artur essa iniciativa é engrandecedora: “Aqui estamos fazendo o que Jesus fez, levando uma palavra de conforto para alguém que muitas vezes é considerado pela sociedade como a escória, o lixo do mundo, levando uma palavra de esperança de que eles não devem desistir de suas vidas”.
O capelão Judá completou dizendo que somos todos irmãos, filhos do mesmo Pai e que devemos vê-los como filhos de Deus. “Estamos aqui para além de falar, escutar suas necessidades e para levar a bênção e a graça do Pai, para que quando saírem daqui sejam pessoas novas, iluminadas por Ele”.



Estão abertas as inscrições para o 2º Passeio ciclístico inter-quartéis
Por Stephany Domingos
Com o objetivo principal do incentivar a prática esportiva, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas promoverá, no dia 29 de abril, domingo, o 2º Passeio Ciclístico inter-quartéis, reunindo a população, podendo ser inscritas as pessoas acima de 16 anos e os militares dos diversos Grupamentos da Corporação. As inscrições já estão abertas e poderão ser realizadas por contato telefônico com a Assessoria de Comunicação, através do telefone 3315-2841.
A concentração será às 7h no Grupamento de Salvamento Aquático (GSA) do CBMAL. Em meio ao percurso estão incluídos os quartéis da capital, onde os quais serão pontos-chaves do trajeto, com partida prevista para as 8h saindo do GSA, passando pelo Quartel do Comando Geral (QCG), no Trapiche, seguindo pela orla marítima até a FITS, que será um o primeiro ponto de parada para hidratação. Em seguida, os ciclistas seguirão para o Ladeirão do Óleo em direção ao Grupamento de Socorros de Emergência, localizado na Serraria, onde haverá a segunda pausa para hidratação, seguindo rumo ao Grupamento de Incêndio do Tabuleiro do Martins, onde será encerrado o passeio ciclístico com a distribuição de água e frutas para os participantes. O percurso total terá aproximadamente 35 km.
O evento contará com a presença de representantes da Associação Alagoana de Ciclismo, Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito e da Faculdade Integrada Tiradentes (FITS), principal patrocinadora do evento.  Além da FITS, o passeio ciclístico também contou com o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer que disponibilizará banheiros químicos nos pontos de parada.
Serão disponibilizadas 200 vagas e as inscrições são gratuitas para militares e civis e ficarão abertas até o dia 27 de abril.
Participe!



Bombeiro Mirim inicia ano letivo e expande atuação na capital
300 crianças e adolescentes de seis escolas públicas serão formados nos próximos dois anos
Por Thássia Santos
Desde o final do mês de março, quando se iniciou o ano letivo da rede pública, 300 crianças e adolescentes, entre 10 e 16 anos, alunos de escolas públicas da capital, estão inseridas no Projeto Bombeiro Mirim do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), que desenvolve atividades paralelamente às aulas. O Projeto auxilia na formação integral das crianças, pré-adolescentes e adolescentes de famílias em estado de vulnerabilidade social, através do ensinamento de noções de primeiros socorros, educação ambiental, prevenção de acidentes no lar, defesa civil, combate às drogas, educação física, entre outros temas importantes.
Parado há alguns anos, o Projeto voltou com força total em 2010, e durante os últimos dois anos acompanhou o desenvolvimento dos alunos participantes, afastando-os da violência e das drogas, além de promover a mudança de atitudes e comportamento junto à família e à comunidade. Por este saldo positivo, a iniciativa do CBMAL foi reconhecida pelo Governo do Estado, e o projeto foi incluído no Programa “Alagoas tem pressa”, o qual irá garantir recursos financeiros para o desenvolvimento do Bombeiro Mirim na capital, e com planos de expansão para o interior, nos municípios onde existem grupamentos do Corpo de Bombeiros.
Com isso, o Projeto foi expandido de duas para seis escolas da rede pública, entre estaduais e municipais, localizadas na capital alagoana. Atualmente, as atividades estão sendo realizadas em escolas no Selma Bandeira, Conjunto Carminha, Jacintinho, Clima Bom, Vergel do Lago e Pontal da Barra. A escolha destas localidades baseou-se na presença das Bases de Polícia Comunitária, onde são desenvolvidos projetos de inclusão social, atuando diretamente na redução da violência no Estado.
Segundo o 1º Tenente BM Alexandre Novaes, coordenador do Bombeiro Mirim, o projeto trouxe mudanças para o cotidiano dos alunos e de suas famílias, alcançando os objetivos do projeto. “Através de depoimentos de pais e diretores das escolas participantes, tivemos conhecimento sobre as mudanças de comportamento que o projeto proporcionou, e praticamente todos os alunos que entraram no projeto o concluíram com êxito”, declarou o coordenador, informando que além das matérias ligadas ao CBMAL, também foram desenvolvidas atividades profissionalizantes, e com isso a coordenação vem buscando junto a empresas parceiras o primeiro emprego para os concluintes maiores de 18 anos.
Além do apoio do governo estadual, o Projeto sempre contou com importantes parcerias, como com os Conselhos Tutelares, Prefeitura Municipal, Polícia Militar, Ministério Público Estadual, Universidades Federais, Estaduais e Locais, ONG’s, além de empresas patrocinadoras, que acreditam na capacidade do CBMAL em contribuir para a formação de uma juventude livre das drogas, e consciente de seus direitos e deveres, trabalhando para um Estado mais seguro e igualitário.



Revista multimídia do CBMAL - Edição de Março‏
A Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas lança sua terceira revista multimídia. O destaque foi as atividades desenvolvidas no Dia Internacional da Mulher. Para comemorar o dia, a capitã Camila Paiva, oficial feminina mais antiga na Corporação, escreveu o editorial desta edição:
“O que dizer de nós, mulheres guerreiras? Algumas mães, filhas, outras irmãs e tias. Esposas e às vezes avós, mulheres do lar, e no nosso caso, da terra, da água, do fogo e do ar.
O que dizer daquelas que há 18 anos alcançaram um ambiente totalmente desconhecido e com coragem e bravura enfrentaram os desafios da profissão que ensina a adentrar em ambientes com fogo, resgatar vidas humanas e salvar animais de alturas e profundezas temerosas?
Para nós, mulheres bombeiras de uma Corporação que nos acolheu e nos ensinou os desafios da profissão, é visível a evolução a qual nos submetemos e que nos tornou mulheres fortes, a cada dia, mais prontas para o que esta honrosa profissão nos proporciona.
Hoje somos capitãs, médicas, pilotos de aeronaves; mulheres operacionais e administrativas; condutoras de viaturas de grande porte; mulheres combatentes e, sobretudo, a voz, a dedicação, a criatividade e o bom senso que o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas tem a honra de ter e contar.
Parabéns para nós bombeiras, e além de tudo, mulheres!”
Para acessar a revista clique aqui.



Municípios constroem plano de contingência na CEDEC/AL
Os planos seguem o modelo padrão do Ministério da Integração Nacional
Por Luciana Leonardo
As oficinas do Plano de Ação para o Período de Chuvas – Região Nordeste foram realizadas no período de 02 a 05 de abril em Alagoas e deixou um saldo muito importante para os municípios participantes.  A Defesa Civil Nacional em conjunto com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (CEDEC/AL) construíram com representantes dos municípios planos de contingência seguindo o padrão adotado nacionalmente. Os planos foram construídos sob orientação de Luana Gonçalves do Ministério da Integração Nacional e do capitão Bombeiro Militar Marcos Paulo da CEDE/AL.
Com o plano de contingência, também chamado plano de riscos ou plano de recuperação de desastres é possível fazer um panorama de recursos institucionais, materiais e humanos, previstos e disponíveis no cenário do desastre, facilitando assim as ações de respostas.
Participaram das oficinas representantes dos municípios de Maceió, Coruripe, São Miguel dos Campos, Atalaia, Coqueiro Seco, Branquinha, Cajueiro, Santana do Mundaú, São José da Laje, Satuba, Paripueira e Ibateguara, além das regionais de Penedo, Maragogi e Arapiraca que serão multiplicadores dos conhecimentos adquiridos.
Em Alagoas nem todos os municípios possuem Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC) atuante. Entre os participantes das oficinas, alguns não sabiam o quanto o plano de contingência pode ajudar nas ações de Defesa Civil.  “Quando eu cheguei aqui não sabia de nada, mas agora com o plano de contingência nas mãos vai ser diferente. Vou sensibilizar o meu prefeito da importância da presença da Defesa Civil em meu município”, declara Larissa Leal, da Secretaria Municipal de Assistência Social de Ibateguara.
O município de Branquinha já possui uma COMDEC estruturada e já contava com um plano de contingência  simples  que foi incrementado de acordo com as orientações do Ministério da Integração Nacional. “Nós tínhamos um plano de contingência, mas não era tão detalhado. Com o modelo padrão, saberemos como mobilizar, coordenar ações e atuar de maneira padronizada, facilitando as respostas aos desastres. Temos agora um caminho a seguir”, disse o Major Bombeiro Militar Washington Luiz de Lima, Coordenador Municipal de Defesa Civil de Branquinha.
Além de elaborar um plano de contingência os representantes dos municípios tiveram palestras sobre mapeamento de risco, sistema de monitoramento, decretação de situação de emergência, estado de calamidade e cartão de pagamento de Defesa Civil.
O Plano de ação para o período de chuvas será concluído em 05 de maio com o simulado de Preparação para Desastres em todos os Estados do Nordeste simultaneamente. Aqui em Alagoas o simulado acontecerá no município de União dos Palmares.
Nota: Para maiores informações ligar para: (82) 3315-2822



Coordenador Estadual de Defesa Civil de Alagoas participa da formulação de Plano Nacional
Informações serão repassadas ao Ministério da Integração Nacional pela FGV
Por Thássia Santos
Na manhã desta terça-feira, 03, o Coordenador Estadual de Defesa Civil e Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, Coronel BM Luiz Antônio Honorato, recebeu uma técnica da Fundação Getúlio Vargas (FGV), empresa contratada pelo Ministério da Integração Nacional para realizar a aplicação de questionários aos órgãos de Defesa Civil de todos os Estados da Federação, que vão exercer papel essencial na formulação do Plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres (PNGRD).
Com o objetivo de dotar o País de um conjunto de ações de estrategicamente planejadas e discutidas por várias instituições brasileiras ligadas à Defesa Civil, o Plano irá contribuir com a redução de riscos e desastres em todo o país, que atualmente vêm gerando um alto número de perdas humanas e materiais. Segundo a técnica Sulamita Oliveira todas as informações dadas pelos Coordenadores Estaduais serão encaminhadas ao Ministério da Integração Nacional assim que for concluído o processo de entrevistas em todos os 27 Estados.
Para o Coronel BM Luiz Antônio a participação da CEDEC/AL é de suma importância, pois através dela muitos benefícios poderão ser disponibilizados para o Estado. “A nossa instituição está sendo vista pelo Governo Federal, e poder colaborar com este programa traz uma oportunidade da Secretaria Nacional (SEDEC) disponibilizar mais recursos para as atividades de defesa civil”, ressaltou o Coordenador Estadual, informando que serão enviados técnicos da SEDEC para auxiliar no trabalho desempenhado pela CEDEC durante a quadra chuvosa em Alagoas, entre os meses de abril e julho.



Bombeiros participam de ação conjunta para vistorias de prédios antigos
Uma força-tarefa entre o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBM/AL), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (CREA/AL), Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento (Sempla), Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU),  realizou vistorias técnicas em prédios antigos de Maceió.
A princípio, foram realizados vistorias no edifício Palmares (Centro), prédio do antigo Cine Plaza (Poço) e no prédio do antigo Hotel Atlântico (Jaraguá). Os principais problemas detectados foram a falta de certificação, exigidas pelo Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico (COSCIP), conforme o Decreto 4.173 de 7 de agosto de 2009. Além da falta da certificação, foram detectados problemas estruturais devido a deterioração dos prédios com mais de 20 anos de construção.
Segundo o tenente BM Sarmento da Diretoria de Serviços Técnicos, os prédios considerados antigos, construídos antes de 1992, é possível que os prédios possam ser interditados: “há a possibilidade de interdição, em último caso, se vier a oferecer risco iminente às pessoas, conforme artigo 223 do COSCIP”, declarou.
As vistorias dos prédios antigos continuam nos próximos dias, seguindo o calendário da força-tarefa. Serão realizados mais cinco vistorias em Maceió. Os prédios não foram divulgados para não atrapalhar a Operação.



CEDEC/AL se prepara para quadra chuvosa
Os meses de abril, maio, junho e julho compõem a quadra chuvosa
 Por Luciana Leonardo
A quadra chuvosa é foco principal do efetivo da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC). Para se preparar para o período de chuva que se inicia em abril, a Secretaria Nacional de Defesa Civil (SEDEC), do Ministério da Integração Nacional, realizará no dia 15 de março, no Distrito Federal, uma reunião com representantes de 07 Estados da Região Nordeste (Alagoas, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte) onde será apresentado o plano de ação.
A apresentação tem por objetivo elaborar planos de contingência em cinquenta e seis municípios com maior incidência de desastres. Essa atividade está dividida em duas etapas: na primeira serão realizadas no período de 02 a 05 de abril, em Maceió, oficinas de capacitação, e na segunda etapa, em 28 de abril, de forma simultânea nos Estados da Região Nordeste, simulados de preparação de desastres. Em Alagoas, o simulado acontecerá no município de União dos Palmares.
As oficinas de capacitação serão ministradas em 04 dias e abrangerá além da construção do plano de ação, palestras sobre mapeamento de risco, sistema de monitoramento, decretação de situação de emergência, estado de calamidade e cartão de pagamento da defesa civil nacional. Já os simulados visam o exercício de desocupação de uma área de risco com mobilização das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil (COMDECs) e órgão de apoio.
Paralelo a este plano de ação, a CEDEC/AL estará colocando em prática um cronograma de Capacitações com o efetivo da Defesa Civil. “É importante que o efetivo esteja atualizado para atuar na preparação, prevenção e resposta em um possível desastre”, garante o Tenente Coronel Gilson Romeiro, Secretário Executivo da Defesa Civil de Alagoas.



Bombeiros de Alagoas palestram em 1º Congresso de APH alagoano
Congresso está acontecendo no Centro de Convenções de Maceió
Por Stephany Domingos
Na tarde da última quarta-feira, 07, se iniciou, no Centro de Convenções de Maceió, o 1º Congresso Alagoano de Atendimento Pré-hospitalar (APH) que reunirá grandes nomes da área de saúde, urgência e emergência tanto de Alagoas quanto do Brasil. Entre eles foram convidados para ministrar palestras o Capitão BM Valdomiro Cavalcante, o 1º Tenente BM Luiz Augusto e o 1º Tenente Thiago Hilário, todos pertencentes ao Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL).
Para o Capitão Valdomiro Cavalcante, que no dia 10 ministrará a palestra “Emergência com Produtos Perigosos”, a oportunidade é única: “Ser palestrante de um evento desse porte, representando o Corpo de Bombeiros, e podendo capacitar outras pessoas passando conhecimentos que adquiri ao longo da carreira como bombeiro, é muito especial”, disse.
Com a finalidade de abordar os mais diversos assuntos na área de atendimento pré-hospitalar o Congresso se estenderá até o dia 10 de março, reunindo muitos profissionais que em quatro dias passarão conhecimentos atualizados na área para médicos, enfermeiros, bombeiros, fisioterapeutas, técnicos em radiologia, e diversos outros profissionais da área de atendimento pré-hospitalar.
Dentro da programação do evento estão 12 cursos, oito expositores e diversas palestras que abordarão assuntos como: biossegurança, medicina de catástrofe, atendimento às vítimas de trauma, emergências psiquiátricas, ética profissional, atendimento ao politraumatizado, entre outros temas.
A partir do convite da Dra. Ana Marluzia Alves Bonfim, gerente da Pró-Reitoria de Extensão de Cultura, Esporte e Lazer da Universidade de Ciências da Saúde (Uncisal), os bombeiros de Alagoas foram indicados para participar do Congresso, já que alguns temas específicos só poderiam ser ministrados por bombeiros especializados na área.
Para o 1º Tenente Luiz Augusto, que ministrará a palestra “Plano de ação a múltiplas vítimas”, a troca de informações é muito importante no Congresso. “Esta oportunidade proporciona uma maior motivação para continuar estudando a área de atendimento pré-hospitalar, além de me sentir prestigiado e reconhecido pelo convite. Espero em outros eventos desse tipo termos mais bombeiros representando a Corporação”, falou o tenente, completando que com a multiplicação da informação o objetivo maior é alcançado: salvar vidas.



Bombeiras de Alagoas comemoram seu dia de forma especial
Serviço operacional composto só por mulheres foi o ponto chave do dia
Por Stephany Domingos
Na manhã do dia 08 de março, data em que o mundo comemora o dia da mulher, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) resolveu homenagear suas honradas militares de maneira muito especial. No Quartel do Comando Geral (QCG) da Corporação, as mulheres degustaram um café da manhã com direito a sorteio de brindes e homenagens e logo após assumiram o serviço operacional das viaturas e da segurança do Quartel.
Segundo o Comandante Geral, Coronel BM Luiz Antônio Honorato da Silva, a mulher foi a melhor criação de Deus, moldada de forma especial para ser o que representa. “Não sei o que seria do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas se as mulheres aqui não estivessem. A presença das nossas bombeiras aqui é um divisor de águas, representa o carinho, a organização e o serviço bem feito”, falou o Comandante.
A soldado BM Caroline Brito, socorrista da Corporação, diz que ser mulher é um privilégio: “Somos mais criativas e detalhistas e quando aliamos nossas características às masculinas, formamos aqui no Corpo de Bombeiros uma combinação perfeita”. Já para a soldado BM Vanessa Késsia, guarda-vidas, a mulher tem uma capacidade de enxergar tudo de forma mais geral e universal, vendo tudo de maneira mais detalhada e cuidadosa.
Trinta e uma mulheres assumiram o serviço sob o comando da capitã BM Cristiane Sampaio, conferiram o material das viaturas e realizaram simulados operacionais dentro do QCG durante toda a manhã. Para a Capitã BM Cristiane, é importantíssimo um momento como este, no qual o Comando do Corpo de Bombeiros reafirma o seu compromisso em valorizar o seu público interno, sobretudo as mulheres. “Esta sensibilidade da Corporação é fruto do profissionalismo e inteligência de nossos gestores, que reconhecem o papel feminino nas diversas atribuições de competência do bombeiro militar. Tal ação impulsiona nosso trabalho, nos fortalece, motivando-nos a servir com cada vez mais excelência a sociedade alagoana”, disse.



Informativo CBMAL - Fevereiro de 2012 - Operação Carnaval‏
O Corpo de Bombeiros Militar atuou durante todos os dias do Carnaval nos principais pólos de folia de Alagoas. De Maragogi a Penedo, de Maceió a Santana do Ipanema, os bombeiros empregados na Operação Carnaval atuaram com amplo trabalho de prevenção para garantir que o folião aproveitasse da melhor forma a festa mais popular do Brasil.
Foram registradas 181 ocorrências e quase 1.500 ações preventivas, como orientações no consumo moderado de bebida alcoólica e perigos de afogamento nas praias, entre outros.
Além das orientações diretamente com os foliões, o Corpo de Bombeiros também atuou com ações preventivas na mídia, através de sua Assessoria de Comunicação. A campanha de prevenção "Dica dos Bombeiros" nas principais rádios de Alagoas foi um grande sucesso e mostrou a importância do trabalho de precaução, minimizando o número de ocorrências, normalmente alto nessa época do ano.
Para acessar a primeira revista multimídia de Alagoas clique aqui ou na imagem.




Defesa Civil Estadual realizará fiscalização integrada
A fiscalização integrada envolverá vários órgãos públicos de Alagoas
Por Luciana Leonardo
No próximo dia 29, quarta-feira, nas imediações do posto Flecha, no município de Messias, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (CEDEC-AL) em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Estadual de Saúde (SESAU), Polícia Militar de Alagoas (PMAL), Vigilância Sanitária, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA), Instituto do Meio Ambiente (IMA) e Secretaria de Planejamento, realizarão uma fiscalização integrada para identificar demandas, relacionadas à prevenção de desastres envolvendo produtos perigosos.
A fiscalização está regulamentada pelo decreto 4211 de novembro de 2009 que cria um grupo de trabalho com o objetivo de fazer a Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a acidentes com produtos perigosos (P2R2). Com a ação será possível fazer um panorama da situação real do transporte de cargas perigosas aqui em Alagoas.
Serão verificadas na ação: exame dos documentos de porte obrigatório, adequação dos rótulos de risco e painéis de segurança, bem como dos rótulos e etiquetas das embalagens ao produto especificado no documento fiscal, verificação de vazamento no equipamento de transporte de carga a granel e, em se tratando de carga fracionada, sua arrumação e estado de conservação das embalagens.
“É possível com a fiscalização colher informações e articular os membros da comissão estadual do P2R2, podendo assim desenvolver ações preventivas no tocante a desastres envolvendo produtos perigosos. Será possível também definir competências, atribuições no trabalho de resposta”, declara Tenente Coronel Gilson Romeiro, Secretário Executivo da Defesa Civil.
A Secretaria de saúde estará presente fazendo um trabalho voltado aos profissionais que trabalham no transporte com produtos perigosos, verificando pressão arterial, glicemia e dando orientações sobre cuidados com a saúde.
Contato: 8867-6460



No Dia Internacional da Mulher, as bombeiras alagoanas estarão no comando
Rotina da Corporação será alterada para homenagear as militares que conquistaram este espaço tipicamente masculino
Por Thássia Santos
No próximo dia 8, quando o mundo comemora o Dia da Mulher, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) planejou uma forma especial de homenagear as bombeiras alagoanas: elas estarão no comando de todas as viaturas operacionais do Quartel do Comando Geral, localizado no Trapiche da Barra, além de assumirem os serviços internos como de oficial-de-dia, militar responsável pela disciplina, e sentinelas, que protegem o quartel.
A programação terá início às 09h00, com a passagem de serviço, dos militares que estão iniciando o dia, para as bombeiras que assumirão todas as funções exercidas nas viaturas de resgate, combate a incêndios e busca e salvamento. Além do serviço, elas participarão de um treinamento operacional no pátio do QCG, com simulação de ocorrências de variadas áreas atendidas pelo CBMAL, e ainda serão agraciadas com um café da manhã com direito a algumas surpresas.
Atualmente, o Corpo de Bombeiros de Alagoas conta com um efetivo de 1353 militares, dentre eles, 194 mulheres guerreiras, que desde 1994 vêm ingressando nas fileiras da Corporação e mudando a história do CBMAL. Elas trouxeram um jeito novo de comandar e de prestar atendimento à sociedade, com paciência, sabedoria e sobretudo, um cuidado especial em tudo que faz, característica típica das mulheres. São capitãs, tenentes, subtenentes, sargentos, cabos e soldados, todas capazes de exercer as mesmas funções desempenhadas pelos homens, quebrando assim, paradigmas, como por exemplo, de que são o “sexo frágil”.


CSMar é destaque em revista nacional
Matéria da Revista Incêndio fala da difícil tarefa de salvar vidas no mar
Por Stephany Domingos
Conhecida entre os profissionais bombeiros de todo o Brasil, a revista incêndio tem circulação nacional e há 16 anos publica matérias de interesse de pessoas especializadas na área de prevenção, combate a incêndio e resgates.  Na última edição lançada em janeiro de 2012, a revista publicou uma matéria sobre o serviço de salvamento aquático, realizado pelos guarda-vidas (GV) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), com destaque especial para o Curso de Salvamento no Mar (CSMar) que há 08 anos forma GV’s especializados na Corporação.
A matéria também citou o Estágio de Salvamento Aquático (Esaqua) que com um teor menos rigoroso que o CSMar, treina os militares por cerca de dois meses para se tornarem aptos a salvar vidas em perigo nos mares, rios, lagos e piscinas. É a partir destes cursos que o guarda-vidas sente a necessidade do alto condicionamento aeróbico, justificado pela obrigação de transpor arrebentações com ondas de até dois metros e meio, como as que incidem no litoral alagoano, sem a necessidade de equipamentos como a nadadeira, sendo necessário apenas sunga e camiseta vermelhas.
Garra, coragem e superação são algumas das principais qualidades do bombeiro que, em meio a tantas dificuldades, encontra forças para viver o dia a dia de um curso complexo e difícil como o CSMar, realizado desde 2004 no CBMAL. Com a finalidade de se tornar um guarda-vidas especializado, o aluno do CSMar aprende todas as técnicas necessárias para desafiar as grandes ondas e as tantas adversidades encontradas no meio aquático, além de desgaste físico e mental, para retirar o afogado da zona de perigo e salvar pessoas em perigo de morte. Utilizando todas a técnicas de aproximação, abordagem, resgate, transporte e atendimento pré-hospitalar.
Escolhido pelo Comando da Corporação para dar a entrevista à Revista Incêndio por seu alto conhecimento na área, por ter sido um dos primeiros a fazer o Curso de Salvamento no Mar na cidade do Rio de Janeiro e por ter comandado as turmas do CSMar por várias edições, o Tenente Coronel João Henrique Medeiros sente orgulho da oportunidade que lhe foi dada. “Enaltecer o nome da Corporação em nível nacional é uma oportunidade única e poder falar de um dos cursos de salvamento no mar mais completos do Brasil também é de suma importância. Sei que o Corpo de Bombeiros está lutando para melhorar as condições de trabalho dos GV’s, através da compra de embarcações e equipamentos e isso poderá aumentar ainda mais a eficiência e eficácia no serviço prestado”, falou o Tenente Coronel.
O tenente coronel Medeiros ressalta que a formação de guarda-vidas tem que ser completa, com treinamento físico intenso, visando prepará-los para o salvamento no qual segundos são preciosos. Ele completa dizendo que é pela excelência e dedicação ao curso que os guarda-vidas do CBMAL, depois de formados, são altamente técnicos e prestam um serviço de alta qualidade a população. Competições a nível Sul americano em salvamento aquático também já valorizaram o nome da Corporação e dos GV’s, que a cada salvamento realizado sentem mais orgulho da profissão que escolheram para a vida.


Capotamento em frente a Braskem deixa trânsito lento
Vítimas, sem ferimentos, recusaram atendimento dos Bombeiros
Um capotamento de uma L200 branca de placa MVI 8525, de Marechal Deodoro, deixou o trânsito lento no sentido de quem vai de Maceió para o Francês, no início dessa tarde, 18. O acidente ocorreu na Avenida Assis Chateaubriand, em frente à Braskem.
Dois motosocorristas e uma Unidade de Resgate (UR), além do apoio da SMTT, estiveram na ocorrência que envolveu duas vítimas. O motorista do veículo alegou que perdeu o controle ao passar numa poça de água e bateu no meio-fio do lado do acostamento. Com o choque, o veículo atravessou a avenida e capotou no canteiro central. As vítimas não sofreram ferimentos e se recusaram a receber ajuda do Corpo de Bombeiros, assinando o Termo de Responsabilidade e assumindo o risco de não serem atendidas.
Para o sargento Alex Sander, comandante da UR, os jovens tiveram muita sorte de não ter sofrido ferimentos: “se o veículo tivesse atravessado para a outra pista a situação poderia ser muito pior”, declarou.


Defesa Civil de Alagoas participa de força-tarefa no Espírito Santo
Secretário Executivo da CEDEC/AL foi solicitado pelo Ministério da Integração Nacional
Por Thássia Santos
Após solicitação do Ministério da Integração Nacional, o Secretário Executivo da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (CEDEC/AL), Tenente Coronel BM Gilson Romeiro, viajou à Brasília para atuar no Centro Nacional de Desastre. Durante este trabalho, desastres naturais ocorreram nos Estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, e equipes de apoio foram enviadas para levar suporte do governo federal às coordenações de defesa civil dos estados e municípios afetados.
Com isso, o Secretário da CEDEC/AL foi enviado ao Espírito Santo, onde atuou junto com outras instituições ligadas à emergência e resposta a desastres, como o Grupo de Apoio a Desastres (GADE), a Força Nacional do SUS, o Serviço Geológico do Brasil, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) e a Agência Nacional de Águas (ANA), compondo assim a força-tarefa de apoio técnico, que além de gerenciar a logística e o pessoal empregado, teve ainda a missão de montar a sala de situação no Estado.
Para o Tenente Coronel Romeiro, a atuação no Espírito Santo rendeu-lhe uma experiência ímpar, fazendo-o refletir sobre a importância da gestão de defesa civil em Alagoas, a qual deve ser difundida na instituição. “Na sala de situação conseguimos demandar atividades para um dia, para uma semana, para um mês. Conseguíamos dar um gerenciamento periódico às nossas ações”, explicou o oficial, enfatizando a necessidade de implementar ações como as do Governo Federal em Alagoas, para que a resposta seja ainda mais eficaz em caso de um desastre natural.
Ainda segundo o Secretário Executivo, após esta experiência a meta agora será a implantação em Alagoas do sistema de comando de operações e da sala de gerenciamento de crises, com uma equipe trabalhando em parceria com outras instituições ligadas à defesa civil, demandando todas as ações de resposta e emergência de forma mais rápida.
As instituições de defesa civil atuantes no Espírito Santo contabilizaram 685 desabrigados, 11446 desalojados, 124 pessoas feridas e 8527 edificações danificadas ou destruídas no Estado.


Morte no trânsito aumenta em quase 50% no carnaval
Motoristas devem redobrar atenção durante os dias de folia
Em 2011, os acidentes de trânsito durante o carnaval causaram a morte de 695 pessoas, conforme apontam as estatísticas do Seguro DPVAT, que indeniza vítimas de acidentes de trânsito. O levantamento revela que, comparado aos demais dias do ano, o número de óbitos nas ruas e estradas brasileiras durante os dias de carnaval é 49% maior. Em 2011, houve 28.349 casos de morte indenizados por acidentes de trânsito, ou seja, uma média diária de 77 mortes por dia. Já em seis dias de carnaval, considerando também a sexta-feira anterior, quando o tráfego aumenta devido às viagens, a média de ocorrências indenizadas saltou para 116 óbitos por dia. O levantamento é da Seguradora Líder DPVAT, administradora do seguro DPVAT.
O Nordeste, onde se concentram as principais festas do país, foi a região com maior número de óbitos no carnaval, sendo registradas 240 mortes. O Nordeste superou inclusive o Sudeste, região mais populosa do país, que registrou 216 óbitos no período.
Dos óbitos registrados durante o carnaval, 81% das pessoas eram do sexo masculino, em geral, o próprio motorista do veículo. Para o diretor-presidente da Seguradora Líder DPVAT, os motoristas devem redobrar a atenção nos dias de carnaval. “O motorista sempre deve estar atento, praticar uma direção defensiva. Mas é justamente no carnaval, quando há o aumento do uso de bebida alcoólica e de infrações no trânsito, que se tem um crescimento nas estatísticas de acidentes com vítimas fatais. É preciso que as pessoas também tenham atenção nas estradas durante as viagens, preparar o carro com antecedência e, se possível, escolher horários com menor tráfego para evitar o cansaço do trânsito”, aponta Ricardo Xavier.
Ainda de acordo com o levantamento realizado, o maior número de óbitos ocorreu no sábado de carnaval, primeiro dia da festa, e a maioria das vítimas tinha entre 25 e 34 anos. Dos casos registrados, 67% ocorreram do anoitecer até a madrugada, horário em que as festas e bailes costumam acontecer. “A cada ano, temos a esperança que esse número diminua, mas não é isso o que vem ocorrendo nos últimos anos. Em 2009, foram 585 acidentes resultantes em morte indenizados, em 2010 esse número aumentou para 624, e em 2011 chegou a 695. Apesar do aumento de campanhas e avisos, infelizmente a imprudência de alguns acaba comprometendo a diversão e a vida de outros”, afirma Xavier.
De acordo com a Seguradora, as indenizações por morte ocorridas em 2011 ainda devem ter um acréscimo de cerca de 27 %, conforme experiência estatística, tendo em vista que os pedidos de indenizações podem ser feitos em até três anos após a data do acidente.
Sobre o DPVAT
O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, mais conhecido com Seguro DPVAT, existe desde 1974. É um seguro de caráter social que indeniza vítimas de acidentes de trânsito, sem apuração de culpa, seja motorista, passageiro ou pedestre. O DPVAT oferece coberturas para três naturezas de danos: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares (DAMS). O pagamento da indenização é feito em conta corrente ou poupança da vítima ou de seus beneficiários, em até 30 dias após a apresentação da documentação necessária. O valor da indenização é de R$ 13.500 no caso de morte e de até R$ 13.500 nos casos de invalidez permanente, variando conforme o grau da invalidez, e de até R$ 2.700 em reembolso de despesas médicas e hospitalares comprovadas. Para solicitar o seguro, não é necessário o auxílio de intermediários. A própria vítima pode solicitar atendimento gratuito em um dos pontos de atendimento do seguro DPVAT presente em todos os Estados brasileiros.
Fonte: Portal do trânsito


Viaturas do Corpo de Bombeiros foram recuperadas para carnaval
Onze viaturas reforçam a operação
Por Stephany Domingos
Para garantir um carnaval melhor equipado e com uma quantidade maior de viaturas para cobrir todo o Estado, os militares do Centro de Manutenção (CMAN) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) fizeram um mutirão na última semana para recuperar o maior número de viaturas possível e empregá-las na operação carnaval.
Foram 11 viaturas com problemas mecânicos solucionados e que a partir de hoje já reforçam a frota da Corporação no período carnavalesco. Sete unidades de resgate (UR), um Auto Bomba Tanque (ABT), um Auto Busca e Salvamento e uma pick-up estão entre as viaturas recuperadas. Além disso, uma Moto de Salvamento Aquático (jet-ski) também reforça o salvamento aquático a partir de hoje.
Segundo o Major Wellington Roberto, chefe do CMAN, o empenho de todos e a vontade de melhorar a operação carnaval 2012 fizeram os mecânicos e auxiliares do CMAN não medirem esforços para solucionar os problemas. Dentre as viaturas, a segunda unidade de resgate do Corpo de Bombeiros (UR 02) que chegou à Corporação em 1998 também foi recuperada e está pronta, como todas as outras, para garantir um melhor atendimento ao folião caso seja necessário.


Reforma do quartel do CB da Pajuçara está prevista para depois do Carnaval
Paulo Marques
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) vai receber do Governo de Alagoas recursos para reforma do Subgrupamento Independente Ambiental (SGIA), quartel localizado na Pajuçara. A verba para a reforma já foi liberada e a obra já foi licitada. A pendência está por conta da empresa que ganhou a licitação e da análise da prefeitura municipal de Maceió através da Secretaria Municipal de Controle de Convívio Urbano (SMCCU), visto que a obra precisa estar nos padrões de arquitetura de urbanização do município, já que o quartel se encontra na orla marítima.
A obra de reforma e ampliação custará, aproximadamente, R$ 200 mil. Para o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Antônio Honorato, todos os esforços estão concentrados nessa reforma para garantir que os bombeiros que ali trabalham possam desempenhar suas atividades da melhor forma possível: “É uma questão de amor a profissão. Os militares que ali trabalham são verdadeiros heróis e não podemos jamais permitir que assim não sejam tratados. Sabemos dasdificuldades e estamos fazendo de tudo para melhorar as condições de todos os bombeiros”, declarou o comandante.
O prédio onde está o SGIA foi cedido pela Prefeitura em 2008 e, hoje, tem condições precárias de abrigar um quartel tão importante para a sociedade alagoana, principalmente para moradores daquele bairro, pois além de ser uma área nobre e movimentada de Maceió, é um ponto estratégico para atendimento de muitas ocorrências que acontecem na região.
A reforma, com início previsto para depois do Carnaval, terá início pelo telhado onde será colocada uma coberta com Telha ecológica. Em seguida, toda a estrutura será moldada para confortar os bombeiros que atuam no SGIA.
O quartel foi criado em agosto de 2008 e atualmente trabalha com 58 Militares, que além das atividades de preservação ambiental, trabalha também no salvamento, principalmente nos casos de presos em ferragens. Além do SGIA, o CBMAL  tem outro posto de salvamentos especiais localizado no Tabuleiro dos Martins que atende a parte alta da cidade.


Bombeiros realizam reunião para definir detalhes da operação carnaval
Comando de Bombeiros da região metropolitana, do interior e pessoal escalado estiveram presentes
Por Stephany Domingos
Na manhã desta quarta-feira, 15 de fevereiro, aconteceu uma reunião no Gabinete do Comando Geral (GCG) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) reunindo o comando operacional da região metropolitana e do interior, além de comandantes de postos avançados que trabalharão em cidades do interior, e outros militares  e setores envolvidos com a operação, como a Assessoria de Comunicação, a Diretoria de Serviços Técnicos, a Corregedoria, entre outros.
Na ocasião, o Comandante de Bombeiros Operacional (COB) da Região Metropolitana, Coronel BM José Berilo Cruz, tirou todas as dúvidas dos militares a respeito da operação e fez os últimos acertos e adaptações com relação a escala dos bombeiros, estadia, operacionalidade, e conduta que deverá ser adotada no serviço.
A Assessoria de Comunicação fez uma apresentação para todos sobre os trabalhos que a mesma realizará durante o período carnavalesco, que será a elaboração de relatórios diários de ocorrências, contatos com a imprensa e produção de notas e matérias sobre a operação.
O plantão da Ascom começará no dia 17 e se estenderá até o dia 22 e todas as informações sobre ocorrências e atividades desenvolvidas na operação carnaval do Corpo de Bombeiros poderão ser obtidas através dos contatos 3315-2841 e 8833-8921.


Bombeiros estão prontos para atuar no Carnaval de Alagoas
Operação Carnaval dobrará o efetivo empregado na capital e no interior do Estado
Por Stephany Domingos
Originário da Grécia, o carnaval comemorado nos dias de hoje é totalmente diferente das comemorações gregas 600 anos antes de Cristo. Trazido para o Brasil pela nobreza de Portugal no ano de 1723 e com a influência dos diversos povos do país o carnaval se popularizou e se transformou na maior festa popular do mundo, marcado no calendário oficial do país e atraindo milhões de foliões. Reunindo multidões em busca de diversão, o carnaval também é conhecido como a época em que as pessoas ultrapassam seus limites, pondo em risco a integridade física de outros e de si próprio.
Assim, todos os anos o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) planeja a Operação Carnaval, com a finalidade principal de proporcionar atendimento seguro e imediato à população, por meio da implantação de postos avançados das unidades operacionais da corporação atuando com prevenção, combate a incêndios, salvamento terrestre, salvamento em altura, salvamento aquático e atendimento pré-hospitalar, bem como nas ações de Defesa Civil e Vistorias técnicas contra incêndio e pânico. Além disso, a operação visa reduzir efetivamente o tempo-resposta ao atendimento às vítimas, operacionalizando os postos avançados descentralizados, para o atendimento eficiente e eficaz às ocorrências são os principais objetivos da operação.
Segundo o Tenente Coronel Paulo Marques, Chefe da Assessoria de Comunicação do CBMAL, a operação carnaval está pronta para ser executada. “A população pode brincar e se divertir tranquila que o bombeiro estará pronto para atuar em caso de necessidade”, falou o Tenente Coronel, enfatizando a importância da conscientização dos foliões durante as festas, evitando combinar o uso de álcool com direção, além dos cuidados em praias e balneários, prestando atenção especial às crianças e aos locais perigosos para banho.
Visando uma comemoração segura, o Corpo de Bombeiros começou a organizar a Operação Carnaval já no início do primeiro mês do ano, distribuindo o efetivo em locais de maior concentração de pessoas nas cidades alagoanas. Cerca de 300 militares, 40 viaturas e embarcações serão empregados em Maceió e na Região Metropolitana que se estende da Barra de São Miguel a Barra de Santo Antônio.
Já no Interior do Estado, os bombeiros estarão empregados em Maragogi, Praia de São Bento, Penedo, Piçabuçu, Santana do Ipanema, Pão de Açúcar, Arapiraca, Traipu, Delmiro Gouveia, Piranhas e Palmeira dos Índios somando um efetivo de cerca de 380 militares, 30 viaturas e embarcações.
Segundo o Capitão Francisco Leopardi, Comandante do Subgrupamento de Salvamento Aquático (SGSA), localizado na Praia do Francês, além das guarnições diárias de Guarda-Vidas nos postos da Praia do Francês, em Marechal Deodoro, e nas praias de Jatiúca e Sereia, em Maceió, durante o carnaval o efetivo será aumentado garantindo maior segurança aos banhistas. Além destes, existem os postos de apoio nas praias do Gunga, Barra Nova e Pontal. “Cerca de 20 homens estão diariamente nos postos de Guarda-Vidas, e o GSA possui três mergulhadores e mais seis homens de apoio nos grupamentos de Maceió e do Francês”, relatou o Capitão.


Seção de Combate a Incêndios do aeroporto recebe certificação da ANAC
Aeroporto Zumbi dos Palmares atende aos padrões internacionais
A Seção de Combate a Incêndios (SCI) do Aeroporto Zumbi dos Palmares recebeu nesta quinta-feira, 7, a Certificação Operacional da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Na ocasião, o superintende regional da Infraero, José Cassiano Ferreira, parabenizou os bombeiros através de uma carta de congratulações: "É com muito orgulho que visito esta cidade maravilhosa para dar os parabéns aos bombeiros que aqui atuam de forma abnegada, profissional que atende aos padrões de qualquer lugar do mundo", declarou. A certificação habilita o aeroporto aos padrões internacionais de voo.
Para o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Antônio Honorato, é o resultado de um trabalho sério e dedicado de todos que compõem a Corporação: "ter o nosso trabalho reconhecido nacionalmente só prova que estamos no caminho certo", declarou. O Tenente Emílio Vieira, Chefe da SCI, diz que sente muito orgulho de trabalhar com pessoas responsáveis e abnegadas e que não medem esforços para executar um serviço de qualidade: "a ida do comandante geral da Corporação e do superintendente regional da Infraero a Seção de Combate a Incêndio para parabenizar o nosso trabalho é o fruto do nosso serviço e muito gratificante para nossos militares que se mostram empenhados sempre para melhorar a Seção", disse o Tenente.
A SCI de Alagoas foi a primeira a receber o prêmio da Superintendência Regional do Centro-Leste, que corresponde aos Estados da Bahia, Alagoas e Sergipe. Para o superintende do Aeroporto Zumbi dos Palmares, Adílson Pereira, a importância desta certificação é notória: "basta dizer que saímos na frente do aeroporto de Salvador, um dos mais importantes do país", disse.
O Aeroporto Internacional de Maceió/Zumbi dos Palmares oferece conforto e beleza aos usuários, sendo o quarto maior do Nordeste, com um terminal de passageiros de 22 mil m².


Novo posto do Francês: construção segue em ritmo acelerado
Obra deve ser entregue pela Prefeitura de Marechal até o Carnaval
Por Thássia Santos
Após reuniões com a Prefeitura de Marechal Deodoro, município onde está localizada a Praia do Francês, os bombeiros do Grupamento de Salvamento Aquático (GSA) convenceram os gestores municipais sobre a importância do trabalho desempenhado pelos Guarda-Vidas, que necessitam de um local adequado para desenvolver um serviço cada vez mais eficiente para quem freqüenta a praia.
Assim, a Prefeitura resolveu custear a construção do novo posto de GV do Francês, e o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) participou efetivamente do planejamento da nova estrutura. Junto com um engenheiro disponibilizado pela Prefeitura, os militares puderam definir os itens necessários para uma melhor prestação de serviço à comunidade, bem como melhores condições de trabalho para os militares.
O posto conta com uma excelente estrutura física, com depósito de materiais, ampla varanda de observação, abrigo para observação protegido de chuva e vento, banheiro, rampa para descida de embarcações, local para recuperação de vítimas durante a chegada da Unidade de Resgate, e um local para refeições dos GV, não precisando que os mesmos se ausentem do local durante o almoço, já que é neste período que cresce em cerca de 50% o número de ocorrências de afogamentos. Outra novidade é a escada virada para o mar, contribuindo para a agilidade do socorro efetuado pelos militares.
As obras tiveram início na metade do mês de janeiro, e deverá ser entregue à Corporação até o Carnaval, que ocorrerá entre os dias 18 e 22 deste mês. Para o Capitão BM Francisco Leopardi, comandante do 3º Subgrupamento do GSA, localizado no Francês, a nova estrutura possibilitará uma observação melhor da área de risco, conseguindo antecipar ocorrências. “Conseguiremos, com mais eficiência, perceber situações de risco e retirar a vítima antes que aconteça o afogamento, e a previsão inclusive é que diminua as ocorrências de afogamentos e aumente as prevenções”, explicou o oficial.
Ainda segundo o capitão Leopardi, o projeto está disponível para ser utilizado na construção de outros postos da Corporação, já que conta com uma estrutura adequada para o serviço de GV. A construção ainda vem proporcionando uma grande motivação na tropa do 3º SGSA, que está, inclusive, organizando um luau em comemoração pelo novo local de trabalho, que oferece qualidade, conforto e segurança para a população e para os bombeiros.


Bombeiros lançam a 1ª revista eletrônica multimídia de Alagoas
Informativo produzido pela Assessoria de Comunicação traz inovações e interatividade
Por Rafael Calheiros
Acompanhando o avanço tecnológico e o crescimento das novas mídias, a Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) desenvolveu a primeira revista eletrônica multimídia do Estado, o “Informativo CBMAL”. Muito além da tinta e papel, a revista eletrônica é pioneira porque traz novidades como a presença de vídeos e podcasts inseridos nas notícias da Corporação, além de alcançar um público muito maior de forma mais rápida e eficaz.
O comandante geral da Corporação, coronel Luiz Antônio Honorato, parabenizou a iniciativa do pioneirismo do projeto: “O CBMAL sai na frente na ampliação dos canais de comunicação. Além da nossa Intranet que já está consolidada, vamos fortalecer o nosso site para informar à sociedade e auxiliar a imprensa na busca de informações, oferecendo um material de alta qualidade, o qual demonstra a competência dos bombeiros de nossa assessoria”, disse.
Para o tenente coronel Paulo Marques, chefe da Assessoria de Comunicação (ASCOM), o novo canal faz parte de alguns projetos do setor para este ano: “além da revista, estamos lançando uma campanha nas rádios para a Operação Carnaval, com dicas dos bombeiros sobre cuidados a serem tomados em várias áreas. Também começamos a dar mais atenção às mídias sociais. Estamos nos modernizando para melhor informar a sociedade sobre a nossa querida Corporação”, disse.
A revista será publicada mensalmente, com as ações desenvolvidas pela Corporação, tanto na capital, como no interior do Estado. A publicação será divulgada através do mailing list da ASCOM, logo após de ser disponibilizada no site CBMAL (clique aqui). Os interessados em receber a publicação online poderão enviar e-mail para revistaeletronica@bombeiros.al.gov.br e contar com mais esta ferramenta de comunicação.
Para acessar clique na imagem e em ambientes internos da corporação consultar pela intranet.


Bombeiros inauguram consultório odontológico
Diretoria de Saúde conta com três profissionais da área
Visando um melhor atendimento aos bombeiros e seus familiares, a Diretoria de Saúde (DS) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) inaugurou nesta segunda-feira, 6, o consultório de Odontologia da Corporação. A conquista é um desejo antigo da tropa que solicitava do Comando Geral um atendimento de qualidade.
Para o comandante geral, coronel Luiz Antônio Honorato, o consultório é resultado de muito empenho para beneficiar a tropa: “agora o bombeiro e seus familiares podem usufruir de um serviço odontológico eficiente”, ressaltou.
Segundo o major Antônio Medeiros, chefe da DS, além de cuidar da saúde bucal, um dos principais ganhos é a vantagem do militar não ter qualquer ônus financeiro: “qualquer tratamento odontológico, seja por um plano de saúde ou particular, vai gerar um custo alto para quem utilizar. Com o apoio do Comando Geral, toda a manutenção (compra de material, medicamentos e outros materiais específicos) será garantida pelo CBMAL”, frisou.
Atualmente, a Corporação conta com três odontólogos. Assim, haverá uma escala para que sempre exista um plantonista de 7h às 13h durante todos os dias (de segunda a sexta). Segundo o tenente Albert Alves, coordenador da Odontologia, a estruturação do serviço representa a sensação de estar pagando uma dívida com a Corporação, pois apesar das limitações de um atendimento ambulatorial, há condições de se realizar a maior parte dos tratamentos.
O moderno consultório oferece diversos serviços como restaurações, raspagem, limpeza, aplicação de flúor, extração, raio-x e até pequenas cirurgias. Para o cabo Reginaldo Batista, o primeiro bombeiro a ser atendido pelo novo consultório, um tratamento odontológico sem custo é importante para todos os bombeiros e seus familiares: “agora podemos aproveitar um serviço odontológico de qualidade”, finalizou.
Legenda da foto: novo consultório oferece serviços que vão desde restaurações a pequenas cirurgias


Bombeiros de Alagoas trabalham para diminuir índice de afogamentos
Ações de prevenção demonstram preocupação da Corporação
Por Thássia Santos
Alagoas é um estado que, além de possuir um litoral com cerca de 270 km, apresenta uma grande quantidade de ambientes aquáticos, como lagoas, açudes e rios, além de cacimbas e cisternas, muito comuns na região do sertão alagoano, que contribuem para o aumento do índice de afogamentos. Só em 2011, foram 261 salvamentos realizados com sucesso pelo Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL).
Visando diminuir ainda mais estes números, a Corporação possui postos de Guarda-Vidas (GV) localizados em alguns pontos estratégicos de praias alagoanas, priorizando locais perigosos e muito movimentados, devido ao efetivo reduzido de GV. Paralelamente, a Corporação desenvolve ações preventivas junto à comunidade.
Entre estas ações está o Projeto Golfinho, desenvolvido em parceria com a Braskem, que trabalha com a prevenção através de ensinamentos de combate a incêndio, primeiros socorros e salvamento aquático, repassando para crianças de 8 a 13 anos conhecimentos que previnem afogamentos. O projeto, que neste último mês de janeiro concluiu sua 7ª edição, contempla 500 crianças todos os anos, e conta com a participação de várias instituições como, a ONG Salsa de Praia e a ONG Criança Segura.
Em 2009, a Corporação registrou um número de 279 resgates em ambiente aquático, o que não significa óbito das vítimas envolvidas. Em 2011, este índice diminuiu para 261 ocorrências, envolvendo acidentes em mares, açudes, rios, lagoas, cacimbas e cisternas. Vale ressaltar que os Guarda-Vidas do CBMAL não atuam em piscinas e balneários particulares, o que impede a diminuição deste tipo de ocorrência em alguns locais.
Tweetar
Festa e circo marcam encerramento do Projeto Golfinho
Entrega de premiações e brindes reuniu os 500 golfinhos em uma festa com brincadeiras e diversão
Por Stephany Domingos
Festa, brincadeiras e diversão. Essas foram as palavras de ordem do último dia da VII edição da Colônia Operacional do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) – Projeto Golfinho. Na manhã do dia 03 de fevereiro, os golfinhos se reuniram em uma grande festa no Clube dos Subtenetes e Sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, que levou entrega de brindes, premiações, entretenimento e música para as crianças. Participaram da festa toda a coordenação do projeto, além do subcomandante geral da Corporação, Coronel BM Gláucio Luís do Espírito Santo Alcântara e Karine Tavares, assessora de relações institucionais da Braskem.
Para o subcomandante geral, dois sentimentos se mesclam quando chega o fim projeto, a alegria e a tristeza: “estamos felizes por ter concluído mais uma edição do Projeto Golfinho com tanto sucesso e ao mesmo tempo tristes por já ter acabado”, falou o subcomandante, destacando um agradecimento especial a Braskem pela parceria, aos golfinhos pela dedicação e aos instrutores pelo empenho dedicado com tanto carinho ás crianças.
Já para Karine Tavares ter o Projeto Golfinho como um dos mais especiais patrocinados pela Braskem é uma satisfação: “A Braskem é uma empresa que se engaja em diversos projetos sociais e o Golfinho é um dos mais especiais entre os que colaboramos. Poder contribuir e participar do aprendizado saudável que o projeto proporciona para tantas crianças é um grande orgulho”, citou Karine.
Criado há sete anos como uma iniciativa de integração social, o Projeto Golfinho já se consolidou no calendário de férias das crianças alagoanas, que esperam ansiosamente o mês de janeiro chegar e quando participam a primeira vez não querem mais deixar de participar. A golfinha Luana participou da Colônia de Férias durante cinco anos e com 13 anos, a VII edição encerrou com chave de ouro sua participação no projeto. “Me sinto triste porque ainda queria fazer parte do Projeto Golfinho, mas também me sinto feliz porque sei que todo o aprendizado adquirido, as novas amizades e os instrutores serão levados comigo durante toda a vida”, se emocionou a golfinha.
Segundo a 2º Tenente BM Chyara Paiva, participar como instrutora do projeto foi uma experiência enriquecedora: “se os pais agradecem aos instrutores por cuidar de seus filhos com tanto amor, eu retribuo o agradecimento por tanto aprendizado que adquiri com as crianças durante um mês maravilhoso”, falou.
O dia se encerrou com a ida de todos os Golfinhos para o Circo Tihany através de uma parceria da Coordenação do Projeto com a Produção do Circo, que disponibilizou cortesias, encerrando o projeto com muita alegria e fazendo as crianças darem muita gargalhada e se maravilharem com a magia do Circo.
Legenda: No encerramento do Projeto Golfinho, circo Tihany encanta crianças


Exposição aproxima golfinhos do serviço dos bombeiros
Crianças puderam ver de perto equipamentos utilizados nos atendimentos
Por Stephany Domingos/Thássia Santos
Durante o Projeto Golfinho, a colônia de férias operacional do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) e Braskem, as crianças tiveram instruções sobre as diversas áreas atendidas pelos bombeiros, fazendo-as sonhar com o serviço operacional desempenhado pela Corporação. Pensando em promover uma maior aproximação entre os golfinhos e a instituição foi realizada uma exposição de matérias operacionais na manhã desta quinta-feira, 02, na Praia de Pajuçara.
Na exposição, as crianças puderam manusear os materiais, como capas, botas e máscaras usadas no combate a incêndio, nadadeiras para o salvamento aquático, além de assistirem a demonstrações de atendimento pré-hospitalar e amarrações de vítima para resgate em altura. Para Geovana, 12 anos, que participa do projeto há 4 anos, a experiência foi muito boa, já que ela pode aprender e conhecer muitas novidades, como por exemplo, o aparelho que identifica vazamento de gás.
Segundo o soldado BM José Augusto Barros, instrutor do projeto, é muito relevante que as crianças conheçam os materiais utilizados pelos militares no serviço, pois isso proporciona um aprendizado ainda mais completo. “Durante o projeto os golfinhos aprendem um pouco sobre o trabalho dos bombeiros na teoria, e ter a oportunidade de manusear os equipamentos enriquece o conhecimento repassado durante toda a semana”, ressaltou o instrutor.
O Projeto Golfinho conclui sua 7ª edição nesta sexta-feira, 03, com uma grande festa, que será realizada no Clube dos Subtenentes e Sargentos, no Trapiche da Barra, com a participação dos 500 golfinhos formados em 2012. Após a comemoração, os golfinhos terão a oportunidade de assistir ao espetáculo do circo Tihany, marcando a conclusão da colônia de férias operacional.
Legendas Fotos:
DSC 01_46 - Golfinhos aprenderam um pouco mais sobre os equipamentos utilizados no serviço bombeiro militar.
DSC 01_35 - Demonstração de atendimento pre-hospitalar fez parte da exposição.
DSC 01_17 - Equipamentos de combate a incêndio foram os que chamaram mais a atenção dos golfinhos.


Bombeiros farão exposição de equipamentos no Projeto Golfinho
Golfinhos terão acesso a todos os equipamentos operacionais da Corporação utilizados no serviço
Por Stephany Domingos
Durante uma semana, cada grupo de golfinhos composto por 125 crianças tem acesso a diversas disciplinas bombeiro militar e aprendem diariamente a aplicar os conhecimentos adquiridos nas instruções durante a realização da Colônia Operacional do Corpo de Bombeiros. Visando aliar a prática com a teoria, o Comando do Corpo de Bombeiros teve a iniciativa de levar as viaturas e equipamentos operacionais utilizados no serviço até as crianças.
Sendo assim, na próxima quinta-feira, 02, último dia em que os golfinhos estarão na Praia de Pajuçara, em frente ao Beer CRB, os Grupamentos operacionais da capital farão uma exposição de viaturas e equipamentos para as crianças, que terão acesso e poderão tirar todas as dúvidas sobre o serviço bombeiro militar.
Na ocasião, estarão presentes levando mais conhecimento aos golfinhos o 1º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) que exporá a mais nova viatura de combate a incêndio da Corporação adquirida com recursos da Taxa de Bombeiros, equipamentos de tecnologia avançada de incêndio e outros equipamentos operacionais desta área. Já o Grupamento de Salvamento Aquático fará uma exposição dos equipamentos para resgate a vítimas de afogamento, o Grupamento de Socorros e Emergência levará uma exposição da viatura de resgate e dos equipamentos para vítimas de acidentes e para atendimento pré-hospitalar e o Subgrupamento Independente Ambiental exporá uma viatura de salvamento adquirida em 2011 e vários materiais utilizados no serviço de salvamento em altura e terrestre.


Golfinhos ganham cortesias para o espetáculo do circo Tihany
Por Assessoria de Comunicação
No próximo dia 03 de fevereiro, sexta-feira, os 500 golfinhos que participaram da VII edição da Colônia de Férias Operacional – Projeto Golfinho participarão de uma grande festa de encerramento do Projeto que ocorrerá no Clube dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, localizado no Trapiche da Barra, às 7h.
Além da festa de encerramento todos os golfinhos terão o privilégio de assistir ao espetáculo do Circo Tihany também no dia 03, sexta-feira. As crianças deverão se apresentar aos instrutores e monitores às 16h, na entrada do circo, trajando o uniforme do projeto.
As cortesias foram disponibilizadas apenas para os golfinhos, sendo assim, os pais e responsáveis só poderão assistir ao espetáculo se comprarem ingressos. Os responsáveis que não desejem assistir à apresentação circense deverão deixar suas crianças com a coordenação do projeto às 16h, devendo ir buscá-las às 19h.

Uso correto do uniforme e higienização de equipamentos preservam a saúde do militar
Dermatologista ressalta a importância das práticas no dia-a-dia dos bombeiros
Por Thássia Santos
Diariamente, os bombeiros se deparam com situações de diversas origens. Salvamentos, atendimento a vítimas de acidentes de trânsito, resgate de afogados, combate a incêndios. Todos estes tipos de ocorrências requerem dos militares uma atenção especial, inclusive no tocante à postura do militar e o uso correto dos equipamentos operacionais disponíveis, que juntos garantem o sucesso da operação e a preservação da vida do bombeiro.
Entre outras preocupações inerentes ao socorro, os bombeiros devem estar atentos ao uso correto do uniforme operacional, o qual é composto por calça e gandola de mangas compridas, que evitam o contato direto da pele do militar com a capa de aproximação, roupa utilizada durante o serviço de combate a incêndio. Também é relevante que cada militar realize a lavagem de seus equipamentos de proteção individual, contribuindo para a prevenção de problemas de pele.
Segundo a Capitã BM Socorro Ventura, dermatologista do CBMAL, através da lavagem das roupas de aproximação a segurança aumenta, já que a quantidade de bactérias presentes nas mesmas diminui consideravelmente, contribuindo para a prevenção de infecções na pele. “A lavagem não esteriliza, mas diminui o número de bactérias nas roupas. O suor acumulado, quando a roupa não é lavada, pode levar à proliferação de bactérias com produção de mau-cheiro e fonte de infecções”, explicou a médica.
A Corporação, preocupada com a saúde dos seus integrantes, sempre orientou o uso da gandola debaixo da capa de aproximação, que além de aumentar a proteção contra o fogo, também diminui os riscos de infecções de pele. Além disso, foram adquiridas máquinas lavadoras de roupas para a limpeza das calças e capas utilizadas durante o serviço, ressaltando a importância da higienização dos equipamentos usados pelos militares, que se forem corretamente limpos e guardados evitam o surgimento de doenças de pele e proporcionam um serviço mais confortável e seguro para o bombeiro.

Bombeiros de Alagoas ressaltam crescimento nos últimos anos através da Taxa
119 conjuntos individuais completos de combate a incêndio foram comprados em 2011
Por Assessoria de Comunicação
A cada ano a arrecadação da Taxa de Bombeiros vem crescendo, registrando uma diminuição no índice de inadimplência que desde 2008, quando a arrecadação aumentou consideravelmente, oscila entre 60% e 65%.  No último ano, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) adquiriu R$ 1 milhão e 294 mil, um recorde de arrecadação que refletiu na aquisição de novas viaturas e equipamentos operacionais para todos os grupamentos de Alagoas.
Em 2011, foram comprados, apenas de equipamentos operacionais, 50 capacetes de salvamento, 200 óculos de proteção, 150 protetores auriculares, 300 máscaras para poeira, 850 pares de luvas, entre diversos outros materiais de proteção individual utilizados pelos bombeiros durante as operações, garantindo um serviço eficiente e seguro para o militar.
Com recursos da Taxa de Bombeiros e do Fundo Estadual de Segurança Pública, foi possível comprar 03 Auto Bombas Tanque (ABT), caminhão de combate a incêndio totalizando uma capacidade de 15 mil litros; três pick ups F-250, destinada ao salvamento com valor de R$ 150 mil, 02 viaturas pick-up Ranger. Só em Maceió, são oito caminhões - aumentando de 14 mil litros, em janeiro de 2011, para 81 mil litros de capacidade de armazenamento de água para combater incêndios em janeiro de 2012.
Segundo o Coronel BM Luiz Antônio Honorato da Silva, Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, estão em fase de aquisição equipamentos individuais de proteção para todos os militares que trabalham na área de combate a incêndio da Corporação. “Já foram licitados 119 conjuntos completos para combate a incêndio, compostos por capacete, calça e capa de aproximação, botas, luvas e balaclava, além de seis motocicletas que já foram adquiridas para serem utilizadas juntamente com os equipamentos de tecnologia avançada de incêndio, as quais também serão destinadas para Unidades da capital e do interior e deverão ser entregues na próxima semana”, explicou o Comandante, frisando que os equipamentos foram adquiridos com recursos do Governo Estadual, da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) e do convênio com a Infraero.
Além disso, uma viatura de combate a incêndio com capacidade de cinco mil litros já foi licitada e deverá ser entregue em aproximadamente 30 dias, para ser empregada no serviço operacional do Grupamento de Maragogi.
Já em relação ao concurso público para a Corporação, foi realizada, na última sexta-feira, 27, uma reunião com o Secretario de Defesa Social, Coronel PM Dário César, em que ficou acordado que será realizado o concurso ainda este ano. A quantidade de vagas está sendo estudada juntamente com a Secretaria Estadual de Gestão Pública.
Para o período carnavalesco já está pronta a Operação Carnaval, a qual envolverá cerca de 210 militares, 19 viaturas, além de embarcações que serão empregados em Maceió e na Região Metropolitana que se estende da Barra de São Miguel a Barra de Santo Antônio. Segundo o Tenente Coronel Paulo Marques, Chefe da Assessoria de Comunicação, “a Operação Carnaval já está montada e temos certeza de que será um sucesso como nos anos anteriores, em que sempre que a sociedade necessitou dos serviços da Corporação, foi atendida com rapidez e eficiência”, enfatizando a importância da conscientização dos foliões durante as festas, evitando combinar o uso de álcool com a direção, além dos cuidados em praias e balneários, prestando atenção especial às crianças e aos locais perigosos para banho.
Segundo o Capitão Francisco Leopardi, Comandante do Subgrupamento de Salvamento Aquático (SGSA), localizado na Praia do Francês, além das guarnições diárias de Guarda-Vidas nos postos da Praia do Francês, em Marechal Deodoro, e nas praias de Jatiúca e Sereia, em Maceió, durante o carnaval o efetivo será aumentado garantindo maior segurança aos banhistas. Além destes, existem os postos de apoio nas praias do Gunga, Barra Nova e Pontal. “Cerca de 20 homens estão diariamente nos postos de Guarda-Vidas, e o GSA possui três mergulhadores e mais seis homens de apoio nos grupamentos de Maceió e do Francês”, relatou o Capitão.
Garantidos pela contribuição de cada alagoano que entende a importância do serviço prestado pela Corporação e valoriza seus bombeiros, as novas aquisições dão ao CBMAL o suporte necessário para atender a quem precisa de socorro em todos os tipos de ambiente, seja no fogo, na terra, nas alturas, no mar. São inúmeros os benefícios para quem paga e para quem recebe, e o investimento retorna à população em forma de serviço de qualidade.
É direito e dever da população fiscalizar todos os órgãos da Administração Pública, os quais existem com a função de atender as necessidades dos cidadãos. Assim, o Corpo de Bombeiros está sempre de portas abertas para receber as pessoas que desejem saber mais sobre a Corporação e os equipamentos adquiridos nos últimos anos. Além disso, todas as compras realizadas pela Corporação podem ser visualizadas no portal da Transparência do Governo do Estado.

Bombeiros de Alagoas saem na frente com sistema online de acompanhamento de projetos
Sistema é pioneiro em todo o Brasil e promove avanços na Corporação
Por Thássia Santos
Disponível na grande rede desde o final de novembro do último ano, o Sistema de Acompanhamento de Projetos de Segurança (SAPS) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) traz em si o pioneirismo e a agilidade própria da era digital, facilitando a gestão da instituição bombeiro militar alagoana e a vida do contribuinte, que agora só precisa de um computador com internet para saber a situação atual do seu projeto de segurança contra incêndio. O que antes obrigava o contribuinte a comparecer ao menos cinco vezes na sede da Diretoria de Serviços Técnicos (DST), agora requer apenas o comparecimento na abertura do processo, quando é necessário entregar documentos comprobatórios. Assim, todo o processo tornou-se mais rápido e fácil, contribuindo para avanços na Corporação.
Há cerca de quatro anos, o CBMAL já possuía um sistema para projetos, porém o mesmo era muito simples, não oferecendo o mesmo suporte ofertado pelo SAPS. Com ele, a partir do momento que o contribuinte abre seu processo, ele passa a receber todas as informações através do e-mail cadastrado no sistema, tais como pendências, laudos, e o próprio certificado de aprovação, o qual é gerado automaticamente assim que todas as etapas do processo são concluídas e aprovadas pelo CBMAL.
Com isso, o certificado não é mais assinado, entretanto a autenticidade do mesmo deve ser comprovada através do sistema no site da Corporação, trazendo a necessidade de aquisição de tablet, espécie de computador de mão, que possibilitará aos bombeiros vistoriantes a prática deste tipo de consulta, e ainda a realização de notificações e aprovação de vistorias no próprio estabelecimento. A compra de cinco tablets já se encontra em andamento, o que representará mais um avanço na área de tecnologia da Corporação, oferecendo um serviço mais rápido e eficiente aos usuários.
Conforme o Major BM Reinaldo Moura, Chefe da Seção de Estudos e Projetos da DST, o sistema possibilitou várias melhorias no cotidiano da Corporação, diminuindo também o número de contribuintes na sede da DST, já que agora eles podem acompanhar a situação de seu processo diretamente do trabalho ou de casa. “O sistema proporcionou economia de papel, o remanejamento de pessoal para o trabalho externo de fiscalização, o controle interno dos projetos e o aumento da segurança nos estabelecimentos, já que agora tudo ficou mais fácil”, ressaltou o Major, frisando ainda que o sistema vem contribuindo também para o aumento da arrecadação desde sua implantação, que em menos de dois meses já arrecadou aproximadamente 100 mil reais, sendo a média dos meses de dezembro e janeiro de anos anteriores 60 mil reais.
Com tantas novidades tecnológicas, o Alagoas já é o Estado mais rápido em emissão de pequenos projetos, sendo pioneiro na implantação de um sistema como o SAPS. Ainda segundo o Major BM Reinaldo, nos outros Estados, em nível de bombeiro, existem apenas sistemas simples para este tipo de acompanhamento, existindo inclusive algumas Corporações que contrataram empresas privadas para implantarem o serviço, porém o CBMAL disponibilizando apenas uma equipe técnica de militares para trabalhar no desenvolvimento do sistema, não teve nenhum custo com a criação e implantação do mesmo.
A equipe desenvolvedora do SAPS é composta pelo 1º Tenente BM José Tenório de Barros, e pelos Soldados BM Fernando Galvão, Roumerito Melo e Tiago Bulhões, militares do Centro de Tecnologia em Informática e Informação, que possuem graduação na área, adquiridas de forma particular. O sucesso do sistema ressalta a importância da aplicação dos conhecimentos adquiridos em instituições de ensino em prol da Corporação, os quais constantemente promovem avanços relevantes na instituição, representando o alto grau de conhecimento da tropa alagoana.
Segundo o Tenente BM Barros, atualmente a DST gerencia todos os processos abertos tanto na própria sede, como nos grupamentos da capital e do interior, que possuem as Seções de Atividades Técnicas, tendo conhecimento sobre a situação dos projetos e a arrecadação de cada unidade. Além disso, o sistema está programado para gerar cartas quando os certificados de aprovação tiverem seus prazos de validade vencidos, o que ocorre quando o mesmo completa um ano, que serão enviadas aos proprietários dos estabelecimentos, devendo os mesmos comparecerem à Diretoria para a renovação.
Os contribuintes podem acessar o sistema através do endereço eletrônico www.bombeiros.al.gov.br/csat, onde é possível obter 2ª via de boletos, relação da documentação necessária para abertura de projetos, e ainda tirar as dúvidas mais frequentes, sendo um canal de comunicação entre o contribuinte e a Corporação, que através do SAPS, vem promovendo o aumento da segurança contra incêndio em Alagoas de forma inédita e eficaz.
Bombeiros iniciam oficinas de prevenção contra doenças sexuais
A iniciativa partiu das oficiais enfermeiras da Corporação
Por Thiago Omena
O Grupamento de Salvamento Aquático (GSA) foi o primeiro grupamento da capital a receber as oficinas educativas sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Com a iniciativa realizada por enfermeiras da Diretoria de Saúde do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), o foco visa instruir a tropa no período que antecede o Carnaval sobre educação em saúde.
Durante as oficinas, destaque para as dinâmicas sobre sexualidade, exposição de slides, relatos de pessoas que possuem ou já possuíram DST e AIDS e o uso correto dos preservativos masculino e feminino, e suas causas de preservação, conscientização e consequências.
Segundo a Tenente BM Giselle, após as oficinas, os militares estarão aptos a serem multiplicadores de informações, podendo ajudar outras pessoas. “Durante as oficinas eles viram a realidade do que é ter uma DST e AIDS, com isso, terão condições de ajudar outras pessoas, e até se algum deles passar por uma situação de contaminação saberá como procurar ajuda”, alertou.  A Tenente BM Michelle, que também é enfermeira, acrescenta que as informações inerentes à DST e AIDS no período que antecede o Carnaval é estratégico. “Como estamos em período de festas, onde a sexualidade está mais aflorada, focamos a preocupação com a preservação de nossos militares, oferecendo informações para qualquer tipo de problema referente às oficinas”, concluiu.
A iniciativa das oficinas, segundo o Comando do CBMAL, se deu no momento oportuno visando o bem estar da tropa. O Subcomandante Geral, Coronel BM Gláucio Alcântara, falou sobre a ação: “nós sabemos que a prática do sexo é saudável, mas temos que ter a melhor consciência de como utilizá-lo, para que possamos evitar doenças que ocasione até a própria morte. Louvo a iniciativa macro que o Comando fez para o bem estar da tropa e a iniciativa de nossas enfermeiras militares que irão ministrar oficinas em todos os quartéis da capital”, relatou o Subcomandante.
A Diretoria de Saúde dos Bombeiros avisou que após as visitas dos quartéis da capital, será estudada a possibilidade de iniciar as visitas nos Grupamentos do interior.
Corpo de Bombeiros reforma posto da Jatiúca
Nova base contribuirá para a melhoria do atendimento aos banhistas
Por Thássia Santos
Visando oferecer um atendimento mais rápido e eficaz aos banhistas e promover a melhoria das condições de trabalho dos Guarda-Vidas (GV), militares do Grupamento de Salvamento Aquático (GSA) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) iniciaram no início desta semana a reforma do posto de observação, localizado na praia de Jatiúca, nas proximidades do posto 7.
Entregue na época da revitalização da orla marítima de Maceió, o posto chegou a ser ocupado pelos militares do GSA, porém devido à falta de segurança durante o período noturno, vândalos invadiram o local e o serviço dos GV passou a ser realizado em um posto móvel, nas proximidades do hotel Ritz lagoa da anta.
Segundo o Capitão BM Francisco Leopardi, oficial que está respondendo pelo subcomando do GSA, a nova base proporcionará um avanço no atendimento aos freqüentadores da praia, e ainda melhorias das condições de serviço dos GV. “Agora os GV terão uma visão privilegiada da praia e o apoio necessário, contando uma nova estrutura hidrossanitária e um local para guardar os materiais”, explicou o oficial, enfatizando a dedicação e o empenho dos militares do GSA em trabalharem voluntariamente na reforma do posto, inclusive em seus horários de folga.
O posto entrou em funcionamento nesta quinta-feira, 26, e a partir de agora o serviço terá uma melhor estrutura, que será preservada através de parceria com a barraca 7 Reis, que disponibilizará segurança, e com a Polícia Militar que possui um boxe próximo ao posto. Há também um projeto de instalação de câmeras, o que garantirá a segurança do local e dos materiais operacionais utilizados no serviço.
Fortes chuvas causaram pequenos estragos em Maceió
As fortes chuvas deste final de semana causaram pequenos estragos na capital alagoana. Ao total foram nove ocorrências ocasionadas pelas chuvas, cinco neste domingo. As mais graves foram deslizamentos de barreiras que danificaram duas residências: uma no Vale do Reginaldo e a outra na Chã do Bebedouro. Porém, não houve vítimas.
Segundo o Coordenador de Operações do Corpo de Bombeiros deste domingo, 22, capitão Marcos Paulo Seara, os bombeiros atuaram em ocorrências consideradas normais. Ainda segundo o capitão, a Defesa Civil Estadual não recebeu nenhum pedido de ação por parte dos municípios. Por isso, a Defesa Civil Estadual não atuou diretamente já que ela só pode agir quando a Defesa Civil dos municípios não conseguem contornar o problema.
Para o coordenador do Centro de Gerenciamento de Emergência da Defesa Civil de Maceió, Paulo Noronha, os danos eram previstos devido ao aviso meteorológico divulgado pela Diretoria de Meteorologia da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH). “Por isso, os danos foram mínimos”, disse. O coordenador ressaltou que existem vários pontos de riscos iminentes que estão sendo informados às famílias, mas não entrou em mais detalhes.
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) continua em alerta para o caso de ocorrência de mais chuva no Estado, já que a previsão para os próximos dias é de chuva. O alerta se dá principalmente nos municípios que não possuem uma Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC) estruturada. Além disso, todas as ocorrências devido às fortes chuvas na capital alagoana que estão sendo recebidas pela CEDEC estão sendo repassadas para a COMDEC de Maceió para que tomem as providências técnicas cabíveis. Como o alerta de chuva foi dado para todo o litoral alagoano, a CEDEC está aguardando a resposta dos municípios a respeito da situação em decorrência da chuva.
Qualquer ocorrência operacional envolvendo deslizamento de barreira, acidentes de trânsito, quedas de árvore, entre outras, devem ser informadas ao Corpo de Bombeiros através do telefone 193 ou para a Defesa Civil Estadual através do contato 3315-2822.
BALANÇO – O Sistema de Gestão Operacional Unificado do Corpo de Bombeiros registrou um total de 53 ocorrências neste final de semana. A maioria delas no sábado: 29 no total. O recordista de ocorrências é de acidentes de trânsito, com 17 no total. Riscos iminentes de queda de árvores, atendimento a mal súbito, insetos agressivos, incêndios e até um afogamento – mesmo com as fortes chuvas – foram registrados no sistema.
Defesa Civil Estadual continua em alerta
A previsão é de chuvas torrenciais para esta madrugada
O Corpo de Bombeiros informa que a previsão é de chuvas torrenciais durante a madrugada deste domingo, 22, em todo o Estado de Alagoas. A previsão foi dada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) que entrou em contato com a Defesa Civil Estadual.
Segundo o aviso meteorológico divulgado pela Diretoria de Meteorologia, um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), que está provocando o aumento da nebulosidade e convecção sobre a costa leste do Nordeste, continuará atuando na noite desde sábado, 21, e também no domingo, 22. Com isso, existe a possibilidade de pancadas de chuva sobre o estado de Alagoas que poderão vir intercaladas com períodos de tempo seco.
Na última sexta-feira, 30, O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas havia recebido algumas ocorrências devido às fortes chuvas que caíram em Alagoas e deixaram vários pontos de alagamentos na capital. Dentre as ocorrências recebidas pelos Bombeiros, estão deslizamentos de barreiras na Gruta do Padre, em Bebedouro, sem vítimas e sem danos materiais a nenhuma residência, além de outro deslizamento de barreira no Mutange, apenas com danos materiais, uma queda de árvore na rua 21 de abril, Prado, que foi passada para a SLUM e um prédio com rachadura no Conjunto Divaldo Suruagy, Bloco 1A, Pinheiro. Em nenhuma das ocorrências citadas foi necessária a atuação do Corpo de Bombeiros.
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) continua em alerta para o caso de ocorrência de mais chuva no Estado, principalmente nos municípios que não possuem uma Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC) estruturada. Além disso, todas as ocorrências devido às fortes chuvas na capital alagoana que estão sendo recebidas pela CEDEC estão sendo repassadas para a COMDEC de Maceió para que tomem as providências técnicas cabíveis. Como o alerta de chuva foi dado para todo o litoral alagoano, a CEDEC está aguardando a resposta dos municípios a respeito da situação em decorrência da chuva.
Qualquer ocorrência operacional envolvendo deslizamento de barreira, acidentes de trânsito, quedas de árvore, entre outras, devem ser informadas ao Corpo de Bombeiros através do telefone 193 ou para a Defesa Civil Estadual através do contato 3315-2822.
CUIDADOS - Não jogue lixo ou entulho no córrego, para não obstruir a passagem da água: sem ter para onde escorrer, o alagamento é inevitável; não construa próximo a córregos que possam inundar nem em cima de barrancos; em caso de enxurradas, se o nível de água estiver subindo, vá com sua família para um lugar seguro; não deixe crianças brincando na enxurrada ou nas águas dos córregos, pois elas podem ser levadas pela correnteza ou contaminar-se, contraindo graves doenças, como hepatite e leptospirose. Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou em locais inundados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito; cuidado com a água que for beber: veja se não foi contaminada pela inundação, o que traz sérios riscos à saúde; Em caso de febre, vômitos, diarreias, dores de cabeça ou no corpo, se tiver qualquer outro sintoma de doenças ou alguma dúvida sobre os procedimentos seguros para sua saúde, procure imediatamente o Centro de Saúde mais próximo.
250 crianças já participaram do Projeto Golfinho
Corpo de Bombeiros e Braskem comemoram sucesso do projeto
A segunda semana do Projeto Golfinho, idealizado pelo Corpo de Bombeiros em parceria com a Braskem, chegou ao fim nesta sexta-feira, 20 com a tradicional formatura de encerramento das turmas e contou com a presença do subcomandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Gláucio Luís Alcântara, além da presença em massa dos pais. Ainda são esperadas mais 250 crianças até o dia 3 de fevereiro, onde termina o projeto com uma grande confraternização envolvendo todas as turmas de 2012.
Em sua VII edição, o Projeto Golfinho é um grande sucesso devido ao Corpo de Bombeiros, através de militares abnegados, e a Braskem, que acredita no projeto dando todo o apoio necessário para a realização do mesmo. Segundo o major BM Carlos Cauper, coordenador do projeto, “são 500 crianças que saem da ociosidade e aprendem diversas atividades tornando-se os novos cidadãos de amanhã”, disse. Para o major, “o trabalho só é possível graças ao empenho de profissionais de diversos ramos na Corporação e sociedade civil alagoana, se dedicando voluntariamente. Além, é claro, da parceria com instituições privadas, como a Braskem, que viabiliza a execução do Projeto Golfinho tornando-o um grande sucesso”, finalizou.
O pequeno Lucas, de 9 anos, participou pela primeira vez do projeto e já disse que não quer mais deixar de participar: “aqui é muito legal porque a gente aprende muita coisa brincando”, disse.
Já para a pequena Beatriz, de 8 anos, que comemora sua segunda participação no projeto, o importante é fazer amizades: “ano passado também foi muito legal porque fiz muitos colegas”. Empolgada, afirmou que pretende participar no ano que vem e que já sente saudades dos “tios e tias”, instrutores que trabalham no projeto.
Para o funcionário público Alessandro Lima, pai de Beatriz, a importância de ações como esta são fundamentais para um melhor cidadão no futuro: “Muitos conceitos que carregamos para o resto de nossas vidas, aprendemos quando ainda somos crianças”, disse.
Dividido em três pelotões de acordo com a faixa etária, as crianças têm noções de salvamento aquático, combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, além de palestras sobre bullying, violência, cuidados com a saúde, preservação do meio ambiente, civismo e patriotismo.
Em meio às competições envolvendo perguntas sobre o conhecimento adquirido durante a semana e gincanas para a conquista dos primeiros lugares, muita diversão embala a criançada como a prática de atividade física, banhos de mangueira, além de música e dança. Ao final da semana, a colocação pouco importa, pois todos são vitoriosos. Uma das lições do Projeto Golfinho é valorizar o espírito de companheirismo. Ao final da formatura, foi possível observar os ensinamentos adquiridos durante a semana sendo praticados pelas crianças. Um pai que iria atravessar a rua foi repreendido pelo filho porque não estava atravessando pela faixa de pedestre.
PARCEIROS - O sucesso do Projeto Golfinho não seria possível sem o apoio da Braskem, principal patrocinadora do projeto. Além da Braskem, o projeto conta com parceiros importantes em sua execução como a ONG Salsa de Praia, que ensina as crianças a preservarem o meio ambiente e separar o lixo conscientemente; a ONG criança segura, responsável pelas instruções de reanimação cardiopulmonar e engasgo, alunos de nutrição da Universidade Federal de Alagoas; além de vários voluntários.
*****
Legendas:
proj golfinho 1: Com muita música e descontração, crianças praticam atividade física na praia
proj go
Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Estadual estão em alerta devido às fortes chuvas desta madrugada
Por Stephany Domingos
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas recebeu, na madrugada desta sexta-feira, 20, algumas ocorrências devido às fortes chuvas que caíram em Alagoas e deixaram vários pontos de alagamentos na capital.
Dentre as ocorrências recebidas pela Corporação, estão deslizamentos de barreiras na Gruta do Padre, em Bebedouro, sem vítimas e sem danos materiais a nenhuma residência, além de outro deslizamento de barreira no Mutange, apenas com danos materiais, uma queda de árvore na rua 21 de abril, Prado, que foi passada para a SLUM e um prédio com rachadura no Conjunto Divaldo Suruagy, Bloco 1A, Pinheiro. O Corpo de Bombeiros não precisou atuar em nenhuma das ocorrências citadas.
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) continua em alerta para o caso de ocorrência de mais chuva no Estado, principalmente nos municípios que não possuem uma Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC) estruturada. Além disso, todas as ocorrências devido às fortes chuvas na capital alagoana que estão sendo recebidas pela CEDEC estão sendo repassadas para a COMDEC de Maceió para que tomem as providências técnicas cabíveis.
A Defesa Civil Estadual ainda não tem o conhecimento de todos os municípios que foram atingidos pelo temporal desta madrugada, devido o não funcionamento do radar meteorológico da UFAL. Como o alerta de chuva foi dado para todo o litoral alagoano, a CEDEC está aguardando a resposta dos municípios a respeito da situação em decorrência da chuva.
Qualquer ocorrência operacional envolvendo deslizamento de barreira, acidentes de trânsito, quedas de árvore, entre outras, devem ser informadas ao Corpo de Bombeiros através do telefone 193 ou para a Defesa Civil Estadual através do contato 3315-2822.
Militares do 7º GBM participam de EBSalv
Estágio aborda diversos tipos de salvamento em uma semana intensa de instruções
Por Thássia Santos
A semana está sendo diferente para 21 militares do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL). É que eles estão participando do Estágio Básico de Salvamento (EBSalv), que repassa conhecimentos aos militares voluntários, sendo vinte do 7º Grupamento de Bombeiros Militar, localizado no município de Arapiraca, e um do 9º GBM de Santana do Ipanema. O Estágio vem acontecendo durante toda esta semana, entre os dias 16 e 21 de janeiro, e aborda os diversos tipos de salvamentos realizados pelos bombeiros em sua rotina de trabalho.
Através de instruções de produtos perigosos, salvamento aquático, salvamento terrestre e em altura, o treinamento oferece não só uma oportunidade para a tropa relembrar, mas também para adquirir os conhecimentos mais recentes em salvamento. Para isso, os instrutores do EBSalv/Edição 7º GBM são militares recém-formados no Curso de Salvamentos Especiais (CSEsp), que prepararam instruções com novidades nas diversas áreas de atuação do CBMAL, cumprindo assim, a missão de repassar o conhecimento adquirido em curso para a tropa, contribuindo para o avanço da qualidade do serviço que é prestado à comunidade.
Entre os alunos do EBSalv está o 2º Tenente BM Ranieri Felix, militar que já tem 29 anos de serviço, e mesmo assim, foi voluntário para participar do treinamento. "Mesmo faltando poucos meses para ir para a reserva, fiz questão de participar do Estágio e não perder esta excelente oportunidade de aprender ainda mais, pois, até o último momento quero assumir as missões de um bombeiro e assim, contribuir com a Corporação", ressaltou o militar, aproveitando para frisar a importância da capacitação para motivar os companheiros de trabalho, desde o mais moderno ao mais antigo.
Segundo o Capitão BM Alexandre Lima, coordenador do Estágio, a realização do EBSalv é um desejo antigo da tropa do 7º GBM, já que a maioria reside em Arapiraca e em municípios circunvizinhos, encontrando dificuldades para acompanhar um curso na capital. "Além de poder revisar algumas técnicas e conhecer o que há de mais novo em salvamento, através destas iniciativas a Corporação promove a motivação da tropa, aumenta a qualidade do serviço e ainda, fortalece a imagem do CBMAL junto à população", enfatizou o coordenador, lembrando a importância do apoio dado pelo Comando Operacional de Bombeiros do Interior (COB/I), através do Coronel BM Neitônio Freitas.
As instruções acontecem na sede do 7º GBM, o qual oferece uma excelente estrutura para a realização dos treinamentos, e também em outros locais de Arapiraca que favorecem o treinamento, como um viaduto e prédios. A rotina de instruções segue até a noite dessa sexta-feira, 20, quando será realizado um coquetel em comemoração à conclusão do Estágio. Ainda segundo o Capitão Alexandre, na próxima semana o EBSalv será realizado no 2º GBM, localizado em Maragogi, e na última semana de janeiro há a previsão de que ocorra no 9º GBM de Santana do Ipanema, abrangendo também os militares do grupamento de Delmiro Gouveia.
Defesa Civil de Alagoas alerta sobre a possibilidade de chuva
Previsões são para os dias 20 e 21 deste mês
Por ASCOM/CBMAL
Com base em informações da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), repassada nesta quinta-feira, 19, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC/AL) alerta sobre a possibilidade de chuvas no território alagoano nos dias 20 e 21 do corrente. As previsões podem ser verificadas na sessão "Tempo e Clima" do site da SEMARH (clique aqui para acessar o site), onde é possível visualizar as imagens de satélite, as quais são constantemente acompanhadas pelos meteorologistas da secretaria, visando à prevenção de desastres, através do aviso prévio às comunidades e aos órgãos de defesa civil do Estado.
Bombeiros divulgam balanço de ocorrências
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas mostra o balanço geral das ocorrências de 2011 registradas no Sistema de Gestão Operacional Unificado (SisGOU).  Ao todo, foram 9.558 (uma média de 26,18 ocorrências por dia ou 796,5 por mês) sendo 7859 na região metropolitana (Grande Maceió e os litorais – Barra de Santo Antônio a Barra de São Miguel). Só no último trimestre de 2011 foram 1920 ocorrências.
O dia que teve o maior número de ocorrências registradas foi justamente o primeiro dia do ano. No Réveillon foram registradas 69 ocorrências, superando inclusive a dias de muita festa como o Carnaval. Em contrapartida, o dia mais "tranquilo" de 2011 foi o dia 11 de maio com apenas quatro ocorrências.
OCORRÊNCIAS COMUNS – Dos 110 tipos de ocorrências registradas no SisGOU, os acidentes de trânsito (com ou sem vítimas) são os mais comuns: com 1557 eles representam 16,29% do total. Em segundo lugar, os incêndios: em 2011 foram 1006 em todo o Estado. Uma média de 2,76 por dia. Atendimento a quedas representam 925 ocorrências. Com 741 ocorrências, seguem os atendimentos a casos clínicos. Combate a insetos agressivos representam 500 ocorrências do total. Essas ocorrências mais comuns representam 49,48% ou 4729 acionamentos.
Completando o "top 10" de ocorrências seguem em sexto, os resgates de animais (470); em sétimo os transportes a vítimas já atendidas (361); em oitavo, as buscas de animais (337), em nono, colisões de veículos em postes, árvores, muros e afins (327); e em décimo, outras ocorrências não especificadas (276). Afogamento foi apenas o 13º tipo de ocorrência mais atendida em 2011: 200 no total, sendo 186 na capital.
PRIMEIRA SEMANA DE 2012 – Um comparativo dos primeiros sete dias de 2012 com o mesmo período do ano passado mostram uma melhora significativa no número das ocorrências. Em 2011 foram 270 sendo 69 no primeiro dia do ano. Em 2012, foram 192 ocorrências (47 no dia 1º de janeiro).
Enquanto o turismo comemora a grande quantidade de turistas em Alagoas, uma das principais preocupações do Corpo de Bombeiros neste começo de ano, é justamente a grande quantidade destes turistas, principalmente na capital, que vêm ao Estado conhecer as belezas naturais (principalmente as praias), o que pode acarretar um número maior de ocorrências envolvendo afogamentos. Nos finais de semana o efetivo de guarda-vidas é aumentado para uma melhor cobertura nas praias.
Neste começo de ano já foram registrados oito afogamentos sendo dois óbitos. Apesar destes dados, a expectativa para o ano ainda é boa já que o trabalho de prevenção e informação vem sendo amplamente divulgado. Já é possível perceber uma leve melhora comparada a 2011, que registrou 12 ocorrências no mesmo período.
Segundo Secretaria de Turismo de Alagoas, a expectativa para o 1º trimestre é que 88 mil turistas devem pisar em solo alagoano e desfrutar das belezas naturais e gastronomia local. Há 4 anos o número de turistas em AL vem crescendo significativamente.
Animação marca o primeiro dia do Projeto Golfinho
Projeto é um exemplo de integração social para crianças e já está em sua VII edição
O Projeto Golfinho, idealizado pelo Corpo de Bombeiros em parceria com a Braskem, começou nesta segunda-feira, 9, na praia de Pajuçara com a primeira turma de crianças que tiveram noções de diversas atividades de bombeiro militar. O projeto é uma colônia de férias que tem como objetivo ensinar às crianças algumas noções de salvamento aquático, combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, além de palestras sobre bullying, violência, cuidados com a saúde, preservação do meio ambiente, civismo e patriotismo.
Dividida entre quatro semanas, a edição de 2012 começou nesta segunda e vai até o dia 3 de fevereiro. Para este ano foram disponibilizadas 500 vagas para as crianças interessadas com idades entre 8 e 13 anos. As inscrições são gratuitas e começaram em novembro do ano passado. Já nas primeiras horas do primeiro dia, todas as vagas foram preenchidas justificando o grande sucesso do projeto.
Segundo o major BM Carlos Cauper, coordenador da colônia de férias "graças à dedicação e abnegação dos bombeiros que não medem esforços para tornar o projeto uma realidade e ao apoio da Braskem que acredita que nosso trabalho está dando certo, o Projeto Golfinho já está consolidado e não tem como desmembrá-lo do calendário do Corpo de Bombeiros", afirmou.
Para Milton Pradines, gerente de Relações Institucionais da Braskem "a parceria com o Corpo de Bombeiros na realização do evento confirma a preocupação da empresa com ações voltadas para a comunidade. O Projeto Golfinho é uma oportunidade de lazer e aprendizado para centenas de crianças a cada ano, contribuindo para formação de melhores cidadãos no futuro".
Muita diversão e animação marcaram o primeiro dia do projeto. Após a entrega dos kits para as crianças, houve o primeiro contato com os instrutores que prepararam diversas atividades educacionais. Para o pequeno Lucas, de 8 anos, é muito bom estar na colônia de férias para conhecer novos amigos além de aprender lições importantes: "já no primeiro dia aprendi que não pode passar trote para os bombeiros porque alguém pode estar precisando de ajuda", disse.
A novidade da VII edição do Projeto é a participação de um grupo de estudantes de nutrição da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), que realizarão a medição de peso, altura, índice de massa corporal (IMC), índice de gordura, entre outros as segundas e sextas-feiras. A finalidade desta ação é realizar um estudo de evolução nutricional durante a semana das crianças no Projeto, já que a prática de atividade física é muito executada, e combinada com uma alimentação saudável, é de fundamental importância para o Projeto.
PARCEIROS - O Projeto Golfinho conta com parceiros importantes em sua execução como a ONG Salsa de Praia, que ensina as crianças a preservarem o meio ambiente e separar o lixo conscientemente; a ONG criança segura, responsável pelas instruções de reanimação cardiopulmonar e engasgo; além de 29 voluntários.
*********
Legendas das fotos:
DSC 0031: De forma lúdica, bombeiros e agentes de saúde ensinam às crianças os riscos da dengue.
DSC 0040: Crianças aprendem informações de utilidade pública com bombeiros; salvamento aquático, APH, buillying, dengue são alguns exemplos.
Corpo de Bombeiros e Braskem: uma parceria de sucesso no Projeto Golfinho
Projeto que já está em sua VII edição, é um exemplo de integração social
Por Stephany Domingos
Atividade física na praia, disciplina, recreação com muita brincadeira e aprendizagem da vida bombeiro militar.  Esses são os principais atrativos que fazem as crianças se apaixonarem pelo Projeto Golfinho, uma iniciativa de integração social realizada através da parceria entre a Braskem e o Corpo de Bombeiros, que em sua VII edição, já faz parte do calendário de férias das crianças alagoanas.
Dividida entre quatro semanas, a edição de 2012 terá início na manhã da próxima segunda, 09, na praia de Pajuçara, em frente ao Beer CRB, onde o primeiro grupo de golfinhos começará a semana com o pé direito e muita diversão oferecida pelo Projeto. Para este ano foram disponibilizadas 500 vagas para as crianças interessadas com idades entre 8 e 13 anos. Já no primeiro dia, as inscrições foram encerradas com todas as vagas preenchidas.
Segundo o Major BM Carlos Cauper, Coordenador da Colônia de Férias Operacional do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) - Projeto Golfinho, tudo está pronto para receber as crianças durante as quatro semanas do Projeto: "Graças à parceria que firmamos com a Braskem desde a primeira edição, conseguimos todos os anos realizar o Projeto”, afirmou o Coordenador. Para Milton Pradines, gerente de Relações Institucionais da Braskem “a parceria com o Corpo de Bombeiros na realização do evento confirma a preocupação da empresa com ações voltadas para a comunidade. O Projeto Golfinho é uma oportunidade de lazer e aprendizado para  centenas de crianças a cada ano, contribuindo para formação de melhores cidadãos no futuro".
Com a finalidade de unir um conjunto de atividades, com o objetivo de fornecer às crianças, noções básicas de segurança nas atividades aquáticas, primeiros socorros, natação e esportes em geral, salvamento, preservação do meio ambiente e princípios de civismo e patriotismo, o Projeto Golfinho conta com parceiros importantes em sua execução, sendo eles: a ONG Salsa de Praia, que ensina as crianças a preservarem o meio ambiente e separar o lixo conscientemente, a ONG criança segura, responsável pelas instruções de reanimação cardiopulmonar e engasgo, além de 29 voluntários da Corporação que se revezam entre as instruções de combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, salvamento aquático, educação física, recreação, drogas e bullying.
A novidade da VII edição do Projeto é a participação de um grupo de estudantes de nutrição da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), que realizarão a medição de peso, altura, IMC, índice de gordura, entre outros as segundas e sextas-feiras. A finalidade desta ação é realizar um estudo de evolução nutricional durante a semana das crianças no Projeto, já que a prática de atividade física é muito executada, e combinada com uma alimentação saudável, é de fundamental importância para o Projeto.
Corpo de Bombeiros recebe equipamentos de combate a incêndio
Solenidade ocorreu na manhã desta terça-feira, 03, no Palácio do Governo
Por Rafael Calheiros
O governador Teotônio Vilela Filho e o secretário da Defesa Social, coronel Dário Cesar, entregaram nesta terça-feira, 03, às 10h, no Palácio República dos Palmares, uma série de equipamentos para reforçar a segurança no Estado. Foram entregues equipamentos de combate a incêndio para o Corpo de Bombeiros; e viaturas, armamentos e coletes balísticos, para Polícia Militar, Polícia Civil e Superintendência Geral de Administração Penitenciária (SGAP), totalizando um investimento de mais de R$ 1,5 milhão, recursos utilizados para garantir mais tranquilidade ao povo alagoano.
O Corpo de Bombeiros recebeu 20 Equipamentos de Proteção Respiratória (EPRs) e 7 Advanced Firefighter Technology (AFTs) que é usado para o combate de incêndio por apenas um bombeiro, diminuindo o tempo de resposta em pequenos incêndios.
Para o subcomandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Gláucio Luís Alcântara, a aquisição dos novos equipamentos é de extrema importância para que o bombeiro atue com ainda mais qualidade e rapidez para melhor servir o povo alagoano. "Com os AFTs, o nosso bombeiro diminui o tempo de resposta a um chamado para combate de pequenos incêndios, minimizando os riscos para uma ocorrência de maior porte. Com isso, se ganha mais agilidade e eficácia na atuação do bombeiro. Já com os novos EPRs de combate a incêndio, mais bombeiros poderão adentrar com segurança em ambientes confinados ou com muita fumaça para debelar um incêndio", finalizou.
Para a PM, foram entregues 1.500 coletes balísticos, 50 metralhadoras, 40 e 12 viaturas operacionais. Já a Polícia Civil recebeu 600 coletes balísticos e a SGAP ganhou dois carros-celas e 120 coletes balísticos.
Durante seu discurso, o governador parabenizou o Corpo de Bombeiros e as polícias Militar e Civil por assegurarem um Natal e Ano Novo como um dos mais pacíficos dos últimos 20 anos. De fato, no período de final de ano (de 24 de dezembro de 2011 a 2 de janeiro de 2012) foram 266 ocorrências atendidas pelo CB em todo o Estado. Um número ainda alto, mas muito menor comparado com os 412 do mesmo período do ano passado.
Cabe ressaltar ainda que, além dos investimentos em equipamentos, este ano Alagoas vai ganhar também reforço no efetivo das Polícias Civil e Militar, e da Perícia Oficial, já que os concursos públicos para os órgãos estão em andamento após constituição da comissão mista publicada no Diário Oficial desta terça-feira, 3.
O secretário de Defesa Social, Dário césar, enfatizou que o sistema prisional é uma das prioridades para 2012. "O combate à criminalidade é permanente e a segurança do alagoano é prioridade. Estamos investindo em todas as áreas da Secretaria da Defesa Social para melhor atender a população. Com isso, o Presídio Militar e o Feminino já estão previstos para este ano", declarou.
Somando todas as aquisições, o governo estará investindo, de uma única vez, o total de R$ 1.558.737,50 na Segurança Pública de Alagoas. Além disso, o governo investe também R$ 432 mil na locação das viaturas que reforçarão o policiamento em todo o Estado, totalizando o montante de R$ 1.990.737,50 destinados aos órgãos da Defesa Social.
Governo do Estado realizará entrega de equipamentos para o Corpo de Bombeiros
Por Stephany Domingos
O Governador do Estado de Alagoas, Teotônio Vilela Filho, fará entrega de equipamentos operacionais e viaturas para o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, Polícia Militar, Polícia Civil e Superintendência Geral de Administração Penitenciária em solenidade oficial que marcará a primeira ação do Governo voltada para a Defesa Social em 2012.
O evento será realizado na próxima terça-feira, 03, no Palácio República dos Palmares, às 10h e contará com representantes dos órgãos de Segurança Pública do Estado.
Entre os equipamentos que serão entregues para o Corpo de Bombeiros, estão equipamentos de Proteção respiratória e os AFT’s costais, equipamentos de Tecnologia Avançada de Incêndio que serão utilizados pelos motosocorristas no combate inicial ao fogo em menos tempo e com menos água. Os equipamentos que serão entregues foram adquiridos com recursos do Governo Federal através da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), com contrapartida do Governo do Estado de Alagoas.
Abaixo, lista completa dos equipamentos que serão entregues para os órgãos de segurança pública:
PMAL:
1200 coletes balísticos para a PMAL
50 metralhadoras .40 para a PMAL
12 viaturas operacionais para a PMAL
PC/AL:
600 coletes balísticos para a Polícia Civil
SGAP:
02 carros celas para SGAP
120 coletes balísticos para SGAP
CBMAL:
06 Equipamentos individuais de proteção e combate a incêndio para o Corpo de Bombeiros
Corpo de Bombeiros promove Operação Réveillon Seguro na Praia do Francês
Plano visa diminuir o número de afogamentos e de crianças perdidas no dia 1º de janeiro
Por Thássia Santos
O 3º Subgrupamento de Salvamento Aquático do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), o qual está localizado na Praia do Francês, estará promovendo no primeiro dia de 2012 a Operação Réveillon Seguro, visando garantir a segurança dos frequentadores da praia no dia em que ocorrem muitos resgates de vítimas no mar e cresce o número de crianças perdidas, devido ao grande fluxo de pessoas e o aumento do consumo de bebidas alcoólicas. Segundo o sistema do Centro Integrado de Operações da Defesa Social (CIODS), somente no dia 1º de janeiro de 2011 foram registradas 47 ocorrências na Praia do Francês.
Para prevenir estas ocorrências, bem como diminuir o tempo-resposta no atendimento dos socorros, os Guarda-Vidas (GV) do CBMAL irão intensificar o serviço, através da implantação de tendas tanto no posto-base, como na região sul da praia, local conhecido como “leprosário”, próximo à área de prática de surf. Consequentemente, um maior número de militares será empregado na operação, os quais realizarão também a prevenção juntos aos banhistas, através de distribuição de pulseiras de identificação para as crianças, colocação de placas sinalizadoras de perigo, rondas a pé e em embarcação, como botes e jet ski.
Bombeiros alertam para cuidados com fogos de artifício
Tradicionalmente usados nas comemorações de fim de ano, os fogos de artifício podem dar brilho e beleza ao réveillon, mas podem também representar perigo para crianças e adultos que não tomarem o devido cuidado ao incrementarem suas comemorações.
Em primeiro lugar, é imprescindível localizar uma loja especializada nesses tipos de produto. Na hora da compra, é importante olhar na embalagem e verificar se os fogos têm o pré-requisito de faixa etária, pois têm certos tipos de fogos que menores de 18 anos não podem soltar. Siga as orientações do fabricante e peça mais informações na hora da compra, em caso de alguma dúvida de como proceder com fogos de artifício. É muito importante seguir as instruções das embalagens. Acidentes são comuns com pessoas que não empregam os fogos de forma correta.
Aos comerciantes, a principal orientação é não vender fogos de artifício a menores de idade desacompanhados de seus responsáveis, já que o procedimento é proibido por lei. Já aos usuários, o Corpo de Bombeiros recomenda uma leitura atenta das informações dos fabricantes dos fogos de artifício sobre procedimentos de segurança. Os danos mais comuns são dilacerações, amputações de dedos e alguma lesão auditiva ou no globo ocular. Para evitar ferimentos, é importante usar os prolongamentos e bases de lançamento que são comercializados junto com os fogos. Como se trata de um show pirotécnico, para a garantia do sucesso, é aconselhável deixar para os profissionais especializados em fogos de artifício.
As pessoas devem estar em um lugar aberto e seguro durante o réveillon. Evitar ambientes fechados e proximidades das redes de eletricidades. A distância para explodir os fogos com segurança é de 30 a 50 metros de pessoas, edificações e carros. É preciso ter um cuidado especial com as crianças.
Em caso de acidentes, o Corpo de Bombeiros recomenda que se ligue 193 ou 192 (SAMU).
Além dos cuidados com os fogos de artifício, também são necessários outros cuidados: evitar a combinação explosiva de álcool e direção ajuda a diminuir os índices de acidentes de trânsito, comuns em eventos de grande porte. O cidadão deve se lembrar que ele põe em risco a vida dele e de terceiros.
Última Formatura Militar do Corpo de Bombeiros foi marcada por agradecimentos e música
Os Grupamentos de Bombeiros da Capital desfilaram com garbo em continência ao Comandante Geral da Corporação.
Por Stephany Domingos
Para encerrar o ano através de um contato maior com a tropa, o Corpo de Bombeiros realizou na manhã desta sexta feira, 23, a última Formatura Militar do ano de 2011, onde o Comandante Geral da Corporação, Coronel BM Luís Antônio Honorato da Silva, teve a oportunidade de agradecer a tropa pelo empenho e dedicação durante mais um ano.
No início do seu pronunciamento, o Comandante citou o músico, compositor e poeta da Música Popular Brasileira, Tom Jobim, utilizando de uma de suas frases para perguntar se ser bombeiro era bom ou era ruim, ressaltando que mesmo com as deficiências de falta de equipamento, ser bombeiro era maravilhoso. "Sei que ainda falta equipamento, homens e mulheres para alcançarmos o ideal, mas também sei que chegaremos lá", citou.
O Coronel Luíz Antônio continuou, agradecendo a todos os heróis anônimos, que dedicam sua vida a salvar outras vidas. "A Corporação são vocês, e eu agradeço todo o esforço, sabendo que pensando junto, alcançaremos dias melhores. Temos diversos projetos de valorização profissional e de melhorias nas condições de estadia e de trabalho, como a compra de equipamentos e viaturas que ajudarão ainda mais no desempenho das funções de cada um de vocês".
Para encerrar, o Comandante desejou a todos um Natal de realizações e um ano novo repleto de sonhos realizados. "Vamos fazer um 2012 muito melhor para a vida pessoal, profissional e para a Corporação", falou o Coronel Luíz Antonio.
Participaram da Formatura oficiais e praças dos Grupamentos da Capital e do Interior, que desfilaram em continência ao Comandante Geral no encerramento da Formatura.  Após o desfile, os militares puderam prestigiar a boa música do Soldado BM Jucélio Souza, que fez uma apresentação de divulgação do seu novo CD intitulado Jucélio Souza para todos os gostos, fazendo os militares relaxarem através da música.
Oficiais do CBMAL são escolhidos para compor o Grupo de Administração de Desastre da Secretaria Nacional de Defesa Civil
Os militares foram treinados em Brasília entre os dias 12 e 16 de dezembro
Por Luciana Leonardo
O Secretário Nacional de Defesa Civil, Humberto de Azevedo Viana Filho escolheu 42 militares de todos Estados do Brasil para compor o Grupo de Apoio a Desastres – GADE. Entre os escolhidos estão o Secretário Executivo da Defesa Civil, tenente coronel Gilson Romeiro e tenente José Cícero do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas – CBMAL.
 O GADE faz parte do Sistema Nacional de Defesa Civil – SINDEC e representa a Coordenadoria Estadual em atividades no âmbito federal, estadual e municipal. O objetivo do Grupo é desenvolver ações de resposta e reconstrução do desastre, visando reduzir danos e prejuízos com foco na saúde, segurança e assistência social podendo assim acompanhar a população afetada no cenário do desastre.
Os escolhidos participaram entre os dias 12 e 16 de dezembro, em Brasília da segunda turma do treinamento de apoio a desastres. Os militares foram avaliados pelas experiências em gerenciamento, no fator técnico- profissional e na capacidade de liderança.
"Sinto-me orgulhoso em fazer parte do GADE, é um grupo qualificado que se assemelha a uma força tarefa, mas voltado a treinamentos aplicados a desastres. Seremos multiplicadores nos conhecimentos que obtivemos no treinamento. A população alagoana só tem a ganhar com a oportunidade que nos foi dada", relata Gilson Romeiro.
Curso de Salvamentos Especiais do CBMAL forma novos "águias"
Referência no Brasil, o CSEsp prova a cada edição a capacidade técnica de seus formandos
Por Thássia Santos
Instruções em sala de aula, no mar, do alto de um prédio, no meio de um incêndio, na mata. Estes foram alguns dos ambientes freqüentados pelos alunos do Curso de Salvamentos Especiais (CSEsp) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), concluído nesta sexta-feira, 16, com grandes doses de emoção e superação de limites. Os militares foram recepcionados pelos integrantes da Corporação e familiares em uma solenidade no Quartel do Comando Geral, marcada pelo orgulho e pelo sentimento de vitória.
O CSEsp/2011 teve início no dia 29 de julho, com um grupo de 17 militares. Neste longo percurso apenas dez sobreviveram à rotina imposta pelo curso, o qual é considerado um dos mais difíceis e completos na área de salvamento do Brasil, sendo muitos os sacrifícios a serem vencidos por aqueles que se dispõe a enfrentar esta batalha de crescimento profissional.
Após 04 meses e 23 dias, os novos "águias", como são conhecidos os militares que concluem o CSEsp, puderam sentir as dores, após oito dias de sobrevivência na selva, e os prazeres de serem militares capacitados para todo tipo de salvamento, seja aquático, terrestre, em altura ou veicular, é a eles que o CBMAL recorre em grandes e difíceis ocorrências, demonstrando o grau de excelência atingido por eles.
Segundo o Comandante Geral, Coronel BM Luiz Antônio Honorato, eles são homens de fibra, para os quais não existem nem dia, nem horário para salvar uma vida, movidos pela vontade de prestar solidariedade a pessoas que nem conhecem. "Tenham certeza que a partir de hoje vocês familiares, estão recebendo novos homens, mais fortes e mais capacitados. É um grande orgulho servirmos juntos nesta Corporação", enfatizou emocionado.
Para o Soldado BM Paulo Rodrigues fazer o curso sempre foi um grande sonho desde que ingressou na instituição em 2006. Ele possui também outro importante curso da Corporação alagoana, o Curso de Salvamento no Mar, e assim, segundo ele, fecha-se um ciclo, trazendo o sentimento de ser um bombeiro mais preparado para atender à população. "Depois de tudo que passamos, hoje, para mim, ser bombeiro transformou-se em sermos bombeiros, porque a gente depende um do outro e ninguém faz nada sozinho", ressaltou o novo "águia" do CBMAL.
A solenidade contou com a presença do Deputado Federal Rui Palmeira, o qual foi homenageado com o nome da turma; o supervisor judiciário Lucas Farias, representando o patrono da turma, Desembargador Tutmés Airan; o Coronel PM Dimas Cavalcante, Subcomandante da Polícia Militar de Alagoas, além de oficiais e praças da Corporação, que prestigiaram os concluintes do CSEsp 2011.
Novos "águias" do Corpo de Bombeiros de Alagoas serão formados nesta sexta-feira, 16
Formatura do Curso de Salvamentos Especiais será no QCG BM
Nesta sexta-feira, 16, após 04 meses e 23 dias, os novos "águias" do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), como são conhecidos os militares que concluem o Curso de Salvamentos Especiais (CSEsp), serão formados em uma solenidade militar no Quartel do Comando Geral, localizado no Trapiche da Barra. O evento terá início às 17 horas, e contará com a presença do Desembargador Tutmés Airan, paraninfo da turma, e do Deputado Federal Rui Palmeira, o qual foi agraciado com o nome da turma de 2011, além do Comandante Geral e Subcomandante do CBMAL, e oficiais e praças da Corporação.
O CSEsp/2011 teve início no dia 29 de julho deste ano com 17 militares. Neste longo percurso apenas dez sobreviveram à rotina imposta pelo curso, o qual é considerado um dos mais difíceis e completos na área de salvamento do Brasil, sendo muitos os sacrifícios a serem vencidos por aqueles que se dispõe a enfrentar esta batalha de crescimento profissional. Os militares passaram por treinamentos como: salvamento aquático, sobrevivência no mar, salvamento veicular, salvamento em alturas, salvamento terrestre, mergulho, salvamentos em cachoeiras, marcha de 160 km e sobrevivência na selva, onde permaneceram acampados do último dia 08 até a data da formatura, realizando instruções de combate a incêndio florestal, orientação, montagem de abrigos e atendimento pré-hospitalar em ambiente de selva.
Corpo de Bombeiros conclui campanha de doação para o Lar Francisco de Assis
Entrega foi realizada na manhã desta segunda-feira, dia 12
Por Thássia Santos
A campanha lançada durante as comemorações dos 64 anos do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) em prol do Lar de idosos Francisco de Assis (LFA) foi concluída na última semana. A entrega das fraldas geriátricas arrecadadas durante a campanha "O Corpo de Bombeiros ajuda quem precisa" ocorreu na manhã desta segunda-feira, 12, na sede do lar, localizado no bairro da Serraria, e contou com o agradecimento dos integrantes.
Segundo Milena Gomes, enfermeira-chefe do LFA, cerca de 70 idosos vivem no abrigo, o qual é uma entidade filantrópica, sobrevivendo apenas de doações dos familiares e cidadãos interessados em ajudar o próximo. Ainda conforme Milena, a rotina dos idosos ocorre normalmente, mas existem empresas e instituições que promovem visitas com recreação, alongamento, pintura, entre outras atividades de integração, que alegram os dias no lar.
 “Ficamos muito gratos por esta campanha dos bombeiros. Não importa a quantidade das doações, para nós o mais importante é boa vontade de ajudar o próximo. Nossa carência é enorme, e não temos palavras para agradecer esta atitude de vocês”, ressaltou ela, acrescentando que as pessoas podem visitar o site www.larfcoassis.webnode.com.br para obter informações sobre o trabalho desenvolvido no local, bem como o contato para efetuar doações.
As principais necessidades do LFA são fraldas geriátricas, artigos de higiene pessoal, alimentos, produtos de limpeza, além de aceitarem eletrodomésticos e móveis usados, para serem vendidos durante a "feira da pechincha", realizada mensalmente pela administração para arrecadar dinheiro que é revertido para o abrigo, contribuindo para a melhoria da vida dos idosos.
Bombeiros divulgam relatório de ocorrência em Feira Grande
Por Assessoria de Comunicação CBMAL
Por volta das 18h05 um caminhão caçamba que carregava areia perdeu o controle e desceu a ladeira que ficava ao lado da Igreja, desgovernado, vindo a atingir os populares que participavam de uma procissão em homenagem a Nossa Senhora da Conceição. Com o tombamento houve o soterramento de alguns populares e incêndio do caminhão, carbonizando o motorista e algumas pessoas que estavam na procissão e que já tinham sido atingidas pelo caminhão.
As primeiras pessoas foram socorridas por populares e para tal ocorrência foram deslocadas uma viatura de incêndio, uma de salvamento e uma Unidade de Resgate do 7º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM), localizado em Arapiraca. Quando o Corpo de Bombeiros chegou ao local foi averiguado e extinto o incêndio, e em seguida foi feito o resgate dos óbitos, um total de oito no local e dois durante o socorro.
Não houve atendimento a feridos, pois já havia sido feito por populares no local e ainda foram acionados e compareceram na ocorrência a Polícia Militar, o SAMU e o IML.
A ocorrência teve um total de dez óbitos de imediato: oito populares que participavam da procissão, um motorista do caminhão e uma criança. Dez vítimas foram internadas na Unidade de Emergência do Agreste e no Hospital Geral do Estado.
Os quartéis localizados nas cidades de Palmeira dos Índios e Penedo também foram colocados em prontidão, não sendo necessária a ativação dos mesmos.
Na Unidade de Emergência do Agreste encontram-se os seguintes pacientes:
Maria Neuza Ferreira Santos;
Maria Aparecida Ferreira;
Jasson Quintinho de Barros;
Neguinho do Dé.
A menor Brunielle Silva (3) chegou em óbito na Unidade na noite de ontem.
Já outra menor, Paloma Rose Rodrigues (8) não resistiu aos ferimentos e faleceu às 5 horas da madrugada de hoje.
Para maiores informações: Tenente Coronel Ananias, superior do dia 08/12/11 - (82) 8833-8547 e ASCOM Unidade Emergência do Agreste (82) 9947-2225.
CBMAL entrega duas viaturas para o quartel de Penedo
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) entrega na manhã desta terça-feira, 6, duas viaturas para o 6º Grupamento Bombeiro Militar (Penedo). Um Auto Bomba Tanque (ABT) para combate a incêndio e uma Ranger para busca e salvamento. As viaturas foram adquiridas com recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública. A entrega será realizada no quartel do 6º GBM, em Penedo.
A necessidade da aquisição de novas viaturas era uma luta constante do quartel de Penedo que comemora a chegada das aquisições. Para o Tenente Coronel Denildson Queiroz, comandante do 6º GBM, "a chegada das novas viaturas só vai beneficiar ainda mais o povo ribeirinho e a histórica cidade de Penedo".
O Coronel BM Luiz Antônio, comandante geral do CBMAL, afirmou que, com as novas aquisições, o comando busca valorizar a tropa, e que os investimentos são feitos para os próprios militares, como a chegada de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e Equipamentos de Proteção Respiratória (EPR), que proporcionam aos bombeiros um combate com uma maior segurança.
Corpo de Bombeiros entrega para a sociedade novos Guarda-vidas especializados
Curso de Salvamento no Mar encerrou sua 7ª edição com quatro formandos
Por Stephany Domingos
Garra. Força. Superação. Essas são as características principais do Guarda-Vidas (GV) especializado no Curso de Salvamento no Mar (CSMar), que nesta sexta-feira, 02, encerrou sua 7ª edição, Coordenada pelo Major BM Carlos Cauper, com quatro formandos e muita vontade de colocar os conhecimentos adquiridos em prática.  O objetivo principal do curso foi ensinar os conhecimentos e as técnicas necessárias para prestação de socorro às vítimas de afogamentos em ambiente aquático, estabilizando seu quadro no que seja possível até receber o atendimento médico necessário.
Para alcançar as metas propostas pelo curso, os alunos tiveram diversas instruções operacionais, entre elas, técnicas de salvamento no mar e com embarcação, técnicas de mergulho, atendimento pré-hospitalar, técnica de salvamento com desembarque de aeronave em meio líquido, além de treinamento físico e natação utilitária, essenciais para o condicionamento corporal, e que dá ao GV a condição de suportar as adversidades que o meio proporciona ao serviço diário.
Na formatura de encerramento do curso que aconteceu na Praia do Francês, os guarda-vidas recém formados pelo CSMar foram comandados pelo 1º Tenente BM Etvaldo Rodrigues, instrutor chefe da turma, e demonstraram que estão prontos para encarar o serviço de guarda-vida. Estiveram presentes na solenidade, o Subcomandante da Corporação, Coronel BM Gláucio Alcântara, o Comandante Operacional de Bombeiros da Região Metropolitana, Coronel BM José Berilo Cruz, o Comandante do Grupamento de Salvamento Aquático (GSA), Tenente Coronel BM Erisson Rogério Barros, o Comandante do Centro de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização (CFAE), Tenente Coronel BM Edvaldo Nunes, além de instrutores e monitores do CSMar 2011.
Segundo o Subcomandante Geral da Corporação, a função do Comando é dar todas as condições para o bombeiro exercer sua função dentro do seu campo de atuação e para isso, eles estão se empenhando ao máximo para alcançar a excelência profissional. "Sei que precisamos melhorar e estamos caminhando para isso. Já assinamos um convênio com o prefeito de Marechal Deodoro, Cristiano Matheus, para a partir de segunda, dia 05, começarmos a reforma do Posto de Guarda-vidas do Francês. Além disso, em parceria com a Braskem, também vamos refazer toda a instalação elétrica do GSA, e dar, cada vez mais, as melhores condições de trabalho para o nosso bombeiro e mostrar que estamos de portas abertas para escutar os anseios da tropa", falou o Subcomandante.
O curso teve duração de quatro meses e meio e os quatro novos tubarões, como são chamados os militares formados no curso, já conhecem, e podem desenvolver e empregar todas as técnicas aprendidas no curso para desempenhar a atividade de salvamento no mar em diversas situações, interpretando os sinais da vítima, entre outras missões inerentes ao GV.
A turma se iniciou com 18 alunos e chegou ao final com o Soldado Fellipe Lira na primeira colocação, o soldado Henderson Morais na segunda, o 1º Tenente Aristóbulo Carvalho em terceiro lugar e o Soldado Ézio Jorge na quarta colocação, os quatro concluintes do curso.
Para o Soldado Fellipe Lira, primeiro colocado e orador da turma, muitos foram os desafios enfrentados, e muitas foram as barreiras superadas para chegar ao fim: "vencemos os limites a cada dia, a cada instrução, e hoje fomos consagrados especialistas em salvamento aquático, vulgos tubarões, em um curso de referência nacional. Agradeço em nome dos formandos ao Coordenador do CSMar 2011, aos instrutores e monitores, principalmente ao nosso padrinhoTenente Etvaldo, ao nosso paraninfo sargento Batista, e ao Sargento Ulisses, ao qual temos orgulho de homenageá-lo dando o seu nome a nossa turma. E também a todos aqueles que estiveram conosco durante todo esse tempo, que são os nossos familiares", falou.
Assim, com 102 guarda-vidas especializados, o Curso de Salvamento no Mar encerrou mais uma turma que já se sente pronta para fazer jus ao lema que carregam no peito: "Que seja o mar, com todos seus segredos e mistérios, o local de onde voltaremos, após cada salvamento, cobertos de areia e glória".
CBMAL comemora 64 anos com entrega de medalhas
Autoridades civis e militares receberam a Medalha do Mérito Bombeiro Militar
Por Assessoria CBMAL com Agência Alagoas
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), em solenidade realizada na noite desta terça-feira, 29, homenageou com a Medalha do Mérito Bombeiro Militar diversas autoridades civis e militares, em comemoração aos 64 anos de história. A solenidade ainda contou com a promoção por merecimento e antiguidade de oficiais e praças do CBMAL e o tradicional desfile da tropa.
Entre os homenageados com a medalha estão, o vice-governador José Thomaz Nonô (que presidiu a solenidade); o deputado estadual e presidente da Comissão Especial das Enchentes, João Henrique Holanda Caldas; o prefeito de Marechal Deodoro Cristiano Matheus; o presidente do Conselho Estadual de Segurança Pública, Paulo Henrique Falcão Brêda; o secretário de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Marcelo Palmeira Cavalcante; o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Toledo; a controladora geral do Estado, Rosa Maria Barros Tenório; e o chefe do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres da Secretaria Nacional de Defesa Social, Armin Augusto Braun.
Os agraciados foram condecorados pelo vice-governador, pelo secretário de Estado de Defesa Social, coronel Dário César, e pelo comandante geral do CBMAL e coordenador estadual da defesa civil, coronel Luiz Antônio Honorato. "É uma honra condecorá-los com essa medalha que é um reconhecimento aos serviços prestados ao nosso estado e a toda sociedade alagoana", afirmou Thomaz Nonô. Para o coronel Luiz Antônio a cerimônia é um momento de festa e reflexão.
O comandante geral do CBMAL lembrou que o aniversário da Corporação foi um dia de alegria e aproveitou para agradecer a todos que fizeram e fazem tanto pelo CBMAL: "64 anos colocando tijolo após tijolo, não foi fácil. Mas esse serviço é muito gratificante. Estamos crescendo com o apoio da população e do Estado. Temos homens e mulheres de fibra. Heróis que muito fazem pelo Corpo de Bombeiros". Em seu discurso, o comandante aproveitou para conversar com a tropa: "É muito bom ser um bombeiro como vocês são", finalizou.
A condecoração é um reconhecimento dos serviços prestados à Corporação e a valorização de seus profissionais. O vice-governador elogiou o serviço de bombeiro: "vocês fazem os seus deveres sem perder o que é fundamental, a humanidade. Tenho certeza que a Corporação vai ficar cada dia melhor, devido aos heróis anônimos que fazem o CBMAL como ele é. Continuem sempre dando o que podem por essa Corporação tão amada e reconhecida por todos", declarou à tropa.
Ao receber a Medalha do Mérito Bombeiro Militar, o vice-governador declarou ser um orgulho receber esse reconhecimento do Corpo de Bombeiros e aproveitou para parabenizar os agraciados e promovidos. "Temos irrestrita confiança nessa instituição. Ser bombeiro militar é servir à Pátria", ressaltou o vice-governador.
Além das autoridades civis, representantes militares também foram agraciados. O subcomandante da Polícia Militar de Alagoas, coronel Dimas Barros Cavalcante, o coronel do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte Otto Ricardo Saraiva de Souza, o coronel do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco Maviael Reimini da Silva, e o tenente coronel da Polícia Militar de Alagoas Neuton Boia Lima.
Já os militares do CBMAL contemplados com a honraria foram o tenente-coronel José Claúdio dos Santos Gomes, tenente Douglas Souza de Lima, tenente Claudio Silva de Melo, tenente José Carlos Costa, Sgt. Jailson Tavares da Silva, sargento Ronaldo Barbosa da Silva, sargento Edson da Silva Lopes, sargento Ademir Ademar Bispo, sargento Eduardo Rocha dos Santos Filho, sargento José de Souza Lopes, sargento Adriano Barros e Silva, sargento José Humberto Silva de Oliveira e sargento Carlos José dos Santos. Ao todo, foram 25 agraciados com a medalha.
Corpo de bombeiros realiza simulado de salvamento no Shopping Maceió
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) realizou, na manhã desta segunda-feira, uma simulação de salvamento veicular no estacionamento do Shopping Maceió. O simulado faz parte das comemorações dos 64 anos da Corporação e foi o terceiro realizado este mês. Os outros dois foram um de salvamento aquático e um de salvamento em altura, realizado na praia do Francês, no dia 14, e no Edifício Brêda, no dia 19, respectivamente. Para o tenente Fernando Holanda, comandante de socorro do dia, "os simulados ajudam a população a conhecer os serviços prestados pelos bombeiros além de treinar o nosso pessoal para sempre manter o padrão de excelência", disse.
O tenente José Tenório Barros, comandante da operação, explicou o simulado: "realizamos um resgate com uma vítima politraumatizada presa às ferragens de um veículo de passeio. Motossocorristas isolaram o local enquanto uma guarnição se dirigia à vítima para imobilizá-la e protegê-la. Uma terceira equipe cortou o veículo utilizando equipamentos específicos adquiridos com a taxa de bombeiros, para que a vítima fosse retirada do local. Em seguida a guarnição do Arcanjo 01, helicóptero de salvamento formado por bombeiros e um médico do Serviço de Atendimento Móvel (SAMU), fez o transporte da vítima logo que o médico fez os primeiros socorros".
Para a aposentada Maria de Lourdes, encantada com a simulação, "o trabalho dos bombeiros deve ser aplaudido porque eles são os verdadeiros heróis", declarou. O evento contou com a presença de muitos curiosos que pararam suas rotinas para apreciar o evento e tirar fotos com os bombeiros.
O simulado contou com o apoio de dois motossocorristas, um Auto Salvamentos Especiais (Asesp), uma Unidade de resgate (UR), a guarnição do Arcanjo 01 (helicóptero), além do apoio da Polícia Militar e do Shopping Maceió, que cedeu o espaço para que o simulado fosse realizado.
Além do simulado, uma série de eventos organizados pelo CBMAL também aconteceram este mês em comemoração aos 64 anos. No dia 22 houve um concerto musical da banda do CBMAL comemorando o Dia do Músico. Neste domingo, 27, houve o primeiro Passeio Ciclístico entre Quartéis. com o apoio da Associalação Alagoana de Ciclismo e da Polícia Militar, o objetivo foi ajudar na campanha de doação de fraldas geriátricas para o Lar Francisco de Assis. Nesta terça-feira, 29, aniversário da Corporação, haverá a tradicional formatura militar onde haverá as promoções de oficias e praças, além da entrega da Medalha de Mérito Bombeiro Militar para civis e militares que contribuíram de alguma forma para o engrandecimento desta Corporação. A formatura acontece no Quartel do Comando Geral, Trapiche, às 19h30.
CAMPANHA
O Corpo de Bombeiros também realiza uma campanha de arrecadação de fraldas geriátricas para o Lar Francisco de Assis, que também completa 64 anos. Os donativos podem ser entregues em qualquer quartel do Corpo de Bombeiros até o dia 2 de novembro. No dia 3, será realizada a entrega desses donativos no Lar Francisco de Assis.
********
Legendas:
- 0222: Sargento J Costa prepara o desencarcerador para realizar os cortes no veículo
- 0259: Arcanjo 01 (helicóptero) se prepara para o pouso para transportar a vítima
- 0227: As guarnições da UR-22 e da Asesp 010 participaram do simulado
- 0242: Vítima é imobilizada dentro do veículo por motosocorristas
- 0279: Vítima é trasportada para o Arcanjo 01
Crédito das fotos: Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros
Em semana de aniversário, Bombeiros realizam simulado de salvamento
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) comemorará no próximo dia 29 de novembro de 2011, 64 anos de história de salvamentos dentro do Estado de Alagoas, se destacando diariamente nos resgates de vítimas e salvaguarda de riquezas, com militares prontos e abnegados a dedicar a sua vida ao serviço bombeiro militar.
Diante desta data de tamanha importância para todos que fazem parte da Instituição Bombeiro Militar, a Corporação está organizando mais um simulado, desta vez de salvamento veicular. O evento ocorre no estacionamento do Maceió Shopping, na próxima segunda-feira, 28. A equipe de salvamento utilizará equipamentos específicos de alta tecnologia utilizados para este tipo de salvamento. Os equipamentos operacionais, adquiridos recentemente pela Corporação alagoana, são todos importados e com certificações de instituições internacionais na área de salvamento, como é o caso dos desencarceradores - recém adquiridos através da Taxa de Bombeiros.
O simulado terá uma vítima politraumatizada presa às ferragens de um veículo de passeio. Os bombeiros, para realizar o salvamento, utilizarão o desencarcerador para cortar o veículo e retirar a vítima. Toda a operação segue um procedimento operacional padrão que minimiza os riscos de acidentes.
6º GBM implanta um novo sistema de radiocomunicação
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), em parceria com a Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão (LABRE), instalou o sistema de comunicação com repetidora, na cidade de Penedo, na última terça-feira, 22.
Uma repetidora é o equipamento necessário para que um sistema de comunicação tenha uma maior área de cobertura. A função da repetidora é captar e retransmitir um sinal franco para outros receptores com uma maior potência, melhorando a qualidade da comunicação e permitindo que a mensagem alcance a totalidade da área que se deseja cobrir.
A instalação do sistema de comunicação beneficiará a região do Baixo São Francisco que terá um melhor tempo de resposta e auxílio mútuo no momento das ocorrências. Para o capitão Rômulo Guedes, comandante da operação, "a medida é de fundamental importância para o trabalho do CBMAL. A idéia é implantar mais repetidoras para que todo o Estado esteja coberto", declarou.
O plano de expansão da rede de rádio do CBMAL está em andamento e, em breve, cobrirá todo o Estado. O próximo passo é a instalação da repetidora de radiocomunicação de Palmeira dos Índios, onde o processo de aquisição já foi aprovado pelo Conselho de Políticas Estratégicas do CBMAL e o espaço já concedido, conforme informação do comandante do 1º SGBM, Capitão Remivaldo.
1º Passeio Ciclístico entre Quartéis acontece neste domingo
Projeto piloto tem como objetivo arrecadar fraldas geriátricas
Por Stephany Domingos e Rafael Calheiros
Além de comemorar os 64 anos e integrar a tropa através da prática esportiva, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, realiza uma campanha social para arrecadação de fraldas geriátricas para o Lar Francisco de Assis – que também completa 64 anos de existência. Esse é o objetivo principal do 1º Passeio Ciclístico entre Quartéis que será realizado no próximo domingo, 27, com concentração às 7h, no Quartel do Comando Geral, e pretende reunir os militares dos diversos Grupamentos da Corporação como uma forma de interação e descontração.
Para o Tenente Coronel Paulo Marques, Chefe da Assessoria de Comunicação do CBMAL, esse é o momento perfeito para encontrar velhos amigos que trabalham em outros Quartéis: "Além de mudar um pouco a rotina de trabalho, participar de uma iniciativa como esta é muito importante para confraternizar, junto dos amigos, uma data que deve ser comemorada por todos que fazem parte do CBMAL, sem esquecer de ajudar quem precisa".
O evento contará com a presença de representantes da Associação Alagoana de Ciclismo, Polícia Militar de Alagoas, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, além dos militares do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado, que apoiaram a iniciativa da Corporação.
Em meio ao percurso estão os quartéis da capital, onde os quais serão pontos-chaves do trajeto, que terá sua partida do Quartel do Comando Geral da Corporação, às 8h, passando pelo Grupamento de Salvamento Aquático no Pontal da Barra, pelo Grupamento de Proteção Ambiental, na Pajuçara, onde haverá uma pequena pausa para hidratação. Em seguida, os ciclistas seguirão para o Grupamento de Busca, Salvamento e Emergência, na Serraria, onde haverá outra pausa para hidratação, para seguirem rumo ao Grupamento de Incêndio do Tabuleiro do Martins, onde haverá água mineral para hidratação e frutas para repor as energias. O percurso total terá aproximadamente 35 km.
Durante todo o trajeto, militares receberão as doações de quem for prestigiar o evento.
O Tenente Coronel Paulo Marques completa que este será um projeto piloto para realizar no próximo ano uma competição ciclística entre Quartéis, levantando, a cada dia, a bandeira em busca de uma vida saudável e da prática do bem.
(Clique aqui para acompanhar o percurso detalhado pelo Google Maps)
1º Passeio Ciclístico entre Quartéis também fará parte das comemorações de 64 anos do CBMAL
Projeto piloto será experiência para realizar competição ciclística em 2012
Por Stephany Domingos
Comemorar os 64 anos e integrar a tropa através da prática esportiva. Esse é o objetivo principal do 1º Passeio Ciclístico entre Quartéis que será realizado no próximo domingo, 27, com concentração às 7h, no Quartel do Comando Geral, e pretende reunir os militares dos diversos Grupamentos da Corporação como uma forma de interação e descontração.
Para o Tenente Coronel Paulo Marques, Chefe da Assessoria de Comunicação do CBMAL, esse é o momento perfeito para encontrar velhos amigos que trabalham em outros Quartéis: "Além de mudar um pouco a rotina de trabalho, participar de uma iniciativa como esta é muito importante para confraternizar, junto dos amigos, uma data que deve ser comemorada por todos que fazem parte do CBMAL".
O evento contará com a presença de representantes da Associação Alagoana de Ciclismo, Polícia Militar de Alagoas, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, além dos militares do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado, que apoiaram a iniciativa da Corporação.
Em meio ao percurso estão os quartéis da capital, onde os quais serão pontos-chaves do trajeto, que terá sua partida do Quartel do Comando Geral da Corporação, às 8h, passando pelo Grupamento de Salvamento Aquático no Pontal da Barra, pelo Grupamento de Proteção Ambiental, na Pajuçara, onde haverá uma pequena pausa para hidratação. Em seguida, os ciclistas seguirão para o Grupamento de Busca, Salvamento e Emergência, na Serraria, onde haverá outra pausa para hidratação, para seguirem rumo ao Grupamento de Incêndio do Tabuleiro do Martins, onde haverá água mineral para hidratação e frutas para repor as energias. O percurso total terá aproximadamente 35 km.
O Tenente Coronel Paulo Marques completa que este será um projeto piloto para realizar no próximo ano uma competição ciclística entre Quartéis, levantando, a cada dia, a bandeira em busca de uma vida saudável.
Encerradas inscrições para o projeto golfinho
Inscrições de 500 vagas tiveram duração de apenas quatro horas
Devido ao grande sucesso da 7ª edição do projeto golfinho, em menos de quatro horas de abertas às inscrições, não havia se quer uma única vaga. Foram realizadas no início da manhã desta quarta-feira, 23, as 500 vagas disponíveis para as crianças de 08 á 13 anos, no pátio do QCG. A procura foi tão grande que surpreendeu os militares da organização do projeto.
Segundo o Tenente Coronel Paulo Marques, chefe da assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros, o sucesso do projeto golfinho deste ano se deu a credibilidade da instituição e ao apoio dos meios de comunicação nas divulgações. "Gostaria de agradecer a confiança que a sociedade alagoana deposita em nossos projetos, nós do Corpo de Bombeiros ficamos surpresos como todos abraçaram essa causa. Não poderia deixar de ressaltar o apoio que a imprensa deu a 7ª edição do 'projeto golfinho'", com o apoio de todos alcançamos nosso objetivo, ressaltou Paulo Marques.
Concerto da Banda musical do Corpo de Bombeiros encanta plateia na Jatiúca
A Banda Musical do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), em comemoração aos 64 anos de existência da Corporação, realizou um concerto musical nesta terça-feira, 22, no auditório do Colégio COC, na Jatiúca.
O concerto contou com a presença do Comandante Geral do CBMAL, coronel BM Luiz Antônio Honorato da Silva; do subcomandante geral, coronel BM Gláucio Luís do Espírito Santo Alcântara; representantes de autoridades militares; oficiais e praças da Corporação; além de idosos do Lar Francisco de Assis e outros civis. "Um evento como esse é importante para valorizar o bombeiro. É uma grande alegria participar das comemorações de 64 anos do CBMAL", declarou o Comandante Geral.
Recheada de um repertório eclético que ia do bolero ao samba, a banda tocou vários sucessos que marcaram época como "A Viagem" (Roupa Nova), "A Grande Família" (composta por Antônio Carlos dos Santos Pereira, a eterna "Asa Branca", de Luiz Gonzaga, entre outros grande sucessos. Para o 2º tenente BM Aílson Melo, regente da banda, "é um prazer participar de um evento onde a banda é uma das homenageadas", declarou lembrando que, além da homenagem dos 64 anos do CBMAL, também era comemorado o Dia do Músico.
HISTÓRICO DA BANDA
Após a separação da Polícia Militar, em 1993, o CBMAL sentiu a necessidade de ter uma banda de música em seu quadro. Com alguns bombeiros músicos e outros interessados em aprender a arte, formou-se então um conjunto musical rítmico para preparar a tropa. O embrião de uma banda ganhou mais interessados e, ultrapassando as dificuldades de falta de instrumentos, os talentos da Corporação foram surgindo. Em 17 de julho de 2000 foi feita a primeira apresentação contando com apenas onze componentes.
Desde então foi um passo para apresentações em todas as ocasiões dentro e fora do quartel. Em 2002, a banda passou a funcionar com 27 componentes, pertencentes ao quadro "Especialista Músico" e, desde 2006, consta em seu efetivo 45 músicos. Dentre eles, 19 oriundos do primeiro concurso externo específico acontecido em Alagoas.
Hoje a banda conta com músicos de alto nível técnico-profissional, sempre prontos a desempenhar suas funções com galhardia e entusiasmo. Sua participação acontece por meio de apresentações em diversos tipos de eventos, como concertos populares, solenidades cívicas e militares, concertos didáticos e eventos religiosos que, com seu vasto repertório, encanta a Corporação e toda a comunidade, estreitando assim, o relacionamento entre o CBMAL e a sociedade.
HOMENAGEM
Durante o evento, também houve uma homenagem ao coronel da reserva remunerada Jadson José dos Santos. Ele recebeu das mãos do comandante geral e do subcomandante geral uma lembrança que simboliza anos de luta por um Corpo de Bombeiros cada vez melhor. "É um amigo que faz muita falta à Corporação devido ao seu empenho pra construir um CBMAL melhor a cada dia de trabalho", declarou o subcomandante geral após assistir ao vídeo de homenagem produzido pela Assessoria de Comunicação do CBMAL ao coronel da reserva.
Inscrições para o Projeto Golfinho começam nesta quarta-feira
Nesta quarta-feira, 23, têm início as inscrições pra o Projeto Golfinho 2012. É a VII edição do projeto que a cada ano vem se tornando referência na sociedade alagoana. Podem participar da Colônia de Férias Operacional do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), crianças com idade entre 8 e 13 anos.
As inscrições estarão abertas a todos os interessados até o dia 25 de novembro, sexta-feira, das 7h às 17h no Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros, na Avenida Siqueira Campos, Trapiche. Ao todo, serão 500 vagas. O responsável pela criança deve comparecer ao local, munido de uma foto 3x4 cm, de frente e tirada recentemente, cópia da Certidão de Nascimento ou da Carteira de Identidade da criança, preenchimento da ficha de inscrição de participação no Projeto Golfinho, cedido no local da inscrição, além de atestado médico – comprovando bom estado de saúde do participante e aptidão para esforço físico –, e cópia do RG do pai ou responsável.
Grande parte do número de vítimas de afogamento são crianças e adolescentes.  Pensando nisso, o projeto busca ensinar conhecimentos práticos e teóricos sobre o mar: como animais marinhos, relevo e correntes marítimas. Além de ensinar sobre as situações de risco que surgem em um simples banho de mar.
O Projeto Golfinho começa dia 9 de janeiro, na praia da Pajuçara – em frente ao Beer CRB – e é uma iniciativa sem fins lucrativos idealizada pelo CBMAL, que une um conjunto de atividades, com o objetivo de fornecer às crianças, noções básicas de segurança nas atividades aquáticas, primeiros socorros, natação e esportes em geral, salvamento, preservação do meio ambiente e princípios de civismo e patriotismo.
Jovem de 14 anos morre afogada na praia do Francês
Fatalidade deste domingo, ocorreu 3 anos e 4 meses depois do  último caso com óbito
O Corpo de Bombeiros, que tem como atividade fim salvar vidas, lamenta profundamente a morte por afogamento de uma jovem de 14 anos, ontem, 20 de novembro, na praia do Francês. A vítima residia em Olinda e estava em uma excursão, em Alagoas. Em respeito aos familiares, o Corpo de Bombeiros não divulga o nome das vítimas.
A corporação, triste pela fatalidade deste domingo, aproveita para lembrar que não ocorria um caso fatal na praia do Francês desde julho de 2008, segundo o que consta nos registros desta Corporação: o último trata-se de um afogamento de um casal paulista. O rapaz de 22 anos que estava em lua-de-mel, não resistiu. De lá pra cá, foram 3 anos e 4 meses sem uma vítima fatal. Essa estatística é graças ao trabalho de empenho e abnegação dos guarda-vidas que não medem esforços para melhor servir a população. A excelência no salvamento não é uma opção, mas uma obrigação de todos os bombeiros.
A ocorrência iniciou por volta das 13h30 quando um homem se dirigiu ao posto de guarda-vidas informando sobre um desaparecimento de uma jovem. No posto havia 5 Guarda-Vidas (GV’s). Uma equipe agiu prontamente à ocorrência. Um GV utilizou o Jet-ski de salvamento e outro foi buscar informações nas proximidades da ocorrência. A busca teve início imediato. Dois civis que estavam com Jet-skis próprios ajudaram na busca. O Corpo de bombeiros acionou o Arcanjo 01 (helicóptero de resgate e salvamento) que também ajudou nas buscas. Além do Jet-ski e o helicóptero, outros GV’s fizeram a busca a nado. A vítima foi localizada por volta das 16h15, já em óbito.
Nesses dois últimos casos de óbito, é importante salientar que as vítimas não conheciam a praia do Francês e nem procuraram os guarda-vidas para adquirir informações do local mais seguro para banho. A praia é uma das mais belas do Brasil, porém perigosa. Na ocorrência deste domingo, havia uma placa de aviso colocada pelos guarda-vidas informando do perigo que existe naquele local. O afogamento ocorreu em frente à placa de aviso – muitas vezes ignorada pelos banhistas – numa parte afastada do Francês conhecida como Leprozário, portanto longe do posto de guarda-vidas.
Esclarecendo algumas informações veiculadas na mídia, o posto de guarda-vidas está em reforma para melhor atender aos militares que tiram serviço na praia, e não em estado de abandono como veiculado em alguns sites de notícias. O posto é o mais abastecido por guarda-vidas devido à grande quantidade de banhistas – muitos, turistas.
A ocorrência com a jovem que não resistiu, foi uma fatalidade e não negligência ou descaso. O fato de ter acontecido um afogamento e o posto de guarda-vidas estar em reforma nada tem a ver. A reforma do posto de guarda-vidas é realizada pelos próprios militares com recursos do Corpo de Bombeiros. Para melhor atender à população, uma parceria com a prefeitura municipal de Marechal Deodoro já foi firmada.
Sabendo que nessa época do ano aumenta consideravelmente o número de pessoas na praia, o Corpo de Bombeiros, iniciou na última semana, uma campanha de esclarecimento dos perigos na praia. Diversas entrevistas foram veiculadas em variados meios de comunicação. Inclusive, na praia do Francês.
No serviço diário, os GVs realizam um trabalho de prevenção orientando os banhistas dos locais mais seguros para o banho de mar bem como informando os perigos da praia. Esse trabalho é um procedimento operacional padrão de extrema importância visto que, graças ao trabalho preventivo, o risco de afogamento diminui consideravelmente. Também como procedimento padrão, um militar faz a ronda na praia enquanto três ficam no posto de GV observando os banhistas.
O Subgrupamento de Salvamento Aquático (SGSA), responsável pela área de atuação da praia do Francês, informou que conta com 27 guarda-vidas que cobrem a Praia do Francês, a Barra de São Miguel, a Barra Nova e Gunga. Nos finais de semana, o número de guarda-vidas aumenta devido ao grande fluxo de pessoas.
Corpo de Bombeiros comemora 64 anos com concerto musical
Evento ocorre nesta terça-feira, 22, marcando o aniversário da Corporação
Por Thássia Santos
No ano de 1947, ainda no seio da Polícia Militar de Alagoas, nascia o Corpo de Bombeiros, formado por um grupo de policiais voltados para o serviço de combate a incêndios. Com a promulgação da Constituição Federal de 1988, foram incorporadas missões como o resgate de vítimas e o serviço de guarda-vidas nas praias, e assim a Companhia de Bombeiros foi crescendo. Em 1993, o serviço ganhou status e evoluiu para Corporação, garantindo sua autonomia operacional e administrativa, passando a ser uma instituição independente: o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas.
Para comemorar esta data tão importante, o CBMAL preparou vários eventos, os quais se iniciaram no último dia 14, e segue até o dia 29, dia do aniversário da Corporação, visando também à interação com a comunidade e a valorização de seus profissionais. Nesta terça-feira, 22, a partir das 19h30, haverá um concerto musical da Banda de Música do CBMAL, no auditório do Colégio COC, localizado na Ponta Verde. Com um repertório repleto de boleros, MPB e sambas, a Banda de Música do CBMAL fará uma apresentação especial de aniversário, brindando aos ouvintes com toda harmonia e emoção que a música oferece, através de seus músicos de alto nível técnico-profissional e com relevante atuação no cenário artístico-musical alagoano.
Assim, vem sendo escrita a história do CBMAL e depois de 64 anos a Corporação alagoana tem muito para comemorar. A Corporação atualmente possui 11 quartéis, sendo cinco na capital e seis no interior do Estado, em Maragogi, Penedo, Arapiraca, Palmeira dos Índios, Santana do Ipanema e Delmiro Gouveia. Neste ano, a capacidade de combate a incêndio cresceu para 70 mil litros de água, através da aquisição de novas viaturas, compradas com recursos federais, estaduais e da Taxa de Bombeiros, paga pela população de Maceió. Além disso, equipamentos de salvamento aquático, em altura e terrestre, foram adquiridos pela Corporação, visando à proteção dos bombeiros e garantindo o atendimento rápido e eficaz à comunidade, que é a essência de sua missão.
Bombeiros simulam salvamento em altura como parte das comemorações de aniversário
Programação segue até o dia 29, dia em que o CBMAL completa 64 anos de história
Por Thássia Santos
Quem passou pelo Edifício Brêda, no centro de Maceió, na manhã deste sábado [19.11.2011], teve oportunidade de presenciar uma demonstração de preparo técnico e coragem. É que o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) resolveu comemorar seu aniversário de 64 anos com a realização de simulados dos diversos tipos de salvamentos executados por seus militares diariamente. Neste sábado, 19, foi a vez dos bombeiros alunos do Curso de Salvamentos Especiais (CSEsp) demonstrarem as técnicas apreendidas durante os treinamentos para se transformarem em "águias", como são conhecidos os militares que concluem o curso, que é referência nacional.
Os dez alunos do CSEsp simularam o resgate de uma vítima politraumatizada no Edifício Brêda, que possui 33 metros de altura, quando todas as rotas de fuga convencionais, como elevadores e escadas, estejam indisponíveis. Assim, através do uso de técnicas de salvamento em altura, os militares utilizaram cabos, uma maca de ribanceira, apropriada para este tipo de manobra; e diversos equipamentos operacionais, adquiridos recentemente pela Corporação alagoana, sendo todos importados e com certificações de instituições internacionais na área de salvamento. Os equipamentos utilizados trabalham com um fator de segurança 15 vezes a mais que o risco da operação, oferecendo total confiança para os bombeiros e para o cidadão que venha a necessitar deste tipo de atendimento.
A simulação foi comandada pelo 1º Tenente BM Felipe Dórea, o qual é coordenador do CSEsp e relatou que este tipo de treinamento é uma rotina da vida dos alunos do curso, e que se mostra como mais uma oportunidade para treinar o que eles aprenderam no módulo de salvamento em altura, concluído no final do mês de outubro. "Tudo se aprende, mas temos que praticar sempre, pois são empregadas muitas técnicas e táticas neste tipo de salvamento, e por isso, o item segurança tem que ser o maior possível", ressaltou o oficial, frisando ainda a importância em mostrar à população que o CBMAL está preparado para executar salvamentos de alto risco, com militares capacitados para atuar em qualquer situação e equipamentos modernos e seguros.
Os eventos comemorativos seguem com uma vasta programação como mais uma simulação, essa de salvamento veicular e atendimento pré-hospitalar no próximo dia 28, no estacionamento do Maceió Shopping; uma campanha de arrecadação para o Lar de idosos Francisco de Assis, de 21 a 01 de dezembro, em todos os grupamentos da capital; concerto da Banda de Música do CBMAL, no auditório do Colégio COC, na noite de 22 de novembro; exposição de equipamentos e viaturas operacionais no pátio interno do Maceió Shopping, de 28 a 01 de dezembro; e finalizando com a solenidade militar no dia de aniversário, 29 de novembro, a partir das 19 horas no Quartel do Comando Geral, no Trapiche da Barra, com promoções e outorga da Medalha do Mérito Bombeiro Militar. Todos os eventos são abertos ao público.
Simulação de salvamento em altura acontece neste sábado, no Brêda
Bombeiros realizam simulado em comemoração ao aniversário da CBMAL
Dando continuidade às comemorações de aniversário, que acontece no próximo dia 29, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas realiza neste sábado, às 9h, um simulado de salvamento em altura. O evento acontecerá no Edifício Brêda, no Centro da cidade, e será aplicado pelo Grupamento de Proteção Ambiental (GPA) do Corpo de Bombeiros. A ideia é repetir o sucesso do simulado de salvamento aquático, realizado na última segunda-feira, 12, na praia do Francês. O simulado contará com a presença de dez militares.
Na simulação será feita uma retirada de uma vítima imobilizada com trauma na maca de ribanceira através de cordas numa situação quando não é possível fazer o salvamento por meios convencionais, como escadas. Apesar de ter um alto grau de dificuldade e risco, os militares são bem preparados para qualquer situação de emergência. "Todo salvamento envolve risco, por isso estamos sempre nos aprimorando para reduzi-lo ao máximo", declarou o tenente Felipe Dórea, comandante da operação.
Além deste simulado, outros eventos estão programados para o restante do mês como outra simulação – desta vez de salvamento veicular e atendimento pré-hospitalar, no próximo dia 28, no estacionamento do Jaraguá; um circuito de pedalada – onde será feito um percurso passando por todos os quartéis da capital, no próximo dia 27; além da tradicional formatura militar, no pátio do Quartel do Comando Geral, no dia do aniversário da Corporação.
Tais comemorações visam fortalecer o nome da instituição, assim como valorizar e reconhecer nossos bombeiros que desempenham uma atividade diária tão indispensável à sociedade alagoana.
CAMPANHA DE DOAÇÃO
A Corporação está organizando uma campanha de arrecadação de fraldas geriátricas para o Lar Francisco de Assis, localizado na Travessa Presidente Getúlio Vargas, Serraria, e que este ano também comemora 64 anos de existência.
Tendo como tema "Corpo de Bombeiros ajuda quem precisa", a campanha se inicia na próxima segunda, 21, e termina no dia 1º de dezembro, com a entrega das doações para o Lar no dia 02. Os Postos de coleta serão todos os Grupamentos de Bombeiros da Capital, que funcionarão para receber as doações no horário da manhã, no período acima mencionado, além do stand do CBMAL no Maceió Shopping de 28 de novembro a 1º de dezembro, onde estará sendo feita uma exposição de materiais e equipamentos operacionais, também como parte das comemorações de 64 do Corpo de Bombeiros.
Curso de Libras é ministrado no Corpo de Bombeiros
Objetivo é capacitar bombeiros para melhor atendimento com surdos
Por Assessoria
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) está capacitando militares para um melhor atendimento a pessoas com deficiência auditiva (surdos) através do Curso da Língua Brasileira de Sinais (Libras). O que pouca gente sabe é que a Libras é considerada a segunda língua oficial do Brasil. O curso tem a finalidade de apresentar e inserir a linguagem de sinais no âmbito do CBMAL, tendo em vista a necessidade de haver militares aptos a se comunicarem com o surdo que utilize essa língua e possa precisar dos serviços desta Corporação, tanto na atividade fim quanto na atividade meio.
O curso tem duração de 40 horas/aula e teve início no dia 1º de outubro de 2011 e tem previsão de término para dezembro. As aulas acontecem sempre aos sábados no Centro de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização (CFAE) do Corpo de Bombeiros, localizado na BR 316, no prédio do Departamento de Estradas e Rodagens (DER).
A primeira turma é formada por 15 alunos das mais diversas áreas da Corporação além de duas alunas civis. Tendo como professora, a senhora Isabel Alvim. Ela tem deficiência auditiva e também faz parte do corpo docente do Centro de Atendimento às Pessoas com Surdez – CAS. Bem recomendada e querida pelos alunos, ela tem desenvolvido com êxito seu papel de ensinar a Libras aos bombeiros.
Ao ser questionado o motivo pela inscrição no curso, a maioria dos alunos respondeu que a Libras era de extrema importância para a inclusão social das pessoas com surdez. O desejo de atender da melhor forma possível, prestando um serviço de qualidade para toda população, é o pensamento comum entre os alunos.
De fato, saber se comunicar pode salvar vidas. É o que conta o capitão BM Rômulo Guedes que viu a dificuldade ao se deparar com uma ocorrência em 2008: uma colisão de veículos na madrugada. A vítima estava desacordada e o acompanhante era deficiente auditivo, logo não havia comunicação clara entre a guarnição dos bombeiros e o acompanhante da vítima. "Fiquei abismado como não conseguíamos elencar os dados necessários sobre a ocorrência e como essa deficiência poderia comprometer a manutenção dos sinais vitais e o atendimento da vítima", disse. Depois do ocorrido, o capitão decidiu entrar no curso de Libras no Centro de Atendimento às Pessoas com Surdez. "Já estou concluindo o curso e indico a todos os militares. Saber se comunicar com sinais pode salvar vidas", finalizou.
Os bombeiros do serviço operacional já utilizam uma linguagem por sinais que poderiam ser ainda mais enriquecidas com as Libras. Mergulhadores de resgate e bombeiros em ambientes com ruídos servem de bons exemplos.
A LÍNGUA – A Língua Brasileira de Sinais e outros recursos de expressão a ela associados é reconhecida mais que um meio legal de comunicação e expressão no Brasil. Assim a Libras não pode ser mais chamada de uma simples linguagem. Possuindo uma gramática completa, ela é uma Língua Oficial usada pelos deficientes auditivos e considerada a segunda língua oficial do país.
A linguagem está sendo bem difundida graças a Lei 10.436, de 24 de abril de 2002, sancionada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Com o Decreto Federal 5.626, de 22 de dezembro de 2005, assinado pelo ex-presidente Lula, a lei foi regulamentada sendo obrigatória como disciplina curricular obrigatória nos cursos de formação de professores para o exercício do magistério, em nível médio e superior, e nos cursos de Fonoaudiologia, de instituições de ensino, públicas e privadas, do sistema federal de ensino e dos sistemas de ensino dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.
Corpo de Bombeiros realiza campanha de arrecadação para lar de idosos
Campanha faz parte das comemorações de 64 anos da Corporação Bombeiro Militar
Por Stephany Domingos
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) comemorará no próximo dia 29 de novembro de 2011, 64 anos de história de salvamentos dentro do Estado de Alagoas, se destacando diariamente nos resgates de vítimas e salvaguarda de riquezas, com militares prontos e abnegados a dedicar a sua vida ao serviço bombeiro militar.
Diante desta data de tamanha importância para todos que fazem parte da Instituição Bombeiro Militar, a Corporação está organizando uma campanha de arrecadação de fraldas geriátricas para o Lar Francisco de Assis, localizado na Travessa Presidente Getúlio Vargas, Serraria, e que este ano também comemorou 64 anos de existência.
Tendo como tema "Corpo de Bombeiros ajuda quem precisa", a campanha se inicia na próxima segunda, 21, e termina no dia 1º de dezembro, com a entrega das doações para o Lar no dia 02.  Os Postos de coleta serão todos os Grupamentos de Bombeiros da Capital, que funcionarão para receber as doações no horário da manhã, no período acima mencionado, além do stand do CBMAL no Maceió Shopping de 28 de novembro a 1º de dezembro, onde estará sendo feita uma exposição de materiais e equipamentos operacionais, também como parte das comemorações de 64 do Corpo de Bombeiros.
Comemorar uma data como esta ajudando aqueles que mais precisam é o principal objetivo da campanha, que pretende arrecadar uma quantidade de fraldas geriátricas que supre a carência do Lar Francisco de Assis, para dar, a cada dia, uma vida tranqüila e com toda a dignidade necessária para os 68 idosos que vivem no Lar.
Esperando contar com a contribuição da sociedade civil e militar, empresas e instituições públicas, o Corpo de Bombeiros estará à disposição para tirar qualquer dúvida sobre a campanha através dos contatos 3315-2841 e 8833-8921 (Assessoria de Comunicação).
Energia elétrica deve se normalizar no Grupamento de Salvamento Aquático
Eletrobras já se encontra no quartel para avaliar tecnicamente o problema
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas informa que o problema de falta de energia elétrica que prejudica há sete dias o serviço e comodidade dos militares do Grupamento de Salvamento Aquático (GSA), localizado no Pontal, é devido à sobrecarga de um transformador antigo castigado pela maresia que fornece energia com uma voltagem de 380 volts, queimando a maioria dos equipamentos eletro-eletrônicos. Para evitar maiores danos materiais, a energia foi desligada até que o problema fosse resolvido.
Corporação fez tudo que estava ao seu alcance para amenizar a situação dos militares que concorrem à escala de serviço no GSA . Tanto que o quartel se encontra em reforma e terá um custo de R$ 6.800 reais que beneficiará os militares deste grupamento. Segundo o subcomandante do GSA, major Sérgio Ricardo, um custo de R$ 835 foi necessário para a troca de toda a rede elétrica nas dependências do quartel.
A assessoria de comunicação da Eletrobras informou que uma equipe da empresa já está no quartel para avaliar tecnicamente o problema para que a situação se normalize nas próximas horas.
Na última sexta-feira, 11, a Eletrobras enviou uma equipe no quartel no início da noite, mas o serviço não foi feito porque seria apenas uma medida paliativa. "Trocamos toda a rede interna do prédio, mas sem os reparos no transformador da Eletrobras não adianta nada", disse o subcomandante do GSA.
Militares da CEDEC participaram de treinamento de contenção, destino e recolhimento de óleo no meio aquático
As práticas aconteceram na lagoa Manguaba no município de Pilar
Por Luciana Leonardo
Entre os dias 08 e 10 de novembro, no município de Pilar, o Secretário Executivo da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC), Tenente Coronel BM Gilson Romeiro, e o Tenente Marcos Paulo e Soldado André Luiz, técnicos da Defesa Civil, participaram do treinamento americano "On Scene Commander - Organização Marítima Nacional – IMO II", que trata das ações de contenção, recolhimento e destino de resíduos em derramamentos de óleo em ambientes aquáticos.
O treinamento é utilizado pelos americanos, pela Organização das Nações Unidas – ONU e pelas unidades da Petrobrás de todo Brasil. Os especialistas da Hidroclean de Salvador, empresa de produção ambiental que trabalha com manuseio de resíduos petroquímicos, Pedro Silva e Paulo Magioli ficaram à frente das instruções teóricas e práticas.
Durante a programação, aconteceu uma simulação de um vazamento de 10m³ de petróleo na Lagoa Manguaba. No simulado, os participantes do curso representavam de forma fictícia os integrantes do Instituto do Meio Ambiente – IMA, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais e Renováveis – IBAMA, Prefeituras, Ministério Público, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Associações de Moradores.
A Petrobrás em caso de derramamento de óleo se responsabiliza por todas as ações, desde a contenção até a distribuição de cestas básicas às vítimas, mas a Defesa Civil pode atuar no apoio às áreas externas, nas vistorias e na fiscalização das ações dos técnicos da empresa.
Desde 2001, quando aconteceram no Rio de Janeiro explosões em uma das plataformas de petróleo – a P-36, deixando um saldo de onze mortos, a Petrobrás vem tomando medidas drásticas para evitar qualquer tipo de ocorrência envolvendo derramamento de óleo.
Para os militares da CEDEC, o treinamento foi muito importante. "No meu ponto de vista, o treinamento foi válido. Em caso de derramamento de óleo, tenho os conhecimentos necessários para atuar em conjunto com os técnicos da Petrobrás. Com as aulas tenho como repassar para os bombeiros que existem técnicas diferentes, apropriadas nas ocorrências no mar, rios e lagoas", informa o soldado André Luiz.
Técnicos da Defesa Civil Estadual aprendem a manusear medidor de vazão
Conhecimentos adquiridos serão utilizados em trabalho preventivo
Por Luciana Leonardo
Os soldados Augusto Nascimento e Marcos Paulo, técnicos da Defesa Civil Estadual participaram do curso de Medição de Vazão, modelo M9, entre os dias 24 e 26 de outubro, que aconteceu na sala de treinamentos da Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAHR), em Maceió e na Plataforma de Coletas de Dados (PCD) em União dos Palmares.
Realizado pela Superintendência de Gestão da Rede Hidrometeorológica da Agência Nacional de Águas (ANA), o curso teve como objetivo capacitar profissionais na medição com equipamento ultrassônico, permitindo assim, a geração instantânea de informações sobre os rios. Os dados vão desde a seção transversal, passando por sua profundidade, chegando até a alcançar a velocidade da água.
Em Alagoas, antes do curso, era possível apenas fazer a leitura do nível dos rios, o que já ajudava bastante no monitoramento da água, mas agora, é possível maior agilidade no processamento das informações na sala de alerta, com mais precisão no fornecimento dos dados.
Para a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC), o curso é uma grande ferramenta no trabalho de prevenção. "Foi bastante proveitoso. Tivemos a oportunidade de ter contato com um equipamento de alta tecnologia. Os conhecimentos adquiridos serão empregados no trabalho preventivo realizado pela Defesa Civil Estadual", declarou o Soldado Augusto Nascimento.
Entrega de viaturas marca evolução do Corpo de Bombeiros de Alagoas
Viaturas são empregadas nos grupamentos da capital e do interior
Por Thássia Santos
Foi realizada na manhã da última terça-feira, 01, a solenidade de entrega de viaturas e equipamentos para os órgãos estaduais de segurança pública. O evento ocorreu no Palácio do Governo, e contou com a presença do Governador Teotônio Vilela e de toda cúpula da Secretaria de Estado da Defesa Social (SEDS), que recebeu materiais que reforçarão o trabalho desenvolvido em prol da segurança da população alagoana.
Durante a solenidade de entrega o Governador do Estado ressaltou que o governo tem tido o reconhecimento de várias instituições por ter uma gestão preocupada com seu povo, e que têm sido realizadas ações que visam à melhoria da qualidade de vida da população e o fim da violência em Alagoas. O Chefe do Poder Executivo Estadual aproveitou a oportunidade para parabenizar a todos os integrantes da segurança pública, principalmente aqueles que passam o dia-a-dia nas ruas, transmitindo a sensação de segurança à comunidade.
Ao Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) foram entregues dois caminhões de combate a incêndio, Auto Bombas Tanque (ABT), adquiridos com recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública, e outro com recursos da Taxa de Bombeiros, paga pela população de Maceió. Também foram recebidas três caminhonetes F-250 para o serviço de salvamentos especiais, sendo duas para a capital e uma para o interior; e três caminhonetes ranger para busca e salvamento, as quais foram direcionadas aos grupamentos do interior.
Segundo o Comandante Geral do CBMAL, Coronel BM Luiz Antônio Honorato, a chegada das novas viaturas quase que dobra a capacidade do Corpo de Bombeiros no que concerne ao combate a incêndio e à busca e salvamento. "Estas viaturas representam um grande avanço da nossa Corporação, e espero que seja apenas o começo de uma profícua gestão, não minha em particular, mas de todos nós que fazemos o CBMAL, pois isso é fruto do trabalho de todos", ressaltou o Comandante Geral.
O Coronel BM Luiz Antônio enfatizou ainda que com as novas aquisições o comando busca valorizar a tropa, e que até o fim deste mês de novembro os investimentos serão feitos para os próprios militares, com a chegada de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e Equipamentos de Proteção Respiratória (EPR), que proporcionarão aos bombeiros um combate com uma maior segurança.
Guarda vidas socorrem 20 vítimas em final de semana no Francês
Em apenas uma ocorrência guarda vidas salvaram oito pessoas da mesma família
Por: Thiago Omena
Um número alarmante de vítimas de afogamento foi registrado no último final de semana na praia do Francês, em Marechal Deodoro, município a 27 km de Maceió. A idade das vítimas variou de crianças de 10 anos a adultos de 43 anos. Não foi registrada nenhuma vítima fatal, todas foram socorridas e, após analisadas, liberadas do local.
Dentre as ocorrências, uma chamou muita atenção. Oito pessoas da mesma família, dentre elas, duas crianças, estavam brincando em duas pranchas quando foram surpreendidas por uma forte corrente de retorno. Ao perceber o sinistro, quatro bombeiros foram até as vítimas e fizeram o resgate de todas com êxito. No grau de afogamento as vítimas podem ser classificadas desde o resgate até o grau VI.
No Resgate, a vítima não apresenta qualquer sinal ou sintoma expressivo, apenas o desespero. Já no Grau I a vítima apresenta tosse, nervosismo, agitação, batimentos elevados, mas não apresenta espuma na boca ou nariz. No Grau II a vítima além de tosse e dos sinais do grau I apresenta pouca espuma na boca ou nariz. No Grau III de afogamento a vítima encontra-se consciente, com pulso radial presente, mas com muita espuma na boca ou nariz. A vítima do Grau IV evolui para a perda do pulso radial além da grande quantidade de espuma e geralmente inconsciente. No Grau V, a vítima entra em parada respiratória, mas ainda apresenta pulso carotídeo e, por fim, no grau VI a vítima encontra-se em parada cardiorrespiratória, cianótica e pálida. O índice de óbito nas vítimas do Grau VI é de 93%.
Devido à agilidade dos Guarda-Vidas (GV) do Grupamento de Salvamento Aquático (GSA), nenhuma das vítimas, incluindo as crianças, passou do grau de afogamento (1).
Para o Sargento bombeiro militar Ulisses, que participou da ocorrência, essa foi a primeira vez em nove anos de guarda vida que conseguiu resgatar oito pessoas de uma só vez. "Eu nunca participei de uma ocorrência parecida, fico muito feliz por ter conseguido ao lado de meus companheiros ter salvado todas elas com vida", enfatizou.
Para quem for ao posto de guarda vidas do Francês nos próximos dias, irá encontrá-lo em total reforma. O local onde ficavam os GV está sendo ampliado e ficará mais moderno e confortável.
Segundo a Aspirante Bombeiro Militar Chyara, o posto trará mais conforto para os militares de serviço, além de oferecer uma nova apresentação a quem os visita, os guarda vidas poderão ter uma maior comodidade na praia do Francês.
Acompanhe abaixo o relatório dos Boletins de Ocorrências (BO), sobre afogamento, realizadas neste final de semana, no período de 29 á 30 de outubro de 2011.
(Sábado) Dia 29 de outubro (03 vítimas, praia do Francês)
01 - BO Nº 623798 - VÍTIMA DE AFOGAMENTO. VÍTIMA DE AFOGAMENTO DO SEXO FEMININO, 33 ANOS, SOCORRIDA E LIBERADA NO LOCAL. O FATO FOI REGISTRADO ÀS 14:34 DO DIA 29/10, NA(O) PRAIA DO FRANCÊS, AO LADO DO POSTO DE GUARDA VIDAS - FRANCÊS - NO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA ÀS 14:53.
02 - BO Nº 623855 - VÍTIMA DE AFOGAMENTO. VÍTIMA DE AFOGAMENTO (GRAU 0), SEXO MASCULINO, 19 ANOS, SOCORRIDA E LIBERADA.. O FATO FOI REGISTRADO ÀS 15:29 DO DIA 29/10, NA(O) PRAIA DO FRANCÊS, AO LADO DO POSTO DE GUARDA VIDAS - FRANCÊS - NO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA ÀS 15:35.
03 - BO Nº 623859 - VÍTIMA DE AFOGAMENTO. VÍTIMA DE AFOGAMENTO (GRAU 0), SEXO FEMININO, 13 ANOS, SOCORRIDA E LIBERADA.. O FATO FOI REGISTRADO ÀS 15:33 DO DIA 29/10, NA(O) PRAIA DO FRANCÊS, AO LADO DO POSTO DE GUARDA VIDAS - FRANCÊS - NO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA ÀS 15:37.
(Domingo) Dia 30 de outubro (17 vítimas, praia do Francês)
04 - BO Nº 624412 - VÍTIMA DE AFOGAMENTO. TRATA-SE DE TRÊS VITÍMAS DE AFOGAMENTO, DUAS DO SEXO MASCULINO UMA COM 25 ANOS, UMA CRIANÇA DE 10 ANOS E UMA DO SEXO FEMININO DE 23 ANOS. TODAS RESGATADAS E LIBERADAS DO LOCAL. O FATO FOI REGISTRADO ÀS 13:27 DO DIA 30/10, NA(O) PRAIA DO FRANCÊS., POSTO DE GUARDA VIDA - FRANCÊS - NO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA ÀS 13:33.
05 - BO Nº 624436 - VÍTIMA DE AFOGAMENTO. TRATA-SE OITO VITÍMAS DE AFOGAMENTO. DUAS DO SEXO MASCULINO DE 20 ANOS, DUAS DO SEXO FEMININO, UMA DELAS 45 ANOS E A OUTRA 23 ANOS, TRÊS DE 25 ANOS SEXO MASCULINO E UMA CRIANÇA DE 12 ANOS. TODAS RESGATADAS COM SUCESSO E LIBERADAS NO LOCAL. O FATO FOI REGISTRADO ÀS 14:05 DO DIA 30/10, NA(O) PRAIA DO FRANCÊS, POSTO DE GUARDA VIDA - FRANCÊS - NO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA ÀS 14:25.
06 - BO Nº 624439 - VÍTIMA DE AFOGAMENTO. TRATA-SE DE DUAS VITÍMAS DE AFOGAMENTO UM DO SEXO MASCULINO E OUTRA DO SEXO FEMININO, TODAS COM 23 ANOS DE IDADE, RESGATADOS COM SUCESSO E LIBERADOS DO LOCAL. . O FATO FOI REGISTRADO ÀS 14:08 DO DIA 30/10, NA(O) PRAIA DO FRANCÊS, POSTO DE GUARDA VIDA - FRANCÊS - NO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA ÀS 14:13.
07 - BO Nº 624441 - VÍTIMA DE AFOGAMENTO. TRATA-SE DE UMA VITÍMA DE AFOGAMENTO SEXO MASCULINO COM 12 ANOS RESGATADA E LIBERADA NO LOCAL. O FATO FOI REGISTRADO ÀS 14:10 DO DIA 30/10, NA(O) PRAIA DO FRANCÊS, POSTO GUARDA VIDA - FRANCÊS - NO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA ÀS 14:15.
08 - BO Nº 624477 - VÍTIMA DE AFOGAMENTO. TRATA-SE DE UM VITÍMA DE AFOGAMENTO SEXO MASCULINO COM 28 ANOS, APÓS RESGATADA E ATENDIDA FOI LIBERADA NO LOCAL.. O FATO FOI REGISTRADO ÀS 15:26 DO DIA 30/10, NA(O) PRAIA DO FRANCÊS., POSTO DA GUARDA VIDA - FRANCÊS - NO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA ÀS 15:30.
09 - BO Nº 624512 - VÍTIMA DE AFOGAMENTO. TRATA-SE DE DUAS VITIMAS DE AFOGAMENTO DO SEXO MASCULINO AMBAS COM 33 ANOS.FORAM RESGATAS E ATENDIDAS E LIBERADAS NO LOCAL.. O FATO FOI REGISTRADO ÀS 16:21 DO DIA 30/10, NA(O) PRAIA DO FRANCÊS, POSTO DE GUARDA VIDA - FRANCÊS - NO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA ÀS 16:26.
Caros companheiros da imprensa de Alagoas. A partir de hoje estaremos enviando para todos os veículos de comunicação, releases e matérias em áudio do Corpo de Bombeiros de Alagoas. Gostaríamos da divulgação e compreensão de todos.
Sem mais,
PAULO ROBERTO MARQUES DE LIMA - TEN CEL BM
CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE ALAGOAS
Chefe da Assessoria de Comunicação
Gab. do Cmdo Geral – CBMAL
Sendo assim, e para que todos tenham noção de como é este material em áudio disponibilizado pelos bombeiros, disponibilizamos aqui no blog (Briosa em Foco) o release da matéria acima para que os nossos leitores possam conferir: .
Alunos de ensino fundamental participam da Semana Nacional de Tecnologia
Municípios do Vale do Rio São Francisco foram visitados pelas caravanas itinerantes
Por Luciana Leonardo
Os municípios do Vale do Rio São Francisco tiveram suas rotinas modificadas no período de 17 a 23 de outubro. A Semana Nacional de Ciência e tecnologia (SNCT) levou à população caravanas itinerantes com serviços e informações.  A SNCT acontece no Brasil desde o ano de 2004 e tem como finalidade mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de ciência e tecnologia.
As caravanas itinerantes foram realizadas simultaneamente em várias regiões do Brasil, contemplando alunos do ensino fundamental e médio de escolas estaduais, municipais e particulares.
Em Alagoas, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) levou para os municípios uma equipe de seis militares, entre oficiais e praças, que realizaram um trabalho preventivo com palestras sobre defesa civil, percepção de riscos e acidentes domésticos, com maior ênfase em práticas com Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o conhecido gás de cozinha.
Em todos os municípios visitados pela Defesa Civil, as práticas com GLP contaram a participação efetiva dos alunos, ganhando maior destaque entre a programação, tanto com os alunos, como também com a população presente no evento.
Na cidade de Penedo, município a 156 km de Maceió, uma adolescente de 16 anos fez a prática com o gás de cozinha e saiu muito emocionada. Quando perguntada sobre o motivo do choro pelo soldado BM André Luiz, respondeu que a oportunidade de ser bombeiro por um tempo é que a deixava emocionada. "Espero estudar bastante para conseguir trabalhar no Corpo de Bombeiros. É um sonho que tenho desde criança", disse a estudante Everlany Maria.
Pão de Açúcar, a 233 km de Maceió, foi o município onde foi realizado o maior número de palestras e contou também com o maior número de participantes. Foram realizadas em média 08 palestras e 03 demonstrações, alcançando aproximadamente quatrocentos participantes.
Militares do GSE podem participar de acompanhamento psicológico na FITS
Projeto do Cabo André Lima foi aprovado pela universidade e já está sendo aplicado
Por Thássia Santos
Há 09 anos lotado no Grupamento de Socorros de Emergência (GSE) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), o Cabo BM André Lima vivenciou a realidade da vida do socorrista, que após tantas ocorrências inicia um processo de perda da sensibilidade, afetando no atendimento, além de complicações no âmbito social e familiar. Após seis anos de serviço naquela unidade operacional, o Cabo ingressou no curso de Psicologia, na Faculdade Integrada Tiradentes (FITS), onde conheceu as teorias que se aplicavam àquela experiência diária vivida pelos que prestam o socorro.
Com isso, o militar desenvolveu um projeto para que os integrantes do GSE recebessem acompanhamento psicológico na clínica de psicologia da FITS, que foi inaugurada em agosto, e possui professores graduados na área, e estagiários da própria faculdade. A iniciativa visa minimizar o problema que afeta a vida do militar, o qual fica constantemente exposto à situações traumáticas e com o passar dos anos de atividade modifica a forma de sentir a ocorrência.
No momento, 28 militares do GSE, além de 12 familiares, já estão sendo atendidos na clínica, que enviou fichas de triagem para serem preenchidas por quem estiver interessado em participar da ação. Segundo o Cabo André Lima, há uma crença de que quem procura serviço psicológico está com problemas mentais, mas isto é um mito. A iniciativa de ser acompanhado por um psicólogo deve partir da pessoa, a qual passará por uma avaliação, e, caso seja necessário, inicia o tratamento.
Conforme o Cabo, o militar desenvolve este processo "devido ao contato diário durante um tempo prolongado com aquela situação traumática, havendo uma desensibilização do indivíduo, podendo levar a complicações psicológicas, e consequentemente a problemas familiares e sociais, necessitando de acompanhamento psicológico para minimizar o estado", relatou.
O Cabo André foi convidado pela Universidade de São Paulo (USP) para apresentar projeto para concorrer na Olimpíada Inovação, e este foi o trabalho enviado, porém com a adequação para os bombeiros de São Paulo serem atendidos por psicólogos da universidade paulista. O projeto já foi aprovado na primeira fase da competição, estando na segunda fase de seleção. Além desta participação, o futuro psicólogo estará concorrendo ao Prêmio Santander Universidade Solidária 2011, com o projeto do GSE/ CBMAL.
Os interessados em ter o acompanhamento psicológico deverão preencher a ficha de triagem, que está sendo disponibilizada na seção de Protocolo do QCG BM, e com o Cabo André Lima, motossocorrista do GSE.
Criança faz aniversário e ganha de presente "um dia de bombeiro"
Renata que sofre de má formação congênita sonha um dia ser bombeiro
Por: Thiago Omena
A realização do sonho de ser bombeiro por um dia ficou estampada na felicidade da aniversariante, Renata Larissa da Silva, que mora no Bairro da Santa Lúcia e completou nesta terça-feira, 11 anos, comemorando sua festa dentro do Corpo de Bombeiros de Alagoas.
A senhora, Maria Nadeje da Silva, desempregada, que ganha um salário mínimo, através de benefício da doença de Renata foi a grande responsável pela surpresa. A carta foi escrita a menos de 15 dias e relatava a admiração que sua filha tem pelos bombeiros.
 Nadeje relatou na carta que sua filha sofre de uma doença de má formação congênita, e acrescentou que a aniversariante do dia, até hoje sofre com as seqüelas dessa má formação. Segundo a própria mãe, a pequena Renata quando nasceu teve extrofia da barriga, com isso, não houve o fechamento completo da sua região abdominal, tendo que usar diariamente uma bolsa acoplada externamente ao seu corpo para poder urinar. Essas manobras fazem com que Renata corra risco diário de infecção.
Sabendo dessas informações, o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Luis Antônio Honorato quis proporcionar uma grande surpresa, a mais nova bombeira, e disponibilizou três viaturas, o auto operacional (AO-06), auto salvamento especiais (ASESP-07) e o auto bomba tanque (ABT-05).
Ao chegar a sua residência o esforço foi compensado. Um largo sorriso e olhos lacrimejando de toda família foram as nossas boas vindas, que emocionados, não acreditavam que o sonho estava se realizando. Os bombeiros que eles viam apenas em jornais e reportagens de TV, agora estavam ao seu lado. E ao ser perguntado por que os bombeiros foram escolhidos para participar de sua festa, Renata foi enfática em dizer, "eles apagam o fogo, ajudam as pessoas e salvam vidas, por isso que gosto dos bombeiros".
Para o deslocamento ao Quartel Geral, Renata veio na viatura de incêndio (ABT-05) acompanhada de sua mãe e de sua irmã, Lívia, de 8 anos.
Na sua chegada, Renata pode aprender como se passa o dia a dia do bombeiro. Ela prendeu como manusear uma mangueira de incêndio, alguns procedimentos de atendimento pré-hospitalar (APH), e imobilizações, além de participar da confraternização final que foi os parabéns e a hora do bolo.
Ao final da festa, a senhora Nadeje fez questão de agradecer a todos os bombeiros militares presentes. “Muito obrigado por proporcionar a minha filha e a minha família esse dia tão especial em nossas vidas, jamais irei esquecer tudo que fizeram para ela”, agradeceu entusiasmada.
O Corpo de Bombeiros de Alagoas já proporcionou só neste ano, o desejo de três crianças, que tinham o sonho de conhecer o nosso quartel e viver um dia de bombeiro.
Bombeiros fazem prova de salvamento em altura no Centro
Grupo atravessou corda que passa por prédios no comércio e concluiu tarefa com descida de rapel
Gazetaweb
Quem passou pelo centro da capital, na manhã desta sexta-feira (21.10), deparou-se com cenas radicais. Uma equipe do Corpo de Bombeiros realizou uma prova de salvamento em altura no Edifício Brêda. A turma, composta por dez pessoas, precisou atravessar por uma corda que ligava um prédio a outro, chamando a atenção de todos.
Instrutor do Curso de Salvamentos Especiais, o tenente CB Cristian relatou que esta é mais uma etapa do curso que prepara bombeiros voluntários para salvamentos aquáticos, em altura e de sobrevivência. O treinamento tem a duração de seis meses e deve ser concluído em dezembro deste ano.
Segundo o tenente, esta prova de salvamento em altura consiste em atravessar a corda sob determinadas circunstâncias e, em seguida, concluir com uma descida de rapel. Esta é a quinta turma formada no Estado.
Cuidados com o GLP: o nosso gás de cada dia
Prevenção é a palavra-chave para evitar explosões com gás de cozinha
Por Thássia Santos
O Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), conhecido popularmente como gás de cozinha, é utilizado diariamente em inúmeras residências e pontos comerciais, mas apesar disto muitas pessoas não conhecem os riscos que esse produto possui, os quais poderão ser sanados ou diminuídos através da prática da prevenção. Com esta preocupação, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), através do 7º Grupamento de Bombeiros Militar em Arapiraca, promoveu na última quarta-feira, 19, palestra sobre o assunto como parte da programação do IV Seminário Contra Incêndio (SEPROCIN).
O evento teve como público-alvo a comunidade arapiraquense, a fim de disseminar a prevenção e métodos de extinção em caso de incêndios naquela cidade. O tema GLP se sobressai pelos riscos que o mesmo representa, e técnicos da empresa Ultragaz explicaram sobre os cuidados que devem ser tomados para se evitar um vazamento de gás, além de saber como agir antes da chegada dos bombeiros. Algumas dicas como manter sempre o botijão em um ambiente aberto e arejado, verificar a validade da mangueira, bem como as condições do botijão foram repassadas aos participantes do SEPROCIN.
Segundo Ranieri Feitosa, Técnico de Segurança da Ultragaz, a empresa preza pela segurança tanto nos depósitos de GLP, como nas residências onde existem botijões para uso diário, e a parceria com o CBMAL tem sido essencial na difusão da prevenção. "Esta parceria com o Corpo de Bombeiros é muito importante, pois por vendermos um produto altamente perigoso, somos responsáveis por este cuidado, o qual se torna possível através destas palestras junto à comunidade", afirmou Feitosa, enfatizando que só se previne o que se conhece, daí a necessidade da disseminação de conhecimento ser de grande relevância para a diminuição de incêndios.
7º Grupamento de Bombeiros conclui IV SEPROCIN com palestras e demonstrações
Seminário formou cerca de 150 disseminadores de prevenção na área de incêndio
Por Thássia Santos
Com o sentimento de dever cumprido, o 7º Grupamento de Bombeiros Militar, localizado no município de Arapiraca, concluiu nesta quinta-feira, 20, a quarta edição do Seminário Contra Incêndio (SEPROCIN), que contou com a participação de cerca de 150 pessoas, entre funcionários de empresas locais e cidadãos arapiraquenses, que a partir do seminário tornaram-se disseminadores da cultura da prevenção na área de incêndios, e também de salvamento.
A programação do evento contou com palestras sobre uso e cuidados com o GLP (gás de cozinha), com representantes da empresa Ultragaz; primeiros socorros em incêndios, ministrada pelo 1º Tenente BM Luiz Augusto; utilização de extintores, sistemas preventivos  e normas de segurança, com o 1º Tenente BM Valdeilson Leite; prevenção e combate a incêndios florestais, proferida pelo 1º Tenente BM Emílio Simões; além da palestra sobre animais peçonhentos com o Professor Isaac Albuquerque, da empresa SOS Selvagens, professor mestre do curso de veterinária do CESMAC e cirurgião do IBAMA.
Durante as instruções os participantes tiveram a oportunidade de manusear extintores combatendo focos de incêndio, bem como ver de perto uma jiboia e praticar técnicas de contenção do animal. A intenção foi proporcionar aos alunos a experiência de agir de acordo com o conhecimento aprendido durante as explanações dos instrutores, mostrando que é possível todos atuarem em um primeiro momento, agindo como verdadeiros amigos do Corpo de Bombeiros.
O Comandante do 7º GBM, Tenente Coronel BM Eduardo Justo, afirmou que foi com grande júbilo que o SEPROCIN estava sendo concluído, mostrando-se um evento de grande sucesso pelo número de participantes que agora irão difundir o conhecimento adquirido. Ainda conforme ele, com o SEPROCIN os alunos terão uma maior percepção dos riscos, e com a atuação dos mesmos no primeiro combate a ação dos bombeiros será facilitada, diminuindo a probabilidade de aumento do incêndio.
Segundo José Júnior, integrante da brigada de incêndio da Mineradora Vale Verde, as informações prestadas pelos palestrantes foram de grande qualidade, e o conhecimento foi repassado de forma organizada e dinâmica. "Sempre sonhei em ser bombeiro, mas a vida me levou para outro emprego; no entanto, lá fiz questão de fazer parte da brigada de incêndio para poder ajudar as pessoas", ressaltou ele, relatando sua admiração pelos bombeiros que sabem o valor de uma vida, colocando a do próximo sempre em primeiro lugar.
Bombeiros participam de simulado APELL da área Pontal/Trapiche nesta quinta
CBMAL se unirá a outros órgãos de segurança para simulação de emergência
Por Thássia Santos
Na manhã desta quinta-feira, 20, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) participará do 8º Simulado de Acionamento do Plano Global de Atendimento para Situações de Emergências (PGASE), do Programa APELL área Pontal/Trapiche. Órgãos públicos e privados participarão da iniciativa, que visa promover a evasão de pessoas, treinar a população do Pontal da Barra, bem como os órgãos envolvidos na execução do socorro, em caso de vazamento de cloro da empresa Braskem.
Durante aproximadamente 40 minutos o trânsito será impedido desde o Trevo do Pólo, instalações do DETRAN e Bairro do Trapiche / Virgem dos Pobres / Praça Pingo D’água com destino ao Pontal. Além disso, o Dique Estrada, e as avenidas Siqueira Campos e Assis Chateaubriand com destino ao Bairro do Pontal também serão interrompidas, e nos 10 minutos finais o BPTran e a SMTT irão liberar a pista de rolamento sentido DETRAN - Maceió da Av. Assis Chateaubriand em regime de mão dupla.
O simulado pretende alcançar principalmente os seguintes objetivos: promover a evasão do maior número possível de pessoas dessa localidade para um local seguro (Ponto de Encontro) devido a um suposto vazamento de cloro ocorrido na BRASKEM; treinar a população do Bairro do Pontal da Barra e os efetivos dos órgãos públicos e privados envolvidos na execução do PGASE, assim como verificar a integração e a resposta da população e de cada instituição envolvida no plano; além de divulgar o Programa APELL para os Governos Municipal e Estadual e para o público em geral.
Grupamento de Bombeiros de Arapiraca realizará IV Seminário de Proteção Contra Incêndio
Evento ocorrerá nos dias 19 e 20 de outubro na AABB Arapiraca
Por Thássia Santos
Uso do GLP (gás de cozinha), primeiros socorros em caso de incêndio e utilização de extintores, são alguns dos temas que serão discutidos durante o Seminário de Proteção Contra Incêndio (SEPROCIN), o qual está em sua quarta edição e é realizado anualmente pelo 7º Grupamento de Bombeiros Militar (7º GBM), localizado da cidade de Arapiraca. O evento ocorrerá nos dias 19 e 20 de outubro, a partir das 08 horas, no auditório da AABB/Arapiraca.
O objetivo do seminário, como já diz o nome, é promover uma política de conscientização e de prevenção de incêndios entre a população do agreste alagoano, capacitando os participantes a agirem como disseminadores e agentes de segurança, auxiliando os bombeiros a salvar bens e vidas. O público-alvo do IV SEPROCIN será a comunidade local, que se inscreveu na sede do 7º GBM gratuitamente.
Para o Comandante do grupamento, Tenente Coronel BM Eduardo Justo, esta é uma grande oportunidade para a Corporação estreitar laços com a comunidade através do repasse de conhecimento, pois com simples atitudes o cidadão pode evitar o agravamento de incêndios. "As pessoas precisam ter informações para que no momento da necessidade elas possam saber como atuar e a quem recorrer através do telefone do Corpo de Bombeiros, o 193", ressaltou o Comandante do 7º grupamento, que aproveitou para enfatizar a importância do conhecimento não ficar contido aos militares.
Segue abaixo a programação do evento:
Guarda-Vidas participam da VII Travessia Aquática da Barra de São Miguel
Militares conquistaram colocações de destaque na competição
Por Thássia Santos
Com o objetivo de difundir e estimular a prática de natação em águas abertas, a Federação Aquática do Estado de Alagoas (FAEAL) promoveu a sétima edição da Travessia da Barra de São Miguel, no último domingo, 09, com categorias de infantil a master. A competição teve o percurso de 1200 metros e contou com a participação de 123 nadadores, entre eles cinco Guarda-Vidas (GV) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL).
Os GV obtiveram colocações de destaque na prova, a qual servirá como base classificatória para o Circuito Alagoano de Águas Abertas. O soldado BM Rodrigo de Oliveira conquistou o oitavo lugar na categoria masculino e o terceiro em sua categoria, registrando um tempo de 16 minutos e 59 segundos para a conclusão do percurso.
Para ele, vencer este desafio foi uma ótima oportunidade de representar o CBMAL, promovendo a união dos militares do Grupamento de Salvamento Aquático. "Este tipo de competição promove a união e motiva o grupo do GSA, e independentemente de colocação o importante foi participar e representar o CBMAL em uma prova deste nível", ressaltou o GV.
Segue abaixo a classificação dos GV do CBMAL:
Bombeiros atuam em colisão com presos em ferragens na AL-101 Norte
Entre os feridos uma criança de quatro anos e uma vítima fatal
Por Thiago Omena
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) foi acionado na manhã desta terça-feira, 11, para socorrer vítimas presas às ferragens após uma colisão com três veículos, na AL-101 Norte. Entre os feridos, uma criança de quatro anos e seus pais, Rodrigo Cassovan, 30, e sua mãe que não resistiu aos ferimentos e faleceu no local do acidente.
Na ocorrência foram acionadas a Unidade de resgate (UR-23) e o Auto Salvamentos Especiais (Asesp-06). No apoio as vítimas, também estiveram os motossocorristas e o auto-operacional (AO-06).
Segundo levantamento feito no local, os bombeiros em trabalho conjunto com o SAMU, atenderam seis vítimas durante o sinistro, sendo duas vítimas em estado grave e uma vítima fatal. A equipe da Asesp-06 precisou utilizar o desencarcerador para conseguir remover as vítimas que estavam presas nas ferragens. Segundo o Tenente Coronel BM Paulo Marques, que acompanhou a ocorrência, o cuidado no trânsito tem que ser redobrado. "Os condutores tem que ter mais atenção quando dirige em rodovias, não podemos perder vidas de famílias de um jeito trágico como esse", afirmou.
Segundo uma das vítimas, Doda Cavalcante, prefeita de Matriz do Camaragibe, município a 75 km de Maceió, que teve ferimentos leves e foi encaminhada para um Hospital particular, a colisão entre os veículos (Palio azul X Celta prata) foi frontal, sendo que seu veículo, que seguia no sentido Maceió - Maragogi, estava atrás do Palio e não conseguiu desviar após a colisão.
Bombeiro alagoano participa de curso de salvamento veicular na Alemanha
Tenente Felipe Dórea foi o único bombeiro do Nordeste entre os dez brasileiros
Por Thássia Santos
Trazendo na bagagem profissional a experiência de ser um dos militares que implantaram o Curso de Salvamento Veicular na Corporação, além de ser formado no Curso de Salvamentos Especiais (CSEsp), Tenente BM Felipe Dórea viajou à Alemanha para participar do maior evento de salvamento veicular do mundo. O Rescuedays, que ocorreu de 30 de setembro a 02 de outubro, foi patrocinado pela empresa alemã Weber, fabricante de desencarceradores e equipamentos operacionais utilizados pelos bombeiros neste tipo de socorro.
A participação foi garantida através de convite, que os revendedores brasileiros, junto com integrantes da empresa alemã, fizeram ao oficial, que foi o único bombeiro do nordeste, estando entre os dez brasileiros que foram ao evento, na cidade de Deggendorf. Mais de 600 bombeiros de todo o mundo participaram do Rescuedays, que englobou palestras sobre técnicas e novidades tecnológicas, além de oficinas com os equipamentos mais avançados na área de salvamento veicular envolvendo diferentes situações deste tipo de ocorrência, que podem acontecer no dia-a-dia do serviço dos bombeiros.
Segundo o Tenente Felipe, foram três dias inteiros de curso, com mais de quinze oficinas, onde foi possível perceber que os bombeiros alagoanos vêm realizando este tipo de salvamento de forma muito semelhante ao que é feito no outro país. "Nosso material humano é muito bom, e o que fazemos aqui é muito semelhante ao que se faz lá. Conheci novos equipamentos, tendências nesta área de salvamento, além da oportunidade de treinar com carros modernos de tecnologia avançada em segurança", relatou o oficial.
Ainda conforme ele, que é integrante da coordenação do CSEsp 2011, o módulo de salvamento veicular do curso foi adiado para o final de outubro, para que fosse possível o repasse do conhecimento adquirido na Alemanha aos novos "águias", como são conhecidos os bombeiros formados neste curso. Além disso, há um projeto de inclusão dos aspirantes na referida turma para receber os ensinamentos e repassá-los às suas respectivas unidades operacionais, provocando um avanço na qualidade do socorro que é prestado aos alagoanos da capital e do interior.
Bombeiros: há 03 anos consecutivos a instituição de maior credibilidade para os brasileiros
Corporação atingiu o maior índice de confiança junto à população
Por Thássia Santos
Pela terceira vez consecutiva, os Corpos de Bombeiros Militares do Brasil foram eleitos pelos brasileiros como a instituição de maior credibilidade no país, conquistando a maior pontuação entre as 18 organizações pesquisadas, com 86 pontos, em uma escala de 0 a 100. O objetivo da pesquisa, realizada pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE), é acompanhar a relação de confiança da população nas organizações e pessoas do convívio social.
O Índice de Confiança Social (ICS), medido pela pesquisa e divulgado na última semana, é computado anualmente desde 2009, e avalia a credibilidade com base em uma escala de quatro alternativas, que vai de ‘nenhuma confiança’ a ‘muita confiança’ na referida instituição. Foram entrevistadas cerca de duas mil pessoas, entre os meses de junho e setembro deste ano, distribuídas entre diversos estados do país, fator que busca garantir que o resultado represente a opinião da maioria dos cidadãos brasileiros.
Para o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), Coronel BM Luiz Antônio Honorato, esse resultado é uma prova de que o trabalho dos bombeiros tem sido realizado de forma eficaz, de maneira que a população tem visto e reconhecido. "O CBMAL passou por algumas dificuldades e nossa imagem sofreu com isso, porém há cerca de 60 dias não surge nada que desabone nossa conduta, pois estamos em um processo de crescimento constante e somos muitos dedicados ao serviço", ressaltou o Coronel BM Luiz Antônio.
Ainda segundo o Comandante Geral, a Corporação alagoana vem sendo reconhecida também pelos investimentos que está realizando tanto na área operacional, como a aquisição de novas viaturas de combate a incêndio, que estão sendo empregadas na capital e no interior do Estado; quanto em capacitação profissional de seus bombeiros, na busca pela excelência do serviço que é prestado à população alagoana.
O resultado da pesquisa reflete a dedicação e amor, que os bombeiros de todo o Brasil, inclusive os de Alagoas, têm à profissão, agindo no socorro diário com base em seu lema maior: "vidas alheiras, riquezas salvar". Graças a cada bombeiro, independentemente de posto ou graduação, e de função desempenhada na instituição, o serviço prestado em prol da comunidade garante a admiração e confiança dos cidadãos nos homens e mulheres que salvam vidas com o risco da própria vida.
9º GBM em Santana do Ipanema: Mais confortável para a tropa, mais eficaz para a população
Reformas no Quartel propiciaram mais comodidade para os militares, que atendem cada vez melhor a população
Por Stephany Domingos
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) desde a sua criação há quase 65 anos, buscou a evolução e expansão de seus serviços e estrutura, para assim alcançar a todos, sem distinção e prontos em eficiência e eficácia. Até o ano de 2001, os braços dos bravos guardiões da mais respeitada entidade militar ainda não tinha alcançado o sertão de Alagoas de um povo sofrido e castigado por sua vegetação seca e clima peculiar.
Foi olhando para o sertanejo que o então governador de Alagoas, Ronaldo Lessa, resolveu atender o clamor da região do Médio Sertão Alagoano, determinando a criação de um Grupamento de Bombeiro naquela região. Sendo assim, em atendimento a ordem do governador, o Coronel BM Jadir Ferreira Cunha, então Comandante do CBMAL, começou a organização e estruturação do novo grupamento, tendo como data de sua criação o dia 03 de outubro de 2002.
Inicialmente, ficou acordado que o novo grupamento ficaria sediado na cidade de Delmiro Gouveia. Porém, Santana do Ipanema saiu na frente devido a força de vontade e ousadia dos seus cidadãos, que souberam como ninguém lutar por Santana do Ipanema. Articulando junto ao governador e parlamentares, o CBMAL conseguiu mostrar a importância da cidade como faixa intermediária entre o Sertão e o Agreste alagoano e devido a essa centralização mostrada por seus representantes políticos e notórios moradores, a princesa do Sertão foi escolhida para ser a sede do mais novo grupamento de bombeiro.
Escolher um lugar para servir como base foi o mais difícil, porém, depois de negociações aos trancos e barrancos o 9º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) foi estabelecido nas dependências do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de Santana do Ipanema e mesmo com as condições estruturais não ideais, os serviços começaram e a população vibrou por contar com o Corpo de Bombeiros em sua cidade.
Quando inaugurado, o Grupamento tinha apenas 15 militares. Hoje, conta com 55 bombeiros distribuídos nas mais diversas áreas de atuação, entre elas atividades na área de combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, salvamento em altura e terrestre, serviços de atividades técnicas, entre outras.
Segundo o Tenente Coronel BM Paulo Marques, um dos primeiros comandantes que passou pelo 9º GBM, no início as condições eram precárias: "o Quartel era só uma pequena casa de 50 m², onde tinha a sala do comando, a administração, um único alojamento, o refeitório, o rádio, tudo no mesmo lugar, apertado", disse.
Com o passar dos anos, as melhorias estruturais tornaram a estadia no Quartel mais confortável. Hoje, o Grupamento conta com uma área total de cerca de 1000 m² em áreas bem divididas. As últimas reformas que aconteceram no Quartel foram a construção de uma pracinha, a ampliação do refeitório, a reforma do almoxarifado e a criação de uma salinha de convivência e lazer.
Hoje, o Grupamento possui cerca de seis viaturas operacionais, incluindo dois novos carros, um administrativo que serve para fazer as fiscalizações pela Seção de Atividades Técnicas (SAT), e outra viatura operacional para salvamentos em altura e terrestre que ainda será equipada.
Em média oito pessoas, com exceção do SAT e seção administrativa, tiram serviço por dia no Quartel. Para o Soldado BM José Costa, os militares do 9º GBM são como uma família: "nos damos muito bem aqui e conseguimos construir uma verdadeira família. Além disso, a tranqüilidade e a folga são outras vantagens de trabalhar em Santana. Moro em Maceió, mas já estou acostumado com a viagem".
Para o Tenente Coronel BM Pedro Filho, comandante do 9º GBM, é muito bom comandar este Grupamento: "a tropa é coesa e disciplinada. A única dificuldade é a distância da Capital e parte do efetivo ser flutuante, principalmente de Pernambuco e da Bahia, já que o transporte para a cidade é difícil".
Além das atividades operacionais, o Quartel também executa ações sociais que integram cada vez mais a população ao Bombeiro, entre elas palestras para escolas, disponibilização do telecentro para promover integração social junto às comunidades carentes, além do Projeto Bombeiro Mirim em parceria com a Prefeitura que junto com escolas de comunidades carentes da cidade, leva cidadania à população.
O Sargento José Paulino diz que está muito feliz de ter presenciado o início de tudo e poder ver o Quartel crescer: "Estava na fundação e estou no Grupamento hoje. O crescimento foi muito grande e muito ainda iremos crescer. Esta é minha segunda casa", disse o Sargento.
Bombeiros de Alagoas recebem visita de membros do Conselho Estadual de Segurança Pública
Conhecer o cotidiano da Corporação e verificar suas necessidades foi o objetivo da visita
Por Thássia Santos
Na manhã desta sexta-feira, 07, o Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) recebeu a visita de membros do Conselho Estadual de Segurança Pública, a fim de conhecer o dia-a-dia do trabalho desempenhado pela Corporação, bem como suas conquistas e necessidades. Os conselheiros Everaldo Patriota e Marcelo Brabo foram recepcionados pelo Comandante Geral do CBMAL, Coronel BM Luiz Antônio Honorato, e pelo Subcomandante Geral, Coronel BM Gláucio Alcântara, que apresentaram as instalações do QCG BM e viaturas operacionais.
Segundo o Conselheiro Everaldo Patriota, a visita de inspeção é uma missão do Conselho, pois na primeira reunião foram criadas várias comissões, e coube à dupla a inspeção do serviço desenvolvido pelo CBMAL. "Esta visita está sendo extremamente positiva, já que é muito importante termos um conhecimento mais amplo sobre as necessidades, bem como o que existe de excelência na Corporação", ressaltou Patriota, frisando que foram discutidos projetos importantes para a instituição.
Para Marcelo Brabo, a visita forma um elo essencial entre as instituições, e a partir do mesmo, melhorias serão implantadas no CBMAL por parte do governo do Estado, que conhecerá, através da atuação do Conselho, as reais necessidades da Corporação bombeiro militar. Tais investimentos, tanto na área operacional, quanto na administrativa trarão inúmeros benefícios à comunidade, que poderá contar com um Corpo de Bombeiros cada vez mais forte.
Na oportunidade, o Comandante Geral aproveitou para falar sobre a importância de os bombeiros terem o quartel como uma extensão de suas casas, fator que influi diretamente na qualidade de serviço que é prestado à população alagoana. "Desde que entrei na Corporação tive esse pensamento, de que os bombeiros precisam se sentir em casa. Ainda precisamos melhorar muitas coisas, mas estamos evoluindo constantemente", relatou o Coronel BM Luiz Antônio.
Guarda-Vidas dão exemplo de como uma atitude pode mudar uma vida
União foi a palavra-chave para reforma de barraca destruída pela maré no Mirante da Sereia
Por Thássia Santos
Há nove anos como proprietário de um restaurante na praia do Mirante da Sereia, Aluísio Ferreira, conhecido como Lula, sempre soube reconhecer a importância do trabalho desenvolvido pelos Guarda-Vidas (GV) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), agindo diariamente como um verdadeiro amigo do Bombeiro. O proprietário da Barraca Frango Atropelado apoiou durante anos os GV, oferecendo apoio logístico aos militares, fazendo toda a diferença para o dia-a-dia do serviço de praia, e assim, foi sendo criado um vínculo de amizade e respeito entre eles.
Segundo o dono da barraca, a sua visão em relação ao apoio aos bombeiros não era unânime entre os outros proprietários de bares do local, porém ele sempre pensou diferente, e atualmente sua barraca é conhecida pela presença dos bombeiros, garantindo a segurança dos clientes e dos freqüentadores da praia. "Para mim sempre foi uma grande honra tê-los aqui em minha barraca, pois sei a importância do trabalho e me sinto muito mais tranqüilo, pois eles cuidam da segurança de todos que vêm aqui, e os clientes também relatam esta tranquilidade", ressaltou ele.
Porém, após tantos anos com seu restaurante, Lula jamais se esquecerá do dia 18 de abril deste ano, quando após realizar uma pequena reforma, toda a parte frontal do estabelecimento foi derrubada pela força da maré, que naquele dia atingiu vários bares localizados à beira-mar, levando junto com tijolos e pedras, uma vida de trabalho e dedicação. "Mas como sou uma pessoa temente a Deus, clamei a Ele que enviasse alguém para me ajudar naquele momento tão difícil. Hoje posso dizer que esta atitude mudou completamente a minha vida", lembra.
E o socorro chegou. A esperada atitude partiu de um GV, soldado bombeiro militar, que vendo aquela situação sentiu-se motivado pela simplicidade e pelo apoio que o dono da barraca sempre dedicou aos que ali tiravam seu serviço operacional. Assim, o Soldado BM Olímpio Rafael, iniciou uma campanha de arrecadação de recursos para a reconstrução da área do bar que fora atingida pelo mar. "É sempre difícil adquirir crédito no início, mas depois todos foram contribuindo. A intenção era fazer um paliativo, mas com o valor arrecadado foi possível efetuar toda a reforma, sempre com a preocupação de prestar contas de tudo que foi doado", afirmou o líder da campanha, que contou também com a colaboração de amigos e familiares. "Eu primeiramente agradeço a confiança que vocês me deram para cumprir essa missão, espero ter correspondido às expectativas de todos; foram dias tensos mais gratificantes, pois ajudar o próximo é um ato nobre", relatou.
Através das doações, a reforma foi iniciada e outras melhorias, antes não existentes, foram implantadas, tais como escada de acesso à praia, chuveirões e dois pisos. E o que não podia faltar, um lugar especial para os GV, construído com recursos do proprietário, com direito a armário para guardar os materiais operacionais, e um mezanino que proporciona uma visão privilegiada de vários pontos da praia, aumentando a segurança dos banhistas. Entre tantas novidades, ganha destaque a homenagem que Lula prestou a um GV em nome de todos os que contribuíram para a reconstrução de seu restaurante: o posto de bombeiros do Mirante da Sereia, construído pelo próprio comerciante, recebeu o nome de quem, segundo ele, foi o enviado de Deus, Olímpio Rafael Tavares, o qual revelou a grande emoção ao receber a referida homenagem.
Exemplos como este mostram como uma atitude pode mudar uma vida, e através desta iniciativa o Grupamento de Salvamento Aquático (GSA) provou sua união, fator essencial para o sucesso, não só da campanha, mas também do serviço diário desempenhado com amor e dedicação por todos que compõe o GSA. E como afirmou o soldado BM Olímpio, desde o início seu trabalho foi focado em uma frase diariamente difundida pelo Cabo BM Maxwell: "juntos somos mais fortes".
Bombeiros recebem escolas na Semana da Criança
Visitas proporcionam diversão e conhecimento que salva vidas
Por Thássia Santos
Educar para salvar. Este é o objetivo do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) ao receber as crianças nesta semana que é dedicada a elas, proporcionando repasse de conhecimento e muita diversão durante a visita aos quartéis. O calendário de visitas teve início na última terça-feira, 04 e segue até o dia 07, quando escolas vêm conhecer a Corporação Bombeiro Militar, a qual está sempre presente no imaginário dos pequenos.
A Semana da Criança no CBMAL ocorre todos os anos, com palestras sobre o trabalho desenvolvido pela Corporação, exposição de materiais utilizados durante o serviço, brincadeiras, além do famoso passeio na viatura de combate a incêndio pelo pátio do Quartel. Através desta iniciativa, a Corporação contribui com a prevenção de acidentes e com a diminuição do número de trotes, repassados a maioria das vezes por crianças ao número 193.
Nesta quarta-feira foi a vez da Escola Joaquim Luiz da Silva, do município de Colônia Leopoldina, vir ao Quartel do Comando Geral com alunos entre 07 a 11 anos, e conhecer de perto o trabalho desempenhado pelos bombeiros. Segundo a Diretora da escola, Daniela Borges, a ideia de vir ao CBMAL partiu da psicóloga, que viu na visita uma oportunidade de proporcionar aos alunos um dia especial. "Quando dissemos a eles que viríamos ao quartel dos bombeiros foi a maior festa", relatou a diretora.
Marcos, de 07 anos, aluno da 2ª série, aprovou o passeio na viatura escada magirus, junto com seus colegas de turma, e aproveitou para confessar seu sonho, que é o de muitas crianças: "quero ser bombeiro quando eu crescer, pois o bombeiro ajuda as pessoas e os animais, apaga fogo, salva o afogado", afirmou o aluno, que se divertiu muito durante a visita e deseja voltar ao quartel dos bombeiros.
Acidentes com GLP podem ser evitados pelo próprio consumidor
Manusear o “botijão de gás” corretamente diminui as estatísticas de incêndio
Por Stephany Domingos
 Muitas são as ocorrências de incêndio ou explosão atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) envolvendo o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), famoso botijão de gás ou gás de cozinha, como é conhecido. De janeiro até setembro de 2011 foram atendidas cerca de 25 ocorrências envolvendo GLP, um número que pode ser reduzido, dependendo das formas utilizadas para manusear o botijão, tanto em caso de vazamento, quanto na forma de instalação.
Os cuidados começam já na instalação. Há a necessidade de identificar os principais componentes e os objetivos de cada um para conhecer bem o material que está sendo manuseado. Com relação às mangueiras e ao regulador de pressão, eles devem ser certificados pelo Inmetro, atestando assim a boa qualidade dos produtos. E a mangueira que deve ser utilizada é a transparente com tarja amarela, respeitando sempre o prazo de validade, que é de cinco anos.
No caso do botijão, ele deve ser construído respeitando a Norma ABNT 8460, e possuir massa de 13 kilogramas.
Antes de instalar o botijão, o consumidor deve fechar o registro regulador de pressão, verificar se todos os botões dos queimadores estão fechados e não acender ou permitir que acendam chama ou qualquer fonte de calor durante a operação de troca. Para instalar a válvula não é necessária a utilização de ferramentas como o martelo com a finalidade de "apertar". Manualmente, mesmo uma mulher, teoricamente com menos força do que o homem, é capaz de instalar a válvula e deixá-la firme sem a necessidade de utilizar outras ferramentas que podem dificultar a retirada da própria válvula em caso de haver a necessidade de levar o botijão para um local aberto. Além disso, o uso da ferramenta pode danificar ou instalar incorretamente o registro.
Ao adquirir um botijão, o consumidor deve verificar visualmente as condições de conservação, se possui alguma área enferrujada ou amassada, além de conferir o selo de garantia do produto (lacre) observando se está violado ou não. Caso perceba qualquer irregularidade o consumidor deve exigir a troca do produto.
Sobre o local ideal para colocar o botijão, este deve ser, preferencialmente, do lado de fora da residência, protegido do tempo. Caso não seja possível, ele deverá ficar em local ventilado. Compartimentos fechados e de pouca circulação de ar ou próximo a ralos devem ser evitados, pois o gás é mais pesado que o ar e poderá se concentrar ou adentrar por esses locais, aumentando o risco de explosão por queima acelerada do gás.
Para conferir se há vazamento, o consumidor pode utilizar a espuma do sabão ao redor do registro. Segundo o Tenente Coronel BM Paulo Marques, Perito em incêndio e explosão do CBMAL, muitos acidentes acontecem porque as pessoas acreditam nos mitos espalhados pelo povo ao longo dos anos de que utilizar sabão de pedra contém qualquer vazamento: "o povo tem a mania de fazer uma pasta com o sabão de pedra para conter vazamentos, porém, a pressão do gás é muito grande e o sabão não é capaz de contê-lo. Além disso, em contato com o mecapitano (substância presente no GLP para dar o cheiro que conhecemos como cheiro de gás), o sabão anula o cheiro do mecapitano e a pessoa tem a falsa sensação que o vazamento cessou", explicou o Tenente Coronel, completando que em caso de vazamento, o cidadão deve fechar o registro de gás e não acender lâmpadas, fósforos, tomadas, eletrodomésticos ou produzir qualquer outra forma de calor, porém, se o botijão estiver vazando e não seja possível conter, o mesmo deve ser levado para um local arejado para que o gás se disperse no ambiente.
O botijão foi projetado e construído para evitar a explosão, pois possui uma válvula de alívio feita de tcstênio, que derrete em caso de aumento da temperatura. Se todos os dispositivos de segurança do botijão estiverem funcionando, dificilmente isso acontecerá. Para evitar acidentes basta seguir as recomendações de segurança e aprender a manusear corretamente o botijão de gás.
O Quartel como nossa segunda casa
O tempo vivido dentro do Quartel exige que a maioria dos militares transfira para o ambiente de trabalho um pedacinho de sua residência e assim se sentir "em casa"
Por Stephany Domingos
24 horas duas ou três vezes por semana. Para alguns parece pouco, mas para outros, nem tanto. Além de toda a técnica e conhecimentos específicos que o serviço operacional exige de seus militares, que devem ser aplicados várias vezes por dia nas ocorrências atendidas das mais diversas áreas operacionais do Corpo de Bombeiros, o Quartel se torna a segunda casa dos bombeiros e influencia diretamente no atendimento dado a população. Conforto, condições de alojamento e alimentação são alguns dos fatores que influenciam na qualidade de vida e de trabalho desses militares.
A passagem de serviço operacional acontece sempre às 7h da manhã nos Grupamentos da Capital. Já nos interiores onde a Corporação possui Quartéis, a passagem de serviço varia de acordo com o transporte público que leva os militares de Maceió para os Grupamentos e Subgrupamentos. Em Maceió, o serviço dura 24 horas e na maioria dos Quartéis do Interior dura 48 horas.
Quem não está acostumado a ficar esse tempo longe de casa sente dificuldade em se adaptar com outro ambiente diferente daquele que o conforto residencial possui. Para a Cabo BM Adrine Heliziane, condutora da viatura de incêndio Auto Bomba Tanque (ABT), uma das dificuldades encontradas de sair do conforto residencial é dividir a privacidade com outras pessoas: "às vezes quero silêncio, mas outras companheiras de alojamento querem assistir uma televisão. O mais difícil, para quem mora sozinha como eu, é aprender e se adaptar a respeitar o espaço de cada um", falou.
Quem trabalha no serviço operacional desde que entrou para a Corporação diz que no início é difícil, mas com o passar dos anos a adaptação é inevitável. Os familiares também sentem muito a ausência do militar que passa mais tempo no Quartel do que em casa, principalmente cônjuges e filhos. Com o soldado BM Otávio Fernandes, auxiliar do ABT, não foi diferente da maioria dos bombeiros. Casado e pai de uma menina de oito anos, trabalha no serviço operacional desde 2007, quando se formou no Curso de Formação de Praças (CFP) e começou a exercer a função de salvar vidas.
Ele diz que no início sua filha perguntava sempre por ele e por que ele ia dormir fora. Explicar não era tão fácil, mas com o tempo acabou se acostumando. Para ele, os dias de folga do serviço acabam compensando as 24 horas longe de casa: "A minha família não demorou muito para se adaptar com a minha nova realidade quando entrei para o Bombeiro, mas mesmo assim, essa rotina ainda hoje é estranha para minha esposa e minha filha. O que ajuda muito é ter os dias de folga para ficar mais próximo da família, até mais do que se trabalhasse no expediente administrativo", explicou Otávio.
Transformar o Quartel em uma segunda casa é, na maioria das vezes personalizar o ambiente que passa a maior parte do tempo, trazendo um pedacinho de casa para transformar o espaço que divide com outros bombeiros. A Cabo Adrine diz que trazer um computador portátil para ouvir música e assistir filmes ou trazer um violão ou a comidinha caseira ajudam muito a se sentir mais confortável. Já o Soldado Otávio diz que um livro de cabeceira, o travesseiro e o lençol gostosos de casa personalizam o ambiente, transformando aquele pequeno espaço numa extensão de casa.
Segundo Otávio, algumas melhorias estruturais seriam ideais para transformar ainda mais o Quartel numa segunda casa: "Hoje, todas as atividades são concentradas no alojamento. Tem gente que quer estudar, tem gente que quer dormir, outros querem conversar, outros querem jogar videogame ou outros jogos e isso gera conflitos de opinião entre os companheiros. É necessário que a Corporação enxergue que um local adequado de estudo é muito importante para a tropa. Uma sala de jogos também seria uma boa opção de descontração para quando estamos no Quartel, pronto para algum chamado. Assim ficaríamos muito mais confortáveis dentro do ambiente de trabalho", sugeriu.
Mesmo com algumas dificuldades de adaptação e estadia, o bombeiro militar é uma pessoa diferenciada. Ele trabalha naquela área operacional por prazer e necessidade de ajudar o próximo. E além do serviço, as amizades criadas dentro desta segunda casa transformam este ambiente militar em uma extensão familiar, um local repleto de harmonia, companheirismo e um objetivo em comum: vidas alheias e riquezas salvar.
Corpo de Bombeiros participa de Governo Perto de Você em Olho D’água das Flores
Exposição de materiais e demonstração de serviços foram algumas das ações desenvolvidas pela Corporação
Por Stephany Domingos
Pela primeira vez no município de Olho D’água das Flores, o Programa Governo Perto de Você levou diversos serviços para a população da cidade e de regiões circunvizinhas desenvolvidos por diversos órgãos do Estado, entre eles, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL).
Exposição de materiais das mais diversas áreas de atuação da Corporação, entre elas, combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, salvamento em altura e terrestre, entre outros, foram apresentados aos presentes. Além disso, foram dadas orientações sobre prevenção de acidentes, incêndio em vegetação, já que o local é de seca e esse tipo de incêndio acontece rotineiramente na região, e demonstrações de maneabilidade com GLP e atendimento pré-hospitalar.
Para o Sargento BM Marcos Aragão, comandante de guarnição do 9º Grupamento de Bombeiro Militar localizado em Santana do Ipanema, essa é uma ótima iniciativa do governo: "o Sertão é um lugar carente de alguns serviços fundamentais para o cidadão e proporcionar essa oportunidade para a população é muito bom. Um evento deste se torna uma grande festa na cidade", falou.
A Defesa Civil também esteve presente no local dando orientações sobre a importância de buscar a Defesa Civil local, chamada de COMDEC’s (Coordenadoria Municipal de Defesa Civil) para explicações sobre desastres naturais, seca, inundações, entre outros, além de explicações sobre as quatro ações desenvolvidas pela Defesa Civil que são prevenção, preparação, resposta e reconstrução. Segundo o Soldado BM Adriano Augusto, é importante dar ênfase na prevenção e preparação, pois "são nessas duas ações que se evita a maioria dos desastres", explicou.
Édila Beatriz, estudante e moradora de Olho D’água das Flores diz que é uma oportunidade única tirar os documentos de graça: "Carteira de Identidade, CPF, carteira de trabalho, tirei tudo de graça. E ainda aprendi muito sobre o que os bombeiros fazem e a prevenir acidentes na minha casa", citou.
Entre os serviços oferecidos no Programa estavam emissão de carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, requerimento de seguro desemprego, inscrição na nota fiscal alagoana, casamento comunitário, registro de nascimento, orientações sobre drogas, entre outros.
Segundo a coordenadora geral do evento, Janaína Jatobá, o evento atingiu mais do que o esperado: "fizemos toda uma divulgação e a população dos municípios circunvizinhos pôde estar aqui hoje. Nossa pretensão é atingir cerca de cinco mil pessoas e com certeza ultrapassaremos nossa meta", falou.
Bombeiros limpam o fundo do mar do Francês
Mergulhadores atuaram no mutirão de limpeza para preservação ambiental
Por Rafael Calheiros
Mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) participaram de um mutirão de limpeza na Praia do Francês, no município de Marechal Deodoro/AL. A "faxina" aconteceu na manhã de sábado, 24, em parceria com o Instituto Salsa de Praia – idealizador do mutirão – e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente daquele município. Com a ação, o CBMAL contribui para a preservação ambiental e sobrevivência das espécies marinhas.
O mutirão de limpeza é formado por voluntários e é feito em comemoração ao Dia Mundial da Limpeza de Rios e Praias, que aconteceu no dia 18 de setembro. Bombeiros, estudantes da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e do Instituto Federal de Alagoas (IFAL), crianças do Instituto Salsa de Praia, biólogos, ambientalistas e comunidades do Francês. Ao todo, foram aproximadamente 250 voluntários que atuaram no recolhimento do lixo das areias e do fundo do mar.
Pouco menos de duas horas de mergulho. Esse foi o tempo que a equipe de dez mergulhadores, comandada pelo capitão bombeiro militar Francisco Leopardi, precisou para recolher uma grande quantidade de lixo alojada, principalmente, nos corais.
Além do capitão, a equipe era formada pelo aspirante a oficial Oliveira; pelos sargentos Nicolas, Hess e Izael; pelos cabos Pinho e Sitônio; e pelos soldados Edson, Flávio Roberto e Jhonathan. O capitão destacou o trabalho de sua equipe: "são militares preparados para qualquer tipo de serviço", afirmou.
Para Aliete Bezerra, bióloga e coordenadora do Instituto Salsa de Praia, a participação dos bombeiros é fundamental para o sucesso da limpeza: "apenas os mergulhadores fazem a limpeza subaquática. Infelizmente, existe muito lixo embaixo d’água e sem o trabalho dos bombeiros seria inviável realizar o recolhimento de lixo do fundo do mar", declarou. A bióloga também falou da importância de conscientização: "sabemos que a quantidade retirada da praia é pequena diante do volume de lixo que existe em nossas praias, mas o trabalho de conscientização dos frequentadores da praia é mais importante".
Além de tornar a praia suja, o lixo é a causa do grande número de mortes de animais marinhos, em especial as tartarugas: "muito plástico é encontrado no organismo desses animais. Eles confundem o plástico com algas marinhas, principal alimento da espécie", declarou a bióloga. A decomposição do plástico na natureza é de aproximadamente 450 anos.
Para a gaúcha Carla Cerqueira, publicitária de férias em Alagoas, a importância do mutirão de limpeza vai além da preservação ambiental. Atinge também o turismo: "uma praia limpa atrai os turistas gerando renda para o município. É uma ação inteligente que conquista o turista. Com certeza, voltarei ao Francês", declarou. A publicitária ainda destacou a importância do trabalho dos bombeiros: "fico feliz de saber que os mergulhadores também atuam na preservação ambiental se preocupando com a saúde das praias".
Porém, ainda existe uma cultura ruim do brasileiro de que se pode sujar porque há trabalhadores que atuam na limpeza. "Se cada um limpasse o que sujasse a história era outra", pelo menos é o que afirma o mergulhador e soldado bombeiro militar Jhonathan Gomes. Em 2009 foram mais de 450 quilos de lixo retirados da praia do Francês. Este ano, o número saltou para três toneladas. Uma situação alarmante. Outro fator preocupante é a variedade de lixo: até lixo hospitalar, como seringas com agulhas, foi encontrado. Um risco enorme para os frequentadores da praia.
Após o recolhimento, o lixo passa por uma triagem onde é quantificado e qualificado. Em seguida, é feita a pesagem pela Viva Ambiental. Quando o lixo não é usado para reciclagem, é transformado em esculturas pela artista plástica e coordenadora do projeto "Reaproveitar para viver melhor”, Denise dos Santos: "o que não pode é deixar o lixo nas praias", disse.
QUANTIDADE DE LIXO RETIRADO DO MAR
*Dados fornecidos pelo instituto Salsa de Praia
OBS: Legenda das fotos
DSC_0007 – Artesanato criado pela artista plástica Denise Santos; antes, tudo era lixo.
DSC_0018 – Parte do grupo de Voluntários que atuaram no recolhimento do lixo.
DSC_0032 – Garrafas de vidro, plásticos e embalagens de alimento são os mais encontrados no fundo do mar.
DSC_0045 – Mergulhadores do Corpo de Bombeiros após a "faxina" da praia do Francês.
Crédito: Rafael Calheiros.
Projeto Bombeirito é apresentado em fórum Nacional de Defesa Civil
Descontração e animação na prevenção de acidentes domésticos
Por Luciana Leonardo
Na manhã desta quinta-feira, 22, no VIII Fórum Nacional de Defesa Civil, o capitão bombeiro militar, Rômulo Guedes apresentou o Projeto Bombeirito.  O projeto é  uma iniciativa inovadora que surgiu da necessidade de proporcionar momentos de diversão acompanhados  de conhecimentos preventivos às crianças que visitam os quartéis do Corpo de Bombeiros nas semanas do soldado e da criança.
O Bombeirito é um personagem lúdico que se apresenta dentro do quartel dos bombeiros em Alagoas e em algumas solenidades que envolvem a corporação, a exemplo do desfile de 07  de setembro. Trabalhar a prevenção a acidentes vem sendo realizada dentro de um quartel bombeiro militar integrando a comunidade na prevenção a acidentes e minimizando riscos que é o foco do projeto.
Devido ao grande sucesso na capital o projeto se estendeu a cidade de Arapiraca/Al, principal cidade  do interior, com o mesmo padrão, marcando assim a existência dos bombeiros, diminuindo dúvidas dos populares e ressaltando informações para se conseguir chegar mais próximo de uma cidade mais segura.
O Bombeirito já realizou várias apresentações no quartel dos bombeiros de Alagoas, desde o ano de 2009, quando foi criado. "Me lembro muito de uma criança com deficiência física que se agarrou no nosso palhaço bombeiro com muita alegria e dos pais dele que disseram que fazia muito tempo que o filho não se levantava como naquele momento", relatou Rômulo Gudes, autor do projeto.
Antônio Cananeas, palhaço profissional, foi contratado com a missão de fazer algo diferente, de divertir e prevenir.  Incorporar o Bombeirito foi um grande diferencial. "Foi uma experiência  espetacular. Quando aparecia na rua as pessoas aplaudiam e me deixavam muito emocionado. O personagem é muito marcante na minha vida", diz emocionado o palhaço.
O palhaço bombeirito fez a festa com  acriançada da Brinquedoteca, escola inclusiva, no pátio do Centro de Convenções Ruth Cardoso em Maceió, onde acontece o  VII Fórum Nacional de Defesa Civil.
Maceió sedia VIII Fórum Nacional de Defesa Civil
Evento acontece no Centro de Convenções até a próxima sexta-feira
Por Rafael Calheiros, com Assessoria
O VIII Fórum Nacional de Defesa Civil teve início nesta quarta-feira, 21, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió. O evento começou às 19 horas e lotou o Centro de Convenções com a presença de representantes da Defesa Civil de todo o país. Com o tema "Integrar para prevenir: gestão local de riscos", o fórum deste ano busca uma comunicação mais estreita entre os estados e municípios com o objetivo de "aprender" alternativas que deram certo melhorando o tempo de resposta e diminuindo os riscos em caso de desastres além de estimular a discussão de ações relacionadas à Defesa Civil em âmbito municipal.
A abertura do evento contou com a presença do comandante do Corpo de Bombeiros de Alagoas e coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Luiz Antônio Honorato, que ressaltou a importância do fórum e, principalmente, a integração com os estados e municípios; “é um presente estar aqui neste fórum. Aprendam, divulguem e repassem o conhecimento porque ele contribuirá para que cada vez menos pessoas passem por dificuldades em casos de desastres”, declarou. O coronel ainda ressaltou a importância da participação da população no evento, usando uma frase bastante utilizada: "a Defesa Civil somos todos nós". O subcomandante do Corpo de Bombeiros, coronel Gláucio Alcântara, também compareceu ao evento ao lado do coronel Josivaldo Feliciano.
ABERTURA - A solenidade de abertura contou com a palestra "Gestão integrada, articulada e participativa da defesa civil brasileira", ministrada pelo secretário nacional de Defesa Civil Humberto Viana. Em sua palestra, o secretário explicou a organização da defesa Civil no Brasil: "Está estruturada em um Sistema Nacional (SINDEC) que tem como órgão central a Secretaria Nacional de Defesa Civil". Fazem parte do SINDEC os órgãos e entidades da Administração Pública da união, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, além das entidades da sociedade civil responsáveis pelas ações da Defesa Civil. A função da SINDEC é planejar, articular e coordenar as ações da Defesa Civil em todo o território nacional.
Ainda na palestra, o secretário enfatizou a importância de profissionalizar as defesas civis dos estados e municípios: "Não se pode permitir que se usem recursos em benefício próprio quando há desastres e a população sofre", disse explicando que havia muita dificuldade para liberação de recursos nos casos de emergência e que, após a liberação, não havia como controlar o uso destes recursos. O secretário aposta num modelo usado em Santa Catarina onde mais de 930 mil pessoas sofreram direta ou indiretamente com as enchentes de janeiro deste ano: "O Cartão de Pagamento da Defesa Civil, ainda em fase de testes, foi amplamente aceito quando utilizado nos desastres de Santa Catarina porque a transparência e prestação de contas são imediatos", declarou.
O fórum tem como objetivo estimular a discussão de ações relacionadas à Defesa Civil em âmbito municipal. Para isso, vai reunir coordenadores municipais e estaduais de Defesa Civil, técnicos e gestores da área, comunidade, membros de universidades e demais interessados em compartilhar experiências e boas práticas sobre prevenção de desastres e redução de riscos.
ALAGOAS – Segundo o Programa Nacional de Defesa Civil, foram capacitados mais de 400 pessoas nas cidades de Maceió(AL), Recife(PE) e Salvador(BA) através de simulados de preparação para desastres. Os simulados servem para sensibilizar a sociedade civil residente em áreas de risco sobre a importância de medidas preventivas para redução de desastres.
PROGRAMAÇÃO - O segundo dia do evento continua nesta quinta-feira, 22, a partir das 9 horas com as mesas redondas "Sistema de Monitoramento e Gerenciamento de Riscos e Desastres" e "Implementação de COMDECs e NUDECs", logo em seguida. Pela tarde, a atração é o pronunciamento do Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, programado para as 14 horas.
Alagoas estará presente também nas apresentações de trabalhos com o Projeto "Bombeirito" do Capitão BM Rômulo Guedes e com a oficina "A importância do Radioamadorismo na Gestão do Desastre", com Sebastião Marcelo dos Santos, presidente da Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão – LABRE/AL.
Tem início hoje em Maceió o Fórum Nacional de Defesa Civil
Integrar para prevenir será o foco do evento em Alagoas
Por Ascom/CBMAL
Começa hoje, 21, em Maceió, e irá até o dia 23 de setembro, o VIII Fórum Nacional de Defesa Civil, com o tema Integrar para prevenir – Gestão local de riscos. O objetivo do evento é reunir coordenadores municipais e estaduais de Defesa Civil, técnicos e gestores da área, comunidade, membros de universidades e interessados em adquirir conhecimentos e práticas sobre prevenção de desastres e redução de riscos. O evento acontecerá no centro cultural e de exposições Ruth Cardoso, localizado Celso Piatti, s/n° no bairro de Jaraguá.
Os inscritos terão a oportunidade de ter palestras, mesas redondas e apresentação de trabalhos. Sistema de monitoramento e gerenciamento de riscos e desastres, emprego do cartão de pagamento da defesa civil, boas práticas municipais em defesa civil (ações de redução de risco), reformulação da legislação brasileira de defesa civil, ações de preparação para o enfrentamento de desastres (experiência de Pernambuco), gestão de risco como ferramenta local para a redução de desastre, a importância do rádio amadorismo na gestão do desastre, sistema de monitoramento e alarme de desastres naturais são alguns dos temas a serem debatidos no fórum.
O Fórum ainda contará com a apresentação da nostálgica orquestra de música do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, que irá abrilhantar o evento. A orquestra voltou a apresentações após reformas e aquisições de novos instrumentos. Os reparos foram feitos na cidade do Recife, e custaram R$ 6.100 (seis mil e cem reais), que foram financiados pelo Corpo de Bombeiros.
Os interessados em participarem do Fórum, ainda podem se inscrever gratuitamente através do site da Defesa Civil (clique aqui).
MMF: camarote que desabou foi avaliado pelo Corpo de Bombeiros
Matéria veiculada em Jornal local não informou corretamente os fatos
Por Stephany Domingos
Vários são os passos executados pela Diretoria de Serviços Técnicos (DST) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) para aprovação de projetos de segurança nas mais diversas áreas que necessitem, como por exemplo, estabelecimentos comerciais, instalação de parques de diversões, eventos, shows, entre outros.
No caso do evento amplamente divulgado no Estado e que concentrou seis bandas de nome nacional, além de atrações locais e DJ’s renomados, o Maceió Music Festival (MMF), evento que aconteceu nos dias 16 e 17 de setembro, em Jacarecica, todas as estruturas de tendas, camarotes e exigências de segurança contra incêndio e pânico foram vistoriadas pelo CBMAL antes da realização do evento.
Para emissão de certificado de aprovação de eventos desse porte, o Corpo de Bombeiros exige o projeto de segurança elaborado por um engenheiro de segurança do trabalho e um documento de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), atestando que o projeto de segurança do local onde será realizado o show está de acordo com as normas de segurança, determinações de engenharia e normas técnicas necessárias.
A entrada do projeto na Diretoria de Serviços Técnicos (DST) deve ser feita no prazo máximo de 15 dias do evento, sendo 30 dias o mais recomendado pelos analistas de projetos. Após a entrada do projeto, o analista faz a análise para verificar se está em conformidade com o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico (COSCIP) e as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Em caso de serem necessárias alterações no projeto, o engenheiro é notificado para corrigi-lo. Sanadas as pendências, é emitido um laudo de exigências pela DST, atestando que o projeto foi aprovado.
A última fase para emissão do Certificado de Aprovação é a vistoria. Esta é realizada no prazo mínimo de dois dias antes e no prazo máximo de horas antes do evento. Segundo o Tenente BM Leonardo Amorim, analista de projetos da DST, além de cumprir as exigências do laudo e que estão contidas no projeto, são necessários outros documentos para emitir o certificado: "em caso de shows, como a estrutura só é montada no dia ou no dia anterior, a ART da montagem das estruturas assinada por um engenheiro mecânico é anexada ao projeto pelo vistoriante no dia da vistoria. Além disso, nesta ocasião, também é exigida a lista dos brigadistas de incêndio e é feita a inspeção visual, para localizar, caso exista, algum perigo iminente", explicou o Tenente.  Enfatizando que cada ART é assinada por um engenheiro responsável por cada área, sendo assim, a ART do projeto de incêndio do MMF foi assinada por um engenheiro de segurança do trabalho e a do projeto dos camarotes e palcos por um engenheiro mecânico.
A vistoria final foi realizada pelo Tenente BM Vasconcelos, vistoriante do dia, por volta das 11h da última quinta-feira, 15, dia anterior a realização do Festival. Quando chegou ao local, com o projeto em mãos, verificou que os extintores, as saídas de emergência, a instalação do camarote e outras exigências estavam de acordo com o projeto. "A ART, documento em que o engenheiro se responsabilizou pela estrutura montada, foram recolhidas e foi feita a inspeção visual. Visualmente, toda a estrutura de camarote estava devidamente estabilizada com todas as placas de sustentação parafusadas e os camarotes também estavam estabilizados uns com os outros, fazendo uma junção de forças de sustentação", explicou o vistoriante, enfatizando que toda a estrutura estava visualmente no padrão que a legislação cobra. Sendo assim, foi emitido o certificado de aprovação pelo Corpo de Bombeiros dentro do que é da competência do CBMAL analisar.
Quando houve o desabamento do camarote, o Centro Integrado de Operações da Defesa Social (CIODS) recebeu o chamado por volta das 22h30min, encaminhando para o local as guarnições dos Autos Salvamentos Especiais (ASESP) 06 e 07 e das Unidades de Resgate (UR) 19, 21 e 23. O solicitante informou que se tratava de um desabamento da rampa de acesso aos camarotes, onde guarnições do CBMAL e do SAMU foram até o local e constataram algumas pessoas com escoriações, sendo que nenhuma das vítimas teve ferimentos graves.
Segundo o relatório do CIODS, não foi solicitado nenhuma viatura de combate a incêndio, pois se tratava apenas de desabamento de parte da escada de acesso aos camarotes e não de ocorrência envolvendo fogo como foi veiculada por um Jornal local.  Ainda de acordo com o relatório, as guarnições presentes no local constataram que o SAMU já estava realizando atendimentos aos feridos. Os bombeiros civis que prestavam serviço ao evento realizaram inicialmente o isolamento da estrutura que caiu, sendo assumida posteriormente pelo CBMAL, e não havia vítimas presas em ferragens, também como foi veiculado no mesmo jornal.
Abaixo podem ser vistos tanto o laudo de exigências, quanto o certificado de aprovação emitidos pelo CBMAL, atestando que foi realizada a vistoria ao local antes da realização do evento. Além disso, também encontra-se disponível o relatório da ocorrência, mostrando que não foi solicitada nenhuma viatura de incêndio.
No caso da perícia após o acidente, a Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros informa que esta é de competência do Instituto de Criminalística. O CBMAL realiza perícia em caso de incêndio e explosão, o que não caracterizou o acidente mencionado.
Coronel Luiz Antônio assume efetivamente Comando do CBMAL
Publicação saiu no Diário Oficial do Estado de 15 de setembro de 2011
Por Stephany Domingos
Com o objetivo de integrar cada vez mais a sociedade ao Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), o Coronel BM Luiz Antônio Honorato da Silva assumiu efetivamente o Comando da Corporação depois de 26 anos de serviço prestado como bombeiro Militar. O Subcomando ficou sob a responsabilidade do Coronel BM Gláucio Luís do Espírito Santo Alcântara, que anteriormente era Diretor de Recursos Humanos do CBMAL.
Com a saída do Coronel BM Neitônio Freitas dos Santos do Comando da Corporação em 08 de agosto de 2011, o Coronel Luiz Antônio assumiu o Comando interinamente até a última quarta-feira, 14 de setembro. A nomeação para o cargo efetivo de Comandante Geral e de Subcomandante foi publicada no Diário Oficial do Estado de 15 de setembro através do Decreto 15.763.
Para o Coronel Luíz Antônio, hoje é um dia de alegria, mas também um dia para refletir: "temos que pensar melhor a Corporação e a aproximar cada vez mais da população. Precisamos de todo o apoio da sociedade para continuar crescendo e fazendo um trabalho de qualidade que atenda a todos", falou.
O Comandante Geral quer começar do zero e dar um novo rumo à Corporação: "Estamos crescendo em todos os aspectos e a partir de hoje daremos um rumo melhor às nossas ações como Corpo de Bombeiros. Vamos unir a Corporação em torno de si mesma e da Comunidade alagoana. Nossas portas sempre estarão abertas para todos. Sobre os planejamentos, eles já estão postos. Prosseguiremos com a implementação do planejamento estratégico e dos projetos e aprimoramentos às técnicas empregadas na elaboração dos atos".
Para o Coronel Gláucio, o objetivo principal é gerir internamente a Corporação: "Gerir e administrar internamente e motivar os bombeiros é o principal objetivo do Subcomando. Queremos ver os bombeiros cada vez mais motivados nas suas atividades", disse o Coronel Gláucio, enfatizando que "as políticas do comando servirão para fazer um bombeiro mais apaixonado pela profissão".
Para finalizar, o Coronel Luíz Antônio falou sobre a expansão operacional da Corporação e suas pretensões com relação aos Quartéis do Interior: "Concluir e melhorar os Grupamentos do Interior estão em primeiro lugar. Depois pensaremos na construção de outras bases", finalizou.
Siga a Ascom do Corpo de Bombeiros no Twitter
Com a finalidade de levar informação ainda mais rápida aos veículos de comunicação, Corporação e sociedade em geral, a Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros agora dispõe de twitter, rede social que mais cresce no mundo. Para saber tudo que acontece na Corporação basta seguir o perfil @ascomcbmal e ficar sempre bem informado sobre as notícias do CBMAL.
Chefe da Ascom retifica informação sobre concurso público no Corpo de Bombeiros
Por ASCOM
Na última quarta-feira, 07, o site de notícias Tudo na Hora publicou uma notícia informando que haverá concurso público para o Corpo de Bombeiros ainda este ano, publicando que tal informação foi passada pelo Chefe da Assessoria de Comunicação, Tenente Coronel BM Paulo Marques.
Por este motivo e com a finalidade de retificar a notícia publicada, a Assessoria de Comunicação vem por meio desta nota informar que não houve um entendimento correto por parte do Jornalista que escreveu a matéria, pois, a informação correta é que estão acontecendo reuniões entre o Comando da Corporação e o Governo do Estado para um possível concurso e que a resposta destas negociações poderá ser dada até o final deste ano. Ressaltando que o órgão que trata da realização de concurso público para o funcionalismo do Estado é a Secretaria de Estado de Gestão Pública.
O déficit de pessoal dentro da Corporação é cerca de 50% e para melhor atender a população é necessária a realização de concurso público para aumentar o contingente. Segundo o Tenente Coronel Paulo Marques, a pretensão da Corporação é instalar Grupamentos em outras cidades alagoanas e para isso, é necessário aumentar o efetivo. "Hoje, atuamos em sete municípios, incluindo Maceió, e a intenção é aumentar o poder operacional de viaturas, equipamentos e homens para podermos ampliar a atuação da Corporação", disse o Chefe da Ascom.
Corpo de Bombeiros apresentará novas viaturas à população no Desfile da Independência
Por Rafael de Aguiar
Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros
O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas apresentará à população, duas novas viaturas de combate a incêndio no desfile da Independência do Brasil, na Avenida da Paz com a presença do governador do Estado, Teotônio Vilela Filho.
As viaturas do modelo Iveco têm 175 cavalos de potência e capacidade de armazenamento de cinco mil litros de água cada, que aumentarão a reserva de água da Corporação, possibilitando um maior suporte nos atendimentos às ocorrências de combate a incêndio na capital e no interior do Estado. Só em Maceió, são sete caminhões aumentando de 14 mil litros, em janeiro, para 76 mil litros de capacidade de armazenamento de água para combater incêndios. Além das duas novas aquisições, um terceiro caminhão, também de combate a incêndio, será entregue em aproximadamente 30 dias.
A compra, autorizada pela Procuradoria Geral do Estado, foi realizada através da Taxa de Bombeiros e do Fundo Estadual de Segurança Pública, custando R$ 385 mil cada e totalizando mais de 1 milhão de reais em investimentos na área de combate a incêndio. O processo de compra se deu através de ata de registro, elaborada com base na licitação realizada pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais.
O desfile contará com 36 viaturas do Corpo de Bombeiros e grande parte dessas viaturas foram adquiridas recentemente pela Taxa de Bombeiros. Para o Major Wellington, chefe do Centro de Manutenção da Corporação, "a expectativa é de grande sucesso porque a maioria das viaturas são novas", destacou. Uma das mais admiradas pela população, a Auto Escada Magirus também estará no desfile representando a história dos Bombeiros de Alagoas.
Com a chegada  dos novos caminhões, todos os quartéis do Estado estão abastecidos com esse tipo de viatura, um desejo antigo da Corporação: "Agora, estamos servindo melhor a população", declarou o Coronel Luiz Antônio Honorato, Comandante Geral do CBMAL. Ainda segundo o comandante, a próxima aquisição é de equipamentos de proteção respiratória, para auxiliar os militares nas ocorrências.
O Corpo de Bombeiros será representado por mais de 400 militares que desfilarão a pé firme demonstrando todas as áreas operacionais da Corporação. Além disso, também farão parte do desfile dois pelotões do Projeto Bombeiro Mirim, pioneiro em Alagoas e responsável por tirar vários jovens da criminalidade nos Conjuntos Selma Bandeira e Canaã. Filhos e parentes de militares também desfilarão embarcados nas 36 viaturas do CBMAL, abrilhantando ainda mais o desfile da Corporação, que todos os anos, é uma das mais aplaudidas na passagem pela Avenida.
Projeto Bombeiro Mirim de Alagoas executa trabalho social pioneiro em escolas públicas
Por Thássia Santos
Atuante há dois anos junto a escolas da rede pública, localizadas em Maceió, o Projeto Bombeiro Mirim, desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) oferece uma oportunidade única às crianças participantes, através de atividades educativas, recreativas e profissionais, que ensinam, além de conhecimentos de bombeiro, lições para toda uma vida. O trabalho desempenhado pelos bombeiros alagoanos é pioneiro, auxilia na evolução do desempenho escolar, e afasta crianças e adolescentes da violência e das drogas.
O Projeto possui uma equipe exclusiva de nove militares e vem sendo desenvolvido na Escola Municipal Selma Bandeira, localizada no conjunto residencial de mesmo nome, e na Escola Estadual Josefa da Conceição, no bairro Canaã. Atendendo a 80 alunos, com idade entre 10 e 16 anos, o Bombeiro Mirim representa uma importante ação social, que promove a aproximação entre o CBMAL e a comunidade, além de evitar a participação das crianças no processo da marginalização.
Segundo o Coordenador do Projeto, Tenente BM Alexandre Novaes, entre os objetivos estão a garantia da ocupação em tempo integral das crianças com conhecimentos importantes e saudáveis, e a demonstração que o CBMAL se preocupa com a sociedade alagoana. "Queremos mostrar que a Corporação além de salvar vidas, exerce um importante trabalho social com as crianças e adolescentes, prezando pela família e enfatizando o potencial de cada aluno", afirmou o Coordenador, lembrando que a primeira turma será formada no final deste ano, e que no início de 2012 serão abertas as inscrições para os novos bombeiros mirins.
Ainda esta semana, será realizada uma reunião a fim de discutir a implantação do Bombeiro Mirim nas áreas atendidas pela Polícia Comunitária, em Maceió. Conforme o Comandante Geral do CBMAL, Coronel BM Luiz Antônio Honorato, a Corporação não poderia deixar de participar desta ação contra a violência, e por isso estará enviando uma equipe de bombeiros para convencerem crianças a se envolverem no Projeto. "Nossa missão é estar mais próximo para promover o bem, e temos um projeto que tem sido um sucesso absoluto, o Projeto Bombeiro Mirim, que estamos preparando também para atender a comunidade do Conjunto Carminha", revelou o Comandante Geral.
Outra intenção é firmar parcerias com as empresas privadas que apóiam o trabalho, empregando os jovens participantes na condição de jovens aprendizes, proporcionando a continuidade do trabalho social desenvolvido pela Corporação, com a garantia de um emprego ao adolescente formado no projeto.
Maria das Graças Ferreira é técnica da Diretoria Geral de Ensino, da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), e acompanha os bombeiros mirins da Escola Selma Bandeira desde o início do processo. Para ela, a importância do projeto é percebida na melhora da disciplina dos alunos, no progresso da atividade escolar e na relação familiar. Conforme a técnica da SEMED, o projeto vem apresentando um resultado tão positivo, que a direção da escola está empenhada na construção de duas salas de aulas, as quais serão destinadas ao trabalho.
CEDEC participa da implantação de Plano Nacional na área de produtos perigosos
Prevenção, preparação e resposta rápida a emergências ambientais formam a base do projeto
Thássia Santos
Integrantes da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (CEDEC) estão envolvidos no processo de implantação do Plano Nacional de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais com Produtos Químicos Perigosos (P2R2). O Plano foi criado pelo Decreto do Presidente da República nº. 5098 de 03 de junho de 2004, como forma de prevenir a ocorrência de acidentes com Produtos Perigosos, e aprimorar o sistema de preparação e resposta a esses tipos de emergência em todo o país.
Com isso, no âmbito estadual foi criada a Comissão Estadual de P2R2, por meio do Decreto nº. 4211 de 06 de novembro de 2009, coordenada pela CEDEC/AL e formada por representantes do IMA, Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, Secretaria Estadual de Saúde, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar de Alagoas, Associação dos Municípios Alagoanos e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.
Dentre os instrumentos que são adotados pelo Plano, estão o mapeamento das áreas de risco, elaboração de um sistema de informação, bem como de um Plano de Ação de Emergência (PAE), além de garantir mecanismos financeiros para a sustentabilidade. Todas estas diretrizes visam conter ou minimizar os danos ao meio ambiente e à população em caso de acidentes com produtos químicos.
A fim de formalizar o projeto de elaboração do mapeamento das áreas de risco de acidentes com produtos perigosos, a CEDEC participou nesta semana de uma reunião com representantes do núcleo de geoprocessamento da Secretaria de Estado do Planejamento e Desenvolvimento Econômico (SEPLANDE). O projeto visa à aquisição de imagens da BR-101, no trecho de São Miguel dos Campos a Messias, com uma cobertura de 05 km de cada lado da rodovia, fazendo um levantamento das atividades potencialmente impactantes, os principais produtos que trafegam pela rodovia, áreas contaminadas, sítios frágeis e vulneráveis, histórico de ocorrência de acidentes ambientais; e unidades de resposta em caso de ocorrência.
Segundo o Major BM Sandro Cavalcante, Chefe da Seção de Desastres Tecnológicos da CEDEC, a implantação do P2R2 irá trazer inúmeros benefícios ao trabalho desenvolvido pela Defesa Civil, já que haverá a adoção de uma doutrina prevencionista. "Através dos mecanismos adotados será possível realizar fiscalização, planos de contingência e preparação das comunidades e empresas localizadas na área mapeada. O plano está baseado inicialmente na aquisição de informação, após esta fase de captação iniciaremos a parte operacional", afirmou o Major.
A previsão de conclusão do mapeamento da rodovia BR-101 é de seis meses, depois de concluído o proceso de licitação de serviços e equipamentos, e de capacitação da equipe técnica das instituições envolvidas no projeto, que usarão GPS, e os softwares Terraview e Terraweb para captação das imagens.
Corpo de Bombeiros recebe escolas em comemoração ao dia do soldado
Visitas acontecem durante toda a semana em que a data é lembrada
Por Stephany Domingos
Todos os anos, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) recebe, durante a semana em que comemora-se o dia do soldado, escolas da rede particular e da rede pública do Estado que trazem suas crianças para conhecer as dependências do Quartel e saber um pouco mais dos serviços executados pela Corporação. Este ano não foi diferente. A semana do dia 22 ao dia 26 foi reservada para receber as crianças para mostrar o universo bombeiro militar.
Para a Coordenadora Pedagógica do Colégio Russel, Edymárcia Cordeiro, é fundamental este contato que as crianças estão tendo com o Corpo de Bombeiros: “Todos os anos nós íamos para o Quartel do Exército e esse ano resolvemos fazer diferente. Para mudar e para mostrar às crianças que existem outros Quartéis Militares, resolvemos visitar o Bombeiro e conhecer mais sobre os salvamentos. Está sendo muito proveitoso”, falou a Coordenadora durante a visita.
Já Ruth Souza, 10 anos, está visitando o Quartel dos Bombeiros pela primeira vez: “está sendo muito legal e estou aprendendo muitas coisas sobre acidentes, sobre os perigos em casa e sobre o mal de se passar trote”, citou a aluna do Colégio Russel.
As visitas se estenderão até a próxima sexta, 26, uma por turno, tanto no Quartel do Comando Geral, quanto no 1º Grupamento de Bombeiro Militar.
25 de agosto, mais que uma data, uma comemoração nacional
A data em comemoração ao dia do soldado se estende para os demais postos e graduações na carreira militar
Por Stephany Domingos
Instituído em homenagem ao Patrono do Exército Brasileiro, Marechal Luís Alvo de Lima e Silva, o dia do soldado é comemorado no dia 25 de agosto devido à data de nascimento do Marechal (25 de agosto de 1803), que entrou na história como "o pacificador", sufocando muitas rebeliões contra o Império.
Considerada a mais baixa graduação da carreira militar, o soldado é o agente executante, militar abnegado e pronto para executar qualquer ordem que lhe seja dada. No Corpo de Bombeiros, é aquele que entra na casa em chamas e que está na linha de frente em todos os combates. Homens e mulheres do fogo, da água, da terra e do ar, com coragem, disciplina, dedicação e grandeza de caráter, os soldados estão prontos para servir a sociedade de acordo com os princípios básicos de hierarquia e disciplina e sempre na busca pelo bem ao próximo.
Para o Soldado BM Iata Pitanga, inserido nas fileiras da Corporação em 2010, o soldado é o pé e a mão no serviço: "Entrei no Corpo de Bombeiros não como um trampolim e sim porque eu me identifico com o serviço que faço com prazer. Estar aqui e poder comemorar esta data é o mesmo sentimento que tenho quando comemoro cada salvamento realizado", falou o militar.
Contudo, a classe de soldados está além do que os regulamentos militares expõem em sua linguagem rebuscada. Para a maioria das pessoas que fazem parte da sociedade, diferenciar postos e graduações não é muito fácil ou comum. Para elas, o soldado do Corpo de Bombeiros não é só aquele que executa e que é comandado, o soldado é todo aquele que com presteza ajuda o próximo quando este necessita.
Segundo o Tenente BM Alexandre Lima o soldado não significa a graduação de soldado e sim a função de estar sempre ajudando a comunidade: "quando a comunidade nos vê nas ruas, fardados, ela não sabe se somos coronéis, tenentes ou sargentos, e sim soldados prontos para ajudar", citou o Tenente, completando que lembrar esta data é muito importante, "porque damos nossa contribuição e nosso suor e merecemos um dia que nos enalteça, nos valorizando como profissionais para que as crianças de hoje, adultos do amanhã, queiram seguir os nossos passos", citou.

Guarnição da bef

Destaque nos últimos 30 dias

 
Meu Profile: Área Restrita - Somente PESSOAL AUTORIZADO pode ver